SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 15
Baixar para ler offline
CLC_6_CULTURAS DE URBANISMO E MOBILIDADE
1.1.O QUE É UM PLANEAMENTO HABITACIONAL? O Planeamento Habitacional é a organização de todas as estruturas necessárias destinadas à junção do meio envolvente, pessoas, entidades, definidas por politicas habitacionais estabelecidas pelo governo.  É necessário compreender e organizar as ideias sobre como, quando, porquê e onde construir.
2.1.O QUE SÃO EQUIPAMENTOS CULTURAIS DE SUPORTE À HABITAÇÃO? ,[object Object],[object Object],Equipamentos culturais e residenciais em Rubí, planta da cota da Praça, Barcelona, 2002. Helio Pinon, Laboratorio de Arquitectura, ETSB UPC  Ocenário de Lisboa, inserido na zona urbana
2.2.ESPAÇOS VERDES ,[object Object],Recreativa   Sanitária   Educativa   Psicossocial e Cultural   Suporte da vida animal no espaço urbano
2.2.ESPAÇOS VERDES ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
2.2.ESPAÇOS VERDES ,[object Object]
2.2.ESPAÇOS VERDES ,[object Object],[object Object]
2.3.ZONAS VERDES A Implementação de Espaços verdes correspondem sempre ao Plano Director Municipal que promove quais as zonas necessárias e/ou obrigatórias de zonas verdes, de forma a garantir a interligação dos habitantes e do local onde vivem.
2.4.ESPAÇOS DE INTERACÇÃO CULTURAL ,[object Object]
3.ARQUITECTURA TRADICIONAL E SISTEMAS CONSTRUTIVOS 3.1.ARQUITECTURA DOS ESPAÇOS 3.2.SISTEMAS CONSTRUTIVOS sistema baseado em capitéis e traves   sistema baseado no arco abobadado, ou curvas arquitectura   baseada em linhas de força emergente no século XIX
4.AMBIENTES RURAIS E URBANOS ,[object Object],Ambientes rurais Ambientes Urbanos
5.HISTÓRIA ORAL DAS COMUNIDADES E SOCIALIZAÇÃO 5.1. HISTÓRIA ORAL Tradição oral História de vida  Historia temática
6.A MEMORIA DOS LUGARES E A EPIFANIA DOS ESPAÇOS 6.1.MEMÓRIA DOS LUGARES 6.2.EPIFANIA A ideia, o cheiro ou sabores nossos pensamentos quando recordamos de um determinado lugar. São uma construção histórica e despertam interesse pelo facto de o seu valor como documentos e momentos reveladores dos processos sociais, dos conflitos, paixões e interesses que conscientemente os revestem de uma função icónica
7.TRAÇOS ARQUITECTÓNICOS DISTINTOS 7.1.INTEGRAÇÃO E RUPTURA PAISAGISTICA Integração ou Equilíbrio Paisagístico Ruptura Paisagística
8.A POLISSEMIA DA POLIS Trabalho Elaborado para CLC_6 por:  Sílvia Fernandes Sílvia Oliveira Liliana Sério Obrigado

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Stc 6 reflexão_silvia_fernandes
Stc 6 reflexão_silvia_fernandesStc 6 reflexão_silvia_fernandes
Stc 6 reflexão_silvia_fernandesSILVIA G. FERNANDES
 
Clc 7 reflexão_sílvia_fernandes
Clc 7 reflexão_sílvia_fernandesClc 7 reflexão_sílvia_fernandes
Clc 7 reflexão_sílvia_fernandesSILVIA G. FERNANDES
 
Reflecção clc 5 (dr 1,2,3,4)
Reflecção clc 5 (dr 1,2,3,4)Reflecção clc 5 (dr 1,2,3,4)
Reflecção clc 5 (dr 1,2,3,4)joaokota
 
Culturas De Urbanismo E Mobilidade Luis Costa
Culturas De Urbanismo E Mobilidade Luis CostaCulturas De Urbanismo E Mobilidade Luis Costa
Culturas De Urbanismo E Mobilidade Luis CostaLuís Costa
 
Reflexão da dr4 do clc 5
Reflexão da dr4 do clc 5Reflexão da dr4 do clc 5
Reflexão da dr4 do clc 5joaokota
 
Cp 5 ética_deontologia_reflexão_sílvia_f[1]
Cp 5 ética_deontologia_reflexão_sílvia_f[1]Cp 5 ética_deontologia_reflexão_sílvia_f[1]
Cp 5 ética_deontologia_reflexão_sílvia_f[1]SILVIA G. FERNANDES
 
Urbanismo e mobilidade
Urbanismo e mobilidadeUrbanismo e mobilidade
Urbanismo e mobilidadeefaturmag2011
 
S.T.C. 7 - Todos diferentes/Todos iguais
S.T.C. 7 - Todos diferentes/Todos iguaisS.T.C. 7 - Todos diferentes/Todos iguais
S.T.C. 7 - Todos diferentes/Todos iguaisI.Braz Slideshares
 
Ng4, 5, 6, 7
Ng4, 5, 6, 7Ng4, 5, 6, 7
Ng4, 5, 6, 7escola
 
Reflexao Dr2 CP CFE
Reflexao Dr2 CP CFEReflexao Dr2 CP CFE
Reflexao Dr2 CP CFEmega
 
Trabalho sobre ruralidade e urbanidade carmo e elvira
Trabalho sobre ruralidade e urbanidade carmo e elviraTrabalho sobre ruralidade e urbanidade carmo e elvira
Trabalho sobre ruralidade e urbanidade carmo e elviraCarmo Santos
 

Mais procurados (20)

Stc 6 reflexão_silvia_fernandes
Stc 6 reflexão_silvia_fernandesStc 6 reflexão_silvia_fernandes
Stc 6 reflexão_silvia_fernandes
 
Clc 7 reflexão_sílvia_fernandes
Clc 7 reflexão_sílvia_fernandesClc 7 reflexão_sílvia_fernandes
Clc 7 reflexão_sílvia_fernandes
 
Reflecção clc 5 (dr 1,2,3,4)
Reflecção clc 5 (dr 1,2,3,4)Reflecção clc 5 (dr 1,2,3,4)
Reflecção clc 5 (dr 1,2,3,4)
 
Reflexão - CP4
Reflexão - CP4Reflexão - CP4
Reflexão - CP4
 
Culturas De Urbanismo E Mobilidade Luis Costa
Culturas De Urbanismo E Mobilidade Luis CostaCulturas De Urbanismo E Mobilidade Luis Costa
Culturas De Urbanismo E Mobilidade Luis Costa
 
Reflexão - CLC7
Reflexão - CLC7 Reflexão - CLC7
Reflexão - CLC7
 
Reflexão da dr4 do clc 5
Reflexão da dr4 do clc 5Reflexão da dr4 do clc 5
Reflexão da dr4 do clc 5
 
Cp 5 ética_deontologia_reflexão_sílvia_f[1]
Cp 5 ética_deontologia_reflexão_sílvia_f[1]Cp 5 ética_deontologia_reflexão_sílvia_f[1]
Cp 5 ética_deontologia_reflexão_sílvia_f[1]
 
Urbanismo e mobilidade
Urbanismo e mobilidadeUrbanismo e mobilidade
Urbanismo e mobilidade
 
Clc 6 10_12
Clc 6 10_12Clc 6 10_12
Clc 6 10_12
 
CLC 6
CLC 6CLC 6
CLC 6
 
Reflexão - CP1
Reflexão - CP1Reflexão - CP1
Reflexão - CP1
 
S.T.C. 7 - Todos diferentes/Todos iguais
S.T.C. 7 - Todos diferentes/Todos iguaisS.T.C. 7 - Todos diferentes/Todos iguais
S.T.C. 7 - Todos diferentes/Todos iguais
 
Fluxos Migratorios Clc 6
Fluxos Migratorios Clc 6Fluxos Migratorios Clc 6
Fluxos Migratorios Clc 6
 
STC 6
STC 6STC 6
STC 6
 
Ng4, 5, 6, 7
Ng4, 5, 6, 7Ng4, 5, 6, 7
Ng4, 5, 6, 7
 
Reflexao Dr2 CP CFE
Reflexao Dr2 CP CFEReflexao Dr2 CP CFE
Reflexao Dr2 CP CFE
 
CLC 6
CLC 6CLC 6
CLC 6
 
Reflexão - STC-7
Reflexão - STC-7 Reflexão - STC-7
Reflexão - STC-7
 
Trabalho sobre ruralidade e urbanidade carmo e elvira
Trabalho sobre ruralidade e urbanidade carmo e elviraTrabalho sobre ruralidade e urbanidade carmo e elvira
Trabalho sobre ruralidade e urbanidade carmo e elvira
 

Destaque

Bianca Ferreira - Urbanismo e Mobilidade
Bianca Ferreira - Urbanismo e MobilidadeBianca Ferreira - Urbanismo e Mobilidade
Bianca Ferreira - Urbanismo e MobilidadeDiabinho Mata
 
Urbanismo E Mobilidade
Urbanismo E MobilidadeUrbanismo E Mobilidade
Urbanismo E Mobilidadeguestd3c7da502
 
Ng6 dr1 c..
Ng6 dr1 c..Ng6 dr1 c..
Ng6 dr1 c..Maria
 
Modelos de Urbanismo e Mobilidade
Modelos de Urbanismo e MobilidadeModelos de Urbanismo e Mobilidade
Modelos de Urbanismo e MobilidadeEsc Sec Gama Barros
 
6ª A Costa de Caparica que desconhecia
6ª A Costa de Caparica que desconhecia6ª A Costa de Caparica que desconhecia
6ª A Costa de Caparica que desconheciaguestfab0cf
 
Modelos De Urbanismo E Mobilidade
Modelos De  Urbanismo E  MobilidadeModelos De  Urbanismo E  Mobilidade
Modelos De Urbanismo E Mobilidadeclaudiabrito80
 
A minha casa de sonho
A minha casa de sonhoA minha casa de sonho
A minha casa de sonhoruigalvao
 
Espaço rural e espaço urbano (funções urbanas)...
Espaço rural e espaço urbano (funções urbanas)...Espaço rural e espaço urbano (funções urbanas)...
Espaço rural e espaço urbano (funções urbanas)...lipinha16
 
CLC_6 - Casa de sonho
CLC_6 - Casa de sonhoCLC_6 - Casa de sonho
CLC_6 - Casa de sonhoCarlos Cebola
 
Areas urbanas
Areas urbanasAreas urbanas
Areas urbanasmanjosp
 
Zona rural e Zona urbana
Zona rural e Zona urbanaZona rural e Zona urbana
Zona rural e Zona urbanaFranmury
 
A inter relação entre espaço urbano e espaço rural
A inter relação entre espaço urbano e espaço ruralA inter relação entre espaço urbano e espaço rural
A inter relação entre espaço urbano e espaço ruralIdalina Leite
 

Destaque (16)

Bianca Ferreira - Urbanismo e Mobilidade
Bianca Ferreira - Urbanismo e MobilidadeBianca Ferreira - Urbanismo e Mobilidade
Bianca Ferreira - Urbanismo e Mobilidade
 
Urbanismo E Mobilidade
Urbanismo E MobilidadeUrbanismo E Mobilidade
Urbanismo E Mobilidade
 
Glossário CLC_6
Glossário CLC_6Glossário CLC_6
Glossário CLC_6
 
Clc
ClcClc
Clc
 
Ng6 dr1 c..
Ng6 dr1 c..Ng6 dr1 c..
Ng6 dr1 c..
 
Modelos de Urbanismo e Mobilidade
Modelos de Urbanismo e MobilidadeModelos de Urbanismo e Mobilidade
Modelos de Urbanismo e Mobilidade
 
6ª A Costa de Caparica que desconhecia
6ª A Costa de Caparica que desconhecia6ª A Costa de Caparica que desconhecia
6ª A Costa de Caparica que desconhecia
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Modelos De Urbanismo E Mobilidade
Modelos De  Urbanismo E  MobilidadeModelos De  Urbanismo E  Mobilidade
Modelos De Urbanismo E Mobilidade
 
Trabalho clc hab ng6 dr1 c
Trabalho clc hab ng6 dr1 cTrabalho clc hab ng6 dr1 c
Trabalho clc hab ng6 dr1 c
 
A minha casa de sonho
A minha casa de sonhoA minha casa de sonho
A minha casa de sonho
 
Espaço rural e espaço urbano (funções urbanas)...
Espaço rural e espaço urbano (funções urbanas)...Espaço rural e espaço urbano (funções urbanas)...
Espaço rural e espaço urbano (funções urbanas)...
 
CLC_6 - Casa de sonho
CLC_6 - Casa de sonhoCLC_6 - Casa de sonho
CLC_6 - Casa de sonho
 
Areas urbanas
Areas urbanasAreas urbanas
Areas urbanas
 
Zona rural e Zona urbana
Zona rural e Zona urbanaZona rural e Zona urbana
Zona rural e Zona urbana
 
A inter relação entre espaço urbano e espaço rural
A inter relação entre espaço urbano e espaço ruralA inter relação entre espaço urbano e espaço rural
A inter relação entre espaço urbano e espaço rural
 

Semelhante a Culturas urbanas, espaços verdes e memória dos lugares

Artigo:Espaço de Convívio para fomento da Cultura e Lazer no Bairro Jardim Ae...
Artigo:Espaço de Convívio para fomento da Cultura e Lazer no Bairro Jardim Ae...Artigo:Espaço de Convívio para fomento da Cultura e Lazer no Bairro Jardim Ae...
Artigo:Espaço de Convívio para fomento da Cultura e Lazer no Bairro Jardim Ae...Diane Oliveira
 
27º Opera Prima - Ana Paula Haddad
27º Opera Prima - Ana Paula Haddad27º Opera Prima - Ana Paula Haddad
27º Opera Prima - Ana Paula HaddadAna Paula Haddad
 
Arquitectura
Arquitectura Arquitectura
Arquitectura turmab
 
Bairros em Lisboa 2012 (CEACT/UAL) - Apresentação do projecto
Bairros em Lisboa 2012 (CEACT/UAL) - Apresentação do projectoBairros em Lisboa 2012 (CEACT/UAL) - Apresentação do projecto
Bairros em Lisboa 2012 (CEACT/UAL) - Apresentação do projectoCeact Ual
 
Políticas setoriais no brasil
Políticas setoriais no brasilPolíticas setoriais no brasil
Políticas setoriais no brasilElena Barros
 
TFG - Arquitetura e Urbanismo - Espaço Cultural de Apresentações Musicais
TFG - Arquitetura e Urbanismo - Espaço Cultural de Apresentações MusicaisTFG - Arquitetura e Urbanismo - Espaço Cultural de Apresentações Musicais
TFG - Arquitetura e Urbanismo - Espaço Cultural de Apresentações MusicaisBeatriz Lara Campos
 
AULA 3 - PARTE 1 - CONCEITOS PAISAGISMO.pdf
AULA 3 - PARTE 1 - CONCEITOS PAISAGISMO.pdfAULA 3 - PARTE 1 - CONCEITOS PAISAGISMO.pdf
AULA 3 - PARTE 1 - CONCEITOS PAISAGISMO.pdfPaulaMariaMagalhesTe
 
Xian - declaração de 2005
Xian - declaração de 2005Xian - declaração de 2005
Xian - declaração de 2005Aline Naue
 
Centro de Cultura Contemporânea
Centro de Cultura ContemporâneaCentro de Cultura Contemporânea
Centro de Cultura ContemporâneaPedro Nascimento
 
Paisagem, Identidade e Memória
Paisagem, Identidade e MemóriaPaisagem, Identidade e Memória
Paisagem, Identidade e MemóriaEdu Geraldes
 
Identificação Tipo Morfológica de uma Zona e Avaliação da Tipologia e Edifica...
Identificação Tipo Morfológica de uma Zona e Avaliação da Tipologia e Edifica...Identificação Tipo Morfológica de uma Zona e Avaliação da Tipologia e Edifica...
Identificação Tipo Morfológica de uma Zona e Avaliação da Tipologia e Edifica...Luis Neto
 
Intervenção Arquitetônica A1
Intervenção Arquitetônica A1Intervenção Arquitetônica A1
Intervenção Arquitetônica A1Samuel Valeriano
 
SLIDE PROJETO DE HABITAÇAO SOCIAL.pdf
SLIDE PROJETO DE HABITAÇAO SOCIAL.pdfSLIDE PROJETO DE HABITAÇAO SOCIAL.pdf
SLIDE PROJETO DE HABITAÇAO SOCIAL.pdfFernando V. Ennes
 
Programa do Museu de Aljustrel
Programa do Museu de AljustrelPrograma do Museu de Aljustrel
Programa do Museu de Aljustrelmuseu-aljustrel
 
3011351.ppt
3011351.ppt3011351.ppt
3011351.pptFacul3
 

Semelhante a Culturas urbanas, espaços verdes e memória dos lugares (20)

Artigo:Espaço de Convívio para fomento da Cultura e Lazer no Bairro Jardim Ae...
Artigo:Espaço de Convívio para fomento da Cultura e Lazer no Bairro Jardim Ae...Artigo:Espaço de Convívio para fomento da Cultura e Lazer no Bairro Jardim Ae...
Artigo:Espaço de Convívio para fomento da Cultura e Lazer no Bairro Jardim Ae...
 
27º Opera Prima - Ana Paula Haddad
27º Opera Prima - Ana Paula Haddad27º Opera Prima - Ana Paula Haddad
27º Opera Prima - Ana Paula Haddad
 
Arquitectura
Arquitectura Arquitectura
Arquitectura
 
Bairros em Lisboa 2012 (CEACT/UAL) - Apresentação do projecto
Bairros em Lisboa 2012 (CEACT/UAL) - Apresentação do projectoBairros em Lisboa 2012 (CEACT/UAL) - Apresentação do projecto
Bairros em Lisboa 2012 (CEACT/UAL) - Apresentação do projecto
 
Reminiscências edificadas: a relação entre memória e esquecimento na paisage...
Reminiscências edificadas: a relação entre memória e esquecimento na  paisage...Reminiscências edificadas: a relação entre memória e esquecimento na  paisage...
Reminiscências edificadas: a relação entre memória e esquecimento na paisage...
 
Políticas setoriais no brasil
Políticas setoriais no brasilPolíticas setoriais no brasil
Políticas setoriais no brasil
 
TFG - Arquitetura e Urbanismo - Espaço Cultural de Apresentações Musicais
TFG - Arquitetura e Urbanismo - Espaço Cultural de Apresentações MusicaisTFG - Arquitetura e Urbanismo - Espaço Cultural de Apresentações Musicais
TFG - Arquitetura e Urbanismo - Espaço Cultural de Apresentações Musicais
 
Pranchas A3
Pranchas A3Pranchas A3
Pranchas A3
 
AULA 3 - PARTE 1 - CONCEITOS PAISAGISMO.pdf
AULA 3 - PARTE 1 - CONCEITOS PAISAGISMO.pdfAULA 3 - PARTE 1 - CONCEITOS PAISAGISMO.pdf
AULA 3 - PARTE 1 - CONCEITOS PAISAGISMO.pdf
 
Pdau lajeado 2010
Pdau lajeado 2010Pdau lajeado 2010
Pdau lajeado 2010
 
Xian - declaração de 2005
Xian - declaração de 2005Xian - declaração de 2005
Xian - declaração de 2005
 
Centro de Cultura Contemporânea
Centro de Cultura ContemporâneaCentro de Cultura Contemporânea
Centro de Cultura Contemporânea
 
Paisagem, Identidade e Memória
Paisagem, Identidade e MemóriaPaisagem, Identidade e Memória
Paisagem, Identidade e Memória
 
Identificação Tipo Morfológica de uma Zona e Avaliação da Tipologia e Edifica...
Identificação Tipo Morfológica de uma Zona e Avaliação da Tipologia e Edifica...Identificação Tipo Morfológica de uma Zona e Avaliação da Tipologia e Edifica...
Identificação Tipo Morfológica de uma Zona e Avaliação da Tipologia e Edifica...
 
Intervenção Arquitetônica A1
Intervenção Arquitetônica A1Intervenção Arquitetônica A1
Intervenção Arquitetônica A1
 
Macário Correia - Presidente CM Faro
Macário Correia - Presidente CM FaroMacário Correia - Presidente CM Faro
Macário Correia - Presidente CM Faro
 
Ficha 1
Ficha 1Ficha 1
Ficha 1
 
SLIDE PROJETO DE HABITAÇAO SOCIAL.pdf
SLIDE PROJETO DE HABITAÇAO SOCIAL.pdfSLIDE PROJETO DE HABITAÇAO SOCIAL.pdf
SLIDE PROJETO DE HABITAÇAO SOCIAL.pdf
 
Programa do Museu de Aljustrel
Programa do Museu de AljustrelPrograma do Museu de Aljustrel
Programa do Museu de Aljustrel
 
3011351.ppt
3011351.ppt3011351.ppt
3011351.ppt
 

Mais de SILVIA G. FERNANDES

Uc 11 pp_trabalho practico_12_março
Uc 11 pp_trabalho practico_12_marçoUc 11 pp_trabalho practico_12_março
Uc 11 pp_trabalho practico_12_marçoSILVIA G. FERNANDES
 
Uc 5 planeamento_geral_seminário_30_6
Uc 5 planeamento_geral_seminário_30_6Uc 5 planeamento_geral_seminário_30_6
Uc 5 planeamento_geral_seminário_30_6SILVIA G. FERNANDES
 
Uc 5 cronograma geral da agenda de eventos 2009_semimário
Uc 5 cronograma geral da agenda de eventos 2009_semimárioUc 5 cronograma geral da agenda de eventos 2009_semimário
Uc 5 cronograma geral da agenda de eventos 2009_semimárioSILVIA G. FERNANDES
 
Uc 1 esquema_planeamento_fundamental
Uc 1 esquema_planeamento_fundamentalUc 1 esquema_planeamento_fundamental
Uc 1 esquema_planeamento_fundamentalSILVIA G. FERNANDES
 
Uc 1 planeamento_fundamental_2_silviaf
Uc 1 planeamento_fundamental_2_silviafUc 1 planeamento_fundamental_2_silviaf
Uc 1 planeamento_fundamental_2_silviafSILVIA G. FERNANDES
 
Cp 4 dr_2_funções dos códigos de conduta
Cp 4 dr_2_funções dos códigos de condutaCp 4 dr_2_funções dos códigos de conduta
Cp 4 dr_2_funções dos códigos de condutaSILVIA G. FERNANDES
 
Clc 5 tecnologias de informação e comunicação
Clc 5 tecnologias de informação e comunicaçãoClc 5 tecnologias de informação e comunicação
Clc 5 tecnologias de informação e comunicaçãoSILVIA G. FERNANDES
 

Mais de SILVIA G. FERNANDES (20)

Auto biografia
Auto biografiaAuto biografia
Auto biografia
 
Uc 11 pp_trabalho practico_12_março
Uc 11 pp_trabalho practico_12_marçoUc 11 pp_trabalho practico_12_março
Uc 11 pp_trabalho practico_12_março
 
Uc 31 projecto-cliente_uc_31
Uc 31 projecto-cliente_uc_31Uc 31 projecto-cliente_uc_31
Uc 31 projecto-cliente_uc_31
 
Uc 5 planeamento_geral_seminário_30_6
Uc 5 planeamento_geral_seminário_30_6Uc 5 planeamento_geral_seminário_30_6
Uc 5 planeamento_geral_seminário_30_6
 
Uc 6 mecenato
Uc 6 mecenatoUc 6 mecenato
Uc 6 mecenato
 
Uc 5 cronograma geral da agenda de eventos 2009_semimário
Uc 5 cronograma geral da agenda de eventos 2009_semimárioUc 5 cronograma geral da agenda de eventos 2009_semimário
Uc 5 cronograma geral da agenda de eventos 2009_semimário
 
Uc 4 work_planeamento_24_6[1]
Uc 4 work_planeamento_24_6[1]Uc 4 work_planeamento_24_6[1]
Uc 4 work_planeamento_24_6[1]
 
Uc 4 wodaabe photos
Uc 4 wodaabe photosUc 4 wodaabe photos
Uc 4 wodaabe photos
 
Uc 4 os wodaabe_finale
Uc 4 os wodaabe_finaleUc 4 os wodaabe_finale
Uc 4 os wodaabe_finale
 
Uc 1 esquema_planeamento_fundamental
Uc 1 esquema_planeamento_fundamentalUc 1 esquema_planeamento_fundamental
Uc 1 esquema_planeamento_fundamental
 
Uc 4 a tribo wodaabe[finale]
Uc 4 a tribo wodaabe[finale]Uc 4 a tribo wodaabe[finale]
Uc 4 a tribo wodaabe[finale]
 
Uc 1 planeamento_fundamental_2_silviaf
Uc 1 planeamento_fundamental_2_silviafUc 1 planeamento_fundamental_2_silviaf
Uc 1 planeamento_fundamental_2_silviaf
 
Stc 6 são joão das lampas
Stc 6 são joão das lampasStc 6 são joão das lampas
Stc 6 são joão das lampas
 
Stc 5 pp_final
Stc 5 pp_finalStc 5 pp_final
Stc 5 pp_final
 
Stc 5 benchmarking
Stc 5 benchmarkingStc 5 benchmarking
Stc 5 benchmarking
 
Cp 5 deontologia_26_5
Cp 5 deontologia_26_5Cp 5 deontologia_26_5
Cp 5 deontologia_26_5
 
Cp 4 dr_2_funções dos códigos de conduta
Cp 4 dr_2_funções dos códigos de condutaCp 4 dr_2_funções dos códigos de conduta
Cp 4 dr_2_funções dos códigos de conduta
 
Clc 5 tipos de texto
Clc 5 tipos de textoClc 5 tipos de texto
Clc 5 tipos de texto
 
Clc 5 tecnologias de informação e comunicação
Clc 5 tecnologias de informação e comunicaçãoClc 5 tecnologias de informação e comunicação
Clc 5 tecnologias de informação e comunicação
 
Clc 5 ciberespaço
Clc 5 ciberespaçoClc 5 ciberespaço
Clc 5 ciberespaço
 

Último

HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoSilvaDias3
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mental
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mentalADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mental
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mentalSilvana Silva
 

Último (20)

HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mental
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mentalADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mental
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mental
 

Culturas urbanas, espaços verdes e memória dos lugares

  • 2. 1.1.O QUE É UM PLANEAMENTO HABITACIONAL? O Planeamento Habitacional é a organização de todas as estruturas necessárias destinadas à junção do meio envolvente, pessoas, entidades, definidas por politicas habitacionais estabelecidas pelo governo. É necessário compreender e organizar as ideias sobre como, quando, porquê e onde construir.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8. 2.3.ZONAS VERDES A Implementação de Espaços verdes correspondem sempre ao Plano Director Municipal que promove quais as zonas necessárias e/ou obrigatórias de zonas verdes, de forma a garantir a interligação dos habitantes e do local onde vivem.
  • 9.
  • 10. 3.ARQUITECTURA TRADICIONAL E SISTEMAS CONSTRUTIVOS 3.1.ARQUITECTURA DOS ESPAÇOS 3.2.SISTEMAS CONSTRUTIVOS sistema baseado em capitéis e traves sistema baseado no arco abobadado, ou curvas arquitectura baseada em linhas de força emergente no século XIX
  • 11.
  • 12. 5.HISTÓRIA ORAL DAS COMUNIDADES E SOCIALIZAÇÃO 5.1. HISTÓRIA ORAL Tradição oral História de vida Historia temática
  • 13. 6.A MEMORIA DOS LUGARES E A EPIFANIA DOS ESPAÇOS 6.1.MEMÓRIA DOS LUGARES 6.2.EPIFANIA A ideia, o cheiro ou sabores nossos pensamentos quando recordamos de um determinado lugar. São uma construção histórica e despertam interesse pelo facto de o seu valor como documentos e momentos reveladores dos processos sociais, dos conflitos, paixões e interesses que conscientemente os revestem de uma função icónica
  • 14. 7.TRAÇOS ARQUITECTÓNICOS DISTINTOS 7.1.INTEGRAÇÃO E RUPTURA PAISAGISTICA Integração ou Equilíbrio Paisagístico Ruptura Paisagística
  • 15. 8.A POLISSEMIA DA POLIS Trabalho Elaborado para CLC_6 por: Sílvia Fernandes Sílvia Oliveira Liliana Sério Obrigado