SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 18
Dados governamentais na perspectiva da Ciência
Aberta: potencialidades e desafios para saúde
pública a partir de um estudo de caso
Bethânia Almeida
9a Conferência Luso Brasileira de Acesso Aberto
Lisboa, 02-04 de Outubro de 2018
Agenda
• Ciência Aberta: aspirações e foco atual
• Gestão e Abertura de Dados
• Dados de Pesquisa e Dados Governamentais
• Dados Administrativos e Saúde Pública
• Estudo de Caso
Ciência Aberta: aspirações e foco atual
(...) Ciência Aberta é mais do que a disponibilização em
acesso aberto de dados e publicações, é a abertura do
processo científico enquanto um todo, reforçando o
conceito de responsabilidade social científica.
É concebida como uma nova forma de produzir e partilhar o
conhecimento entre a comunidade científica e a sociedade em
geral, possibilitando ampliar o reconhecimento e o impacto social
e econômico da ciência.
Fonte: MCTES. Portugal, 2016. Disponível em:
http://www.ciencia-aberta.pt/sobre-ciencia-aberta
Ciência Aberta: aspirações e foco atual
• Devido à complexidade da Ciência Aberta, nota-se que atualmente as
suas práticas se concentraram principalmente em dois aspectos: acesso
aberto a publicações científicas e, mais recentemente, abertura de
dados.
Ciência Aberta: aspirações e foco atual
- Nos últimos anos, o acesso a dados de pesquisa financiadas com
recursos públicos tornou-se uma das principais propostas da Ciência
Aberta.
- Dados sempre foram ativos importantes para produção de
conhecimento, cuja aquisição e tratamento para análise demandam a
maior parte do tempo e dos recursos financeiros destinados às
pesquisas.
Gestão e Abertura de Dados
- A solicitação de planos de gestão de dados (PGD) por agências de
financiamento tem sido instrumental para sensibilizar pesquisadores,
pois passaram a apresentar propostas/compromissos sobre a coleta,
tratamento, análise, acesso e preservação dos dados que embasam as
suas pesquisas.
- Verifica-se certo consenso acerca dos requisitos para gestão, acesso,
compartilhamento e reutilização de dados gerados por projetos de
pesquisa nos PGD.
Dados de Pesquisa e Dados Governamentais - Administrativos
- Dados coletados ou armazenados pelo governo diferem de dados
gerados por projetos de pesquisa.
- Especificamente no caso de dados administrativos, registros de
informações individuais obtidos por departamento ou agência do
governo em seus serviços rotineiros a exemplo de registros escolares e
informações sobre saúde, são fontes de dados importantes para
pesquisas e geração de evidências para políticas públicas.
Dados de Pesquisa e Dados Governamentais - Administrativos
- O acesso a dados administrativos com finalidade de pesquisa é restrito
em muitos países para manter a confidencialidade, proteger a
privacidade individual, respeitar os termos de consentimento e
gerenciar a segurança da informação dos cidadãos. Tendo, portanto,
desafios de ordem ética e legal para aderir aos princípios da Ciência
Aberta.
Dados Administrativos e Saúde Pública
• Ressalta-se que o uso de dados administrativos, principalmente quando
integrados com dados de outras fontes, torna possível elucidar efeitos
de fatores combinados que afetam a saúde de populações.Nesses casos,
dados individualizados são necessários.
Dados Administrativos e Saúde Pública
Dados Administrativos e Saúde Pública
• Os potenciais benefícios de ampliar conhecimentos e gerar evidências
que subsidiem decisões regulatórias e de políticas públicas na área da
saúde são reconhecidos para o acesso e uso de dados pessoais para a
pesquisa em algumas legislações, desde que empregadas medidas
técnicas e administrativas de segurança para evitar a violação da
privacidade dos indivíduos. Exemplos recentes:
- Regulamento Geral de Proteção de Dados Pessoais da União Europeia
(GDPR);
- Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais do Brasil.
Dados Administrativos e Saúde Pública
- A vinculação de dados com finalidade de pesquisa suscita muitos
desafios para equilibrar direitos individuais e benefício público (saúde
pública entendida como direito coletivo).
Estudo de Caso
Criado em Dezembro de 2016, o Centro de Integração de Dados e
Conhecimentos para Saúde da Fiocruz (Cidacs) enfrenta desafios para
desenvolver uma plataforma de dados integrados para pesquisa com segurança
da informação, ética e privacidade. Desafios que implicam na concepção e
implementação de métodos, técnicas e protocolos para:
• Receber, tratar e processar grande volume de dados, aspectos que incluem
vinculação, estimativa de acurácia, extração e anonimização;
• Armazenar, catalogar e preservar datasets;
• Acessar os dados vinculados e anonimizados;
• Desenvolver métodos para análise.
Fonte: Cidacs, 2018
Estudo de Caso
• A Plataforma de Dados foi projetada para preservar a confidencialidade por
meio de uma combinação de configurações físicas e virtuais que restringem
a possibilidade de reidentificação de indivíduos de acordo com
considerações para ambientes seguros de vinculação de dados, incluindo a
separação de processos de vinculação e análise.
• Após receber autorização para usar os bancos de dados administrativos
necessários para os projetos de pesquisa propostos, conforme aprovação
prévia por um comitê de ética, os dados são recebidos com protocolos de
segurança da informação e ingeridos na Plataforma.
Estudo de Caso
• A preparação e processamento dos dados envolvem áreas de ciência de dados, curadoria digital e
estatística visando garantir a qualidade e acurácia dos dados vinculados e anonimizados. Processos
descritos detalhadamente em metadados, incluindo informações estatísticas.
• Os pesquisadores têm permissão apenas para acessar, de forma controlada, variáveis de dados
codificados e não identificados relevantes para suas respectivas pesquisas presencialmente ou via
Rede Virtual Privativa com provimento de ferramentas de visualização e análise, mediante
assinatura de termos de responsabilidade com condições de uso. No momento, somente os
projetos de pesquisa de membros internos e colaboradores são considerados qualificados para usar
os bancos de dados vinculados e anonimizados.
• Ainda em 2018 serão publicados metadados com identificadores persistentes acompanhados de
termos e condições para acesso aos dados em si. Desse modo, a existência e descrição dos dados
tornam-se públicas e, quando viável, será fornecido acesso controlado aos dados em questão.
Aspectos convergentes com os princípios FAIR, adotados como padrão internacional para gestão de
dados na perspectiva da Ciência Aberta.
Considerações
• A gestão de dados no Cidacs leva em consideração bases legais e
éticas no recebimento e tratamento de dados bem como nos termos
e condições de acesso e uso dos dados vinculados e anonimizados.
• Adicionalmente, passou a empreender esforços para viabilizar o
acesso e reutilização dos dados produzidos em formatos aderentes
aos princípios da Ciência Aberta, que reconhece a distinção entre a
abertura de metadados e dados para apoiar uma ampla gama de
circunstâncias especiais.
BETHÂNIA DE ARAÚJO ALMEIDA
bethania.almeida@fiocruz.br
baraujo2010@gmail.com

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Dados governamentais na perspectiva da Ciência Aberta: potencialidades e desafios para saúde pública a partir de um estudo de caso

Semelhante a Dados governamentais na perspectiva da Ciência Aberta: potencialidades e desafios para saúde pública a partir de um estudo de caso (20)

Workshop sobre Planos de Gestão de Dados - ferramentas e requisitos dos finan...
Workshop sobre Planos de Gestão de Dados - ferramentas e requisitos dos finan...Workshop sobre Planos de Gestão de Dados - ferramentas e requisitos dos finan...
Workshop sobre Planos de Gestão de Dados - ferramentas e requisitos dos finan...
 
Gestão de Dados de Investigação e Bibliotecas em Portugal: estratégias, servi...
Gestão de Dados de Investigação e Bibliotecas em Portugal: estratégias, servi...Gestão de Dados de Investigação e Bibliotecas em Portugal: estratégias, servi...
Gestão de Dados de Investigação e Bibliotecas em Portugal: estratégias, servi...
 
Gdibibliotecas
GdibibliotecasGdibibliotecas
Gdibibliotecas
 
Dados de pesquisa: compartilhamento e publicação
Dados de pesquisa: compartilhamento e publicaçãoDados de pesquisa: compartilhamento e publicação
Dados de pesquisa: compartilhamento e publicação
 
Gestão de dados de pesquisa
Gestão de dados de pesquisaGestão de dados de pesquisa
Gestão de dados de pesquisa
 
A construção do plano de dados abertos de uma organização pública de pesquisa...
A construção do plano de dados abertos de uma organização pública de pesquisa...A construção do plano de dados abertos de uma organização pública de pesquisa...
A construção do plano de dados abertos de uma organização pública de pesquisa...
 
Gestão de dados para periódicos científicos
Gestão de dados para periódicos científicosGestão de dados para periódicos científicos
Gestão de dados para periódicos científicos
 
Compartilhamento de dados de pesquisa na FIOCRUZ: diagnóstico e percepção do ...
Compartilhamento de dados de pesquisa na FIOCRUZ: diagnóstico e percepção do ...Compartilhamento de dados de pesquisa na FIOCRUZ: diagnóstico e percepção do ...
Compartilhamento de dados de pesquisa na FIOCRUZ: diagnóstico e percepção do ...
 
Ecossistema de Uso dos dados abertos
Ecossistema de Uso dos dados abertosEcossistema de Uso dos dados abertos
Ecossistema de Uso dos dados abertos
 
Gestão de Dados Científicos nas Instituições - workshop #ConfOA2015
Gestão de Dados Científicos nas Instituições - workshop #ConfOA2015Gestão de Dados Científicos nas Instituições - workshop #ConfOA2015
Gestão de Dados Científicos nas Instituições - workshop #ConfOA2015
 
Gestão de Dados de Pesquisa: os princípios FAIR e as estratégias institucionais
Gestão de Dados de Pesquisa: os princípios FAIR e as estratégias institucionaisGestão de Dados de Pesquisa: os princípios FAIR e as estratégias institucionais
Gestão de Dados de Pesquisa: os princípios FAIR e as estratégias institucionais
 
Ecossistema e impacto dos dados abertos
Ecossistema e impacto dos dados abertosEcossistema e impacto dos dados abertos
Ecossistema e impacto dos dados abertos
 
ABERTURA E GESTÃO DE DADOS DE INVESTIGAÇÃO - Estratégias Institucionais e Ser...
ABERTURA E GESTÃO DE DADOS DE INVESTIGAÇÃO - Estratégias Institucionais e Ser...ABERTURA E GESTÃO DE DADOS DE INVESTIGAÇÃO - Estratégias Institucionais e Ser...
ABERTURA E GESTÃO DE DADOS DE INVESTIGAÇÃO - Estratégias Institucionais e Ser...
 
Estratégia Institucional para a gestão de dados de investigação na UMINHO: o ...
Estratégia Institucional para a gestão de dados de investigação na UMINHO: o ...Estratégia Institucional para a gestão de dados de investigação na UMINHO: o ...
Estratégia Institucional para a gestão de dados de investigação na UMINHO: o ...
 
Curadoria de dados de pesquisa
Curadoria de dados de pesquisaCuradoria de dados de pesquisa
Curadoria de dados de pesquisa
 
Indexação de dados científicos: uma análise a partir das políticas da Rede de...
Indexação de dados científicos: uma análise a partir das políticas da Rede de...Indexação de dados científicos: uma análise a partir das políticas da Rede de...
Indexação de dados científicos: uma análise a partir das políticas da Rede de...
 
Esquema de suporte e gestão de dados científicos em organizações de pesquisae...
Esquema de suporte e gestão de dados científicos em organizações de pesquisae...Esquema de suporte e gestão de dados científicos em organizações de pesquisae...
Esquema de suporte e gestão de dados científicos em organizações de pesquisae...
 
Workshop APDIS sobre Gestão de Dados Científicos
Workshop APDIS sobre Gestão de Dados CientíficosWorkshop APDIS sobre Gestão de Dados Científicos
Workshop APDIS sobre Gestão de Dados Científicos
 
Oficina: Dados Abertos, Ciência Aberta - Política de Dados Abertos
Oficina: Dados Abertos, Ciência Aberta - Política de Dados AbertosOficina: Dados Abertos, Ciência Aberta - Política de Dados Abertos
Oficina: Dados Abertos, Ciência Aberta - Política de Dados Abertos
 
Dados Abertos e planos de gestão de dados no Horizonte 2020 - webinar OpenAIR...
Dados Abertos e planos de gestão de dados no Horizonte 2020 - webinar OpenAIR...Dados Abertos e planos de gestão de dados no Horizonte 2020 - webinar OpenAIR...
Dados Abertos e planos de gestão de dados no Horizonte 2020 - webinar OpenAIR...
 

Mais de Conferência Luso-Brasileira de Ciência Aberta

Mais de Conferência Luso-Brasileira de Ciência Aberta (20)

Citações e métricas complementares: um estudo da sua correlação em artigos ci...
Citações e métricas complementares: um estudo da sua correlação em artigos ci...Citações e métricas complementares: um estudo da sua correlação em artigos ci...
Citações e métricas complementares: um estudo da sua correlação em artigos ci...
 
Pré-Workshop: Formação em Edição Eletrónica
Pré-Workshop: Formação em Edição EletrónicaPré-Workshop: Formação em Edição Eletrónica
Pré-Workshop: Formação em Edição Eletrónica
 
Análise relacional entre princípios FAIR de gestão de dados de pesquisa e nor...
Análise relacional entre princípios FAIR de gestão de dados de pesquisa e nor...Análise relacional entre princípios FAIR de gestão de dados de pesquisa e nor...
Análise relacional entre princípios FAIR de gestão de dados de pesquisa e nor...
 
10 anos RCAAP - ConfOA
10 anos RCAAP - ConfOA10 anos RCAAP - ConfOA
10 anos RCAAP - ConfOA
 
Programa de formação modular sobre Ciência Aberta
Programa de formação modular sobre Ciência AbertaPrograma de formação modular sobre Ciência Aberta
Programa de formação modular sobre Ciência Aberta
 
Análise da Produção Científica Brasileira em Periódicos de Acesso Aberto
Análise da Produção Científica Brasileira em Periódicos de Acesso AbertoAnálise da Produção Científica Brasileira em Periódicos de Acesso Aberto
Análise da Produção Científica Brasileira em Periódicos de Acesso Aberto
 
Acesso aberto como ferramenta para o empoderamento do paciente
Acesso aberto como ferramenta para o empoderamento do pacienteAcesso aberto como ferramenta para o empoderamento do paciente
Acesso aberto como ferramenta para o empoderamento do paciente
 
Livros eletrônicos, políticas de licenciamento e acesso aberto - relações con...
Livros eletrônicos, políticas de licenciamento e acesso aberto - relações con...Livros eletrônicos, políticas de licenciamento e acesso aberto - relações con...
Livros eletrônicos, políticas de licenciamento e acesso aberto - relações con...
 
Ciência aberta e revisão por pares aberta: aspectos e desafios da participaçã...
Ciência aberta e revisão por pares aberta: aspectos e desafios da participaçã...Ciência aberta e revisão por pares aberta: aspectos e desafios da participaçã...
Ciência aberta e revisão por pares aberta: aspectos e desafios da participaçã...
 
Melhorando a citabilidade de programas de computador para pesquisa com o Cita...
Melhorando a citabilidade de programas de computador para pesquisa com o Cita...Melhorando a citabilidade de programas de computador para pesquisa com o Cita...
Melhorando a citabilidade de programas de computador para pesquisa com o Cita...
 
Técnicas de Search Engine Optimization (SEO) aplicadas no site da Biblioteca ...
Técnicas de Search Engine Optimization (SEO) aplicadas no site da Biblioteca ...Técnicas de Search Engine Optimization (SEO) aplicadas no site da Biblioteca ...
Técnicas de Search Engine Optimization (SEO) aplicadas no site da Biblioteca ...
 
Café com Ciência – divulgação das publicações técnico-científicas em acesso a...
Café com Ciência – divulgação das publicações técnico-científicas em acesso a...Café com Ciência – divulgação das publicações técnico-científicas em acesso a...
Café com Ciência – divulgação das publicações técnico-científicas em acesso a...
 
Serviço Nacional de Registo de Identificadores DOI
Serviço Nacional de Registo de Identificadores DOIServiço Nacional de Registo de Identificadores DOI
Serviço Nacional de Registo de Identificadores DOI
 
Recursos educacionais abertos na Universidade Aberta. A rede como estratégia ...
Recursos educacionais abertos na Universidade Aberta. A rede como estratégia ...Recursos educacionais abertos na Universidade Aberta. A rede como estratégia ...
Recursos educacionais abertos na Universidade Aberta. A rede como estratégia ...
 
Infraestrutura OpenAIRE: desenvolvimentos para o fortalecimento da Ciência Ab...
Infraestrutura OpenAIRE: desenvolvimentos para o fortalecimento da Ciência Ab...Infraestrutura OpenAIRE: desenvolvimentos para o fortalecimento da Ciência Ab...
Infraestrutura OpenAIRE: desenvolvimentos para o fortalecimento da Ciência Ab...
 
Preservação digital, gestão de dados de pesquisa e biodversidade
Preservação digital, gestão de dados de pesquisa e biodversidadePreservação digital, gestão de dados de pesquisa e biodversidade
Preservação digital, gestão de dados de pesquisa e biodversidade
 
Do acesso à informação aos Dados Parlamentares Abertos em Portugal
Do acesso à informação aos Dados Parlamentares Abertos em PortugalDo acesso à informação aos Dados Parlamentares Abertos em Portugal
Do acesso à informação aos Dados Parlamentares Abertos em Portugal
 
Transparência e Dados Abertos do Recife: Uma Estratégia Bem Sucedida de Publi...
Transparência e Dados Abertos do Recife: Uma Estratégia Bem Sucedida de Publi...Transparência e Dados Abertos do Recife: Uma Estratégia Bem Sucedida de Publi...
Transparência e Dados Abertos do Recife: Uma Estratégia Bem Sucedida de Publi...
 
Revistas científicas brasileiras de acesso aberto: qualidade do ponto de vist...
Revistas científicas brasileiras de acesso aberto: qualidade do ponto de vist...Revistas científicas brasileiras de acesso aberto: qualidade do ponto de vist...
Revistas científicas brasileiras de acesso aberto: qualidade do ponto de vist...
 
Altmetria e a análise das condições de interação em torno de artigos sobre po...
Altmetria e a análise das condições de interação em torno de artigos sobre po...Altmetria e a análise das condições de interação em torno de artigos sobre po...
Altmetria e a análise das condições de interação em torno de artigos sobre po...
 

Último

1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
GisellySobral
 

Último (20)

Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de língua
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 

Dados governamentais na perspectiva da Ciência Aberta: potencialidades e desafios para saúde pública a partir de um estudo de caso

  • 1. Dados governamentais na perspectiva da Ciência Aberta: potencialidades e desafios para saúde pública a partir de um estudo de caso Bethânia Almeida 9a Conferência Luso Brasileira de Acesso Aberto Lisboa, 02-04 de Outubro de 2018
  • 2. Agenda • Ciência Aberta: aspirações e foco atual • Gestão e Abertura de Dados • Dados de Pesquisa e Dados Governamentais • Dados Administrativos e Saúde Pública • Estudo de Caso
  • 3. Ciência Aberta: aspirações e foco atual (...) Ciência Aberta é mais do que a disponibilização em acesso aberto de dados e publicações, é a abertura do processo científico enquanto um todo, reforçando o conceito de responsabilidade social científica. É concebida como uma nova forma de produzir e partilhar o conhecimento entre a comunidade científica e a sociedade em geral, possibilitando ampliar o reconhecimento e o impacto social e econômico da ciência. Fonte: MCTES. Portugal, 2016. Disponível em: http://www.ciencia-aberta.pt/sobre-ciencia-aberta
  • 4. Ciência Aberta: aspirações e foco atual • Devido à complexidade da Ciência Aberta, nota-se que atualmente as suas práticas se concentraram principalmente em dois aspectos: acesso aberto a publicações científicas e, mais recentemente, abertura de dados.
  • 5. Ciência Aberta: aspirações e foco atual - Nos últimos anos, o acesso a dados de pesquisa financiadas com recursos públicos tornou-se uma das principais propostas da Ciência Aberta. - Dados sempre foram ativos importantes para produção de conhecimento, cuja aquisição e tratamento para análise demandam a maior parte do tempo e dos recursos financeiros destinados às pesquisas.
  • 6. Gestão e Abertura de Dados - A solicitação de planos de gestão de dados (PGD) por agências de financiamento tem sido instrumental para sensibilizar pesquisadores, pois passaram a apresentar propostas/compromissos sobre a coleta, tratamento, análise, acesso e preservação dos dados que embasam as suas pesquisas. - Verifica-se certo consenso acerca dos requisitos para gestão, acesso, compartilhamento e reutilização de dados gerados por projetos de pesquisa nos PGD.
  • 7. Dados de Pesquisa e Dados Governamentais - Administrativos - Dados coletados ou armazenados pelo governo diferem de dados gerados por projetos de pesquisa. - Especificamente no caso de dados administrativos, registros de informações individuais obtidos por departamento ou agência do governo em seus serviços rotineiros a exemplo de registros escolares e informações sobre saúde, são fontes de dados importantes para pesquisas e geração de evidências para políticas públicas.
  • 8. Dados de Pesquisa e Dados Governamentais - Administrativos - O acesso a dados administrativos com finalidade de pesquisa é restrito em muitos países para manter a confidencialidade, proteger a privacidade individual, respeitar os termos de consentimento e gerenciar a segurança da informação dos cidadãos. Tendo, portanto, desafios de ordem ética e legal para aderir aos princípios da Ciência Aberta.
  • 9. Dados Administrativos e Saúde Pública • Ressalta-se que o uso de dados administrativos, principalmente quando integrados com dados de outras fontes, torna possível elucidar efeitos de fatores combinados que afetam a saúde de populações.Nesses casos, dados individualizados são necessários.
  • 10. Dados Administrativos e Saúde Pública
  • 11. Dados Administrativos e Saúde Pública • Os potenciais benefícios de ampliar conhecimentos e gerar evidências que subsidiem decisões regulatórias e de políticas públicas na área da saúde são reconhecidos para o acesso e uso de dados pessoais para a pesquisa em algumas legislações, desde que empregadas medidas técnicas e administrativas de segurança para evitar a violação da privacidade dos indivíduos. Exemplos recentes: - Regulamento Geral de Proteção de Dados Pessoais da União Europeia (GDPR); - Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais do Brasil.
  • 12. Dados Administrativos e Saúde Pública - A vinculação de dados com finalidade de pesquisa suscita muitos desafios para equilibrar direitos individuais e benefício público (saúde pública entendida como direito coletivo).
  • 13. Estudo de Caso Criado em Dezembro de 2016, o Centro de Integração de Dados e Conhecimentos para Saúde da Fiocruz (Cidacs) enfrenta desafios para desenvolver uma plataforma de dados integrados para pesquisa com segurança da informação, ética e privacidade. Desafios que implicam na concepção e implementação de métodos, técnicas e protocolos para: • Receber, tratar e processar grande volume de dados, aspectos que incluem vinculação, estimativa de acurácia, extração e anonimização; • Armazenar, catalogar e preservar datasets; • Acessar os dados vinculados e anonimizados; • Desenvolver métodos para análise.
  • 15. Estudo de Caso • A Plataforma de Dados foi projetada para preservar a confidencialidade por meio de uma combinação de configurações físicas e virtuais que restringem a possibilidade de reidentificação de indivíduos de acordo com considerações para ambientes seguros de vinculação de dados, incluindo a separação de processos de vinculação e análise. • Após receber autorização para usar os bancos de dados administrativos necessários para os projetos de pesquisa propostos, conforme aprovação prévia por um comitê de ética, os dados são recebidos com protocolos de segurança da informação e ingeridos na Plataforma.
  • 16. Estudo de Caso • A preparação e processamento dos dados envolvem áreas de ciência de dados, curadoria digital e estatística visando garantir a qualidade e acurácia dos dados vinculados e anonimizados. Processos descritos detalhadamente em metadados, incluindo informações estatísticas. • Os pesquisadores têm permissão apenas para acessar, de forma controlada, variáveis de dados codificados e não identificados relevantes para suas respectivas pesquisas presencialmente ou via Rede Virtual Privativa com provimento de ferramentas de visualização e análise, mediante assinatura de termos de responsabilidade com condições de uso. No momento, somente os projetos de pesquisa de membros internos e colaboradores são considerados qualificados para usar os bancos de dados vinculados e anonimizados. • Ainda em 2018 serão publicados metadados com identificadores persistentes acompanhados de termos e condições para acesso aos dados em si. Desse modo, a existência e descrição dos dados tornam-se públicas e, quando viável, será fornecido acesso controlado aos dados em questão. Aspectos convergentes com os princípios FAIR, adotados como padrão internacional para gestão de dados na perspectiva da Ciência Aberta.
  • 17. Considerações • A gestão de dados no Cidacs leva em consideração bases legais e éticas no recebimento e tratamento de dados bem como nos termos e condições de acesso e uso dos dados vinculados e anonimizados. • Adicionalmente, passou a empreender esforços para viabilizar o acesso e reutilização dos dados produzidos em formatos aderentes aos princípios da Ciência Aberta, que reconhece a distinção entre a abertura de metadados e dados para apoiar uma ampla gama de circunstâncias especiais.
  • 18. BETHÂNIA DE ARAÚJO ALMEIDA bethania.almeida@fiocruz.br baraujo2010@gmail.com