SlideShare uma empresa Scribd logo

A experiência de uma empresa de P&D na construção de uma política de governança de dados, informação e conhecimento

A experiência de uma empresa de P&D na construção de uma política de governança de dados, informação e conhecimento

1 de 24
Baixar para ler offline
A experiência de uma empresa de P&D na
construção de uma Política de Governança
de Dados, Informação e Conhecimento
Manaus, AM, 3 de outubro de 2019
Secretaria de Desenvolvimento Institucional
Gerência de Riscos, Integridade e Transparência
Supervisão de Governança da Informação e Transparência
Patrícia Rocha Bello Bertin
Juliana Meireles Fortaleza
Adriana Cristina da Silva
Massayuki Franco Okawachi
Missão
Viabilizar soluções de
pesquisa, desenvolvimento
e inovação para a
sustentabilidade da
agricultura, em benefício da
sociedade brasileira.
Valores
Transparência - Nossas
ações são pautadas pela
publicidade e
compartilhamento de
informações para uma
comunicação aberta com
todos os interlocutores.
A experiência de uma empresa de P&D na construção de uma política de governança de dados, informação e conhecimento
A experiência de uma empresa de P&D na construção de uma política de governança de dados, informação e conhecimento
Projeto especial GovIE
Governança de Dados e Informação para o Conhecimento na Embrapa:
Desenvolvimento de Modelo e Plano de Implantação (GovIE)
i) Medidas processuais (ações de aprimoramento e/ou desenvolvimento
e de implantação de processos).
ii) Medidas culturais e de comunicação (ações de indução a uma
mudança cultural desejável, por meio de esforços de sensibilização,
comunicação e capacitação).
iii) Ferramentas e instrumentos (ações de desenvolvimento e
aprimoramento das ferramentas, instrumentos e tecnologias).
iv) Medidas relativas à estrutura, papéis e responsabilidades (ações
relacionadas à estrutura organizacional e definição de papéis e
responsabilidades para melhor coordenação do trabalho).
v) Medidas normativas (ações de criação ou atualização de políticas e
normas internas).
De quem é a atribuição da governança de dados,
informação e conhecimento na Embrapa?
Secretaria de Desenvolvimento Institucional (SDI)
Gerência de Riscos, Integridade e Transparência (GRIT)
Supervisão de Governança da Informação e Transparência
(GIT)
a) Propor as diretrizes táticas de riscos, integridade e transparência
em alinhamento com as diretrizes da governança corporativa;
b) Coordenar a implementação das diretrizes táticas de Riscos,
Integridade, Transparência, Conformidade e controles internos;
c) Definir e coordenar as diretrizes de governança de dados,
informações e conhecimentos em alinhamento com as diretrizes
da governança corporativa;
d) Coordenar a implementação das diretrizes e das ações de
governança de dados, informação e conhecimento;
e) Gerir dados, informações e conhecimento dos desafios
organizacionais.
Por quê?
Infraestrutura Nacional de Dados Espaciais – INDE
Decreto Presidencial nº 6.666/2008
Decreto s/nº de 15/09/2011
Plano de Ação Nacional sobre Governo Aberto
Lei nº 12.527/2011
Lei de Acesso à Informação - LAI
Decreto nº 9.637/2018
Política Nacional de Segurança da Informação
Instrução Normativa nº 4/2012
Infraestrutura Nacional de Dados
Abertos – INDA
Decreto nº 8.638/2016
Institui a Política de Governança
Digital
Decreto nº 8.777/2016
Institui a Política de Dados Abertos do
Poder Executivo Federal
Decreto nº 8.789/2016
Compartilhamento de bases de
dados na APF
Lei da Transparência
Lei Complementar nº 131/2009
Lei nº 9.610/1998
Lei de Direitos Autorais
Lei nº 13.243/2016
Marco Legal de CT&I
Inst. Norm. GSI nº 1/2008
Gestão da Segurança da Informação e
Comunicações
Lei nº 8.159/1992
Política Nacional de Arquivos
Públicos e Privados
Lei Geral de Proteção de Dados
Pessoais e da Privacidade
Lei nº 13.709/2018
Lei nº 13.303/2016
Lei das Estatais
Art. 8º, IV: política de
divulgação de
informações;
Art. 18, III: política de
porta-vozes
Art. 50, I: programa
de privacidade de
dados pessoais Art. 15, II: política/
normas SI
ConformidadeConformidade
ConformidadeContexto PD&I
Metodologia para construção da Política de
Governança de Dados, Informação e Conhecimento
1) Mapeamento dos dispositivos legais que a Embrapa está sujeita e das
políticas internas já existentes relacionadas a dados, informação e
conhecimento.
2) Levantamento bibliográfico e das políticas institucionais relativas a
gestão de dados, informação e conhecimento.
3) Utilização das recomendações dos projetos da Embrapa relativos à
gestão de dados, informação e conhecimento.
4) Construção da minuta da Política.
5) Análise jurídica
6) Avaliação da Diretoria-Executiva e do Presidente da Embrapa
7) Avaliação das Unidades Organizacionais e das Unidades de
Pesquisa
8) Ajustes finais
9) Aprovação pelo Conselho Administrativo (Consad)
Política de Governança de Dados, Informação e
Conhecimento da Embrapa
17 Princípios
A experiência de uma empresa de P&D na construção de uma política de governança de dados, informação e conhecimento
A experiência de uma empresa de P&D na construção de uma política de governança de dados, informação e conhecimento
Diretrizes
1) Perspectiva Estratégica
2) Perspectiva da Cultura e do Ambiente Interno
3) Perspectiva da Interação com o Ambiente Externo
4) Perspectiva das Pessoas
5) Perspectiva dos Processos
6) Perspectiva Tecnológica
7) Perspectiva da Segurança da Informação
8) Perspectiva da Divulgação de Informações Relevantes
9) Perspectiva de Negócios
Análise das colaborações da Unidades Organizacionais e
das Unidades de Pesquisa
• Recebemos 30 respostas.
• Unidades de Pesquisa organizaram equipes
multidisciplinares para avaliar a política: i) perfil profissional
e atuação na área de GDIC; ii) gestores.
Contribuições
Definição de Dados de pesquisa - “registros factuais
(pontuações numéricas, registros textuais, imagens e sons)
produzidos ou utilizados como fontes primárias para a
pesquisa científica e tecnológica e que são necessários para
validação dos seus resultados.”
Análise das colaborações da Unidades Organizacionais e
das Unidades de Pesquisa
Princípio da Abertura e Transparência – Acesso Aberto à
Informação Científica e Dados Abertos
• Política de Inovação da Embrapa – Inovação Aberta
• Empresa Pública – órgão público e pessoa jurídica de
direito privado.
“Nos casos em que a divulgação da informação puder causar
eventual risco às atividades da Embrapa será dado o
tratamento necessário à proteção da informação, conforme
normativos internos ou legais.”
Diretrizes de Perspectiva de Negócio
Análise das colaborações da Unidades Organizacionais e
das Unidades de Pesquisa
‘Acesso Aberto à Informação Científica’
Presença da palavra “prioritariamente”.
Impacto negativo sobre o alcance da produção científica da
Empresa, já que a maioria dos periódicos de acesso aberto é
de menor impacto.
Análise das colaborações da Unidades Organizacionais e
das Unidades de Pesquisa
Diretriz – Perspectiva estratégia
Plano de Dados Abertos (PDA) da Embrapa – Dados
Agropecuários
• Grau de relevância das informações para o cidadão
• Compromissos anteriormente assumidos pelo órgão
• Alinhamento com os instrumentos de planejamento estratégico
• Grau de estruturação dos dados
• Frequência de atualização dos conjuntos de dados
Conjuntos de dados que têm potencial de negócio estarão
automaticamente excluídos do processo de seleção de abertura.
Análise das colaborações da Unidades Organizacionais e
das Unidades de Pesquisa
Diretrizes – Perspectiva de Pessoas
Pesquisadores e bibliotecários – inclusão da diretriz
“Mobilização de competências existentes na rede de
profissionais da informação da Embrapa para o cumprimento
desta Política”
Análise das colaborações da Unidades Organizacionais e
das Unidades de Pesquisa
Estrutura e atribuições
Como a política irá afetar a estrutura organizacional da
Empresa e, especificamente, das Unidades de Pesquisa?
• Secretaria de Desenvolvimento Institucional – governança
• Comitê de Governança de Dados, Informação e
Conhecimento – apoio à governança – reflete a estrutura
organizacional.
• Comitês Locais de Gestão de Dados, Informação e
Conhecimento – Unidades de Pesquisa
Considerações finais
• É preciso um trabalho de sensibilização e capacitação do
público interno para devida internalização da Política, nos
seguintes assuntos:
 Governança e gestão de dados, informação e
conhecimento
 Ciência Aberta
 Dados Abertos
 Identificação, classificação e proteção de dados e
informações com potencial de exploração comercial
Considerações finais
• Os bibliotecários estão sendo vistos como atores
importantes no processo de gestão de dados, informação
e conhecimento e estão se vendo dentro desse processo.
A Política de Governança de Dados, Informação e
Conhecimento da Embrapa é um dos mecanismos para a
Empresa estabelecer o processo de gestão de dados,
informação e conhecimento. Acredita-se que com esse
processo seja possível promover, de forma gradual,
constante, consciente, segura e responsável, a abertura
dos seus dados de pesquisa agropecuária para o
compartilhamento, acesso e reuso.
Patrícia Bertin
Márcia Cardoso
Adriana Cristina
Juliana Meireles Massayuki Franco
Grata pela atenção!
sdi.git@embrapa.br

Recomendados

Dados Abertos e os Serviços para a Gestão de Dados de Investigação - Workshop...
Dados Abertos e os Serviços para a Gestão de Dados de Investigação - Workshop...Dados Abertos e os Serviços para a Gestão de Dados de Investigação - Workshop...
Dados Abertos e os Serviços para a Gestão de Dados de Investigação - Workshop...Pedro Príncipe
 
Relatos de experiência com a gestão de dados abertos e de pesquisa
Relatos de experiência com a gestão de dados abertos e de pesquisaRelatos de experiência com a gestão de dados abertos e de pesquisa
Relatos de experiência com a gestão de dados abertos e de pesquisaLiber UFPE
 
Boas práticas para publicação de dados na web
Boas práticas para publicação de dados na webBoas práticas para publicação de dados na web
Boas práticas para publicação de dados na webLiber UFPE
 
Data analysis open data
Data analysis open dataData analysis open data
Data analysis open dataLiber UFPE
 
Big Data e Governança de Dados, via DMM-Data Management Maturiy Model
Big Data e Governança de Dados, via DMM-Data Management Maturiy ModelBig Data e Governança de Dados, via DMM-Data Management Maturiy Model
Big Data e Governança de Dados, via DMM-Data Management Maturiy ModelCarlos Barbieri
 
Situação e tendências da gestão de dados de investigação
Situação e tendências da gestão de dados de investigaçãoSituação e tendências da gestão de dados de investigação
Situação e tendências da gestão de dados de investigaçãoPedro Príncipe
 

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a A experiência de uma empresa de P&D na construção de uma política de governança de dados, informação e conhecimento

Monitoramento de Informações para Sistemas de Informações
Monitoramento de Informações para Sistemas de InformaçõesMonitoramento de Informações para Sistemas de Informações
Monitoramento de Informações para Sistemas de InformaçõesPietro Santiago
 
Oficina: Dados Abertos, Ciência Aberta - Política de Dados Abertos
Oficina: Dados Abertos, Ciência Aberta - Política de Dados AbertosOficina: Dados Abertos, Ciência Aberta - Política de Dados Abertos
Oficina: Dados Abertos, Ciência Aberta - Política de Dados AbertosAugusto Herrmann Batista
 
Data Science - A arte de estudar e analisar dados
Data Science - A arte de estudar e analisar dadosData Science - A arte de estudar e analisar dados
Data Science - A arte de estudar e analisar dadosDayane Cristine Leite
 
Techmining e Expertise Location: gestão estratégica do conhecimento organizac...
Techmining e Expertise Location: gestão estratégica do conhecimento organizac...Techmining e Expertise Location: gestão estratégica do conhecimento organizac...
Techmining e Expertise Location: gestão estratégica do conhecimento organizac...Roberto C. S. Pacheco
 
informações gerenciais
informações gerenciaisinformações gerenciais
informações gerenciaisSergio Padua
 
GESTÃO DA INFORMAÇÃO E DO CONHECIMENTO-522023.pdf
GESTÃO DA INFORMAÇÃO E DO CONHECIMENTO-522023.pdfGESTÃO DA INFORMAÇÃO E DO CONHECIMENTO-522023.pdf
GESTÃO DA INFORMAÇÃO E DO CONHECIMENTO-522023.pdfD&H ASSESSORIA ACADÊMICA
 
Apresentação Floripa tech day 240819
Apresentação Floripa tech day 240819Apresentação Floripa tech day 240819
Apresentação Floripa tech day 240819Luana da Silva
 
Gestão e Engenharia do Conhecimento e setor publico
Gestão e Engenharia do Conhecimento e setor publicoGestão e Engenharia do Conhecimento e setor publico
Gestão e Engenharia do Conhecimento e setor publicoRoberto C. S. Pacheco
 
Indicadores e Sistema Nacional de Inovação
Indicadores e Sistema Nacional de Inovação Indicadores e Sistema Nacional de Inovação
Indicadores e Sistema Nacional de Inovação Roberto C. S. Pacheco
 
1a Web Aula - Gestão de Tecnologia da Informação.pdf
1a Web Aula - Gestão de Tecnologia da Informação.pdf1a Web Aula - Gestão de Tecnologia da Informação.pdf
1a Web Aula - Gestão de Tecnologia da Informação.pdfDimas Francisco
 
Gestão do Conhecimento
Gestão do ConhecimentoGestão do Conhecimento
Gestão do ConhecimentoHudson Augusto
 
Ciência de Dados: a revolução na tomada de decisões
Ciência de Dados: a revolução na tomada de decisõesCiência de Dados: a revolução na tomada de decisões
Ciência de Dados: a revolução na tomada de decisõesMarlesson Santana
 
Como utilizar Bid Data na minha empres
Como utilizar Bid Data na minha empresComo utilizar Bid Data na minha empres
Como utilizar Bid Data na minha empresJosé Bringel Filho
 
Big Data: Desafios e Oportunidades
Big Data: Desafios e OportunidadesBig Data: Desafios e Oportunidades
Big Data: Desafios e OportunidadesGabriel Prado
 

Semelhante a A experiência de uma empresa de P&D na construção de uma política de governança de dados, informação e conhecimento (20)

A construção do plano de dados abertos de uma organização pública de pesquisa...
A construção do plano de dados abertos de uma organização pública de pesquisa...A construção do plano de dados abertos de uma organização pública de pesquisa...
A construção do plano de dados abertos de uma organização pública de pesquisa...
 
Monitoramento de Informações para Sistemas de Informações
Monitoramento de Informações para Sistemas de InformaçõesMonitoramento de Informações para Sistemas de Informações
Monitoramento de Informações para Sistemas de Informações
 
Oficina: Dados Abertos, Ciência Aberta - Política de Dados Abertos
Oficina: Dados Abertos, Ciência Aberta - Política de Dados AbertosOficina: Dados Abertos, Ciência Aberta - Política de Dados Abertos
Oficina: Dados Abertos, Ciência Aberta - Política de Dados Abertos
 
Ecossistema e impacto dos dados abertos
Ecossistema e impacto dos dados abertosEcossistema e impacto dos dados abertos
Ecossistema e impacto dos dados abertos
 
Ecossistema de Uso dos dados abertos
Ecossistema de Uso dos dados abertosEcossistema de Uso dos dados abertos
Ecossistema de Uso dos dados abertos
 
Curadoria de dados de pesquisa
Curadoria de dados de pesquisaCuradoria de dados de pesquisa
Curadoria de dados de pesquisa
 
Data Science - A arte de estudar e analisar dados
Data Science - A arte de estudar e analisar dadosData Science - A arte de estudar e analisar dados
Data Science - A arte de estudar e analisar dados
 
Techmining e Expertise Location: gestão estratégica do conhecimento organizac...
Techmining e Expertise Location: gestão estratégica do conhecimento organizac...Techmining e Expertise Location: gestão estratégica do conhecimento organizac...
Techmining e Expertise Location: gestão estratégica do conhecimento organizac...
 
informações gerenciais
informações gerenciaisinformações gerenciais
informações gerenciais
 
GESTÃO DA INFORMAÇÃO E DO CONHECIMENTO-522023.pdf
GESTÃO DA INFORMAÇÃO E DO CONHECIMENTO-522023.pdfGESTÃO DA INFORMAÇÃO E DO CONHECIMENTO-522023.pdf
GESTÃO DA INFORMAÇÃO E DO CONHECIMENTO-522023.pdf
 
Apresentação Floripa tech day 240819
Apresentação Floripa tech day 240819Apresentação Floripa tech day 240819
Apresentação Floripa tech day 240819
 
Gestão e Engenharia do Conhecimento e setor publico
Gestão e Engenharia do Conhecimento e setor publicoGestão e Engenharia do Conhecimento e setor publico
Gestão e Engenharia do Conhecimento e setor publico
 
Indicadores e Sistema Nacional de Inovação
Indicadores e Sistema Nacional de Inovação Indicadores e Sistema Nacional de Inovação
Indicadores e Sistema Nacional de Inovação
 
1a Web Aula - Gestão de Tecnologia da Informação.pdf
1a Web Aula - Gestão de Tecnologia da Informação.pdf1a Web Aula - Gestão de Tecnologia da Informação.pdf
1a Web Aula - Gestão de Tecnologia da Informação.pdf
 
Data science
Data scienceData science
Data science
 
Gestão do Conhecimento
Gestão do ConhecimentoGestão do Conhecimento
Gestão do Conhecimento
 
Plano de dados abertos na Universidade Federal de Pernambuco – UFPE - CONFOA ...
Plano de dados abertos na Universidade Federal de Pernambuco – UFPE - CONFOA ...Plano de dados abertos na Universidade Federal de Pernambuco – UFPE - CONFOA ...
Plano de dados abertos na Universidade Federal de Pernambuco – UFPE - CONFOA ...
 
Ciência de Dados: a revolução na tomada de decisões
Ciência de Dados: a revolução na tomada de decisõesCiência de Dados: a revolução na tomada de decisões
Ciência de Dados: a revolução na tomada de decisões
 
Como utilizar Bid Data na minha empres
Como utilizar Bid Data na minha empresComo utilizar Bid Data na minha empres
Como utilizar Bid Data na minha empres
 
Big Data: Desafios e Oportunidades
Big Data: Desafios e OportunidadesBig Data: Desafios e Oportunidades
Big Data: Desafios e Oportunidades
 

Mais de Projeto RCAAP

Perfil dos Autores Brasileiros com Publicações Científicas em Periódicos de A...
Perfil dos Autores Brasileiros com Publicações Científicas em Periódicos de A...Perfil dos Autores Brasileiros com Publicações Científicas em Periódicos de A...
Perfil dos Autores Brasileiros com Publicações Científicas em Periódicos de A...Projeto RCAAP
 
Tendência de Publicação em Periódicos de Acesso Aberto no Brasil: Uma Abordag...
Tendência de Publicação em Periódicos de Acesso Aberto no Brasil: Uma Abordag...Tendência de Publicação em Periódicos de Acesso Aberto no Brasil: Uma Abordag...
Tendência de Publicação em Periódicos de Acesso Aberto no Brasil: Uma Abordag...Projeto RCAAP
 
e-Jornadas FCCN 2020 - Sessão do Projeto RCAAP - Parte 2
e-Jornadas FCCN 2020 - Sessão do Projeto RCAAP - Parte 2e-Jornadas FCCN 2020 - Sessão do Projeto RCAAP - Parte 2
e-Jornadas FCCN 2020 - Sessão do Projeto RCAAP - Parte 2Projeto RCAAP
 
e-Jornadas FCCN 2020 - Sessão do Projeto RCAAP - Parte 1
e-Jornadas FCCN 2020 - Sessão do Projeto RCAAP - Parte 1e-Jornadas FCCN 2020 - Sessão do Projeto RCAAP - Parte 1
e-Jornadas FCCN 2020 - Sessão do Projeto RCAAP - Parte 1Projeto RCAAP
 
VODAN BR – rede de dados de surto de covid-19 no brasil: a gestão de dados no...
VODAN BR – rede de dados de surto de covid-19 no brasil: a gestão de dados no...VODAN BR – rede de dados de surto de covid-19 no brasil: a gestão de dados no...
VODAN BR – rede de dados de surto de covid-19 no brasil: a gestão de dados no...Projeto RCAAP
 
Desenvolvimento da competência em informação em pessoas em situação de rua: f...
Desenvolvimento da competência em informação em pessoas em situação de rua: f...Desenvolvimento da competência em informação em pessoas em situação de rua: f...
Desenvolvimento da competência em informação em pessoas em situação de rua: f...Projeto RCAAP
 
Uma Estratégia para a Identificação de Publicações em Periódicos de Acesso Ab...
Uma Estratégia para a Identificação de Publicações em Periódicos de Acesso Ab...Uma Estratégia para a Identificação de Publicações em Periódicos de Acesso Ab...
Uma Estratégia para a Identificação de Publicações em Periódicos de Acesso Ab...Projeto RCAAP
 
Periódicos de Acesso Aberto: Uma Análise Bibliométrica da Produção Científica...
Periódicos de Acesso Aberto: Uma Análise Bibliométrica da Produção Científica...Periódicos de Acesso Aberto: Uma Análise Bibliométrica da Produção Científica...
Periódicos de Acesso Aberto: Uma Análise Bibliométrica da Produção Científica...Projeto RCAAP
 
Análise da Mobilidade Acadêmica Brasileira Baseada em Dados Curriculares da P...
Análise da Mobilidade Acadêmica Brasileira Baseada em Dados Curriculares da P...Análise da Mobilidade Acadêmica Brasileira Baseada em Dados Curriculares da P...
Análise da Mobilidade Acadêmica Brasileira Baseada em Dados Curriculares da P...Projeto RCAAP
 
Usabilidade em repositório institucional: o caso do Memoria – RI do IFRN
Usabilidade em repositório institucional: o caso do Memoria – RI do IFRNUsabilidade em repositório institucional: o caso do Memoria – RI do IFRN
Usabilidade em repositório institucional: o caso do Memoria – RI do IFRNProjeto RCAAP
 
Repositórios digitais brasileiros presentes no registry of open access reposi...
Repositórios digitais brasileiros presentes no registry of open access reposi...Repositórios digitais brasileiros presentes no registry of open access reposi...
Repositórios digitais brasileiros presentes no registry of open access reposi...Projeto RCAAP
 
Autoarquivamento na UFRN: configurações no Dspace para validação do depósito ...
Autoarquivamento na UFRN: configurações no Dspace para validação do depósito ...Autoarquivamento na UFRN: configurações no Dspace para validação do depósito ...
Autoarquivamento na UFRN: configurações no Dspace para validação do depósito ...Projeto RCAAP
 
Boas práticas da ciência aberta: compartilhando iniciativas brasileiras e por...
Boas práticas da ciência aberta: compartilhando iniciativas brasileiras e por...Boas práticas da ciência aberta: compartilhando iniciativas brasileiras e por...
Boas práticas da ciência aberta: compartilhando iniciativas brasileiras e por...Projeto RCAAP
 
Panorama histórico na promoção de acesso aberto: implantação e funcionamento ...
Panorama histórico na promoção de acesso aberto: implantação e funcionamento ...Panorama histórico na promoção de acesso aberto: implantação e funcionamento ...
Panorama histórico na promoção de acesso aberto: implantação e funcionamento ...Projeto RCAAP
 
Ciência Cidadã: coprodução do conhecimento científico
Ciência Cidadã: coprodução do conhecimento científicoCiência Cidadã: coprodução do conhecimento científico
Ciência Cidadã: coprodução do conhecimento científicoProjeto RCAAP
 
A importância da implementação do BRCRIS: desafios em virtude da emergência d...
A importância da implementação do BRCRIS: desafios em virtude da emergência d...A importância da implementação do BRCRIS: desafios em virtude da emergência d...
A importância da implementação do BRCRIS: desafios em virtude da emergência d...Projeto RCAAP
 
O preço da publicação científica: as áreas do conhecimento em foco
O preço da publicação científica: as áreas do conhecimento em focoO preço da publicação científica: as áreas do conhecimento em foco
O preço da publicação científica: as áreas do conhecimento em focoProjeto RCAAP
 
A incidência de APC em áreas científicas
A incidência de APC em áreas científicasA incidência de APC em áreas científicas
A incidência de APC em áreas científicasProjeto RCAAP
 
O desafio da interoperabilidade semântica nas bases de dados: estudo de caso ...
O desafio da interoperabilidade semântica nas bases de dados: estudo de caso ...O desafio da interoperabilidade semântica nas bases de dados: estudo de caso ...
O desafio da interoperabilidade semântica nas bases de dados: estudo de caso ...Projeto RCAAP
 
Implantação e padronização de dados em Repositórios Institucionais
Implantação e padronização de dados em Repositórios InstitucionaisImplantação e padronização de dados em Repositórios Institucionais
Implantação e padronização de dados em Repositórios InstitucionaisProjeto RCAAP
 

Mais de Projeto RCAAP (20)

Perfil dos Autores Brasileiros com Publicações Científicas em Periódicos de A...
Perfil dos Autores Brasileiros com Publicações Científicas em Periódicos de A...Perfil dos Autores Brasileiros com Publicações Científicas em Periódicos de A...
Perfil dos Autores Brasileiros com Publicações Científicas em Periódicos de A...
 
Tendência de Publicação em Periódicos de Acesso Aberto no Brasil: Uma Abordag...
Tendência de Publicação em Periódicos de Acesso Aberto no Brasil: Uma Abordag...Tendência de Publicação em Periódicos de Acesso Aberto no Brasil: Uma Abordag...
Tendência de Publicação em Periódicos de Acesso Aberto no Brasil: Uma Abordag...
 
e-Jornadas FCCN 2020 - Sessão do Projeto RCAAP - Parte 2
e-Jornadas FCCN 2020 - Sessão do Projeto RCAAP - Parte 2e-Jornadas FCCN 2020 - Sessão do Projeto RCAAP - Parte 2
e-Jornadas FCCN 2020 - Sessão do Projeto RCAAP - Parte 2
 
e-Jornadas FCCN 2020 - Sessão do Projeto RCAAP - Parte 1
e-Jornadas FCCN 2020 - Sessão do Projeto RCAAP - Parte 1e-Jornadas FCCN 2020 - Sessão do Projeto RCAAP - Parte 1
e-Jornadas FCCN 2020 - Sessão do Projeto RCAAP - Parte 1
 
VODAN BR – rede de dados de surto de covid-19 no brasil: a gestão de dados no...
VODAN BR – rede de dados de surto de covid-19 no brasil: a gestão de dados no...VODAN BR – rede de dados de surto de covid-19 no brasil: a gestão de dados no...
VODAN BR – rede de dados de surto de covid-19 no brasil: a gestão de dados no...
 
Desenvolvimento da competência em informação em pessoas em situação de rua: f...
Desenvolvimento da competência em informação em pessoas em situação de rua: f...Desenvolvimento da competência em informação em pessoas em situação de rua: f...
Desenvolvimento da competência em informação em pessoas em situação de rua: f...
 
Uma Estratégia para a Identificação de Publicações em Periódicos de Acesso Ab...
Uma Estratégia para a Identificação de Publicações em Periódicos de Acesso Ab...Uma Estratégia para a Identificação de Publicações em Periódicos de Acesso Ab...
Uma Estratégia para a Identificação de Publicações em Periódicos de Acesso Ab...
 
Periódicos de Acesso Aberto: Uma Análise Bibliométrica da Produção Científica...
Periódicos de Acesso Aberto: Uma Análise Bibliométrica da Produção Científica...Periódicos de Acesso Aberto: Uma Análise Bibliométrica da Produção Científica...
Periódicos de Acesso Aberto: Uma Análise Bibliométrica da Produção Científica...
 
Análise da Mobilidade Acadêmica Brasileira Baseada em Dados Curriculares da P...
Análise da Mobilidade Acadêmica Brasileira Baseada em Dados Curriculares da P...Análise da Mobilidade Acadêmica Brasileira Baseada em Dados Curriculares da P...
Análise da Mobilidade Acadêmica Brasileira Baseada em Dados Curriculares da P...
 
Usabilidade em repositório institucional: o caso do Memoria – RI do IFRN
Usabilidade em repositório institucional: o caso do Memoria – RI do IFRNUsabilidade em repositório institucional: o caso do Memoria – RI do IFRN
Usabilidade em repositório institucional: o caso do Memoria – RI do IFRN
 
Repositórios digitais brasileiros presentes no registry of open access reposi...
Repositórios digitais brasileiros presentes no registry of open access reposi...Repositórios digitais brasileiros presentes no registry of open access reposi...
Repositórios digitais brasileiros presentes no registry of open access reposi...
 
Autoarquivamento na UFRN: configurações no Dspace para validação do depósito ...
Autoarquivamento na UFRN: configurações no Dspace para validação do depósito ...Autoarquivamento na UFRN: configurações no Dspace para validação do depósito ...
Autoarquivamento na UFRN: configurações no Dspace para validação do depósito ...
 
Boas práticas da ciência aberta: compartilhando iniciativas brasileiras e por...
Boas práticas da ciência aberta: compartilhando iniciativas brasileiras e por...Boas práticas da ciência aberta: compartilhando iniciativas brasileiras e por...
Boas práticas da ciência aberta: compartilhando iniciativas brasileiras e por...
 
Panorama histórico na promoção de acesso aberto: implantação e funcionamento ...
Panorama histórico na promoção de acesso aberto: implantação e funcionamento ...Panorama histórico na promoção de acesso aberto: implantação e funcionamento ...
Panorama histórico na promoção de acesso aberto: implantação e funcionamento ...
 
Ciência Cidadã: coprodução do conhecimento científico
Ciência Cidadã: coprodução do conhecimento científicoCiência Cidadã: coprodução do conhecimento científico
Ciência Cidadã: coprodução do conhecimento científico
 
A importância da implementação do BRCRIS: desafios em virtude da emergência d...
A importância da implementação do BRCRIS: desafios em virtude da emergência d...A importância da implementação do BRCRIS: desafios em virtude da emergência d...
A importância da implementação do BRCRIS: desafios em virtude da emergência d...
 
O preço da publicação científica: as áreas do conhecimento em foco
O preço da publicação científica: as áreas do conhecimento em focoO preço da publicação científica: as áreas do conhecimento em foco
O preço da publicação científica: as áreas do conhecimento em foco
 
A incidência de APC em áreas científicas
A incidência de APC em áreas científicasA incidência de APC em áreas científicas
A incidência de APC em áreas científicas
 
O desafio da interoperabilidade semântica nas bases de dados: estudo de caso ...
O desafio da interoperabilidade semântica nas bases de dados: estudo de caso ...O desafio da interoperabilidade semântica nas bases de dados: estudo de caso ...
O desafio da interoperabilidade semântica nas bases de dados: estudo de caso ...
 
Implantação e padronização de dados em Repositórios Institucionais
Implantação e padronização de dados em Repositórios InstitucionaisImplantação e padronização de dados em Repositórios Institucionais
Implantação e padronização de dados em Repositórios Institucionais
 

Último

610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...GraceDavino
 
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIACONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIAHenrique Pontes
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...azulassessoriaacadem3
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...azulassessoriaacadem3
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...azulassessoriaacadem3
 
B) RELACIONE os picos (1, 2 e 3) no cromatograma com cada uma das substâncias...
B) RELACIONE os picos (1, 2 e 3) no cromatograma com cada uma das substâncias...B) RELACIONE os picos (1, 2 e 3) no cromatograma com cada uma das substâncias...
B) RELACIONE os picos (1, 2 e 3) no cromatograma com cada uma das substâncias...Prime Assessoria
 
DeClara n.º 73 fevereiro 2024 edição especial Aniversário
DeClara n.º 73 fevereiro 2024 edição especial AniversárioDeClara n.º 73 fevereiro 2024 edição especial Aniversário
DeClara n.º 73 fevereiro 2024 edição especial AniversárioIsabelPereira2010
 
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...Prime Assessoria
 
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdfPlanejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdfCludiaFrancklim
 
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptxUm círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptxColmeias
 
A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...
A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...
A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...apoioacademicoead
 
Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...
Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...
Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...excellenceeducaciona
 
Recentemente, um artigo publicado em uma revista renomada relatou um caso de ...
Recentemente, um artigo publicado em uma revista renomada relatou um caso de ...Recentemente, um artigo publicado em uma revista renomada relatou um caso de ...
Recentemente, um artigo publicado em uma revista renomada relatou um caso de ...Prime Assessoria
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;azulassessoriaacadem3
 
Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...
Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...
Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...Prime Assessoria
 
2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...
2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...
2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...azulassessoriaacadem3
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...excellenceeducaciona
 
08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da MulherMary Alvarenga
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...excellenceeducaciona
 

Último (20)

610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
 
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIACONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
B) RELACIONE os picos (1, 2 e 3) no cromatograma com cada uma das substâncias...
B) RELACIONE os picos (1, 2 e 3) no cromatograma com cada uma das substâncias...B) RELACIONE os picos (1, 2 e 3) no cromatograma com cada uma das substâncias...
B) RELACIONE os picos (1, 2 e 3) no cromatograma com cada uma das substâncias...
 
DeClara n.º 73 fevereiro 2024 edição especial Aniversário
DeClara n.º 73 fevereiro 2024 edição especial AniversárioDeClara n.º 73 fevereiro 2024 edição especial Aniversário
DeClara n.º 73 fevereiro 2024 edição especial Aniversário
 
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
 
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdfPlanejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
 
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptxUm círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
 
A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...
A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...
A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...
 
Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...
Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...
Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...
 
Recentemente, um artigo publicado em uma revista renomada relatou um caso de ...
Recentemente, um artigo publicado em uma revista renomada relatou um caso de ...Recentemente, um artigo publicado em uma revista renomada relatou um caso de ...
Recentemente, um artigo publicado em uma revista renomada relatou um caso de ...
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
 
Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...
Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...
Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...
 
2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...
2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...
2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
 
08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
 

A experiência de uma empresa de P&D na construção de uma política de governança de dados, informação e conhecimento

  • 1. A experiência de uma empresa de P&D na construção de uma Política de Governança de Dados, Informação e Conhecimento Manaus, AM, 3 de outubro de 2019 Secretaria de Desenvolvimento Institucional Gerência de Riscos, Integridade e Transparência Supervisão de Governança da Informação e Transparência Patrícia Rocha Bello Bertin Juliana Meireles Fortaleza Adriana Cristina da Silva Massayuki Franco Okawachi
  • 2. Missão Viabilizar soluções de pesquisa, desenvolvimento e inovação para a sustentabilidade da agricultura, em benefício da sociedade brasileira. Valores Transparência - Nossas ações são pautadas pela publicidade e compartilhamento de informações para uma comunicação aberta com todos os interlocutores.
  • 5. Projeto especial GovIE Governança de Dados e Informação para o Conhecimento na Embrapa: Desenvolvimento de Modelo e Plano de Implantação (GovIE) i) Medidas processuais (ações de aprimoramento e/ou desenvolvimento e de implantação de processos). ii) Medidas culturais e de comunicação (ações de indução a uma mudança cultural desejável, por meio de esforços de sensibilização, comunicação e capacitação). iii) Ferramentas e instrumentos (ações de desenvolvimento e aprimoramento das ferramentas, instrumentos e tecnologias). iv) Medidas relativas à estrutura, papéis e responsabilidades (ações relacionadas à estrutura organizacional e definição de papéis e responsabilidades para melhor coordenação do trabalho). v) Medidas normativas (ações de criação ou atualização de políticas e normas internas).
  • 6. De quem é a atribuição da governança de dados, informação e conhecimento na Embrapa? Secretaria de Desenvolvimento Institucional (SDI) Gerência de Riscos, Integridade e Transparência (GRIT) Supervisão de Governança da Informação e Transparência (GIT) a) Propor as diretrizes táticas de riscos, integridade e transparência em alinhamento com as diretrizes da governança corporativa; b) Coordenar a implementação das diretrizes táticas de Riscos, Integridade, Transparência, Conformidade e controles internos; c) Definir e coordenar as diretrizes de governança de dados, informações e conhecimentos em alinhamento com as diretrizes da governança corporativa; d) Coordenar a implementação das diretrizes e das ações de governança de dados, informação e conhecimento; e) Gerir dados, informações e conhecimento dos desafios organizacionais.
  • 8. Infraestrutura Nacional de Dados Espaciais – INDE Decreto Presidencial nº 6.666/2008 Decreto s/nº de 15/09/2011 Plano de Ação Nacional sobre Governo Aberto Lei nº 12.527/2011 Lei de Acesso à Informação - LAI Decreto nº 9.637/2018 Política Nacional de Segurança da Informação Instrução Normativa nº 4/2012 Infraestrutura Nacional de Dados Abertos – INDA Decreto nº 8.638/2016 Institui a Política de Governança Digital Decreto nº 8.777/2016 Institui a Política de Dados Abertos do Poder Executivo Federal Decreto nº 8.789/2016 Compartilhamento de bases de dados na APF Lei da Transparência Lei Complementar nº 131/2009 Lei nº 9.610/1998 Lei de Direitos Autorais Lei nº 13.243/2016 Marco Legal de CT&I Inst. Norm. GSI nº 1/2008 Gestão da Segurança da Informação e Comunicações Lei nº 8.159/1992 Política Nacional de Arquivos Públicos e Privados Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais e da Privacidade Lei nº 13.709/2018 Lei nº 13.303/2016 Lei das Estatais Art. 8º, IV: política de divulgação de informações; Art. 18, III: política de porta-vozes Art. 50, I: programa de privacidade de dados pessoais Art. 15, II: política/ normas SI ConformidadeConformidade
  • 10. Metodologia para construção da Política de Governança de Dados, Informação e Conhecimento 1) Mapeamento dos dispositivos legais que a Embrapa está sujeita e das políticas internas já existentes relacionadas a dados, informação e conhecimento. 2) Levantamento bibliográfico e das políticas institucionais relativas a gestão de dados, informação e conhecimento. 3) Utilização das recomendações dos projetos da Embrapa relativos à gestão de dados, informação e conhecimento. 4) Construção da minuta da Política. 5) Análise jurídica 6) Avaliação da Diretoria-Executiva e do Presidente da Embrapa 7) Avaliação das Unidades Organizacionais e das Unidades de Pesquisa 8) Ajustes finais 9) Aprovação pelo Conselho Administrativo (Consad)
  • 11. Política de Governança de Dados, Informação e Conhecimento da Embrapa
  • 15. Diretrizes 1) Perspectiva Estratégica 2) Perspectiva da Cultura e do Ambiente Interno 3) Perspectiva da Interação com o Ambiente Externo 4) Perspectiva das Pessoas 5) Perspectiva dos Processos 6) Perspectiva Tecnológica 7) Perspectiva da Segurança da Informação 8) Perspectiva da Divulgação de Informações Relevantes 9) Perspectiva de Negócios
  • 16. Análise das colaborações da Unidades Organizacionais e das Unidades de Pesquisa • Recebemos 30 respostas. • Unidades de Pesquisa organizaram equipes multidisciplinares para avaliar a política: i) perfil profissional e atuação na área de GDIC; ii) gestores. Contribuições Definição de Dados de pesquisa - “registros factuais (pontuações numéricas, registros textuais, imagens e sons) produzidos ou utilizados como fontes primárias para a pesquisa científica e tecnológica e que são necessários para validação dos seus resultados.”
  • 17. Análise das colaborações da Unidades Organizacionais e das Unidades de Pesquisa Princípio da Abertura e Transparência – Acesso Aberto à Informação Científica e Dados Abertos • Política de Inovação da Embrapa – Inovação Aberta • Empresa Pública – órgão público e pessoa jurídica de direito privado. “Nos casos em que a divulgação da informação puder causar eventual risco às atividades da Embrapa será dado o tratamento necessário à proteção da informação, conforme normativos internos ou legais.” Diretrizes de Perspectiva de Negócio
  • 18. Análise das colaborações da Unidades Organizacionais e das Unidades de Pesquisa ‘Acesso Aberto à Informação Científica’ Presença da palavra “prioritariamente”. Impacto negativo sobre o alcance da produção científica da Empresa, já que a maioria dos periódicos de acesso aberto é de menor impacto.
  • 19. Análise das colaborações da Unidades Organizacionais e das Unidades de Pesquisa Diretriz – Perspectiva estratégia Plano de Dados Abertos (PDA) da Embrapa – Dados Agropecuários • Grau de relevância das informações para o cidadão • Compromissos anteriormente assumidos pelo órgão • Alinhamento com os instrumentos de planejamento estratégico • Grau de estruturação dos dados • Frequência de atualização dos conjuntos de dados Conjuntos de dados que têm potencial de negócio estarão automaticamente excluídos do processo de seleção de abertura.
  • 20. Análise das colaborações da Unidades Organizacionais e das Unidades de Pesquisa Diretrizes – Perspectiva de Pessoas Pesquisadores e bibliotecários – inclusão da diretriz “Mobilização de competências existentes na rede de profissionais da informação da Embrapa para o cumprimento desta Política”
  • 21. Análise das colaborações da Unidades Organizacionais e das Unidades de Pesquisa Estrutura e atribuições Como a política irá afetar a estrutura organizacional da Empresa e, especificamente, das Unidades de Pesquisa? • Secretaria de Desenvolvimento Institucional – governança • Comitê de Governança de Dados, Informação e Conhecimento – apoio à governança – reflete a estrutura organizacional. • Comitês Locais de Gestão de Dados, Informação e Conhecimento – Unidades de Pesquisa
  • 22. Considerações finais • É preciso um trabalho de sensibilização e capacitação do público interno para devida internalização da Política, nos seguintes assuntos:  Governança e gestão de dados, informação e conhecimento  Ciência Aberta  Dados Abertos  Identificação, classificação e proteção de dados e informações com potencial de exploração comercial
  • 23. Considerações finais • Os bibliotecários estão sendo vistos como atores importantes no processo de gestão de dados, informação e conhecimento e estão se vendo dentro desse processo. A Política de Governança de Dados, Informação e Conhecimento da Embrapa é um dos mecanismos para a Empresa estabelecer o processo de gestão de dados, informação e conhecimento. Acredita-se que com esse processo seja possível promover, de forma gradual, constante, consciente, segura e responsável, a abertura dos seus dados de pesquisa agropecuária para o compartilhamento, acesso e reuso.
  • 24. Patrícia Bertin Márcia Cardoso Adriana Cristina Juliana Meireles Massayuki Franco Grata pela atenção! sdi.git@embrapa.br