SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 10
O PAPEL DA CRIATIVIDADE NO CONTEXTO DE ENSINO DAS  ÁREAS DE EXPRESSÃO Ana Souto e Melo
1. Conceito de Criatividade (no âmbito geral) -  “é o processo de mudança, de desenvolvimento, de evolução”  (Ghiselin, 1952). ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Ana Souto e Melo
2. Qualidades fundamentais do “ser criativo” - Sensibilidade - Capacidade de permanecer num estado de receptividade - Mobilidade - Originalidade - Aptidão para transformar e redeterminar - Análise - Síntese - Organização coerente Ana Souto e Melo
3. Decálogo da ajuda criativa  (Torrance, 1976) 1º - Proporcionar às crianças materiais que incitem a imaginação. 2º - Facilitar recursos que enriqueçam a fantasia (contos, mitos, fábulas). 3º - Dar tempo para pensar e sonhar acordado. Não “intoxicar” com ocupações formais. 4º - Animar as crianças a que expressem as suas ideias, quando têm algo a dizer. 5º - Dar aos seus escritos um suporte correcto, para que possam ser objecto de valorização e estima. O reconhecimento de um achado é um bom estímulo para continuar a pesquisar. 6º - Aceitar a tendência para adoptar uma perspectiva diferente. As analogias, que para o adulto se revestem de um ar literário, para as crianças são uma forma normal de expressar o seu pensamento. 7º - Apreciar a autêntica individualidade em lugar de sacioná-la. Ana Souto e Melo
8º - Corrigir e valorar sem criar desânimo. Dar importância ao que foi feito. 9º- Estimular as crianças para que façam jogos verbais. O jogo é o melhor ambientador para uma actividade espontânea. 10º- “Aprecia os teus alunos e faz com que eles o percebam” Não basta uma grande dedicação, é preciso que os alunos sintam a preocupação do seu mestre. Ana Souto e Melo
4. Actuações típicas do professor criativo  em ambiente escolar  (Torre, 1987) - Promove a aprendizagem por métodos de descoberta - Incita a uma sobreaprendizagem e à autodisciplina - Estimula os processos intelectuais criativos - Promove a flexibilidade intelectual - Induz à auto-avaliação do rendimento próprio - Ajuda o aluno a ser mais sensível - Incita a curiosidade com perguntas divergentes - Aproxima da realidade e do manejo das coisas - Ajuda a superar fracassos - Induz à percepção de estruturas totais Ana Souto e Melo
Ana Souto e Melo 5. Acções pessoais/profissionais dos professores Que determinam ambientes bloqueadores de criatividade (Torre, 1987) - Pressões para o conformismo - Atitude autoritária - Ridicularização dos intentos criativos - Sobrevalorização de recompensas e castigos - Excessiva exigência de objectividade - Excessiva preocupação com êxito - Hostilidade contra respostas e comportamentos diferentes do grupo - Intolerância contra a atitude lúdica
6. Categorias de bloqueios da criatividade no meio escolar 6.1 -  Bloqueios perceptivos e mentais (dificultam o encontro do problema): - Dificuldade de isolar o problema - Limitação do problema - Dificuldade de perceber relações remotas - Aceitação do óbvio como o bom - Rigidez perceptiva 6.2 –  Bloqueios emocionais e psicológicos (dificultam aprendizagens significativas): - Insegurança - Medos do equívoco e ao ridículo - Apego às 1ªs soluções - Desejo de triunfar rapidamente - Falta de impulso e de perseverança para levar um trabalho até ao fim
6.3 –  Bloqueios socioculturais (causadores de estatismo): - Sobrevalorização social da inteligência - Sobrevalorização da competência e cooperação - Orientação para o êxito - Excessiva importância do papel dos sexos - Exigência de ser prático e económico - Impedimento da espontaneidade inquiridora - Sobrevalorização das autoridades e das estatísticas em detrimento da inovação  Ana Souto e Melo
ACTIVIDADE (INTRODUZIR NO  PORTFÓLIO): 1. Transposição do conceito de criatividade para o ensino: importância da sua abordagem aos alunos; importância do desenvolvimento do potencial criativo nos alunos; importância para a prática de ensino (reflexão crítica fundamentada). Ana Souto e Melo Referências Bibliográficas Torre, S. (1996).  Identificar, diseñar y evaluar la creatividad.  Santiago de Compotela: Universidade de Santiago de Compostela.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (13)

Palestra ah . sd . referenciais curriculares
Palestra ah . sd . referenciais curricularesPalestra ah . sd . referenciais curriculares
Palestra ah . sd . referenciais curriculares
 
PROCEDIMENTOS DE DE ENSINO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL.: ALTAS HABILIDADES E SUPERDO...
PROCEDIMENTOS DE DE ENSINO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL.: ALTAS HABILIDADES E SUPERDO...PROCEDIMENTOS DE DE ENSINO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL.: ALTAS HABILIDADES E SUPERDO...
PROCEDIMENTOS DE DE ENSINO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL.: ALTAS HABILIDADES E SUPERDO...
 
Altas habilidades superdotados 2
Altas habilidades   superdotados 2Altas habilidades   superdotados 2
Altas habilidades superdotados 2
 
197 slides joão pessoa 2012 superdotados
197 slides joão pessoa 2012 superdotados197 slides joão pessoa 2012 superdotados
197 slides joão pessoa 2012 superdotados
 
ALTAS HABILIDADES - SUPERDOTAÇÃO
  ALTAS HABILIDADES - SUPERDOTAÇÃO  ALTAS HABILIDADES - SUPERDOTAÇÃO
ALTAS HABILIDADES - SUPERDOTAÇÃO
 
Inicio
InicioInicio
Inicio
 
Apresentacao Tmi Gardner
Apresentacao Tmi GardnerApresentacao Tmi Gardner
Apresentacao Tmi Gardner
 
Superdotação luciane coelho
Superdotação luciane coelhoSuperdotação luciane coelho
Superdotação luciane coelho
 
Alunos Super Dotados 3
Alunos Super Dotados 3Alunos Super Dotados 3
Alunos Super Dotados 3
 
Altas habilidades
Altas habilidadesAltas habilidades
Altas habilidades
 
Gardner e as Inteligências Múltiplas
Gardner e as Inteligências MúltiplasGardner e as Inteligências Múltiplas
Gardner e as Inteligências Múltiplas
 
As inteligências Múltiplas e emocionais
As inteligências Múltiplas e emocionais As inteligências Múltiplas e emocionais
As inteligências Múltiplas e emocionais
 
Inteligencia multiplas (2)
Inteligencia multiplas (2)Inteligencia multiplas (2)
Inteligencia multiplas (2)
 

Semelhante a Criatividade

Desenvolvimento das-competencias-socioemocionais-
Desenvolvimento das-competencias-socioemocionais-Desenvolvimento das-competencias-socioemocionais-
Desenvolvimento das-competencias-socioemocionais-
cidoca123
 
Artigoparapublicacao
ArtigoparapublicacaoArtigoparapublicacao
Artigoparapublicacao
Marcia Gomes
 
Metodologias Ativas Da Aprendizagem
Metodologias Ativas Da AprendizagemMetodologias Ativas Da Aprendizagem
Metodologias Ativas Da Aprendizagem
Carol Almeida
 
Cad infantil2 arte_anual
Cad infantil2 arte_anualCad infantil2 arte_anual
Cad infantil2 arte_anual
Rita Monteiro
 
Atividade estr filos2011
Atividade estr filos2011Atividade estr filos2011
Atividade estr filos2011
greghouse48
 
Atividade filos2011
Atividade filos2011Atividade filos2011
Atividade filos2011
greghouse48
 
Atividade estr filos2011
Atividade estr filos2011Atividade estr filos2011
Atividade estr filos2011
greghouse48
 
Capacitacao Consultores Final
Capacitacao Consultores FinalCapacitacao Consultores Final
Capacitacao Consultores Final
CCAC
 
Metodologias
MetodologiasMetodologias
Metodologias
jmpg2011
 

Semelhante a Criatividade (20)

Altas habilidades
Altas habilidadesAltas habilidades
Altas habilidades
 
Pedapedagogia de projetos
Pedapedagogia de projetosPedapedagogia de projetos
Pedapedagogia de projetos
 
Desenvolvimento das-competencias-socioemocionais-
Desenvolvimento das-competencias-socioemocionais-Desenvolvimento das-competencias-socioemocionais-
Desenvolvimento das-competencias-socioemocionais-
 
delivery
deliverydelivery
delivery
 
Teorias da criatividade
Teorias da criatividade Teorias da criatividade
Teorias da criatividade
 
Unidade 1 - 09-08-2023.pptx
Unidade 1 - 09-08-2023.pptxUnidade 1 - 09-08-2023.pptx
Unidade 1 - 09-08-2023.pptx
 
Um pouco de Teoria do Currículo
Um pouco de Teoria do CurrículoUm pouco de Teoria do Currículo
Um pouco de Teoria do Currículo
 
Indicações de leitura
Indicações de leituraIndicações de leitura
Indicações de leitura
 
6 relacionamento professor aluno
6 relacionamento professor aluno6 relacionamento professor aluno
6 relacionamento professor aluno
 
Artigoparapublicacao
ArtigoparapublicacaoArtigoparapublicacao
Artigoparapublicacao
 
Metodologias Ativas Da Aprendizagem
Metodologias Ativas Da AprendizagemMetodologias Ativas Da Aprendizagem
Metodologias Ativas Da Aprendizagem
 
Cad infantil2 arte_anual
Cad infantil2 arte_anualCad infantil2 arte_anual
Cad infantil2 arte_anual
 
Teoricos da Educação
Teoricos da EducaçãoTeoricos da Educação
Teoricos da Educação
 
Atividade estr filos2011
Atividade estr filos2011Atividade estr filos2011
Atividade estr filos2011
 
Atividade filos2011
Atividade filos2011Atividade filos2011
Atividade filos2011
 
Atividade estr filos2011
Atividade estr filos2011Atividade estr filos2011
Atividade estr filos2011
 
Capacitacao Consultores Final
Capacitacao Consultores FinalCapacitacao Consultores Final
Capacitacao Consultores Final
 
Criatividade no Ensino Superior
Criatividade no Ensino SuperiorCriatividade no Ensino Superior
Criatividade no Ensino Superior
 
Metodologias
MetodologiasMetodologias
Metodologias
 
SUPERDOTADOS: A História e Exclusão, os Conceitos, Características e Interven...
SUPERDOTADOS: A História e Exclusão, os Conceitos, Características e Interven...SUPERDOTADOS: A História e Exclusão, os Conceitos, Características e Interven...
SUPERDOTADOS: A História e Exclusão, os Conceitos, Características e Interven...
 

Mais de Alfredo Lopes

O Jogo DramáTico Na Vida Da CriançA
O Jogo DramáTico Na Vida Da CriançAO Jogo DramáTico Na Vida Da CriançA
O Jogo DramáTico Na Vida Da CriançA
Alfredo Lopes
 
ReflexãO CríTica Didatica Evt
ReflexãO CríTica Didatica EvtReflexãO CríTica Didatica Evt
ReflexãO CríTica Didatica Evt
Alfredo Lopes
 
ExpressãO DramáTica
ExpressãO DramáTicaExpressãO DramáTica
ExpressãO DramáTica
Alfredo Lopes
 
A ExpressãO E EducaçãO Musical E DramáTica
A ExpressãO E EducaçãO Musical E DramáTicaA ExpressãO E EducaçãO Musical E DramáTica
A ExpressãO E EducaçãO Musical E DramáTica
Alfredo Lopes
 
ExpressãO E EducaçãO FíSico
ExpressãO E EducaçãO FíSicoExpressãO E EducaçãO FíSico
ExpressãO E EducaçãO FíSico
Alfredo Lopes
 
ExpressãO PláStica Mascaras
ExpressãO PláStica MascarasExpressãO PláStica Mascaras
ExpressãO PláStica Mascaras
Alfredo Lopes
 
ExpressãO PláStica E Expressao Musical
ExpressãO PláStica E Expressao MusicalExpressãO PláStica E Expressao Musical
ExpressãO PláStica E Expressao Musical
Alfredo Lopes
 
Actividade Para O Dia Da Avó E Do Pai
Actividade Para O Dia Da Avó E Do PaiActividade Para O Dia Da Avó E Do Pai
Actividade Para O Dia Da Avó E Do Pai
Alfredo Lopes
 
A CriançA E O Movimento ExpressãO FíSico Motora
A CriançA E O Movimento ExpressãO FíSico MotoraA CriançA E O Movimento ExpressãO FíSico Motora
A CriançA E O Movimento ExpressãO FíSico Motora
Alfredo Lopes
 
ExpressãO E EducaçãO Musical E DramáTica
ExpressãO E EducaçãO Musical E DramáTicaExpressãO E EducaçãO Musical E DramáTica
ExpressãO E EducaçãO Musical E DramáTica
Alfredo Lopes
 
Imitar O Chefe, Apanhar A Cauda, O SéRio
Imitar O Chefe, Apanhar A Cauda, O SéRioImitar O Chefe, Apanhar A Cauda, O SéRio
Imitar O Chefe, Apanhar A Cauda, O SéRio
Alfredo Lopes
 
Roteiro Para A EducaçãO ArtíStica
Roteiro Para A EducaçãO ArtíSticaRoteiro Para A EducaçãO ArtíStica
Roteiro Para A EducaçãO ArtíStica
Alfredo Lopes
 
Livro Competencias Essenciais
Livro Competencias EssenciaisLivro Competencias Essenciais
Livro Competencias Essenciais
Alfredo Lopes
 

Mais de Alfredo Lopes (20)

Cartaz Carta 2070
Cartaz Carta 2070Cartaz Carta 2070
Cartaz Carta 2070
 
ReflexãO Critica
ReflexãO CriticaReflexãO Critica
ReflexãO Critica
 
EstratéGias Essenciais No Campo Da
EstratéGias Essenciais No Campo DaEstratéGias Essenciais No Campo Da
EstratéGias Essenciais No Campo Da
 
Revistas Infantis
Revistas InfantisRevistas Infantis
Revistas Infantis
 
O Jogo DramáTico Na Vida Da CriançA
O Jogo DramáTico Na Vida Da CriançAO Jogo DramáTico Na Vida Da CriançA
O Jogo DramáTico Na Vida Da CriançA
 
ReflexãO CríTica Didatica Evt
ReflexãO CríTica Didatica EvtReflexãO CríTica Didatica Evt
ReflexãO CríTica Didatica Evt
 
ExpressãO DramáTica
ExpressãO DramáTicaExpressãO DramáTica
ExpressãO DramáTica
 
A ExpressãO E EducaçãO Musical E DramáTica
A ExpressãO E EducaçãO Musical E DramáTicaA ExpressãO E EducaçãO Musical E DramáTica
A ExpressãO E EducaçãO Musical E DramáTica
 
ExpressãO E EducaçãO FíSico
ExpressãO E EducaçãO FíSicoExpressãO E EducaçãO FíSico
ExpressãO E EducaçãO FíSico
 
ExpressãO PláStica Mascaras
ExpressãO PláStica MascarasExpressãO PláStica Mascaras
ExpressãO PláStica Mascaras
 
ExpressãO PláStica E Expressao Musical
ExpressãO PláStica E Expressao MusicalExpressãO PláStica E Expressao Musical
ExpressãO PláStica E Expressao Musical
 
Actividade Para O Dia Da Avó E Do Pai
Actividade Para O Dia Da Avó E Do PaiActividade Para O Dia Da Avó E Do Pai
Actividade Para O Dia Da Avó E Do Pai
 
A CriançA E O Movimento ExpressãO FíSico Motora
A CriançA E O Movimento ExpressãO FíSico MotoraA CriançA E O Movimento ExpressãO FíSico Motora
A CriançA E O Movimento ExpressãO FíSico Motora
 
ExpressãO E EducaçãO Musical E DramáTica
ExpressãO E EducaçãO Musical E DramáTicaExpressãO E EducaçãO Musical E DramáTica
ExpressãO E EducaçãO Musical E DramáTica
 
Imitar O Chefe, Apanhar A Cauda, O SéRio
Imitar O Chefe, Apanhar A Cauda, O SéRioImitar O Chefe, Apanhar A Cauda, O SéRio
Imitar O Chefe, Apanhar A Cauda, O SéRio
 
Roteiro Para A EducaçãO ArtíStica
Roteiro Para A EducaçãO ArtíSticaRoteiro Para A EducaçãO ArtíStica
Roteiro Para A EducaçãO ArtíStica
 
Processos
ProcessosProcessos
Processos
 
Livro Competencias Essenciais
Livro Competencias EssenciaisLivro Competencias Essenciais
Livro Competencias Essenciais
 
Acorda
AcordaAcorda
Acorda
 
A Carta De 2070
A Carta De 2070A Carta De 2070
A Carta De 2070
 

Último

Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Eró Cunha
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
GisellySobral
 

Último (20)

Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
O que é literatura - Marisa Lajolo com.pdf
O que é literatura - Marisa Lajolo com.pdfO que é literatura - Marisa Lajolo com.pdf
O que é literatura - Marisa Lajolo com.pdf
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 

Criatividade

  • 1. O PAPEL DA CRIATIVIDADE NO CONTEXTO DE ENSINO DAS ÁREAS DE EXPRESSÃO Ana Souto e Melo
  • 2.
  • 3. 2. Qualidades fundamentais do “ser criativo” - Sensibilidade - Capacidade de permanecer num estado de receptividade - Mobilidade - Originalidade - Aptidão para transformar e redeterminar - Análise - Síntese - Organização coerente Ana Souto e Melo
  • 4. 3. Decálogo da ajuda criativa (Torrance, 1976) 1º - Proporcionar às crianças materiais que incitem a imaginação. 2º - Facilitar recursos que enriqueçam a fantasia (contos, mitos, fábulas). 3º - Dar tempo para pensar e sonhar acordado. Não “intoxicar” com ocupações formais. 4º - Animar as crianças a que expressem as suas ideias, quando têm algo a dizer. 5º - Dar aos seus escritos um suporte correcto, para que possam ser objecto de valorização e estima. O reconhecimento de um achado é um bom estímulo para continuar a pesquisar. 6º - Aceitar a tendência para adoptar uma perspectiva diferente. As analogias, que para o adulto se revestem de um ar literário, para as crianças são uma forma normal de expressar o seu pensamento. 7º - Apreciar a autêntica individualidade em lugar de sacioná-la. Ana Souto e Melo
  • 5. 8º - Corrigir e valorar sem criar desânimo. Dar importância ao que foi feito. 9º- Estimular as crianças para que façam jogos verbais. O jogo é o melhor ambientador para uma actividade espontânea. 10º- “Aprecia os teus alunos e faz com que eles o percebam” Não basta uma grande dedicação, é preciso que os alunos sintam a preocupação do seu mestre. Ana Souto e Melo
  • 6. 4. Actuações típicas do professor criativo em ambiente escolar (Torre, 1987) - Promove a aprendizagem por métodos de descoberta - Incita a uma sobreaprendizagem e à autodisciplina - Estimula os processos intelectuais criativos - Promove a flexibilidade intelectual - Induz à auto-avaliação do rendimento próprio - Ajuda o aluno a ser mais sensível - Incita a curiosidade com perguntas divergentes - Aproxima da realidade e do manejo das coisas - Ajuda a superar fracassos - Induz à percepção de estruturas totais Ana Souto e Melo
  • 7. Ana Souto e Melo 5. Acções pessoais/profissionais dos professores Que determinam ambientes bloqueadores de criatividade (Torre, 1987) - Pressões para o conformismo - Atitude autoritária - Ridicularização dos intentos criativos - Sobrevalorização de recompensas e castigos - Excessiva exigência de objectividade - Excessiva preocupação com êxito - Hostilidade contra respostas e comportamentos diferentes do grupo - Intolerância contra a atitude lúdica
  • 8. 6. Categorias de bloqueios da criatividade no meio escolar 6.1 - Bloqueios perceptivos e mentais (dificultam o encontro do problema): - Dificuldade de isolar o problema - Limitação do problema - Dificuldade de perceber relações remotas - Aceitação do óbvio como o bom - Rigidez perceptiva 6.2 – Bloqueios emocionais e psicológicos (dificultam aprendizagens significativas): - Insegurança - Medos do equívoco e ao ridículo - Apego às 1ªs soluções - Desejo de triunfar rapidamente - Falta de impulso e de perseverança para levar um trabalho até ao fim
  • 9. 6.3 – Bloqueios socioculturais (causadores de estatismo): - Sobrevalorização social da inteligência - Sobrevalorização da competência e cooperação - Orientação para o êxito - Excessiva importância do papel dos sexos - Exigência de ser prático e económico - Impedimento da espontaneidade inquiridora - Sobrevalorização das autoridades e das estatísticas em detrimento da inovação Ana Souto e Melo
  • 10. ACTIVIDADE (INTRODUZIR NO PORTFÓLIO): 1. Transposição do conceito de criatividade para o ensino: importância da sua abordagem aos alunos; importância do desenvolvimento do potencial criativo nos alunos; importância para a prática de ensino (reflexão crítica fundamentada). Ana Souto e Melo Referências Bibliográficas Torre, S. (1996). Identificar, diseñar y evaluar la creatividad. Santiago de Compotela: Universidade de Santiago de Compostela.