SlideShare uma empresa Scribd logo
CORREÇÃO DO TESTE DE AVALIAÇÃO

    Tema B: A Herança do Mediterrâneo Antigo

    Unidade 1: Os Gregos no século V a.C.: o exemplo de Atenas



1.1 Atribui um título ao mapa.
   O título que atribuo ao mapa é: O território grego no séc. V a.C.


1.2 Completa a legenda do mapa.
   A – Grécia, Atenas
   B – Mar Egeu
   C – Mar Jónico
   D – Mar Mediterrâneo


2. Descobre os sete erros existentes no texto seguinte. Assinala-os e reescreve o texto.
O povo helénico, ou grego, resultou da fusão de vários povos: Aqueus, Jónios e Dórios que se foram
instalando de forma agressiva na Península Balcânica. O relevo muito acidentado da Grécia propiciou a
formação de cidades-estado. Cada cidade-estado tinha governo e leis próprias.


3.1 Indica as principais zonas em que se dividia uma pólis.
A pólis dividia-se em três zonas distintas: a acrópole, a asty e a zona rural.


3.2 Refere os elementos que compõem cada uma das zonas da pólis.
Acrópole - Parte mais alta da cidade, protegida por muralhas, onde se situavam os templos e os edifícios
governamentais, e onde a população se refugiava em caso de ataque.
Asty - Parte baixa da cidade, ocupada por vários edifícios, como o tribunal, o ginásio, o teatro, o estádio e
as habitações, e pela ágora (praça pública).
Zona rural - Zona fora da cidade, constituída pelas aldeias, campos, pastagens e florestas.
4.1 Indica as principais atividades económicas a que se dedicavam os atenienses.
As principais atividades económicas a que se dedicavam os atenienses eram: o comércio marítimo, a
agricultura e o artesanato.


4.2 Explica a importância da criação da Liga de Delos.
No século V a.C., a Grécia foi invadida pelos Persas. Perante isto, todas as cidades-estado tiveram de se
unir para vencer estes invasores – fundaram, assim, a Liga de Delos. Atenas, pelo prestígio alcançado na
luta com os persas passou a controlar o tesouro de Delos, transferindo para Atenas parte desse tesouro,
para o qual as outras cidades-estado contribuíram através do pagamento de impostos.
4.3 Comenta a seguinte afirmação: Atenas desenvolveu uma economia monetária, comercial e marítima.
Atenas desenvolveu uma economia monetária baseada no uso da moeda, comercial baseada no comércio
marítimo e marítima baseada nas trocas comerciais.


5. Relaciona os elementos da coluna A com os da coluna B.
Helenos - Nome pelo qual é conhecido o povo grego.
Pólis - Cidade-estado grega.
Metrópole - Cidade de origem dos habitantes das colónias.
Pireu - Principal porto marítimo.
Dracma - Moeda de prata ateniense.


6.1 Refere as condições necessárias para se ser considerado cidadão de Atenas.
As condições necessárias para se ser considerado cidadão de Atenas eram:
    Serem homens livres, maiores de 18 anos;
    Serem Filhos de pais atenienses;
    Possuírem terras;
    Participarem no governo da cidade.


6.2 Identifica o grupo social a que se refere o autor do documento F.
O grupo social a que se refere o autor do documento F eram os escravos.


6.3 A mulher ateniense vivia dependente do homem. Concordas com esta afirmação? Justifica a tua
resposta.
A mulher ateniense vivia, de facto, dependente do homem tanto a nível monetário como social. A mulher
não participava no governo da cidade nem podia possuir terras. Esta deveria permanecer em casa
dedicada às tarefas domésticas.


7.1 Identifica o regime político ateniense.
O regime político ateniense era a democracia direta.


7.2 Menciona as limitações do regime referido no documento E.
As limitações da democracia ateniense eram:
 Só os cidadãos (uma minoria) participavam na vida pública. As mulheres, escravos e metecos não
        podiam participar;
     A sociedade ateniense era esclavagista, vivia sobretudo do trabalho escravo;
     A boa situação económica de Atenas resultava em parte, dos pagamentos que a pólis exigia aos
        seus aliados da Liga de Delos.


7.3 Completa o esquema de funcionamento da democracia ateniense com as expressões que se seguem:

                                                             Eclésia
                                                       Todos os cidadãos
                    Vota as leis, decide da paz e da guerra, elege os Magistrados e vota o ostracismo.

              Boulê ou Conselho dos Quinhentos                                         Helieia ou Tribunal Popular
               500 Elementos escolhidos à sorte                                     6000 heliastas escolhidos à sorte
 Elabora as propostas de lei para submeter à votação da Eclésia.                      Julga a maior parte dos delitos



                                                              Magistrados

                       10 Estrategas                                                       10 Arcontes
                    Eleitos por um ano
                                                                                  Escolhidos à sorte por um ano
   Comandam a marinha e o exército, gerem os assuntos
                                                                                       Organizam o culto.
             externos e as finanças do Estado.
                             _


8.1 Tendo em conta a afirmação, relaciona os elementos da coluna A com os elementos da coluna B.
Até aos 7 anos - Os rapazes estavam entregues aos cuidados da mãe.
Entre os 7 e os 14 anos - Os rapazes passavam a frequentar a escola ou aprendiam em casa, com um
professor particular.
Aos 15 anos - O jovem começa a frequentar o ginásio. Paralelamente, aprendia Oratória, Leis, Matemática
e Gramática.
Aos 18 anos - Os jovens iniciam o treino militar que tinha uma duração de dois anos.


8.2 Distingue a educação das raparigas da dos rapazes gregos.
As raparigas, ao contrário dos rapazes, não iam à escola, nem ao ginásio, nem tinham acesso ao treino
militar. As raparigas gregas eram educadas no gineceu até ao casamento. Aí, aprendiam, com a mãe a
governar a casa, a tecer, a bordar, a serem boas esposas e mães.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Os Gregos no Século V a. C.
Os Gregos no Século V a. C.Os Gregos no Século V a. C.
Os Gregos no Século V a. C.
Rainha Maga
 
Resumos História - O Modelo Ateniense
Resumos História - O Modelo AtenienseResumos História - O Modelo Ateniense
Resumos História - O Modelo Ateniense
Lojinha da Flor
 
Ficha formativa roma
Ficha formativa romaFicha formativa roma
Ficha formativa roma
Ana Barreiros
 
Testes e Fichas.pdf
Testes e Fichas.pdfTestes e Fichas.pdf
Testes e Fichas.pdf
CristinaCarvalho717285
 
O mundo helénico no séc V a. C. -
O  mundo helénico no séc V  a. C.  - O  mundo helénico no séc V  a. C.  -
O mundo helénico no séc V a. C. -
Carlos Pinheiro
 
Ficha UE
Ficha UEFicha UE
Teste de história 7ºano
Teste de história 7ºanoTeste de história 7ºano
Teste de história 7ºano
João Couto
 
Teste de História 10ºano - Grécia Antiga
Teste de História 10ºano - Grécia AntigaTeste de História 10ºano - Grécia Antiga
Teste de História 10ºano - Grécia Antiga
Zé Mário
 
HIST: Ficha Formativa de História
HIST: Ficha Formativa de HistóriaHIST: Ficha Formativa de História
HIST: Ficha Formativa de História
7F
 
ciencias-naturais-teste-sobre-minerais-e-rochas
ciencias-naturais-teste-sobre-minerais-e-rochasciencias-naturais-teste-sobre-minerais-e-rochas
ciencias-naturais-teste-sobre-minerais-e-rochas
Catarina Pereira
 
1º teste historia 7º ano neolitico
1º teste historia 7º ano neolitico1º teste historia 7º ano neolitico
1º teste historia 7º ano neolitico
Andreia Margarido
 
Origem e Difusão do Cristianismo_Ficha de Trabalho
Origem e Difusão do Cristianismo_Ficha de TrabalhoOrigem e Difusão do Cristianismo_Ficha de Trabalho
Origem e Difusão do Cristianismo_Ficha de Trabalho
Patrícia Morais
 
HIST: Ficha Formativa - A Europa Cristã e o Islão Nos Séculos VI a IX # A Soc...
HIST: Ficha Formativa - A Europa Cristã e o Islão Nos Séculos VI a IX # A Soc...HIST: Ficha Formativa - A Europa Cristã e o Islão Nos Séculos VI a IX # A Soc...
HIST: Ficha Formativa - A Europa Cristã e o Islão Nos Séculos VI a IX # A Soc...
7F
 
Teste cavaleiro da dinamarca
Teste cavaleiro da dinamarca Teste cavaleiro da dinamarca
Teste cavaleiro da dinamarca
Escola
 
Ficha de avaliação 4.doc correção
Ficha de avaliação 4.doc   correçãoFicha de avaliação 4.doc   correção
Ficha de avaliação 4.doc correção
sofiasimao
 
Roma- Resumo de história 10ºano
Roma- Resumo de história 10ºanoRoma- Resumo de história 10ºano
Roma- Resumo de história 10ºano
Susana Grandão
 
Teste de Avaliação Sociedades Recoletoras produtoras
Teste de Avaliação Sociedades Recoletoras produtorasTeste de Avaliação Sociedades Recoletoras produtoras
Teste de Avaliação Sociedades Recoletoras produtoras
Patrícia Morais
 
O modelo ateniense
O modelo atenienseO modelo ateniense
O modelo ateniense
Escoladocs
 
Geografia 7º ano - teste de avaliação
Geografia 7º ano - teste de avaliaçãoGeografia 7º ano - teste de avaliação
Geografia 7º ano - teste de avaliação
Maria Da Guia Fonseca
 
Cavaleiro da Dinamarca
Cavaleiro da DinamarcaCavaleiro da Dinamarca
Cavaleiro da Dinamarca
Lurdes Augusto
 

Mais procurados (20)

Os Gregos no Século V a. C.
Os Gregos no Século V a. C.Os Gregos no Século V a. C.
Os Gregos no Século V a. C.
 
Resumos História - O Modelo Ateniense
Resumos História - O Modelo AtenienseResumos História - O Modelo Ateniense
Resumos História - O Modelo Ateniense
 
Ficha formativa roma
Ficha formativa romaFicha formativa roma
Ficha formativa roma
 
Testes e Fichas.pdf
Testes e Fichas.pdfTestes e Fichas.pdf
Testes e Fichas.pdf
 
O mundo helénico no séc V a. C. -
O  mundo helénico no séc V  a. C.  - O  mundo helénico no séc V  a. C.  -
O mundo helénico no séc V a. C. -
 
Ficha UE
Ficha UEFicha UE
Ficha UE
 
Teste de história 7ºano
Teste de história 7ºanoTeste de história 7ºano
Teste de história 7ºano
 
Teste de História 10ºano - Grécia Antiga
Teste de História 10ºano - Grécia AntigaTeste de História 10ºano - Grécia Antiga
Teste de História 10ºano - Grécia Antiga
 
HIST: Ficha Formativa de História
HIST: Ficha Formativa de HistóriaHIST: Ficha Formativa de História
HIST: Ficha Formativa de História
 
ciencias-naturais-teste-sobre-minerais-e-rochas
ciencias-naturais-teste-sobre-minerais-e-rochasciencias-naturais-teste-sobre-minerais-e-rochas
ciencias-naturais-teste-sobre-minerais-e-rochas
 
1º teste historia 7º ano neolitico
1º teste historia 7º ano neolitico1º teste historia 7º ano neolitico
1º teste historia 7º ano neolitico
 
Origem e Difusão do Cristianismo_Ficha de Trabalho
Origem e Difusão do Cristianismo_Ficha de TrabalhoOrigem e Difusão do Cristianismo_Ficha de Trabalho
Origem e Difusão do Cristianismo_Ficha de Trabalho
 
HIST: Ficha Formativa - A Europa Cristã e o Islão Nos Séculos VI a IX # A Soc...
HIST: Ficha Formativa - A Europa Cristã e o Islão Nos Séculos VI a IX # A Soc...HIST: Ficha Formativa - A Europa Cristã e o Islão Nos Séculos VI a IX # A Soc...
HIST: Ficha Formativa - A Europa Cristã e o Islão Nos Séculos VI a IX # A Soc...
 
Teste cavaleiro da dinamarca
Teste cavaleiro da dinamarca Teste cavaleiro da dinamarca
Teste cavaleiro da dinamarca
 
Ficha de avaliação 4.doc correção
Ficha de avaliação 4.doc   correçãoFicha de avaliação 4.doc   correção
Ficha de avaliação 4.doc correção
 
Roma- Resumo de história 10ºano
Roma- Resumo de história 10ºanoRoma- Resumo de história 10ºano
Roma- Resumo de história 10ºano
 
Teste de Avaliação Sociedades Recoletoras produtoras
Teste de Avaliação Sociedades Recoletoras produtorasTeste de Avaliação Sociedades Recoletoras produtoras
Teste de Avaliação Sociedades Recoletoras produtoras
 
O modelo ateniense
O modelo atenienseO modelo ateniense
O modelo ateniense
 
Geografia 7º ano - teste de avaliação
Geografia 7º ano - teste de avaliaçãoGeografia 7º ano - teste de avaliação
Geografia 7º ano - teste de avaliação
 
Cavaleiro da Dinamarca
Cavaleiro da DinamarcaCavaleiro da Dinamarca
Cavaleiro da Dinamarca
 

Destaque

Teste 7º ano Fenícia e Grecia 2º 2012
Teste 7º ano Fenícia e Grecia 2º 2012Teste 7º ano Fenícia e Grecia 2º 2012
Teste 7º ano Fenícia e Grecia 2º 2012
João Couto
 
Correção da Ficha de avaliação 2
Correção da Ficha de avaliação 2 Correção da Ficha de avaliação 2
Correção da Ficha de avaliação 2
sofiasimao
 
Teste 1 hist 2.º periodo
Teste 1 hist 2.º periodoTeste 1 hist 2.º periodo
Teste 1 hist 2.º periodo
emanuelcarvalhal765
 
O Povo Hebreu
O Povo HebreuO Povo Hebreu
O Povo Hebreu
Josemi Medeiros
 
Primeiras Civilizaçoes
Primeiras CivilizaçoesPrimeiras Civilizaçoes
Primeiras Civilizaçoes
Fabio Santos
 
Apostila de-exercicios
Apostila de-exerciciosApostila de-exercicios
Apostila de-exercicios
Luis Cadeira
 
Inglês Básico 1 | Exercícios aula 02
Inglês Básico 1 | Exercícios aula 02Inglês Básico 1 | Exercícios aula 02
Inglês Básico 1 | Exercícios aula 02
Pablo Caldas
 
Atividade de ingles 20133
Atividade de ingles 20133Atividade de ingles 20133
Atividade de ingles 20133
Atividades Diversas Cláudia
 
Civiliz.egipcia
Civiliz.egipciaCiviliz.egipcia
Civiliz.egipcia
luisaprof
 
Ficha de trabalho civilizações grandes rios
Ficha de trabalho civilizações grandes riosFicha de trabalho civilizações grandes rios
Ficha de trabalho civilizações grandes rios
Patrícia Morais
 
Ficha dos determinantes possessivos e demonstrativos
Ficha dos determinantes possessivos e demonstrativosFicha dos determinantes possessivos e demonstrativos
Ficha dos determinantes possessivos e demonstrativos
Inês Robalo
 
4 o mundo industrializado no século xix
4   o mundo industrializado no século xix4   o mundo industrializado no século xix
4 o mundo industrializado no século xix
sofiasimao
 
Teste romanos
Teste romanosTeste romanos
Teste romanos
Nathalie Ramires
 
As primeiras civilizações
As primeiras civilizaçõesAs primeiras civilizações
As primeiras civilizações
inessalgado
 
08 hebreus e fenícios
08   hebreus e fenícios08   hebreus e fenícios
08 hebreus e fenícios
Carla Freitas
 
Ficha trabalho cristianismo
Ficha trabalho cristianismoFicha trabalho cristianismo
Ficha trabalho cristianismo
Ana Barreiros
 
Correção da Ficha de avaliação 2
Correção da Ficha de avaliação 2   Correção da Ficha de avaliação 2
Correção da Ficha de avaliação 2
sofiasimao
 
Hebreus e Fenicios
Hebreus e  FeniciosHebreus e  Fenicios
Hebreus e Fenicios
Carlos Vieira
 
Testes 8º ano
Testes 8º anoTestes 8º ano
Testes 8º ano
Teresa Guimaraes
 
Exercicios muito bons de ingles 1
Exercicios muito bons de ingles 1Exercicios muito bons de ingles 1
Exercicios muito bons de ingles 1
Atividades Diversas Cláudia
 

Destaque (20)

Teste 7º ano Fenícia e Grecia 2º 2012
Teste 7º ano Fenícia e Grecia 2º 2012Teste 7º ano Fenícia e Grecia 2º 2012
Teste 7º ano Fenícia e Grecia 2º 2012
 
Correção da Ficha de avaliação 2
Correção da Ficha de avaliação 2 Correção da Ficha de avaliação 2
Correção da Ficha de avaliação 2
 
Teste 1 hist 2.º periodo
Teste 1 hist 2.º periodoTeste 1 hist 2.º periodo
Teste 1 hist 2.º periodo
 
O Povo Hebreu
O Povo HebreuO Povo Hebreu
O Povo Hebreu
 
Primeiras Civilizaçoes
Primeiras CivilizaçoesPrimeiras Civilizaçoes
Primeiras Civilizaçoes
 
Apostila de-exercicios
Apostila de-exerciciosApostila de-exercicios
Apostila de-exercicios
 
Inglês Básico 1 | Exercícios aula 02
Inglês Básico 1 | Exercícios aula 02Inglês Básico 1 | Exercícios aula 02
Inglês Básico 1 | Exercícios aula 02
 
Atividade de ingles 20133
Atividade de ingles 20133Atividade de ingles 20133
Atividade de ingles 20133
 
Civiliz.egipcia
Civiliz.egipciaCiviliz.egipcia
Civiliz.egipcia
 
Ficha de trabalho civilizações grandes rios
Ficha de trabalho civilizações grandes riosFicha de trabalho civilizações grandes rios
Ficha de trabalho civilizações grandes rios
 
Ficha dos determinantes possessivos e demonstrativos
Ficha dos determinantes possessivos e demonstrativosFicha dos determinantes possessivos e demonstrativos
Ficha dos determinantes possessivos e demonstrativos
 
4 o mundo industrializado no século xix
4   o mundo industrializado no século xix4   o mundo industrializado no século xix
4 o mundo industrializado no século xix
 
Teste romanos
Teste romanosTeste romanos
Teste romanos
 
As primeiras civilizações
As primeiras civilizaçõesAs primeiras civilizações
As primeiras civilizações
 
08 hebreus e fenícios
08   hebreus e fenícios08   hebreus e fenícios
08 hebreus e fenícios
 
Ficha trabalho cristianismo
Ficha trabalho cristianismoFicha trabalho cristianismo
Ficha trabalho cristianismo
 
Correção da Ficha de avaliação 2
Correção da Ficha de avaliação 2   Correção da Ficha de avaliação 2
Correção da Ficha de avaliação 2
 
Hebreus e Fenicios
Hebreus e  FeniciosHebreus e  Fenicios
Hebreus e Fenicios
 
Testes 8º ano
Testes 8º anoTestes 8º ano
Testes 8º ano
 
Exercicios muito bons de ingles 1
Exercicios muito bons de ingles 1Exercicios muito bons de ingles 1
Exercicios muito bons de ingles 1
 

Semelhante a Correção do Teste de Avaliação_Civilização Grega

A GréCia
A GréCiaA GréCia
Ae vh7 ficha_avaliacao_3b
Ae vh7 ficha_avaliacao_3bAe vh7 ficha_avaliacao_3b
Ae vh7 ficha_avaliacao_3b
Cristina Albuquerque
 
M1.1 o modelo ateniense
M1.1 o modelo atenienseM1.1 o modelo ateniense
M1.1 o modelo ateniense
João Neves
 
Civilização Grega
Civilização GregaCivilização Grega
Civilização Grega
Margarida Moreira
 
Os Gregos No SéCulo V
Os Gregos No SéCulo VOs Gregos No SéCulo V
Os Gregos No SéCulo V
Sílvia Mendonça
 
Historiaviva vanda51.blogspot.pt-os gregos-no_sculo_v_a_c_perguntas_amp_respo...
Historiaviva vanda51.blogspot.pt-os gregos-no_sculo_v_a_c_perguntas_amp_respo...Historiaviva vanda51.blogspot.pt-os gregos-no_sculo_v_a_c_perguntas_amp_respo...
Historiaviva vanda51.blogspot.pt-os gregos-no_sculo_v_a_c_perguntas_amp_respo...
Cristina Simões Simões
 
Civilizacaogrega
CivilizacaogregaCivilizacaogrega
Civilizacaogrega
Nuno Pinto
 
GréCia
GréCiaGréCia
A Grécia Antiga
A Grécia AntigaA Grécia Antiga
A Grécia Antiga
Sílvia Mendonça
 
Civilização Grega
Civilização GregaCivilização Grega
Civilização Grega
Patrícia Morais
 
Atividades discursivas grécia antiga
Atividades discursivas grécia antigaAtividades discursivas grécia antiga
Atividades discursivas grécia antiga
PAULO APARECIDO DOS SANTOS
 
Democracia
DemocraciaDemocracia
Democracia
Maria Gomes
 
A CivilizaçãO Grega
A CivilizaçãO GregaA CivilizaçãO Grega
A CivilizaçãO Grega
Sílvia Mendonça
 
Os gregos no século v a
Os gregos no século v aOs gregos no século v a
Os gregos no século v a
Fatima Gouveia
 
GréCia Antiga
GréCia AntigaGréCia Antiga
GréCia Antiga
Sílvia Mendonça
 
Módulo 1 contexto histórico profissional
Módulo 1   contexto histórico profissionalMódulo 1   contexto histórico profissional
Módulo 1 contexto histórico profissional
Carla Freitas
 
Civilização grega
Civilização gregaCivilização grega
Civilização grega
mundica broda
 
Os Gregos
Os GregosOs Gregos
Grécia
GréciaGrécia
Grécia
Carlos Vieira
 
Grécia Antiga
Grécia AntigaGrécia Antiga
Grécia Antiga
ricardup
 

Semelhante a Correção do Teste de Avaliação_Civilização Grega (20)

A GréCia
A GréCiaA GréCia
A GréCia
 
Ae vh7 ficha_avaliacao_3b
Ae vh7 ficha_avaliacao_3bAe vh7 ficha_avaliacao_3b
Ae vh7 ficha_avaliacao_3b
 
M1.1 o modelo ateniense
M1.1 o modelo atenienseM1.1 o modelo ateniense
M1.1 o modelo ateniense
 
Civilização Grega
Civilização GregaCivilização Grega
Civilização Grega
 
Os Gregos No SéCulo V
Os Gregos No SéCulo VOs Gregos No SéCulo V
Os Gregos No SéCulo V
 
Historiaviva vanda51.blogspot.pt-os gregos-no_sculo_v_a_c_perguntas_amp_respo...
Historiaviva vanda51.blogspot.pt-os gregos-no_sculo_v_a_c_perguntas_amp_respo...Historiaviva vanda51.blogspot.pt-os gregos-no_sculo_v_a_c_perguntas_amp_respo...
Historiaviva vanda51.blogspot.pt-os gregos-no_sculo_v_a_c_perguntas_amp_respo...
 
Civilizacaogrega
CivilizacaogregaCivilizacaogrega
Civilizacaogrega
 
GréCia
GréCiaGréCia
GréCia
 
A Grécia Antiga
A Grécia AntigaA Grécia Antiga
A Grécia Antiga
 
Civilização Grega
Civilização GregaCivilização Grega
Civilização Grega
 
Atividades discursivas grécia antiga
Atividades discursivas grécia antigaAtividades discursivas grécia antiga
Atividades discursivas grécia antiga
 
Democracia
DemocraciaDemocracia
Democracia
 
A CivilizaçãO Grega
A CivilizaçãO GregaA CivilizaçãO Grega
A CivilizaçãO Grega
 
Os gregos no século v a
Os gregos no século v aOs gregos no século v a
Os gregos no século v a
 
GréCia Antiga
GréCia AntigaGréCia Antiga
GréCia Antiga
 
Módulo 1 contexto histórico profissional
Módulo 1   contexto histórico profissionalMódulo 1   contexto histórico profissional
Módulo 1 contexto histórico profissional
 
Civilização grega
Civilização gregaCivilização grega
Civilização grega
 
Os Gregos
Os GregosOs Gregos
Os Gregos
 
Grécia
GréciaGrécia
Grécia
 
Grécia Antiga
Grécia AntigaGrécia Antiga
Grécia Antiga
 

Mais de Patrícia Morais

Barra Cronológica
Barra CronológicaBarra Cronológica
Barra Cronológica
Patrícia Morais
 
A Sociedade Senhorial
A Sociedade SenhorialA Sociedade Senhorial
A Sociedade Senhorial
Patrícia Morais
 
A Europa cristã nos séculos VI a IX
A Europa cristã nos séculos VI a IXA Europa cristã nos séculos VI a IX
A Europa cristã nos séculos VI a IX
Patrícia Morais
 
Origem e Difusão do Cristianismo
Origem e Difusão do CristianismoOrigem e Difusão do Cristianismo
Origem e Difusão do Cristianismo
Patrícia Morais
 
O apogeu do Império Romano_Apontamentos
O apogeu do Império Romano_ApontamentosO apogeu do Império Romano_Apontamentos
O apogeu do Império Romano_Apontamentos
Patrícia Morais
 
As Ciências no Egito
As Ciências no EgitoAs Ciências no Egito
As Ciências no Egito
Patrícia Morais
 
Arte Egípcia
Arte EgípciaArte Egípcia
Arte Egípcia
Patrícia Morais
 
Civilização Hebraica
Civilização HebraicaCivilização Hebraica
Civilização Hebraica
Patrícia Morais
 
Civilização Fenícia
Civilização FeníciaCivilização Fenícia
Civilização Fenícia
Patrícia Morais
 
Apontamentos As Civilizações dos Grandes Rios_A Civilização Egípcia
Apontamentos As Civilizações dos Grandes Rios_A Civilização EgípciaApontamentos As Civilizações dos Grandes Rios_A Civilização Egípcia
Apontamentos As Civilizações dos Grandes Rios_A Civilização Egípcia
Patrícia Morais
 
Deuses Egípcios
Deuses EgípciosDeuses Egípcios
Deuses Egípcios
Patrícia Morais
 
Coroas do faraó
Coroas do faraóCoroas do faraó
Coroas do faraó
Patrícia Morais
 
A maldição do faraó tutankhamon
A maldição do faraó tutankhamonA maldição do faraó tutankhamon
A maldição do faraó tutankhamon
Patrícia Morais
 
Civilizações grandes rios
Civilizações grandes riosCivilizações grandes rios
Civilizações grandes rios
Patrícia Morais
 
Correção do teste de avaliação sociedades recoletoras produtoras
Correção do teste de avaliação sociedades recoletoras produtorasCorreção do teste de avaliação sociedades recoletoras produtoras
Correção do teste de avaliação sociedades recoletoras produtoras
Patrícia Morais
 
Esquema-síntese Sociedades Produtoras
Esquema-síntese Sociedades ProdutorasEsquema-síntese Sociedades Produtoras
Esquema-síntese Sociedades Produtoras
Patrícia Morais
 
Sociedades Produtoras
Sociedades ProdutorasSociedades Produtoras
Sociedades Produtoras
Patrícia Morais
 
Periodização da história
Periodização da históriaPeriodização da história
Periodização da história
Patrícia Morais
 

Mais de Patrícia Morais (20)

Barra Cronológica
Barra CronológicaBarra Cronológica
Barra Cronológica
 
A Sociedade Senhorial
A Sociedade SenhorialA Sociedade Senhorial
A Sociedade Senhorial
 
A Europa cristã nos séculos VI a IX
A Europa cristã nos séculos VI a IXA Europa cristã nos séculos VI a IX
A Europa cristã nos séculos VI a IX
 
Origem e Difusão do Cristianismo
Origem e Difusão do CristianismoOrigem e Difusão do Cristianismo
Origem e Difusão do Cristianismo
 
O apogeu do Império Romano_Apontamentos
O apogeu do Império Romano_ApontamentosO apogeu do Império Romano_Apontamentos
O apogeu do Império Romano_Apontamentos
 
As Ciências no Egito
As Ciências no EgitoAs Ciências no Egito
As Ciências no Egito
 
Arte Egípcia
Arte EgípciaArte Egípcia
Arte Egípcia
 
Civilização Hebraica
Civilização HebraicaCivilização Hebraica
Civilização Hebraica
 
Civilização Fenícia
Civilização FeníciaCivilização Fenícia
Civilização Fenícia
 
Apontamentos As Civilizações dos Grandes Rios_A Civilização Egípcia
Apontamentos As Civilizações dos Grandes Rios_A Civilização EgípciaApontamentos As Civilizações dos Grandes Rios_A Civilização Egípcia
Apontamentos As Civilizações dos Grandes Rios_A Civilização Egípcia
 
Deuses Egípcios
Deuses EgípciosDeuses Egípcios
Deuses Egípcios
 
Coroas do faraó
Coroas do faraóCoroas do faraó
Coroas do faraó
 
Alfabeto hieroglífico
Alfabeto hieroglíficoAlfabeto hieroglífico
Alfabeto hieroglífico
 
A maldição do faraó tutankhamon
A maldição do faraó tutankhamonA maldição do faraó tutankhamon
A maldição do faraó tutankhamon
 
O Papiro
O PapiroO Papiro
O Papiro
 
Civilizações grandes rios
Civilizações grandes riosCivilizações grandes rios
Civilizações grandes rios
 
Correção do teste de avaliação sociedades recoletoras produtoras
Correção do teste de avaliação sociedades recoletoras produtorasCorreção do teste de avaliação sociedades recoletoras produtoras
Correção do teste de avaliação sociedades recoletoras produtoras
 
Esquema-síntese Sociedades Produtoras
Esquema-síntese Sociedades ProdutorasEsquema-síntese Sociedades Produtoras
Esquema-síntese Sociedades Produtoras
 
Sociedades Produtoras
Sociedades ProdutorasSociedades Produtoras
Sociedades Produtoras
 
Periodização da história
Periodização da históriaPeriodização da história
Periodização da história
 

Correção do Teste de Avaliação_Civilização Grega

  • 1. CORREÇÃO DO TESTE DE AVALIAÇÃO Tema B: A Herança do Mediterrâneo Antigo Unidade 1: Os Gregos no século V a.C.: o exemplo de Atenas 1.1 Atribui um título ao mapa. O título que atribuo ao mapa é: O território grego no séc. V a.C. 1.2 Completa a legenda do mapa. A – Grécia, Atenas B – Mar Egeu C – Mar Jónico D – Mar Mediterrâneo 2. Descobre os sete erros existentes no texto seguinte. Assinala-os e reescreve o texto. O povo helénico, ou grego, resultou da fusão de vários povos: Aqueus, Jónios e Dórios que se foram instalando de forma agressiva na Península Balcânica. O relevo muito acidentado da Grécia propiciou a formação de cidades-estado. Cada cidade-estado tinha governo e leis próprias. 3.1 Indica as principais zonas em que se dividia uma pólis. A pólis dividia-se em três zonas distintas: a acrópole, a asty e a zona rural. 3.2 Refere os elementos que compõem cada uma das zonas da pólis. Acrópole - Parte mais alta da cidade, protegida por muralhas, onde se situavam os templos e os edifícios governamentais, e onde a população se refugiava em caso de ataque. Asty - Parte baixa da cidade, ocupada por vários edifícios, como o tribunal, o ginásio, o teatro, o estádio e as habitações, e pela ágora (praça pública). Zona rural - Zona fora da cidade, constituída pelas aldeias, campos, pastagens e florestas. 4.1 Indica as principais atividades económicas a que se dedicavam os atenienses. As principais atividades económicas a que se dedicavam os atenienses eram: o comércio marítimo, a agricultura e o artesanato. 4.2 Explica a importância da criação da Liga de Delos. No século V a.C., a Grécia foi invadida pelos Persas. Perante isto, todas as cidades-estado tiveram de se unir para vencer estes invasores – fundaram, assim, a Liga de Delos. Atenas, pelo prestígio alcançado na
  • 2. luta com os persas passou a controlar o tesouro de Delos, transferindo para Atenas parte desse tesouro, para o qual as outras cidades-estado contribuíram através do pagamento de impostos. 4.3 Comenta a seguinte afirmação: Atenas desenvolveu uma economia monetária, comercial e marítima. Atenas desenvolveu uma economia monetária baseada no uso da moeda, comercial baseada no comércio marítimo e marítima baseada nas trocas comerciais. 5. Relaciona os elementos da coluna A com os da coluna B. Helenos - Nome pelo qual é conhecido o povo grego. Pólis - Cidade-estado grega. Metrópole - Cidade de origem dos habitantes das colónias. Pireu - Principal porto marítimo. Dracma - Moeda de prata ateniense. 6.1 Refere as condições necessárias para se ser considerado cidadão de Atenas. As condições necessárias para se ser considerado cidadão de Atenas eram:  Serem homens livres, maiores de 18 anos;  Serem Filhos de pais atenienses;  Possuírem terras;  Participarem no governo da cidade. 6.2 Identifica o grupo social a que se refere o autor do documento F. O grupo social a que se refere o autor do documento F eram os escravos. 6.3 A mulher ateniense vivia dependente do homem. Concordas com esta afirmação? Justifica a tua resposta. A mulher ateniense vivia, de facto, dependente do homem tanto a nível monetário como social. A mulher não participava no governo da cidade nem podia possuir terras. Esta deveria permanecer em casa dedicada às tarefas domésticas. 7.1 Identifica o regime político ateniense. O regime político ateniense era a democracia direta. 7.2 Menciona as limitações do regime referido no documento E. As limitações da democracia ateniense eram:
  • 3.  Só os cidadãos (uma minoria) participavam na vida pública. As mulheres, escravos e metecos não podiam participar;  A sociedade ateniense era esclavagista, vivia sobretudo do trabalho escravo;  A boa situação económica de Atenas resultava em parte, dos pagamentos que a pólis exigia aos seus aliados da Liga de Delos. 7.3 Completa o esquema de funcionamento da democracia ateniense com as expressões que se seguem: Eclésia Todos os cidadãos Vota as leis, decide da paz e da guerra, elege os Magistrados e vota o ostracismo. Boulê ou Conselho dos Quinhentos Helieia ou Tribunal Popular 500 Elementos escolhidos à sorte 6000 heliastas escolhidos à sorte Elabora as propostas de lei para submeter à votação da Eclésia. Julga a maior parte dos delitos Magistrados 10 Estrategas 10 Arcontes Eleitos por um ano Escolhidos à sorte por um ano Comandam a marinha e o exército, gerem os assuntos Organizam o culto. externos e as finanças do Estado. _ 8.1 Tendo em conta a afirmação, relaciona os elementos da coluna A com os elementos da coluna B. Até aos 7 anos - Os rapazes estavam entregues aos cuidados da mãe. Entre os 7 e os 14 anos - Os rapazes passavam a frequentar a escola ou aprendiam em casa, com um professor particular. Aos 15 anos - O jovem começa a frequentar o ginásio. Paralelamente, aprendia Oratória, Leis, Matemática e Gramática. Aos 18 anos - Os jovens iniciam o treino militar que tinha uma duração de dois anos. 8.2 Distingue a educação das raparigas da dos rapazes gregos. As raparigas, ao contrário dos rapazes, não iam à escola, nem ao ginásio, nem tinham acesso ao treino militar. As raparigas gregas eram educadas no gineceu até ao casamento. Aí, aprendiam, com a mãe a governar a casa, a tecer, a bordar, a serem boas esposas e mães.