SlideShare uma empresa Scribd logo
Comunicações Mediúnicas 
Leonardo Pereira
O Livro dos Médiuns 
OU 
O GUIA DOS MÉDIUNS E DOS 
EVOCADORES 
Ensino especial dos espíritos sobre 
a teoria de todos os gêneros de 
manifestações, os meios de 
comunicação com o mundo 
invisível, o desenvolvimento da 
mediunidade, as dificuldades e os 
tropeços que se podem encontrar 
na prática do espiritismo 
constituindo o seguimento de o 
livro dos espíritos. 
Folha de Rosto de o Livro dos Médiuns
Da formação dos médiuns. 
A formação, teórica e prática, 
do trabalhador da área da 
mediunidade fundamenta-se no 
Projeto 1868, de Allan Kardec, 
item Ensino espírita, que faz 
parte do livro Obras Póstumas, 
e, também, nas seguintes 
palavras de Allan Kardec que se 
encontram na introdução de O 
Livro dos Médiuns: 
Allan Kardec
Da formação dos médiuns. 
Todos os dias a experiência nos 
traz a confirmação de que as 
dificuldades e os desenganos, 
com que muitos topam na 
prática do Espiritismo, se 
originam da ignorância dos 
princípios desta ciência [...]. 
De par com os médiuns 
propriamente ditos, há, a 
crescer diariamente, uma 
multidão de pessoas que se 
ocupam com as manifestações 
Allan Kardec espíritas.
Da formação dos médiuns. 
Guiá-las nas suas observações, 
assinalar-lhes os obstáculos que 
podem e hão de 
necessariamente encontrar, 
lidando com uma nova ordem 
de coisas, iniciá-las na maneira 
de confabularem com os 
Espíritos, indicar-lhes os meios 
de conseguirem boas 
comunicações, tal o círculo que 
temos de abranger, sob pena de 
fazermos trabalho incompleto. 
Allan Kardec na Introdução de o Livro dos Médiuns
Comunicação = 
“Tornar comum” 
Mediúnica = 
“Relacionada ao uso da 
mediunidade” 
Mediunidade = 
“Capacidade mento/orgânica 
De se comunicar com 
encarnados e desencarnados ”
Influem os Espíritos em nossos 
pensamentos e em nossos atos? 
“Muito mais do que 
imaginais. Influem a 
tal ponto, que, de 
ordinário, são eles que 
vos dirigem.” 
Allan Kardec em O livro dos espíritos – questão 459
...que é um erro acreditar que é 
necessário ter e exercer a 
capacidade ostensiva de 
comunicação com Espíritos para 
atraí-los. Em suas palavras e com 
seus próprios grifos, “Assim, onde 
quer que haja uma reunião de 
homens, há igualmente em torno 
deles uma assembleia oculta, que 
simpatiza com suas qualidades ou 
com seus defeitos, feita abstração 
completa de toda ideia de 
evocação.” 
Kardec pontua, 
no capítulo 
XXI de 
“O Livro dos 
Médiuns”: 
KARDEC, Allan. "O Livro dos Médiuns". 55ª ed. Rio de Janeiro: RJ, FEB: 1987. Segunda Parte, capítulo XXI, item 232
Faixas 
Comunicação espiritual não é privilégio da 
organização mediúnica. 
O pensamento é idioma universal e, 
compreendendo-se que o cérebro ativo é um 
centro de ondas em movimento constante, 
estamos sempre em correspondência com o 
objeto que nos prende a atenção. 
Emmanuel - Reunião pública de 27-5-60 Questão n.º 285 de O Livro dos Médiuns – Seara dos médiuns
Todo Espírito, na condição evolutiva em que nos 
encontramos, é governado essencialmente por 
três fatores específicos, ou, mais propriamente, a 
experiência, o estímulo e a inspiração. 
A experiência é o conjunto de nossos próprios 
pensamentos. 
O estímulo é a circunstância que nos impele a 
pensar. 
A inspiração é a equipe dos pensamentos alheios 
que aceitamos ou procuramos. 
Emmanuel - Reunião pública de 27-5-60 Questão n.º 285 de O Livro dos Médiuns – Seara dos médiuns
Da formação dos médiuns. 
[...]. Se bem cada um traga em 
si o gérmen das qualidades 
necessárias para se tornar 
médium, tais qualidades 
existem em graus muito 
diferentes e o seu 
desenvolvimento depende de 
causas que a ninguém é dado 
conseguir se verifiquem à 
vontade. 
Allan Kardec na Introdução de o Livro dos Médiuns
A arvore da mediunidade 
Psicofônia Psicopraxia 
emancipação 
da alma 
Psicopictografia 
Intuídos e inspirados 
Sensitivos e impressionáveis 
Psicografia 
Audiência – Clariaudiência 
Vidência Dupla vista Clarividência 
Materialização – Ectoplásmia
O PAPEL DA MENTE 
A mente permanece na 
base de todos os 
fenômenos mediúnicos. 
F.C.Xavier/André Luiz: Nos Domínios da Mediunidade,cap.1, p. 15-16)
O PAPEL DA MENTE 
O médium é um intérprete 
do pensamento e da 
vontade dos Espíritos que 
se comunicam por seu 
intermédio, assim “como é 
preciso um fio elétrico para 
comunicar à grande 
distância uma notícia e, na 
extremidade do fio, uma 
pessoa inteligente, que a 
receba e transmita." 
Allan Kardec: O Livro dos Médiuns, cap.19, item 223, q. 6.ª.
A MENTE DO ESPÍRITO 
EMITE ONDAS MENTAIS ( 
IDÉIAS ) , SÃO CAPTADAS 
PELO MÉDIUM – 
TRANSMITIDA DIVERSAS 
FORMAS , IMAGENS , 
GRAFADAS , VERBALIZADAS. 
... MÉDIUM TEM AÇÃO 
BIPOLAR - CAPTA E 
TRANSMITE 
15 
PRÁTICA MEDIÚNICA
O PAPEL DA MENTE E DO PERISPÍRITO NAS 
COMUNICAÇÕES MEDIÚNICAS
O PAPEL DO PERISPÍRITO 
O períspirito é como o 
fio elétrico condutor 
que serve para a 
recepção e a 
transmissão do 
pensamento; 
desempenha grande 
papel na economia 
orgânica nos 
fenômenos fisiológicos 
e patológicos. 
O Livro dos Médiuns: cap.1, item 54.
SENSAÇÕES E PERCEPÇÕES 
A captação de fluidos espirituais pelo 
médium provoca-lhe sensações, boas ou 
más, conforme o grau evolutivo do Espírito. 
As sensações e percepções variam, em 
tipos e graus. 
Atuando os fluidos sobre o períspirito, este 
reage sobre o organismo material com que 
se acha em contato molecular. Se os 
eflúvios são de boa natureza, o corpo 
ressente uma impressão salutar; se são 
maus, a impressão é penosa. 
A Gênese: cap. 14, item18.
Comunicações Mediúnicas
A TERRA, COM TUDO O QUE CONTEM, ESTÁ MERGULHADA NUM 
21 
IMENSO MAR DE ONDAS 
• ONDAS LUMINOSAS 
• ONDAS SONORAS 
• ONDAS CALORÍFICAS 
• ONDAS MENTAIS
A TERRA, COM TUDO O QUE CONTEM, ESTÁ MERGULHADA NUM 
22 
IMENSO MAR DE ONDAS 
• UMA FRASE , UM BARULHO - 
ONDAS SONORAS 
• AQUECEDOR - ONDAS 
CALORÍFICAS 
• LÂMPADA - ONDAS LUMINOSAS 
• RADIOFÔNICO – ONDAS 
ELÉTRICAS 
• PENSAMENTO – ONDAS 
ELETROMAGNÉTICAS 
• O PENSAMENTO, FORÇA VIVA E 
ATUANTE, CUJA VELOCIDADE 
SUPERA A DA LUZ . ( 300.000 km / s )
A TERRA, COM TUDO O QUE CONTEM, ESTÁ MERGULHADA NUM 
23 
IMENSO MAR DE ONDAS 
• TODOS EXTERIORIZAMOS A 
ENERGIA MENTAL, 
CONFIGURANDO AS FORMAS 
SUTIS COM QUE 
INFLUENCIAMOS O PRÓXIMO, E 
TODOS SOMOS AFETADOS POR 
ESSAS MESMAS FORMAS, 
NASCIDAS NOS CÉREBROS 
ALHEIOS. 
• CADA ATITUDE DE NOSSA 
EXISTÊNCIA POLARIZA FORÇA 
NAQUELES QUE SE NOS AFINAM 
COM O MODO DE SER, 
IMPELINDO-OS À IMITAÇÃO 
CONSCIENTE OU INCONSCIENTE. 
EMMANUEL
A TERRA, COM TUDO O QUE CONTEM, ESTÁ MERGULHADA NUM 
IMENSO MAR DE ONDAS 
• ONDAS SÃO OSCILAÇÕES OU 
VIBRAÇÕES QUE CAMINHAM 
DE UM LADO PARA OUTRO, 
• TEM FREQUÊNCIA DE TEMPO, 
NÚMERO DE VIBRAÇÕES POR 
SEGUNDO , 
24 
• QUANTO MAIOR A 
FREQUÊNCIA MAIOR A 
DISTÂNCIA 
• O SER HUMANO EMITE ONDA 
MENTAL QUE CARACTERIZA O 
SEU GRAU EVOLUTIVO
26 
TIPOS DE ONDAS / PENSAMENTO 
• LONGAS : PEQUENO 
ALCANCE 
• MÉDIAS : MÉDIO ALCANCE 
• CURTAS : FREQUÊNCIA 
ELEVADA, LONGO ALCANCE 
• SUPER-ULTRA-CURTAS : EM 
QUE SE EXPRIMEM AS 
LEGIÕES ANGÉLICAS
27 
TIPOS DE ONDAS / PENSAMENTO 
• FIXAÇÃO , PENSAMENTO 
CONSTANTE FREQUÊNCIA 
ELEVADA DE EMISSÕES 
MENTAIS POR SEGUNDO 
• PENSAMENTO CONSTRUTIVO 
NOBRE 
– RESULTADO POSITIVO 
• PENSAMENTO BAIXO TEOR 
VIBRATÓRIO 
DA NOSSA FRAQUEZA 
HUMANA 
- DESEQUILÍBRIO PSÍQUICO
28
TIPOS DE ONDAS 
ONDAS ELETROMAGNÉTICAS 
Freqüência e comprimento de onda
30 
REPRESENTAÇÃO ONDA ELETROMAGNÉTICA – 
VERMELHO ELÉTRICA , AZUL MAGNÉTICA
Ressonância 
• CADA CORPO VIBRA NUMA FREQUÊNCIA 
PREFERENCIAL 
• A RESSONÂNCIA É O FENÔMENO FÍSICO EM QUE SE 
REGISTRA A TRANSFERÊNCIA DE ENERGIA DE UM 
SISTEMA OSCILANTE PARA OUTRO, QUANDO A 
FREQUÊNCIA DO PRIMEIRO COINCIDE COM UMA 
DAS FREQUÊNCIAS PRÓPRIAS DO SEGUNDO 
• POTENCIALIZAÇÃO DA ONDA
Ressonância
Ressonância 
Muralhas de jericó
Ressonância do pensamento
Comunicações mediúnicas!
Comunicações mediúnicas!
Comunicações mediúnicas!
Comunicações mediúnicas!
Comunicações mediúnicas!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

_ Pneumatografia ou escrita direta.pptx
_        Pneumatografia ou escrita direta.pptx_        Pneumatografia ou escrita direta.pptx
_ Pneumatografia ou escrita direta.pptx
Ione Dias de Oliva
 
Mediunidade aula 13 - transe
Mediunidade   aula 13 - transeMediunidade   aula 13 - transe
Mediunidade aula 13 - transe
Augusto Luvisotto
 
OS MÉDIUNS
OS MÉDIUNSOS MÉDIUNS
Terceiro Módulo - 4ªaula - Mecanismo das comunicações
Terceiro Módulo - 4ªaula - Mecanismo das comunicaçõesTerceiro Módulo - 4ªaula - Mecanismo das comunicações
Terceiro Módulo - 4ªaula - Mecanismo das comunicações
CeiClarencio
 
Aula - Perispírito e suas propriedades - Rosana De Rosa
Aula - Perispírito e suas propriedades - Rosana De RosaAula - Perispírito e suas propriedades - Rosana De Rosa
Aula - Perispírito e suas propriedades - Rosana De Rosa
Rosana De Rosa
 
Obsessão e influenciação espiritual
Obsessão e influenciação espiritualObsessão e influenciação espiritual
Obsessão e influenciação espiritual
grupodepaisceb
 
Laboratorio do mundo invisivel
Laboratorio do mundo invisivel Laboratorio do mundo invisivel
Laboratorio do mundo invisivel
Ceile Bernardo
 
Desencarne na visão espírita
Desencarne na visão espíritaDesencarne na visão espírita
Desencarne na visão espírita
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Ondas e Percepções
Ondas e PercepçõesOndas e Percepções
Ondas e Percepções
hamletcrs
 
Quarto Módulo - 5ª aula - Psicografia
Quarto Módulo - 5ª aula - PsicografiaQuarto Módulo - 5ª aula - Psicografia
Quarto Módulo - 5ª aula - Psicografia
CeiClarencio
 
MANIFESTAÇÕES FÍSICAS ESPONTÂNEAS
MANIFESTAÇÕES FÍSICAS ESPONTÂNEASMANIFESTAÇÕES FÍSICAS ESPONTÂNEAS
MANIFESTAÇÕES FÍSICAS ESPONTÂNEAS
Jorge Luiz dos Santos
 
2.8.1 O sono e os sonhos
2.8.1   O sono e os sonhos2.8.1   O sono e os sonhos
2.8.1 O sono e os sonhos
Marta Gomes
 
Médiuns e mediunidade!
Médiuns e mediunidade!Médiuns e mediunidade!
Médiuns e mediunidade!
Leonardo Pereira
 
Roteiro 1 influência dos espíritos
Roteiro 1   influência dos espíritosRoteiro 1   influência dos espíritos
Roteiro 1 influência dos espíritos
Bruno Cechinel Filho
 
Espiritismo e mediunidade 07
Espiritismo e mediunidade  07Espiritismo e mediunidade  07
Espiritismo e mediunidade 07
Leonardo Pereira
 
Aula o perispirito
Aula o perispiritoAula o perispirito
Aula o perispirito
duadv
 
Influência do médium na comunicação
Influência do médium na comunicaçãoInfluência do médium na comunicação
Influência do médium na comunicação
Graça Maciel
 
52 perda e suspensão da mediunidade
52 perda e suspensão da mediunidade52 perda e suspensão da mediunidade
52 perda e suspensão da mediunidade
Antonio SSantos
 
O livro dos médiuns - Sistemas
O livro dos médiuns -  SistemasO livro dos médiuns -  Sistemas
O livro dos médiuns - Sistemas
Ana Cláudia Leal Felgueiras
 
Mediunidade e corpo físico
Mediunidade e corpo físicoMediunidade e corpo físico
Mediunidade e corpo físico
Wilma Badan C.G.
 

Mais procurados (20)

_ Pneumatografia ou escrita direta.pptx
_        Pneumatografia ou escrita direta.pptx_        Pneumatografia ou escrita direta.pptx
_ Pneumatografia ou escrita direta.pptx
 
Mediunidade aula 13 - transe
Mediunidade   aula 13 - transeMediunidade   aula 13 - transe
Mediunidade aula 13 - transe
 
OS MÉDIUNS
OS MÉDIUNSOS MÉDIUNS
OS MÉDIUNS
 
Terceiro Módulo - 4ªaula - Mecanismo das comunicações
Terceiro Módulo - 4ªaula - Mecanismo das comunicaçõesTerceiro Módulo - 4ªaula - Mecanismo das comunicações
Terceiro Módulo - 4ªaula - Mecanismo das comunicações
 
Aula - Perispírito e suas propriedades - Rosana De Rosa
Aula - Perispírito e suas propriedades - Rosana De RosaAula - Perispírito e suas propriedades - Rosana De Rosa
Aula - Perispírito e suas propriedades - Rosana De Rosa
 
Obsessão e influenciação espiritual
Obsessão e influenciação espiritualObsessão e influenciação espiritual
Obsessão e influenciação espiritual
 
Laboratorio do mundo invisivel
Laboratorio do mundo invisivel Laboratorio do mundo invisivel
Laboratorio do mundo invisivel
 
Desencarne na visão espírita
Desencarne na visão espíritaDesencarne na visão espírita
Desencarne na visão espírita
 
Ondas e Percepções
Ondas e PercepçõesOndas e Percepções
Ondas e Percepções
 
Quarto Módulo - 5ª aula - Psicografia
Quarto Módulo - 5ª aula - PsicografiaQuarto Módulo - 5ª aula - Psicografia
Quarto Módulo - 5ª aula - Psicografia
 
MANIFESTAÇÕES FÍSICAS ESPONTÂNEAS
MANIFESTAÇÕES FÍSICAS ESPONTÂNEASMANIFESTAÇÕES FÍSICAS ESPONTÂNEAS
MANIFESTAÇÕES FÍSICAS ESPONTÂNEAS
 
2.8.1 O sono e os sonhos
2.8.1   O sono e os sonhos2.8.1   O sono e os sonhos
2.8.1 O sono e os sonhos
 
Médiuns e mediunidade!
Médiuns e mediunidade!Médiuns e mediunidade!
Médiuns e mediunidade!
 
Roteiro 1 influência dos espíritos
Roteiro 1   influência dos espíritosRoteiro 1   influência dos espíritos
Roteiro 1 influência dos espíritos
 
Espiritismo e mediunidade 07
Espiritismo e mediunidade  07Espiritismo e mediunidade  07
Espiritismo e mediunidade 07
 
Aula o perispirito
Aula o perispiritoAula o perispirito
Aula o perispirito
 
Influência do médium na comunicação
Influência do médium na comunicaçãoInfluência do médium na comunicação
Influência do médium na comunicação
 
52 perda e suspensão da mediunidade
52 perda e suspensão da mediunidade52 perda e suspensão da mediunidade
52 perda e suspensão da mediunidade
 
O livro dos médiuns - Sistemas
O livro dos médiuns -  SistemasO livro dos médiuns -  Sistemas
O livro dos médiuns - Sistemas
 
Mediunidade e corpo físico
Mediunidade e corpo físicoMediunidade e corpo físico
Mediunidade e corpo físico
 

Destaque

Aula 19 - Nos domínios da mediunidade
Aula 19  - Nos domínios da mediunidadeAula 19  - Nos domínios da mediunidade
Aula 19 - Nos domínios da mediunidade
Leonardo Pereira
 
Espiritismo e mediunidade 01
Espiritismo e mediunidade 01Espiritismo e mediunidade 01
Espiritismo e mediunidade 01
Leonardo Pereira
 
Aula 6 Mecanismo das Comunicações Mediúnicas
Aula 6   Mecanismo das Comunicações MediúnicasAula 6   Mecanismo das Comunicações Mediúnicas
Aula 6 Mecanismo das Comunicações Mediúnicas
EHMANA
 
Efeitos psicofisiológicos
Efeitos psicofisiológicosEfeitos psicofisiológicos
Efeitos psicofisiológicos
Eduardo Izawa
 
O médium e a mediunidade no Espiritismo. Reinaldo Barros
O médium e a mediunidade no Espiritismo. Reinaldo BarrosO médium e a mediunidade no Espiritismo. Reinaldo Barros
O médium e a mediunidade no Espiritismo. Reinaldo Barros
ADEP Portugal
 
Andre Luiz - Mecanismos da Mediunidade
Andre Luiz - Mecanismos da MediunidadeAndre Luiz - Mecanismos da Mediunidade
Andre Luiz - Mecanismos da Mediunidade
Ari Carrasco
 
Psicofonia
PsicofoniaPsicofonia
Psicofonia
paikachambi
 
Mecanismo da mediunidade
Mecanismo da mediunidade Mecanismo da mediunidade
Mecanismo da mediunidade Graça Maciel
 
Aula: Sistema Endócrino (Power Point)
Aula: Sistema Endócrino (Power Point)Aula: Sistema Endócrino (Power Point)
Aula: Sistema Endócrino (Power Point)
Bio
 
Sistema endócrino slides da aula
Sistema endócrino slides da aulaSistema endócrino slides da aula
Sistema endócrino slides da aula
Fabiano Reis
 

Destaque (10)

Aula 19 - Nos domínios da mediunidade
Aula 19  - Nos domínios da mediunidadeAula 19  - Nos domínios da mediunidade
Aula 19 - Nos domínios da mediunidade
 
Espiritismo e mediunidade 01
Espiritismo e mediunidade 01Espiritismo e mediunidade 01
Espiritismo e mediunidade 01
 
Aula 6 Mecanismo das Comunicações Mediúnicas
Aula 6   Mecanismo das Comunicações MediúnicasAula 6   Mecanismo das Comunicações Mediúnicas
Aula 6 Mecanismo das Comunicações Mediúnicas
 
Efeitos psicofisiológicos
Efeitos psicofisiológicosEfeitos psicofisiológicos
Efeitos psicofisiológicos
 
O médium e a mediunidade no Espiritismo. Reinaldo Barros
O médium e a mediunidade no Espiritismo. Reinaldo BarrosO médium e a mediunidade no Espiritismo. Reinaldo Barros
O médium e a mediunidade no Espiritismo. Reinaldo Barros
 
Andre Luiz - Mecanismos da Mediunidade
Andre Luiz - Mecanismos da MediunidadeAndre Luiz - Mecanismos da Mediunidade
Andre Luiz - Mecanismos da Mediunidade
 
Psicofonia
PsicofoniaPsicofonia
Psicofonia
 
Mecanismo da mediunidade
Mecanismo da mediunidade Mecanismo da mediunidade
Mecanismo da mediunidade
 
Aula: Sistema Endócrino (Power Point)
Aula: Sistema Endócrino (Power Point)Aula: Sistema Endócrino (Power Point)
Aula: Sistema Endócrino (Power Point)
 
Sistema endócrino slides da aula
Sistema endócrino slides da aulaSistema endócrino slides da aula
Sistema endócrino slides da aula
 

Semelhante a Comunicações mediúnicas!

Espiritismo e mediunidade 06
Espiritismo e mediunidade 06Espiritismo e mediunidade 06
Espiritismo e mediunidade 06
Leonardo Pereira
 
modulo V - 2.pdf tomo I - comunicabilidade dos espíritos
modulo V - 2.pdf tomo I - comunicabilidade dos espíritosmodulo V - 2.pdf tomo I - comunicabilidade dos espíritos
modulo V - 2.pdf tomo I - comunicabilidade dos espíritos
FilipeDuartedeBem
 
01 o médium conceito e classif. mediunidade com jesus
01   o médium conceito e classif. mediunidade com jesus01   o médium conceito e classif. mediunidade com jesus
01 o médium conceito e classif. mediunidade com jesus
jcevadro
 
Mediunidade _ Estudo para Mocidade
Mediunidade _ Estudo para MocidadeMediunidade _ Estudo para Mocidade
Mediunidade _ Estudo para Mocidade
Ana Cláudia Leal Felgueiras
 
Mediunidade
MediunidadeMediunidade
Mediunidade
Kleber Galo
 
Mediunidade e parceria-marisa_l (1)
Mediunidade e parceria-marisa_l (1)Mediunidade e parceria-marisa_l (1)
Mediunidade e parceria-marisa_l (1)
Marcelo Vicente Freire Alves
 
A idéia da Comunicação com os Espíritos
A idéia da Comunicação com os EspíritosA idéia da Comunicação com os Espíritos
A idéia da Comunicação com os Espíritos
Eduardo Henrique Marçal
 
01 a idéia da comunicação com os espíritos
01 a idéia da comunicação com os espíritos01 a idéia da comunicação com os espíritos
01 a idéia da comunicação com os espíritos
Antonio SSantos
 
Fundamental I - Modulo V - Roteiro 2 - [2009]Euzebio.ppt
Fundamental I - Modulo V - Roteiro 2 - [2009]Euzebio.pptFundamental I - Modulo V - Roteiro 2 - [2009]Euzebio.ppt
Fundamental I - Modulo V - Roteiro 2 - [2009]Euzebio.ppt
GilvaniaKardinally
 
Da pratíca da mediunidade
Da pratíca da mediunidadeDa pratíca da mediunidade
Da pratíca da mediunidade
carlos freire
 
Quarto Módulo - 1ª aula - O médiun e suas aptidões
Quarto Módulo - 1ª aula - O médiun e suas aptidõesQuarto Módulo - 1ª aula - O médiun e suas aptidões
Quarto Módulo - 1ª aula - O médiun e suas aptidões
CeiClarencio
 
Mediunidade (cefak)
Mediunidade (cefak)Mediunidade (cefak)
Mediunidade (cefak)
Ana Annunciação
 
Seminário sobre Mediunidade
Seminário sobre MediunidadeSeminário sobre Mediunidade
Seminário sobre Mediunidade
Eduardo Henrique Marçal
 
Aula 8 - Médium/Mediunidade
Aula 8 - Médium/MediunidadeAula 8 - Médium/Mediunidade
Aula 8 - Médium/Mediunidade
Sergio Lima Dias Junior
 
Projetomanoelphilomenodemiranda vivnciamedinica-140910113139-phpapp02
Projetomanoelphilomenodemiranda vivnciamedinica-140910113139-phpapp02Projetomanoelphilomenodemiranda vivnciamedinica-140910113139-phpapp02
Projetomanoelphilomenodemiranda vivnciamedinica-140910113139-phpapp02
Márcia Cleto
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Leonardo Pereira
 
14 29.05.2014 - classificação da mediunidade
14   29.05.2014 - classificação da mediunidade14   29.05.2014 - classificação da mediunidade
14 29.05.2014 - classificação da mediunidade
Wilma Badan C.G.
 
Classificação da mediunidade - Wilma Badan CG -
Classificação da mediunidade - Wilma Badan CG - Classificação da mediunidade - Wilma Badan CG -
Classificação da mediunidade - Wilma Badan CG -
Wilma Badan C.G.
 
Mediunidade Missao de amor e o evangellho do Cristo
Mediunidade Missao de amor e o  evangellho do Cristo Mediunidade Missao de amor e o  evangellho do Cristo
Mediunidade Missao de amor e o evangellho do Cristo
Claudio Macedo
 
Projeto manoel philomeno de miranda vivência mediúnica
Projeto manoel philomeno de miranda   vivência mediúnicaProjeto manoel philomeno de miranda   vivência mediúnica
Projeto manoel philomeno de miranda vivência mediúnica
Helio Cruz
 

Semelhante a Comunicações mediúnicas! (20)

Espiritismo e mediunidade 06
Espiritismo e mediunidade 06Espiritismo e mediunidade 06
Espiritismo e mediunidade 06
 
modulo V - 2.pdf tomo I - comunicabilidade dos espíritos
modulo V - 2.pdf tomo I - comunicabilidade dos espíritosmodulo V - 2.pdf tomo I - comunicabilidade dos espíritos
modulo V - 2.pdf tomo I - comunicabilidade dos espíritos
 
01 o médium conceito e classif. mediunidade com jesus
01   o médium conceito e classif. mediunidade com jesus01   o médium conceito e classif. mediunidade com jesus
01 o médium conceito e classif. mediunidade com jesus
 
Mediunidade _ Estudo para Mocidade
Mediunidade _ Estudo para MocidadeMediunidade _ Estudo para Mocidade
Mediunidade _ Estudo para Mocidade
 
Mediunidade
MediunidadeMediunidade
Mediunidade
 
Mediunidade e parceria-marisa_l (1)
Mediunidade e parceria-marisa_l (1)Mediunidade e parceria-marisa_l (1)
Mediunidade e parceria-marisa_l (1)
 
A idéia da Comunicação com os Espíritos
A idéia da Comunicação com os EspíritosA idéia da Comunicação com os Espíritos
A idéia da Comunicação com os Espíritos
 
01 a idéia da comunicação com os espíritos
01 a idéia da comunicação com os espíritos01 a idéia da comunicação com os espíritos
01 a idéia da comunicação com os espíritos
 
Fundamental I - Modulo V - Roteiro 2 - [2009]Euzebio.ppt
Fundamental I - Modulo V - Roteiro 2 - [2009]Euzebio.pptFundamental I - Modulo V - Roteiro 2 - [2009]Euzebio.ppt
Fundamental I - Modulo V - Roteiro 2 - [2009]Euzebio.ppt
 
Da pratíca da mediunidade
Da pratíca da mediunidadeDa pratíca da mediunidade
Da pratíca da mediunidade
 
Quarto Módulo - 1ª aula - O médiun e suas aptidões
Quarto Módulo - 1ª aula - O médiun e suas aptidõesQuarto Módulo - 1ª aula - O médiun e suas aptidões
Quarto Módulo - 1ª aula - O médiun e suas aptidões
 
Mediunidade (cefak)
Mediunidade (cefak)Mediunidade (cefak)
Mediunidade (cefak)
 
Seminário sobre Mediunidade
Seminário sobre MediunidadeSeminário sobre Mediunidade
Seminário sobre Mediunidade
 
Aula 8 - Médium/Mediunidade
Aula 8 - Médium/MediunidadeAula 8 - Médium/Mediunidade
Aula 8 - Médium/Mediunidade
 
Projetomanoelphilomenodemiranda vivnciamedinica-140910113139-phpapp02
Projetomanoelphilomenodemiranda vivnciamedinica-140910113139-phpapp02Projetomanoelphilomenodemiranda vivnciamedinica-140910113139-phpapp02
Projetomanoelphilomenodemiranda vivnciamedinica-140910113139-phpapp02
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
 
14 29.05.2014 - classificação da mediunidade
14   29.05.2014 - classificação da mediunidade14   29.05.2014 - classificação da mediunidade
14 29.05.2014 - classificação da mediunidade
 
Classificação da mediunidade - Wilma Badan CG -
Classificação da mediunidade - Wilma Badan CG - Classificação da mediunidade - Wilma Badan CG -
Classificação da mediunidade - Wilma Badan CG -
 
Mediunidade Missao de amor e o evangellho do Cristo
Mediunidade Missao de amor e o  evangellho do Cristo Mediunidade Missao de amor e o  evangellho do Cristo
Mediunidade Missao de amor e o evangellho do Cristo
 
Projeto manoel philomeno de miranda vivência mediúnica
Projeto manoel philomeno de miranda   vivência mediúnicaProjeto manoel philomeno de miranda   vivência mediúnica
Projeto manoel philomeno de miranda vivência mediúnica
 

Mais de Leonardo Pereira

Jesus " psicólogo por excelência"
Jesus " psicólogo por excelência" Jesus " psicólogo por excelência"
Jesus " psicólogo por excelência"
Leonardo Pereira
 
Jesus "o Cristo de nossos dias"
Jesus "o Cristo de nossos dias"Jesus "o Cristo de nossos dias"
Jesus "o Cristo de nossos dias"
Leonardo Pereira
 
E a morte o fim da vida
E a morte o fim da vidaE a morte o fim da vida
E a morte o fim da vida
Leonardo Pereira
 
Doentes da alma ' Raiva ' melindre e magoa
Doentes da alma ' Raiva ' melindre e magoa Doentes da alma ' Raiva ' melindre e magoa
Doentes da alma ' Raiva ' melindre e magoa
Leonardo Pereira
 
Escutando sentimentos cap 10 a 12
Escutando sentimentos cap 10 a 12Escutando sentimentos cap 10 a 12
Escutando sentimentos cap 10 a 12
Leonardo Pereira
 
Escutando sentimentos cap 09e 10
Escutando sentimentos cap 09e 10Escutando sentimentos cap 09e 10
Escutando sentimentos cap 09e 10
Leonardo Pereira
 
Escutando sentimentos cap 07e 08
Escutando sentimentos cap 07e 08Escutando sentimentos cap 07e 08
Escutando sentimentos cap 07e 08
Leonardo Pereira
 
Escutando sentimentos cap 06
Escutando sentimentos cap 06Escutando sentimentos cap 06
Escutando sentimentos cap 06
Leonardo Pereira
 
Escutando sentimentos cap 04
Escutando sentimentos cap 04Escutando sentimentos cap 04
Escutando sentimentos cap 04
Leonardo Pereira
 
Escutando sentimentos cap 03
Escutando sentimentos cap 03Escutando sentimentos cap 03
Escutando sentimentos cap 03
Leonardo Pereira
 
Escutando sentimentos cap 02
Escutando sentimentos cap 02Escutando sentimentos cap 02
Escutando sentimentos cap 02
Leonardo Pereira
 
Escutando sentimentos cap 1
Escutando sentimentos  cap 1Escutando sentimentos  cap 1
Escutando sentimentos cap 1
Leonardo Pereira
 
O apego e suas consequencias para o espirito imortal
O apego e suas consequencias para o espirito imortalO apego e suas consequencias para o espirito imortal
O apego e suas consequencias para o espirito imortal
Leonardo Pereira
 
Consciência e evolução
Consciência e evolução Consciência e evolução
Consciência e evolução
Leonardo Pereira
 
Prisões mentais
Prisões mentaisPrisões mentais
Prisões mentais
Leonardo Pereira
 
Seminário Médiuns obsediados
Seminário Médiuns obsediadosSeminário Médiuns obsediados
Seminário Médiuns obsediados
Leonardo Pereira
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Leonardo Pereira
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Leonardo Pereira
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Leonardo Pereira
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Leonardo Pereira
 

Mais de Leonardo Pereira (20)

Jesus " psicólogo por excelência"
Jesus " psicólogo por excelência" Jesus " psicólogo por excelência"
Jesus " psicólogo por excelência"
 
Jesus "o Cristo de nossos dias"
Jesus "o Cristo de nossos dias"Jesus "o Cristo de nossos dias"
Jesus "o Cristo de nossos dias"
 
E a morte o fim da vida
E a morte o fim da vidaE a morte o fim da vida
E a morte o fim da vida
 
Doentes da alma ' Raiva ' melindre e magoa
Doentes da alma ' Raiva ' melindre e magoa Doentes da alma ' Raiva ' melindre e magoa
Doentes da alma ' Raiva ' melindre e magoa
 
Escutando sentimentos cap 10 a 12
Escutando sentimentos cap 10 a 12Escutando sentimentos cap 10 a 12
Escutando sentimentos cap 10 a 12
 
Escutando sentimentos cap 09e 10
Escutando sentimentos cap 09e 10Escutando sentimentos cap 09e 10
Escutando sentimentos cap 09e 10
 
Escutando sentimentos cap 07e 08
Escutando sentimentos cap 07e 08Escutando sentimentos cap 07e 08
Escutando sentimentos cap 07e 08
 
Escutando sentimentos cap 06
Escutando sentimentos cap 06Escutando sentimentos cap 06
Escutando sentimentos cap 06
 
Escutando sentimentos cap 04
Escutando sentimentos cap 04Escutando sentimentos cap 04
Escutando sentimentos cap 04
 
Escutando sentimentos cap 03
Escutando sentimentos cap 03Escutando sentimentos cap 03
Escutando sentimentos cap 03
 
Escutando sentimentos cap 02
Escutando sentimentos cap 02Escutando sentimentos cap 02
Escutando sentimentos cap 02
 
Escutando sentimentos cap 1
Escutando sentimentos  cap 1Escutando sentimentos  cap 1
Escutando sentimentos cap 1
 
O apego e suas consequencias para o espirito imortal
O apego e suas consequencias para o espirito imortalO apego e suas consequencias para o espirito imortal
O apego e suas consequencias para o espirito imortal
 
Consciência e evolução
Consciência e evolução Consciência e evolução
Consciência e evolução
 
Prisões mentais
Prisões mentaisPrisões mentais
Prisões mentais
 
Seminário Médiuns obsediados
Seminário Médiuns obsediadosSeminário Médiuns obsediados
Seminário Médiuns obsediados
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
 

Último

DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
JonasRibeiro61
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
ESCRIBA DE CRISTO
 
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
AlessandroSanches8
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
ESCRIBA DE CRISTO
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
ESCRIBA DE CRISTO
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Nilson Almeida
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 

Último (16)

DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
 
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
 
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
 

Comunicações mediúnicas!

  • 2. O Livro dos Médiuns OU O GUIA DOS MÉDIUNS E DOS EVOCADORES Ensino especial dos espíritos sobre a teoria de todos os gêneros de manifestações, os meios de comunicação com o mundo invisível, o desenvolvimento da mediunidade, as dificuldades e os tropeços que se podem encontrar na prática do espiritismo constituindo o seguimento de o livro dos espíritos. Folha de Rosto de o Livro dos Médiuns
  • 3. Da formação dos médiuns. A formação, teórica e prática, do trabalhador da área da mediunidade fundamenta-se no Projeto 1868, de Allan Kardec, item Ensino espírita, que faz parte do livro Obras Póstumas, e, também, nas seguintes palavras de Allan Kardec que se encontram na introdução de O Livro dos Médiuns: Allan Kardec
  • 4. Da formação dos médiuns. Todos os dias a experiência nos traz a confirmação de que as dificuldades e os desenganos, com que muitos topam na prática do Espiritismo, se originam da ignorância dos princípios desta ciência [...]. De par com os médiuns propriamente ditos, há, a crescer diariamente, uma multidão de pessoas que se ocupam com as manifestações Allan Kardec espíritas.
  • 5. Da formação dos médiuns. Guiá-las nas suas observações, assinalar-lhes os obstáculos que podem e hão de necessariamente encontrar, lidando com uma nova ordem de coisas, iniciá-las na maneira de confabularem com os Espíritos, indicar-lhes os meios de conseguirem boas comunicações, tal o círculo que temos de abranger, sob pena de fazermos trabalho incompleto. Allan Kardec na Introdução de o Livro dos Médiuns
  • 6. Comunicação = “Tornar comum” Mediúnica = “Relacionada ao uso da mediunidade” Mediunidade = “Capacidade mento/orgânica De se comunicar com encarnados e desencarnados ”
  • 7. Influem os Espíritos em nossos pensamentos e em nossos atos? “Muito mais do que imaginais. Influem a tal ponto, que, de ordinário, são eles que vos dirigem.” Allan Kardec em O livro dos espíritos – questão 459
  • 8. ...que é um erro acreditar que é necessário ter e exercer a capacidade ostensiva de comunicação com Espíritos para atraí-los. Em suas palavras e com seus próprios grifos, “Assim, onde quer que haja uma reunião de homens, há igualmente em torno deles uma assembleia oculta, que simpatiza com suas qualidades ou com seus defeitos, feita abstração completa de toda ideia de evocação.” Kardec pontua, no capítulo XXI de “O Livro dos Médiuns”: KARDEC, Allan. "O Livro dos Médiuns". 55ª ed. Rio de Janeiro: RJ, FEB: 1987. Segunda Parte, capítulo XXI, item 232
  • 9. Faixas Comunicação espiritual não é privilégio da organização mediúnica. O pensamento é idioma universal e, compreendendo-se que o cérebro ativo é um centro de ondas em movimento constante, estamos sempre em correspondência com o objeto que nos prende a atenção. Emmanuel - Reunião pública de 27-5-60 Questão n.º 285 de O Livro dos Médiuns – Seara dos médiuns
  • 10. Todo Espírito, na condição evolutiva em que nos encontramos, é governado essencialmente por três fatores específicos, ou, mais propriamente, a experiência, o estímulo e a inspiração. A experiência é o conjunto de nossos próprios pensamentos. O estímulo é a circunstância que nos impele a pensar. A inspiração é a equipe dos pensamentos alheios que aceitamos ou procuramos. Emmanuel - Reunião pública de 27-5-60 Questão n.º 285 de O Livro dos Médiuns – Seara dos médiuns
  • 11. Da formação dos médiuns. [...]. Se bem cada um traga em si o gérmen das qualidades necessárias para se tornar médium, tais qualidades existem em graus muito diferentes e o seu desenvolvimento depende de causas que a ninguém é dado conseguir se verifiquem à vontade. Allan Kardec na Introdução de o Livro dos Médiuns
  • 12. A arvore da mediunidade Psicofônia Psicopraxia emancipação da alma Psicopictografia Intuídos e inspirados Sensitivos e impressionáveis Psicografia Audiência – Clariaudiência Vidência Dupla vista Clarividência Materialização – Ectoplásmia
  • 13. O PAPEL DA MENTE A mente permanece na base de todos os fenômenos mediúnicos. F.C.Xavier/André Luiz: Nos Domínios da Mediunidade,cap.1, p. 15-16)
  • 14. O PAPEL DA MENTE O médium é um intérprete do pensamento e da vontade dos Espíritos que se comunicam por seu intermédio, assim “como é preciso um fio elétrico para comunicar à grande distância uma notícia e, na extremidade do fio, uma pessoa inteligente, que a receba e transmita." Allan Kardec: O Livro dos Médiuns, cap.19, item 223, q. 6.ª.
  • 15. A MENTE DO ESPÍRITO EMITE ONDAS MENTAIS ( IDÉIAS ) , SÃO CAPTADAS PELO MÉDIUM – TRANSMITIDA DIVERSAS FORMAS , IMAGENS , GRAFADAS , VERBALIZADAS. ... MÉDIUM TEM AÇÃO BIPOLAR - CAPTA E TRANSMITE 15 PRÁTICA MEDIÚNICA
  • 16. O PAPEL DA MENTE E DO PERISPÍRITO NAS COMUNICAÇÕES MEDIÚNICAS
  • 17. O PAPEL DO PERISPÍRITO O períspirito é como o fio elétrico condutor que serve para a recepção e a transmissão do pensamento; desempenha grande papel na economia orgânica nos fenômenos fisiológicos e patológicos. O Livro dos Médiuns: cap.1, item 54.
  • 18. SENSAÇÕES E PERCEPÇÕES A captação de fluidos espirituais pelo médium provoca-lhe sensações, boas ou más, conforme o grau evolutivo do Espírito. As sensações e percepções variam, em tipos e graus. Atuando os fluidos sobre o períspirito, este reage sobre o organismo material com que se acha em contato molecular. Se os eflúvios são de boa natureza, o corpo ressente uma impressão salutar; se são maus, a impressão é penosa. A Gênese: cap. 14, item18.
  • 19.
  • 21. A TERRA, COM TUDO O QUE CONTEM, ESTÁ MERGULHADA NUM 21 IMENSO MAR DE ONDAS • ONDAS LUMINOSAS • ONDAS SONORAS • ONDAS CALORÍFICAS • ONDAS MENTAIS
  • 22. A TERRA, COM TUDO O QUE CONTEM, ESTÁ MERGULHADA NUM 22 IMENSO MAR DE ONDAS • UMA FRASE , UM BARULHO - ONDAS SONORAS • AQUECEDOR - ONDAS CALORÍFICAS • LÂMPADA - ONDAS LUMINOSAS • RADIOFÔNICO – ONDAS ELÉTRICAS • PENSAMENTO – ONDAS ELETROMAGNÉTICAS • O PENSAMENTO, FORÇA VIVA E ATUANTE, CUJA VELOCIDADE SUPERA A DA LUZ . ( 300.000 km / s )
  • 23. A TERRA, COM TUDO O QUE CONTEM, ESTÁ MERGULHADA NUM 23 IMENSO MAR DE ONDAS • TODOS EXTERIORIZAMOS A ENERGIA MENTAL, CONFIGURANDO AS FORMAS SUTIS COM QUE INFLUENCIAMOS O PRÓXIMO, E TODOS SOMOS AFETADOS POR ESSAS MESMAS FORMAS, NASCIDAS NOS CÉREBROS ALHEIOS. • CADA ATITUDE DE NOSSA EXISTÊNCIA POLARIZA FORÇA NAQUELES QUE SE NOS AFINAM COM O MODO DE SER, IMPELINDO-OS À IMITAÇÃO CONSCIENTE OU INCONSCIENTE. EMMANUEL
  • 24. A TERRA, COM TUDO O QUE CONTEM, ESTÁ MERGULHADA NUM IMENSO MAR DE ONDAS • ONDAS SÃO OSCILAÇÕES OU VIBRAÇÕES QUE CAMINHAM DE UM LADO PARA OUTRO, • TEM FREQUÊNCIA DE TEMPO, NÚMERO DE VIBRAÇÕES POR SEGUNDO , 24 • QUANTO MAIOR A FREQUÊNCIA MAIOR A DISTÂNCIA • O SER HUMANO EMITE ONDA MENTAL QUE CARACTERIZA O SEU GRAU EVOLUTIVO
  • 25.
  • 26. 26 TIPOS DE ONDAS / PENSAMENTO • LONGAS : PEQUENO ALCANCE • MÉDIAS : MÉDIO ALCANCE • CURTAS : FREQUÊNCIA ELEVADA, LONGO ALCANCE • SUPER-ULTRA-CURTAS : EM QUE SE EXPRIMEM AS LEGIÕES ANGÉLICAS
  • 27. 27 TIPOS DE ONDAS / PENSAMENTO • FIXAÇÃO , PENSAMENTO CONSTANTE FREQUÊNCIA ELEVADA DE EMISSÕES MENTAIS POR SEGUNDO • PENSAMENTO CONSTRUTIVO NOBRE – RESULTADO POSITIVO • PENSAMENTO BAIXO TEOR VIBRATÓRIO DA NOSSA FRAQUEZA HUMANA - DESEQUILÍBRIO PSÍQUICO
  • 28. 28
  • 29. TIPOS DE ONDAS ONDAS ELETROMAGNÉTICAS Freqüência e comprimento de onda
  • 30. 30 REPRESENTAÇÃO ONDA ELETROMAGNÉTICA – VERMELHO ELÉTRICA , AZUL MAGNÉTICA
  • 31. Ressonância • CADA CORPO VIBRA NUMA FREQUÊNCIA PREFERENCIAL • A RESSONÂNCIA É O FENÔMENO FÍSICO EM QUE SE REGISTRA A TRANSFERÊNCIA DE ENERGIA DE UM SISTEMA OSCILANTE PARA OUTRO, QUANDO A FREQUÊNCIA DO PRIMEIRO COINCIDE COM UMA DAS FREQUÊNCIAS PRÓPRIAS DO SEGUNDO • POTENCIALIZAÇÃO DA ONDA