SlideShare uma empresa Scribd logo
INTRODUÇÃO À RAGIOLOGIA
SIMPLES DO TÓRAX
Dante L. Escuissato
RADIOGRAFIAS DO TÓRAX
• INCIDÊNCIAS:
–FRONTAL (PA)
–PERFIL
TÓRAX
RADIOGRAFIAS
• AS RADIOGRAFIAS APRESENTAM “4”
DENSIDADES BÁSICAS:
– AR: traquéia, pulmões, estômago, cólon
– GORDURA: planos adiposos
– ÁGUA: coração, aorta, músculos, fígado, baço
– OSSO: córtex óssea
– OUTROS MÉTODOS (TC, RM, US) >>> MAIOR
AMPLITUDE DE DIFERENCIAÇÃO DE ESTRUTURAS
– US >>> LIMITAÇÕES >>> AR e OSSO
DIAFRAGMA
• SEPARAÇÃO ENTRE
TÓRAX E ABDÔMEN
• DUAS HEMI-CÚPULAS
• DIAFRAGMA DIREITO
MAIS ALTO
PULMÃO
DIR.
PULMÃO
ESQ.
MEDIASTINO
CORAÇÃO
FÍGADO ESTÔMAGO
DIAFRAGMA
DIREITO
ESQUERDO
CORAÇÃO
DIAFRAGMA
PLEURAS E ESPAÇOS
PLEURAIS
• NORMALMENTE, É POSSÍVEL VER OS ESPAÇOS
PLEURAIS NAS RADIOGRAFIAS DO TÓRAX?
• RESPOSTA: NÃO
LEMBRAR:
ESPAÇOS PLEURAIS TÊM TRÊS DIMENSÕES
ENVOLVEM OS PULMÕES E SE ESTENDEM PELAS FISSURAS
Que ocorre nas lesões
pleurais?
• Acúmulo de AR >>>
pneumotórax
• Acúmulo de líquido
>>> transudato e
exsudato
• Proliferação celular
>>> neoplasias,
processo inflamatórios
e infecciosos
LESÕES PLEURAIS:
IMAGEM
• RX, US, TC, RM >>> MOSTRAM LESÕES
PLEURAIS
• COMO SE APRESENTAM AS LESÕES
PLEURAIS?
• PNEUMOTÓRAX >>> ACÚMULO DE AR
• DERRAMES E PROLIFERAÇÕES CELULARES
>>> DENSIDADE DE PARTES MOLES (ÁGUA)
PNEUMOTÓRAX
PULMÃOP
AR
AR
PULMÃO
PARCIALMENTE
COLABADO
DERRAME PLEURAL
OPACIDADE
NA BASE
HEMITÓRAX
LESÃO PLEURAL
NÃO TEM PADRÃO
DE LÍQUIDO LIVRE
ALTERAÇÕES
ENVOLVENDO OS
PULMÕES
O QUE FAZER?
IMAGEM: TC
OUTROS EXAMES: US, RM
HEMITÓRAX
ESQUERDO
NORMAL
PULMÃO AERADO
PLEURA E ESPAÇO
PLEURAL NÃO-VISÍVEIS
TC MOSTRA DENSIDADES QUE RX NÃO MOSTRA
TECIDOS E ÓRGÃOS NORMAIS
(VER CORAÇÃO E MÚSCULOS)
HEMITÓRAX DIREITO ANORMAL
DERRAME
PLEURAL
NÓDULOS PLEURAIS = INFILTRAÇÃO POR NEOPLASIAATELECTASIA POR COMPRESSÃO
DO LOBO INFERIOR DIREITO
M M
CORAÇÃO
DERRAME PLEURAL
BILATERAL
US MOSTRA:
DERRAME À DIREITA
ACUMULA-SE NAS PORÇÕES
LATERAIS DO HEMITÓRAX
CONCLUSÃO:
DERRAME PLEURAL
SEPTADO
SEPTOS
LOJAS COM ECOS
HETEROGÊNEOS
IMAGEM DO PULMÃO
• DAS ESTRUTURAS PULMONARES, QUAIS
PODEM SER VISTAS NOS EXAMES DE TÓRAX
(RADIOGRAFIAS E TOMOGRAFIAS)?
– ARTÉRIAS E VEIAS PULMONARES
– BRÔNQUIOS DE MAIOR CALIBRE
– ALGUNS SEPTOS INTERLOBULARES (TC)
– DEMAIS ESTRUTURAS ESTÃO ABAIXO DA
RESOLUÇÃO DOS EXAMES DE IMAGEM
OPACIDADES
LINEARES = VASOS
ESTRUTURAS
DO MEDIASTINO E
DA PAREDE
TORÁCICA SE
SOBREPÕEM
AOS PULMÕES
XX
X
X
HILOS PULMONARES
• QUAIS ESTRUTURAS COMPÕEM OS HILOS
PULMONARES?
– VASOS PULMONARES
– BRÔNQUIOS
– LINFONODOS E VASOS LINFÁTICOS
APD
APE
HILOS PULMONARES:
ESQUERDO MAIS
ALTO QUE
DIREITO
DOENÇAS PULMONARES
• INFECÇÕES
• NEOPLASIAS
• DOENÇA PULMONAR OBSTRUTIVA CRÔNICA
• LESÕES DIFUSAS PULMONARES
• LESÕES DE GRANDES E PEQUENAS VIAS
AÉREAS
• LESÕES VASCULARES
• DOENÇAS CONGÊNICAS
• ANOMALIAS DO DESENVOLVIMENTO
???????
DOENÇAS
X
PADRÕES
DE IMAGEM
(RX – TC)
PADRÃO ALVEOLAR
• O QUE OCORRE?
– AR DOS ALVÉOLOS SUBSTITUÍDO POR
OUTRO MATERIAL (LÍQUIDO, PROCESSO
INFLAMATÓRIO / INFECCIOSO, NEOPLASIA)
– DENSIDADE DE AR >>> DENSIDADE DE ÁGUA
– IMAGEM:
• DESAPARECEM: VASOS E CONTORNOS
DO DIAFRAGMA E MEDIASTINO
• APARECE: BRONCOGRAMAS AÉREOS (AR
NO INTERIOR DOS BRÔNQUIOS)
PADRÃO ALVEOLAR
A
B
A
B
PULMÃO NORMAL PADRÃO ALVEOLAR
SINAL DA SILHUETA
PULMÃO PULMÃO
MEDIASTINO
Broncogramas
aéreos
Margens
Consolidações
Sinal da silhueta
BRONCOGRAMAS
AÉREOS
OPACIDADE
BASE PULMONAR
DIREITA
SINAL DA
SILHUETA?
POR QUÊ O CONTORNO
DIREITO DO CORAÇÃO
É VISÍVEL?
DIAFRAGMA
DIREITO
INDEFINIDO
RESPOSTA: DENSIDADE DE AR
DO PULMÃO ADJACENTE AO
CORAÇÃO
INCIDÊNCIA PA E PERFIL
RADIOGRAFIAS TÊM APENAS 2 DIMENSÕES
INCIDÊNCIAS ORTOGONAIS PERMITEM
LOCALIZAR MAIS FACILMENTE AS LESÕES
LOBO INFERIOR
DIREITO
ATELECTASIA
• DEFINIÇÃO: PERDA DE VOLUME DE SEGMENTO,
LOBO OU DE TODO UM PULMÃO
• CAUSAS: OBSTRUÇÃO BRÔNQUICA,
COMPRESSÃO, PASSIVA (PNEUMOTÓRAX),
RESTRITIVA (FIBROSE), POR ALTERAÇÃO DE
SURFACTANTE
ATELECTASIA
PULMÃO PULMÃO
MEDIASTINOVASOS
BRONCOGRAMAS
AÉREOS
ATELECTASIA SEM
BRONCOGRAMA AÉREO =
OBSTRUÇÃO BRÔNQUICA?
BRONCOBRAMAS AÉREOS
PULMÃO DIREITO < ESQUERDO
OPACIDADE DE PULMÃO DIREITO
(LOBO SUPERIOR)
DESVIO CISSURAL
NÓDULOS PULMONARES
PULMÃO PULMÃO
MEDIASTINO
Até 3cm =
NÓDULO
>3cm =
MASSA
RX: NÓDULO PULMONAR
SOLITÁRIO: INDICADA
“TC” PARA SUA AVALIAÇÃO
MASSA PULMONAR
MASSA?
LEMBRAR DE NEOPLASIA
QUAL MÉTODO DE IMAGEM
FAZER A SEGUIR?
TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA
NEOPLASIAS
RX = DIAGNÓSTICO
TC = ESTADIAMENTO
NÓDULOS PULMONARES
PULMÃO PULMÃO
MEDIASTINO
MÚLTIPLOS NÓDULOS:
-NEOPLASIA METASTÁTICA
-PROCESSOS INFECCIOSOS
(GRANULOMAS, EMBOLIA SÉPTICA)
RADIOGRAFIAS SIMPLES
TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA:
-ESTADIAMENTO DE NEOPLASIAS
MÚLTIPLOS NÓDULOS
METÁSTASES DE
SARCOMA
DOENÇAS DIFUSAS
PULMONARES
• RADIOGRAFIAS: TEM LIMITAÇÕES PARA A
CARACTERIZAÇÃO DESTAS LESÕES
• TC DE ALTA RESOLUÇÃO:
– DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL
– CONTROLE EVOLUTIVO
– DEFINIR LOCAIS PARA BIÓPSIA
RADIOGRAFIA:
INFILTRADO RETICULAR
NA BASE E PERIFERIA
PULMONAR
PADRÃO
RETICULAR
PADRÃO
NODULAR
LESÕES
HIPERTRANSPARENTES
• RADIOGRAFIAS: AVALIAÇÃO LIMITADA
• TCAR:
– TIPO DE LESÃO: ENFISEMA, DOENÇA DE
PEQUENAS VIAS AÉREAS, ETC.
– EXTENSÃO DAS LESÕES
AUMENTO DE VOLUME
DOS PULMÕES
RETIFICAÇÃO DO
DIAFRAGMA
TRANSPARÊNCIA DO
PARÊNQUIMA
 HILOS PULMONARES
 VASOS PULMONARES
ENFISEMA PULMONAR
RX: SINAIS INDIRETOS
BOLHA
ENFISEMA PARA-SEPTAL ENFISEMA CENTROLOBULAR
BRONQUIECTASIAS
• DEFINIÇÃO: DILATAÇÃO BRÔNQUICA
IRREVERSÍVEL
• RX: INESPECÍFICO
• TCAR:
– DIAGNÓSTICO
– EXTENSÃO
Cnap2012 d19 dante_escuissato
Cnap2012 d19 dante_escuissato
RADIOGRAFIAS
CONTRASTE ENTRE
PULMÃO E MEDIASTINO
CONTORNOS
MEDIASTINAIS
DENSIDADES:
ÁGUA, AR,
GORDURA
LESÕES MEDIASTINAIS
• LESÕES CONGÊNITAS
• PROCESSOS INFLAMATÓRIOS E INFECCIOSOS
• LESÕES DEGENERATIVAS
• NEOPLASIAS PRIMÁRIAS E METASTÁTICAS
• LESÕES VASCULARES
RADIOGRAFIAS
• QUAIS ALTERAÇÕES PODEM SER VISTAS NAS
RADIOGRAFIAS DE TÓRAX NAS LESÕES
MEDIASTINAIS?
– ALTERAÇÕES DOS CONTORNOS DO
MEDIASTINO
– DESVIO DA TRAQUEIA E BRÔNQUIOS
– DENSIDADES ANORMAIS (CALCIFICAÇÕES,
COLEÇÕES AÉREAS ANORMAIS)
Cnap2012 d19 dante_escuissato
LESÃO EXPANSIVA MEDIASTINAL
MASSA MEDIASTINAL
ALTERAÇÕES DOS CONTORNOS
DESVIO DA TRAQUEIA
TC:
MASSA MEDIASTINAL
CALCIFICAÇÕES
BÓCIO MERGULHANTE
MASSA MEDIASTINAL
LINFONODOMEGALIAS
LINFOMA
MASSA PARAVERTEBRAL
DIREITA
TUMOR NEUROGÊNICO
MASSA PULMONAR
ESQUERDA
NEOPLASIA PULMONAR
EXTENSÃO PARA O
MEDIASTINO?
TC = ESTADIAMENTO
MASSA PULMONAR
INVASÃO MEDIASTINAL
ARTÉRIA PULMONAR
ENVOLVIDA
BFE ENVOLVIDO
LINFONODOMEGALIAS
LESÕES MEDIASTINAIS
• MEDIASTINO ANTERIOR:
– LESÕES DA TIREÓIDE, TIMOMA, TERATOMA, LIFOMA
– 4 “T” (TERRÍVEL LINFOMA)
• MEDIASTINO MÉDIO:
– LINFONODOMEGALIAS, CISTOS CONGÊNITOS,
DOENÇAS DE VIAS AÉREAS, ESÔFAGO, AORTA
• MEDIASTINO POSTERIOR:
– LESÕES NEUROGÊNICAS (90%)
RADIOGRAFIAS DO TÓRAX
• MÉTODO BARATO
• DISPONIBILIDADE
• FACILIDADE PARA REALIZAÇÃO
• RADIOGRAFIAS + CORRELAÇÃO CLÍNICA =
SUFICIENTE PARA A TOMADA DE DECISÕES NA
MAIOR PARTE DOS CASOS DE DOENÇAS
PULMONARES.
Cnap2012 d19 dante_escuissato

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Chest radiology 2009 traducao
Chest radiology 2009 traducaoChest radiology 2009 traducao
Chest radiology 2009 traducao
Inaiara Bragante
 
Aula prática de radiologia
Aula prática de radiologiaAula prática de radiologia
Aula prática de radiologia
Flávia Salame
 
Radiologia Propedeutica
Radiologia PropedeuticaRadiologia Propedeutica
Radiologia Propedeutica
BrunaCares
 
Derrames Pleurais
Derrames PleuraisDerrames Pleurais
Derrames Pleurais
Flávia Salame
 
Radiologia torácica: Hilos pulmonares e Doenças do Mediastino
Radiologia torácica: Hilos pulmonares e Doenças do MediastinoRadiologia torácica: Hilos pulmonares e Doenças do Mediastino
Radiologia torácica: Hilos pulmonares e Doenças do Mediastino
Flávia Salame
 
Cistos e cavidades pulmonares
Cistos e cavidades pulmonaresCistos e cavidades pulmonares
Cistos e cavidades pulmonares
Flávia Salame
 
Monitoria revisão radio
Monitoria revisão radioMonitoria revisão radio
Monitoria revisão radio
Norberto Werle
 
Radiologia torax
Radiologia toraxRadiologia torax
Radiologia torax
copador
 
Radiologia Tórax - Dças vasculares pulmonares
Radiologia Tórax - Dças vasculares pulmonaresRadiologia Tórax - Dças vasculares pulmonares
Radiologia Tórax - Dças vasculares pulmonares
Hercules Antonio Kozorosky Junior
 
Doenças caracterizadas principalmente por opacidades lineares e reticulares
Doenças caracterizadas principalmente por opacidades lineares e reticularesDoenças caracterizadas principalmente por opacidades lineares e reticulares
Doenças caracterizadas principalmente por opacidades lineares e reticulares
Norberto Werle
 
TCAR de tórax: Princípios Básicos
TCAR de tórax: Princípios BásicosTCAR de tórax: Princípios Básicos
TCAR de tórax: Princípios Básicos
Flávia Salame
 
Estudo radiológico do tórax dcg fisioterapia pdf
Estudo radiológico do tórax dcg  fisioterapia pdfEstudo radiológico do tórax dcg  fisioterapia pdf
Estudo radiológico do tórax dcg fisioterapia pdf
upload718
 
Vias aéreas parte 1.
Vias aéreas parte 1.Vias aéreas parte 1.
Vias aéreas parte 1.
isadoracordenonsi
 
Exames de imagem
Exames de imagem  Exames de imagem
Exames de imagem
resenfe2013
 
Revisão radio tórax
Revisão radio tóraxRevisão radio tórax
Revisão radio tórax
Cleidenisia-Daiana
 
SINAIS EM RADIOLOGIA TORÁCICA 2.0
SINAIS EM RADIOLOGIA TORÁCICA 2.0SINAIS EM RADIOLOGIA TORÁCICA 2.0
SINAIS EM RADIOLOGIA TORÁCICA 2.0
Brenda Lahlou
 
Tcar do pulmão cistos e enfisema.
Tcar do pulmão   cistos e enfisema.Tcar do pulmão   cistos e enfisema.
Tcar do pulmão cistos e enfisema.
upload718
 
Síndromes Respiratórias - Semioliga UFMT
Síndromes Respiratórias - Semioliga UFMTSíndromes Respiratórias - Semioliga UFMT
Síndromes Respiratórias - Semioliga UFMT
Semioliga UFMT
 

Mais procurados (18)

Chest radiology 2009 traducao
Chest radiology 2009 traducaoChest radiology 2009 traducao
Chest radiology 2009 traducao
 
Aula prática de radiologia
Aula prática de radiologiaAula prática de radiologia
Aula prática de radiologia
 
Radiologia Propedeutica
Radiologia PropedeuticaRadiologia Propedeutica
Radiologia Propedeutica
 
Derrames Pleurais
Derrames PleuraisDerrames Pleurais
Derrames Pleurais
 
Radiologia torácica: Hilos pulmonares e Doenças do Mediastino
Radiologia torácica: Hilos pulmonares e Doenças do MediastinoRadiologia torácica: Hilos pulmonares e Doenças do Mediastino
Radiologia torácica: Hilos pulmonares e Doenças do Mediastino
 
Cistos e cavidades pulmonares
Cistos e cavidades pulmonaresCistos e cavidades pulmonares
Cistos e cavidades pulmonares
 
Monitoria revisão radio
Monitoria revisão radioMonitoria revisão radio
Monitoria revisão radio
 
Radiologia torax
Radiologia toraxRadiologia torax
Radiologia torax
 
Radiologia Tórax - Dças vasculares pulmonares
Radiologia Tórax - Dças vasculares pulmonaresRadiologia Tórax - Dças vasculares pulmonares
Radiologia Tórax - Dças vasculares pulmonares
 
Doenças caracterizadas principalmente por opacidades lineares e reticulares
Doenças caracterizadas principalmente por opacidades lineares e reticularesDoenças caracterizadas principalmente por opacidades lineares e reticulares
Doenças caracterizadas principalmente por opacidades lineares e reticulares
 
TCAR de tórax: Princípios Básicos
TCAR de tórax: Princípios BásicosTCAR de tórax: Princípios Básicos
TCAR de tórax: Princípios Básicos
 
Estudo radiológico do tórax dcg fisioterapia pdf
Estudo radiológico do tórax dcg  fisioterapia pdfEstudo radiológico do tórax dcg  fisioterapia pdf
Estudo radiológico do tórax dcg fisioterapia pdf
 
Vias aéreas parte 1.
Vias aéreas parte 1.Vias aéreas parte 1.
Vias aéreas parte 1.
 
Exames de imagem
Exames de imagem  Exames de imagem
Exames de imagem
 
Revisão radio tórax
Revisão radio tóraxRevisão radio tórax
Revisão radio tórax
 
SINAIS EM RADIOLOGIA TORÁCICA 2.0
SINAIS EM RADIOLOGIA TORÁCICA 2.0SINAIS EM RADIOLOGIA TORÁCICA 2.0
SINAIS EM RADIOLOGIA TORÁCICA 2.0
 
Tcar do pulmão cistos e enfisema.
Tcar do pulmão   cistos e enfisema.Tcar do pulmão   cistos e enfisema.
Tcar do pulmão cistos e enfisema.
 
Síndromes Respiratórias - Semioliga UFMT
Síndromes Respiratórias - Semioliga UFMTSíndromes Respiratórias - Semioliga UFMT
Síndromes Respiratórias - Semioliga UFMT
 

Semelhante a Cnap2012 d19 dante_escuissato

DAP
DAPDAP
Exame físico do tórax
Exame físico do tórax Exame físico do tórax
Exame físico do tórax
Paulo Alambert
 
Exame Físico
Exame Físico Exame Físico
Exame Físico
JooSantana94
 
TORAX_AULA_2.pdf
TORAX_AULA_2.pdfTORAX_AULA_2.pdf
TORAX_AULA_2.pdf
TiagoCandinguili
 
Semioliga - Aula Sistema Respiratório (Básica)
Semioliga - Aula Sistema Respiratório (Básica)Semioliga - Aula Sistema Respiratório (Básica)
Semioliga - Aula Sistema Respiratório (Básica)
Gustavo Oliveira
 
TORAX_AULA_1.pdf
TORAX_AULA_1.pdfTORAX_AULA_1.pdf
TORAX_AULA_1.pdf
VerenaMagalhes1
 
TORAX_AULA_1.pdf
TORAX_AULA_1.pdfTORAX_AULA_1.pdf
TORAX_AULA_1.pdf
DrRicardoRVdeBrito
 
Emergencias toracicas cmp
Emergencias toracicas cmpEmergencias toracicas cmp
Emergencias toracicas cmp
Conceição Matos Pernadas
 
Raio X torax norma, padroes radiologicos.pptx
Raio X torax norma, padroes radiologicos.pptxRaio X torax norma, padroes radiologicos.pptx
Raio X torax norma, padroes radiologicos.pptx
ImersonAlbertoAlfane
 
Monitoria snc, crânio e coluna cervical(2)
Monitoria snc, crânio e coluna cervical(2)Monitoria snc, crânio e coluna cervical(2)
Monitoria snc, crânio e coluna cervical(2)
Norberto Werle
 
TCAR de Pulmao
TCAR de PulmaoTCAR de Pulmao
TCAR de Pulmao
Flávia Salame
 
Passos para interpretar uma radiografia do torax
Passos para interpretar uma radiografia do toraxPassos para interpretar uma radiografia do torax
Passos para interpretar uma radiografia do torax
Basilio4
 
Rx Torax.pptx
Rx Torax.pptxRx Torax.pptx
Rx Torax.pptx
Basilio4
 
aparato cardiovascular
aparato cardiovascularaparato cardiovascular
aparato cardiovascular
THIAGOMONTALVAOFREIR
 
Tc osso temporal 1
Tc osso temporal 1Tc osso temporal 1
Tc osso temporal 1
Norberto Werle
 
Insufici%e ancia vascular
Insufici%e ancia vascularInsufici%e ancia vascular
Insufici%e ancia vascular
Almeida Almeida
 
Doenças vasculares pulmonares
Doenças vasculares pulmonaresDoenças vasculares pulmonares
Doenças vasculares pulmonares
isadoracordenonsi
 
Sessão caso
Sessão  casoSessão  caso
Sessão caso
janinemagalhaes
 
Sessão caso
Sessão  casoSessão  caso
Sessão caso
janinemagalhaes
 
Tomografia trabalho
Tomografia trabalhoTomografia trabalho
Tomografia trabalho
Profissão Professor
 

Semelhante a Cnap2012 d19 dante_escuissato (20)

DAP
DAPDAP
DAP
 
Exame físico do tórax
Exame físico do tórax Exame físico do tórax
Exame físico do tórax
 
Exame Físico
Exame Físico Exame Físico
Exame Físico
 
TORAX_AULA_2.pdf
TORAX_AULA_2.pdfTORAX_AULA_2.pdf
TORAX_AULA_2.pdf
 
Semioliga - Aula Sistema Respiratório (Básica)
Semioliga - Aula Sistema Respiratório (Básica)Semioliga - Aula Sistema Respiratório (Básica)
Semioliga - Aula Sistema Respiratório (Básica)
 
TORAX_AULA_1.pdf
TORAX_AULA_1.pdfTORAX_AULA_1.pdf
TORAX_AULA_1.pdf
 
TORAX_AULA_1.pdf
TORAX_AULA_1.pdfTORAX_AULA_1.pdf
TORAX_AULA_1.pdf
 
Emergencias toracicas cmp
Emergencias toracicas cmpEmergencias toracicas cmp
Emergencias toracicas cmp
 
Raio X torax norma, padroes radiologicos.pptx
Raio X torax norma, padroes radiologicos.pptxRaio X torax norma, padroes radiologicos.pptx
Raio X torax norma, padroes radiologicos.pptx
 
Monitoria snc, crânio e coluna cervical(2)
Monitoria snc, crânio e coluna cervical(2)Monitoria snc, crânio e coluna cervical(2)
Monitoria snc, crânio e coluna cervical(2)
 
TCAR de Pulmao
TCAR de PulmaoTCAR de Pulmao
TCAR de Pulmao
 
Passos para interpretar uma radiografia do torax
Passos para interpretar uma radiografia do toraxPassos para interpretar uma radiografia do torax
Passos para interpretar uma radiografia do torax
 
Rx Torax.pptx
Rx Torax.pptxRx Torax.pptx
Rx Torax.pptx
 
aparato cardiovascular
aparato cardiovascularaparato cardiovascular
aparato cardiovascular
 
Tc osso temporal 1
Tc osso temporal 1Tc osso temporal 1
Tc osso temporal 1
 
Insufici%e ancia vascular
Insufici%e ancia vascularInsufici%e ancia vascular
Insufici%e ancia vascular
 
Doenças vasculares pulmonares
Doenças vasculares pulmonaresDoenças vasculares pulmonares
Doenças vasculares pulmonares
 
Sessão caso
Sessão  casoSessão  caso
Sessão caso
 
Sessão caso
Sessão  casoSessão  caso
Sessão caso
 
Tomografia trabalho
Tomografia trabalhoTomografia trabalho
Tomografia trabalho
 

Mais de Claudio Cruz Santos

Modelo de-apre
Modelo de-apreModelo de-apre
Modelo de-apre
Claudio Cruz Santos
 
5862497
58624975862497
Artigo darwinismo social e eugenia
Artigo darwinismo social e eugeniaArtigo darwinismo social e eugenia
Artigo darwinismo social e eugenia
Claudio Cruz Santos
 
Docslide.com.br ficha avaliacao-fisica
Docslide.com.br ficha avaliacao-fisicaDocslide.com.br ficha avaliacao-fisica
Docslide.com.br ficha avaliacao-fisica
Claudio Cruz Santos
 
ombro-do-atleta e o manguito rotador
ombro-do-atleta e o manguito rotadorombro-do-atleta e o manguito rotador
ombro-do-atleta e o manguito rotador
Claudio Cruz Santos
 
Td modelo
Td   modeloTd   modelo
1 conceitos
1 conceitos1 conceitos
1 conceitos
Claudio Cruz Santos
 
Biossegurana
BiosseguranaBiossegurana
Biossegurana
Claudio Cruz Santos
 

Mais de Claudio Cruz Santos (8)

Modelo de-apre
Modelo de-apreModelo de-apre
Modelo de-apre
 
5862497
58624975862497
5862497
 
Artigo darwinismo social e eugenia
Artigo darwinismo social e eugeniaArtigo darwinismo social e eugenia
Artigo darwinismo social e eugenia
 
Docslide.com.br ficha avaliacao-fisica
Docslide.com.br ficha avaliacao-fisicaDocslide.com.br ficha avaliacao-fisica
Docslide.com.br ficha avaliacao-fisica
 
ombro-do-atleta e o manguito rotador
ombro-do-atleta e o manguito rotadorombro-do-atleta e o manguito rotador
ombro-do-atleta e o manguito rotador
 
Td modelo
Td   modeloTd   modelo
Td modelo
 
1 conceitos
1 conceitos1 conceitos
1 conceitos
 
Biossegurana
BiosseguranaBiossegurana
Biossegurana
 

Cnap2012 d19 dante_escuissato