SlideShare uma empresa Scribd logo
Conselho Nacional do Café – CNC
SCN Quadra 01, Bl. “C”, Ed. Brasília Trade Center, 11º andar, sala 1.101 - CEP 70711-902 – Brasília (DF)
Assessoria de Comunicação: (61) 3226-2269 / 8114-6632
E-mail: imprensa@cncafe.com.br / www.twitter.com/pauloandreck
CLIPPING – 31/03/2015
Acesse: www.cncafe.com.br
Conab divulga comunicado suspendendo leilão de estoques públicos de café
P1 / Ascom CNC
31/03/2015
Paulo A. C. Kawasaki
Atendendo a um pedido do setor produtor da cafeicultura brasileira, encabeçado
pelo Conselho Nacional do Café (CNC) e pela Comissão Nacional do Café da
Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), a ministra da Agricultura,
Pecuária e Abastecimento, senadora Kátia Abreu, contatou a Companhia Nacional
de Abastecimento (Conab) e solicitou o cancelamento do leilão dos estoques
públicos de café, previsto para ocorrer amanhã, dia 1º de abril.
Como efeito, a estatal publicou, nesta terça-feira, 31 de março, o
COMUNICADO/DIRAB/SUOPE/GECOM Nº 052, de 30/03/2015, com referência ao
AVISO DE VENDA DE CAFÉ EM GRÃOS Nº 041, de 1º/04/2015, no qual informa “O
CANCELAMENTO DO AVISO Nº 041/15”.
O CNC, na figura de seu presidente executivo, deputado federal Silas Brasileiro (foto: Ruy
Baron/Valor), agradece à ministra Kátia Abreu por essa atitude coerente com a realidade do setor,
haja vista que estamos na iminência da entrada de uma nova safra. Além disso, também ressalta a
importância de termos uma titular na Pasta que não se omita mediante a necessidade de decisões
que precisam ser tomadas em tempo hábil, sem que haja prejuízos aos segmentos da agropecuária
brasileira.
Federação do Cerrado e parceiros fazem gestões na área de Meio Ambiente
Ascom Federação dos Cafeicultores do Cerrado
31/03/2015
Sônia Lopes
No último dia 24 de fevereiro, o presidente da Federação dos Cafeicultores do
Cerrado, Francisco Sérgio de Assis (foto: Carol Carquejo/Valor), acompanhado
de diretores do Sistema Região do Cerrado Mineiro e de representantes de
outras entidades, como João Clovis Scheer, da Assobag - Associação Regional
dos Usuários da Bacia do Rio Bagagem e seus Afluentes; Acácio Dianin da
AUA - Associação dos Usuários das Águas da Região de Monte Carmelo;
Carlos Paulino, da Cooxupé - Cooperativa Regional de Cafeicultores em
Guaxupé Ltda, e Fernando Faria, gestor de Recursos Hídricos da Região do
Cerrado Mineiro, estiveram reunidos com o Secretário de Estado de Meio
Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais, Dr. Luiz Sávio de Souza Cruz, em Belo
Horizonte, para tratar de três assuntos importantes para todo o agronegócio. São eles:
- Revisão da Resolução Conjunta SEMAD IGAM nº 2.249, de 30 de dezembro de 2014, que
determina a necessidade de implantação de hidrômetros para medição de vazão da água captada.
Segundo o apurado, esses equipamentos apresentam baixa eficiência, baixa durabilidade e trarão
ônus aos produtores se implantados;
Conselho Nacional do Café – CNC
SCN Quadra 01, Bl. “C”, Ed. Brasília Trade Center, 11º andar, sala 1.101 - CEP 70711-902 – Brasília (DF)
Assessoria de Comunicação: (61) 3226-2269 / 8114-6632
E-mail: imprensa@cncafe.com.br / www.twitter.com/pauloandreck
- Agilização nos processos de pedido de construção de barramento, visto que o código ambiental
mineiro já autoriza a construção e está havendo demora nas liberações; e
- Necessidade de que as fiscalizações ambientais tenham um caráter educativo e não apenas
punitivo, dando ao produtor a chance de se adequar.
As entidades esperam, agora, que os pleitos sejam atendidos, dando melhores condições de trabalho
para o produtor rural.
Sustentabilidade: ES promoveu lançamento do Currículo de Sustentabilidade do Café
Embrapa Café
31/03/2015
Juliana Esteves e Luciana Silvestre
A sustentabilidade é uma tendência e uma demanda para a sociedade do século XXI. No âmbito da
agricultura, é crescente a necessidade de aliar a produção a aspectos sociais e ambientais. Diante
desse cenário, o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural - Incaper,
instituição participante do Consórcio Pesquisa Café coordenado pela Embrapa Café, promoveu, no
dia 19 de março, o Lançamento do Currículo de Sustentabilidade do Café - CSC, que apresenta
diretrizes para a produção de cafés sustentáveis em todo o País.
O diretor-técnico do Incaper, Lúcio Herzog De Muner, afirmou que a agenda da sustentabilidade da
cafeicultura é de grande importância no cenário mundial. "Todas as regiões cafeeiras do Brasil
possuem grandes desafios a serem enfrentados, que passam certamente pela produção com mais
sustentabilidade, não só do ponto de vista econômico, mas também ambiental e social. O binômio
produzir preservando e preservar produzindo, com responsabilidade social, está na agenda do café
em âmbito mundial, e o Espírito Santo deseja se adequar a essa plataforma. Para que isso se efetive,
é necessário planejamento, pesquisa científica e adoção de tecnologias, ações de assistência técnica
e extensão rural e capacitações, fomento, gestão da propriedade e parcerias", falou De Muner.
De acordo com o diretor do grupo empresarial P&A, Carlos Brando, que integra a coordenação do
Programa Café Sustentável, o lançamento do CSC ocorreu no Espírito Santo devido à importância
desse Estado para a cafeicultura nacional e mundial. "O lançamento ocorreu no Incaper, por ser uma
instituição integrada de pesquisa, assistência técnica e extensão rural. Para que a sustentabilidade
alcance os pequenos produtores, é necessário um contínuo trabalho extensionista", avaliou Carlos
Brando. Atualmente, mais de 80% de todo o café produzido no mundo vem de pequenos produtores.
Por isso, é essencial que eles adotem boas práticas agrícolas.
Conforme o secretário de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag),
Octaciano Neto, o tema da sustentabilidade e a conservação de recursos hídricos é de vital
importância na atualidade. "As propriedades, antes de produzirem café, precisam produzir água. A
reservação de água e o uso de técnicas mais eficientes de irrigação passam a ser prioritários no
nosso tempo. A segurança na produção de café passa pela segurança hídrica", disse Octaciano.
Durante o evento, participaram representantes de diversas instituições do País, como a Embrapa
Café, Ministério da Agricultura e Pecuária - MAPA, as Empresas de Assistência Técnica e Extensão
Rural - Emater de Minas Gerais, Paraná, Rondônia e a Coordenadoria de Assistência Técnica
Integral - CATI. Também estiveram presentes mais de dez instituições estaduais ligadas ao segmento
Conselho Nacional do Café – CNC
SCN Quadra 01, Bl. “C”, Ed. Brasília Trade Center, 11º andar, sala 1.101 - CEP 70711-902 – Brasília (DF)
Assessoria de Comunicação: (61) 3226-2269 / 8114-6632
E-mail: imprensa@cncafe.com.br / www.twitter.com/pauloandreck
da cafeicultura, como cooperativas, sindicatos, bancos e empresas do ramo cafeeiro, entre os quais
destacam-se a Cooperativa Agrária dos Cafeicultores de São Gabriel - Cooabriel, Organização das
Cooperativas Brasileiras - OCB, Cooperativa Agropecuária Centro Serrana - Coopeavi, Serviço
Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas - Sebrae, Sindicato da Indústria de Torrefação e
Moagem de Café do Estado do Espírito Santo - Sincafé, Serviço Nacional de Aprendizagem Rural -
Faes/Senar, Centro do Comércio de Café de Vitória - CCCV, Conselho dos Exportadores de Café do
Brasil - Cecafé, Fundação de Desenvolvimento Agropecuário do Espírito Santo - Fundagres, Banco
de Desenvolvimento do Espírito Santo - Bandes, entre outras.
Currículo Mínimo de Sustentabilidade – O Currículo Mínimo de Sustentabilidade consiste em um
conjunto de normas e pontos comuns para produzir café com qualidade e sustentabilidade no Brasil e
no mundo. São procedimentos para a produção de café economicamente viável, socialmente justa e
ambientalmente correta, ou seja, uma produção que não impacte as pessoas e o meio ambiente.
Entre os principais temas contidos no Currículo Mínimo, destacaram-se: a conservação da água na
propriedade; gestão ambiental; gestão da propriedade; registro de informações e rastreabilidade;
conservação do solo; destinação de resíduos e cuidados com a poluição e contaminação de água e
solo; adequação à legislação trabalhista, com a garantia de segurança e saúde para o trabalhador;
manejo agronômico produtivo; e procedimentos corretos de colheita.
O Currículo de Sustentabilidade de Café foi construído baseado em diversos protocolos/plataformas
de sustentabilidade cafeeira de distintas instituições e na Instrução Normativa 49/2013, do Ministério
da Agricultura e Pecuária – MAPA, sobre boas práticas agrícolas e gestão da atividade cafeeira.
Programa Café Sustentável – O Currículo Mínimo de Sustentabilidade é uma das ações do
Programa Café Sustentável, uma iniciativa público-privada pré-competitiva global que envolve
parceiros da indústria e do comércio, governos, ONGs e instituições verificadoras e certificadoras de
sustentabilidade.
O objetivo do Programa é aumentar o volume de café sustentável produzido e comercializado por
meio do alinhamento de investimentos das partes interessadas em programas de apoio aos
produtores para melhorar a qualidade de vida, permitir que sejam mais resilientes em um mercado
mundial em constante mudança e aumentar a produtividade para satisfazer a demanda crescente de
maneira sustentável.
As metas do Programa para 2015 em relação ao número de produtores treinados em sustentabilidade
no mundo são de 500 mil. Além disso, espera-se que 25% do café vendido no mundo seja
sustentável e 40% do café produzido seja certificado.
O Programa foi fundado pela Mondelez International, Nestlé, D.E Master Blenders 1753, Tchibo,
Federação Europeia de Café e a Iniciativa de Comércio Sustentável (IDH, em holandês).
No Espírito Santo, em 2014, foi lançado o Programa de Produção de Cafés Especiais Sustentáveis,
coordenado pelo Sebrae e integrado por um conjunto de instituições, inclusive o Incaper. De acordo
com esse programa, a meta é atingir 2 mil produtores e 500 propriedades de café arábica e conilon
no Estado. A aplicação do Currículo de Sustentabilidade para os cafés do Espírito Santo poderá ser
muito importante para a operacionalização desse programa estadual, pois poderá acelerar a
implantação das boas práticas agrícolas e auxiliar a preparação das propriedades cafeeiras
capixabas para a produção de cafés superiores e até especiais, bem como para sua certificação.
Conselho Nacional do Café – CNC
SCN Quadra 01, Bl. “C”, Ed. Brasília Trade Center, 11º andar, sala 1.101 - CEP 70711-902 – Brasília (DF)
Assessoria de Comunicação: (61) 3226-2269 / 8114-6632
E-mail: imprensa@cncafe.com.br / www.twitter.com/pauloandreck
IX SPCB: prorrogado prazo para envio dos trabalhos técnico-científicos até 8 de abril
Gerência de Transferência de Tecnologia da Embrapa Café
31/03/2015
Flávia Bessa
A comissão organizadora do IX Simpósio de Pesquisa dos Cafés
do Brasil, realizado pelo Consórcio Pesquisa Café sob a
coordenação da Embrapa Café, prorroga o prazo-limite para
recebimento dos resumos dos trabalhos técnico-científicos: até 8 de
abril. Os resumos devem ser encaminhados por meio da página do
IX Simpósio (http://www.simposiocafe.sapc.embrapa.br) e serão
analisados e selecionados pela comissão científica de 9 a 12 de
abril. A divulgação do resultado será feita até 24 de abril. Espera-se
a apresentação de cerca de 400 trabalhos técnico-científicos.
Inscrições gratuitas – O evento será realizado de 24 a 26 de
junho no Centro de Convenções de Curitiba, Paraná, e o Instituto
Agronômico do Paraná – IAPAR será o anfitrião, com apoio do
Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural -
Emater-PR. As inscrições para os participantes do evento são
gratuitas e devem ser feitas por meio do site http://www.simposiocafe.sapc.embrapa.br.
O gerente geral da Embrapa Café, Gabriel Bartholo, lembra que o objetivo principal do Simpósio é
apresentar resultados das pesquisas realizadas no âmbito do Consórcio Pesquisa Café e ainda
promover ampla discussão da comunidade científica com os diversos setores da cadeia produtiva do
café para garantir aumento da competitividade, melhoria da qualidade do produto e sustentabilidade
do setor. "É uma oportunidade de promovermos amplo diálogo da comunidade científica com o setor
produtivo e também de avaliarmos as pesquisas e as tecnologias que vêm sendo desenvolvidas pelo
Consórcio, em sintonia com as demandas do agronegócio café", completa.
Temas em debate – Alguns temas da programação do IX Simpósio já estão definidos e serão
apresentados na conferência de abertura, em palestras, mesas-redondas, apresentações orais de
trabalhos e sessões de pôsteres: uso racional de água, mudanças climáticas, café sombreado e
agroecológico, cafeicultura de montanha, biotecnologia, tolerância à seca, manejo de pragas e
doenças, fertilidade dos solos e nutrição do cafeeiro, café e saúde (propriedades funcionais e
nutracêuticas), mercado e novas tendências de hábito de consumo, novos produtos e agregação de
qualidade, transferência de tecnologia etc.
Público esperado – Os Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil é uma realização bienal do
Consórcio Pesquisa Café, coordenado pela Embrapa Café, e faz parte da agenda nacional de
desenvolvimento científico e tecnológico. Desde 2000, foram realizadas oito edições do evento. Os
anais dessas edições estão disponíveis aqui.
Nesta IX edição, espera-se reunir aproximadamente 1000 participantes entre os diversos
representantes dos setores que compõem o agronegócio café, como pesquisadores, técnicos da
extensão rural, professores, estudantes universitários, lideranças dos diversos segmentos da
cafeicultura, produtores de café, empresários do setor, imprensa especializada e demais interessados
nos avanços da ciência e da tecnologia cafeeira.
Conselho Nacional do Café – CNC
SCN Quadra 01, Bl. “C”, Ed. Brasília Trade Center, 11º andar, sala 1.101 - CEP 70711-902 – Brasília (DF)
Assessoria de Comunicação: (61) 3226-2269 / 8114-6632
E-mail: imprensa@cncafe.com.br / www.twitter.com/pauloandreck
Mais informações do IX Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil pelo site
http://www.simposiocafe.sapc.embrapa.br.
Kátia Abreu: classe média rural não precisa de benesse, mas de oportunidade
Assessoria de Comunicação Social do Mapa
31/03/2015
Priscilla Mendes
A ministra Kátia Abreu (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) afirmou, nesta segunda-feira (30), que
a classe média rural não precisa de benesses, mas de oportunidades. Ela deu detalhes sobre o
programa que está sendo elaborado pelo Mapa para aumentar a renda das pequenas propriedades
por meio de assistência técnica e extensão.
“Nossos produtores têm toda a condição de subir na vida. O que está faltando a eles não é nenhuma
benesse, mas um pacote de oportunidades. Não se trata de caridade. O que queremos é deixá-los
fortes e independentes, que eles aprendam a se agrupar para aumentar a renda”, afirmou a ministra.
Kátia Abreu fez a declaração após assinar um Termo de Cooperação Técnica com o Serviço
Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). O objetivo da parceria é agregar valor a
seus produtos e serviços e ampliar a renda dos pequenos agropecuaristas.
Melhorar a produtividade – A ministra afirmou que, diferentemente das cidades - que contam com
50% de sua população na classe média - o campo tem apenas 16% de produtores nesta faixa de
renda. Os 6% agropecuaristas mais ricos são responsáveis por 70% de toda a produção nacional,
enquanto os 78% das faixas D e E produzem apenas 9%. “Essa distorção é inaceitável”, comentou.
O novo programa visa a aumentar a produtividade dos pequenos agricultores, que geralmente não
têm competitividade porque pagam caro pelos insumos e vendem a preços baixos seus produtos. A
melhora na performance dessas propriedades, porém, ocorrerá sem aumento do desmatamento,
garantiu Kátia Abreu.
“Nós não queremos, não podemos e não devemos desmatar mais”, afirmou. “Se melhorarmos a
performance desses produtores, teremos condições de aumentar a produtividade sem desmatar, mas
com assistência técnica e extensão rural”.
Mapa e Sebrae assinam Termo de Cooperação para capacitação de pequenos produtores
Assessoria de Comunicação Social do Mapa
31/03/2015
Priscilla Mendes
A ministra Kátia Abreu (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e o presidente do Serviço Brasileiro
de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Luiz Barretto, assinaram nesta segunda-feira (30)
acordo de cooperação técnica com o objetivo de disseminar tecnologias que aumentem a
competitividade dos pequenos negócios rurais contribuindo para a ascensão à classe média de
produtores das classes D e E.
Conselho Nacional do Café – CNC
SCN Quadra 01, Bl. “C”, Ed. Brasília Trade Center, 11º andar, sala 1.101 - CEP 70711-902 – Brasília (DF)
Assessoria de Comunicação: (61) 3226-2269 / 8114-6632
E-mail: imprensa@cncafe.com.br / www.twitter.com/pauloandreck
O país tem mais de 5 milhões de propriedades rurais, que geram 16,6 milhões de postos de trabalho
no campo, sendo 12 milhões nos pequenos negócios rurais. “Contem comigo para buscar o
diagnóstico correto das dificuldades que devemos superar, e também para procurar novas
oportunidades, novos negócios e novos mercados. Nossa Agricultura tem solidez e consistência”,
disse a ministra Kátia Abreu.
"A partir desse acordo, buscamos o fortalecimento da parcela intermediária desse universo, a
chamada classe média rural, que representa cerca de 800 mil estabelecimentos agropecuários”,
afirma o presidente do Sebrae, Luiz Barretto.
Indicações Geográficas e Agricultura de Baixo Carbono – Com o acordo, Mapa e Sebrae
pretendem ampliar a renda e agregar valor a produtos e serviços do agronegócio. O Termo de
Cooperação prevê, por exemplo, a ampliação do uso de Indicações Geográficas e de marcas
coletivas, além da difusão de técnicas de Agricultura de Baixo Carbono.
A fim de fomentar a parceria sustentável e melhorar a competitividade, as micro e pequenas
empresas rurais deverão ser inseridas em cadeias de produção capitaneadas por grandes empresas,
alinhadas à perspectiva de encadeamento produtivo.
Para isso, o Sebrae desenvolve uma metodologia de trabalho que passa por cinco etapas:
mapeamento da demanda de bens e serviços e requisitos; diagnóstico da situação atual da pequena
empresa; plano de ação; consultoria e capacitação e avaliação da evolução das pequenas empresas.
Essas etapas são desenvolvidas após a grande empresa assumir compromisso junto ao Sebrae para
a estruturação da cadeia produtiva.
Mapa e Sebrae pretendem ainda capacitar pequenos produtores rurais e empresários
disponibilizando consultorias tecnológicas e de gestão. O objetivo é elevar o nível de competitividade,
promovendo ascensão à classe média rural.
A cooperação entre os dois órgãos também visa a preparar os pequenos produtores para acesso a
mercados diferenciados e a oportunidades em grandes eventos, como as Olimpíadas de 2016. Para
isso, serão traçadas estratégias de mercado a fim de promover acesso ao comércio exterior e à
internacionalização dos pequenos negócios rurais.
Mapa fará busca ativa de produtores que podem ascender à classe média
Assessoria de Comunicação Social do Mapa
31/03/2015
Priscilla Mendes
A ministra Kátia Abreu (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) afirmou nesta segunda-feira (30) que
o governo fará uma busca ativa dos produtores rurais que têm potencial de ascender à classe média.
Esses agricultores serão atendidos por um programa que está em elaboração no Mapa. O objetivo é
aumentar a renda das pequenas propriedades por meio de assistência técnica e extensão.
O Termo de Cooperação Técnica entre o Sebrae e o Mapa foi assinado, nesta segunda-feira (30),
pela ministra e pelo presidente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas
(Sebrae), Luiz Barretto. Para Kátia Abreu, este é o primeiro passo para o programa de mobilidade
social no campo anunciado em seu discurso de posse.
Conselho Nacional do Café – CNC
SCN Quadra 01, Bl. “C”, Ed. Brasília Trade Center, 11º andar, sala 1.101 - CEP 70711-902 – Brasília (DF)
Assessoria de Comunicação: (61) 3226-2269 / 8114-6632
E-mail: imprensa@cncafe.com.br / www.twitter.com/pauloandreck
Pesquisa e inovação democratizadas – O Ministério, em parceria com a Fundação Cesgranrio, está
mapeando as 557 microrregiões do país para encontrar, inicialmente, 100 mil produtores rurais aptos
a receberem assistência do programa.
“Com ajuda das entidades de classe, das cooperativas e das associações, não teremos dificuldade
para encontrar aquele que está com faturamento baixo e precisa melhorar sua renda”, afirmou a
ministra.
“Vamos começar com aqueles que já estão próximos desse alcance de renda média para darmos um
empurrão com os instrumentos e oportunidades que estão no mercado, democratizando a pesquisa e
a inovação. Essas técnicas já são utilizadas pelos grandes, mas ainda não chegaram aos pequenos”,
disse.
O presidente do Sebrae disse que a agropecuária é um dos setores mais pujantes da economia, mas
ainda apresenta lacunas. “Pequenos produtores precisam de apoio para entrarem no mercado, o que
podemos e temos obrigação de oferecer”, afirmou Luiz Barretto. “Este é o início de um processo que
terá grandes resultados concretos”, concluiu.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Informe Rural - 13/06/2013
Informe Rural - 13/06/2013Informe Rural - 13/06/2013
Informe Rural - 13/06/2013
Informe Rural
 
Clipping cnc 27042016 versão de impressão
Clipping cnc 27042016   versão de impressãoClipping cnc 27042016   versão de impressão
Clipping cnc 27042016 versão de impressão
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 25082015 versão de impressão
Clipping cnc 25082015   versão de impressãoClipping cnc 25082015   versão de impressão
Clipping cnc 25082015 versão de impressão
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 22e23052018
Clipping cnc 22e23052018Clipping cnc 22e23052018
Clipping cnc 22e23052018
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 15052017 versão de impressão
Clipping cnc 15052017   versão de impressãoClipping cnc 15052017   versão de impressão
Clipping cnc 15052017 versão de impressão
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Informe Rural - 20/02/14
Informe Rural - 20/02/14Informe Rural - 20/02/14
Informe Rural - 20/02/14
Informe Rural
 
Microbacias II atende produtor de frutas da região de Jundaí
Microbacias II atende produtor de frutas da região de JundaíMicrobacias II atende produtor de frutas da região de Jundaí
Microbacias II atende produtor de frutas da região de Jundaí
Agricultura Sao Paulo
 
Informe Rural - 19/06/2013
 Informe Rural - 19/06/2013 Informe Rural - 19/06/2013
Informe Rural - 19/06/2013
Informe Rural
 
Clipping cnc 29042015 versão de impressão
Clipping cnc 29042015   versão de impressãoClipping cnc 29042015   versão de impressão
Clipping cnc 29042015 versão de impressão
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 09042014 versao de impressao
Clipping cnc 09042014   versao de impressaoClipping cnc 09042014   versao de impressao
Clipping cnc 09042014 versao de impressao
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 12082014 versao de impressao
Clipping cnc 12082014   versao de impressaoClipping cnc 12082014   versao de impressao
Clipping cnc 12082014 versao de impressao
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 16032016 versão de impressão
Clipping cnc 16032016   versão de impressãoClipping cnc 16032016   versão de impressão
Clipping cnc 16032016 versão de impressão
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Compras Governamentais: Oportunidade de mercado e renda para Agricultura Fami...
Compras Governamentais: Oportunidade de mercado e renda para Agricultura Fami...Compras Governamentais: Oportunidade de mercado e renda para Agricultura Fami...
Compras Governamentais: Oportunidade de mercado e renda para Agricultura Fami...
FETAEP
 
Clipping cnc 18092017 versão de impressão
Clipping cnc 18092017   versão de impressãoClipping cnc 18092017   versão de impressão
Clipping cnc 18092017 versão de impressão
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Relatorio v.5 n.6
Relatorio v.5 n.6Relatorio v.5 n.6
Relatorio v.5 n.6
Thiago Tavares
 
Clipping cnc 27072015 versão de impressão
Clipping cnc 27072015   versão de impressãoClipping cnc 27072015   versão de impressão
Clipping cnc 27072015 versão de impressão
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Informe rural 17/07/13
Informe rural 17/07/13Informe rural 17/07/13
Informe rural 17/07/13
Informe Rural
 
AGROINDÚSTRIA FAMILIAR RURAL - ENTRAVES
AGROINDÚSTRIA FAMILIAR RURAL - ENTRAVESAGROINDÚSTRIA FAMILIAR RURAL - ENTRAVES
AGROINDÚSTRIA FAMILIAR RURAL - ENTRAVES
Carima Atiyel
 
Clipping cnc 24052016 versão de impressão
Clipping cnc 24052016   versão de impressãoClipping cnc 24052016   versão de impressão
Clipping cnc 24052016 versão de impressão
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Informe Rural - 22/08/13
Informe Rural -  22/08/13Informe Rural -  22/08/13
Informe Rural - 22/08/13
Informe Rural
 

Mais procurados (20)

Informe Rural - 13/06/2013
Informe Rural - 13/06/2013Informe Rural - 13/06/2013
Informe Rural - 13/06/2013
 
Clipping cnc 27042016 versão de impressão
Clipping cnc 27042016   versão de impressãoClipping cnc 27042016   versão de impressão
Clipping cnc 27042016 versão de impressão
 
Clipping cnc 25082015 versão de impressão
Clipping cnc 25082015   versão de impressãoClipping cnc 25082015   versão de impressão
Clipping cnc 25082015 versão de impressão
 
Clipping cnc 22e23052018
Clipping cnc 22e23052018Clipping cnc 22e23052018
Clipping cnc 22e23052018
 
Clipping cnc 15052017 versão de impressão
Clipping cnc 15052017   versão de impressãoClipping cnc 15052017   versão de impressão
Clipping cnc 15052017 versão de impressão
 
Informe Rural - 20/02/14
Informe Rural - 20/02/14Informe Rural - 20/02/14
Informe Rural - 20/02/14
 
Microbacias II atende produtor de frutas da região de Jundaí
Microbacias II atende produtor de frutas da região de JundaíMicrobacias II atende produtor de frutas da região de Jundaí
Microbacias II atende produtor de frutas da região de Jundaí
 
Informe Rural - 19/06/2013
 Informe Rural - 19/06/2013 Informe Rural - 19/06/2013
Informe Rural - 19/06/2013
 
Clipping cnc 29042015 versão de impressão
Clipping cnc 29042015   versão de impressãoClipping cnc 29042015   versão de impressão
Clipping cnc 29042015 versão de impressão
 
Clipping cnc 09042014 versao de impressao
Clipping cnc 09042014   versao de impressaoClipping cnc 09042014   versao de impressao
Clipping cnc 09042014 versao de impressao
 
Clipping cnc 12082014 versao de impressao
Clipping cnc 12082014   versao de impressaoClipping cnc 12082014   versao de impressao
Clipping cnc 12082014 versao de impressao
 
Clipping cnc 16032016 versão de impressão
Clipping cnc 16032016   versão de impressãoClipping cnc 16032016   versão de impressão
Clipping cnc 16032016 versão de impressão
 
Compras Governamentais: Oportunidade de mercado e renda para Agricultura Fami...
Compras Governamentais: Oportunidade de mercado e renda para Agricultura Fami...Compras Governamentais: Oportunidade de mercado e renda para Agricultura Fami...
Compras Governamentais: Oportunidade de mercado e renda para Agricultura Fami...
 
Clipping cnc 18092017 versão de impressão
Clipping cnc 18092017   versão de impressãoClipping cnc 18092017   versão de impressão
Clipping cnc 18092017 versão de impressão
 
Relatorio v.5 n.6
Relatorio v.5 n.6Relatorio v.5 n.6
Relatorio v.5 n.6
 
Clipping cnc 27072015 versão de impressão
Clipping cnc 27072015   versão de impressãoClipping cnc 27072015   versão de impressão
Clipping cnc 27072015 versão de impressão
 
Informe rural 17/07/13
Informe rural 17/07/13Informe rural 17/07/13
Informe rural 17/07/13
 
AGROINDÚSTRIA FAMILIAR RURAL - ENTRAVES
AGROINDÚSTRIA FAMILIAR RURAL - ENTRAVESAGROINDÚSTRIA FAMILIAR RURAL - ENTRAVES
AGROINDÚSTRIA FAMILIAR RURAL - ENTRAVES
 
Clipping cnc 24052016 versão de impressão
Clipping cnc 24052016   versão de impressãoClipping cnc 24052016   versão de impressão
Clipping cnc 24052016 versão de impressão
 
Informe Rural - 22/08/13
Informe Rural -  22/08/13Informe Rural -  22/08/13
Informe Rural - 22/08/13
 

Destaque

Geografia margareth..
Geografia margareth..Geografia margareth..
Geografia margareth..
L Fernando F Pinto
 
1++==800++==976++==2560 QUickBooks payroll customer support phone number <...
1++==800++==976++==2560 QUickBooks payroll customer support phone number <...1++==800++==976++==2560 QUickBooks payroll customer support phone number <...
1++==800++==976++==2560 QUickBooks payroll customer support phone number <...
vikram singh
 
Dasar-dasar Kewirausahaan
Dasar-dasar KewirausahaanDasar-dasar Kewirausahaan
Dasar-dasar Kewirausahaan
Bogor, Indonesia
 
Regulamento da Série B 2011
Regulamento da Série B 2011Regulamento da Série B 2011
Regulamento da Série B 2011
cassiozirpoli
 
Zim case;From El nino to La Nina Mugiyo Hillary
Zim case;From El nino to La Nina Mugiyo HillaryZim case;From El nino to La Nina Mugiyo Hillary
Zim case;From El nino to La Nina Mugiyo Hillary
Hillary Mugiyo
 
Sample feedback-11
Sample feedback-11Sample feedback-11
Sample feedback-11
n n
 
emprendiminto
emprendimintoemprendiminto
emprendiminto
Brayan Cardenas
 
Clipping cnc 30032015 versão de impressão
Clipping cnc 30032015   versão de impressãoClipping cnc 30032015   versão de impressão
Clipping cnc 30032015 versão de impressão
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Resolucao do_problema_dos_navios
Resolucao do_problema_dos_naviosResolucao do_problema_dos_navios
Resolucao do_problema_dos_navios
Glaucia_Vieira
 
Clipping cnc 06e07042015 versão de impressão
Clipping cnc 06e07042015   versão de impressãoClipping cnc 06e07042015   versão de impressão
Clipping cnc 06e07042015 versão de impressão
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 01092015 versão de impressão
Clipping cnc 01092015   versão de impressãoClipping cnc 01092015   versão de impressão
Clipping cnc 01092015 versão de impressão
Paulo André Colucci Kawasaki
 

Destaque (12)

Geografia margareth..
Geografia margareth..Geografia margareth..
Geografia margareth..
 
1++==800++==976++==2560 QUickBooks payroll customer support phone number <...
1++==800++==976++==2560 QUickBooks payroll customer support phone number <...1++==800++==976++==2560 QUickBooks payroll customer support phone number <...
1++==800++==976++==2560 QUickBooks payroll customer support phone number <...
 
Renata de oliveira
Renata de oliveiraRenata de oliveira
Renata de oliveira
 
Dasar-dasar Kewirausahaan
Dasar-dasar KewirausahaanDasar-dasar Kewirausahaan
Dasar-dasar Kewirausahaan
 
Regulamento da Série B 2011
Regulamento da Série B 2011Regulamento da Série B 2011
Regulamento da Série B 2011
 
Zim case;From El nino to La Nina Mugiyo Hillary
Zim case;From El nino to La Nina Mugiyo HillaryZim case;From El nino to La Nina Mugiyo Hillary
Zim case;From El nino to La Nina Mugiyo Hillary
 
Sample feedback-11
Sample feedback-11Sample feedback-11
Sample feedback-11
 
emprendiminto
emprendimintoemprendiminto
emprendiminto
 
Clipping cnc 30032015 versão de impressão
Clipping cnc 30032015   versão de impressãoClipping cnc 30032015   versão de impressão
Clipping cnc 30032015 versão de impressão
 
Resolucao do_problema_dos_navios
Resolucao do_problema_dos_naviosResolucao do_problema_dos_navios
Resolucao do_problema_dos_navios
 
Clipping cnc 06e07042015 versão de impressão
Clipping cnc 06e07042015   versão de impressãoClipping cnc 06e07042015   versão de impressão
Clipping cnc 06e07042015 versão de impressão
 
Clipping cnc 01092015 versão de impressão
Clipping cnc 01092015   versão de impressãoClipping cnc 01092015   versão de impressão
Clipping cnc 01092015 versão de impressão
 

Semelhante a Clipping cnc 31032015 versão de impressão

Clipping cnc 20102015 versão de impressão
Clipping cnc 20102015   versão de impressãoClipping cnc 20102015   versão de impressão
Clipping cnc 20102015 versão de impressão
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 15e16072015 versão de impressão
Clipping cnc 15e16072015   versão de impressãoClipping cnc 15e16072015   versão de impressão
Clipping cnc 15e16072015 versão de impressão
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 27092016 versão de impressão
Clipping cnc 27092016   versão de impressãoClipping cnc 27092016   versão de impressão
Clipping cnc 27092016 versão de impressão
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 09072015 versão de impressão
Clipping cnc 09072015   versão de impressãoClipping cnc 09072015   versão de impressão
Clipping cnc 09072015 versão de impressão
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 02092015 versão de impressão
Clipping cnc 02092015   versão de impressãoClipping cnc 02092015   versão de impressão
Clipping cnc 02092015 versão de impressão
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 05072016 versão de impressão
Clipping cnc 05072016   versão de impressãoClipping cnc 05072016   versão de impressão
Clipping cnc 05072016 versão de impressão
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 19022015 versão de impressão
Clipping cnc 19022015   versão de impressãoClipping cnc 19022015   versão de impressão
Clipping cnc 19022015 versão de impressão
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 18082015 versão de impressão
Clipping cnc 18082015   versão de impressãoClipping cnc 18082015   versão de impressão
Clipping cnc 18082015 versão de impressão
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 27082014 versao de impressao
Clipping cnc 27082014   versao de impressaoClipping cnc 27082014   versao de impressao
Clipping cnc 27082014 versao de impressao
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 06022017 versão de impressão
Clipping cnc 06022017   versão de impressãoClipping cnc 06022017   versão de impressão
Clipping cnc 06022017 versão de impressão
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 21072014 versao de impressao
Clipping cnc 21072014   versao de impressaoClipping cnc 21072014   versao de impressao
Clipping cnc 21072014 versao de impressao
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 07112016 versão de impressão
Clipping cnc 07112016   versão de impressãoClipping cnc 07112016   versão de impressão
Clipping cnc 07112016 versão de impressão
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 21102016 versão de impressão
Clipping cnc 21102016   versão de impressãoClipping cnc 21102016   versão de impressão
Clipping cnc 21102016 versão de impressão
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 25092017 versão de impressão
Clipping cnc 25092017   versão de impressãoClipping cnc 25092017   versão de impressão
Clipping cnc 25092017 versão de impressão
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 15012018 versão de impressão
Clipping cnc 15012018   versão de impressãoClipping cnc 15012018   versão de impressão
Clipping cnc 15012018 versão de impressão
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 24062015 versão de impressão
Clipping cnc 24062015   versão de impressãoClipping cnc 24062015   versão de impressão
Clipping cnc 24062015 versão de impressão
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 26082015 versão de impressão
Clipping cnc 26082015   versão de impressãoClipping cnc 26082015   versão de impressão
Clipping cnc 26082015 versão de impressão
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Funcafe2009 f4
Funcafe2009 f4Funcafe2009 f4
Funcafe2009 f4
nataliafernandes
 
Relatório Funcafe 2009
Relatório Funcafe 2009 Relatório Funcafe 2009
Relatório Funcafe 2009
Sergio Pereira
 
Clipping cnc 28012015 versão de impressão
Clipping cnc 28012015   versão de impressãoClipping cnc 28012015   versão de impressão
Clipping cnc 28012015 versão de impressão
Paulo André Colucci Kawasaki
 

Semelhante a Clipping cnc 31032015 versão de impressão (20)

Clipping cnc 20102015 versão de impressão
Clipping cnc 20102015   versão de impressãoClipping cnc 20102015   versão de impressão
Clipping cnc 20102015 versão de impressão
 
Clipping cnc 15e16072015 versão de impressão
Clipping cnc 15e16072015   versão de impressãoClipping cnc 15e16072015   versão de impressão
Clipping cnc 15e16072015 versão de impressão
 
Clipping cnc 27092016 versão de impressão
Clipping cnc 27092016   versão de impressãoClipping cnc 27092016   versão de impressão
Clipping cnc 27092016 versão de impressão
 
Clipping cnc 09072015 versão de impressão
Clipping cnc 09072015   versão de impressãoClipping cnc 09072015   versão de impressão
Clipping cnc 09072015 versão de impressão
 
Clipping cnc 02092015 versão de impressão
Clipping cnc 02092015   versão de impressãoClipping cnc 02092015   versão de impressão
Clipping cnc 02092015 versão de impressão
 
Clipping cnc 05072016 versão de impressão
Clipping cnc 05072016   versão de impressãoClipping cnc 05072016   versão de impressão
Clipping cnc 05072016 versão de impressão
 
Clipping cnc 19022015 versão de impressão
Clipping cnc 19022015   versão de impressãoClipping cnc 19022015   versão de impressão
Clipping cnc 19022015 versão de impressão
 
Clipping cnc 18082015 versão de impressão
Clipping cnc 18082015   versão de impressãoClipping cnc 18082015   versão de impressão
Clipping cnc 18082015 versão de impressão
 
Clipping cnc 27082014 versao de impressao
Clipping cnc 27082014   versao de impressaoClipping cnc 27082014   versao de impressao
Clipping cnc 27082014 versao de impressao
 
Clipping cnc 06022017 versão de impressão
Clipping cnc 06022017   versão de impressãoClipping cnc 06022017   versão de impressão
Clipping cnc 06022017 versão de impressão
 
Clipping cnc 21072014 versao de impressao
Clipping cnc 21072014   versao de impressaoClipping cnc 21072014   versao de impressao
Clipping cnc 21072014 versao de impressao
 
Clipping cnc 07112016 versão de impressão
Clipping cnc 07112016   versão de impressãoClipping cnc 07112016   versão de impressão
Clipping cnc 07112016 versão de impressão
 
Clipping cnc 21102016 versão de impressão
Clipping cnc 21102016   versão de impressãoClipping cnc 21102016   versão de impressão
Clipping cnc 21102016 versão de impressão
 
Clipping cnc 25092017 versão de impressão
Clipping cnc 25092017   versão de impressãoClipping cnc 25092017   versão de impressão
Clipping cnc 25092017 versão de impressão
 
Clipping cnc 15012018 versão de impressão
Clipping cnc 15012018   versão de impressãoClipping cnc 15012018   versão de impressão
Clipping cnc 15012018 versão de impressão
 
Clipping cnc 24062015 versão de impressão
Clipping cnc 24062015   versão de impressãoClipping cnc 24062015   versão de impressão
Clipping cnc 24062015 versão de impressão
 
Clipping cnc 26082015 versão de impressão
Clipping cnc 26082015   versão de impressãoClipping cnc 26082015   versão de impressão
Clipping cnc 26082015 versão de impressão
 
Funcafe2009 f4
Funcafe2009 f4Funcafe2009 f4
Funcafe2009 f4
 
Relatório Funcafe 2009
Relatório Funcafe 2009 Relatório Funcafe 2009
Relatório Funcafe 2009
 
Clipping cnc 28012015 versão de impressão
Clipping cnc 28012015   versão de impressãoClipping cnc 28012015   versão de impressão
Clipping cnc 28012015 versão de impressão
 

Mais de Paulo André Colucci Kawasaki

Thatiana pimentel diario de pernambuco
Thatiana pimentel   diario de pernambucoThatiana pimentel   diario de pernambuco
Thatiana pimentel diario de pernambuco
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Abics fechamento outubro
Abics   fechamento outubroAbics   fechamento outubro
Abics fechamento outubro
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Cecafe relatorio-mensal-outubro-2018
Cecafe relatorio-mensal-outubro-2018Cecafe relatorio-mensal-outubro-2018
Cecafe relatorio-mensal-outubro-2018
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 19062018
Clipping cnc 19062018Clipping cnc 19062018
Clipping cnc 19062018
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 18062018
Clipping cnc 18062018Clipping cnc 18062018
Clipping cnc 18062018
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Relatorio anual de gestao 2017
Relatorio anual de gestao   2017Relatorio anual de gestao   2017
Relatorio anual de gestao 2017
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 14062018
Clipping cnc 14062018Clipping cnc 14062018
Clipping cnc 14062018
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 12e13062018
Clipping cnc 12e13062018Clipping cnc 12e13062018
Clipping cnc 12e13062018
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Cecafe relatorio-mensal-maio-2018
Cecafe relatorio-mensal-maio-2018Cecafe relatorio-mensal-maio-2018
Cecafe relatorio-mensal-maio-2018
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 11062018
Clipping cnc 11062018Clipping cnc 11062018
Clipping cnc 11062018
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 07062018
Clipping cnc 07062018Clipping cnc 07062018
Clipping cnc 07062018
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 06062018
Clipping cnc 06062018Clipping cnc 06062018
Clipping cnc 06062018
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 05062018
Clipping cnc 05062018Clipping cnc 05062018
Clipping cnc 05062018
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 04062018
Clipping cnc 04062018Clipping cnc 04062018
Clipping cnc 04062018
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 28052018
Clipping cnc 28052018Clipping cnc 28052018
Clipping cnc 28052018
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 21052018
Clipping cnc 21052018Clipping cnc 21052018
Clipping cnc 21052018
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 15e16052018
Clipping cnc   15e16052018Clipping cnc   15e16052018
Clipping cnc 15e16052018
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 14052018
Clipping cnc 14052018Clipping cnc 14052018
Clipping cnc 14052018
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 09052018
Clipping cnc 09052018Clipping cnc 09052018
Clipping cnc 09052018
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 18042018
Clipping cnc 18042018Clipping cnc 18042018
Clipping cnc 18042018
Paulo André Colucci Kawasaki
 

Mais de Paulo André Colucci Kawasaki (20)

Thatiana pimentel diario de pernambuco
Thatiana pimentel   diario de pernambucoThatiana pimentel   diario de pernambuco
Thatiana pimentel diario de pernambuco
 
Abics fechamento outubro
Abics   fechamento outubroAbics   fechamento outubro
Abics fechamento outubro
 
Cecafe relatorio-mensal-outubro-2018
Cecafe relatorio-mensal-outubro-2018Cecafe relatorio-mensal-outubro-2018
Cecafe relatorio-mensal-outubro-2018
 
Clipping cnc 19062018
Clipping cnc 19062018Clipping cnc 19062018
Clipping cnc 19062018
 
Clipping cnc 18062018
Clipping cnc 18062018Clipping cnc 18062018
Clipping cnc 18062018
 
Relatorio anual de gestao 2017
Relatorio anual de gestao   2017Relatorio anual de gestao   2017
Relatorio anual de gestao 2017
 
Clipping cnc 14062018
Clipping cnc 14062018Clipping cnc 14062018
Clipping cnc 14062018
 
Clipping cnc 12e13062018
Clipping cnc 12e13062018Clipping cnc 12e13062018
Clipping cnc 12e13062018
 
Cecafe relatorio-mensal-maio-2018
Cecafe relatorio-mensal-maio-2018Cecafe relatorio-mensal-maio-2018
Cecafe relatorio-mensal-maio-2018
 
Clipping cnc 11062018
Clipping cnc 11062018Clipping cnc 11062018
Clipping cnc 11062018
 
Clipping cnc 07062018
Clipping cnc 07062018Clipping cnc 07062018
Clipping cnc 07062018
 
Clipping cnc 06062018
Clipping cnc 06062018Clipping cnc 06062018
Clipping cnc 06062018
 
Clipping cnc 05062018
Clipping cnc 05062018Clipping cnc 05062018
Clipping cnc 05062018
 
Clipping cnc 04062018
Clipping cnc 04062018Clipping cnc 04062018
Clipping cnc 04062018
 
Clipping cnc 28052018
Clipping cnc 28052018Clipping cnc 28052018
Clipping cnc 28052018
 
Clipping cnc 21052018
Clipping cnc 21052018Clipping cnc 21052018
Clipping cnc 21052018
 
Clipping cnc 15e16052018
Clipping cnc   15e16052018Clipping cnc   15e16052018
Clipping cnc 15e16052018
 
Clipping cnc 14052018
Clipping cnc 14052018Clipping cnc 14052018
Clipping cnc 14052018
 
Clipping cnc 09052018
Clipping cnc 09052018Clipping cnc 09052018
Clipping cnc 09052018
 
Clipping cnc 18042018
Clipping cnc 18042018Clipping cnc 18042018
Clipping cnc 18042018
 

Clipping cnc 31032015 versão de impressão

  • 1. Conselho Nacional do Café – CNC SCN Quadra 01, Bl. “C”, Ed. Brasília Trade Center, 11º andar, sala 1.101 - CEP 70711-902 – Brasília (DF) Assessoria de Comunicação: (61) 3226-2269 / 8114-6632 E-mail: imprensa@cncafe.com.br / www.twitter.com/pauloandreck CLIPPING – 31/03/2015 Acesse: www.cncafe.com.br Conab divulga comunicado suspendendo leilão de estoques públicos de café P1 / Ascom CNC 31/03/2015 Paulo A. C. Kawasaki Atendendo a um pedido do setor produtor da cafeicultura brasileira, encabeçado pelo Conselho Nacional do Café (CNC) e pela Comissão Nacional do Café da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, senadora Kátia Abreu, contatou a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e solicitou o cancelamento do leilão dos estoques públicos de café, previsto para ocorrer amanhã, dia 1º de abril. Como efeito, a estatal publicou, nesta terça-feira, 31 de março, o COMUNICADO/DIRAB/SUOPE/GECOM Nº 052, de 30/03/2015, com referência ao AVISO DE VENDA DE CAFÉ EM GRÃOS Nº 041, de 1º/04/2015, no qual informa “O CANCELAMENTO DO AVISO Nº 041/15”. O CNC, na figura de seu presidente executivo, deputado federal Silas Brasileiro (foto: Ruy Baron/Valor), agradece à ministra Kátia Abreu por essa atitude coerente com a realidade do setor, haja vista que estamos na iminência da entrada de uma nova safra. Além disso, também ressalta a importância de termos uma titular na Pasta que não se omita mediante a necessidade de decisões que precisam ser tomadas em tempo hábil, sem que haja prejuízos aos segmentos da agropecuária brasileira. Federação do Cerrado e parceiros fazem gestões na área de Meio Ambiente Ascom Federação dos Cafeicultores do Cerrado 31/03/2015 Sônia Lopes No último dia 24 de fevereiro, o presidente da Federação dos Cafeicultores do Cerrado, Francisco Sérgio de Assis (foto: Carol Carquejo/Valor), acompanhado de diretores do Sistema Região do Cerrado Mineiro e de representantes de outras entidades, como João Clovis Scheer, da Assobag - Associação Regional dos Usuários da Bacia do Rio Bagagem e seus Afluentes; Acácio Dianin da AUA - Associação dos Usuários das Águas da Região de Monte Carmelo; Carlos Paulino, da Cooxupé - Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé Ltda, e Fernando Faria, gestor de Recursos Hídricos da Região do Cerrado Mineiro, estiveram reunidos com o Secretário de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais, Dr. Luiz Sávio de Souza Cruz, em Belo Horizonte, para tratar de três assuntos importantes para todo o agronegócio. São eles: - Revisão da Resolução Conjunta SEMAD IGAM nº 2.249, de 30 de dezembro de 2014, que determina a necessidade de implantação de hidrômetros para medição de vazão da água captada. Segundo o apurado, esses equipamentos apresentam baixa eficiência, baixa durabilidade e trarão ônus aos produtores se implantados;
  • 2. Conselho Nacional do Café – CNC SCN Quadra 01, Bl. “C”, Ed. Brasília Trade Center, 11º andar, sala 1.101 - CEP 70711-902 – Brasília (DF) Assessoria de Comunicação: (61) 3226-2269 / 8114-6632 E-mail: imprensa@cncafe.com.br / www.twitter.com/pauloandreck - Agilização nos processos de pedido de construção de barramento, visto que o código ambiental mineiro já autoriza a construção e está havendo demora nas liberações; e - Necessidade de que as fiscalizações ambientais tenham um caráter educativo e não apenas punitivo, dando ao produtor a chance de se adequar. As entidades esperam, agora, que os pleitos sejam atendidos, dando melhores condições de trabalho para o produtor rural. Sustentabilidade: ES promoveu lançamento do Currículo de Sustentabilidade do Café Embrapa Café 31/03/2015 Juliana Esteves e Luciana Silvestre A sustentabilidade é uma tendência e uma demanda para a sociedade do século XXI. No âmbito da agricultura, é crescente a necessidade de aliar a produção a aspectos sociais e ambientais. Diante desse cenário, o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural - Incaper, instituição participante do Consórcio Pesquisa Café coordenado pela Embrapa Café, promoveu, no dia 19 de março, o Lançamento do Currículo de Sustentabilidade do Café - CSC, que apresenta diretrizes para a produção de cafés sustentáveis em todo o País. O diretor-técnico do Incaper, Lúcio Herzog De Muner, afirmou que a agenda da sustentabilidade da cafeicultura é de grande importância no cenário mundial. "Todas as regiões cafeeiras do Brasil possuem grandes desafios a serem enfrentados, que passam certamente pela produção com mais sustentabilidade, não só do ponto de vista econômico, mas também ambiental e social. O binômio produzir preservando e preservar produzindo, com responsabilidade social, está na agenda do café em âmbito mundial, e o Espírito Santo deseja se adequar a essa plataforma. Para que isso se efetive, é necessário planejamento, pesquisa científica e adoção de tecnologias, ações de assistência técnica e extensão rural e capacitações, fomento, gestão da propriedade e parcerias", falou De Muner. De acordo com o diretor do grupo empresarial P&A, Carlos Brando, que integra a coordenação do Programa Café Sustentável, o lançamento do CSC ocorreu no Espírito Santo devido à importância desse Estado para a cafeicultura nacional e mundial. "O lançamento ocorreu no Incaper, por ser uma instituição integrada de pesquisa, assistência técnica e extensão rural. Para que a sustentabilidade alcance os pequenos produtores, é necessário um contínuo trabalho extensionista", avaliou Carlos Brando. Atualmente, mais de 80% de todo o café produzido no mundo vem de pequenos produtores. Por isso, é essencial que eles adotem boas práticas agrícolas. Conforme o secretário de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), Octaciano Neto, o tema da sustentabilidade e a conservação de recursos hídricos é de vital importância na atualidade. "As propriedades, antes de produzirem café, precisam produzir água. A reservação de água e o uso de técnicas mais eficientes de irrigação passam a ser prioritários no nosso tempo. A segurança na produção de café passa pela segurança hídrica", disse Octaciano. Durante o evento, participaram representantes de diversas instituições do País, como a Embrapa Café, Ministério da Agricultura e Pecuária - MAPA, as Empresas de Assistência Técnica e Extensão Rural - Emater de Minas Gerais, Paraná, Rondônia e a Coordenadoria de Assistência Técnica Integral - CATI. Também estiveram presentes mais de dez instituições estaduais ligadas ao segmento
  • 3. Conselho Nacional do Café – CNC SCN Quadra 01, Bl. “C”, Ed. Brasília Trade Center, 11º andar, sala 1.101 - CEP 70711-902 – Brasília (DF) Assessoria de Comunicação: (61) 3226-2269 / 8114-6632 E-mail: imprensa@cncafe.com.br / www.twitter.com/pauloandreck da cafeicultura, como cooperativas, sindicatos, bancos e empresas do ramo cafeeiro, entre os quais destacam-se a Cooperativa Agrária dos Cafeicultores de São Gabriel - Cooabriel, Organização das Cooperativas Brasileiras - OCB, Cooperativa Agropecuária Centro Serrana - Coopeavi, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas - Sebrae, Sindicato da Indústria de Torrefação e Moagem de Café do Estado do Espírito Santo - Sincafé, Serviço Nacional de Aprendizagem Rural - Faes/Senar, Centro do Comércio de Café de Vitória - CCCV, Conselho dos Exportadores de Café do Brasil - Cecafé, Fundação de Desenvolvimento Agropecuário do Espírito Santo - Fundagres, Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo - Bandes, entre outras. Currículo Mínimo de Sustentabilidade – O Currículo Mínimo de Sustentabilidade consiste em um conjunto de normas e pontos comuns para produzir café com qualidade e sustentabilidade no Brasil e no mundo. São procedimentos para a produção de café economicamente viável, socialmente justa e ambientalmente correta, ou seja, uma produção que não impacte as pessoas e o meio ambiente. Entre os principais temas contidos no Currículo Mínimo, destacaram-se: a conservação da água na propriedade; gestão ambiental; gestão da propriedade; registro de informações e rastreabilidade; conservação do solo; destinação de resíduos e cuidados com a poluição e contaminação de água e solo; adequação à legislação trabalhista, com a garantia de segurança e saúde para o trabalhador; manejo agronômico produtivo; e procedimentos corretos de colheita. O Currículo de Sustentabilidade de Café foi construído baseado em diversos protocolos/plataformas de sustentabilidade cafeeira de distintas instituições e na Instrução Normativa 49/2013, do Ministério da Agricultura e Pecuária – MAPA, sobre boas práticas agrícolas e gestão da atividade cafeeira. Programa Café Sustentável – O Currículo Mínimo de Sustentabilidade é uma das ações do Programa Café Sustentável, uma iniciativa público-privada pré-competitiva global que envolve parceiros da indústria e do comércio, governos, ONGs e instituições verificadoras e certificadoras de sustentabilidade. O objetivo do Programa é aumentar o volume de café sustentável produzido e comercializado por meio do alinhamento de investimentos das partes interessadas em programas de apoio aos produtores para melhorar a qualidade de vida, permitir que sejam mais resilientes em um mercado mundial em constante mudança e aumentar a produtividade para satisfazer a demanda crescente de maneira sustentável. As metas do Programa para 2015 em relação ao número de produtores treinados em sustentabilidade no mundo são de 500 mil. Além disso, espera-se que 25% do café vendido no mundo seja sustentável e 40% do café produzido seja certificado. O Programa foi fundado pela Mondelez International, Nestlé, D.E Master Blenders 1753, Tchibo, Federação Europeia de Café e a Iniciativa de Comércio Sustentável (IDH, em holandês). No Espírito Santo, em 2014, foi lançado o Programa de Produção de Cafés Especiais Sustentáveis, coordenado pelo Sebrae e integrado por um conjunto de instituições, inclusive o Incaper. De acordo com esse programa, a meta é atingir 2 mil produtores e 500 propriedades de café arábica e conilon no Estado. A aplicação do Currículo de Sustentabilidade para os cafés do Espírito Santo poderá ser muito importante para a operacionalização desse programa estadual, pois poderá acelerar a implantação das boas práticas agrícolas e auxiliar a preparação das propriedades cafeeiras capixabas para a produção de cafés superiores e até especiais, bem como para sua certificação.
  • 4. Conselho Nacional do Café – CNC SCN Quadra 01, Bl. “C”, Ed. Brasília Trade Center, 11º andar, sala 1.101 - CEP 70711-902 – Brasília (DF) Assessoria de Comunicação: (61) 3226-2269 / 8114-6632 E-mail: imprensa@cncafe.com.br / www.twitter.com/pauloandreck IX SPCB: prorrogado prazo para envio dos trabalhos técnico-científicos até 8 de abril Gerência de Transferência de Tecnologia da Embrapa Café 31/03/2015 Flávia Bessa A comissão organizadora do IX Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil, realizado pelo Consórcio Pesquisa Café sob a coordenação da Embrapa Café, prorroga o prazo-limite para recebimento dos resumos dos trabalhos técnico-científicos: até 8 de abril. Os resumos devem ser encaminhados por meio da página do IX Simpósio (http://www.simposiocafe.sapc.embrapa.br) e serão analisados e selecionados pela comissão científica de 9 a 12 de abril. A divulgação do resultado será feita até 24 de abril. Espera-se a apresentação de cerca de 400 trabalhos técnico-científicos. Inscrições gratuitas – O evento será realizado de 24 a 26 de junho no Centro de Convenções de Curitiba, Paraná, e o Instituto Agronômico do Paraná – IAPAR será o anfitrião, com apoio do Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural - Emater-PR. As inscrições para os participantes do evento são gratuitas e devem ser feitas por meio do site http://www.simposiocafe.sapc.embrapa.br. O gerente geral da Embrapa Café, Gabriel Bartholo, lembra que o objetivo principal do Simpósio é apresentar resultados das pesquisas realizadas no âmbito do Consórcio Pesquisa Café e ainda promover ampla discussão da comunidade científica com os diversos setores da cadeia produtiva do café para garantir aumento da competitividade, melhoria da qualidade do produto e sustentabilidade do setor. "É uma oportunidade de promovermos amplo diálogo da comunidade científica com o setor produtivo e também de avaliarmos as pesquisas e as tecnologias que vêm sendo desenvolvidas pelo Consórcio, em sintonia com as demandas do agronegócio café", completa. Temas em debate – Alguns temas da programação do IX Simpósio já estão definidos e serão apresentados na conferência de abertura, em palestras, mesas-redondas, apresentações orais de trabalhos e sessões de pôsteres: uso racional de água, mudanças climáticas, café sombreado e agroecológico, cafeicultura de montanha, biotecnologia, tolerância à seca, manejo de pragas e doenças, fertilidade dos solos e nutrição do cafeeiro, café e saúde (propriedades funcionais e nutracêuticas), mercado e novas tendências de hábito de consumo, novos produtos e agregação de qualidade, transferência de tecnologia etc. Público esperado – Os Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil é uma realização bienal do Consórcio Pesquisa Café, coordenado pela Embrapa Café, e faz parte da agenda nacional de desenvolvimento científico e tecnológico. Desde 2000, foram realizadas oito edições do evento. Os anais dessas edições estão disponíveis aqui. Nesta IX edição, espera-se reunir aproximadamente 1000 participantes entre os diversos representantes dos setores que compõem o agronegócio café, como pesquisadores, técnicos da extensão rural, professores, estudantes universitários, lideranças dos diversos segmentos da cafeicultura, produtores de café, empresários do setor, imprensa especializada e demais interessados nos avanços da ciência e da tecnologia cafeeira.
  • 5. Conselho Nacional do Café – CNC SCN Quadra 01, Bl. “C”, Ed. Brasília Trade Center, 11º andar, sala 1.101 - CEP 70711-902 – Brasília (DF) Assessoria de Comunicação: (61) 3226-2269 / 8114-6632 E-mail: imprensa@cncafe.com.br / www.twitter.com/pauloandreck Mais informações do IX Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil pelo site http://www.simposiocafe.sapc.embrapa.br. Kátia Abreu: classe média rural não precisa de benesse, mas de oportunidade Assessoria de Comunicação Social do Mapa 31/03/2015 Priscilla Mendes A ministra Kátia Abreu (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) afirmou, nesta segunda-feira (30), que a classe média rural não precisa de benesses, mas de oportunidades. Ela deu detalhes sobre o programa que está sendo elaborado pelo Mapa para aumentar a renda das pequenas propriedades por meio de assistência técnica e extensão. “Nossos produtores têm toda a condição de subir na vida. O que está faltando a eles não é nenhuma benesse, mas um pacote de oportunidades. Não se trata de caridade. O que queremos é deixá-los fortes e independentes, que eles aprendam a se agrupar para aumentar a renda”, afirmou a ministra. Kátia Abreu fez a declaração após assinar um Termo de Cooperação Técnica com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). O objetivo da parceria é agregar valor a seus produtos e serviços e ampliar a renda dos pequenos agropecuaristas. Melhorar a produtividade – A ministra afirmou que, diferentemente das cidades - que contam com 50% de sua população na classe média - o campo tem apenas 16% de produtores nesta faixa de renda. Os 6% agropecuaristas mais ricos são responsáveis por 70% de toda a produção nacional, enquanto os 78% das faixas D e E produzem apenas 9%. “Essa distorção é inaceitável”, comentou. O novo programa visa a aumentar a produtividade dos pequenos agricultores, que geralmente não têm competitividade porque pagam caro pelos insumos e vendem a preços baixos seus produtos. A melhora na performance dessas propriedades, porém, ocorrerá sem aumento do desmatamento, garantiu Kátia Abreu. “Nós não queremos, não podemos e não devemos desmatar mais”, afirmou. “Se melhorarmos a performance desses produtores, teremos condições de aumentar a produtividade sem desmatar, mas com assistência técnica e extensão rural”. Mapa e Sebrae assinam Termo de Cooperação para capacitação de pequenos produtores Assessoria de Comunicação Social do Mapa 31/03/2015 Priscilla Mendes A ministra Kátia Abreu (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e o presidente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Luiz Barretto, assinaram nesta segunda-feira (30) acordo de cooperação técnica com o objetivo de disseminar tecnologias que aumentem a competitividade dos pequenos negócios rurais contribuindo para a ascensão à classe média de produtores das classes D e E.
  • 6. Conselho Nacional do Café – CNC SCN Quadra 01, Bl. “C”, Ed. Brasília Trade Center, 11º andar, sala 1.101 - CEP 70711-902 – Brasília (DF) Assessoria de Comunicação: (61) 3226-2269 / 8114-6632 E-mail: imprensa@cncafe.com.br / www.twitter.com/pauloandreck O país tem mais de 5 milhões de propriedades rurais, que geram 16,6 milhões de postos de trabalho no campo, sendo 12 milhões nos pequenos negócios rurais. “Contem comigo para buscar o diagnóstico correto das dificuldades que devemos superar, e também para procurar novas oportunidades, novos negócios e novos mercados. Nossa Agricultura tem solidez e consistência”, disse a ministra Kátia Abreu. "A partir desse acordo, buscamos o fortalecimento da parcela intermediária desse universo, a chamada classe média rural, que representa cerca de 800 mil estabelecimentos agropecuários”, afirma o presidente do Sebrae, Luiz Barretto. Indicações Geográficas e Agricultura de Baixo Carbono – Com o acordo, Mapa e Sebrae pretendem ampliar a renda e agregar valor a produtos e serviços do agronegócio. O Termo de Cooperação prevê, por exemplo, a ampliação do uso de Indicações Geográficas e de marcas coletivas, além da difusão de técnicas de Agricultura de Baixo Carbono. A fim de fomentar a parceria sustentável e melhorar a competitividade, as micro e pequenas empresas rurais deverão ser inseridas em cadeias de produção capitaneadas por grandes empresas, alinhadas à perspectiva de encadeamento produtivo. Para isso, o Sebrae desenvolve uma metodologia de trabalho que passa por cinco etapas: mapeamento da demanda de bens e serviços e requisitos; diagnóstico da situação atual da pequena empresa; plano de ação; consultoria e capacitação e avaliação da evolução das pequenas empresas. Essas etapas são desenvolvidas após a grande empresa assumir compromisso junto ao Sebrae para a estruturação da cadeia produtiva. Mapa e Sebrae pretendem ainda capacitar pequenos produtores rurais e empresários disponibilizando consultorias tecnológicas e de gestão. O objetivo é elevar o nível de competitividade, promovendo ascensão à classe média rural. A cooperação entre os dois órgãos também visa a preparar os pequenos produtores para acesso a mercados diferenciados e a oportunidades em grandes eventos, como as Olimpíadas de 2016. Para isso, serão traçadas estratégias de mercado a fim de promover acesso ao comércio exterior e à internacionalização dos pequenos negócios rurais. Mapa fará busca ativa de produtores que podem ascender à classe média Assessoria de Comunicação Social do Mapa 31/03/2015 Priscilla Mendes A ministra Kátia Abreu (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) afirmou nesta segunda-feira (30) que o governo fará uma busca ativa dos produtores rurais que têm potencial de ascender à classe média. Esses agricultores serão atendidos por um programa que está em elaboração no Mapa. O objetivo é aumentar a renda das pequenas propriedades por meio de assistência técnica e extensão. O Termo de Cooperação Técnica entre o Sebrae e o Mapa foi assinado, nesta segunda-feira (30), pela ministra e pelo presidente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Luiz Barretto. Para Kátia Abreu, este é o primeiro passo para o programa de mobilidade social no campo anunciado em seu discurso de posse.
  • 7. Conselho Nacional do Café – CNC SCN Quadra 01, Bl. “C”, Ed. Brasília Trade Center, 11º andar, sala 1.101 - CEP 70711-902 – Brasília (DF) Assessoria de Comunicação: (61) 3226-2269 / 8114-6632 E-mail: imprensa@cncafe.com.br / www.twitter.com/pauloandreck Pesquisa e inovação democratizadas – O Ministério, em parceria com a Fundação Cesgranrio, está mapeando as 557 microrregiões do país para encontrar, inicialmente, 100 mil produtores rurais aptos a receberem assistência do programa. “Com ajuda das entidades de classe, das cooperativas e das associações, não teremos dificuldade para encontrar aquele que está com faturamento baixo e precisa melhorar sua renda”, afirmou a ministra. “Vamos começar com aqueles que já estão próximos desse alcance de renda média para darmos um empurrão com os instrumentos e oportunidades que estão no mercado, democratizando a pesquisa e a inovação. Essas técnicas já são utilizadas pelos grandes, mas ainda não chegaram aos pequenos”, disse. O presidente do Sebrae disse que a agropecuária é um dos setores mais pujantes da economia, mas ainda apresenta lacunas. “Pequenos produtores precisam de apoio para entrarem no mercado, o que podemos e temos obrigação de oferecer”, afirmou Luiz Barretto. “Este é o início de um processo que terá grandes resultados concretos”, concluiu.