SlideShare uma empresa Scribd logo
1
2
3
Breve história:
Aristóteles (384 a.C. - 322.A.C)
Critério que utilizou: Agrupou os seres vivos, conforme tinham
ou não locomoção.
Baseado nesse critério agrupou os seres vivos em dois reinos:
Reino Animal e Reino Vegetal
Reino Animal
Sangue quente Sem sangue quente
Reino Vegetal
Árvores Arbustos Ervas
4
Carlos Lineu ( 1707 - 1778 )
► Manteve os dois reinos: Animal e Vegetal
► Em cada reino, criou grupos taxonómicos:
► Criou regras para atribuição do nome científico
5
Robert H. Whittaker (1920–1980)
Com a descoberta dos seres microscópicos e a evolução
do conhecimento científico, criou um novo sistema de
classificação:
Cinco Reinos
1 – Monera
2 – Protistas
3 – Fungos
4 – Plantas
5 - Animal
Reino Critérios Exemplos Esquema
Monera Unicelular sem núcleo
organizado.
bactérias
Protista Unicelular com núcleo
organizado.
protozoários
Fungos Unicelulares ou pluricelulares Bolores,
cogumelos
Plantas Seres fotossintéticos
uni/ ou pluricelulares
Algas, musgos,
feto, plantas
com flor.
Animal Pluricelulares com núcleo
organizado; nutrição por
ingestão
Espongiários,
anelídeos,
nematodes,
cordados
6
7
Ser vivo unicelular
Ser vivo pluricelular
1
2
1 Células sem núcleo
Células com núcleo
REINO DOS MONERA
REINO DOS PROTISTAS
2 Células sem parede celular
Células com parede celular
REINO DOS ANIMAIS
3
3 Com clorofila (geralmente com cor verde)
Sem clorofila (geralmente sem cor verde)
REINO DAS PLANTAS
REINO DOS FUNGOS
► Chave dicotómica para identificação dos reinos
8
Animais com coluna vertebral
Animais sem coluna vertebral
VERTEBRADOS
1
1 Corpo revestido de quitina e com patas articuladas
Corpo sem quitina nem patas articuladas
ARTRÓPODES
2
2 Corpo mole geralmente protegido por uma concha
Corpo sem concha
MOLUSCOS
3
3 Corpo cilíndrico dividido em anéis
Corpo esférico ou em forma de estrela, geralmente
com consistência dura
ANELÍDEOS
EQUINODERMES
9
Corpo com escamas
Corpo com penas, pêlos ou pele sem revestimento
1
2
1 Corpo com escamas originadas na zona superficial da
pele; sem membros ou com membros curtos;
locomoção por reptação
Corpo com escamas originadas na zona profunda da
pele; locomoção por barbatanas
RÉPTEIS
PEIXES
2 Animais com pele nua e húmida; vivem na terra e na
água
Animais com corpo revestido com penas ou pêlos
ANFÍBIOS
3
3 Corpo com penas; apresentam bico
Corpo com pêlos; após o nascimento alimentam-se do
leite da mãe
AVES
MAMÍFEROS
10
Animais com antenas
Animais sem antenas e com 4 pares de patas
1
ARACNÍDEOS
1 Com 1 par de antenas
Com 2 pares de antenas; corpo duro; 5 ou mais
pares de patas
2
CRUSTÁCEOS
2 Com 3 pares de patas
Com grande número de pares de patas; corpo
dividido em anéis (cada anel com 1 ou 2 pares
de patas)
INSETOS
MIRIÁPODES
11
Plantas com verdadeira raiz, caule e folhas
Plantas sem verdadeira raiz, caule nem folhas
1
2
1 Plantas com flor
Plantas sem flor
ESPERMATÓFITAS
PTERIDÓFITAS
2 Com rizóides, caulóides e filóides BRIÓFITAS
12
Fim

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Classificação biológica
Classificação biológicaClassificação biológica
Classificação biológica
andreepinto
 
Resumo teórico de taxonomia
Resumo teórico de taxonomiaResumo teórico de taxonomia
Resumo teórico de taxonomia
emanuel
 
Classificação dos seres vivos
Classificação dos seres vivosClassificação dos seres vivos
Classificação dos seres vivos
letyap
 
Taxonomia
TaxonomiaTaxonomia
Taxonomia
cejlrodrigues
 
1º Ano - Classificação dos Seres Vivos
1º Ano - Classificação dos Seres Vivos1º Ano - Classificação dos Seres Vivos
1º Ano - Classificação dos Seres Vivos
Escola Modelo de Iguatu
 
Taxonomia Sistemática: classificação biológica
Taxonomia Sistemática: classificação biológicaTaxonomia Sistemática: classificação biológica
Taxonomia Sistemática: classificação biológica
Fernando Pinto
 
Classificação biológica
Classificação biológicaClassificação biológica
Classificação biológica
Werner Mendoza Blanco
 
Taxonomia e sistématica
Taxonomia e sistématicaTaxonomia e sistématica
Taxonomia e sistématica
Daniel Victor
 
Notas de Aula - Sobre Classificação
Notas de Aula - Sobre ClassificaçãoNotas de Aula - Sobre Classificação
Notas de Aula - Sobre Classificação
Andrea Barreto
 
A1 taxionomia aula 2 - lineu categorias e nomenclatura binomial
A1   taxionomia aula 2 - lineu categorias e nomenclatura binomialA1   taxionomia aula 2 - lineu categorias e nomenclatura binomial
A1 taxionomia aula 2 - lineu categorias e nomenclatura binomial
Alexandre Pusaudse
 
Taxonomia (versão para aula)
Taxonomia  (versão para aula)Taxonomia  (versão para aula)
Taxonomia (versão para aula)
Mario Leonel Rodrigues
 
Nomenclatura zoológica Aula 2
Nomenclatura zoológica Aula 2Nomenclatura zoológica Aula 2
Nomenclatura zoológica Aula 2
Henrique Zini
 
Classificação dos seres vivos
Classificação dos seres vivosClassificação dos seres vivos
Classificação dos seres vivos
Simone Miranda
 
Biologia8 taxonomia
Biologia8 taxonomiaBiologia8 taxonomia
Biologia8 taxonomia
ajsmorais
 
3º Ano - Classificação dos Seres Vivos
3º Ano - Classificação dos Seres Vivos3º Ano - Classificação dos Seres Vivos
3º Ano - Classificação dos Seres Vivos
Escola Modelo de Iguatu
 
Seres vivos - características e classificação
Seres vivos - características e classificaçãoSeres vivos - características e classificação
Seres vivos - características e classificação
Governo do Estado do Rio Grande do Sul
 
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Classificação dos Seres Vivos
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Classificação dos Seres VivosSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Classificação dos Seres Vivos
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Classificação dos Seres Vivos
Turma Olímpica
 
Introdução à taxonomia
Introdução à taxonomiaIntrodução à taxonomia
Introdução à taxonomia
barucalves
 
Aula 1 sistema de classificação dos seres vivos
Aula 1   sistema de classificação dos seres vivosAula 1   sistema de classificação dos seres vivos
Aula 1 sistema de classificação dos seres vivos
Lucas Roberto
 
Nomenclatura taxonomia
Nomenclatura taxonomiaNomenclatura taxonomia
Nomenclatura taxonomia
Iuri Fretta Wiggers
 

Mais procurados (20)

Classificação biológica
Classificação biológicaClassificação biológica
Classificação biológica
 
Resumo teórico de taxonomia
Resumo teórico de taxonomiaResumo teórico de taxonomia
Resumo teórico de taxonomia
 
Classificação dos seres vivos
Classificação dos seres vivosClassificação dos seres vivos
Classificação dos seres vivos
 
Taxonomia
TaxonomiaTaxonomia
Taxonomia
 
1º Ano - Classificação dos Seres Vivos
1º Ano - Classificação dos Seres Vivos1º Ano - Classificação dos Seres Vivos
1º Ano - Classificação dos Seres Vivos
 
Taxonomia Sistemática: classificação biológica
Taxonomia Sistemática: classificação biológicaTaxonomia Sistemática: classificação biológica
Taxonomia Sistemática: classificação biológica
 
Classificação biológica
Classificação biológicaClassificação biológica
Classificação biológica
 
Taxonomia e sistématica
Taxonomia e sistématicaTaxonomia e sistématica
Taxonomia e sistématica
 
Notas de Aula - Sobre Classificação
Notas de Aula - Sobre ClassificaçãoNotas de Aula - Sobre Classificação
Notas de Aula - Sobre Classificação
 
A1 taxionomia aula 2 - lineu categorias e nomenclatura binomial
A1   taxionomia aula 2 - lineu categorias e nomenclatura binomialA1   taxionomia aula 2 - lineu categorias e nomenclatura binomial
A1 taxionomia aula 2 - lineu categorias e nomenclatura binomial
 
Taxonomia (versão para aula)
Taxonomia  (versão para aula)Taxonomia  (versão para aula)
Taxonomia (versão para aula)
 
Nomenclatura zoológica Aula 2
Nomenclatura zoológica Aula 2Nomenclatura zoológica Aula 2
Nomenclatura zoológica Aula 2
 
Classificação dos seres vivos
Classificação dos seres vivosClassificação dos seres vivos
Classificação dos seres vivos
 
Biologia8 taxonomia
Biologia8 taxonomiaBiologia8 taxonomia
Biologia8 taxonomia
 
3º Ano - Classificação dos Seres Vivos
3º Ano - Classificação dos Seres Vivos3º Ano - Classificação dos Seres Vivos
3º Ano - Classificação dos Seres Vivos
 
Seres vivos - características e classificação
Seres vivos - características e classificaçãoSeres vivos - características e classificação
Seres vivos - características e classificação
 
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Classificação dos Seres Vivos
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Classificação dos Seres VivosSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Classificação dos Seres Vivos
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Classificação dos Seres Vivos
 
Introdução à taxonomia
Introdução à taxonomiaIntrodução à taxonomia
Introdução à taxonomia
 
Aula 1 sistema de classificação dos seres vivos
Aula 1   sistema de classificação dos seres vivosAula 1   sistema de classificação dos seres vivos
Aula 1 sistema de classificação dos seres vivos
 
Nomenclatura taxonomia
Nomenclatura taxonomiaNomenclatura taxonomia
Nomenclatura taxonomia
 

Semelhante a Classificação seres vivos

Classificação dos seres vivos
Classificação dos seres vivosClassificação dos seres vivos
Classificação dos seres vivos
Paulo_Jorge
 
4 - morfologia e fisiologia animal
4 - morfologia e fisiologia animal4 - morfologia e fisiologia animal
4 - morfologia e fisiologia animal
Marcus Magarinho
 
Artrópodes e equinodermos
Artrópodes e equinodermosArtrópodes e equinodermos
Artrópodes e equinodermos
jrz758
 
Chelicerata 2013
Chelicerata 2013Chelicerata 2013
Chelicerata 2013
Amanda Ruthes
 
Aula 1 caracteristicas gerais dos animais
Aula 1   caracteristicas gerais dos animaisAula 1   caracteristicas gerais dos animais
Aula 1 caracteristicas gerais dos animais
Grupo UNIASSELVI
 
Metazoários, poríferos, cnidários...
Metazoários, poríferos, cnidários...Metazoários, poríferos, cnidários...
Metazoários, poríferos, cnidários...
Roberto Bagatini
 
Artropodes
ArtropodesArtropodes
Artropodes
Márcio Cavallini
 
Aula de-artropodes 2017
Aula de-artropodes 2017Aula de-artropodes 2017
Aula de-artropodes 2017
colegiodesafio
 
www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Biologia - Características Gerais dos Animais
www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Biologia -  Características Gerais dos Animaiswww.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Biologia -  Características Gerais dos Animais
www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Biologia - Características Gerais dos Animais
Annalu Jannuzzi
 
Reino animal 2017
Reino animal   2017Reino animal   2017
Reino animal 2017
Calculos Na Veia
 
7 ano invertebrados
7 ano invertebrados7 ano invertebrados
7 ano invertebrados
crisbassanimedeiros
 
Capítulo 09 - vertebrados II
Capítulo 09 - vertebrados IICapítulo 09 - vertebrados II
Capítulo 09 - vertebrados II
Igor Brant
 
Reino animal.pptx
Reino animal.pptxReino animal.pptx
Reino animal.pptx
MarianaGutierres2
 
7 ano Moluscos e artrópodes
7 ano Moluscos e artrópodes7 ano Moluscos e artrópodes
7 ano Moluscos e artrópodes
Sarah Lemes
 
Capítulo 07 invertebrados II
Capítulo 07   invertebrados IICapítulo 07   invertebrados II
Capítulo 07 invertebrados II
Igor Brant
 
Mamíferos
MamíferosMamíferos
Mamíferos
Miguel De Lima
 
Mamíferos
MamíferosMamíferos
Mamíferos
Wanderson Farias
 
Arthropoda 1
Arthropoda 1Arthropoda 1
Arthropoda 1
Fabio Santos Nery
 
Reino animalia (metazoa)
Reino animalia (metazoa)Reino animalia (metazoa)
Reino animalia (metazoa)
Jocimara Monsani
 
Aves- Caracteristicas e Evolução 2014
Aves- Caracteristicas e Evolução 2014Aves- Caracteristicas e Evolução 2014
Aves- Caracteristicas e Evolução 2014
Diana Rocha Monteiro
 

Semelhante a Classificação seres vivos (20)

Classificação dos seres vivos
Classificação dos seres vivosClassificação dos seres vivos
Classificação dos seres vivos
 
4 - morfologia e fisiologia animal
4 - morfologia e fisiologia animal4 - morfologia e fisiologia animal
4 - morfologia e fisiologia animal
 
Artrópodes e equinodermos
Artrópodes e equinodermosArtrópodes e equinodermos
Artrópodes e equinodermos
 
Chelicerata 2013
Chelicerata 2013Chelicerata 2013
Chelicerata 2013
 
Aula 1 caracteristicas gerais dos animais
Aula 1   caracteristicas gerais dos animaisAula 1   caracteristicas gerais dos animais
Aula 1 caracteristicas gerais dos animais
 
Metazoários, poríferos, cnidários...
Metazoários, poríferos, cnidários...Metazoários, poríferos, cnidários...
Metazoários, poríferos, cnidários...
 
Artropodes
ArtropodesArtropodes
Artropodes
 
Aula de-artropodes 2017
Aula de-artropodes 2017Aula de-artropodes 2017
Aula de-artropodes 2017
 
www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Biologia - Características Gerais dos Animais
www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Biologia -  Características Gerais dos Animaiswww.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Biologia -  Características Gerais dos Animais
www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Biologia - Características Gerais dos Animais
 
Reino animal 2017
Reino animal   2017Reino animal   2017
Reino animal 2017
 
7 ano invertebrados
7 ano invertebrados7 ano invertebrados
7 ano invertebrados
 
Capítulo 09 - vertebrados II
Capítulo 09 - vertebrados IICapítulo 09 - vertebrados II
Capítulo 09 - vertebrados II
 
Reino animal.pptx
Reino animal.pptxReino animal.pptx
Reino animal.pptx
 
7 ano Moluscos e artrópodes
7 ano Moluscos e artrópodes7 ano Moluscos e artrópodes
7 ano Moluscos e artrópodes
 
Capítulo 07 invertebrados II
Capítulo 07   invertebrados IICapítulo 07   invertebrados II
Capítulo 07 invertebrados II
 
Mamíferos
MamíferosMamíferos
Mamíferos
 
Mamíferos
MamíferosMamíferos
Mamíferos
 
Arthropoda 1
Arthropoda 1Arthropoda 1
Arthropoda 1
 
Reino animalia (metazoa)
Reino animalia (metazoa)Reino animalia (metazoa)
Reino animalia (metazoa)
 
Aves- Caracteristicas e Evolução 2014
Aves- Caracteristicas e Evolução 2014Aves- Caracteristicas e Evolução 2014
Aves- Caracteristicas e Evolução 2014
 

Mais de Joaquim André

Sistema reprodutor
Sistema reprodutorSistema reprodutor
Sistema reprodutor
Joaquim André
 
Função excretora
Função excretoraFunção excretora
Função excretora
Joaquim André
 
Sistema circulatório
Sistema circulatórioSistema circulatório
Sistema circulatório
Joaquim André
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
Joaquim André
 
A importância das plantas para o mundo vivo
A importância das plantas para o mundo vivoA importância das plantas para o mundo vivo
A importância das plantas para o mundo vivo
Joaquim André
 
Fotossíntese
FotossínteseFotossíntese
Fotossíntese
Joaquim André
 
Trocas nutricionais
Trocas nutricionaisTrocas nutricionais
Trocas nutricionais
Joaquim André
 
Sistema digestivo
Sistema digestivoSistema digestivo
Sistema digestivo
Joaquim André
 
A Alimentação
A AlimentaçãoA Alimentação
A Alimentação
Joaquim André
 
Locomoção dos animais
Locomoção dos animaisLocomoção dos animais
Locomoção dos animais
Joaquim André
 
Poluição da agua
Poluição da aguaPoluição da agua
Poluição da agua
Joaquim André
 
Importância do ar para os seres vivos
Importância do ar para os seres vivosImportância do ar para os seres vivos
Importância do ar para os seres vivos
Joaquim André
 
Botânica
BotânicaBotânica
Botânica
Joaquim André
 
Importância da água para os seres vivos
Importância da água para os seres vivosImportância da água para os seres vivos
Importância da água para os seres vivos
Joaquim André
 
Importância da água para os seres vivos
Importância da água para os seres vivosImportância da água para os seres vivos
Importância da água para os seres vivos
Joaquim André
 
Regimes alimentares
Regimes alimentaresRegimes alimentares
Regimes alimentares
Joaquim André
 
Regimes alimentares
Regimes alimentaresRegimes alimentares
Regimes alimentares
Joaquim André
 
Cn 5 ( plantas)
Cn   5 ( plantas)Cn   5 ( plantas)
Cn 5 ( plantas)
Joaquim André
 
C.n 5 - (plantas)
C.n   5 - (plantas)C.n   5 - (plantas)
C.n 5 - (plantas)
Joaquim André
 
C.n 5 - (plantas)
C.n   5 - (plantas)C.n   5 - (plantas)
C.n 5 - (plantas)
Joaquim André
 

Mais de Joaquim André (20)

Sistema reprodutor
Sistema reprodutorSistema reprodutor
Sistema reprodutor
 
Função excretora
Função excretoraFunção excretora
Função excretora
 
Sistema circulatório
Sistema circulatórioSistema circulatório
Sistema circulatório
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
 
A importância das plantas para o mundo vivo
A importância das plantas para o mundo vivoA importância das plantas para o mundo vivo
A importância das plantas para o mundo vivo
 
Fotossíntese
FotossínteseFotossíntese
Fotossíntese
 
Trocas nutricionais
Trocas nutricionaisTrocas nutricionais
Trocas nutricionais
 
Sistema digestivo
Sistema digestivoSistema digestivo
Sistema digestivo
 
A Alimentação
A AlimentaçãoA Alimentação
A Alimentação
 
Locomoção dos animais
Locomoção dos animaisLocomoção dos animais
Locomoção dos animais
 
Poluição da agua
Poluição da aguaPoluição da agua
Poluição da agua
 
Importância do ar para os seres vivos
Importância do ar para os seres vivosImportância do ar para os seres vivos
Importância do ar para os seres vivos
 
Botânica
BotânicaBotânica
Botânica
 
Importância da água para os seres vivos
Importância da água para os seres vivosImportância da água para os seres vivos
Importância da água para os seres vivos
 
Importância da água para os seres vivos
Importância da água para os seres vivosImportância da água para os seres vivos
Importância da água para os seres vivos
 
Regimes alimentares
Regimes alimentaresRegimes alimentares
Regimes alimentares
 
Regimes alimentares
Regimes alimentaresRegimes alimentares
Regimes alimentares
 
Cn 5 ( plantas)
Cn   5 ( plantas)Cn   5 ( plantas)
Cn 5 ( plantas)
 
C.n 5 - (plantas)
C.n   5 - (plantas)C.n   5 - (plantas)
C.n 5 - (plantas)
 
C.n 5 - (plantas)
C.n   5 - (plantas)C.n   5 - (plantas)
C.n 5 - (plantas)
 

Último

oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
shirleisousa9166
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
marcos oliveira
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CristviaFerreira
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
AngelicaCostaMeirele2
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 

Último (20)

oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 

Classificação seres vivos

  • 1. 1
  • 2. 2
  • 3. 3 Breve história: Aristóteles (384 a.C. - 322.A.C) Critério que utilizou: Agrupou os seres vivos, conforme tinham ou não locomoção. Baseado nesse critério agrupou os seres vivos em dois reinos: Reino Animal e Reino Vegetal Reino Animal Sangue quente Sem sangue quente Reino Vegetal Árvores Arbustos Ervas
  • 4. 4 Carlos Lineu ( 1707 - 1778 ) ► Manteve os dois reinos: Animal e Vegetal ► Em cada reino, criou grupos taxonómicos: ► Criou regras para atribuição do nome científico
  • 5. 5 Robert H. Whittaker (1920–1980) Com a descoberta dos seres microscópicos e a evolução do conhecimento científico, criou um novo sistema de classificação: Cinco Reinos 1 – Monera 2 – Protistas 3 – Fungos 4 – Plantas 5 - Animal
  • 6. Reino Critérios Exemplos Esquema Monera Unicelular sem núcleo organizado. bactérias Protista Unicelular com núcleo organizado. protozoários Fungos Unicelulares ou pluricelulares Bolores, cogumelos Plantas Seres fotossintéticos uni/ ou pluricelulares Algas, musgos, feto, plantas com flor. Animal Pluricelulares com núcleo organizado; nutrição por ingestão Espongiários, anelídeos, nematodes, cordados 6
  • 7. 7 Ser vivo unicelular Ser vivo pluricelular 1 2 1 Células sem núcleo Células com núcleo REINO DOS MONERA REINO DOS PROTISTAS 2 Células sem parede celular Células com parede celular REINO DOS ANIMAIS 3 3 Com clorofila (geralmente com cor verde) Sem clorofila (geralmente sem cor verde) REINO DAS PLANTAS REINO DOS FUNGOS ► Chave dicotómica para identificação dos reinos
  • 8. 8 Animais com coluna vertebral Animais sem coluna vertebral VERTEBRADOS 1 1 Corpo revestido de quitina e com patas articuladas Corpo sem quitina nem patas articuladas ARTRÓPODES 2 2 Corpo mole geralmente protegido por uma concha Corpo sem concha MOLUSCOS 3 3 Corpo cilíndrico dividido em anéis Corpo esférico ou em forma de estrela, geralmente com consistência dura ANELÍDEOS EQUINODERMES
  • 9. 9 Corpo com escamas Corpo com penas, pêlos ou pele sem revestimento 1 2 1 Corpo com escamas originadas na zona superficial da pele; sem membros ou com membros curtos; locomoção por reptação Corpo com escamas originadas na zona profunda da pele; locomoção por barbatanas RÉPTEIS PEIXES 2 Animais com pele nua e húmida; vivem na terra e na água Animais com corpo revestido com penas ou pêlos ANFÍBIOS 3 3 Corpo com penas; apresentam bico Corpo com pêlos; após o nascimento alimentam-se do leite da mãe AVES MAMÍFEROS
  • 10. 10 Animais com antenas Animais sem antenas e com 4 pares de patas 1 ARACNÍDEOS 1 Com 1 par de antenas Com 2 pares de antenas; corpo duro; 5 ou mais pares de patas 2 CRUSTÁCEOS 2 Com 3 pares de patas Com grande número de pares de patas; corpo dividido em anéis (cada anel com 1 ou 2 pares de patas) INSETOS MIRIÁPODES
  • 11. 11 Plantas com verdadeira raiz, caule e folhas Plantas sem verdadeira raiz, caule nem folhas 1 2 1 Plantas com flor Plantas sem flor ESPERMATÓFITAS PTERIDÓFITAS 2 Com rizóides, caulóides e filóides BRIÓFITAS