Nomenclatura zoológica Aula 2

10.783 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
8 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
10.783
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
857
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
110
Comentários
0
Gostaram
8
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Nomenclatura zoológica Aula 2

  1. 1. Nomenclatura ZoológicaNoções de Taxonomia e Classificação
  2. 2. Classificação e NomenclaturaDenominação de plantas e animais relaciona-se à História evolutiva do homem Uso na alimentação, cura de doenças, fabricação de armas, ferramentas agrícolas, etc trabalho grego de medicina, do século V a.C., 1º registro: que continha uma classificação simples dos animais comestíveis, principalmente peixes Classificação surgiu da necessidade do reconhecimento das espécies e da transmissão de informações sobre elas. Início 2 reinos: vegetal e animal Advento do microscópio: 3 reinos: vegetal, animal e monera Wittaker (1969): propõe 5 reinos Monera, Protista, Plantae, Animalia e Fungi
  3. 3. Qualquer sistema de classificação apresenta muitas dificuldades, pois os seresvivos se modificam e evoluem ao longo do tempoSurgem novas descobertas a respeito das relações de parentesco
  4. 4. Sistemática O estudo descritivo de todas as espécies de seres vivos e sua classificação dentro de uma verdadeira hierarquia de grupamentos constitui a sistemática ou taxonomia. Conceito de Espécie Species em latim significa simplesmente "tipo"."um grupo de organismos que se cruzam entre si, sem normalmente cruzar-secom representantes de outros grupos".devem apresentar semelhanças estruturais e funcionais, similaridadesbioquímicas e mesmo cariótipo.*Conceito inadequado para: taxonomia vegetal, organismos assexuados. teoria evolucionista Espécie se modifica ao longo do tempo e espaço Não é imutável e ideal, contudo a utilidade da taxonomia é indiscutível
  5. 5. Outros Grupos TaxonômicosReino: maior unidade usada em classificação biológica.Entre o nível do reino e do gênero, Lineu e taxonomistas posterioresadicionaram diversas categorias ou taxa:Gêneros agrupados em famílias, as famílias em ordens, as ordens emclasses e as classes em filos (ou divisão, para os botânicos), seguindo umpadrão hierárquico. Reino Outros taxa intermediários: Filo Infraclasse Classe Infraordem Superfamília Ordem Subfamília Família Subgênero etc Gênero Espécie Taxa = plural de táxon
  6. 6. Classificação Hierárquica Reino Filo ou Divisão Classe Ordem Família Gênero G Espécie Cada gênero pode conter muitas espécies
  7. 7. cão loboCanis familiaris Canis lupus Mesmo gênero: Canis
  8. 8. Regras de Nomenclatura• O sueco Carl von Linné, botânico e médico, conhecido por Lineu, somente na 10ª edição do seu livro, Systema Naturae, em 1758, sugeriu a nomenclatura binomial, usada até o presente.• Regras para a Nomenclatura Científica firmadas pela primeira vez no:• I Congresso Internacional de Nomenclatura Científica, em 1898. Como diferenciar Nomenclatura, Sistemática e Classificação?
  9. 9. A sistemática é o estudo das relações de parentescoentre os organismos.À partir de características morfológicas, moleculares, etcA taxonomia diz respeito as regras de nomenclatura,como nomear espécies, famílias, etc; As regras paraformar coleções taxonomicas, publicações, etcA classificação se refere à prática de se agrupar ostaxa em categorias hierárquicas como: filo, classe,ordem, família, gênero e espécie.
  10. 10. Regras:1 – O nome científico dos animais deve ser escrito em latim2 – Todo animal tem obrigatoriamente dois nomes no mínimo. Homo sapiens Gênero espécie3 – O nome do gênero com inicial maiúscula, e o da espécie com inicial minúscula. Trypanosoma cruzi maiúscula minúscula
  11. 11. 4 – Quando existe subespécie: escrito depois do da espécie ecom inicial minúscula. Rhea americana darwing gênero espécie subespécie Apis mellifera adansoni 5 – Quando existe subgênero: escrito depois do nome do gênero, entre parênteses, e sempre com inicial maiúscula. Anopheles (Nissurrhynchus) darlingi gênero subgênero espécie
  12. 12. 6 – O nome específico dos animais deve ser grifado ou deve se usar umtipo de letra diferente do texto, em geral se usa o negrito ou itálico. Homo sapiens - manuscrito Homo sapiens Homo sapiens7 – A citação completa do nome da espécie inclui o nome específico(gênero + desiguinação específica), o nome do autor, vírgula e ano. Equus caballus Lineu, 1758 ou Equus caballus L., 1758 Forma resumida do nome do autor
  13. 13. 8 – Os grupos superiores a espécie são uninominais (têm apenas um nome). Gênero: Canis Tribo: Canini Sub-família: Caninae Família: Canidae Ordem: Carnivora Classe: Mammalia9 – Das categorias superiores a gênero há regras apenas para a formação de: Tribo: ini Sub-família: inae Família: idae Super-família: oideaObs: o sufixo para a formação do nome de família é átono, isto é, a pronúnciacorreta é paroxitona e o “ae” tem som de “e”.Canidae = lê-se Caníde, Trypanosomatidae = Tripanossomatíde

×