Sistema respiratório

626 visualizações

Publicada em

Movimentos respiratórios - Sistema respiratório humano - Sistema respiratório de outros animais.....

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
626
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
13
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sistema respiratório

  1. 1. 0 SISTEMA RESPIRATÓRIO HUMANO E DE OUTROS ANIMAIS
  2. 2. SISTEMA RESPIRATÓRIO TECNOLOGIAS PARA O ESTUDO DA FUNÇÃO RESPIRATÓRIA HUMANA 1 – ESPIRÓMETRO – Aparelho que permite determinar a capacidade de ar nos pulmões. 2 – TOMOGRAFIA AXIAL COMPUTORIZADA – “T.A.C”- Aparelho que usa o raio X a toda a volta do corpo e cujas informações vão para um computador que vai produzindo as imagens que serão depois estudadas. No organismo humano o ar entra, circula e sai devido aos movimentos respiratórios – INSPIRAÇÃO e EXPIRAÇÃO – que se realizam na caixa torácica. (VENTILAÇÃO PULMONAR) – renovação do oxigénio no interior dos pulmões. A cavidade torácica é composta por: • Externo (frente) • Costelas (lado) • Coluna vertebral (atrás)
  3. 3. NOTA A separar a cavidade torácica da cavidade abdominal existe um músculo chamado DIAFRAGMA. A - INSPIRAÇÃO DIAFRAGMA permite que tenhamos B – EXPIRAÇÃO A – INSPIRAÇÃO – Entrada de ar para os pulmões. Nesta fase: 1 - O diafragma contrai e desce. Os músculos intercostais contraem. 2 - As costelas e o esterno sobem, o que faz com que os pulmões se distendam. 3 -A caixa torácica aumenta de volume e o ar entra para dentro dos pulmões. Inspiração
  4. 4. B – EXPIRAÇÃO – Saída de ar dos pulmões para o exterior. Nesta fase: 1 - O diafragma relaxa e sobe. Os músculos intercostais relaxam. 2 - As costelas e o esterno descem, o que faz com que os pulmões se contraiam. 3 - A caixa torácica diminui de volume e o ar sai dos pulmões. Expiração COMPOSIÇÃO E DIFERENÇA ENTRE AR INSPIRADO E EXPIRADO O ar que respiramos é uma mistura de vários gases: • Azoto • Oxigénio • Dióxido de carbono • Vapor de água • Outros gases
  5. 5. IMPORTANTE O ar que inspiramos é o ar atmosférico, mistura de gases constituída, essencialmente, por azoto (78%), oxigénio (21%), dióxido de carbono (0,04%), vapor de água (0,96%) e com uma temperatura variável. O ar expirado contém menos oxigénio (16%), dióxido de carbono (4,4%), vapor de carbono (1,6%) e com uma temperatura mais elevada. Durante os movimentos respiratórios, o ar circula através de um através de um conjunto de órgãos que constitui o Sistema Respiratório. Vias Respiratórias Pulmões Fossas nasais – Faringe – Laringe Alvéolos Pulmonares Traqueia – Brônquios – Bronquíolos
  6. 6. VIAS RESPIRATÓRIAS FOSSAS NASAIS – Cavidade rica em vasos sanguíneos, com cílios e onde é segregado o muco nasal. Aqui, o ar é aquecido e humedecido ficando retidas nos pêlos e cílios grande parte das impurezas. FARINGE – Canal comum às vias respiratórias e digestiva. LARINGE - Órgão cartilagíneo com pregas internas e onde se situam as cordas vocais. TRAQUEIA – Tubo de 12 a 15 cm, constituído por anéis de cartilagem, que conduz o ar até aos pulmões.
  7. 7. VOCABULÁRIO CARTILAGEM – Tecido parecido com osso, mas menos duro. CÍLIOS – Estruturas microscópicas semelhantes a pêlos BRÔNQUIOS – Canais constituídos por anéis cartilagíneos que penetram nos pulmões. BRONQUÍOLOS – Canais finos que conduzem o ar para os alvéolos pulmonares. PULMÕES São dois órgãos esponjosos e elásticos, de cor rosada, devido à grande quantidade de vasos sanguíneos que os irrigam. Externamente são revestidos por uma membrana que se chama pleura, que lhe dá um aspecto liso. São os responsáveis pela purificação do ar no nosso organismo.
  8. 8. ALVÉOLOS PULMONARES – Pequenos sacos de paredes finas, envolvidos por uma rede de capilares sanguíneos, onde se dão as trocas gasosas. Vasos sanguíneos NOTA Numa pessoa adulta existem mais de 500 milhões de alvéolos pulmonares. TROCAS GASOSAS ENTRE O SANGUE E OS PULMÕES Durante a inspiração, o ar entra através das vias respiratórias e chega aos alvéolos pulmonares, onde ocorrem as trocas gasosas: – hematose pulmonar. 1 O oxigénio do ar que se encontra nos alvéolos passa para o sangue dos vasos capilares. O dióxido de carbono e o vapor de água que se encontram no 2 sangue passam para o interior dos alvéolos pulmonares
  9. 9. VOCABULÁRIO HEMATOSE PULMONAR – Troca gasosa, do oxigénio pelo dióxido de carbono e vapor de água, que ocorre nos alvéolos pulmonares. Após ter ocorrido a hematose pulmonar, o ar carregado de dióxido de carbono e vapor de água sai dos alvéolos pulmonares e dos pulmões e volta à boca onde é expirado. HIGIENE DO SISTEMA RESPIRATÓRIO A saúde do nosso organismo depende, em grande parte, do bom funcionamento do Sistema Respiratório.
  10. 10. Para proteger o Sistema Respiratório é indispensável o cumprimento de algumas regras de higiene.
  11. 11. PERIGOS DO TABACO “TABAGISMO” O tabaco é um dos maiores causadores das doenças respiratórias. TABAGISMO – o inimigo público número um Sabemos hoje, de forma clara e sem dúvidas que o consumo do tabaco é altamente perigoso para a saúde e também o tipo de toxicodependência que, de longe, mais mortes provoca. Albino Aroso, o prazer de não fumar O consumo de tabaco provoca doenças como. • CANCRO DOS PULMÕES • DOENÇAS CARDIOVASCULARES • BRONQUITES • ENFISEMA PULMONAR • DOENÇAS DAS GENGIVAS • PESO INSUFICIENTE DO FETO E, POR VEZES, CAUSAS DE ABORTO. • CANCRO DA BOCA E DA LÍNGUA. • …
  12. 12. SISTEMA RESPIRATÓRIO DE OUTROS ANIMAIS PEIXES Os órgãos do sistema respiratório dos peixes estão adaptados para poderem retirar o oxigénio dissolvido na água. Os peixes realizam as trocas gasosas – hematose – do seguinte modo: 1 - A água, movimentada pelas barbatanas, entra na boca, devido à acção dos músculos que a aspiram, passa para as câmaras branquiais, onde banha as guelras ou brânquias. 2 - Nas guelras têm lugar as trocas gasosas entre o oxigénio dissolvido na água, o dióxido de carbono e o vapor de água transportado pelo sangue.
  13. 13. IMPORTANTE Nos peixes as trocas gasosas (hematose), que ocorrem nas guelras ou brânquias têm o nome de HEMATOSE BRANQUIAL. ANIMAIS ANFÍBIOS RÃ Estes animais conseguem respirar tanto dentro de água como fora. Nas rãs as trocas gasosas fazem-se através da pele e dos pulmões. NOTA - Na rã as trocas gasosas (hematose) é HEMATOSE CUTÂNEA E PULMONAR. INSECTOS São animais com um sistema respiratório muito simples. O ar entra pelos estigmas e vai para as traqueias onde ocorrem as trocas gasosas – hematose. NOTA – Nos insectos as trocas gasosas – hematose – é HEMATOSE TRAQUEAL.
  14. 14. MINHOCA Têm um sistema respiratório muito simples. O sangue circula nos vasos capilares, que estão logo debaixo da pele o que facilita as trocas gasosas – hematose. NOTA – Nestes animais as trocas gasosas – hematose – é HEMATOSE CUTÂNEA. RESUMO Animais Onde vivem Onde se realiza Hematose Gás a hematose absorvido Mamíferos Ar Pulmões Pulmonar Oxigénio do ar Insectos Ar Traqueias Traqueal Oxigénio do ar Peixes Água Brânquias Branquial Oxigénio dissolvido na água Anfíbios Ar e água Pulmões e pele Pulmonar e Cutânea Oxigénio do ar ou dissolvido na água

×