SlideShare uma empresa Scribd logo
NOME: ______________________________________________________________
PROFESSORA: ____________________ - 4º ANO ____ - DATA: ___ / ___ / ______

                       AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA

                                  Chapeuzinho Vermelho
                                                                               Histórias Clássicas

      Era uma vez, uma menina chamada Chapeuzinho Vermelho, conhecida pela touca vermelha
que usava.
      Um dia, sua mãe pediu que levasse uma cesta de frutas para a vovó, que estava muito
doente. Antes, sua mãe recomendou: “Não vá pela floresta. É muito perigoso”, mas Chapeuzinho
Vermelho também queria levar flores para a vovó e desobedeceu, indo pela floresta.
      Na floresta, o Lobo Mau espreitava Chapeuzinho Vermelho e sabia que ela ia para a casa da
vovó.
      Então o Lobo Mau foi para a casa da Vovó antes que Chapeuzinho Vermelho chegasse..
      O lobo bateu na porta e imitou a voz de Chapeuzinho, enganando a vovó, que abriu a porta
para ele.
      O Lobo Mau pulou e engoliu a vovó. Depois, pôs as roupas dela e atirou-se em sua cama.
      Quando Chapeuzinho Vermelho chegou, o lobo imitou a voz da vovó, tentando enganá-la. A
menina desconfiou que fosse o Lobo Mau. Ela correu e gritou bem alto: “É o Lobo Mau!”.
      Um caçador ouviu e foi salvar Chapeuzinho Vermelho. Depois, ele tirou a vovó da barriga do
lobo.
      Sem o Lobo mau na floresta, Chapeuzinho Vermelho pôde visitar a vovó todos os dias.

                                        COMPREENSÃO


     AGORA QUE VOCÊ JÁ LEU O TEXTO, RESPONDA AS PERGUNTAS MARCANDO APENAS A
RESPOSTA QUE VOCÊ ACHAR CORRETA.

1 – O TEXTO QUE VOCÊ LEU É:

   A) UMA POESIA           B) UM CONTO          C) UMA RECEITA           D) UMA NOTÍCIA


2 – OBSERVANDO A LEITURA DO TEXTO É POSSÍVEL SABER QUE A HISTÓRIA ACONTECE:

   A) NA PRAIA         B) NA CIDADE          C) NA FLORESTA          D) NA LUA


3 – QUAL FOI A RECOMENDAÇÃO DA MÃE DA CHAPEUZINHO? EM QUE PARÁGRAFO ESTÁ ESSA
RECOMENDAÇÃO?
_______________________________________________________________________________________

4 – O QUE O LOBO FEZ PARA ENGANAR E SE PASSAR PELA AVÓ DA CHAPEUZINHO?
________________________________________________________________________________________

5 – DESCUBRA DE QUEM SÃO AS FALAS E ESCREVA O NOME DOS PERSONAGENS.
- LEVE ESSA CESTA PARA A VOVOZINHA E NÃO CONVERSE COM ESTRANHOS.
________________________________________________

- A PORTA ESTÁ ABERTA. ENTRE MINHA NETINHA.
________________________________________________
6- RETIRE DO TEXTO TRÊS PALAVRAS QUE CONTENHAM:
    • ENCONTRO VOCÁLICO: _______________ - _______________ - _______________
    • ENCONTRO CONSONANTAL: ______________ - _______________ - ______________
    • DÍGRAFO: ______________ - _______________ - _________________


7 – FAÇA UMA LISTA DE COMPRAS PARA A MÃE DE CHAPEUZINHO PASSAR UM MÊS TRANQUILO NA
FLORESTA!




8 – ESCREVA UM BILHETE PARA A VOVÓ DE CHAPEUZINHO VERMELHO, AVISANDO QUE O LOBO
MAU ESTÁ A CAMINHO DE CASA.




9 – CHAPEUZINHO QUER IR À CASA DA VOVÓ E PRECISA SABER SE HÁ PERIGO OU NÃO DE
ATRAVESSAR A FLORESTA. ESCREVA UM AVISO CONTANDO OS PERIGOS DA FLORESTA.
10 – CONTINUE ESCREVENDO A HISTÓRIA


                            CHAPEUZINHO VERMELHO


       ERA UMA VEZ UMA MENINA QUE, CERTA VEZ, GANHOU DE PRESENTE DA AVÓ
    UM CHAPEUZINHO DE VELUDO VERMELHO, E PORQUE ESTE LHE FICAVA TÃO BEM,
    E A MENINA NÃO QUERIA USAR OUTRA COISA, FICOU SE CHAMANDO CHAPEUZINHO
    VERMELHO.
      CERTO DIA, SUA MÃE LHE DISSE:
SÃO PAULO, ____ DE _______ DE __________

NOME: ____________________________________________________________

                         AVALIAÇÃO UNIFICADA DE PORTUGUÊS
                               1ª BIMESTRE – 4ª SÉRIES

                                         O Disfarce dos bichos
      Você já tentou pegar um galhinho seco e ele virou bicho, abriu asas e voou? Se isso
aconteceu é porque o graveto era um inseto conhecido como "bicho-pau". Ele é tão parecido
com o galhinho, que pode ser confundido com o graveto. Existem lagartas que se parecem com
raminhos de plantas. E há grilos que imitam folhas.
      Muitos animais ficam com a cor e a forma dos lugares em que estão. Eles fazem isso
para se defender dos inimigos ou capturar outros bichos que servem de alimento. Esses
truques são chamados de mimetismo, isto é, imitação. O cientista inglês Henry Walter Bates foi
quem descobriu o mimetismo. Ele passou 11 anos na selva amazônica estudando os animais.
             MAVIAEL MONTEIRO, José. Bichos que usam disfarces para defesa. FOLHINHA, 6 NOV.
      1993.

1. O bicho-pau se parece com:
     (A) florzinha seca.
     (B) folhinha verde.
    (C) galhinho seco.
    (D) raminho de planta.

2. Quanto tempo Henry Bates passou estudando os animais? ____________________________

3. Você já viu um bicho-pau? Se viu, como ele é? Se não viu, como imagina que seja?
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________

4. O que você entendeu por mimetismo?
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________

5. Retire e copie do texto “O Disfarce dos bichos”:

Uma palavra oxítona: ___________________________________________
Uma palavra proparoxítona: ______________________________________
Duas palavras paroxítonas: _______________________________________

6. Leia a poesia: Segredo de Henriqueta Lisboa, e grife as palavras escritas de forma incorreta:

      Andorrinha no fio
      escutou um segredo.
      Foi à tore da Igreja,
      cochichou com o sino.
      E o sino ben alto
      delém-den
      delén-dem
      delén-dem
      delém-den!
      Toda cidade
      Ficou sabedo.

Reescreva-as corrigindo: ___________________________________________________
________________________________________________________________________
7. Complete as palavras com x, ch e s:

A ____ OU                                     E____TÔMAGO
E____ TINÇÃO                                  FLE___A
ME____ERICA                                   TÁ____I
TE____TE                                      ____ URRASCO
____ UVA                                      FE____TA

8. Escreva as palavras que sua professora ditar:




9. Produza um texto Notícia seguindo o seguinte roteiro:

   1. NÃO ESQUEÇA DA MANCHETE (TÍTULO DA NOTÍCIA);
   2. A DATA;
   3. O NOME DE QUEM ESCREVEU A REPORTAGEM;

   O QUE ACONTECEU: Houve amigo chocolate com confecção de cartões nas salas de aula
   para comemorar a Páscoa.
   ONDE: Na escola Jardim São Bento III
   QUANDO: No mês de Abril
   QUEM ESTAVA ENVOLVIDO: As turmas, as professoras e a coordenadora.
SÃO PAULO, ____ DE _______ DE __________
NOME: ______________________________________________________

                     AVALIAÇÃO UNIFICADA DE LÍNGUA PORTUGUESA
                               2ª BIMESTRE – 4ª SÉRIES


   1. Leia o texto


      Cecília Meireles
            Cecília Meireles nasceu no dia 7 de novembro de 1901, na cidade do Rio de Janeiro e seu
      nome completo era Cecília Benevides de Carvalho Meireles. Sua infância foi marcada pela dor e
      solidão, pois perdeu a mãe com apenas três anos de idade e o pai não chegou a conhecer (morreu
      antes de seu nascimento). Foi criada pela avó Dona Jacinta. Por volta dos nove anos de idade,
      Cecília começou a escrever suas primeiras poesias. Formou-se professora e com apenas 18 anos
      de idade, no ano de 1919, publicou seu primeiro livro “Espectro”.
           Sua formação como professora e interesse pela educação levaram-a a fundar a primeira
      biblioteca infantil do Rio de Janeiro no ano de 1934. Escreveu várias obras na área de literatura
      infantil como, por exemplo, “O cavalinho branco”, “Colar de Carolina”, “Sonhos de menina”, “O
      menino azul”, entre outros.

           No ano de 1939, Cecília publicou o livro Viagem. A beleza das poesias trouxe-lhe um grande
      reconhecimento. Com este livro, ganhou o Prêmio de Poesia da Academia Brasileira de Letras.
      Cecília faleceu em sua cidade natal no dia 9 de novembro de 1964.

      http://www.suapesquisa.com/biografias/cecilia_meireles.

           Agora responda:
      a) Este texto é uma biografia. Qual é o objetivo de uma biografia?




      b) O texto afirma que Cecília teve uma infância “marcada pela dor”. O que significa a expressão
“marcada pela dor”?




       c) Reescreva a frase substituindo a palavra destacada por um sinônimo.

                     Cecília faleceu em sua cidade natal no dia 9 de novembro de 1964.



   2. Complete as frases com a homônima correta


   a. Os músicos foram aplaudidos ao final do                                   . (conserto/concerto)

   b. Solicitei o                                da peça. (conserto/concerto)
3. Utilize a pontuação necessária no trecho abaixo.


   Narciso fingindo-se de desentendido perguntou

     Quem está se escondendo aqui perto de mim

     de mim    repetiu a ninfa assustada


   (Trecho do Mito Narciso – Livro de textos do aluno -Ler e Escrever , pág. 150)



   4. Indique o substantivo primitivo para os substantivos derivados abaixo.

   JORNALISTA

   PEDREIRO

   JARDINEIRA

   FLEREIRA



   5. Leia o texto e escreva corretamente as palavras que foram escritas erradas.

    Um leão, cansado de tanto caçar, dormia espichado à somba de uma boa árvorre. Vierram uns
rratinhos passear em cima dele e ele acordou. Todos conseguirram fugir, menos um, que o leão
prendeu embaixo da pata.




   6. Escreva um texto contando um fato que tenha acontecido com você. Pode ser um fato triste ou alegre,
      engraçado ou sério. Não se esqueça de dar um título bem interessante para o seu texto.
SÃO PAULO, ________ DE _______________________ DE 2009.
ALUNO: _______________________________________________
PROFESSORA: _____________________ 4º ANO – TURMA: ____

               AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA – 2º BIMESTRE




                                      A origem dos cães
       Os zoólogos acreditam que o cachorro se originou de uma espécie de lobo que vivia na Ásia.
Depois os cães se juntaram aos seres humanos e se espalharam por quase todo o mundo.
       Essa amizade começou há uns 12 mil anos, no tempo em que as pessoas precisavam caçar para
se alimentar. Os cachorros perceberam que, se não atacassem os humanos, podiam ficar perto deles e
comer a comida que sobrava. Já os homens descobriram que os cachorros podiam ajudar a caçar, a
cuidar de rebanhos e a tomar conta da casa, além de serem ótimos companheiros. Um colaborava com o
outro e a parceria deu certo.

    Os cães não eram todos iguais. Uns tinham mais força, outros eram mais velozes ou mais bravos.
Os homens, então, juntaram um macho veloz e uma fêmea veloz, para que os filhotes também tivessem
essa qualidade. Assim, aos poucos, foram criadas raças para guardar a casa, cuidar de animais ou
apenas para ser bichos de estimação. Hoje existem mais de 500 raças, do pequenino chihuahua ao
grandalhão são-bernardo.

                        Texto extraído de: http://recreionline.abril.com.br/fique_dentro/ciencia/bichos/conteudo.html

1. Leia o texto acima e responda as questões:

   a) Os zoólogos acreditam que os cachorros originaram-se como? _________________________

   ______________________________________________________________________________

   b) Como foram criadas as raças dos cães? Para quê? __________________________________

   ______________________________________________________________________________

   c) O que você acha da amizade entre cães e seres humanos? ___________________________

   ______________________________________________________________________________

   ______________________________________________________________________________
2. Associe corretamente, classificando cada tipo de frase:



         Você vai à festa da Luciana?                                         AFIRMATIVA



        A garota gosta de tomar sorvete.                                      NEGATIVA



      Não posso ir à excursão com vocês.                                      EXCLAMATIVA



                Que maravilha!                                            INTERROGATIVA




3. Leia o texto e pontue-o corretamente, usando:

                                           . !   ?   :   --   ,


          Eu estava num banco da pracinha observando um menino                 A primeira coisa que notei
foi que ele estava olhando continuamente para o céu           Aproximei-me dele e disse-lhe

          Ei garoto    O que você sentado aí

           Fico observando as nuvens

           Por que

           Porque me sinto feliz

           O que você vê nas nuvens

           Vejo carneirinhos       coelhinhos        rostos e muitas outras coisas

           Mas eu olho para o céu e não vejo nada do que você vê

           Se você prestar atenção         verá mais do que eu        Tente



                                                                                           Graça Batituci
4. Pinte as sílabas tônicas e relacione-as, usando a legenda:

                  Oxítona                      Paroxítona       Proparoxítona




                                mé         di         co

                                sa         ú          de

                                 es        pi         ga

                                ro         da         pé

                                 pin       tu         ra

                                co         le         ção
São Paulo, _____ de ________________________ de 2010.

Nome: _______________________________________________________

               AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA – 4º BIMESTRE – 4ªSÉRIE

   1. Ditado de palavras:

                          ____________________________
                          ____________________________
                          ____________________________
                          ____________________________
   2. Ditado de frases:

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
______________________________________________________________

   3. Parlenda:

                  ______________________________________________________
                  ______________________________________________________
                  ______________________________________________________
                  ______________________________________________________
                  ______________________________________________________
                  ______________________________________________________
                  ______________________________________________________
                  ______________________________________________________
                  ______________________________________________________
                  ______________________________________________________
                  ______________________________________________________
                  ______________________________________________________
                  ______________________________________________________
                  ______________________________________________________

Leia o texto a seguir para responder as questões 4 e 5:

                                              Continho

      Era uma vez um menino triste, magro e barrigudinho, do sertão de Pernanbuco. Na soalheira
danada de meio-dia, ele estava sentado na poeira do caminho, imaginando bobagem, quando
passou um gordo vigário a cavalo:
      __ Você aí, menino, para onde vai essa estrada?
      __ Ela não vai não; nós é que vamos nela.
      __ Engraçadinho duma figa! Como você se chama?
      __ Eu não me chamo, não; os outros e que me chamam de Zé.
                                  CAMPOS, Paulo Mendes. Para Gostar de ler: crônicas. São Paulo: Ática, 2001.


   4. A frase a seguir que apresenta a fala de Zé é:

   (A) __ Você aí, menino.
   (B) __ Ela não vai, não.
   (C) __ Como você se chama?
   (D) __ Para onde vai essa estrada?
5. O menino do Continho era:

   (A) Da capital pernambucana.
   (B) Do sertão pernambucano.
   (C) Do litoral pernambucano.
   (D) Da ilha pernambucana.

   6. Leitura de texto informativo:

O SONO DOS BICHOS
       O GATO ADORA DORMIR, ESPECIALMENTE SE TIVER UM LUGAR QUENTE E CONFORTÁVEL. AO SOL ESTÁ
ÓTIMO. SE DEIXAREM, ELE PODE DORMIR MUITO MAIS DO QUE A GENTE. ELE SE ENROLA SOBRE SI MESMO, APÓIA OU
ESCONDE A CABEÇA, FECHA OS OLHOS E NEM SE IMPORTA COM O QUE ACONTECE AO SEU REDOR.
       MAS, DE VEZ EM QUANDO, MESMO DORMINDO, ELE MEXE AS ORELHAS, AS PATAS, OS OLHOS E FAZ
BARULHOS ESQUISITOS COM A BOCA, COMO SE ESTIVESSE SONHANDO E MIANDO NO MEIO DO SONHO.
       E NÃO É QUE ESTÁ SONHANDO MESMO! É EVIDENTE QUE ESTÁ – SABE-SE LÁ COM O QUÊ!

                                              (TEXTO ADAPTADO DA REVISTA CIÊNCIA HOJE DAS CRIANÇAS)

      Como sabemos se o gato está sonhando:

   (A) Quando ele se enrola sobre si mesmo.
   (B) Quando mexe orelhas, patas e faz sons esquisitos com a boca.
   (C) Quando esconde a cabeça.
   (D) Quando ele dorme muito.

   7. Carta do leitor:
           São Paulo, terça, 19 de outubro de 2009.

           Oi pessoal da CHC,
           Adorei a reportagem “Por que o biscoito fica mole?” e
           até dei umas dicas aqui em casa para que não
           murchem mais. Eu gostaria de ler mais sobre como
           manter os alimentos, não gosto de ver as coisas que
           estragam. Um beijo no Rex, na Diná e no Zíper! Fui!
           Beatriz Barbosa de Souza
           Duque de Caxias/RJ

   • Qual a reportagem que Beatriz elogia?

   (A) Por que o biscoito fica mole?
   (B) Beijo para Rex, Diná e Zíper.
   (C) Como manter os alimentos.
   (D) Dicas para casa.

   • De onde vem a carta?

   (A) São Paulo/SP
   (B) Duque de Caxias/RJ
   (C) Duque de Caxias?PA
   (D) São Paulo/RJ
8. Poema:

                                               MAR
                                                     Lalau e Laurabeatriz

No mar,
Tem siri e ostra
Marisco e lagosta
Bichos bonitos
Bichos esquisitos

O mar
É lindo e gozado.
A gente entra doce
E sai salgado.

   • Marque a alternativa em que mostra os bichos citados no poema na ordem em que aparecem:

   (A) Siri, ostra, marisco e lagosta.
   (B) Ostra, marisco, lagosta e siri.
   (C) Marisco, lagosta, siri e ostra.
   (D) Ostra e siri, lagosta e marisco.

   • No poema, qual palavra rima com salgado?

   (A) Ostra.
   (B) Bonitos.
   (C) Gozado.
   (D) Doce.

   9. Faça de conta que você era um morador da cidade que encontrou o pastorzinho mentiroso e
      teve uma conversa com ele. Crie uma continuação para esse trecho inicial, dando detalhes do
      que conversou com o pastorzinho. Não esqueça de dar um título para sua história:



       Um dia eu estava andando nas ruas do povoado quando encontrei um pastor de ovelhas que vivia
inventando histórias, ele gritava:
       __ Um lobo! Socorro! Socorro!
       Eu disse:

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

D7 (por descritores port 5º ano)
D7  (por descritores port  5º ano)D7  (por descritores port  5º ano)
D7 (por descritores port 5º ano)
Cidinha Paulo
 
Simulado de Matemática para o 3° ano do Ensino Fundamental I - Teste Final
Simulado de Matemática para o 3° ano do Ensino Fundamental I - Teste FinalSimulado de Matemática para o 3° ano do Ensino Fundamental I - Teste Final
Simulado de Matemática para o 3° ano do Ensino Fundamental I - Teste Final
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
SIMULADO 4º ANO FUNDAMENTAL
SIMULADO 4º ANO FUNDAMENTALSIMULADO 4º ANO FUNDAMENTAL
SIMULADO 4º ANO FUNDAMENTAL
Cristina Brandão
 
Atividade avaliativa de ciências do 2 ano a e b
Atividade avaliativa de ciências do 2 ano a e bAtividade avaliativa de ciências do 2 ano a e b
Atividade avaliativa de ciências do 2 ano a e b
André Moraes
 
Frases para ordenar menino maluquinho
Frases para ordenar menino maluquinhoFrases para ordenar menino maluquinho
Frases para ordenar menino maluquinho
Cláudia Borges
 
Ficha de trabalho as conjunções
Ficha de trabalho   as conjunçõesFicha de trabalho   as conjunções
Ficha de trabalho as conjunções
Teresa Rocha
 
Atividade avaliativa 3 bimestre 4º ano matemática pdf
Atividade avaliativa 3 bimestre 4º ano   matemática pdfAtividade avaliativa 3 bimestre 4º ano   matemática pdf
Atividade avaliativa 3 bimestre 4º ano matemática pdf
André Moraes
 
Ficha de leitura sílabas complexas
Ficha de leitura sílabas complexasFicha de leitura sílabas complexas
Ficha de leitura sílabas complexas
GeaneFerreira15
 
Gênero textual: Fabulas e contos
Gênero textual: Fabulas e contos Gênero textual: Fabulas e contos
Gênero textual: Fabulas e contos
Mary Alvarenga
 
Simulado 10 (port. 5º ano)
Simulado 10 (port. 5º ano)Simulado 10 (port. 5º ano)
Simulado 10 (port. 5º ano)
Cidinha Paulo
 
1ª avaliação de português 10 pontos 1º bim para o blog
1ª avaliação de português 10 pontos 1º bim para o blog1ª avaliação de português 10 pontos 1º bim para o blog
1ª avaliação de português 10 pontos 1º bim para o blog
Kelry Carvalho
 
Avaliação de ciências 4ºbim 2º ano
Avaliação de ciências 4ºbim 2º anoAvaliação de ciências 4ºbim 2º ano
Avaliação de ciências 4ºbim 2º ano
Dayenne Sousa Alencar
 
Prova Brasil - Revisão de Língua Portuguesa 5º ano
Prova Brasil  - Revisão de Língua Portuguesa 5º anoProva Brasil  - Revisão de Língua Portuguesa 5º ano
Prova Brasil - Revisão de Língua Portuguesa 5º ano
Mary Alvarenga
 
Prova de Ciências 5º ano
Prova de Ciências 5º anoProva de Ciências 5º ano
Prova de Ciências 5º ano
Jasmine Leme
 
Simulado 8 (port. 5º ano)
Simulado 8 (port. 5º ano)Simulado 8 (port. 5º ano)
Simulado 8 (port. 5º ano)
Cidinha Paulo
 
Simulado 7 (port. 5º ano)
Simulado 7 (port. 5º ano)Simulado 7 (port. 5º ano)
Simulado 7 (port. 5º ano)
Cidinha Paulo
 
Leitura e interpretacao_de_textos
Leitura e interpretacao_de_textosLeitura e interpretacao_de_textos
Leitura e interpretacao_de_textos
Marcos Ataide
 
Apostila para trabalhar textos variados
Apostila para trabalhar  textos variadosApostila para trabalhar  textos variados
Apostila para trabalhar textos variados
Isa ...
 
D14 (5º ano l.p.)
D14 (5º ano   l.p.)D14 (5º ano   l.p.)
D14 (5º ano l.p.)
Cidinha Paulo
 
Prova folclore
Prova folcloreProva folclore
Prova folclore
Stella Santana
 

Mais procurados (20)

D7 (por descritores port 5º ano)
D7  (por descritores port  5º ano)D7  (por descritores port  5º ano)
D7 (por descritores port 5º ano)
 
Simulado de Matemática para o 3° ano do Ensino Fundamental I - Teste Final
Simulado de Matemática para o 3° ano do Ensino Fundamental I - Teste FinalSimulado de Matemática para o 3° ano do Ensino Fundamental I - Teste Final
Simulado de Matemática para o 3° ano do Ensino Fundamental I - Teste Final
 
SIMULADO 4º ANO FUNDAMENTAL
SIMULADO 4º ANO FUNDAMENTALSIMULADO 4º ANO FUNDAMENTAL
SIMULADO 4º ANO FUNDAMENTAL
 
Atividade avaliativa de ciências do 2 ano a e b
Atividade avaliativa de ciências do 2 ano a e bAtividade avaliativa de ciências do 2 ano a e b
Atividade avaliativa de ciências do 2 ano a e b
 
Frases para ordenar menino maluquinho
Frases para ordenar menino maluquinhoFrases para ordenar menino maluquinho
Frases para ordenar menino maluquinho
 
Ficha de trabalho as conjunções
Ficha de trabalho   as conjunçõesFicha de trabalho   as conjunções
Ficha de trabalho as conjunções
 
Atividade avaliativa 3 bimestre 4º ano matemática pdf
Atividade avaliativa 3 bimestre 4º ano   matemática pdfAtividade avaliativa 3 bimestre 4º ano   matemática pdf
Atividade avaliativa 3 bimestre 4º ano matemática pdf
 
Ficha de leitura sílabas complexas
Ficha de leitura sílabas complexasFicha de leitura sílabas complexas
Ficha de leitura sílabas complexas
 
Gênero textual: Fabulas e contos
Gênero textual: Fabulas e contos Gênero textual: Fabulas e contos
Gênero textual: Fabulas e contos
 
Simulado 10 (port. 5º ano)
Simulado 10 (port. 5º ano)Simulado 10 (port. 5º ano)
Simulado 10 (port. 5º ano)
 
1ª avaliação de português 10 pontos 1º bim para o blog
1ª avaliação de português 10 pontos 1º bim para o blog1ª avaliação de português 10 pontos 1º bim para o blog
1ª avaliação de português 10 pontos 1º bim para o blog
 
Avaliação de ciências 4ºbim 2º ano
Avaliação de ciências 4ºbim 2º anoAvaliação de ciências 4ºbim 2º ano
Avaliação de ciências 4ºbim 2º ano
 
Prova Brasil - Revisão de Língua Portuguesa 5º ano
Prova Brasil  - Revisão de Língua Portuguesa 5º anoProva Brasil  - Revisão de Língua Portuguesa 5º ano
Prova Brasil - Revisão de Língua Portuguesa 5º ano
 
Prova de Ciências 5º ano
Prova de Ciências 5º anoProva de Ciências 5º ano
Prova de Ciências 5º ano
 
Simulado 8 (port. 5º ano)
Simulado 8 (port. 5º ano)Simulado 8 (port. 5º ano)
Simulado 8 (port. 5º ano)
 
Simulado 7 (port. 5º ano)
Simulado 7 (port. 5º ano)Simulado 7 (port. 5º ano)
Simulado 7 (port. 5º ano)
 
Leitura e interpretacao_de_textos
Leitura e interpretacao_de_textosLeitura e interpretacao_de_textos
Leitura e interpretacao_de_textos
 
Apostila para trabalhar textos variados
Apostila para trabalhar  textos variadosApostila para trabalhar  textos variados
Apostila para trabalhar textos variados
 
D14 (5º ano l.p.)
D14 (5º ano   l.p.)D14 (5º ano   l.p.)
D14 (5º ano l.p.)
 
Prova folclore
Prova folcloreProva folclore
Prova folclore
 

Semelhante a Avs lp 4ºano

Prova português para o 2º ano
Prova português para o 2º anoProva português para o 2º ano
Prova português para o 2º ano
Eliete Soares E Soares
 
8. diagnostico _5ano_lp
8. diagnostico _5ano_lp8. diagnostico _5ano_lp
8. diagnostico _5ano_lp
Mara Sueli
 
8. diagnostico _5ano_lp
8. diagnostico _5ano_lp8. diagnostico _5ano_lp
8. diagnostico _5ano_lp
Carla Cucoloto
 
Simulados força tarefa
Simulados força tarefa Simulados força tarefa
Simulados força tarefa
Silvânia Silveira
 
Prova da cidade de português 6ª series
Prova da cidade de português 6ª seriesProva da cidade de português 6ª series
Prova da cidade de português 6ª series
Claudia Valério
 
Prova da Cidade Português - 7ª Serie
Prova da Cidade Português - 7ª SerieProva da Cidade Português - 7ª Serie
Prova da Cidade Português - 7ª Serie
Claudia Valério
 
Ava.por ts1
Ava.por ts1Ava.por ts1
Ava.por ts1
Luzia Ester
 
portugues.doc
portugues.docportugues.doc
portugues.doc
Tuca Digdinilis
 
Simulado de português 5º ano spaece 2014
Simulado de português 5º ano  spaece 2014Simulado de português 5º ano  spaece 2014
Simulado de português 5º ano spaece 2014
CASA-FACEBOOK-INSTAGRAM
 
Simulado ana 3pdf
Simulado ana 3pdfSimulado ana 3pdf
Simulado ana 3pdf
LUCIMARTRINDADEDEALMEIDA
 
P04_SITE.pdf
P04_SITE.pdfP04_SITE.pdf
P04_SITE.pdf
Caroline Assis
 
simulado port. saresp.doc
simulado port. saresp.docsimulado port. saresp.doc
simulado port. saresp.doc
PROFaLUMENDES
 
Apostila plantao portugues_6_ano_1_bim_4_2 (1)
Apostila plantao portugues_6_ano_1_bim_4_2 (1)Apostila plantao portugues_6_ano_1_bim_4_2 (1)
Apostila plantao portugues_6_ano_1_bim_4_2 (1)
PCS Informatica
 
Material para imprimir - FORMAÇÃO DO SEGUNDO CICLO NO MUNICÍPIO DE PONTES E L...
Material para imprimir - FORMAÇÃO DO SEGUNDO CICLO NO MUNICÍPIO DE PONTES E L...Material para imprimir - FORMAÇÃO DO SEGUNDO CICLO NO MUNICÍPIO DE PONTES E L...
Material para imprimir - FORMAÇÃO DO SEGUNDO CICLO NO MUNICÍPIO DE PONTES E L...
weleslima
 
Simulado 1 (port. 5º ano blog do prof. warles)
Simulado 1 (port. 5º ano   blog do prof. warles)Simulado 1 (port. 5º ano   blog do prof. warles)
Simulado 1 (port. 5º ano blog do prof. warles)
DANIELDESOUZA67
 
8. diagnostico _5ano_lp
8. diagnostico _5ano_lp8. diagnostico _5ano_lp
8. diagnostico _5ano_lp
Edmeyre Souza Ferreira
 
SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL I - II CICLO
SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL I - II CICLOSIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL I - II CICLO
SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL I - II CICLO
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Apresentação3
Apresentação3Apresentação3
Apresentação3
Rosalva Aparecida Costa
 
Coesão
CoesãoCoesão
Pequenos Exploradores - Língua Portuguesa, 1º ano
Pequenos Exploradores - Língua Portuguesa, 1º anoPequenos Exploradores - Língua Portuguesa, 1º ano
Pequenos Exploradores - Língua Portuguesa, 1º ano
Edpositivo
 

Semelhante a Avs lp 4ºano (20)

Prova português para o 2º ano
Prova português para o 2º anoProva português para o 2º ano
Prova português para o 2º ano
 
8. diagnostico _5ano_lp
8. diagnostico _5ano_lp8. diagnostico _5ano_lp
8. diagnostico _5ano_lp
 
8. diagnostico _5ano_lp
8. diagnostico _5ano_lp8. diagnostico _5ano_lp
8. diagnostico _5ano_lp
 
Simulados força tarefa
Simulados força tarefa Simulados força tarefa
Simulados força tarefa
 
Prova da cidade de português 6ª series
Prova da cidade de português 6ª seriesProva da cidade de português 6ª series
Prova da cidade de português 6ª series
 
Prova da Cidade Português - 7ª Serie
Prova da Cidade Português - 7ª SerieProva da Cidade Português - 7ª Serie
Prova da Cidade Português - 7ª Serie
 
Ava.por ts1
Ava.por ts1Ava.por ts1
Ava.por ts1
 
portugues.doc
portugues.docportugues.doc
portugues.doc
 
Simulado de português 5º ano spaece 2014
Simulado de português 5º ano  spaece 2014Simulado de português 5º ano  spaece 2014
Simulado de português 5º ano spaece 2014
 
Simulado ana 3pdf
Simulado ana 3pdfSimulado ana 3pdf
Simulado ana 3pdf
 
P04_SITE.pdf
P04_SITE.pdfP04_SITE.pdf
P04_SITE.pdf
 
simulado port. saresp.doc
simulado port. saresp.docsimulado port. saresp.doc
simulado port. saresp.doc
 
Apostila plantao portugues_6_ano_1_bim_4_2 (1)
Apostila plantao portugues_6_ano_1_bim_4_2 (1)Apostila plantao portugues_6_ano_1_bim_4_2 (1)
Apostila plantao portugues_6_ano_1_bim_4_2 (1)
 
Material para imprimir - FORMAÇÃO DO SEGUNDO CICLO NO MUNICÍPIO DE PONTES E L...
Material para imprimir - FORMAÇÃO DO SEGUNDO CICLO NO MUNICÍPIO DE PONTES E L...Material para imprimir - FORMAÇÃO DO SEGUNDO CICLO NO MUNICÍPIO DE PONTES E L...
Material para imprimir - FORMAÇÃO DO SEGUNDO CICLO NO MUNICÍPIO DE PONTES E L...
 
Simulado 1 (port. 5º ano blog do prof. warles)
Simulado 1 (port. 5º ano   blog do prof. warles)Simulado 1 (port. 5º ano   blog do prof. warles)
Simulado 1 (port. 5º ano blog do prof. warles)
 
8. diagnostico _5ano_lp
8. diagnostico _5ano_lp8. diagnostico _5ano_lp
8. diagnostico _5ano_lp
 
SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL I - II CICLO
SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL I - II CICLOSIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL I - II CICLO
SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL I - II CICLO
 
Apresentação3
Apresentação3Apresentação3
Apresentação3
 
Coesão
CoesãoCoesão
Coesão
 
Pequenos Exploradores - Língua Portuguesa, 1º ano
Pequenos Exploradores - Língua Portuguesa, 1º anoPequenos Exploradores - Língua Portuguesa, 1º ano
Pequenos Exploradores - Língua Portuguesa, 1º ano
 

Mais de Luzia Ester

Alfabeto ilustrado
Alfabeto ilustradoAlfabeto ilustrado
Alfabeto ilustrado
Luzia Ester
 
Plano de aula material cuisinare
Plano de aula   material cuisinarePlano de aula   material cuisinare
Plano de aula material cuisinare
Luzia Ester
 
Ditados populares
Ditados popularesDitados populares
Ditados populares
Luzia Ester
 
Seq didática corpo
Seq didática corpoSeq didática corpo
Seq didática corpo
Luzia Ester
 
Seq didática alimentação
Seq didática alimentaçãoSeq didática alimentação
Seq didática alimentação
Luzia Ester
 
Seq didática alimentação
Seq didática alimentaçãoSeq didática alimentação
Seq didática alimentação
Luzia Ester
 
Caderno de leitura
Caderno de leituraCaderno de leitura
Caderno de leitura
Luzia Ester
 
Comunicação alternativa
Comunicação alternativaComunicação alternativa
Comunicação alternativa
Luzia Ester
 
Problemas (nível I)
Problemas (nível I)Problemas (nível I)
Problemas (nível I)
Luzia Ester
 
Soluções dos problemas
Soluções dos problemasSoluções dos problemas
Soluções dos problemas
Luzia Ester
 
Fichas dos problemas
Fichas dos problemasFichas dos problemas
Fichas dos problemas
Luzia Ester
 
Av 1 cie 4°ano
Av 1 cie 4°anoAv 1 cie 4°ano
Av 1 cie 4°ano
Luzia Ester
 
Prova hist
Prova histProva hist
Prova hist
Luzia Ester
 
Av 1 cie 4°ano
Av 1 cie 4°anoAv 1 cie 4°ano
Av 1 cie 4°ano
Luzia Ester
 
Prova geo
Prova geoProva geo
Prova geo
Luzia Ester
 
2 av mat
2 av mat2 av mat
2 av mat
Luzia Ester
 
1a mate
1a mate1a mate
1a mate
Luzia Ester
 
Nat soc 3ª
Nat soc 3ªNat soc 3ª
Nat soc 3ª
Luzia Ester
 
Ava.abril(mat)p.02
Ava.abril(mat)p.02Ava.abril(mat)p.02
Ava.abril(mat)p.02
Luzia Ester
 

Mais de Luzia Ester (20)

Alfabeto ilustrado
Alfabeto ilustradoAlfabeto ilustrado
Alfabeto ilustrado
 
Plano de aula material cuisinare
Plano de aula   material cuisinarePlano de aula   material cuisinare
Plano de aula material cuisinare
 
Problemas3ºano
Problemas3ºanoProblemas3ºano
Problemas3ºano
 
Ditados populares
Ditados popularesDitados populares
Ditados populares
 
Seq didática corpo
Seq didática corpoSeq didática corpo
Seq didática corpo
 
Seq didática alimentação
Seq didática alimentaçãoSeq didática alimentação
Seq didática alimentação
 
Seq didática alimentação
Seq didática alimentaçãoSeq didática alimentação
Seq didática alimentação
 
Caderno de leitura
Caderno de leituraCaderno de leitura
Caderno de leitura
 
Comunicação alternativa
Comunicação alternativaComunicação alternativa
Comunicação alternativa
 
Problemas (nível I)
Problemas (nível I)Problemas (nível I)
Problemas (nível I)
 
Soluções dos problemas
Soluções dos problemasSoluções dos problemas
Soluções dos problemas
 
Fichas dos problemas
Fichas dos problemasFichas dos problemas
Fichas dos problemas
 
Av 1 cie 4°ano
Av 1 cie 4°anoAv 1 cie 4°ano
Av 1 cie 4°ano
 
Prova hist
Prova histProva hist
Prova hist
 
Av 1 cie 4°ano
Av 1 cie 4°anoAv 1 cie 4°ano
Av 1 cie 4°ano
 
Prova geo
Prova geoProva geo
Prova geo
 
2 av mat
2 av mat2 av mat
2 av mat
 
1a mate
1a mate1a mate
1a mate
 
Nat soc 3ª
Nat soc 3ªNat soc 3ª
Nat soc 3ª
 
Ava.abril(mat)p.02
Ava.abril(mat)p.02Ava.abril(mat)p.02
Ava.abril(mat)p.02
 

Último

Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
djincognito
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
Suzy De Abreu Santana
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
enpfilosofiaufu
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
analuisasesso
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 

Último (20)

Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 

Avs lp 4ºano

  • 1. NOME: ______________________________________________________________ PROFESSORA: ____________________ - 4º ANO ____ - DATA: ___ / ___ / ______ AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA Chapeuzinho Vermelho Histórias Clássicas Era uma vez, uma menina chamada Chapeuzinho Vermelho, conhecida pela touca vermelha que usava. Um dia, sua mãe pediu que levasse uma cesta de frutas para a vovó, que estava muito doente. Antes, sua mãe recomendou: “Não vá pela floresta. É muito perigoso”, mas Chapeuzinho Vermelho também queria levar flores para a vovó e desobedeceu, indo pela floresta. Na floresta, o Lobo Mau espreitava Chapeuzinho Vermelho e sabia que ela ia para a casa da vovó. Então o Lobo Mau foi para a casa da Vovó antes que Chapeuzinho Vermelho chegasse.. O lobo bateu na porta e imitou a voz de Chapeuzinho, enganando a vovó, que abriu a porta para ele. O Lobo Mau pulou e engoliu a vovó. Depois, pôs as roupas dela e atirou-se em sua cama. Quando Chapeuzinho Vermelho chegou, o lobo imitou a voz da vovó, tentando enganá-la. A menina desconfiou que fosse o Lobo Mau. Ela correu e gritou bem alto: “É o Lobo Mau!”. Um caçador ouviu e foi salvar Chapeuzinho Vermelho. Depois, ele tirou a vovó da barriga do lobo. Sem o Lobo mau na floresta, Chapeuzinho Vermelho pôde visitar a vovó todos os dias. COMPREENSÃO AGORA QUE VOCÊ JÁ LEU O TEXTO, RESPONDA AS PERGUNTAS MARCANDO APENAS A RESPOSTA QUE VOCÊ ACHAR CORRETA. 1 – O TEXTO QUE VOCÊ LEU É: A) UMA POESIA B) UM CONTO C) UMA RECEITA D) UMA NOTÍCIA 2 – OBSERVANDO A LEITURA DO TEXTO É POSSÍVEL SABER QUE A HISTÓRIA ACONTECE: A) NA PRAIA B) NA CIDADE C) NA FLORESTA D) NA LUA 3 – QUAL FOI A RECOMENDAÇÃO DA MÃE DA CHAPEUZINHO? EM QUE PARÁGRAFO ESTÁ ESSA RECOMENDAÇÃO? _______________________________________________________________________________________ 4 – O QUE O LOBO FEZ PARA ENGANAR E SE PASSAR PELA AVÓ DA CHAPEUZINHO? ________________________________________________________________________________________ 5 – DESCUBRA DE QUEM SÃO AS FALAS E ESCREVA O NOME DOS PERSONAGENS. - LEVE ESSA CESTA PARA A VOVOZINHA E NÃO CONVERSE COM ESTRANHOS. ________________________________________________ - A PORTA ESTÁ ABERTA. ENTRE MINHA NETINHA. ________________________________________________
  • 2. 6- RETIRE DO TEXTO TRÊS PALAVRAS QUE CONTENHAM: • ENCONTRO VOCÁLICO: _______________ - _______________ - _______________ • ENCONTRO CONSONANTAL: ______________ - _______________ - ______________ • DÍGRAFO: ______________ - _______________ - _________________ 7 – FAÇA UMA LISTA DE COMPRAS PARA A MÃE DE CHAPEUZINHO PASSAR UM MÊS TRANQUILO NA FLORESTA! 8 – ESCREVA UM BILHETE PARA A VOVÓ DE CHAPEUZINHO VERMELHO, AVISANDO QUE O LOBO MAU ESTÁ A CAMINHO DE CASA. 9 – CHAPEUZINHO QUER IR À CASA DA VOVÓ E PRECISA SABER SE HÁ PERIGO OU NÃO DE ATRAVESSAR A FLORESTA. ESCREVA UM AVISO CONTANDO OS PERIGOS DA FLORESTA.
  • 3. 10 – CONTINUE ESCREVENDO A HISTÓRIA CHAPEUZINHO VERMELHO ERA UMA VEZ UMA MENINA QUE, CERTA VEZ, GANHOU DE PRESENTE DA AVÓ UM CHAPEUZINHO DE VELUDO VERMELHO, E PORQUE ESTE LHE FICAVA TÃO BEM, E A MENINA NÃO QUERIA USAR OUTRA COISA, FICOU SE CHAMANDO CHAPEUZINHO VERMELHO. CERTO DIA, SUA MÃE LHE DISSE:
  • 4. SÃO PAULO, ____ DE _______ DE __________ NOME: ____________________________________________________________ AVALIAÇÃO UNIFICADA DE PORTUGUÊS 1ª BIMESTRE – 4ª SÉRIES O Disfarce dos bichos Você já tentou pegar um galhinho seco e ele virou bicho, abriu asas e voou? Se isso aconteceu é porque o graveto era um inseto conhecido como "bicho-pau". Ele é tão parecido com o galhinho, que pode ser confundido com o graveto. Existem lagartas que se parecem com raminhos de plantas. E há grilos que imitam folhas. Muitos animais ficam com a cor e a forma dos lugares em que estão. Eles fazem isso para se defender dos inimigos ou capturar outros bichos que servem de alimento. Esses truques são chamados de mimetismo, isto é, imitação. O cientista inglês Henry Walter Bates foi quem descobriu o mimetismo. Ele passou 11 anos na selva amazônica estudando os animais. MAVIAEL MONTEIRO, José. Bichos que usam disfarces para defesa. FOLHINHA, 6 NOV. 1993. 1. O bicho-pau se parece com: (A) florzinha seca. (B) folhinha verde. (C) galhinho seco. (D) raminho de planta. 2. Quanto tempo Henry Bates passou estudando os animais? ____________________________ 3. Você já viu um bicho-pau? Se viu, como ele é? Se não viu, como imagina que seja? ________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 4. O que você entendeu por mimetismo? ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ 5. Retire e copie do texto “O Disfarce dos bichos”: Uma palavra oxítona: ___________________________________________ Uma palavra proparoxítona: ______________________________________ Duas palavras paroxítonas: _______________________________________ 6. Leia a poesia: Segredo de Henriqueta Lisboa, e grife as palavras escritas de forma incorreta: Andorrinha no fio escutou um segredo. Foi à tore da Igreja, cochichou com o sino. E o sino ben alto delém-den delén-dem delén-dem delém-den! Toda cidade Ficou sabedo. Reescreva-as corrigindo: ___________________________________________________ ________________________________________________________________________
  • 5. 7. Complete as palavras com x, ch e s: A ____ OU E____TÔMAGO E____ TINÇÃO FLE___A ME____ERICA TÁ____I TE____TE ____ URRASCO ____ UVA FE____TA 8. Escreva as palavras que sua professora ditar: 9. Produza um texto Notícia seguindo o seguinte roteiro: 1. NÃO ESQUEÇA DA MANCHETE (TÍTULO DA NOTÍCIA); 2. A DATA; 3. O NOME DE QUEM ESCREVEU A REPORTAGEM; O QUE ACONTECEU: Houve amigo chocolate com confecção de cartões nas salas de aula para comemorar a Páscoa. ONDE: Na escola Jardim São Bento III QUANDO: No mês de Abril QUEM ESTAVA ENVOLVIDO: As turmas, as professoras e a coordenadora.
  • 6. SÃO PAULO, ____ DE _______ DE __________ NOME: ______________________________________________________ AVALIAÇÃO UNIFICADA DE LÍNGUA PORTUGUESA 2ª BIMESTRE – 4ª SÉRIES 1. Leia o texto Cecília Meireles Cecília Meireles nasceu no dia 7 de novembro de 1901, na cidade do Rio de Janeiro e seu nome completo era Cecília Benevides de Carvalho Meireles. Sua infância foi marcada pela dor e solidão, pois perdeu a mãe com apenas três anos de idade e o pai não chegou a conhecer (morreu antes de seu nascimento). Foi criada pela avó Dona Jacinta. Por volta dos nove anos de idade, Cecília começou a escrever suas primeiras poesias. Formou-se professora e com apenas 18 anos de idade, no ano de 1919, publicou seu primeiro livro “Espectro”. Sua formação como professora e interesse pela educação levaram-a a fundar a primeira biblioteca infantil do Rio de Janeiro no ano de 1934. Escreveu várias obras na área de literatura infantil como, por exemplo, “O cavalinho branco”, “Colar de Carolina”, “Sonhos de menina”, “O menino azul”, entre outros. No ano de 1939, Cecília publicou o livro Viagem. A beleza das poesias trouxe-lhe um grande reconhecimento. Com este livro, ganhou o Prêmio de Poesia da Academia Brasileira de Letras. Cecília faleceu em sua cidade natal no dia 9 de novembro de 1964. http://www.suapesquisa.com/biografias/cecilia_meireles. Agora responda: a) Este texto é uma biografia. Qual é o objetivo de uma biografia? b) O texto afirma que Cecília teve uma infância “marcada pela dor”. O que significa a expressão “marcada pela dor”? c) Reescreva a frase substituindo a palavra destacada por um sinônimo. Cecília faleceu em sua cidade natal no dia 9 de novembro de 1964. 2. Complete as frases com a homônima correta a. Os músicos foram aplaudidos ao final do . (conserto/concerto) b. Solicitei o da peça. (conserto/concerto)
  • 7. 3. Utilize a pontuação necessária no trecho abaixo. Narciso fingindo-se de desentendido perguntou Quem está se escondendo aqui perto de mim de mim repetiu a ninfa assustada (Trecho do Mito Narciso – Livro de textos do aluno -Ler e Escrever , pág. 150) 4. Indique o substantivo primitivo para os substantivos derivados abaixo. JORNALISTA PEDREIRO JARDINEIRA FLEREIRA 5. Leia o texto e escreva corretamente as palavras que foram escritas erradas. Um leão, cansado de tanto caçar, dormia espichado à somba de uma boa árvorre. Vierram uns rratinhos passear em cima dele e ele acordou. Todos conseguirram fugir, menos um, que o leão prendeu embaixo da pata. 6. Escreva um texto contando um fato que tenha acontecido com você. Pode ser um fato triste ou alegre, engraçado ou sério. Não se esqueça de dar um título bem interessante para o seu texto.
  • 8. SÃO PAULO, ________ DE _______________________ DE 2009. ALUNO: _______________________________________________ PROFESSORA: _____________________ 4º ANO – TURMA: ____ AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA – 2º BIMESTRE A origem dos cães Os zoólogos acreditam que o cachorro se originou de uma espécie de lobo que vivia na Ásia. Depois os cães se juntaram aos seres humanos e se espalharam por quase todo o mundo. Essa amizade começou há uns 12 mil anos, no tempo em que as pessoas precisavam caçar para se alimentar. Os cachorros perceberam que, se não atacassem os humanos, podiam ficar perto deles e comer a comida que sobrava. Já os homens descobriram que os cachorros podiam ajudar a caçar, a cuidar de rebanhos e a tomar conta da casa, além de serem ótimos companheiros. Um colaborava com o outro e a parceria deu certo. Os cães não eram todos iguais. Uns tinham mais força, outros eram mais velozes ou mais bravos. Os homens, então, juntaram um macho veloz e uma fêmea veloz, para que os filhotes também tivessem essa qualidade. Assim, aos poucos, foram criadas raças para guardar a casa, cuidar de animais ou apenas para ser bichos de estimação. Hoje existem mais de 500 raças, do pequenino chihuahua ao grandalhão são-bernardo. Texto extraído de: http://recreionline.abril.com.br/fique_dentro/ciencia/bichos/conteudo.html 1. Leia o texto acima e responda as questões: a) Os zoólogos acreditam que os cachorros originaram-se como? _________________________ ______________________________________________________________________________ b) Como foram criadas as raças dos cães? Para quê? __________________________________ ______________________________________________________________________________ c) O que você acha da amizade entre cães e seres humanos? ___________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________
  • 9. 2. Associe corretamente, classificando cada tipo de frase: Você vai à festa da Luciana? AFIRMATIVA A garota gosta de tomar sorvete. NEGATIVA Não posso ir à excursão com vocês. EXCLAMATIVA Que maravilha! INTERROGATIVA 3. Leia o texto e pontue-o corretamente, usando: . ! ? : -- , Eu estava num banco da pracinha observando um menino A primeira coisa que notei foi que ele estava olhando continuamente para o céu Aproximei-me dele e disse-lhe Ei garoto O que você sentado aí Fico observando as nuvens Por que Porque me sinto feliz O que você vê nas nuvens Vejo carneirinhos coelhinhos rostos e muitas outras coisas Mas eu olho para o céu e não vejo nada do que você vê Se você prestar atenção verá mais do que eu Tente Graça Batituci
  • 10. 4. Pinte as sílabas tônicas e relacione-as, usando a legenda: Oxítona Paroxítona Proparoxítona mé di co sa ú de es pi ga ro da pé pin tu ra co le ção
  • 11. São Paulo, _____ de ________________________ de 2010. Nome: _______________________________________________________ AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA – 4º BIMESTRE – 4ªSÉRIE 1. Ditado de palavras: ____________________________ ____________________________ ____________________________ ____________________________ 2. Ditado de frases: ________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________ 3. Parlenda: ______________________________________________________ ______________________________________________________ ______________________________________________________ ______________________________________________________ ______________________________________________________ ______________________________________________________ ______________________________________________________ ______________________________________________________ ______________________________________________________ ______________________________________________________ ______________________________________________________ ______________________________________________________ ______________________________________________________ ______________________________________________________ Leia o texto a seguir para responder as questões 4 e 5: Continho Era uma vez um menino triste, magro e barrigudinho, do sertão de Pernanbuco. Na soalheira danada de meio-dia, ele estava sentado na poeira do caminho, imaginando bobagem, quando passou um gordo vigário a cavalo: __ Você aí, menino, para onde vai essa estrada? __ Ela não vai não; nós é que vamos nela. __ Engraçadinho duma figa! Como você se chama? __ Eu não me chamo, não; os outros e que me chamam de Zé. CAMPOS, Paulo Mendes. Para Gostar de ler: crônicas. São Paulo: Ática, 2001. 4. A frase a seguir que apresenta a fala de Zé é: (A) __ Você aí, menino. (B) __ Ela não vai, não. (C) __ Como você se chama? (D) __ Para onde vai essa estrada?
  • 12. 5. O menino do Continho era: (A) Da capital pernambucana. (B) Do sertão pernambucano. (C) Do litoral pernambucano. (D) Da ilha pernambucana. 6. Leitura de texto informativo: O SONO DOS BICHOS O GATO ADORA DORMIR, ESPECIALMENTE SE TIVER UM LUGAR QUENTE E CONFORTÁVEL. AO SOL ESTÁ ÓTIMO. SE DEIXAREM, ELE PODE DORMIR MUITO MAIS DO QUE A GENTE. ELE SE ENROLA SOBRE SI MESMO, APÓIA OU ESCONDE A CABEÇA, FECHA OS OLHOS E NEM SE IMPORTA COM O QUE ACONTECE AO SEU REDOR. MAS, DE VEZ EM QUANDO, MESMO DORMINDO, ELE MEXE AS ORELHAS, AS PATAS, OS OLHOS E FAZ BARULHOS ESQUISITOS COM A BOCA, COMO SE ESTIVESSE SONHANDO E MIANDO NO MEIO DO SONHO. E NÃO É QUE ESTÁ SONHANDO MESMO! É EVIDENTE QUE ESTÁ – SABE-SE LÁ COM O QUÊ! (TEXTO ADAPTADO DA REVISTA CIÊNCIA HOJE DAS CRIANÇAS) Como sabemos se o gato está sonhando: (A) Quando ele se enrola sobre si mesmo. (B) Quando mexe orelhas, patas e faz sons esquisitos com a boca. (C) Quando esconde a cabeça. (D) Quando ele dorme muito. 7. Carta do leitor: São Paulo, terça, 19 de outubro de 2009. Oi pessoal da CHC, Adorei a reportagem “Por que o biscoito fica mole?” e até dei umas dicas aqui em casa para que não murchem mais. Eu gostaria de ler mais sobre como manter os alimentos, não gosto de ver as coisas que estragam. Um beijo no Rex, na Diná e no Zíper! Fui! Beatriz Barbosa de Souza Duque de Caxias/RJ • Qual a reportagem que Beatriz elogia? (A) Por que o biscoito fica mole? (B) Beijo para Rex, Diná e Zíper. (C) Como manter os alimentos. (D) Dicas para casa. • De onde vem a carta? (A) São Paulo/SP (B) Duque de Caxias/RJ (C) Duque de Caxias?PA (D) São Paulo/RJ
  • 13. 8. Poema: MAR Lalau e Laurabeatriz No mar, Tem siri e ostra Marisco e lagosta Bichos bonitos Bichos esquisitos O mar É lindo e gozado. A gente entra doce E sai salgado. • Marque a alternativa em que mostra os bichos citados no poema na ordem em que aparecem: (A) Siri, ostra, marisco e lagosta. (B) Ostra, marisco, lagosta e siri. (C) Marisco, lagosta, siri e ostra. (D) Ostra e siri, lagosta e marisco. • No poema, qual palavra rima com salgado? (A) Ostra. (B) Bonitos. (C) Gozado. (D) Doce. 9. Faça de conta que você era um morador da cidade que encontrou o pastorzinho mentiroso e teve uma conversa com ele. Crie uma continuação para esse trecho inicial, dando detalhes do que conversou com o pastorzinho. Não esqueça de dar um título para sua história: Um dia eu estava andando nas ruas do povoado quando encontrei um pastor de ovelhas que vivia inventando histórias, ele gritava: __ Um lobo! Socorro! Socorro! Eu disse: