SlideShare uma empresa Scribd logo
Avaliação de História
Nome:__________ Turma:________
1 – O período que durou de 1831 a 1840
é conhecido na história política brasileira
como:
a) Monárquico.
b) Colonial.
c) Regencial.
d) Restauração.
e) Imperial.
2 – Em qual opção está expresso um dos
efeitos decorrentes do Ato Adicional de
1834?
a) Centralizou o poder político do
governo.
b) Fortaleceu o poder central em
detrimento do poder regional.
c) Concedeu mais autonomia para
as províncias.
d) Reduziu a participação das elites
regionais no poder.
3 – Assinale a opção que expõe,
respectivamente, a principal unidade
produtiva e o tipo de mão de obra
utilizada no período Imperial.
a) Latifúndio; mão de obra escrava.
b) Pequenas propriedades; mão de
obra escrava.
c) Mão de obra escrava; latifúndio.
d) Latifúndio. Trabalho livre.
e) Grandes propriedades rurais;
Mão de obra indígena.
4 – A Revolta dos Malês (1835) teve uma
característica singular. Em qual opção
ela está expressa?
a) Tratou-se de uma rebelião
promovida por homens brancos
livres.
b) Foi uma revolta que pretendia
proclamar uma república no
Brasil.
c) A rebelião foi liderada, em sua
maioria, por escravos que
seguiam o islamismo.
d) Foi uma revolta que atingiu os
seus objetivos e aboliu a
escravidão na província.
Observe o mapa e responda as questões
de 5 a 8.
5 – Um fator que explica as inúmeras
revoltas que ocorreram no Brasil no
período pós-abdicação de D. Pedro I é:
a) A existência de um governo
central forte, o qual assegurava a
ordem no Império.
b) A ausência da figura do monarca
que abalou a estabilidade política
do reino.
c) A insatisfação geral com a
sujeição da economia aos
interesses dos comerciantes
lusos.
d) A revogação do Ato Adicional de
1834 que subtraiu as
prerrogativas políticas das
províncias.
6 – Foi uma rebelião deflagrada no norte,
na província do Grão-Pará, que teve
significativa participação popular e
terminou com forte repressão do
governo...
a) Balaiada.
b) Sabinada.
c) Revolta dos Malês.
d) Cabanagem.
e) Farroupilha ou Farrapos.
7 – A respeito do forma com a qual o
Governo lidava com os grupos sociais
revoltosos, assinale a opção que explicite
como se dava essa relação:
a) O governo buscava pacificar as
províncias revoltadas por meio
da celebração de acordos.
b) A regra adotada pelos políticos
da Corte passava pela via do
diálogo e a busca da paz.
c) Dentre as medidas usadas para
conter as rebeliões estava a busca
do consenso através da
diplomacia.
d) O governo procurou atender as
reivindicações dos revoltosos,
conseguindo, desse modo,
colocar fim nos levantes locais.
e) A política do governo foi
marcada pelo uso do aparato
militar para reprimir os revoltos e
abortar movimentos separatistas.
8 – A respeito da Revolta dos Farrapos,
uma das razões que causou o levante
foi...
a) O descontentamento dos
estancieiros com a política
tributária do governo que
prejudicava a produção de
charque.
b) O aumento que o governo
aplicou nos impostos sobre o
charque importado dos países
platinos.
c) O predomínio do charque
argentino e uruguaio no mercado
nacional, cuja qualidade era
inferior ao similar rio-grandense.
d) A política econômica do governo
que dificultava a entrada de
produtos platinos no mercado
nacional e impedia a livre
concorrência.
Analise as imagens a seguir e responda
as questões de 9 a 10.
9 – Uma das atribuições da Guarda
Nacional, criada em 1831, tinha como
atribuição:
a) Realizar a segurança do príncipe
herdeiro do trono brasileiro.
b) Assegurar a ordem a integridade
do império e a obediência às leis.
c) Policiar a Corte, isto é, a cidade
do Rio de Janeiro, mantendo-a
segura.
d) Zelar pela segurança das
fronteiras nacionais, sobretudo,
na região platina (fronteira com
Uruguai e Argentina).
10 – Quando o governo criou a Guara
Nacional ele atendeu aos interesses de
um grupo social, fortalecendo ainda mais
sua posição em nível regional/local.
Integrantes desse grupo também
ocupavam postos de comando na
Guarda. Que grupo foi esse?
a) Os povos indígenas.
b) Os pequenos comerciantes.
c) Os tropeiros.
d) Os fazendeiros.
e) Os traficantes de escravos.
11 – No período regencial havia vários
grupos políticos que defendiam posições
divergentes e, às vezes, contrárias, seja
na imprensa (jornais) ou no Parlamento.
Associe corretamente os grupos com as
ideias que eles defendiam, depois
assinale a sequência exata.
1 – Liberais exaltados;
2 – Restauradores;
3 – Liberais moderados.
( ) defendiam a volta de D. Pedro I e
representava os comerciantes
portugueses, militares conservadores e
altos funcionários públicos.
( ) pediam a descentralização do poder e
autonomia das províncias e o sistema
federalista e, alguns, republicanos.
Representavam os profissionais liberais,
pequenos comerciantes e funcionários
públicos modestos e militares de baixa
patente.
( ) defendiam a preservação da unidade
territorial e a monarquia, porém, sem
absolutismo. A manutenção da
escravidão também era defendida por
esses grupos que representavam os
grandes proprietários rurais de São
Paulo, Minas Gerais e do nordeste.
a) 1, 2, 3.
b) 2, 1, 3.
c) 3, 2, 2.
d) 2, 1, 3.
12 – Após o retorno de D. Pedro I para
Portugal, em 1831, o trono ficou vago,
pois seu filho ainda era menor de idade.
Pedro de Alcântara, o sucessor do trono brasileiro, aos
quatro anos de idade, alguns meses antes da abdicaçãodo
pai. Óleo sobre tela de Arnaud Julien Pallière, 1830.
Museu Imperial.
Que medida a Constituição de 1824
previa nessa situação?
a) Uma mudança no regime do
governo para a República,
abandonando a Monarquia.
b) O fim da independência e o
retorno do Brasil à condição de
colônia de Portugal.
c) Previa que o príncipe deveria
assumir o trono depois que fosse
alfabetizado.
d) Enquanto o príncipe não
atingisse a maioridade o governo
seria exercido por um conselho
de três regentes.
e) O poder central ficaria a cargo
das Assembleias legislativas
provinciais criadas em 1834.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

L ista de exercicios 8º ano abdamides
L ista de exercicios 8º ano abdamidesL ista de exercicios 8º ano abdamides
L ista de exercicios 8º ano abdamides
Abdamides Carvalho
 
Exercicio revolução russa
Exercicio revolução russaExercicio revolução russa
Exercicio revolução russa
Atividades Diversas Cláudia
 
atividades sobre a Primeira Guerra Mundial
atividades sobre a Primeira Guerra Mundialatividades sobre a Primeira Guerra Mundial
atividades sobre a Primeira Guerra Mundial
Jean Carlos Nunes Paixão
 
Avaliação de Hist. - Revolução Industrial
Avaliação de Hist. - Revolução IndustrialAvaliação de Hist. - Revolução Industrial
Avaliação de Hist. - Revolução Industrial
Frederico Marques Sodré
 
Atividades nova ordem mundial e globalização pronto
Atividades nova ordem mundial e globalização prontoAtividades nova ordem mundial e globalização pronto
Atividades nova ordem mundial e globalização pronto
Atividades Diversas Cláudia
 
Independência dos Estados Unidos - Texto e atividade
Independência dos Estados Unidos  -  Texto e atividade Independência dos Estados Unidos  -  Texto e atividade
Independência dos Estados Unidos - Texto e atividade
Mary Alvarenga
 
PDF: AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BI...
PDF: AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BI...PDF: AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BI...
PDF: AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BI...
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Atividades formação territorial do brasil
Atividades formação territorial do brasil Atividades formação territorial do brasil
Atividades formação territorial do brasil
Doug Caesar
 
Atividades feudalismo na idade média
Atividades   feudalismo na idade médiaAtividades   feudalismo na idade média
Atividades feudalismo na idade média
Atividades Diversas Cláudia
 
Geo 7º ano m 1ª prova b 2ª etapa 2014.doc gabarito
Geo 7º ano m 1ª prova b 2ª etapa 2014.doc gabaritoGeo 7º ano m 1ª prova b 2ª etapa 2014.doc gabarito
Geo 7º ano m 1ª prova b 2ª etapa 2014.doc gabarito
CBM
 
Avaliação expansão marítima
Avaliação expansão marítimaAvaliação expansão marítima
Avaliação expansão marítima
Acrópole - História & Educação
 
Prova de historia 3 ano
Prova de historia 3 anoProva de historia 3 ano
Prova de historia 3 ano
Atividades Diversas Cláudia
 
Avaliação bimestral de história
Avaliação bimestral de históriaAvaliação bimestral de história
Avaliação bimestral de história
somasantos
 
Resumo e atividades sobre ditadura militar
Resumo e atividades sobre ditadura militarResumo e atividades sobre ditadura militar
Resumo e atividades sobre ditadura militar
Atividades Diversas Cláudia
 
Cruzadinha ciclo do ouro
Cruzadinha ciclo do ouroCruzadinha ciclo do ouro
Cruzadinha ciclo do ouro
Talita Barreto
 
Atividade de História - Ditadura Militar no Brasil
Atividade de História - Ditadura Militar no BrasilAtividade de História - Ditadura Militar no Brasil
Atividade de História - Ditadura Militar no Brasil
Edilene Ruth Pereira
 
AVALIAÇÃO 6º ANO - Roma Antiga
AVALIAÇÃO 6º ANO - Roma AntigaAVALIAÇÃO 6º ANO - Roma Antiga
AVALIAÇÃO 6º ANO - Roma Antiga
Acrópole - História & Educação
 
Avaliação de história
Avaliação de históriaAvaliação de história
Avaliação de história
Romildo Da Cruz
 
ATIVIDADES SOBRE 1º REINADO.docx
ATIVIDADES SOBRE 1º REINADO.docxATIVIDADES SOBRE 1º REINADO.docx
ATIVIDADES SOBRE 1º REINADO.docx
SEE/MG
 
Prova revoluçao russa
Prova revoluçao russaProva revoluçao russa
Prova revoluçao russa
Atividades Diversas Cláudia
 

Mais procurados (20)

L ista de exercicios 8º ano abdamides
L ista de exercicios 8º ano abdamidesL ista de exercicios 8º ano abdamides
L ista de exercicios 8º ano abdamides
 
Exercicio revolução russa
Exercicio revolução russaExercicio revolução russa
Exercicio revolução russa
 
atividades sobre a Primeira Guerra Mundial
atividades sobre a Primeira Guerra Mundialatividades sobre a Primeira Guerra Mundial
atividades sobre a Primeira Guerra Mundial
 
Avaliação de Hist. - Revolução Industrial
Avaliação de Hist. - Revolução IndustrialAvaliação de Hist. - Revolução Industrial
Avaliação de Hist. - Revolução Industrial
 
Atividades nova ordem mundial e globalização pronto
Atividades nova ordem mundial e globalização prontoAtividades nova ordem mundial e globalização pronto
Atividades nova ordem mundial e globalização pronto
 
Independência dos Estados Unidos - Texto e atividade
Independência dos Estados Unidos  -  Texto e atividade Independência dos Estados Unidos  -  Texto e atividade
Independência dos Estados Unidos - Texto e atividade
 
PDF: AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BI...
PDF: AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BI...PDF: AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BI...
PDF: AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BI...
 
Atividades formação territorial do brasil
Atividades formação territorial do brasil Atividades formação territorial do brasil
Atividades formação territorial do brasil
 
Atividades feudalismo na idade média
Atividades   feudalismo na idade médiaAtividades   feudalismo na idade média
Atividades feudalismo na idade média
 
Geo 7º ano m 1ª prova b 2ª etapa 2014.doc gabarito
Geo 7º ano m 1ª prova b 2ª etapa 2014.doc gabaritoGeo 7º ano m 1ª prova b 2ª etapa 2014.doc gabarito
Geo 7º ano m 1ª prova b 2ª etapa 2014.doc gabarito
 
Avaliação expansão marítima
Avaliação expansão marítimaAvaliação expansão marítima
Avaliação expansão marítima
 
Prova de historia 3 ano
Prova de historia 3 anoProva de historia 3 ano
Prova de historia 3 ano
 
Avaliação bimestral de história
Avaliação bimestral de históriaAvaliação bimestral de história
Avaliação bimestral de história
 
Resumo e atividades sobre ditadura militar
Resumo e atividades sobre ditadura militarResumo e atividades sobre ditadura militar
Resumo e atividades sobre ditadura militar
 
Cruzadinha ciclo do ouro
Cruzadinha ciclo do ouroCruzadinha ciclo do ouro
Cruzadinha ciclo do ouro
 
Atividade de História - Ditadura Militar no Brasil
Atividade de História - Ditadura Militar no BrasilAtividade de História - Ditadura Militar no Brasil
Atividade de História - Ditadura Militar no Brasil
 
AVALIAÇÃO 6º ANO - Roma Antiga
AVALIAÇÃO 6º ANO - Roma AntigaAVALIAÇÃO 6º ANO - Roma Antiga
AVALIAÇÃO 6º ANO - Roma Antiga
 
Avaliação de história
Avaliação de históriaAvaliação de história
Avaliação de história
 
ATIVIDADES SOBRE 1º REINADO.docx
ATIVIDADES SOBRE 1º REINADO.docxATIVIDADES SOBRE 1º REINADO.docx
ATIVIDADES SOBRE 1º REINADO.docx
 
Prova revoluçao russa
Prova revoluçao russaProva revoluçao russa
Prova revoluçao russa
 

Semelhante a Avaliação período regencial

Hist 8 unid_8
Hist 8 unid_8Hist 8 unid_8
Hist 8 unid_8
julio2012souto
 
Historia 4
Historia 4Historia 4
Historia 4
Amanda Taynara
 
Regencia
RegenciaRegencia
Regencia
Lúcia Santana
 
Brasil e a crise do antigo sistema colonial
Brasil e a crise do antigo sistema colonialBrasil e a crise do antigo sistema colonial
Brasil e a crise do antigo sistema colonial
Thais Ribeiro
 
Periodo regencial 2014
Periodo regencial 2014Periodo regencial 2014
Periodo regencial 2014
Gilbert Patsayev
 
PERÍODO REGENCIAL E SEGUNDO REINADO.pptx
PERÍODO REGENCIAL E SEGUNDO REINADO.pptxPERÍODO REGENCIAL E SEGUNDO REINADO.pptx
PERÍODO REGENCIAL E SEGUNDO REINADO.pptx
GustavoLeme25
 
Exercícios
ExercíciosExercícios
Exercícios
Cazuza Bremenkamp
 
8ª ano revisão unidade 4 temas 4, 5 e 6 resp
8ª ano revisão unidade 4 temas 4, 5 e 6 resp8ª ano revisão unidade 4 temas 4, 5 e 6 resp
8ª ano revisão unidade 4 temas 4, 5 e 6 resp
SEMEC
 
Prova - 1º bimestre - 3ª série
Prova - 1º bimestre - 3ª sérieProva - 1º bimestre - 3ª série
Prova - 1º bimestre - 3ª série
Luiz Valentim
 
Questões de História - Enem 2017- Treino 1
Questões de História - Enem 2017- Treino 1Questões de História - Enem 2017- Treino 1
Questões de História - Enem 2017- Treino 1
Gilbert Patsayev
 
História – brasil colônia período regencial 01 – 2014
História – brasil colônia período regencial 01 – 2014História – brasil colônia período regencial 01 – 2014
História – brasil colônia período regencial 01 – 2014
Jakson Raphael Pereira Barbosa
 
Guerra dos Farrapos
Guerra dos FarraposGuerra dos Farrapos
Guerra dos Farrapos
Aula pratica de!
 
Correção página 50 e 73
Correção página 50 e 73Correção página 50 e 73
Correção página 50 e 73
Elisângela Martins Rodrigues
 
Gabarito pet iii 8º ano
Gabarito pet iii 8º anoGabarito pet iii 8º ano
Gabarito pet iii 8º ano
Lívia De Paula
 
Basicão – Brasil Império - 3ano – rafa= ]
Basicão – Brasil Império - 3ano – rafa= ]Basicão – Brasil Império - 3ano – rafa= ]
Basicão – Brasil Império - 3ano – rafa= ]
Rafael Noronha
 
Primeiro Reinado e Regencias
Primeiro Reinado e RegenciasPrimeiro Reinado e Regencias
Primeiro Reinado e Regencias
Alexandre Protásio
 
História 8º Revolução Americana e Revolução Francesa
História 8º Revolução Americana e Revolução FrancesaHistória 8º Revolução Americana e Revolução Francesa
História 8º Revolução Americana e Revolução Francesa
Espaço Crescer Centro de Estudos
 
Estudos CACD Missão Diplomática - História do Brasil Aula Resumo 03 - Império
Estudos CACD Missão Diplomática - História do Brasil Aula Resumo 03 - ImpérioEstudos CACD Missão Diplomática - História do Brasil Aula Resumo 03 - Império
Estudos CACD Missão Diplomática - História do Brasil Aula Resumo 03 - Império
missaodiplomatica
 
Quis revoltas coloniais e processo de independencia
Quis revoltas coloniais e processo de independenciaQuis revoltas coloniais e processo de independencia
Quis revoltas coloniais e processo de independencia
Alcidon Cunha
 
Brasil: 2º Reinado (1840-1889)
Brasil: 2º Reinado (1840-1889)Brasil: 2º Reinado (1840-1889)
Brasil: 2º Reinado (1840-1889)
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 

Semelhante a Avaliação período regencial (20)

Hist 8 unid_8
Hist 8 unid_8Hist 8 unid_8
Hist 8 unid_8
 
Historia 4
Historia 4Historia 4
Historia 4
 
Regencia
RegenciaRegencia
Regencia
 
Brasil e a crise do antigo sistema colonial
Brasil e a crise do antigo sistema colonialBrasil e a crise do antigo sistema colonial
Brasil e a crise do antigo sistema colonial
 
Periodo regencial 2014
Periodo regencial 2014Periodo regencial 2014
Periodo regencial 2014
 
PERÍODO REGENCIAL E SEGUNDO REINADO.pptx
PERÍODO REGENCIAL E SEGUNDO REINADO.pptxPERÍODO REGENCIAL E SEGUNDO REINADO.pptx
PERÍODO REGENCIAL E SEGUNDO REINADO.pptx
 
Exercícios
ExercíciosExercícios
Exercícios
 
8ª ano revisão unidade 4 temas 4, 5 e 6 resp
8ª ano revisão unidade 4 temas 4, 5 e 6 resp8ª ano revisão unidade 4 temas 4, 5 e 6 resp
8ª ano revisão unidade 4 temas 4, 5 e 6 resp
 
Prova - 1º bimestre - 3ª série
Prova - 1º bimestre - 3ª sérieProva - 1º bimestre - 3ª série
Prova - 1º bimestre - 3ª série
 
Questões de História - Enem 2017- Treino 1
Questões de História - Enem 2017- Treino 1Questões de História - Enem 2017- Treino 1
Questões de História - Enem 2017- Treino 1
 
História – brasil colônia período regencial 01 – 2014
História – brasil colônia período regencial 01 – 2014História – brasil colônia período regencial 01 – 2014
História – brasil colônia período regencial 01 – 2014
 
Guerra dos Farrapos
Guerra dos FarraposGuerra dos Farrapos
Guerra dos Farrapos
 
Correção página 50 e 73
Correção página 50 e 73Correção página 50 e 73
Correção página 50 e 73
 
Gabarito pet iii 8º ano
Gabarito pet iii 8º anoGabarito pet iii 8º ano
Gabarito pet iii 8º ano
 
Basicão – Brasil Império - 3ano – rafa= ]
Basicão – Brasil Império - 3ano – rafa= ]Basicão – Brasil Império - 3ano – rafa= ]
Basicão – Brasil Império - 3ano – rafa= ]
 
Primeiro Reinado e Regencias
Primeiro Reinado e RegenciasPrimeiro Reinado e Regencias
Primeiro Reinado e Regencias
 
História 8º Revolução Americana e Revolução Francesa
História 8º Revolução Americana e Revolução FrancesaHistória 8º Revolução Americana e Revolução Francesa
História 8º Revolução Americana e Revolução Francesa
 
Estudos CACD Missão Diplomática - História do Brasil Aula Resumo 03 - Império
Estudos CACD Missão Diplomática - História do Brasil Aula Resumo 03 - ImpérioEstudos CACD Missão Diplomática - História do Brasil Aula Resumo 03 - Império
Estudos CACD Missão Diplomática - História do Brasil Aula Resumo 03 - Império
 
Quis revoltas coloniais e processo de independencia
Quis revoltas coloniais e processo de independenciaQuis revoltas coloniais e processo de independencia
Quis revoltas coloniais e processo de independencia
 
Brasil: 2º Reinado (1840-1889)
Brasil: 2º Reinado (1840-1889)Brasil: 2º Reinado (1840-1889)
Brasil: 2º Reinado (1840-1889)
 

Mais de Acrópole - História & Educação

Unificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da AlemanhaUnificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
Acrópole - História & Educação
 
Aula sobre o Imperialismo Europeu no século XIX
Aula sobre o Imperialismo Europeu no século XIXAula sobre o Imperialismo Europeu no século XIX
Aula sobre o Imperialismo Europeu no século XIX
Acrópole - História & Educação
 
REVISÃO 3º ANO ENSINO MÉDIO
REVISÃO 3º ANO ENSINO MÉDIOREVISÃO 3º ANO ENSINO MÉDIO
REVISÃO 3º ANO ENSINO MÉDIO
Acrópole - História & Educação
 
AVALIAÇÃO INDEPENDÊNCIA E I REINADO NO BRASIL
AVALIAÇÃO INDEPENDÊNCIA E I REINADO NO BRASILAVALIAÇÃO INDEPENDÊNCIA E I REINADO NO BRASIL
AVALIAÇÃO INDEPENDÊNCIA E I REINADO NO BRASIL
Acrópole - História & Educação
 
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA EJA
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA EJAAVALIAÇÃO DE HISTÓRIA EJA
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA EJA
Acrópole - História & Educação
 
AVALIAÇÃO HISTÓRIA ILUMINISMO E DESPOTISMO ESCLARECIDO
AVALIAÇÃO HISTÓRIA  ILUMINISMO E DESPOTISMO ESCLARECIDOAVALIAÇÃO HISTÓRIA  ILUMINISMO E DESPOTISMO ESCLARECIDO
AVALIAÇÃO HISTÓRIA ILUMINISMO E DESPOTISMO ESCLARECIDO
Acrópole - História & Educação
 
A Formação dos Estados Nacionais Europeus
A Formação dos Estados Nacionais EuropeusA Formação dos Estados Nacionais Europeus
A Formação dos Estados Nacionais Europeus
Acrópole - História & Educação
 
Prova de História 7º Ano - Renascimento Cultural
Prova de História 7º Ano  - Renascimento CulturalProva de História 7º Ano  - Renascimento Cultural
Prova de História 7º Ano - Renascimento Cultural
Acrópole - História & Educação
 
Prova de História: Revolução Inglesa
Prova de História: Revolução InglesaProva de História: Revolução Inglesa
Prova de História: Revolução Inglesa
Acrópole - História & Educação
 
Exercícios sobre as ideologias do século XIX
Exercícios sobre as ideologias do século XIXExercícios sobre as ideologias do século XIX
Exercícios sobre as ideologias do século XIX
Acrópole - História & Educação
 
Teste de História: absolutismo e mercantilismo
Teste de História: absolutismo e mercantilismoTeste de História: absolutismo e mercantilismo
Teste de História: absolutismo e mercantilismo
Acrópole - História & Educação
 
AVALIAÇÃO INDEPENDÊNCIA DOS EUA
AVALIAÇÃO INDEPENDÊNCIA DOS EUAAVALIAÇÃO INDEPENDÊNCIA DOS EUA
AVALIAÇÃO INDEPENDÊNCIA DOS EUA
Acrópole - História & Educação
 
TESTE- ABSOLUTISMO E MERCANTILISMO
TESTE- ABSOLUTISMO E MERCANTILISMOTESTE- ABSOLUTISMO E MERCANTILISMO
TESTE- ABSOLUTISMO E MERCANTILISMO
Acrópole - História & Educação
 
Avaliação República Democrática no Brasil
Avaliação República Democrática no Brasil Avaliação República Democrática no Brasil
Avaliação República Democrática no Brasil
Acrópole - História & Educação
 
AVALIAÇÃO HISTÓRIA REVOLUÇÕES SOCIALISTAS
AVALIAÇÃO HISTÓRIA REVOLUÇÕES SOCIALISTASAVALIAÇÃO HISTÓRIA REVOLUÇÕES SOCIALISTAS
AVALIAÇÃO HISTÓRIA REVOLUÇÕES SOCIALISTAS
Acrópole - História & Educação
 
AVALIAÇÃO 1º ANO ENSINO MÉDIO - BAIXA IDADE MÉDIA
AVALIAÇÃO 1º ANO ENSINO MÉDIO - BAIXA IDADE MÉDIAAVALIAÇÃO 1º ANO ENSINO MÉDIO - BAIXA IDADE MÉDIA
AVALIAÇÃO 1º ANO ENSINO MÉDIO - BAIXA IDADE MÉDIA
Acrópole - História & Educação
 
AVALIAÇÃO ESTADOS MODERNOS
AVALIAÇÃO ESTADOS MODERNOSAVALIAÇÃO ESTADOS MODERNOS
AVALIAÇÃO ESTADOS MODERNOS
Acrópole - História & Educação
 
Panfleto de Educação Fiscal
Panfleto de Educação FiscalPanfleto de Educação Fiscal
Panfleto de Educação Fiscal
Acrópole - História & Educação
 
Avaliação de História
Avaliação de HistóriaAvaliação de História
Avaliação de História
Acrópole - História & Educação
 
QUESTÕES DE VESTIBULAR: INDEPENDÊNCIA NAS AMÉRICAS
QUESTÕES DE VESTIBULAR: INDEPENDÊNCIA NAS AMÉRICASQUESTÕES DE VESTIBULAR: INDEPENDÊNCIA NAS AMÉRICAS
QUESTÕES DE VESTIBULAR: INDEPENDÊNCIA NAS AMÉRICAS
Acrópole - História & Educação
 

Mais de Acrópole - História & Educação (20)

Unificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da AlemanhaUnificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
 
Aula sobre o Imperialismo Europeu no século XIX
Aula sobre o Imperialismo Europeu no século XIXAula sobre o Imperialismo Europeu no século XIX
Aula sobre o Imperialismo Europeu no século XIX
 
REVISÃO 3º ANO ENSINO MÉDIO
REVISÃO 3º ANO ENSINO MÉDIOREVISÃO 3º ANO ENSINO MÉDIO
REVISÃO 3º ANO ENSINO MÉDIO
 
AVALIAÇÃO INDEPENDÊNCIA E I REINADO NO BRASIL
AVALIAÇÃO INDEPENDÊNCIA E I REINADO NO BRASILAVALIAÇÃO INDEPENDÊNCIA E I REINADO NO BRASIL
AVALIAÇÃO INDEPENDÊNCIA E I REINADO NO BRASIL
 
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA EJA
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA EJAAVALIAÇÃO DE HISTÓRIA EJA
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA EJA
 
AVALIAÇÃO HISTÓRIA ILUMINISMO E DESPOTISMO ESCLARECIDO
AVALIAÇÃO HISTÓRIA  ILUMINISMO E DESPOTISMO ESCLARECIDOAVALIAÇÃO HISTÓRIA  ILUMINISMO E DESPOTISMO ESCLARECIDO
AVALIAÇÃO HISTÓRIA ILUMINISMO E DESPOTISMO ESCLARECIDO
 
A Formação dos Estados Nacionais Europeus
A Formação dos Estados Nacionais EuropeusA Formação dos Estados Nacionais Europeus
A Formação dos Estados Nacionais Europeus
 
Prova de História 7º Ano - Renascimento Cultural
Prova de História 7º Ano  - Renascimento CulturalProva de História 7º Ano  - Renascimento Cultural
Prova de História 7º Ano - Renascimento Cultural
 
Prova de História: Revolução Inglesa
Prova de História: Revolução InglesaProva de História: Revolução Inglesa
Prova de História: Revolução Inglesa
 
Exercícios sobre as ideologias do século XIX
Exercícios sobre as ideologias do século XIXExercícios sobre as ideologias do século XIX
Exercícios sobre as ideologias do século XIX
 
Teste de História: absolutismo e mercantilismo
Teste de História: absolutismo e mercantilismoTeste de História: absolutismo e mercantilismo
Teste de História: absolutismo e mercantilismo
 
AVALIAÇÃO INDEPENDÊNCIA DOS EUA
AVALIAÇÃO INDEPENDÊNCIA DOS EUAAVALIAÇÃO INDEPENDÊNCIA DOS EUA
AVALIAÇÃO INDEPENDÊNCIA DOS EUA
 
TESTE- ABSOLUTISMO E MERCANTILISMO
TESTE- ABSOLUTISMO E MERCANTILISMOTESTE- ABSOLUTISMO E MERCANTILISMO
TESTE- ABSOLUTISMO E MERCANTILISMO
 
Avaliação República Democrática no Brasil
Avaliação República Democrática no Brasil Avaliação República Democrática no Brasil
Avaliação República Democrática no Brasil
 
AVALIAÇÃO HISTÓRIA REVOLUÇÕES SOCIALISTAS
AVALIAÇÃO HISTÓRIA REVOLUÇÕES SOCIALISTASAVALIAÇÃO HISTÓRIA REVOLUÇÕES SOCIALISTAS
AVALIAÇÃO HISTÓRIA REVOLUÇÕES SOCIALISTAS
 
AVALIAÇÃO 1º ANO ENSINO MÉDIO - BAIXA IDADE MÉDIA
AVALIAÇÃO 1º ANO ENSINO MÉDIO - BAIXA IDADE MÉDIAAVALIAÇÃO 1º ANO ENSINO MÉDIO - BAIXA IDADE MÉDIA
AVALIAÇÃO 1º ANO ENSINO MÉDIO - BAIXA IDADE MÉDIA
 
AVALIAÇÃO ESTADOS MODERNOS
AVALIAÇÃO ESTADOS MODERNOSAVALIAÇÃO ESTADOS MODERNOS
AVALIAÇÃO ESTADOS MODERNOS
 
Panfleto de Educação Fiscal
Panfleto de Educação FiscalPanfleto de Educação Fiscal
Panfleto de Educação Fiscal
 
Avaliação de História
Avaliação de HistóriaAvaliação de História
Avaliação de História
 
QUESTÕES DE VESTIBULAR: INDEPENDÊNCIA NAS AMÉRICAS
QUESTÕES DE VESTIBULAR: INDEPENDÊNCIA NAS AMÉRICASQUESTÕES DE VESTIBULAR: INDEPENDÊNCIA NAS AMÉRICAS
QUESTÕES DE VESTIBULAR: INDEPENDÊNCIA NAS AMÉRICAS
 

Último

Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
enpfilosofiaufu
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
DanielCastro80471
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
Giovana Gomes da Silva
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
AdrianoMontagna1
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 

Último (20)

Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 

Avaliação período regencial

  • 1. Avaliação de História Nome:__________ Turma:________ 1 – O período que durou de 1831 a 1840 é conhecido na história política brasileira como: a) Monárquico. b) Colonial. c) Regencial. d) Restauração. e) Imperial. 2 – Em qual opção está expresso um dos efeitos decorrentes do Ato Adicional de 1834? a) Centralizou o poder político do governo. b) Fortaleceu o poder central em detrimento do poder regional. c) Concedeu mais autonomia para as províncias. d) Reduziu a participação das elites regionais no poder. 3 – Assinale a opção que expõe, respectivamente, a principal unidade produtiva e o tipo de mão de obra utilizada no período Imperial. a) Latifúndio; mão de obra escrava. b) Pequenas propriedades; mão de obra escrava. c) Mão de obra escrava; latifúndio. d) Latifúndio. Trabalho livre. e) Grandes propriedades rurais; Mão de obra indígena. 4 – A Revolta dos Malês (1835) teve uma característica singular. Em qual opção ela está expressa? a) Tratou-se de uma rebelião promovida por homens brancos livres. b) Foi uma revolta que pretendia proclamar uma república no Brasil. c) A rebelião foi liderada, em sua maioria, por escravos que seguiam o islamismo. d) Foi uma revolta que atingiu os seus objetivos e aboliu a escravidão na província. Observe o mapa e responda as questões de 5 a 8. 5 – Um fator que explica as inúmeras revoltas que ocorreram no Brasil no período pós-abdicação de D. Pedro I é: a) A existência de um governo central forte, o qual assegurava a ordem no Império. b) A ausência da figura do monarca que abalou a estabilidade política do reino. c) A insatisfação geral com a sujeição da economia aos interesses dos comerciantes lusos. d) A revogação do Ato Adicional de 1834 que subtraiu as
  • 2. prerrogativas políticas das províncias. 6 – Foi uma rebelião deflagrada no norte, na província do Grão-Pará, que teve significativa participação popular e terminou com forte repressão do governo... a) Balaiada. b) Sabinada. c) Revolta dos Malês. d) Cabanagem. e) Farroupilha ou Farrapos. 7 – A respeito do forma com a qual o Governo lidava com os grupos sociais revoltosos, assinale a opção que explicite como se dava essa relação: a) O governo buscava pacificar as províncias revoltadas por meio da celebração de acordos. b) A regra adotada pelos políticos da Corte passava pela via do diálogo e a busca da paz. c) Dentre as medidas usadas para conter as rebeliões estava a busca do consenso através da diplomacia. d) O governo procurou atender as reivindicações dos revoltosos, conseguindo, desse modo, colocar fim nos levantes locais. e) A política do governo foi marcada pelo uso do aparato militar para reprimir os revoltos e abortar movimentos separatistas. 8 – A respeito da Revolta dos Farrapos, uma das razões que causou o levante foi... a) O descontentamento dos estancieiros com a política tributária do governo que prejudicava a produção de charque. b) O aumento que o governo aplicou nos impostos sobre o charque importado dos países platinos. c) O predomínio do charque argentino e uruguaio no mercado nacional, cuja qualidade era inferior ao similar rio-grandense. d) A política econômica do governo que dificultava a entrada de produtos platinos no mercado nacional e impedia a livre concorrência. Analise as imagens a seguir e responda as questões de 9 a 10. 9 – Uma das atribuições da Guarda Nacional, criada em 1831, tinha como atribuição: a) Realizar a segurança do príncipe herdeiro do trono brasileiro. b) Assegurar a ordem a integridade do império e a obediência às leis.
  • 3. c) Policiar a Corte, isto é, a cidade do Rio de Janeiro, mantendo-a segura. d) Zelar pela segurança das fronteiras nacionais, sobretudo, na região platina (fronteira com Uruguai e Argentina). 10 – Quando o governo criou a Guara Nacional ele atendeu aos interesses de um grupo social, fortalecendo ainda mais sua posição em nível regional/local. Integrantes desse grupo também ocupavam postos de comando na Guarda. Que grupo foi esse? a) Os povos indígenas. b) Os pequenos comerciantes. c) Os tropeiros. d) Os fazendeiros. e) Os traficantes de escravos. 11 – No período regencial havia vários grupos políticos que defendiam posições divergentes e, às vezes, contrárias, seja na imprensa (jornais) ou no Parlamento. Associe corretamente os grupos com as ideias que eles defendiam, depois assinale a sequência exata. 1 – Liberais exaltados; 2 – Restauradores; 3 – Liberais moderados. ( ) defendiam a volta de D. Pedro I e representava os comerciantes portugueses, militares conservadores e altos funcionários públicos. ( ) pediam a descentralização do poder e autonomia das províncias e o sistema federalista e, alguns, republicanos. Representavam os profissionais liberais, pequenos comerciantes e funcionários públicos modestos e militares de baixa patente. ( ) defendiam a preservação da unidade territorial e a monarquia, porém, sem absolutismo. A manutenção da escravidão também era defendida por esses grupos que representavam os grandes proprietários rurais de São Paulo, Minas Gerais e do nordeste. a) 1, 2, 3. b) 2, 1, 3. c) 3, 2, 2. d) 2, 1, 3. 12 – Após o retorno de D. Pedro I para Portugal, em 1831, o trono ficou vago, pois seu filho ainda era menor de idade. Pedro de Alcântara, o sucessor do trono brasileiro, aos quatro anos de idade, alguns meses antes da abdicaçãodo pai. Óleo sobre tela de Arnaud Julien Pallière, 1830. Museu Imperial. Que medida a Constituição de 1824 previa nessa situação? a) Uma mudança no regime do governo para a República, abandonando a Monarquia. b) O fim da independência e o retorno do Brasil à condição de colônia de Portugal. c) Previa que o príncipe deveria assumir o trono depois que fosse alfabetizado. d) Enquanto o príncipe não atingisse a maioridade o governo seria exercido por um conselho de três regentes. e) O poder central ficaria a cargo das Assembleias legislativas provinciais criadas em 1834.