SlideShare uma empresa Scribd logo
ANESTESIA PARA CIRURGIA COLORETAL POR VIDEOLAPAROSCOPIA – A TÉCNICA ANESTÉSICA PODE INFLUENCIAR O RESULTADO?Dr. Arthur VitorRosentiSeguradoTSA-SBACET São Paulo - ServiçosMédicos de Anestesia /SMA
Indicações de cirurgia coloretalEndometriose
 Prolapso Retal
 Doença diverticular
 Câncer
 OutrasEventos adversos em cirurgias coloretaisMortalidade1,6% a 7,4% dos casosMorbidadeEm torno de 25%Ragg JL et al. Dis Colon Rectum 2009; 52:1296-1303
Identificando fatores de riscoDefinir desfechoMortalidadeMorbidadeTempo de internação, admissão em UTI, satisfação do pacienteMútiplas variáveisPré, intra e pós-operatóriasTécnica anestésica????
Possum e P-PossumPrytherch D et al. Br J Surg 1998; 85(9):1217-1220.
CR-PossumTekkis P et al. Br J Surg 2004; 91:1174-1182.
Possum x P-Possum x CR-PossumRevisão sistemáticaP-Possum é superiorln(R/1-R) = -9.065 + (0.1692 * escorefisiológico) + (0.1550 * escoreoperatório)Richards C et al. Br J Surg 2010; 97(S2):56
Estratificação de risco em cirurgias coloretais de grande porte887 pacientes, só dados pré-operatórios Mortalidade (i=4,51%)ASA III a VIdadeNúmero de comorbidadesInexperiência do cirurgiãoFatores de risco independentesRagg JL et al. Dis Colon Rectum 2009;52:1296-1303
Estratificação de risco em cirurgias coloretais de grande porteMorbidade (i=19,6%. Graus III, IV e V da escala de Clavien)ASA III a VOperação de urgência (peritonite, obstrução, sangramento)cirurgia de extirpação do retoFatores pouco manipuláveis!Ragg JL et al. Dis Colon Rectum 2009;52:1296-1303
Classificação de complicações cirúrgicas de ClavienI - Any deviation from the normal postoperative course without the need for pharmacologic treatment or surgical, endoscopic and radiologic interventions. Allowed therapeutic regimens are drugs, such as antiemetics, antipyretics, analgesics, diuretics, electrolytes, and physiotherapy. This grade also includes wound infections opened at the bedside.II - Requiring pharmacologic treatment with drugs other than such allowed for Grade I complications. Blood transfusions and total parenteral nutrition are also included.III - Requiring surgical, endoscopic, or radiologic interventionIV - Life-threatening complication (including central nervous system complications) requiring intermediate care or intensive care unit managementV - Death of a patientDindo D et al. Ann Surg 2004;240:205–13.
Anestesia como fator de risco de morbi-mortalidadeÍtens avaliadosExperiência do anestesistaTroca de anestesistas em salaMonitorização intraoperatóriaTécnica anestésica  500 pacientes, mesma equipe cirúrgicaVariações de FC e PASangramentoTransfusão de hemoderivadosComplicações pós-operatóriasBottger T et al. Surg Endosc 2009; 23:2016-2025
Anestesia como fator de risco de morbi-mortalidadeComplicaçõesCardíacas (ICC, arritmias, angina, IAM, PCR), Pulmonares (atelectasia, pneumonia, derrame pleural, insuf. respiratória), VCM prolongada, piora da função renal ou hepática, trombose, TEP, úlcera de estresse, bacteremia sintomática, temperatura ≥ 38,5C, necessidade de antibioticoterapia, seromas, hematomas ou deiscência de parede, ileo˃4 dias, transfusão ˃ 4CH)Bottger T et al. Surg Endosc 2009; 23:2016-2025
Anestesia como fator de risco de morbi-mortalidadeMaiores complicaçõesASA III e IVCirurgias de emergênciaSangramento, tempo cirúrgico elevadoAnestesista inexperiente cirurgias longas e de emergênciaBottger T et al. Surg Endosc 2009; 23:2016-2025
Papel da anestesiaMortalidade e morbidadeReabilitação precoce
Fast Track em cirurgia coloretalMelhora no cuidado perioperatórioTécnica anestésicaCirurgia minimamente invasivaMenor stress cirúrgicoInício na década de 90Tempo de internação de 2 a 3 diasEvidência científica consistenteWind et al. Br J Surg 2006; 93: 800–09
Fast Track em cirurgia coloretalAbordagem multimodal e multidisciplinarRecuperaçãoacelerada e menormorbidadeKehlet H et al. Lancet 2003; 362:1921-8
Fast Track em cirurgia coloretalPré-operatórioAvaliaçãopré-operatóriaCompensaçãopré-operatóriaPerioperatórioAnestesiaCirurgiaDisfunção de órgãosPós-operatório imediatoResposta ao estresse cirúrgicoDorNáusea, vômitos, íleoReposição hídricaMobilizaçãoNutriçãoCansaço e distúrbios do sonoPós-operatório tardioDorCansaço e distúrbios do sonoConvalescênciaKehlet H et al. Lancet 2003; 362:1921-8
Fast Track em cirurgia coloretalMétodos baseados em evidênciasInformação preoperatória e otimização da disfunção orgânicaAnalgesia peridural ou analgesia multimodal sem opióidesReposição volêmica comedida ou baseada em objetivosNão realizar preparo de cólonNão usar drenos de rotinaNão usar SNG de rotinaAlimentação e mobilização precoceConsiderar carboidrato pré-operatórioCuidados de enfermagem e critérios de alta bem definidosFast Track X cirurgia tradicionalMenor ÍleoMaior massa e força muscular, maior capacidade de exercícioMaior ingesta de proteínas e fontes de energiaMenor morbidade cardio-pulmonarAlta precoceNão promove maior reinternaçãoMenor período de convalescênciaCusto reduzidoKehlet H et al. Lancet 2003; 362:1921-8
Boas práticas anestésicas em cirurgia coloretalwww.sma.com.brwww.anestesiasegura.com
Visita pré-anestésicaEmergência ou eletivaHistória clínica e exames laboratoriaisNecessidade de UTI no pós-operatórioIdentificar via aérea difícilPlanejar acesso venoso, monitorização e analgesiaTermos de consentimento informado
Sala de cirurgiaChecagem do material de anestesiaTime out (checagem de segurança)	- Identificação do paciente	- Checagem do procedimento cirúrgico	- Checagem da lateralidade	- Materiais em sala
Monitorização
AnalgesiaPCA periduralPCA venosaRevisão sistemáticaMelhor controle da dor com PCA periduralEquivalentes quanto a alta precece ou íleo prolongadoLevy B et al. Colorectal Dis. 2010 Jan;(12)1:5-15
Posicionamento
PosicionamentoBraços ao longo do corpoMonitorizaçãoColeta de amostras de sangueVenoclise periféricaPernas espaçadas e fixasTrendelemburg acentuadoDificuldade ventilatória

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cistectomia Radical Laparoscópica - Neobexiga
Cistectomia Radical Laparoscópica - NeobexigaCistectomia Radical Laparoscópica - Neobexiga
Cistectomia Radical Laparoscópica - Neobexiga
Urovideo.org
 
Nefrectomia Parcial Laparoscópica
Nefrectomia Parcial LaparoscópicaNefrectomia Parcial Laparoscópica
Nefrectomia Parcial Laparoscópica
Urovideo.org
 
Ev bset2011
Ev bset2011Ev bset2011
Ev bset2011
Paolo Salvalaggio
 
NEFRECTOMIA PARCIAL
NEFRECTOMIA PARCIALNEFRECTOMIA PARCIAL
NEFRECTOMIA PARCIAL
Urovideo.org
 
NEOBEXIGA ORTOTÓPICA - Como Previnir Complicações
NEOBEXIGA ORTOTÓPICA - Como Previnir Complicações NEOBEXIGA ORTOTÓPICA - Como Previnir Complicações
NEOBEXIGA ORTOTÓPICA - Como Previnir Complicações
Urovideo.org
 
Medicina Nuclear Aula Inicial Graduacao
Medicina Nuclear   Aula Inicial   GraduacaoMedicina Nuclear   Aula Inicial   Graduacao
Medicina Nuclear Aula Inicial Graduacao
caduanselmi
 
Tratamento de Cálculo por Laparoscopia
Tratamento de Cálculo por LaparoscopiaTratamento de Cálculo por Laparoscopia
Tratamento de Cálculo por Laparoscopia
Urovideo.org
 
Prostatectomia radical laparoscópica - Jornada Paranaense
Prostatectomia radical laparoscópica - Jornada ParanaenseProstatectomia radical laparoscópica - Jornada Paranaense
Prostatectomia radical laparoscópica - Jornada Paranaense
Urovideo.org
 
Nefrectomia Parcial Laparoscópica
Nefrectomia Parcial Laparoscópica Nefrectomia Parcial Laparoscópica
Nefrectomia Parcial Laparoscópica
Urovideo.org
 
Cirurgia Assistida com a mão: Vale à pena?
Cirurgia Assistida com a mão:  Vale à pena? Cirurgia Assistida com a mão:  Vale à pena?
Cirurgia Assistida com a mão: Vale à pena?
Urovideo.org
 
Cintilografia do trato digestivo
Cintilografia do trato digestivoCintilografia do trato digestivo
Cintilografia do trato digestivo
medNuclearHuap
 
Anestesia e Segurança - Prof. Dr. José Otávio Costa Auler Júnior
Anestesia e Segurança - Prof. Dr. José Otávio Costa Auler JúniorAnestesia e Segurança - Prof. Dr. José Otávio Costa Auler Júnior
Anestesia e Segurança - Prof. Dr. José Otávio Costa Auler Júnior
SMA - Serviços Médicos de Anestesia
 
Nefrectomia parcial laparoscópica
Nefrectomia parcial laparoscópica Nefrectomia parcial laparoscópica
Nefrectomia parcial laparoscópica
Urovideo.org
 
Minimally invasive surgery
Minimally invasive surgeryMinimally invasive surgery
Minimally invasive surgery
Federal University of Sao Paulo, Brazil
 
Nefrolitotripsia percutânea como eu faço
Nefrolitotripsia percutânea como eu façoNefrolitotripsia percutânea como eu faço
Nefrolitotripsia percutânea como eu faço
Urovideo.org
 
Iam pos cirurgia valvar incor 2009
Iam pos cirurgia valvar incor 2009Iam pos cirurgia valvar incor 2009
Iam pos cirurgia valvar incor 2009
galegoo
 
Trauma abdominal
Trauma abdominalTrauma abdominal
Trauma abdominal
Willian Pegoraro Kus
 
Anestesia em Urgencias e Trauma 2015
Anestesia em Urgencias e Trauma 2015Anestesia em Urgencias e Trauma 2015
Anestesia em Urgencias e Trauma 2015
Fabricio Mendonca
 
Adrenalectomia
AdrenalectomiaAdrenalectomia
Adrenalectomia
Urovideo.org
 
Linfadenectomia Retroperitoneal Laparoscópica - 2009
Linfadenectomia Retroperitoneal Laparoscópica - 2009Linfadenectomia Retroperitoneal Laparoscópica - 2009
Linfadenectomia Retroperitoneal Laparoscópica - 2009
Urovideo.org
 

Mais procurados (20)

Cistectomia Radical Laparoscópica - Neobexiga
Cistectomia Radical Laparoscópica - NeobexigaCistectomia Radical Laparoscópica - Neobexiga
Cistectomia Radical Laparoscópica - Neobexiga
 
Nefrectomia Parcial Laparoscópica
Nefrectomia Parcial LaparoscópicaNefrectomia Parcial Laparoscópica
Nefrectomia Parcial Laparoscópica
 
Ev bset2011
Ev bset2011Ev bset2011
Ev bset2011
 
NEFRECTOMIA PARCIAL
NEFRECTOMIA PARCIALNEFRECTOMIA PARCIAL
NEFRECTOMIA PARCIAL
 
NEOBEXIGA ORTOTÓPICA - Como Previnir Complicações
NEOBEXIGA ORTOTÓPICA - Como Previnir Complicações NEOBEXIGA ORTOTÓPICA - Como Previnir Complicações
NEOBEXIGA ORTOTÓPICA - Como Previnir Complicações
 
Medicina Nuclear Aula Inicial Graduacao
Medicina Nuclear   Aula Inicial   GraduacaoMedicina Nuclear   Aula Inicial   Graduacao
Medicina Nuclear Aula Inicial Graduacao
 
Tratamento de Cálculo por Laparoscopia
Tratamento de Cálculo por LaparoscopiaTratamento de Cálculo por Laparoscopia
Tratamento de Cálculo por Laparoscopia
 
Prostatectomia radical laparoscópica - Jornada Paranaense
Prostatectomia radical laparoscópica - Jornada ParanaenseProstatectomia radical laparoscópica - Jornada Paranaense
Prostatectomia radical laparoscópica - Jornada Paranaense
 
Nefrectomia Parcial Laparoscópica
Nefrectomia Parcial Laparoscópica Nefrectomia Parcial Laparoscópica
Nefrectomia Parcial Laparoscópica
 
Cirurgia Assistida com a mão: Vale à pena?
Cirurgia Assistida com a mão:  Vale à pena? Cirurgia Assistida com a mão:  Vale à pena?
Cirurgia Assistida com a mão: Vale à pena?
 
Cintilografia do trato digestivo
Cintilografia do trato digestivoCintilografia do trato digestivo
Cintilografia do trato digestivo
 
Anestesia e Segurança - Prof. Dr. José Otávio Costa Auler Júnior
Anestesia e Segurança - Prof. Dr. José Otávio Costa Auler JúniorAnestesia e Segurança - Prof. Dr. José Otávio Costa Auler Júnior
Anestesia e Segurança - Prof. Dr. José Otávio Costa Auler Júnior
 
Nefrectomia parcial laparoscópica
Nefrectomia parcial laparoscópica Nefrectomia parcial laparoscópica
Nefrectomia parcial laparoscópica
 
Minimally invasive surgery
Minimally invasive surgeryMinimally invasive surgery
Minimally invasive surgery
 
Nefrolitotripsia percutânea como eu faço
Nefrolitotripsia percutânea como eu façoNefrolitotripsia percutânea como eu faço
Nefrolitotripsia percutânea como eu faço
 
Iam pos cirurgia valvar incor 2009
Iam pos cirurgia valvar incor 2009Iam pos cirurgia valvar incor 2009
Iam pos cirurgia valvar incor 2009
 
Trauma abdominal
Trauma abdominalTrauma abdominal
Trauma abdominal
 
Anestesia em Urgencias e Trauma 2015
Anestesia em Urgencias e Trauma 2015Anestesia em Urgencias e Trauma 2015
Anestesia em Urgencias e Trauma 2015
 
Adrenalectomia
AdrenalectomiaAdrenalectomia
Adrenalectomia
 
Linfadenectomia Retroperitoneal Laparoscópica - 2009
Linfadenectomia Retroperitoneal Laparoscópica - 2009Linfadenectomia Retroperitoneal Laparoscópica - 2009
Linfadenectomia Retroperitoneal Laparoscópica - 2009
 

Semelhante a Aula Cirurgias Coloretais COPA 2010 - Dr. Arthur Segurado

aula Ira residencia hsi hj.pptx
aula Ira residencia hsi hj.pptxaula Ira residencia hsi hj.pptx
aula Ira residencia hsi hj.pptx
EdsonMarques73
 
Transplante renal aspectos praticos
Transplante renal aspectos praticosTransplante renal aspectos praticos
Transplante renal aspectos praticos
Anestesiador
 
Metástases Tumorais em Sítios de Trocartes
Metástases Tumorais em Sítios de TrocartesMetástases Tumorais em Sítios de Trocartes
Metástases Tumorais em Sítios de Trocartes
Urovideo.org
 
Manejo do sangramento
Manejo do sangramento  Manejo do sangramento
Manejo do sangramento
Anestesiador
 
NEFRECTOMIA RETROPERITONEAL
NEFRECTOMIA RETROPERITONEALNEFRECTOMIA RETROPERITONEAL
NEFRECTOMIA RETROPERITONEAL
Urovideo.org
 
Nefrectomia Reritoneal
Nefrectomia ReritonealNefrectomia Reritoneal
Nefrectomia Reritoneal
Urovideo.org
 
AVALIACAO PRE ANESTESICA de paciente cirurgico.pptx
AVALIACAO PRE ANESTESICA de paciente cirurgico.pptxAVALIACAO PRE ANESTESICA de paciente cirurgico.pptx
AVALIACAO PRE ANESTESICA de paciente cirurgico.pptx
faruknobre2016
 
Condutas para tornar a metastase hepatica colorretal ressecavel sanofi sp
Condutas para tornar a metastase hepatica colorretal ressecavel sanofi spCondutas para tornar a metastase hepatica colorretal ressecavel sanofi sp
Condutas para tornar a metastase hepatica colorretal ressecavel sanofi sp
Cirurgia Online
 
Condutas para tornar a metastase hepatica colorretal ressecavel sanofi sp
Condutas para tornar a metastase hepatica colorretal ressecavel sanofi spCondutas para tornar a metastase hepatica colorretal ressecavel sanofi sp
Condutas para tornar a metastase hepatica colorretal ressecavel sanofi sp
Cirurgia Online
 
IMPACTO DE UM PROTOCOLO DE DIAGNOSTICO GUIADO POR ULTRASSOM NO INCIO DA INTER...
IMPACTO DE UM PROTOCOLO DE DIAGNOSTICO GUIADO POR ULTRASSOM NO INCIO DA INTER...IMPACTO DE UM PROTOCOLO DE DIAGNOSTICO GUIADO POR ULTRASSOM NO INCIO DA INTER...
IMPACTO DE UM PROTOCOLO DE DIAGNOSTICO GUIADO POR ULTRASSOM NO INCIO DA INTER...
jacquesveronica5d
 
Metástases em Sítios de Portais
Metástases em Sítios de PortaisMetástases em Sítios de Portais
Metástases em Sítios de Portais
Urovideo.org
 
Uso de Testosterona Tópica antes da Cirurgias de Hipospádia – Avaliação Histo...
Uso de Testosterona Tópica antes da Cirurgias de Hipospádia – Avaliação Histo...Uso de Testosterona Tópica antes da Cirurgias de Hipospádia – Avaliação Histo...
Uso de Testosterona Tópica antes da Cirurgias de Hipospádia – Avaliação Histo...
Urovideo.org
 
Coronariopatia No Idoso - Como indicar estudo hemodinâmico?
Coronariopatia No Idoso - Como indicar estudo hemodinâmico?Coronariopatia No Idoso - Como indicar estudo hemodinâmico?
Coronariopatia No Idoso - Como indicar estudo hemodinâmico?
Márcio Borges
 
HCC ressecção X tx
HCC ressecção X txHCC ressecção X tx
Metástases hepáticas tratamento atual
Metástases hepáticas tratamento atualMetástases hepáticas tratamento atual
Metástases hepáticas tratamento atual
Cirurgia Online
 
TRATAMENTO DO CÂNCER DE PRÓSTATA DE ALTO RISCO
TRATAMENTO DO CÂNCER DE PRÓSTATA DE ALTO RISCOTRATAMENTO DO CÂNCER DE PRÓSTATA DE ALTO RISCO
TRATAMENTO DO CÂNCER DE PRÓSTATA DE ALTO RISCO
Urovideo.org
 
Indicações de laparoscopia em urologia
Indicações de laparoscopia em urologiaIndicações de laparoscopia em urologia
Indicações de laparoscopia em urologia
Urovideo.org
 
Alvoradasfeb132012
Alvoradasfeb132012Alvoradasfeb132012
Alvoradasfeb132012
Paolo Salvalaggio
 
Artigo_SVcO2 e lactato na CEC_Associação c/ resultados C.C.Pediátrica
Artigo_SVcO2 e lactato na CEC_Associação c/ resultados C.C.PediátricaArtigo_SVcO2 e lactato na CEC_Associação c/ resultados C.C.Pediátrica
Artigo_SVcO2 e lactato na CEC_Associação c/ resultados C.C.Pediátrica
Paulo Sérgio
 
Avaliação pré operatória
Avaliação pré operatóriaAvaliação pré operatória
Avaliação pré operatória
Fernando de Oliveira Dutra
 

Semelhante a Aula Cirurgias Coloretais COPA 2010 - Dr. Arthur Segurado (20)

aula Ira residencia hsi hj.pptx
aula Ira residencia hsi hj.pptxaula Ira residencia hsi hj.pptx
aula Ira residencia hsi hj.pptx
 
Transplante renal aspectos praticos
Transplante renal aspectos praticosTransplante renal aspectos praticos
Transplante renal aspectos praticos
 
Metástases Tumorais em Sítios de Trocartes
Metástases Tumorais em Sítios de TrocartesMetástases Tumorais em Sítios de Trocartes
Metástases Tumorais em Sítios de Trocartes
 
Manejo do sangramento
Manejo do sangramento  Manejo do sangramento
Manejo do sangramento
 
NEFRECTOMIA RETROPERITONEAL
NEFRECTOMIA RETROPERITONEALNEFRECTOMIA RETROPERITONEAL
NEFRECTOMIA RETROPERITONEAL
 
Nefrectomia Reritoneal
Nefrectomia ReritonealNefrectomia Reritoneal
Nefrectomia Reritoneal
 
AVALIACAO PRE ANESTESICA de paciente cirurgico.pptx
AVALIACAO PRE ANESTESICA de paciente cirurgico.pptxAVALIACAO PRE ANESTESICA de paciente cirurgico.pptx
AVALIACAO PRE ANESTESICA de paciente cirurgico.pptx
 
Condutas para tornar a metastase hepatica colorretal ressecavel sanofi sp
Condutas para tornar a metastase hepatica colorretal ressecavel sanofi spCondutas para tornar a metastase hepatica colorretal ressecavel sanofi sp
Condutas para tornar a metastase hepatica colorretal ressecavel sanofi sp
 
Condutas para tornar a metastase hepatica colorretal ressecavel sanofi sp
Condutas para tornar a metastase hepatica colorretal ressecavel sanofi spCondutas para tornar a metastase hepatica colorretal ressecavel sanofi sp
Condutas para tornar a metastase hepatica colorretal ressecavel sanofi sp
 
IMPACTO DE UM PROTOCOLO DE DIAGNOSTICO GUIADO POR ULTRASSOM NO INCIO DA INTER...
IMPACTO DE UM PROTOCOLO DE DIAGNOSTICO GUIADO POR ULTRASSOM NO INCIO DA INTER...IMPACTO DE UM PROTOCOLO DE DIAGNOSTICO GUIADO POR ULTRASSOM NO INCIO DA INTER...
IMPACTO DE UM PROTOCOLO DE DIAGNOSTICO GUIADO POR ULTRASSOM NO INCIO DA INTER...
 
Metástases em Sítios de Portais
Metástases em Sítios de PortaisMetástases em Sítios de Portais
Metástases em Sítios de Portais
 
Uso de Testosterona Tópica antes da Cirurgias de Hipospádia – Avaliação Histo...
Uso de Testosterona Tópica antes da Cirurgias de Hipospádia – Avaliação Histo...Uso de Testosterona Tópica antes da Cirurgias de Hipospádia – Avaliação Histo...
Uso de Testosterona Tópica antes da Cirurgias de Hipospádia – Avaliação Histo...
 
Coronariopatia No Idoso - Como indicar estudo hemodinâmico?
Coronariopatia No Idoso - Como indicar estudo hemodinâmico?Coronariopatia No Idoso - Como indicar estudo hemodinâmico?
Coronariopatia No Idoso - Como indicar estudo hemodinâmico?
 
HCC ressecção X tx
HCC ressecção X txHCC ressecção X tx
HCC ressecção X tx
 
Metástases hepáticas tratamento atual
Metástases hepáticas tratamento atualMetástases hepáticas tratamento atual
Metástases hepáticas tratamento atual
 
TRATAMENTO DO CÂNCER DE PRÓSTATA DE ALTO RISCO
TRATAMENTO DO CÂNCER DE PRÓSTATA DE ALTO RISCOTRATAMENTO DO CÂNCER DE PRÓSTATA DE ALTO RISCO
TRATAMENTO DO CÂNCER DE PRÓSTATA DE ALTO RISCO
 
Indicações de laparoscopia em urologia
Indicações de laparoscopia em urologiaIndicações de laparoscopia em urologia
Indicações de laparoscopia em urologia
 
Alvoradasfeb132012
Alvoradasfeb132012Alvoradasfeb132012
Alvoradasfeb132012
 
Artigo_SVcO2 e lactato na CEC_Associação c/ resultados C.C.Pediátrica
Artigo_SVcO2 e lactato na CEC_Associação c/ resultados C.C.PediátricaArtigo_SVcO2 e lactato na CEC_Associação c/ resultados C.C.Pediátrica
Artigo_SVcO2 e lactato na CEC_Associação c/ resultados C.C.Pediátrica
 
Avaliação pré operatória
Avaliação pré operatóriaAvaliação pré operatória
Avaliação pré operatória
 

Mais de SMA - Serviços Médicos de Anestesia

13 de Setembro: Dia Mundial de Combate à Sepse
13 de Setembro: Dia Mundial de Combate à Sepse13 de Setembro: Dia Mundial de Combate à Sepse
13 de Setembro: Dia Mundial de Combate à Sepse
SMA - Serviços Médicos de Anestesia
 
Sepse 2012
Sepse 2012Sepse 2012
Boletim farmaco vigilância anvisa
Boletim farmaco vigilância   anvisaBoletim farmaco vigilância   anvisa
Boletim farmaco vigilância anvisa
SMA - Serviços Médicos de Anestesia
 
Proposta de INSTRUÇÃO NORMATIVA que dispõe sobre padronização de cores para a...
Proposta de INSTRUÇÃO NORMATIVA que dispõe sobre padronização de cores para a...Proposta de INSTRUÇÃO NORMATIVA que dispõe sobre padronização de cores para a...
Proposta de INSTRUÇÃO NORMATIVA que dispõe sobre padronização de cores para a...
SMA - Serviços Médicos de Anestesia
 
Central prática erro médico e as consequências administrativas e judiciais
Central prática erro médico e as consequências administrativas e judiciaisCentral prática erro médico e as consequências administrativas e judiciais
Central prática erro médico e as consequências administrativas e judiciais
SMA - Serviços Médicos de Anestesia
 
Cronograma curso de extensão_HCor e Centro Universitário São Camilo
Cronograma curso de extensão_HCor e Centro Universitário São CamiloCronograma curso de extensão_HCor e Centro Universitário São Camilo
Cronograma curso de extensão_HCor e Centro Universitário São Camilo
SMA - Serviços Médicos de Anestesia
 
Unanticipated difficult airway in anesthetized patients
Unanticipated difficult airway in anesthetized patientsUnanticipated difficult airway in anesthetized patients
Unanticipated difficult airway in anesthetized patients
SMA - Serviços Médicos de Anestesia
 
Decision making in interhospital transport of critically ill patients - natio...
Decision making in interhospital transport of critically ill patients - natio...Decision making in interhospital transport of critically ill patients - natio...
Decision making in interhospital transport of critically ill patients - natio...
SMA - Serviços Médicos de Anestesia
 
Agora é que são elas - Revista DOC
Agora é que são elas - Revista DOCAgora é que são elas - Revista DOC
Agora é que são elas - Revista DOC
SMA - Serviços Médicos de Anestesia
 
Revista Reposição Volêmica - Fev. 2011
Revista Reposição Volêmica - Fev. 2011Revista Reposição Volêmica - Fev. 2011
Revista Reposição Volêmica - Fev. 2011
SMA - Serviços Médicos de Anestesia
 
Long-term Consequences of Anesthetic Management
Long-term Consequences of Anesthetic ManagementLong-term Consequences of Anesthetic Management
Long-term Consequences of Anesthetic Management
SMA - Serviços Médicos de Anestesia
 
2002 Multimodal strategies to improve surgical outcome
2002 Multimodal strategies to improve surgical outcome2002 Multimodal strategies to improve surgical outcome
2002 Multimodal strategies to improve surgical outcome
SMA - Serviços Médicos de Anestesia
 
Carta aos Pacientes - Campanha pela Valorização do Anestesiologista
Carta aos Pacientes - Campanha pela Valorização do AnestesiologistaCarta aos Pacientes - Campanha pela Valorização do Anestesiologista
Carta aos Pacientes - Campanha pela Valorização do Anestesiologista
SMA - Serviços Médicos de Anestesia
 
Destaques das Diretrizes da American Heart Association 2010
Destaques das Diretrizes da American Heart Association 2010Destaques das Diretrizes da American Heart Association 2010
Destaques das Diretrizes da American Heart Association 2010
SMA - Serviços Médicos de Anestesia
 
Intubação Traqueal e o Paciente Com o Estômago Cheio
Intubação Traqueal e o Paciente Com o Estômago CheioIntubação Traqueal e o Paciente Com o Estômago Cheio
Intubação Traqueal e o Paciente Com o Estômago Cheio
SMA - Serviços Médicos de Anestesia
 
XIX JAES
XIX JAESXIX JAES
Summary of incidents reported to the Anaesthetic eForm
Summary of incidents reported to the Anaesthetic eFormSummary of incidents reported to the Anaesthetic eForm
Summary of incidents reported to the Anaesthetic eForm
SMA - Serviços Médicos de Anestesia
 
Artigo - Practice Guidelines for the Perioperative Management of Patients wit...
Artigo - Practice Guidelines for the Perioperative Management of Patients wit...Artigo - Practice Guidelines for the Perioperative Management of Patients wit...
Artigo - Practice Guidelines for the Perioperative Management of Patients wit...
SMA - Serviços Médicos de Anestesia
 
Artigo: Safety culture and crisis resource management in airway management
Artigo: Safety culture and crisis resource management in airway managementArtigo: Safety culture and crisis resource management in airway management
Artigo: Safety culture and crisis resource management in airway management
SMA - Serviços Médicos de Anestesia
 

Mais de SMA - Serviços Médicos de Anestesia (20)

13 de Setembro: Dia Mundial de Combate à Sepse
13 de Setembro: Dia Mundial de Combate à Sepse13 de Setembro: Dia Mundial de Combate à Sepse
13 de Setembro: Dia Mundial de Combate à Sepse
 
Sepse 2012
Sepse 2012Sepse 2012
Sepse 2012
 
Boletim farmaco vigilância anvisa
Boletim farmaco vigilância   anvisaBoletim farmaco vigilância   anvisa
Boletim farmaco vigilância anvisa
 
Proposta de INSTRUÇÃO NORMATIVA que dispõe sobre padronização de cores para a...
Proposta de INSTRUÇÃO NORMATIVA que dispõe sobre padronização de cores para a...Proposta de INSTRUÇÃO NORMATIVA que dispõe sobre padronização de cores para a...
Proposta de INSTRUÇÃO NORMATIVA que dispõe sobre padronização de cores para a...
 
Central prática erro médico e as consequências administrativas e judiciais
Central prática erro médico e as consequências administrativas e judiciaisCentral prática erro médico e as consequências administrativas e judiciais
Central prática erro médico e as consequências administrativas e judiciais
 
Cronograma curso de extensão_HCor e Centro Universitário São Camilo
Cronograma curso de extensão_HCor e Centro Universitário São CamiloCronograma curso de extensão_HCor e Centro Universitário São Camilo
Cronograma curso de extensão_HCor e Centro Universitário São Camilo
 
Unanticipated difficult airway in anesthetized patients
Unanticipated difficult airway in anesthetized patientsUnanticipated difficult airway in anesthetized patients
Unanticipated difficult airway in anesthetized patients
 
Decision making in interhospital transport of critically ill patients - natio...
Decision making in interhospital transport of critically ill patients - natio...Decision making in interhospital transport of critically ill patients - natio...
Decision making in interhospital transport of critically ill patients - natio...
 
Agora é que são elas - Revista DOC
Agora é que são elas - Revista DOCAgora é que são elas - Revista DOC
Agora é que são elas - Revista DOC
 
Revista Reposição Volêmica - Fev. 2011
Revista Reposição Volêmica - Fev. 2011Revista Reposição Volêmica - Fev. 2011
Revista Reposição Volêmica - Fev. 2011
 
Long-term Consequences of Anesthetic Management
Long-term Consequences of Anesthetic ManagementLong-term Consequences of Anesthetic Management
Long-term Consequences of Anesthetic Management
 
2002 Multimodal strategies to improve surgical outcome
2002 Multimodal strategies to improve surgical outcome2002 Multimodal strategies to improve surgical outcome
2002 Multimodal strategies to improve surgical outcome
 
Folder SMA - Campanha pela Valorização do Anestesiologista
Folder SMA - Campanha pela Valorização do AnestesiologistaFolder SMA - Campanha pela Valorização do Anestesiologista
Folder SMA - Campanha pela Valorização do Anestesiologista
 
Carta aos Pacientes - Campanha pela Valorização do Anestesiologista
Carta aos Pacientes - Campanha pela Valorização do AnestesiologistaCarta aos Pacientes - Campanha pela Valorização do Anestesiologista
Carta aos Pacientes - Campanha pela Valorização do Anestesiologista
 
Destaques das Diretrizes da American Heart Association 2010
Destaques das Diretrizes da American Heart Association 2010Destaques das Diretrizes da American Heart Association 2010
Destaques das Diretrizes da American Heart Association 2010
 
Intubação Traqueal e o Paciente Com o Estômago Cheio
Intubação Traqueal e o Paciente Com o Estômago CheioIntubação Traqueal e o Paciente Com o Estômago Cheio
Intubação Traqueal e o Paciente Com o Estômago Cheio
 
XIX JAES
XIX JAESXIX JAES
XIX JAES
 
Summary of incidents reported to the Anaesthetic eForm
Summary of incidents reported to the Anaesthetic eFormSummary of incidents reported to the Anaesthetic eForm
Summary of incidents reported to the Anaesthetic eForm
 
Artigo - Practice Guidelines for the Perioperative Management of Patients wit...
Artigo - Practice Guidelines for the Perioperative Management of Patients wit...Artigo - Practice Guidelines for the Perioperative Management of Patients wit...
Artigo - Practice Guidelines for the Perioperative Management of Patients wit...
 
Artigo: Safety culture and crisis resource management in airway management
Artigo: Safety culture and crisis resource management in airway managementArtigo: Safety culture and crisis resource management in airway management
Artigo: Safety culture and crisis resource management in airway management
 

Aula Cirurgias Coloretais COPA 2010 - Dr. Arthur Segurado

  • 1. ANESTESIA PARA CIRURGIA COLORETAL POR VIDEOLAPAROSCOPIA – A TÉCNICA ANESTÉSICA PODE INFLUENCIAR O RESULTADO?Dr. Arthur VitorRosentiSeguradoTSA-SBACET São Paulo - ServiçosMédicos de Anestesia /SMA
  • 2. Indicações de cirurgia coloretalEndometriose
  • 6. OutrasEventos adversos em cirurgias coloretaisMortalidade1,6% a 7,4% dos casosMorbidadeEm torno de 25%Ragg JL et al. Dis Colon Rectum 2009; 52:1296-1303
  • 7. Identificando fatores de riscoDefinir desfechoMortalidadeMorbidadeTempo de internação, admissão em UTI, satisfação do pacienteMútiplas variáveisPré, intra e pós-operatóriasTécnica anestésica????
  • 8. Possum e P-PossumPrytherch D et al. Br J Surg 1998; 85(9):1217-1220.
  • 9. CR-PossumTekkis P et al. Br J Surg 2004; 91:1174-1182.
  • 10. Possum x P-Possum x CR-PossumRevisão sistemáticaP-Possum é superiorln(R/1-R) = -9.065 + (0.1692 * escorefisiológico) + (0.1550 * escoreoperatório)Richards C et al. Br J Surg 2010; 97(S2):56
  • 11. Estratificação de risco em cirurgias coloretais de grande porte887 pacientes, só dados pré-operatórios Mortalidade (i=4,51%)ASA III a VIdadeNúmero de comorbidadesInexperiência do cirurgiãoFatores de risco independentesRagg JL et al. Dis Colon Rectum 2009;52:1296-1303
  • 12. Estratificação de risco em cirurgias coloretais de grande porteMorbidade (i=19,6%. Graus III, IV e V da escala de Clavien)ASA III a VOperação de urgência (peritonite, obstrução, sangramento)cirurgia de extirpação do retoFatores pouco manipuláveis!Ragg JL et al. Dis Colon Rectum 2009;52:1296-1303
  • 13. Classificação de complicações cirúrgicas de ClavienI - Any deviation from the normal postoperative course without the need for pharmacologic treatment or surgical, endoscopic and radiologic interventions. Allowed therapeutic regimens are drugs, such as antiemetics, antipyretics, analgesics, diuretics, electrolytes, and physiotherapy. This grade also includes wound infections opened at the bedside.II - Requiring pharmacologic treatment with drugs other than such allowed for Grade I complications. Blood transfusions and total parenteral nutrition are also included.III - Requiring surgical, endoscopic, or radiologic interventionIV - Life-threatening complication (including central nervous system complications) requiring intermediate care or intensive care unit managementV - Death of a patientDindo D et al. Ann Surg 2004;240:205–13.
  • 14. Anestesia como fator de risco de morbi-mortalidadeÍtens avaliadosExperiência do anestesistaTroca de anestesistas em salaMonitorização intraoperatóriaTécnica anestésica 500 pacientes, mesma equipe cirúrgicaVariações de FC e PASangramentoTransfusão de hemoderivadosComplicações pós-operatóriasBottger T et al. Surg Endosc 2009; 23:2016-2025
  • 15. Anestesia como fator de risco de morbi-mortalidadeComplicaçõesCardíacas (ICC, arritmias, angina, IAM, PCR), Pulmonares (atelectasia, pneumonia, derrame pleural, insuf. respiratória), VCM prolongada, piora da função renal ou hepática, trombose, TEP, úlcera de estresse, bacteremia sintomática, temperatura ≥ 38,5C, necessidade de antibioticoterapia, seromas, hematomas ou deiscência de parede, ileo˃4 dias, transfusão ˃ 4CH)Bottger T et al. Surg Endosc 2009; 23:2016-2025
  • 16. Anestesia como fator de risco de morbi-mortalidadeMaiores complicaçõesASA III e IVCirurgias de emergênciaSangramento, tempo cirúrgico elevadoAnestesista inexperiente cirurgias longas e de emergênciaBottger T et al. Surg Endosc 2009; 23:2016-2025
  • 17. Papel da anestesiaMortalidade e morbidadeReabilitação precoce
  • 18. Fast Track em cirurgia coloretalMelhora no cuidado perioperatórioTécnica anestésicaCirurgia minimamente invasivaMenor stress cirúrgicoInício na década de 90Tempo de internação de 2 a 3 diasEvidência científica consistenteWind et al. Br J Surg 2006; 93: 800–09
  • 19. Fast Track em cirurgia coloretalAbordagem multimodal e multidisciplinarRecuperaçãoacelerada e menormorbidadeKehlet H et al. Lancet 2003; 362:1921-8
  • 20. Fast Track em cirurgia coloretalPré-operatórioAvaliaçãopré-operatóriaCompensaçãopré-operatóriaPerioperatórioAnestesiaCirurgiaDisfunção de órgãosPós-operatório imediatoResposta ao estresse cirúrgicoDorNáusea, vômitos, íleoReposição hídricaMobilizaçãoNutriçãoCansaço e distúrbios do sonoPós-operatório tardioDorCansaço e distúrbios do sonoConvalescênciaKehlet H et al. Lancet 2003; 362:1921-8
  • 21. Fast Track em cirurgia coloretalMétodos baseados em evidênciasInformação preoperatória e otimização da disfunção orgânicaAnalgesia peridural ou analgesia multimodal sem opióidesReposição volêmica comedida ou baseada em objetivosNão realizar preparo de cólonNão usar drenos de rotinaNão usar SNG de rotinaAlimentação e mobilização precoceConsiderar carboidrato pré-operatórioCuidados de enfermagem e critérios de alta bem definidosFast Track X cirurgia tradicionalMenor ÍleoMaior massa e força muscular, maior capacidade de exercícioMaior ingesta de proteínas e fontes de energiaMenor morbidade cardio-pulmonarAlta precoceNão promove maior reinternaçãoMenor período de convalescênciaCusto reduzidoKehlet H et al. Lancet 2003; 362:1921-8
  • 22. Boas práticas anestésicas em cirurgia coloretalwww.sma.com.brwww.anestesiasegura.com
  • 23. Visita pré-anestésicaEmergência ou eletivaHistória clínica e exames laboratoriaisNecessidade de UTI no pós-operatórioIdentificar via aérea difícilPlanejar acesso venoso, monitorização e analgesiaTermos de consentimento informado
  • 24. Sala de cirurgiaChecagem do material de anestesiaTime out (checagem de segurança) - Identificação do paciente - Checagem do procedimento cirúrgico - Checagem da lateralidade - Materiais em sala
  • 26. AnalgesiaPCA periduralPCA venosaRevisão sistemáticaMelhor controle da dor com PCA periduralEquivalentes quanto a alta precece ou íleo prolongadoLevy B et al. Colorectal Dis. 2010 Jan;(12)1:5-15
  • 28. PosicionamentoBraços ao longo do corpoMonitorizaçãoColeta de amostras de sangueVenoclise periféricaPernas espaçadas e fixasTrendelemburg acentuadoDificuldade ventilatória
  • 29. Reposição Volêmica HES 5%AlbuminaRL600500400300Modificação no volume sanguíneo2001000306090120150180ControleInícioFinalMinShoemaker Int J Int Care 1996
  • 30. AquecimentoAquecedor de fluídosManta térmicaColchão térmicoPerda de calor semelhante em cirurgia laparoscópica ou abertaDanielli G et al. Anesth Analg 2002; 95:467-71