SlideShare uma empresa Scribd logo
Filosofia Política
Professorleosilva.blogspot.com
FILOSOFIA
CONCEITUAÇÃO GERAL
 Conceito de Política:
• Arte ou ciência da cidade.
 O que se estuda?
• Poder
• Estado (interventor/ liberal).
• Formas de governo.
ideológico
político
econômico
FILOSOFIA
Classes
populares
Estado
intervencionista
Progressista
Modelo socialista
Justiça social
Classes
mais ricas
Estado
mínimo
Conservadores
Modelo capitalista
Ordem
Centro-esquerda / centro / centro-direitaEsquerda Direita
Interesses de cada grupo
ORIENTAÇÃO POLÍTICA
FILOSOFIA
GREGOS
 Platão:
• Callipólis (bela cidade) = educação estatal.
• Sofocracia = governo dos mais sábios.
SOLDADOS
PRODUTORES
GOVERNANTES
REMINISCÊNCIA
FILOSOFIA
GREGOS
 Aristóteles:
• “O homem é um animal político.”
Governo de... Forma pura Forma
corrompida
Uma pessoa Monarquia Tirania
Algumas
pessoas
Aristocracia Oligarquia
Todos Democracia Demagogia
ZOON POLITIKON
FILOSOFIA
MAQUIAVEL
 Contexto:
• Itália dividida em 17 estados.
FILOSOFIA
FILOSOFIA
MAQUIAVEL
 Contexto:
• Itália dividida em 17 estados.
• Instabilidade política (guerras).
• Influência católica.
• Renascimento.
FILOSOFIA
MAQUIAVEL
 Pensamento:
• O Príncipe.
• Realismo Político.
• Busca e manutenção do Poder.
• “Os fins justificam os meios”.
• Características de um governante = Força
(leão)/ Inteligência (raposa).
• “Antes importa ser temido do que ser amado.”
• Virtú (capacidade para se chegar a um
objetivo) e fortuna (“sorte” ou circunstância).
FILOSOFIA
FILOSOFIA
(UFU-MG) Leia o texto abaixo.
Deixando de lado as discussões sobre governos e
governantes ideais, Maquiavel se preocuparia em
saber como os homens governam de fato, quais
os limites do uso da violência para conquistar e
conservar o poder, como instaurar um governo
estável, etc.
CHALITA, Gabriel. Vivendo a Filosofia.
São Paulo: Ática, 2006. p. 200.
FILOSOFIA
Marque a alternativa que descreve corretamente o objetivo
de Maquiavel.
a) De acordo com Chalita, Maquiavel examina a política
de forma a dar continuidade às análises da tradição
filosófica.
b) Conforme Chalita, o pensador florentino tem por
objetivo demonstrar como um Príncipe deve conquistar
e manter o poder, tratando-o como uma realidade
concreta.
c) Como observamos no texto, a obra de Maquiavel é
inovadora por definir o que é o governo e quem são os
governantes ideais.
d) De acordo com o texto, pode-se observar que
Maquiavel não admite o uso da violência para
conquistar e conservar o poder.
FILOSOFIA
Marque a alternativa que descreve corretamente o objetivo
de Maquiavel.
a) De acordo com Chalita, Maquiavel examina a política
de forma a dar continuidade às análises da tradição
filosófica.
b) Conforme Chalita, o pensador florentino tem por
objetivo demonstrar como um Príncipe deve conquistar
e manter o poder, tratando-o como uma realidade
concreta.
c) Como observamos no texto, a obra de Maquiavel é
inovadora por definir o que é o governo e quem são os
governantes ideais.
d) De acordo com o texto, pode-se observar que
Maquiavel não admite o uso da violência para
conquistar e conservar o poder.
FILOSOFIA
CONTRATUALISTAS
 Thomas Hobbes:
• Estado de Natureza (“O homem é o lobo do
homem”).
• Governo = estabelecer limites (Contrato
Social).
• Absolutista.
FILOSOFIA
 John Locke:
• Teórico ex-post-facto.
• Política liberal (defensor da propriedade
privada).
• Diferente de Hobbes = homem não egoísta.
• Contrato social = o homem não perde poder
(limita o poder soberano).
• Parlamentarismo.
CONTRATUALISTAS
FILOSOFIA
 Rousseau:
• Poder ao povo.
• Consentimento unânime = direito coletivo.
• Povo = soberano e súdito.
• Governante = gerente da vontade do coletiva.
• Contrário a propriedade privada.
CONTRATUALISTAS
FILOSOFIA----------------- HOBBES LOCKE ROUSSEAU
Estado de
natureza
O homem é
lobo do
homem
Direito a
propriedade
privada
Homem é
bom
Problema Insegurança Vingança em
excesso
egoísmo
Contrato Cede todo
direito
Cede à
alguns
Vontade
geral
Governo Absolutismo Liberal Democracia
Obras Leviatã Tratado
sobre o
governo civil
O contrato
social
FILOSOFIA
POLÍTICA ILUMINISTA
 Montesquieu:
• Tripartição dos poderes.
FILOSOFIA
POLÍTICA E DOMINAÇÃO
 Karl Marx:
• Sociedade primitiva: sem classes.
• Estado: aliado da classe dominante
(mantenedor das desigualdades).
• Partido proletário.
CAPITALISMO SOCIALISMO COMUNISMO
FILOSOFIA
FILOSOFIA
(UFU-MG) Leia o trecho a seguir:
E que existe o belo em si, e o bom em si, e, do
mesmo modo, relativamente a todas as coisas
que então postulamos como múltiplas, e,
inversamente, postulamos que a cada uma
corresponde uma ideia, que é única, e chamamos-
lhe a sua essência (507b-c).
PLATÃO. República. Trad. de Maria
Helena da Rocha Pereira. 8ª ed. Lisboa:
Fundação Calouste Gulbenkian. 1996.
FILOSOFIA
Marque a alternativa que expressa corretamente o
pensamento de Platão.
a) Somente por meio dos sentidos, em especial da visão,
pode o filósofo obter o conhecimento das ideias.
b) No pensamento platônico, o conhecimento das ideias
permite ao filósofo discernir a unidade inteligível em
face da multiplicidade sensível.
c) Para que a alma humana alcance o conhecimento das
ideias, ela deve elevar-se às alturas do inteligível, o
que somente é possível após a morte ou por meio do
contato com os deuses gregos.
d) Tanto a dialética quanto a matemática elevam o
conhecimento ao inteligível; mas, somente a
matemática, por seu caráter abstrato, conduz a alma
ao princípio supremo: a ideia do Bem.
FILOSOFIA
Marque a alternativa que expressa corretamente o
pensamento de Platão.
a) Somente por meio dos sentidos, em especial da visão,
pode o filósofo obter o conhecimento das ideias.
b) No pensamento platônico, o conhecimento das ideias
permite ao filósofo discernir a unidade inteligível em
face da multiplicidade sensível.
c) Para que a alma humana alcance o conhecimento das
ideias, ela deve elevar-se às alturas do inteligível, o
que somente é possível após a morte ou por meio do
contato com os deuses gregos.
d) Tanto a dialética quanto a matemática elevam o
conhecimento ao inteligível; mas, somente a
matemática, por seu caráter abstrato, conduz a alma
ao princípio supremo: a ideia do Bem.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula de Filosofia - Filosofia Contemporânea
Aula de Filosofia - Filosofia ContemporâneaAula de Filosofia - Filosofia Contemporânea
Aula de Filosofia - Filosofia Contemporânea
Rafael Oliveira
 
Aulas de filosofia platão
Aulas de filosofia platãoAulas de filosofia platão
Aulas de filosofia platão
Péricles Penuel
 
Aula02 - Metafísica
Aula02 - MetafísicaAula02 - Metafísica
Aula02 - Metafísica
William Ananias
 
Filosofia medieval
Filosofia medievalFilosofia medieval
Filosofia medieval
Juliana Corvino de Araújo
 
O racionalismo
O racionalismoO racionalismo
O racionalismo
Alison Nunes
 
O QUE É POLÍTICA EM ARISTÓTELES
O QUE É POLÍTICA EM ARISTÓTELESO QUE É POLÍTICA EM ARISTÓTELES
O QUE É POLÍTICA EM ARISTÓTELES
Edivaldo Pinheiro Negrão
 
Filosofia e Mito
Filosofia e MitoFilosofia e Mito
Filosofia e Mito
BandeiradeMello
 
Mito e Filosofia
Mito e FilosofiaMito e Filosofia
Mito e Filosofia
Jailson Lima
 
Filosofia contemporânea
Filosofia contemporâneaFilosofia contemporânea
Filosofia contemporânea
Lucas Sousa
 
Os Sofistas
Os SofistasOs Sofistas
Os Sofistas
daysefaro
 
Aula de filosofia antiga, tema: Santo Agostinho de Hipona
Aula de filosofia antiga, tema: Santo Agostinho de HiponaAula de filosofia antiga, tema: Santo Agostinho de Hipona
Aula de filosofia antiga, tema: Santo Agostinho de Hipona
Leandro Nazareth Souto
 
Introdução à filosofia
Introdução à filosofiaIntrodução à filosofia
Introdução à filosofia
Professor Marcelo
 
Aula 01 filosofia mito, natureza e razão
Aula 01   filosofia mito, natureza e razãoAula 01   filosofia mito, natureza e razão
Aula 01 filosofia mito, natureza e razão
Elizeu Nascimento Silva
 
O surgimento da filosofia
O surgimento da filosofiaO surgimento da filosofia
O surgimento da filosofia
Alison Nunes
 
Filosofia Socrática
Filosofia SocráticaFilosofia Socrática
Filosofia Socrática
Juliana Corvino de Araújo
 
A Experiência Filosófica - Capítulo 1 - Filosofando
A Experiência Filosófica - Capítulo 1 - FilosofandoA Experiência Filosófica - Capítulo 1 - Filosofando
A Experiência Filosófica - Capítulo 1 - Filosofando
Abraão Carvalho
 
Kant
KantKant
Platão
PlatãoPlatão
Aristóteles
AristótelesAristóteles
Aristóteles
Alison Nunes
 
ORIGEM DA FILOSOFIA
ORIGEM DA FILOSOFIA ORIGEM DA FILOSOFIA
ORIGEM DA FILOSOFIA
Silmara Vedoveli
 

Mais procurados (20)

Aula de Filosofia - Filosofia Contemporânea
Aula de Filosofia - Filosofia ContemporâneaAula de Filosofia - Filosofia Contemporânea
Aula de Filosofia - Filosofia Contemporânea
 
Aulas de filosofia platão
Aulas de filosofia platãoAulas de filosofia platão
Aulas de filosofia platão
 
Aula02 - Metafísica
Aula02 - MetafísicaAula02 - Metafísica
Aula02 - Metafísica
 
Filosofia medieval
Filosofia medievalFilosofia medieval
Filosofia medieval
 
O racionalismo
O racionalismoO racionalismo
O racionalismo
 
O QUE É POLÍTICA EM ARISTÓTELES
O QUE É POLÍTICA EM ARISTÓTELESO QUE É POLÍTICA EM ARISTÓTELES
O QUE É POLÍTICA EM ARISTÓTELES
 
Filosofia e Mito
Filosofia e MitoFilosofia e Mito
Filosofia e Mito
 
Mito e Filosofia
Mito e FilosofiaMito e Filosofia
Mito e Filosofia
 
Filosofia contemporânea
Filosofia contemporâneaFilosofia contemporânea
Filosofia contemporânea
 
Os Sofistas
Os SofistasOs Sofistas
Os Sofistas
 
Aula de filosofia antiga, tema: Santo Agostinho de Hipona
Aula de filosofia antiga, tema: Santo Agostinho de HiponaAula de filosofia antiga, tema: Santo Agostinho de Hipona
Aula de filosofia antiga, tema: Santo Agostinho de Hipona
 
Introdução à filosofia
Introdução à filosofiaIntrodução à filosofia
Introdução à filosofia
 
Aula 01 filosofia mito, natureza e razão
Aula 01   filosofia mito, natureza e razãoAula 01   filosofia mito, natureza e razão
Aula 01 filosofia mito, natureza e razão
 
O surgimento da filosofia
O surgimento da filosofiaO surgimento da filosofia
O surgimento da filosofia
 
Filosofia Socrática
Filosofia SocráticaFilosofia Socrática
Filosofia Socrática
 
A Experiência Filosófica - Capítulo 1 - Filosofando
A Experiência Filosófica - Capítulo 1 - FilosofandoA Experiência Filosófica - Capítulo 1 - Filosofando
A Experiência Filosófica - Capítulo 1 - Filosofando
 
Kant
KantKant
Kant
 
Platão
PlatãoPlatão
Platão
 
Aristóteles
AristótelesAristóteles
Aristóteles
 
ORIGEM DA FILOSOFIA
ORIGEM DA FILOSOFIA ORIGEM DA FILOSOFIA
ORIGEM DA FILOSOFIA
 

Destaque

Maquiavel
MaquiavelMaquiavel
Maquiavel
Douglas Gregorio
 
Maquiavel
MaquiavelMaquiavel
Filosofia política e filosofia da arte Thomas Hobbes, Maquiavel
Filosofia política e filosofia da arte Thomas Hobbes, MaquiavelFilosofia política e filosofia da arte Thomas Hobbes, Maquiavel
Filosofia política e filosofia da arte Thomas Hobbes, Maquiavel
Colégio Objetivo, Pouso Alegre, MG
 
Absolutismo 4
Absolutismo 4Absolutismo 4
Absolutismo 4
Jorge Basílio
 
A Natureza Humana Para Hobbes E Rousseau
A Natureza Humana Para Hobbes E RousseauA Natureza Humana Para Hobbes E Rousseau
A Natureza Humana Para Hobbes E Rousseau
thiagopfaury
 
Maquiavel
MaquiavelMaquiavel
Maquiavel
Alison Nunes
 
Nicolau Maquiavel
Nicolau MaquiavelNicolau Maquiavel
Nicolau Maquiavel
Thomas Oliveira de Castro
 
Filosofia politica de maquiavel a rosseau
Filosofia politica   de maquiavel a rosseauFilosofia politica   de maquiavel a rosseau
Filosofia politica de maquiavel a rosseau
Alan
 
Filosofia PolíTica
Filosofia PolíTicaFilosofia PolíTica
Filosofia PolíTica
guestc51fe5
 
1 Nicolau Maquiavel: O cidadão sem fortuna, o intelectual de virtú.pdf
1  Nicolau Maquiavel: O cidadão sem fortuna, o intelectual de virtú.pdf1  Nicolau Maquiavel: O cidadão sem fortuna, o intelectual de virtú.pdf
1 Nicolau Maquiavel: O cidadão sem fortuna, o intelectual de virtú.pdf
kariiineoliveira
 
Maquiavel
MaquiavelMaquiavel
Maquiavel
Gaspar Neto
 
Revisão de filosofia politica
Revisão de filosofia politicaRevisão de filosofia politica
Revisão de filosofia politica
Felipe Serra
 
3 socio prov. multidiciplinar bc 3bi
3 socio    prov. multidiciplinar  bc 3bi3 socio    prov. multidiciplinar  bc 3bi
3 socio prov. multidiciplinar bc 3bi
Felipeprofserra
 
1 socio prov. espeifica 2 chamada 4 bimestral
1 socio  prov. espeifica 2 chamada 4 bimestral1 socio  prov. espeifica 2 chamada 4 bimestral
1 socio prov. espeifica 2 chamada 4 bimestral
Felipe Serra
 
Jean Jacques Rousseau
Jean Jacques RousseauJean Jacques Rousseau
Jean Jacques Rousseau
Laura Hernández González
 
Filosofia política
Filosofia políticaFilosofia política
Filosofia política
Alexandre Misturini
 
3 socio prov. esp. bc 4bi
3 socio    prov. esp.  bc 4bi3 socio    prov. esp.  bc 4bi
3 socio prov. esp. bc 4bi
Felipeprofserra
 
Filosofia politica
Filosofia politicaFilosofia politica
Filosofia politica
Silvia Cintra
 
Maquiavel, vida e obra: O Príncipe.
Maquiavel, vida e obra: O Príncipe.Maquiavel, vida e obra: O Príncipe.
Maquiavel, vida e obra: O Príncipe.
Judson De Araujo Barbosa
 
Nicolau maquiavel
Nicolau maquiavelNicolau maquiavel
Nicolau maquiavel
André Silva
 

Destaque (20)

Maquiavel
MaquiavelMaquiavel
Maquiavel
 
Maquiavel
MaquiavelMaquiavel
Maquiavel
 
Filosofia política e filosofia da arte Thomas Hobbes, Maquiavel
Filosofia política e filosofia da arte Thomas Hobbes, MaquiavelFilosofia política e filosofia da arte Thomas Hobbes, Maquiavel
Filosofia política e filosofia da arte Thomas Hobbes, Maquiavel
 
Absolutismo 4
Absolutismo 4Absolutismo 4
Absolutismo 4
 
A Natureza Humana Para Hobbes E Rousseau
A Natureza Humana Para Hobbes E RousseauA Natureza Humana Para Hobbes E Rousseau
A Natureza Humana Para Hobbes E Rousseau
 
Maquiavel
MaquiavelMaquiavel
Maquiavel
 
Nicolau Maquiavel
Nicolau MaquiavelNicolau Maquiavel
Nicolau Maquiavel
 
Filosofia politica de maquiavel a rosseau
Filosofia politica   de maquiavel a rosseauFilosofia politica   de maquiavel a rosseau
Filosofia politica de maquiavel a rosseau
 
Filosofia PolíTica
Filosofia PolíTicaFilosofia PolíTica
Filosofia PolíTica
 
1 Nicolau Maquiavel: O cidadão sem fortuna, o intelectual de virtú.pdf
1  Nicolau Maquiavel: O cidadão sem fortuna, o intelectual de virtú.pdf1  Nicolau Maquiavel: O cidadão sem fortuna, o intelectual de virtú.pdf
1 Nicolau Maquiavel: O cidadão sem fortuna, o intelectual de virtú.pdf
 
Maquiavel
MaquiavelMaquiavel
Maquiavel
 
Revisão de filosofia politica
Revisão de filosofia politicaRevisão de filosofia politica
Revisão de filosofia politica
 
3 socio prov. multidiciplinar bc 3bi
3 socio    prov. multidiciplinar  bc 3bi3 socio    prov. multidiciplinar  bc 3bi
3 socio prov. multidiciplinar bc 3bi
 
1 socio prov. espeifica 2 chamada 4 bimestral
1 socio  prov. espeifica 2 chamada 4 bimestral1 socio  prov. espeifica 2 chamada 4 bimestral
1 socio prov. espeifica 2 chamada 4 bimestral
 
Jean Jacques Rousseau
Jean Jacques RousseauJean Jacques Rousseau
Jean Jacques Rousseau
 
Filosofia política
Filosofia políticaFilosofia política
Filosofia política
 
3 socio prov. esp. bc 4bi
3 socio    prov. esp.  bc 4bi3 socio    prov. esp.  bc 4bi
3 socio prov. esp. bc 4bi
 
Filosofia politica
Filosofia politicaFilosofia politica
Filosofia politica
 
Maquiavel, vida e obra: O Príncipe.
Maquiavel, vida e obra: O Príncipe.Maquiavel, vida e obra: O Príncipe.
Maquiavel, vida e obra: O Príncipe.
 
Nicolau maquiavel
Nicolau maquiavelNicolau maquiavel
Nicolau maquiavel
 

Semelhante a Aula 13 filosofia política

Filosofia política
Filosofia política Filosofia política
Filosofia política
Elson Junior
 
Do sono dogmático revisado
Do sono dogmático revisadoDo sono dogmático revisado
Do sono dogmático revisado
Jusemara
 
Aulão de Filosofia (2015)
Aulão de Filosofia (2015)Aulão de Filosofia (2015)
Aulão de Filosofia (2015)
professorleo1989
 
Iluminismo desenho
Iluminismo desenhoIluminismo desenho
Iluminismo desenho
Alcidon Cunha
 
Renascimento, Iluminismo, Romantismo E Liberalismo
Renascimento, Iluminismo, Romantismo E LiberalismoRenascimento, Iluminismo, Romantismo E Liberalismo
Renascimento, Iluminismo, Romantismo E Liberalismo
Luci Bonini
 
Pp bea
Pp beaPp bea
Política
PolíticaPolítica
Ci%cancia%20 pol%cdtica%20conceitos%20b%c1sicos
Ci%cancia%20 pol%cdtica%20conceitos%20b%c1sicosCi%cancia%20 pol%cdtica%20conceitos%20b%c1sicos
Ci%cancia%20 pol%cdtica%20conceitos%20b%c1sicos
Athilla Henrique
 
Filosofia para-o-enem-8ª-semana
Filosofia para-o-enem-8ª-semanaFilosofia para-o-enem-8ª-semana
Filosofia para-o-enem-8ª-semana
brunojmrezende
 
29082022221926Marx.pptx
29082022221926Marx.pptx29082022221926Marx.pptx
29082022221926Marx.pptx
MelissaVicente8
 
Filo 25 tp augusto
Filo 25 tp augustoFilo 25 tp augusto
Filo 25 tp augusto
alemisturini
 
Vidanaofascista
VidanaofascistaVidanaofascista
Vidanaofascista
Alexandre Isaac
 
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdfVIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
bragamoysesaline
 
Filosofia política
Filosofia políticaFilosofia política
Filosofia política
Edirlene Fraga
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Ciencia politica conceitos
Ciencia politica conceitosCiencia politica conceitos
Ciencia politica conceitos
Lucas Lima Silva
 
Filosofia política
Filosofia políticaFilosofia política
Filosofia política
ricardo13613
 
Iluminismo (seu surgimento, contexto histórico)
Iluminismo (seu surgimento, contexto histórico)Iluminismo (seu surgimento, contexto histórico)
Iluminismo (seu surgimento, contexto histórico)
Iracema16
 
Platão e a cidade ideal
Platão e a cidade idealPlatão e a cidade ideal
Platão e a cidade ideal
irenio soares
 
Vvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvv
VvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvVvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvv
Vvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvv
rose soratto
 

Semelhante a Aula 13 filosofia política (20)

Filosofia política
Filosofia política Filosofia política
Filosofia política
 
Do sono dogmático revisado
Do sono dogmático revisadoDo sono dogmático revisado
Do sono dogmático revisado
 
Aulão de Filosofia (2015)
Aulão de Filosofia (2015)Aulão de Filosofia (2015)
Aulão de Filosofia (2015)
 
Iluminismo desenho
Iluminismo desenhoIluminismo desenho
Iluminismo desenho
 
Renascimento, Iluminismo, Romantismo E Liberalismo
Renascimento, Iluminismo, Romantismo E LiberalismoRenascimento, Iluminismo, Romantismo E Liberalismo
Renascimento, Iluminismo, Romantismo E Liberalismo
 
Pp bea
Pp beaPp bea
Pp bea
 
Política
PolíticaPolítica
Política
 
Ci%cancia%20 pol%cdtica%20conceitos%20b%c1sicos
Ci%cancia%20 pol%cdtica%20conceitos%20b%c1sicosCi%cancia%20 pol%cdtica%20conceitos%20b%c1sicos
Ci%cancia%20 pol%cdtica%20conceitos%20b%c1sicos
 
Filosofia para-o-enem-8ª-semana
Filosofia para-o-enem-8ª-semanaFilosofia para-o-enem-8ª-semana
Filosofia para-o-enem-8ª-semana
 
29082022221926Marx.pptx
29082022221926Marx.pptx29082022221926Marx.pptx
29082022221926Marx.pptx
 
Filo 25 tp augusto
Filo 25 tp augustoFilo 25 tp augusto
Filo 25 tp augusto
 
Vidanaofascista
VidanaofascistaVidanaofascista
Vidanaofascista
 
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdfVIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
 
Filosofia política
Filosofia políticaFilosofia política
Filosofia política
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Ciencia politica conceitos
Ciencia politica conceitosCiencia politica conceitos
Ciencia politica conceitos
 
Filosofia política
Filosofia políticaFilosofia política
Filosofia política
 
Iluminismo (seu surgimento, contexto histórico)
Iluminismo (seu surgimento, contexto histórico)Iluminismo (seu surgimento, contexto histórico)
Iluminismo (seu surgimento, contexto histórico)
 
Platão e a cidade ideal
Platão e a cidade idealPlatão e a cidade ideal
Platão e a cidade ideal
 
Vvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvv
VvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvVvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvv
Vvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvv
 

Mais de professorleo1989

Aula 9 e 10 karl marx
Aula 9 e 10   karl marxAula 9 e 10   karl marx
Aula 9 e 10 karl marx
professorleo1989
 
Aula 15 sociologia contemporânea
Aula 15   sociologia contemporâneaAula 15   sociologia contemporânea
Aula 15 sociologia contemporânea
professorleo1989
 
Aula 7 e 8 max weber
Aula 7 e 8   max weberAula 7 e 8   max weber
Aula 7 e 8 max weber
professorleo1989
 
Émile durkheim
Émile durkheimÉmile durkheim
Émile durkheim
professorleo1989
 
Aula 21 filosofia da ciência
Aula 21   filosofia da ciênciaAula 21   filosofia da ciência
Aula 21 filosofia da ciência
professorleo1989
 
Aula 3 metafísica
Aula 3   metafísicaAula 3   metafísica
Aula 3 metafísica
professorleo1989
 

Mais de professorleo1989 (6)

Aula 9 e 10 karl marx
Aula 9 e 10   karl marxAula 9 e 10   karl marx
Aula 9 e 10 karl marx
 
Aula 15 sociologia contemporânea
Aula 15   sociologia contemporâneaAula 15   sociologia contemporânea
Aula 15 sociologia contemporânea
 
Aula 7 e 8 max weber
Aula 7 e 8   max weberAula 7 e 8   max weber
Aula 7 e 8 max weber
 
Émile durkheim
Émile durkheimÉmile durkheim
Émile durkheim
 
Aula 21 filosofia da ciência
Aula 21   filosofia da ciênciaAula 21   filosofia da ciência
Aula 21 filosofia da ciência
 
Aula 3 metafísica
Aula 3   metafísicaAula 3   metafísica
Aula 3 metafísica
 

Último

AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
KarollayneRodriguesV1
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
GracinhaSantos6
 
Sequência Didática de Matemática MatemáticaMatemática.pdf
Sequência Didática de Matemática MatemáticaMatemática.pdfSequência Didática de Matemática MatemáticaMatemática.pdf
Sequência Didática de Matemática MatemáticaMatemática.pdf
marcos oliveira
 
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdfCD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
Manuais Formação
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
PROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdf
PROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdfPROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdf
PROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdf
MiriamCamily
 
agosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptx
agosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptxagosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptx
agosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
jonny615148
 
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdfO livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
dataprovider
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
AdrianoMontagna1
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
AlessandraRibas7
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
ALEXANDRODECASTRODOS
 
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdfEXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
eltinhorg
 
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
FredPaixaoeSilva
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 

Último (20)

AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
 
Sequência Didática de Matemática MatemáticaMatemática.pdf
Sequência Didática de Matemática MatemáticaMatemática.pdfSequência Didática de Matemática MatemáticaMatemática.pdf
Sequência Didática de Matemática MatemáticaMatemática.pdf
 
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdfCD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
PROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdf
PROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdfPROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdf
PROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdf
 
agosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptx
agosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptxagosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptx
agosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptx
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
 
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdfO livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
 
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdfEXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
 
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 

Aula 13 filosofia política

  • 2. FILOSOFIA CONCEITUAÇÃO GERAL  Conceito de Política: • Arte ou ciência da cidade.  O que se estuda? • Poder • Estado (interventor/ liberal). • Formas de governo. ideológico político econômico
  • 3. FILOSOFIA Classes populares Estado intervencionista Progressista Modelo socialista Justiça social Classes mais ricas Estado mínimo Conservadores Modelo capitalista Ordem Centro-esquerda / centro / centro-direitaEsquerda Direita Interesses de cada grupo ORIENTAÇÃO POLÍTICA
  • 4. FILOSOFIA GREGOS  Platão: • Callipólis (bela cidade) = educação estatal. • Sofocracia = governo dos mais sábios. SOLDADOS PRODUTORES GOVERNANTES REMINISCÊNCIA
  • 5. FILOSOFIA GREGOS  Aristóteles: • “O homem é um animal político.” Governo de... Forma pura Forma corrompida Uma pessoa Monarquia Tirania Algumas pessoas Aristocracia Oligarquia Todos Democracia Demagogia ZOON POLITIKON
  • 8. FILOSOFIA MAQUIAVEL  Contexto: • Itália dividida em 17 estados. • Instabilidade política (guerras). • Influência católica. • Renascimento.
  • 9. FILOSOFIA MAQUIAVEL  Pensamento: • O Príncipe. • Realismo Político. • Busca e manutenção do Poder. • “Os fins justificam os meios”. • Características de um governante = Força (leão)/ Inteligência (raposa). • “Antes importa ser temido do que ser amado.” • Virtú (capacidade para se chegar a um objetivo) e fortuna (“sorte” ou circunstância).
  • 11. FILOSOFIA (UFU-MG) Leia o texto abaixo. Deixando de lado as discussões sobre governos e governantes ideais, Maquiavel se preocuparia em saber como os homens governam de fato, quais os limites do uso da violência para conquistar e conservar o poder, como instaurar um governo estável, etc. CHALITA, Gabriel. Vivendo a Filosofia. São Paulo: Ática, 2006. p. 200.
  • 12. FILOSOFIA Marque a alternativa que descreve corretamente o objetivo de Maquiavel. a) De acordo com Chalita, Maquiavel examina a política de forma a dar continuidade às análises da tradição filosófica. b) Conforme Chalita, o pensador florentino tem por objetivo demonstrar como um Príncipe deve conquistar e manter o poder, tratando-o como uma realidade concreta. c) Como observamos no texto, a obra de Maquiavel é inovadora por definir o que é o governo e quem são os governantes ideais. d) De acordo com o texto, pode-se observar que Maquiavel não admite o uso da violência para conquistar e conservar o poder.
  • 13. FILOSOFIA Marque a alternativa que descreve corretamente o objetivo de Maquiavel. a) De acordo com Chalita, Maquiavel examina a política de forma a dar continuidade às análises da tradição filosófica. b) Conforme Chalita, o pensador florentino tem por objetivo demonstrar como um Príncipe deve conquistar e manter o poder, tratando-o como uma realidade concreta. c) Como observamos no texto, a obra de Maquiavel é inovadora por definir o que é o governo e quem são os governantes ideais. d) De acordo com o texto, pode-se observar que Maquiavel não admite o uso da violência para conquistar e conservar o poder.
  • 14. FILOSOFIA CONTRATUALISTAS  Thomas Hobbes: • Estado de Natureza (“O homem é o lobo do homem”). • Governo = estabelecer limites (Contrato Social). • Absolutista.
  • 15. FILOSOFIA  John Locke: • Teórico ex-post-facto. • Política liberal (defensor da propriedade privada). • Diferente de Hobbes = homem não egoísta. • Contrato social = o homem não perde poder (limita o poder soberano). • Parlamentarismo. CONTRATUALISTAS
  • 16. FILOSOFIA  Rousseau: • Poder ao povo. • Consentimento unânime = direito coletivo. • Povo = soberano e súdito. • Governante = gerente da vontade do coletiva. • Contrário a propriedade privada. CONTRATUALISTAS
  • 17. FILOSOFIA----------------- HOBBES LOCKE ROUSSEAU Estado de natureza O homem é lobo do homem Direito a propriedade privada Homem é bom Problema Insegurança Vingança em excesso egoísmo Contrato Cede todo direito Cede à alguns Vontade geral Governo Absolutismo Liberal Democracia Obras Leviatã Tratado sobre o governo civil O contrato social
  • 19. FILOSOFIA POLÍTICA E DOMINAÇÃO  Karl Marx: • Sociedade primitiva: sem classes. • Estado: aliado da classe dominante (mantenedor das desigualdades). • Partido proletário. CAPITALISMO SOCIALISMO COMUNISMO
  • 21. FILOSOFIA (UFU-MG) Leia o trecho a seguir: E que existe o belo em si, e o bom em si, e, do mesmo modo, relativamente a todas as coisas que então postulamos como múltiplas, e, inversamente, postulamos que a cada uma corresponde uma ideia, que é única, e chamamos- lhe a sua essência (507b-c). PLATÃO. República. Trad. de Maria Helena da Rocha Pereira. 8ª ed. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian. 1996.
  • 22. FILOSOFIA Marque a alternativa que expressa corretamente o pensamento de Platão. a) Somente por meio dos sentidos, em especial da visão, pode o filósofo obter o conhecimento das ideias. b) No pensamento platônico, o conhecimento das ideias permite ao filósofo discernir a unidade inteligível em face da multiplicidade sensível. c) Para que a alma humana alcance o conhecimento das ideias, ela deve elevar-se às alturas do inteligível, o que somente é possível após a morte ou por meio do contato com os deuses gregos. d) Tanto a dialética quanto a matemática elevam o conhecimento ao inteligível; mas, somente a matemática, por seu caráter abstrato, conduz a alma ao princípio supremo: a ideia do Bem.
  • 23. FILOSOFIA Marque a alternativa que expressa corretamente o pensamento de Platão. a) Somente por meio dos sentidos, em especial da visão, pode o filósofo obter o conhecimento das ideias. b) No pensamento platônico, o conhecimento das ideias permite ao filósofo discernir a unidade inteligível em face da multiplicidade sensível. c) Para que a alma humana alcance o conhecimento das ideias, ela deve elevar-se às alturas do inteligível, o que somente é possível após a morte ou por meio do contato com os deuses gregos. d) Tanto a dialética quanto a matemática elevam o conhecimento ao inteligível; mas, somente a matemática, por seu caráter abstrato, conduz a alma ao princípio supremo: a ideia do Bem.