SlideShare uma empresa Scribd logo
Bruno Max
Franscisco Ranom
Judson Barbosa
Marcelo Castro
Marcos Vinicius
Vida
Nicolau Maquiavel foi um importante historiador, diplomata, filósofo,
estadista e político italiano da época do Renascimento.
Nasceu na cidade italiana de Florença em 3 de maio de 1469. Em
1512, foi preso, torturado e morreu pobre e solitário, na mesma cidade,
em 21 de junho de 1527.
Aos 29 anos de idade, ingressou na vida política, exercendo o cargo
de secretário da Segunda Chancelaria da República de Florença.
Dedicou seu tempo e conhecimentos para a produção de obras de
análise política e social.
Obras
“O príncipe” - 1513 publicado em 1531
“Mandrágora” – 1515 publicado em 1524
“A arte da guerra” – 1519 - 1520
“Discursos sobre a primeira década de Tito Lívio” - 1513 à 1521
“Vita de Castruccio Castracani” -1520
“Istorie Fiorentine” 1520 -1525
“Clizia e Andria” - 1524
“Bel Fagor” - 1524
É um tratado político com 26 capítulos, além de uma
dedicatória a Lorenzo II de Médici (1492 - 1519), Duque de
Urbino;
Descreve as maneiras de conduzir-se nos negócios
públicos internos e externos, e fundamentalmente, como
conquistar e manter um principado;
Em vista da situação política italiana no período
renascentista, aponta o principado como solução
intermediária para unificar a Itália.
O príncipe
Do capítulo 1 ao 15, são tratadas as formas de poder e os
principais tipos de governo;
Capítulo 15: Vícios;
Capítulo 16: Liberdade como palavra;
Capítulo 17: Crueldade e Piedade;
Capítulo 18: Força e Lei;
O príncipe
Capítulo 19: As conspirações;
Do Capítulo 20 ao 23, explica como o governante deve controlar
e manter o povo feliz;
Capítulo 24: Lembrança de perda do Estado de outros
Príncipes;
Nos capítulos 25 e 26: São retratados ensinamentos de
unificação e o desejo de Maquiavel de Unificar a Itália.
Base do pensamento de
Maquiavel
Verdade efetiva das coisas (Realismo Político);
Natureza humana;
Força de oposição;
Principado e república;
Virtù e fortuna
Verdade efetiva das coisas
Vai de encontro a ideia de Platao em ‘A república’;
Estado deve ser pensado por aquilo que ele realmente é, e
não por aquilo que nos desejamos que ele fosse;
Dever ser Ser
Natureza humana
Características peculiar do ser humano que independem
do tempo e do espaço, pois serão comum a todos;
O Homem é ingrato, volúvel, simulador, covarde diante do
medo, ávidos por riqueza.
Força de oposição
São forças presentes na sociedade;
Uma dominante e a outra a dominada;
Cabe ao príncipe busca o equilíbrio entre elas.
Principado e república
Anseia a volta da república romana baseada sobre a
liberdade e sobre os bons costumes;
Dever do príncipe é agir como um fundador/ educador;
Formação de uma república.
Fortuna x Virtù
Diz respeito ao tempo, a
sorte;
Ordem das coisas diante de
uma situação;
Aquilo que esta
acontecendo em volta do
principe.
Controle flexível,
habilidade;
Decidir diante de
circunstâncias diferentes;
Força e razão;
Fundamental para a
manutenção do poder.
Curiosidades
“Os fins justificam os meios” não é uma frase de
Maquiavel, mas uma inferência a partir de suas ideias ;
“Maquiavélico” é um termo atribuído àquelas pessoas que
praticam atos desleais (até mesmo violentos) para obter
vantagens, manipulando as pessoas, mas injustamento
atribuído a Maquiavel, pois este sempre defendeu a ética
na política.
Os Dez Mandamentos de Maquiavel
1- Zelai apenas por vossos interesses;
2- Não honreis a mais ninguém além de vós;
3- Fazei o mal, mas fingi fazer o bem;
4- Cobiçai e procurai fazer tudo o que puderes;
5- Sede miseráveis;
6- Sede brutais;
7- Lograi o próximo toda vez que puderdes;
8- Matai os vossos inimigos e, se for necessário, os vossos
amigos;
9- Usai a força em vez da bondade ao tratardes com o próximo;
10- Pensai exclusivamente na guerra.
Bruno Max
Franscisco Ranom
Judson Barbosa
Marcelo Castro
Marcos Vinicius

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Política de Maquiavel
Política de Maquiavel Política de Maquiavel
Política de Maquiavel
Kaíne Colodetti
 
Política em Nicolau Maquiavel
Política em Nicolau MaquiavelPolítica em Nicolau Maquiavel
Política em Nicolau Maquiavel
Marcos Goulart
 
Maquiavel e o pensamento político moderno
Maquiavel e o pensamento político modernoMaquiavel e o pensamento político moderno
Maquiavel e o pensamento político moderno
Rogerio Terra
 
Filosofia Renascentista
Filosofia  RenascentistaFilosofia  Renascentista
Filosofia Renascentista
Juliana Corvino de Araújo
 
O príncipe - Maquiavel - Prof. Altair Aguilar
O príncipe - Maquiavel - Prof. Altair AguilarO príncipe - Maquiavel - Prof. Altair Aguilar
O príncipe - Maquiavel - Prof. Altair Aguilar
Altair Moisés Aguilar
 
Filosofia Política
Filosofia PolíticaFilosofia Política
Filosofia Política
José Ferreira Júnior
 
O contratualismo hobbes, locke e rouseau aula 08
O contratualismo hobbes, locke e rouseau aula 08O contratualismo hobbes, locke e rouseau aula 08
O contratualismo hobbes, locke e rouseau aula 08
Rodrigo Cisco
 
A República de Platão
A República de PlatãoA República de Platão
A República de Platão
Luci Bonini
 
TEORIA CONTRATUALISTA SEGUNDO Rosseau,Hobbes, Locke.
TEORIA CONTRATUALISTA SEGUNDO Rosseau,Hobbes, Locke.TEORIA CONTRATUALISTA SEGUNDO Rosseau,Hobbes, Locke.
TEORIA CONTRATUALISTA SEGUNDO Rosseau,Hobbes, Locke.
Nábila Quennet
 
Thommas Hobbes
Thommas HobbesThommas Hobbes
Thommas Hobbes
Michele Frison
 
Aula 18 - As ideias de Maquiavel
Aula 18 - As ideias de MaquiavelAula 18 - As ideias de Maquiavel
Aula 18 - As ideias de Maquiavel
Claudio Henrique Ramos Sales
 
Filosofia política e filosofia da arte Thomas Hobbes, Maquiavel
Filosofia política e filosofia da arte Thomas Hobbes, MaquiavelFilosofia política e filosofia da arte Thomas Hobbes, Maquiavel
Filosofia política e filosofia da arte Thomas Hobbes, Maquiavel
Colégio Objetivo, Pouso Alegre, MG
 
Étiica e política em maquiavel
Étiica e política em maquiavelÉtiica e política em maquiavel
Étiica e política em maquiavel
masalas
 
Os contratualistas
Os contratualistasOs contratualistas
Os contratualistas
Isabella Silva
 
Filosofia Política
Filosofia PolíticaFilosofia Política
Filosofia Política
Paulo Alexandre
 
Karl marx
Karl marxKarl marx
Segundo Tratado Sobre o Governo Civil - John Locke
Segundo Tratado Sobre o Governo Civil - John Locke Segundo Tratado Sobre o Governo Civil - John Locke
Segundo Tratado Sobre o Governo Civil - John Locke
Fernanda Costa
 
Sistemas e formas de governo
Sistemas e formas de governoSistemas e formas de governo
Sistemas e formas de governo
Politize!
 
Pensamento político de Montesquieu
Pensamento político de MontesquieuPensamento político de Montesquieu
Pensamento político de Montesquieu
Rogerio Terra
 
Platão e a teoria das ideias
Platão e a teoria das ideiasPlatão e a teoria das ideias
Platão e a teoria das ideias
Italo Colares
 

Mais procurados (20)

Política de Maquiavel
Política de Maquiavel Política de Maquiavel
Política de Maquiavel
 
Política em Nicolau Maquiavel
Política em Nicolau MaquiavelPolítica em Nicolau Maquiavel
Política em Nicolau Maquiavel
 
Maquiavel e o pensamento político moderno
Maquiavel e o pensamento político modernoMaquiavel e o pensamento político moderno
Maquiavel e o pensamento político moderno
 
Filosofia Renascentista
Filosofia  RenascentistaFilosofia  Renascentista
Filosofia Renascentista
 
O príncipe - Maquiavel - Prof. Altair Aguilar
O príncipe - Maquiavel - Prof. Altair AguilarO príncipe - Maquiavel - Prof. Altair Aguilar
O príncipe - Maquiavel - Prof. Altair Aguilar
 
Filosofia Política
Filosofia PolíticaFilosofia Política
Filosofia Política
 
O contratualismo hobbes, locke e rouseau aula 08
O contratualismo hobbes, locke e rouseau aula 08O contratualismo hobbes, locke e rouseau aula 08
O contratualismo hobbes, locke e rouseau aula 08
 
A República de Platão
A República de PlatãoA República de Platão
A República de Platão
 
TEORIA CONTRATUALISTA SEGUNDO Rosseau,Hobbes, Locke.
TEORIA CONTRATUALISTA SEGUNDO Rosseau,Hobbes, Locke.TEORIA CONTRATUALISTA SEGUNDO Rosseau,Hobbes, Locke.
TEORIA CONTRATUALISTA SEGUNDO Rosseau,Hobbes, Locke.
 
Thommas Hobbes
Thommas HobbesThommas Hobbes
Thommas Hobbes
 
Aula 18 - As ideias de Maquiavel
Aula 18 - As ideias de MaquiavelAula 18 - As ideias de Maquiavel
Aula 18 - As ideias de Maquiavel
 
Filosofia política e filosofia da arte Thomas Hobbes, Maquiavel
Filosofia política e filosofia da arte Thomas Hobbes, MaquiavelFilosofia política e filosofia da arte Thomas Hobbes, Maquiavel
Filosofia política e filosofia da arte Thomas Hobbes, Maquiavel
 
Étiica e política em maquiavel
Étiica e política em maquiavelÉtiica e política em maquiavel
Étiica e política em maquiavel
 
Os contratualistas
Os contratualistasOs contratualistas
Os contratualistas
 
Filosofia Política
Filosofia PolíticaFilosofia Política
Filosofia Política
 
Karl marx
Karl marxKarl marx
Karl marx
 
Segundo Tratado Sobre o Governo Civil - John Locke
Segundo Tratado Sobre o Governo Civil - John Locke Segundo Tratado Sobre o Governo Civil - John Locke
Segundo Tratado Sobre o Governo Civil - John Locke
 
Sistemas e formas de governo
Sistemas e formas de governoSistemas e formas de governo
Sistemas e formas de governo
 
Pensamento político de Montesquieu
Pensamento político de MontesquieuPensamento político de Montesquieu
Pensamento político de Montesquieu
 
Platão e a teoria das ideias
Platão e a teoria das ideiasPlatão e a teoria das ideias
Platão e a teoria das ideias
 

Destaque

Cap 11 A Justificação do Estado Moderno
Cap 11   A Justificação do Estado ModernoCap 11   A Justificação do Estado Moderno
Cap 11 A Justificação do Estado Moderno
José Ferreira Júnior
 
Maquiavel e a Liderança Moderna - Capítulo IV
Maquiavel e a Liderança Moderna - Capítulo IVMaquiavel e a Liderança Moderna - Capítulo IV
Maquiavel e a Liderança Moderna - Capítulo IV
Adm Unime
 
O Leviathan de Thomas Hobbes
O Leviathan de Thomas HobbesO Leviathan de Thomas Hobbes
O Leviathan de Thomas Hobbes
Dércio Macondzo
 
Aspectos importantes na obra leviatã
Aspectos importantes na obra leviatãAspectos importantes na obra leviatã
Aspectos importantes na obra leviatã
Rony Stayllon
 
O Renascimento
O RenascimentoO Renascimento
O Renascimento
Carlos Pinheiro
 
O Renascimento
O RenascimentoO Renascimento
O Renascimento
João Lima
 
Maquiavel: vida e obra, folder
Maquiavel:  vida e obra, folderMaquiavel:  vida e obra, folder
Maquiavel: vida e obra, folder
Judson De Araujo Barbosa
 
2 ano slides
2 ano slides2 ano slides
2 ano slides
Victor França
 
O estado moderno e exp. marítima intensivo
O estado moderno e exp. marítima   intensivoO estado moderno e exp. marítima   intensivo
O estado moderno e exp. marítima intensivo
Murilo Cisalpino
 
Nicolau maquiavel
Nicolau maquiavelNicolau maquiavel
Formacao dos-estados-nacionais-absolutismo
Formacao dos-estados-nacionais-absolutismoFormacao dos-estados-nacionais-absolutismo
Formacao dos-estados-nacionais-absolutismo
Marcio Cicchelli
 
Maquiavel
 Maquiavel Maquiavel
Maquiavel
Goreti Quaresma
 
Thomas morus
Thomas morusThomas morus
Thomas morus
Gabriel Pacheco Probo
 
Do estado Leviatã
Do estado LeviatãDo estado Leviatã
Do estado Leviatã
Anne Guerra
 
O absolutismo e a formação do estado moderno
O absolutismo e a formação do estado moderno O absolutismo e a formação do estado moderno
O absolutismo e a formação do estado moderno
Ewerton Anacleto de Souza
 
O príncipe - Nicolau Maquiavel
O príncipe - Nicolau MaquiavelO príncipe - Nicolau Maquiavel
O príncipe - Nicolau Maquiavel
thaglis
 
Maquiavel
MaquiavelMaquiavel
Maquiavel
Gaspar Neto
 
Maquiavel e a natureza da política
Maquiavel e a natureza da políticaMaquiavel e a natureza da política
Maquiavel e a natureza da política
Carla Motta
 

Destaque (18)

Cap 11 A Justificação do Estado Moderno
Cap 11   A Justificação do Estado ModernoCap 11   A Justificação do Estado Moderno
Cap 11 A Justificação do Estado Moderno
 
Maquiavel e a Liderança Moderna - Capítulo IV
Maquiavel e a Liderança Moderna - Capítulo IVMaquiavel e a Liderança Moderna - Capítulo IV
Maquiavel e a Liderança Moderna - Capítulo IV
 
O Leviathan de Thomas Hobbes
O Leviathan de Thomas HobbesO Leviathan de Thomas Hobbes
O Leviathan de Thomas Hobbes
 
Aspectos importantes na obra leviatã
Aspectos importantes na obra leviatãAspectos importantes na obra leviatã
Aspectos importantes na obra leviatã
 
O Renascimento
O RenascimentoO Renascimento
O Renascimento
 
O Renascimento
O RenascimentoO Renascimento
O Renascimento
 
Maquiavel: vida e obra, folder
Maquiavel:  vida e obra, folderMaquiavel:  vida e obra, folder
Maquiavel: vida e obra, folder
 
2 ano slides
2 ano slides2 ano slides
2 ano slides
 
O estado moderno e exp. marítima intensivo
O estado moderno e exp. marítima   intensivoO estado moderno e exp. marítima   intensivo
O estado moderno e exp. marítima intensivo
 
Nicolau maquiavel
Nicolau maquiavelNicolau maquiavel
Nicolau maquiavel
 
Formacao dos-estados-nacionais-absolutismo
Formacao dos-estados-nacionais-absolutismoFormacao dos-estados-nacionais-absolutismo
Formacao dos-estados-nacionais-absolutismo
 
Maquiavel
 Maquiavel Maquiavel
Maquiavel
 
Thomas morus
Thomas morusThomas morus
Thomas morus
 
Do estado Leviatã
Do estado LeviatãDo estado Leviatã
Do estado Leviatã
 
O absolutismo e a formação do estado moderno
O absolutismo e a formação do estado moderno O absolutismo e a formação do estado moderno
O absolutismo e a formação do estado moderno
 
O príncipe - Nicolau Maquiavel
O príncipe - Nicolau MaquiavelO príncipe - Nicolau Maquiavel
O príncipe - Nicolau Maquiavel
 
Maquiavel
MaquiavelMaquiavel
Maquiavel
 
Maquiavel e a natureza da política
Maquiavel e a natureza da políticaMaquiavel e a natureza da política
Maquiavel e a natureza da política
 

Semelhante a Maquiavel, vida e obra: O Príncipe.

maquiavel2 (1).ppt
maquiavel2 (1).pptmaquiavel2 (1).ppt
maquiavel2 (1).ppt
AntonioVinicios1
 
Nicolau maquiave1
Nicolau maquiave1Nicolau maquiave1
Nicolau maquiave1
Babysec
 
O absolutismo antigo regime 1453-1789
O absolutismo   antigo regime 1453-1789O absolutismo   antigo regime 1453-1789
O absolutismo antigo regime 1453-1789
Augustojq
 
Absolutismo
AbsolutismoAbsolutismo
Absolutismo
paulo santos
 
Política
PolíticaPolítica
Política
tsocio
 
SociologiaMaquiavel
SociologiaMaquiavelSociologiaMaquiavel
SociologiaMaquiavel
Matheus Lima
 
Exercícios sobre política em nicolau maquiavel
Exercícios sobre política em nicolau maquiavelExercícios sobre política em nicolau maquiavel
Exercícios sobre política em nicolau maquiavel
Mônica Schlickmann
 
Maquiavel
MaquiavelMaquiavel
Maquiavel
Jorge Miklos
 
Absolutismo e Estados Nacionais - filosofia absolutista
Absolutismo e Estados Nacionais - filosofia absolutistaAbsolutismo e Estados Nacionais - filosofia absolutista
Absolutismo e Estados Nacionais - filosofia absolutista
proflucascariri
 
Absolutismo
AbsolutismoAbsolutismo
Absolutismo
dmflores21
 
Niccolò Machiavelli
Niccolò MachiavelliNiccolò Machiavelli
Niccolò Machiavelli
GnomeKilla
 
Luís XIV e o Absolutismo
Luís XIV e o AbsolutismoLuís XIV e o Absolutismo
Luís XIV e o Absolutismo
JoanaRitaSilva
 
Evolução histórica do estado
Evolução histórica do estadoEvolução histórica do estado
Evolução histórica do estado
Marcelo Alencar
 
Filosofia politica
Filosofia politicaFilosofia politica
Filosofia politica
Silvia Cintra
 
Resenha o principe de maquiavel por vinicius henrique da silva
Resenha   o principe de maquiavel por vinicius henrique da silvaResenha   o principe de maquiavel por vinicius henrique da silva
Resenha o principe de maquiavel por vinicius henrique da silva
Vinicius Henrique
 
Absolutismo Monárquico 2019
Absolutismo Monárquico 2019Absolutismo Monárquico 2019
A utopia, o príncipe e a cocanha
A utopia, o príncipe e a cocanhaA utopia, o príncipe e a cocanha
A utopia, o príncipe e a cocanha
Luiz Antonio Souza
 
Estado Moderno
Estado ModernoEstado Moderno
Estado Moderno
Juray Castro
 
Aula 3
Aula 3Aula 3
Aula 3
profnelton
 
Aula 3
Aula 3Aula 3
Aula 3
profnelton
 

Semelhante a Maquiavel, vida e obra: O Príncipe. (20)

maquiavel2 (1).ppt
maquiavel2 (1).pptmaquiavel2 (1).ppt
maquiavel2 (1).ppt
 
Nicolau maquiave1
Nicolau maquiave1Nicolau maquiave1
Nicolau maquiave1
 
O absolutismo antigo regime 1453-1789
O absolutismo   antigo regime 1453-1789O absolutismo   antigo regime 1453-1789
O absolutismo antigo regime 1453-1789
 
Absolutismo
AbsolutismoAbsolutismo
Absolutismo
 
Política
PolíticaPolítica
Política
 
SociologiaMaquiavel
SociologiaMaquiavelSociologiaMaquiavel
SociologiaMaquiavel
 
Exercícios sobre política em nicolau maquiavel
Exercícios sobre política em nicolau maquiavelExercícios sobre política em nicolau maquiavel
Exercícios sobre política em nicolau maquiavel
 
Maquiavel
MaquiavelMaquiavel
Maquiavel
 
Absolutismo e Estados Nacionais - filosofia absolutista
Absolutismo e Estados Nacionais - filosofia absolutistaAbsolutismo e Estados Nacionais - filosofia absolutista
Absolutismo e Estados Nacionais - filosofia absolutista
 
Absolutismo
AbsolutismoAbsolutismo
Absolutismo
 
Niccolò Machiavelli
Niccolò MachiavelliNiccolò Machiavelli
Niccolò Machiavelli
 
Luís XIV e o Absolutismo
Luís XIV e o AbsolutismoLuís XIV e o Absolutismo
Luís XIV e o Absolutismo
 
Evolução histórica do estado
Evolução histórica do estadoEvolução histórica do estado
Evolução histórica do estado
 
Filosofia politica
Filosofia politicaFilosofia politica
Filosofia politica
 
Resenha o principe de maquiavel por vinicius henrique da silva
Resenha   o principe de maquiavel por vinicius henrique da silvaResenha   o principe de maquiavel por vinicius henrique da silva
Resenha o principe de maquiavel por vinicius henrique da silva
 
Absolutismo Monárquico 2019
Absolutismo Monárquico 2019Absolutismo Monárquico 2019
Absolutismo Monárquico 2019
 
A utopia, o príncipe e a cocanha
A utopia, o príncipe e a cocanhaA utopia, o príncipe e a cocanha
A utopia, o príncipe e a cocanha
 
Estado Moderno
Estado ModernoEstado Moderno
Estado Moderno
 
Aula 3
Aula 3Aula 3
Aula 3
 
Aula 3
Aula 3Aula 3
Aula 3
 

Último

A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert EinsteinA Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
WelberMerlinCardoso
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
CarinaSantos916505
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 

Último (20)

A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert EinsteinA Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 

Maquiavel, vida e obra: O Príncipe.

  • 1. Bruno Max Franscisco Ranom Judson Barbosa Marcelo Castro Marcos Vinicius
  • 2. Vida Nicolau Maquiavel foi um importante historiador, diplomata, filósofo, estadista e político italiano da época do Renascimento. Nasceu na cidade italiana de Florença em 3 de maio de 1469. Em 1512, foi preso, torturado e morreu pobre e solitário, na mesma cidade, em 21 de junho de 1527. Aos 29 anos de idade, ingressou na vida política, exercendo o cargo de secretário da Segunda Chancelaria da República de Florença. Dedicou seu tempo e conhecimentos para a produção de obras de análise política e social.
  • 3. Obras “O príncipe” - 1513 publicado em 1531 “Mandrágora” – 1515 publicado em 1524 “A arte da guerra” – 1519 - 1520 “Discursos sobre a primeira década de Tito Lívio” - 1513 à 1521 “Vita de Castruccio Castracani” -1520 “Istorie Fiorentine” 1520 -1525 “Clizia e Andria” - 1524 “Bel Fagor” - 1524
  • 4.
  • 5. É um tratado político com 26 capítulos, além de uma dedicatória a Lorenzo II de Médici (1492 - 1519), Duque de Urbino; Descreve as maneiras de conduzir-se nos negócios públicos internos e externos, e fundamentalmente, como conquistar e manter um principado; Em vista da situação política italiana no período renascentista, aponta o principado como solução intermediária para unificar a Itália.
  • 6. O príncipe Do capítulo 1 ao 15, são tratadas as formas de poder e os principais tipos de governo; Capítulo 15: Vícios; Capítulo 16: Liberdade como palavra; Capítulo 17: Crueldade e Piedade; Capítulo 18: Força e Lei;
  • 7. O príncipe Capítulo 19: As conspirações; Do Capítulo 20 ao 23, explica como o governante deve controlar e manter o povo feliz; Capítulo 24: Lembrança de perda do Estado de outros Príncipes; Nos capítulos 25 e 26: São retratados ensinamentos de unificação e o desejo de Maquiavel de Unificar a Itália.
  • 8. Base do pensamento de Maquiavel Verdade efetiva das coisas (Realismo Político); Natureza humana; Força de oposição; Principado e república; Virtù e fortuna
  • 9. Verdade efetiva das coisas Vai de encontro a ideia de Platao em ‘A república’; Estado deve ser pensado por aquilo que ele realmente é, e não por aquilo que nos desejamos que ele fosse; Dever ser Ser
  • 10. Natureza humana Características peculiar do ser humano que independem do tempo e do espaço, pois serão comum a todos; O Homem é ingrato, volúvel, simulador, covarde diante do medo, ávidos por riqueza.
  • 11. Força de oposição São forças presentes na sociedade; Uma dominante e a outra a dominada; Cabe ao príncipe busca o equilíbrio entre elas.
  • 12. Principado e república Anseia a volta da república romana baseada sobre a liberdade e sobre os bons costumes; Dever do príncipe é agir como um fundador/ educador; Formação de uma república.
  • 13. Fortuna x Virtù Diz respeito ao tempo, a sorte; Ordem das coisas diante de uma situação; Aquilo que esta acontecendo em volta do principe. Controle flexível, habilidade; Decidir diante de circunstâncias diferentes; Força e razão; Fundamental para a manutenção do poder.
  • 14. Curiosidades “Os fins justificam os meios” não é uma frase de Maquiavel, mas uma inferência a partir de suas ideias ; “Maquiavélico” é um termo atribuído àquelas pessoas que praticam atos desleais (até mesmo violentos) para obter vantagens, manipulando as pessoas, mas injustamento atribuído a Maquiavel, pois este sempre defendeu a ética na política.
  • 15. Os Dez Mandamentos de Maquiavel 1- Zelai apenas por vossos interesses; 2- Não honreis a mais ninguém além de vós; 3- Fazei o mal, mas fingi fazer o bem; 4- Cobiçai e procurai fazer tudo o que puderes; 5- Sede miseráveis; 6- Sede brutais; 7- Lograi o próximo toda vez que puderdes; 8- Matai os vossos inimigos e, se for necessário, os vossos amigos; 9- Usai a força em vez da bondade ao tratardes com o próximo; 10- Pensai exclusivamente na guerra.
  • 16. Bruno Max Franscisco Ranom Judson Barbosa Marcelo Castro Marcos Vinicius

Notas do Editor

  1. Platao defendia um governo ideal dirigido por reis filosofos que sao capazes de discernir o bem Deve ser (aquilo que deve ser) e a subtituicao pelo que ele é
  2. Para ele chegar a esta conclusao ele se baseia no metodo da verdade efetiva.
  3. Todas as sociedades tem um lado dominante e um dominador; Uma quer dominar mas a outra não quer ser dominada; Entao caba ao principe criar um mecanismo de gerar a estabilidade entre as duas
  4. O Príncipe nao pode agir como um ditador pois ele tem que dar esperanças ao seu povo, cumprindo o seu papel político de regenerar a sua nacao pois a partir disso tera condicoes de se tornar uma republica.
  5. fortuna : Ou seja é baseada nas circunstâncias do tempo; É a ordem das coisas Virtu: forma como voce vai decidir de acordo com as variaveis que estao acontencendo em sua volta. Segundo Maquiavel, a virtù tem dois componentes: a força e a razão. A força é energia criadora e violência física, já a razão é sancionada pela prática política, o conhecimento do que já triunfou e a previsão do que provavelmente poderá triunfar. A virtude é em geral, “habilidade natural”, e a virtude política do príncipe é um complexo de força, astúcia, e capacidade de dominar a situação: esta virtude se sabe contrapor-se à sorte, mesmo que no melhor dos casos, pela metade, as coisas humanas dependem quase sempre da sorte.