SlideShare uma empresa Scribd logo
1
Grupo de animais com maior
diversidade de espécies e número de
organismos dispersos nos mais
diferentes ecossistemas.
2
* Filo: Artrópodes
- do grego
arthron = articulação
podos = pés
* Classe: Insetos
- Invertebrados
3
Classificação dos Artrópodes
* Divisões do corpo
* Número de patas
* Existência ou não de antenas
4
Morfologia
• Patas
- Seis patas distribuída em três pares ligadas
ao tórax.
• Divisão Corporal
- Cabeça, tórax e abdômen.
• Antenas
- Um par de antenas
• Asas
- Dois pares de asas
- Um par de asas
- Sem asas. 5
6
Cabeça
• Par de antenas articuladas
- função sensorial (Cheiro)
• Olhos
- Omatídeos (Olhos compostos)
* Hexágonos (Mosaico)
* Focalização a menores distancias
* Percepção de movimentos
(Detectação do movimento pelas variadas
facetas) 7
8
9
10
11
• Orientação através da luz solar (enxergam luzes com
maior comprimento de onda do que o da luz
violeta)
• Ocelos
- Lateral e dorso da cabeça
- Percepção de luz
- Ausente na maioria dos insetos
* Em formigas, apenas nas reprodutoras
12
13
14
Tipos de asas
• Membranosas
– finas e transparentes
•Moscas
• Pergamináceas
– finas, opacas, flexíveis e coloridas
•Baratas
15
• Élitros
– espessas e opacas
•Besouros
• Hemiélitros
– são élitros na base e membranosa na ponta
•Barbeiros
16
Sistema Digestório dos Insetos
• Completo
• Divisão
- Estomodeu
•Origem ectodérmica (Anterior)
- Quitina
> Tratamento mecânico dos
alimentos (enzimas da parte média)
17
Simbiontes
• Papo: armazena momentaneamente o alimento
realizando as primeiras transformações enzimáticas
• Proventrículo: apresenta dentes quitinosos nos
insetos mastigadores.
• Válvula cardíaca: dobra circular que impede o
retorno do alimento ao estomodeu.
18
19
- Mesodeu (Mesêntero)
•Origem mesodérmica (média)
- Digestão química (enzimas)
• Ventrículo: completa a digestão iniciada no
estomodeu. Quase toda a assimilação ocorre no
ventrículo. Secreta amilases, maltases, invertases,
lipases e proteases.
• Válvula Pilórica: impede o retorno do alimento ao
mesodeu (mesêntero).
20
21
- Proctodeu
•Origem ectodérmica (posterior)
- Quitina
> Reabsorção de água e elaboração
das fezes
22
23
Sistema Excretor dos Insetos
• Tubo de Malpighi
- Alongado e cilíndrico
- Extremidade conectada ao tubo digestivo (entre
mesodeu e proctodeu) e outra com fundo cego
mergulhada nas lacunas do corpo
* Retira impurezas e descarrega no intestino para
serem eliminadas com as fezes.
* Ácido Úrico
- Economia de água
- Adaptação terrestre
24
• Excreção na muda
- Cutícula (sais)
25
Classificação bucal
Hipognatos – as peças que formam o aparelho bucal
ficam voltadas para a região ventral da cabeça.
Exemplo: formigas (Hyminópteros) e gafanhotos
(Orthópteros).
26
Prógnato - as peças que formam o aparelho bucal
ficam voltadas para frente da região anterior da
cabeça.
Exemplo: Cupim (Isópteros) e Tesourinha
(Dermápteros).
27
Opistognato - as peças que formam o
aparelho bucal ficam voltadas para baixo e
posicionadas paralelamente ao plano
ventral do animal.
Exemplo: Barbeiro (Heterópteros).
28
Tipo de aparelho bucal dos insetos:
Sugador – formado por
uma probóscide,
apresentando aspecto
de um tubo enrolado
sobre si mesmo,
desenrolando-se
quando o animal se
alimenta.
Exemplo: Borboleta. 29
Mastigador /
triturador – geralmente
caracterizando o
aparelho bucal dos
insetos herbívoros ou
predadores.
Exemplo: besouros.
30
Picador – formado por
uma projeção tubular
semi-rígida, comum em
animais transmissores
de doenças (vetores).
Exemplo: mosquito
Aedes aegypti.
31
Lambedor – formado por um prolongamento tubular,
utilizado na absorção de alimentos líquidos.
Exemplo: abelhas.
32
Sistema Circulatório
• Aberto (sangue circula em lacunas)
• Coração dorsal ao abdômen e tubular
• Hemolinfa
- Sangue incolor
- Transporta apenas alimentos
* Não transporta gases respiratórios
33
Sistema Nervoso
• Ganglionar
34
Sistema Respiratório
• Traquéias
- Células do interior do corpo com o
ambiente
- Ramificações
* Penetração nas células
• Contração dos músculos abdominais
35
36
Reprodução e sistema reprodutor
• Sexos separados
• Dimorfismo sexual
• Fecundação interna
• Três tipos de desenvolvimento
- Direto, sem metamorfose
Desenvolvimento ametábolo (a = sem, metábolo =
mudança). Ex.: traça-dos-livros. Do ovo eclode um
jovem semelhante ao adulto.
37
- Indireto com metamorfose incompleta
Desenvolvimento hemimetábolo (hemi = meio). Exs.:
gafanhoto, barata, percevejo. Do ovo eclode uma
forma chamada ninfa, que é semelhante ao adulto
(ou imago), mas que não tem asas desenvolvidas.
38
- Indireto, com metamorfose completa
Desenvolvimento holometábolo (holo = total).
Exs: Borboletas, moscas e pulgas.
Do ovo eclode uma larva, também chamada
lagarta, bastante distinta do adulto. Essa larva
passa por um período que se alimenta
ativamente, para depois entrar em estágio
denominado pupa, quando ocorre a
metamorfose: a larva se transforma no adulto
ou imago, que emerge completamente
formado.
39
As larvas de algumas espécies de borboleta
ou de mariposas produzem um casulo que
protege a pupa. Depois de adulto, o inseto
holometábolo não sofre mais mudas e,
portanto, não cresce mais. A fase da larva
pode durar de meses até mais de um ano,
e a fase adulta pode durar de uma semana
á alguns meses. A duração dessas fases
depende da espécie.
40
41
Alguns insetos holometábolos possuem
fase larval aquática, como é o caso de
importantes mosquitos vetores de
doenças. Exs.: Culex, que transmite a
elefantíase, Anopheles, que transmite a
malária, Aedes aegypti, que transmite a
dengue e a febre amarela.
42
43
Resumindo o que vimos
Classe Insecta: 3 pares de patas, 1 par ou 2 pares de
asa, ou nenhum, sendo este último o mais comum. 1
par de antenas e corpo dividido em cabeça, tórax e
abdome. Possuem olhos compostos. A excreção se dá
por tubos de Malpighi, liberando, principalmente,
ácido úrico. A fecundação é interna, marcada por
estágios larvais e metamorfose. Há algumas formas
especiais de reprodução, como partenogênese,
pedogênese e poliembrionia. A respiração é traqueal
e o sistema nervoso, ganglionar, com cordão nervoso
ventral. Exemplos: Borboletas, mosquitos, gafanhotos,
etc. 44
Questões de Vestibular
45
(Fuvest-SP) Metamorfose é a transformação do
estágio jovem para o adulto. Alguns insetos têm
metamorfose completa (holometábolos), em
outros a metamorfose é incompleta
(hemimetábolos). Quais insetos exemplificam o
primeiro e o segundo tipo de metamorfose,
respectivamente?
a) Gafanhoto e libélula.
b) Borboleta e barata.
c) Mariposa e abelha.
d) Percevejo e mosquito.
e) Besouro e mosca. 46
(UEL-2004) Anelídeos e artrópodes possuem
características anatômicas e fisiológicas comuns, o
que reforça a hipótese de parentesco evolutivo entre
esses grupos de invertebrados. Assinale a alternativa
que apresenta, corretamente, duas dessas
características comuns:
a) Cordão nervoso dorsal e respiração cutânea.
b) Cordão nervoso ventral e corpo segmentado.
c) Vaso sanguíneo dorsal e respiração traqueal.
d) Vaso sanguíneo ventral e corpo segmentado.
e) Cordão nervoso ventral e vaso sanguíneo ventral.
47
(PUCRS-2005) O canal de televisão fechada "National
Geographic Channel" divulgou um documentário que
trata de artrópodes, indicando que o grupo dos insetos
era o mais desprestigiado do reino animal, por
apresentar espécies que causam reugna ao homem.
Dos exemplares relacionados abaixo, o único a NÃO ser
apresentado no documentário, por tratar-se de um
aracnídeo, ao invés de um inseto, é:
a) o cupim.
b) o percevejo.
c) a pulga.
d) o carrapato.
e) a barata.
48
(Unesp) Uma determinada moléstia que pode causar lesões
nas mucosas, pele e cartilagens é transmitida por um
artrópode e causada por um protozoário flagelado. Os nomes
da doença, do artrópode transmissor e do agente causador
são, respectivamente:
a) leishmaniose, mosquito anófeles e Leishmania
brasiliensis.
b) úlcera de Bauru, mosquito cúlex e Plasmodium vivax.
c) doença do sono, mosca-tsé-tsé e Trypanossoma cruzi.
d) doença de Chagas, barbeiro e Trypanossoma gambiensis.
e) úlcera de Bauru, mosquito flebótomo e Leishmania
brasiliensis.
49
Em uma aula de Biologia, o professor entregou aos
alunos alguns animais artrópodes para que fossem
agrupados de acordo com as suas respectivas classes
taxonômicas. Os animais entregues pelo professor
foram: aranha, barata, camarão, borboleta, carrapato,
escorpião e lacraia. Veja quantas classes estão
presentes nessa lista e marque a alternativa correta:
a) 7
b) 3
c) 6
d) 2
e) 4
Chilopoda
50
Marque a alternativa que lista, respectivamente, a
estrutura excretora e o tipo de respiração presente no
animal representado no desenho abaixo.
Qual é o aparelho excretor e o tipo de respiração do
animal na figura acima?
a) Túbulos de Malpighi e respiração branquial.
b) Glândulas coxais e respiração traqueal.
c) Túbulos de Malpighi e respiração traqueal.
d) Glândulas antenais e respiração traqueal.
e) Glândulas verdes e respiração traqueal. 51
Observe os animais artrópodes a seguir:
Esses animais possuem várias características em comum,
com exceção de uma relatada abaixo:
a) Representam um problema de saúde pública.
b) Possuem sistema circulatório aberto.
c) Possuem olfato e paladar bem desenvolvidos.
d) Possuem o sistema nervoso formado por um gânglio
cerebral.
e) São insetos. 52
(UCPel) Os insetos são o grupo mais numeroso de animais e os
únicos invertebrados que conseguem voar. Apesar de sua
variedade, todos os insetos apresentam um mesmo plano geral de
organização do corpo. As peças bucais ficam localizadas ao redor
da boca e são formadas pelo esqueleto externo. Embora sejam as
mesmas em todos os insetos, têm formato diferente nas várias
espécies, apresentando aparelhos bucais adaptados ao tipo de
alimentação de cada espécie. As figuras abaixo representam os
vários tipos de aparelhos bucais dos insetos.
Os animais que apresentam aparelho mastigador (1), lambedor
(2), picador (3) e sugador (4) são, respectivamente:
a) Gafanhoto, barbeiro, mariposa e abelha.
b) Mariposa, abelha, gafanhoto e barbeiro.
c) Gafanhoto, abelha, barbeiro e mariposa.
d) Mariposa, barbeiro, abelha e gafanhoto.
e) Gafanhoto, mariposa, barbeiro e abelha. 53

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apostila-entomologia-geral
Apostila-entomologia-geralApostila-entomologia-geral
Apostila-entomologia-geral
Fabricia Maisa
 
RéPteis
RéPteisRéPteis
Anfíbios - Biologia
Anfíbios - BiologiaAnfíbios - Biologia
Anfíbios - Biologia
Killer Max
 
Slide dos artrópodes
Slide dos artrópodesSlide dos artrópodes
Slide dos artrópodes
Seleste Mendes Pereira
 
Crustáceos slide
Crustáceos slideCrustáceos slide
Crustáceos slide
MarianeSGS
 
Anelídios
AnelídiosAnelídios
Anelídios
Robson Oliveira
 
Aula 1 caracteristicas gerais dos animais
Aula 1   caracteristicas gerais dos animaisAula 1   caracteristicas gerais dos animais
Aula 1 caracteristicas gerais dos animais
Grupo UNIASSELVI
 
Aula arthropoda
Aula   arthropodaAula   arthropoda
Sistema sensorial
Sistema sensorialSistema sensorial
Apêndices dos arthropoda
Apêndices dos arthropodaApêndices dos arthropoda
Apêndices dos arthropoda
Fábio Ianomami
 
Anatomia e Fisiologia dos Artrópodes
Anatomia e Fisiologia dos ArtrópodesAnatomia e Fisiologia dos Artrópodes
Anatomia e Fisiologia dos Artrópodes
Killer Max
 
Filo dos moluscos 7º ano
Filo dos moluscos   7º anoFilo dos moluscos   7º ano
Filo dos moluscos 7º ano
jrz758
 
Artrópodes e equinodermos
Artrópodes e equinodermosArtrópodes e equinodermos
Artrópodes e equinodermos
jrz758
 
Aula anfíbios
Aula anfíbiosAula anfíbios
Aula anfíbios
Dacoli
 
As Algas
As AlgasAs Algas
As Algas
thaysribeiro
 
Chelicerata
ChelicerataChelicerata
Chelicerata
Rafael Rodrigues
 
Répteis
RépteisRépteis
Répteis
Killer Max
 
IV.4 aves
IV.4 avesIV.4 aves
IV.4 aves
Rebeca Vale
 
Reino Plantae Power Point
Reino Plantae Power PointReino Plantae Power Point
Reino Plantae Power Point
infoeducp2
 
Artrópodes
ArtrópodesArtrópodes
Artrópodes
Killer Max
 

Mais procurados (20)

Apostila-entomologia-geral
Apostila-entomologia-geralApostila-entomologia-geral
Apostila-entomologia-geral
 
RéPteis
RéPteisRéPteis
RéPteis
 
Anfíbios - Biologia
Anfíbios - BiologiaAnfíbios - Biologia
Anfíbios - Biologia
 
Slide dos artrópodes
Slide dos artrópodesSlide dos artrópodes
Slide dos artrópodes
 
Crustáceos slide
Crustáceos slideCrustáceos slide
Crustáceos slide
 
Anelídios
AnelídiosAnelídios
Anelídios
 
Aula 1 caracteristicas gerais dos animais
Aula 1   caracteristicas gerais dos animaisAula 1   caracteristicas gerais dos animais
Aula 1 caracteristicas gerais dos animais
 
Aula arthropoda
Aula   arthropodaAula   arthropoda
Aula arthropoda
 
Sistema sensorial
Sistema sensorialSistema sensorial
Sistema sensorial
 
Apêndices dos arthropoda
Apêndices dos arthropodaApêndices dos arthropoda
Apêndices dos arthropoda
 
Anatomia e Fisiologia dos Artrópodes
Anatomia e Fisiologia dos ArtrópodesAnatomia e Fisiologia dos Artrópodes
Anatomia e Fisiologia dos Artrópodes
 
Filo dos moluscos 7º ano
Filo dos moluscos   7º anoFilo dos moluscos   7º ano
Filo dos moluscos 7º ano
 
Artrópodes e equinodermos
Artrópodes e equinodermosArtrópodes e equinodermos
Artrópodes e equinodermos
 
Aula anfíbios
Aula anfíbiosAula anfíbios
Aula anfíbios
 
As Algas
As AlgasAs Algas
As Algas
 
Chelicerata
ChelicerataChelicerata
Chelicerata
 
Répteis
RépteisRépteis
Répteis
 
IV.4 aves
IV.4 avesIV.4 aves
IV.4 aves
 
Reino Plantae Power Point
Reino Plantae Power PointReino Plantae Power Point
Reino Plantae Power Point
 
Artrópodes
ArtrópodesArtrópodes
Artrópodes
 

Destaque

Insetos
InsetosInsetos
Os insetos
Os insetosOs insetos
Os insetos
taniarijo
 
Insetos
InsetosInsetos
Insetos
leilarosana
 
123488503 entomologia-geral
123488503 entomologia-geral123488503 entomologia-geral
123488503 entomologia-geral
Alfo Muguer
 
Animais invertebrados
Animais invertebradosAnimais invertebrados
Animais invertebrados
kavaksantus
 
Taxonomia filo arthropoda, classe insecta
Taxonomia filo arthropoda, classe insectaTaxonomia filo arthropoda, classe insecta
Taxonomia filo arthropoda, classe insecta
beto1956
 
Classe insecta
Classe insectaClasse insecta
Classe insecta
paulogrillo
 
Invertebrados parte iv artrópodos - Para ensino Fundamental
Invertebrados parte iv   artrópodos - Para ensino FundamentalInvertebrados parte iv   artrópodos - Para ensino Fundamental
Invertebrados parte iv artrópodos - Para ensino Fundamental
Roxana Alhadas
 
entomologia aula 5 tórax em pdf
entomologia aula 5 tórax em pdfentomologia aula 5 tórax em pdf
entomologia aula 5 tórax em pdf
beto1956
 
Apresentação orthoptera
Apresentação orthopteraApresentação orthoptera
Apresentação orthoptera
Anderson Santos
 
Quilópodes e diplópodes Biologia
Quilópodes e diplópodes  BiologiaQuilópodes e diplópodes  Biologia
Quilópodes e diplópodes Biologia
Uiles Martins
 
Aula erica digestao
Aula erica digestaoAula erica digestao
Aula erica digestao
Ionara Urrutia Moura
 
Crustáceos
CrustáceosCrustáceos
Aracnideos
AracnideosAracnideos
Quilópodes
QuilópodesQuilópodes
Quilópodes
Jonathan Araújo
 
Insetos 1º ano A
 Insetos 1º ano A Insetos 1º ano A
Insetos 1º ano A
zezinhojc
 
Aula morfologia interna menu
Aula morfologia interna   menuAula morfologia interna   menu
Aula morfologia interna menu
Universidade Federal do Oeste Pará
 
Zoologia crustaceos
Zoologia crustaceosZoologia crustaceos
Zoologia crustaceos
u.una
 
Crustáceos
CrustáceosCrustáceos
Crustáceos
elisia sandyelle
 
Aracnídeos
AracnídeosAracnídeos
Aracnídeos
Pedro Klein Garcia
 

Destaque (20)

Insetos
InsetosInsetos
Insetos
 
Os insetos
Os insetosOs insetos
Os insetos
 
Insetos
InsetosInsetos
Insetos
 
123488503 entomologia-geral
123488503 entomologia-geral123488503 entomologia-geral
123488503 entomologia-geral
 
Animais invertebrados
Animais invertebradosAnimais invertebrados
Animais invertebrados
 
Taxonomia filo arthropoda, classe insecta
Taxonomia filo arthropoda, classe insectaTaxonomia filo arthropoda, classe insecta
Taxonomia filo arthropoda, classe insecta
 
Classe insecta
Classe insectaClasse insecta
Classe insecta
 
Invertebrados parte iv artrópodos - Para ensino Fundamental
Invertebrados parte iv   artrópodos - Para ensino FundamentalInvertebrados parte iv   artrópodos - Para ensino Fundamental
Invertebrados parte iv artrópodos - Para ensino Fundamental
 
entomologia aula 5 tórax em pdf
entomologia aula 5 tórax em pdfentomologia aula 5 tórax em pdf
entomologia aula 5 tórax em pdf
 
Apresentação orthoptera
Apresentação orthopteraApresentação orthoptera
Apresentação orthoptera
 
Quilópodes e diplópodes Biologia
Quilópodes e diplópodes  BiologiaQuilópodes e diplópodes  Biologia
Quilópodes e diplópodes Biologia
 
Aula erica digestao
Aula erica digestaoAula erica digestao
Aula erica digestao
 
Crustáceos
CrustáceosCrustáceos
Crustáceos
 
Aracnideos
AracnideosAracnideos
Aracnideos
 
Quilópodes
QuilópodesQuilópodes
Quilópodes
 
Insetos 1º ano A
 Insetos 1º ano A Insetos 1º ano A
Insetos 1º ano A
 
Aula morfologia interna menu
Aula morfologia interna   menuAula morfologia interna   menu
Aula morfologia interna menu
 
Zoologia crustaceos
Zoologia crustaceosZoologia crustaceos
Zoologia crustaceos
 
Crustáceos
CrustáceosCrustáceos
Crustáceos
 
Aracnídeos
AracnídeosAracnídeos
Aracnídeos
 

Semelhante a Artrópodes: Insetos

Aula 04 - os animais
Aula 04 - os animaisAula 04 - os animais
Aula 04 - os animais
Jonatas Carlos
 
Artrópodes
ArtrópodesArtrópodes
Artrópodes
URCA
 
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdfEXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
eltinhorg
 
Questao td artropodes
Questao td artropodesQuestao td artropodes
Questao td artropodes
Carolzinha Barros
 
classe insecta.Bio
classe insecta.Bioclasse insecta.Bio
classe insecta.Bio
Malu Anacleto
 
Artrópodes
ArtrópodesArtrópodes
Artrópodes
Andrea Barreto
 
artropodes 2021(1).pptx
artropodes 2021(1).pptxartropodes 2021(1).pptx
artropodes 2021(1).pptx
CauGabrielMackSouto2
 
Ap. 3 biologia_2_demo
Ap. 3 biologia_2_demoAp. 3 biologia_2_demo
Ap. 3 biologia_2_demo
lucienegsoliveira
 
Artropodes slide
Artropodes slideArtropodes slide
Artropodes slide
AMANDA VALVERDE
 
Ecdizoários
EcdizoáriosEcdizoários
Ecdizoários
Roberto Bagatini
 
Artropodes
ArtropodesArtropodes
Artropodes
Laercio Fernandes
 
Artropodes
ArtropodesArtropodes
Artropodes
ArtropodesArtropodes
Lista de exercícios VIII Cordados (Protocordados e Vertebrados)
Lista de exercícios VIII Cordados (Protocordados e Vertebrados) Lista de exercícios VIII Cordados (Protocordados e Vertebrados)
Lista de exercícios VIII Cordados (Protocordados e Vertebrados)
Carlos Priante
 
Trabalho de biologia
Trabalho de biologiaTrabalho de biologia
Trabalho de biologia
Roberto Bagatini
 
Classe insecta
Classe insectaClasse insecta
Classe insecta
Wlisses Ferreira Terto
 
Aula de-artropodes 2017
Aula de-artropodes 2017Aula de-artropodes 2017
Aula de-artropodes 2017
colegiodesafio
 
Diversidade animal ii
Diversidade animal iiDiversidade animal ii
Diversidade animal ii
Alessandra Vieira da Silva
 
Artropodes16082011
Artropodes16082011Artropodes16082011
Artropodes16082011
modesto namahala
 
Animais Vertebrados
Animais VertebradosAnimais Vertebrados
Animais Vertebrados
Aloma Nogueira
 

Semelhante a Artrópodes: Insetos (20)

Aula 04 - os animais
Aula 04 - os animaisAula 04 - os animais
Aula 04 - os animais
 
Artrópodes
ArtrópodesArtrópodes
Artrópodes
 
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdfEXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
 
Questao td artropodes
Questao td artropodesQuestao td artropodes
Questao td artropodes
 
classe insecta.Bio
classe insecta.Bioclasse insecta.Bio
classe insecta.Bio
 
Artrópodes
ArtrópodesArtrópodes
Artrópodes
 
artropodes 2021(1).pptx
artropodes 2021(1).pptxartropodes 2021(1).pptx
artropodes 2021(1).pptx
 
Ap. 3 biologia_2_demo
Ap. 3 biologia_2_demoAp. 3 biologia_2_demo
Ap. 3 biologia_2_demo
 
Artropodes slide
Artropodes slideArtropodes slide
Artropodes slide
 
Ecdizoários
EcdizoáriosEcdizoários
Ecdizoários
 
Artropodes
ArtropodesArtropodes
Artropodes
 
Artropodes
ArtropodesArtropodes
Artropodes
 
Artropodes
ArtropodesArtropodes
Artropodes
 
Lista de exercícios VIII Cordados (Protocordados e Vertebrados)
Lista de exercícios VIII Cordados (Protocordados e Vertebrados) Lista de exercícios VIII Cordados (Protocordados e Vertebrados)
Lista de exercícios VIII Cordados (Protocordados e Vertebrados)
 
Trabalho de biologia
Trabalho de biologiaTrabalho de biologia
Trabalho de biologia
 
Classe insecta
Classe insectaClasse insecta
Classe insecta
 
Aula de-artropodes 2017
Aula de-artropodes 2017Aula de-artropodes 2017
Aula de-artropodes 2017
 
Diversidade animal ii
Diversidade animal iiDiversidade animal ii
Diversidade animal ii
 
Artropodes16082011
Artropodes16082011Artropodes16082011
Artropodes16082011
 
Animais Vertebrados
Animais VertebradosAnimais Vertebrados
Animais Vertebrados
 

Último

Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
shirleisousa9166
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
Sandra Pratas
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 

Último (20)

Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 

Artrópodes: Insetos

  • 1. 1
  • 2. Grupo de animais com maior diversidade de espécies e número de organismos dispersos nos mais diferentes ecossistemas. 2
  • 3. * Filo: Artrópodes - do grego arthron = articulação podos = pés * Classe: Insetos - Invertebrados 3
  • 4. Classificação dos Artrópodes * Divisões do corpo * Número de patas * Existência ou não de antenas 4
  • 5. Morfologia • Patas - Seis patas distribuída em três pares ligadas ao tórax. • Divisão Corporal - Cabeça, tórax e abdômen. • Antenas - Um par de antenas • Asas - Dois pares de asas - Um par de asas - Sem asas. 5
  • 6. 6
  • 7. Cabeça • Par de antenas articuladas - função sensorial (Cheiro) • Olhos - Omatídeos (Olhos compostos) * Hexágonos (Mosaico) * Focalização a menores distancias * Percepção de movimentos (Detectação do movimento pelas variadas facetas) 7
  • 8. 8
  • 9. 9
  • 10. 10
  • 11. 11
  • 12. • Orientação através da luz solar (enxergam luzes com maior comprimento de onda do que o da luz violeta) • Ocelos - Lateral e dorso da cabeça - Percepção de luz - Ausente na maioria dos insetos * Em formigas, apenas nas reprodutoras 12
  • 13. 13
  • 14. 14
  • 15. Tipos de asas • Membranosas – finas e transparentes •Moscas • Pergamináceas – finas, opacas, flexíveis e coloridas •Baratas 15
  • 16. • Élitros – espessas e opacas •Besouros • Hemiélitros – são élitros na base e membranosa na ponta •Barbeiros 16
  • 17. Sistema Digestório dos Insetos • Completo • Divisão - Estomodeu •Origem ectodérmica (Anterior) - Quitina > Tratamento mecânico dos alimentos (enzimas da parte média) 17 Simbiontes
  • 18. • Papo: armazena momentaneamente o alimento realizando as primeiras transformações enzimáticas • Proventrículo: apresenta dentes quitinosos nos insetos mastigadores. • Válvula cardíaca: dobra circular que impede o retorno do alimento ao estomodeu. 18
  • 19. 19
  • 20. - Mesodeu (Mesêntero) •Origem mesodérmica (média) - Digestão química (enzimas) • Ventrículo: completa a digestão iniciada no estomodeu. Quase toda a assimilação ocorre no ventrículo. Secreta amilases, maltases, invertases, lipases e proteases. • Válvula Pilórica: impede o retorno do alimento ao mesodeu (mesêntero). 20
  • 21. 21
  • 22. - Proctodeu •Origem ectodérmica (posterior) - Quitina > Reabsorção de água e elaboração das fezes 22
  • 23. 23
  • 24. Sistema Excretor dos Insetos • Tubo de Malpighi - Alongado e cilíndrico - Extremidade conectada ao tubo digestivo (entre mesodeu e proctodeu) e outra com fundo cego mergulhada nas lacunas do corpo * Retira impurezas e descarrega no intestino para serem eliminadas com as fezes. * Ácido Úrico - Economia de água - Adaptação terrestre 24
  • 25. • Excreção na muda - Cutícula (sais) 25
  • 26. Classificação bucal Hipognatos – as peças que formam o aparelho bucal ficam voltadas para a região ventral da cabeça. Exemplo: formigas (Hyminópteros) e gafanhotos (Orthópteros). 26
  • 27. Prógnato - as peças que formam o aparelho bucal ficam voltadas para frente da região anterior da cabeça. Exemplo: Cupim (Isópteros) e Tesourinha (Dermápteros). 27
  • 28. Opistognato - as peças que formam o aparelho bucal ficam voltadas para baixo e posicionadas paralelamente ao plano ventral do animal. Exemplo: Barbeiro (Heterópteros). 28
  • 29. Tipo de aparelho bucal dos insetos: Sugador – formado por uma probóscide, apresentando aspecto de um tubo enrolado sobre si mesmo, desenrolando-se quando o animal se alimenta. Exemplo: Borboleta. 29
  • 30. Mastigador / triturador – geralmente caracterizando o aparelho bucal dos insetos herbívoros ou predadores. Exemplo: besouros. 30
  • 31. Picador – formado por uma projeção tubular semi-rígida, comum em animais transmissores de doenças (vetores). Exemplo: mosquito Aedes aegypti. 31
  • 32. Lambedor – formado por um prolongamento tubular, utilizado na absorção de alimentos líquidos. Exemplo: abelhas. 32
  • 33. Sistema Circulatório • Aberto (sangue circula em lacunas) • Coração dorsal ao abdômen e tubular • Hemolinfa - Sangue incolor - Transporta apenas alimentos * Não transporta gases respiratórios 33
  • 35. Sistema Respiratório • Traquéias - Células do interior do corpo com o ambiente - Ramificações * Penetração nas células • Contração dos músculos abdominais 35
  • 36. 36
  • 37. Reprodução e sistema reprodutor • Sexos separados • Dimorfismo sexual • Fecundação interna • Três tipos de desenvolvimento - Direto, sem metamorfose Desenvolvimento ametábolo (a = sem, metábolo = mudança). Ex.: traça-dos-livros. Do ovo eclode um jovem semelhante ao adulto. 37
  • 38. - Indireto com metamorfose incompleta Desenvolvimento hemimetábolo (hemi = meio). Exs.: gafanhoto, barata, percevejo. Do ovo eclode uma forma chamada ninfa, que é semelhante ao adulto (ou imago), mas que não tem asas desenvolvidas. 38
  • 39. - Indireto, com metamorfose completa Desenvolvimento holometábolo (holo = total). Exs: Borboletas, moscas e pulgas. Do ovo eclode uma larva, também chamada lagarta, bastante distinta do adulto. Essa larva passa por um período que se alimenta ativamente, para depois entrar em estágio denominado pupa, quando ocorre a metamorfose: a larva se transforma no adulto ou imago, que emerge completamente formado. 39
  • 40. As larvas de algumas espécies de borboleta ou de mariposas produzem um casulo que protege a pupa. Depois de adulto, o inseto holometábolo não sofre mais mudas e, portanto, não cresce mais. A fase da larva pode durar de meses até mais de um ano, e a fase adulta pode durar de uma semana á alguns meses. A duração dessas fases depende da espécie. 40
  • 41. 41
  • 42. Alguns insetos holometábolos possuem fase larval aquática, como é o caso de importantes mosquitos vetores de doenças. Exs.: Culex, que transmite a elefantíase, Anopheles, que transmite a malária, Aedes aegypti, que transmite a dengue e a febre amarela. 42
  • 43. 43
  • 44. Resumindo o que vimos Classe Insecta: 3 pares de patas, 1 par ou 2 pares de asa, ou nenhum, sendo este último o mais comum. 1 par de antenas e corpo dividido em cabeça, tórax e abdome. Possuem olhos compostos. A excreção se dá por tubos de Malpighi, liberando, principalmente, ácido úrico. A fecundação é interna, marcada por estágios larvais e metamorfose. Há algumas formas especiais de reprodução, como partenogênese, pedogênese e poliembrionia. A respiração é traqueal e o sistema nervoso, ganglionar, com cordão nervoso ventral. Exemplos: Borboletas, mosquitos, gafanhotos, etc. 44
  • 46. (Fuvest-SP) Metamorfose é a transformação do estágio jovem para o adulto. Alguns insetos têm metamorfose completa (holometábolos), em outros a metamorfose é incompleta (hemimetábolos). Quais insetos exemplificam o primeiro e o segundo tipo de metamorfose, respectivamente? a) Gafanhoto e libélula. b) Borboleta e barata. c) Mariposa e abelha. d) Percevejo e mosquito. e) Besouro e mosca. 46
  • 47. (UEL-2004) Anelídeos e artrópodes possuem características anatômicas e fisiológicas comuns, o que reforça a hipótese de parentesco evolutivo entre esses grupos de invertebrados. Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, duas dessas características comuns: a) Cordão nervoso dorsal e respiração cutânea. b) Cordão nervoso ventral e corpo segmentado. c) Vaso sanguíneo dorsal e respiração traqueal. d) Vaso sanguíneo ventral e corpo segmentado. e) Cordão nervoso ventral e vaso sanguíneo ventral. 47
  • 48. (PUCRS-2005) O canal de televisão fechada "National Geographic Channel" divulgou um documentário que trata de artrópodes, indicando que o grupo dos insetos era o mais desprestigiado do reino animal, por apresentar espécies que causam reugna ao homem. Dos exemplares relacionados abaixo, o único a NÃO ser apresentado no documentário, por tratar-se de um aracnídeo, ao invés de um inseto, é: a) o cupim. b) o percevejo. c) a pulga. d) o carrapato. e) a barata. 48
  • 49. (Unesp) Uma determinada moléstia que pode causar lesões nas mucosas, pele e cartilagens é transmitida por um artrópode e causada por um protozoário flagelado. Os nomes da doença, do artrópode transmissor e do agente causador são, respectivamente: a) leishmaniose, mosquito anófeles e Leishmania brasiliensis. b) úlcera de Bauru, mosquito cúlex e Plasmodium vivax. c) doença do sono, mosca-tsé-tsé e Trypanossoma cruzi. d) doença de Chagas, barbeiro e Trypanossoma gambiensis. e) úlcera de Bauru, mosquito flebótomo e Leishmania brasiliensis. 49
  • 50. Em uma aula de Biologia, o professor entregou aos alunos alguns animais artrópodes para que fossem agrupados de acordo com as suas respectivas classes taxonômicas. Os animais entregues pelo professor foram: aranha, barata, camarão, borboleta, carrapato, escorpião e lacraia. Veja quantas classes estão presentes nessa lista e marque a alternativa correta: a) 7 b) 3 c) 6 d) 2 e) 4 Chilopoda 50
  • 51. Marque a alternativa que lista, respectivamente, a estrutura excretora e o tipo de respiração presente no animal representado no desenho abaixo. Qual é o aparelho excretor e o tipo de respiração do animal na figura acima? a) Túbulos de Malpighi e respiração branquial. b) Glândulas coxais e respiração traqueal. c) Túbulos de Malpighi e respiração traqueal. d) Glândulas antenais e respiração traqueal. e) Glândulas verdes e respiração traqueal. 51
  • 52. Observe os animais artrópodes a seguir: Esses animais possuem várias características em comum, com exceção de uma relatada abaixo: a) Representam um problema de saúde pública. b) Possuem sistema circulatório aberto. c) Possuem olfato e paladar bem desenvolvidos. d) Possuem o sistema nervoso formado por um gânglio cerebral. e) São insetos. 52
  • 53. (UCPel) Os insetos são o grupo mais numeroso de animais e os únicos invertebrados que conseguem voar. Apesar de sua variedade, todos os insetos apresentam um mesmo plano geral de organização do corpo. As peças bucais ficam localizadas ao redor da boca e são formadas pelo esqueleto externo. Embora sejam as mesmas em todos os insetos, têm formato diferente nas várias espécies, apresentando aparelhos bucais adaptados ao tipo de alimentação de cada espécie. As figuras abaixo representam os vários tipos de aparelhos bucais dos insetos. Os animais que apresentam aparelho mastigador (1), lambedor (2), picador (3) e sugador (4) são, respectivamente: a) Gafanhoto, barbeiro, mariposa e abelha. b) Mariposa, abelha, gafanhoto e barbeiro. c) Gafanhoto, abelha, barbeiro e mariposa. d) Mariposa, barbeiro, abelha e gafanhoto. e) Gafanhoto, mariposa, barbeiro e abelha. 53