SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 33
AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DAS TAIPAS
Em Dezembro de 1891, um professor de
educação física (James Naismith) do
Springfield College em Massachusetts nos
Estados Unidos recebeu uma tarefa do
director, que consistia em criar um desporto
em que os alunos pudessem praticar num
local fechado.
 James Naismith pôs logo de lado um jogo
de pés ou com muito contacto físico para
não haver muita violência.
Um dia, James Naismith,
enquanto dava uma aula
de educação física, olhou
para    um     cesto     de
pêssegos,    e     resolveu
pendurar um cesto a 3,05
metros do chão, e atirou
uma bola de futebol para
tentar encestar e daí
nasceu o basquetebol,
ainda sem nome concreto.
É um jogo colectivo desportivo, entre duas equipes,
sendo cada uma constituída por cinco jogadores que
tem como objectivo introduzir a bola no cesto
adversário (acção ofensiva), e ao mesmo tempo
evitar que a equipe adversária marque pontos,
introduzindo a bola no nosso cesto (acção defensiva).
Ganha o jogo a equipa que marcar mais pontos.
- Gestos Técnicos:
 -
       Passe/Recepção;


                         Drible



       Lançamentos
Existem 3 tipos de passe:
Passe de peito:
Passe picado:
Passe de ombro:
• Bola agarrada lateralmente pelos dedos.
  Corpo e olhar na direcção do receptor;
• Cotovelos junto ao corpo;
• Passe da bola na máxima extensão dos
  membros superiores;
• Palmas das mãos viradas para fora;
• Bola dirigida para o peito do colega.
•   Bola agarrada lateralmente pelos dedos;
•   Cotovelos junto ao corpo;
•   Corpo ligeiramente flectido e olhar
    dirigido para o colega;
•   Passe da bola para o solo e para a frente,
    na máxima extensão dos membros
    superiores;
•   Palmas das mãos viradas para fora.
•   Bola segura com ambas as mãos, ao lado
    e por cima do ombro;
•   A mão que efectua o passe apoia-se atrás
    da bola;
•   O cotovelo encontra-se levantado;
•   Com o avanço do corpo e da perna do
    mesmo lado o braço estende-se e termina
    por um “golpe de pulso”;
•   Queixo levantado e olhar dirigido para a
    frente.
Existem dois tipos de drible:

Drible de protecção


Drible de progressão
•   Não olhar a bola;
•   Driblar com a mão mais afastada do
    adversário, mantendo o corpo entre a
    bola e o adversário;
•   Não virar as costas ao objectivo;
•   Não virar as costas ao adversário;
•   Manter o membro superior contrário à
    bola, em extensão protegendo-a.
•   Não olhar a bola;
•   Driblar com a mão mais afastada do
    adversário, mantendo o corpo entre a
    bola e o adversário;
•   Não virar as costas ao objectivo;
•   Não virar as costas ao adversário;
•   Manter o membro superior contrário à
    bola, em extensão protegendo-a.
•   Não olhar para a bola;
•   Batimento da bola com os dedos em
    extensão e afastados;
•   Pulso realiza um movimento de cima para
    baixo;
•   Bola batida para a frente e ao nível da
    cintura;
•   Correr mantendo o controlo e domínio da
    bola.
Existem dois tipos de lançamento:

    Lance livre


    Lançamento na passada:
•
           Lançamento Livre o corpo
    Olhar dirigido para o cesto, com
    ligeiramente flectido e um apoio
    ligeiramente à frente do outro;
•   Bola agarrada lateralmente pelos dedos;
•   Deslizamento da mão hábil para a parte
    de trás da bola;
•   Palma da mão e cotovelo da mão que
    lança dirigida para o cesto;
•   Movimento de extensão do membro
    superior para cima lançando a bola, com
    flexão do pulso, de modo a ser dirigida
    para o cesto.
•
         Lançamento Livre
    Corpo ligeiramente flectido   e   olhar
    dirigido para o cesto;
•   Realização do primeiro apoio com o
    membro inferior direito;
•   Realização do segundo apoio com o
    membro inferior esquerdo;
•   Elevação da coxa direita com o tronco
    em equilíbrio;
•   Extensão dos membros superiores para
    cima, com flexão do pulso e bola
    dirigida/tabela;
Lançamento Livre
• Este tipo de lançamentos é idêntico ao
  lançamento em apoio, com a diferença de
  ser antecedido de um salto. O lançamento
  deve ser executado no ponto mais alto do
  salto
• Descrição técnica:
 Duas equipas de 5 jogadores cada jogam
 em campo inteiro, utilizando defesa HxH.
 Cada uma das equipas tenta marcar mais
 pontos que a adversário, utilizando para tal
 todo o leque de acções motoras
 aprendidas.
• Componentes críticas do jogo:
• Desmarca-se, criando linhas de passe;
• Utiliza, racionalmente o drible;
• Assume uma atitude defensiva assim que a
  sua equipa perde a posse de bola,
  defendendo o seu adversário directo;
• Utiliza acções tácticas simples para
  ultrapassar o adversário (passe e corte);
• Lança ao cesto, tentando marcar o maior
  número de pontos.
A competição é dirigida por:
• Três árbitros – têm como função assegurarem o cumprimento
   das regras do jogo.

• Um marcador e o seu auxiliar – têm como funções o
  preenchimento do boletim de jogo, onde registam os pontos
  marcados, as faltas pessoais e técnicas.

• O cronometrista – verifica o tempo de jogo e os descontos de
  tempo.

• Um operador de vinte e quatro segundos – controla os 24
  segundos que cada equipe dispõe para a execução de uma
  jogada.
Início do jogo - O jogo começa com o lançamento da bola ao
ar, pelo árbitro, entre dois jogadores adversários no círculo
central e esta só pode ser tocada quando atingir o ponto mais
alto.

Duração do jogo - Quatro períodos de 10 minutos de tempo útil.

Reposição da bola em jogo - Depois da marcação de uma falta,
o jogo recomeça por um lançamento fora das linhas laterais,
excepto no caso de lances livres. Após a marcação de ponto, o
jogo prossegue com um passe realizado atrás da linha do campo
da equipe que defende..
Tipos de falta
Existem 5 tipos de falta sendo elas:

                  Pontuação - Um cesto é válido
                  quando a bola entra pelo aro, por
                  cima. Cada cesto vale 2 pontos
                  efectuado dentro de área, 3 pontos
                  fora da linha dos 6,25m e 1 ponto no
                  lance livre.
Regra dos 3 segundos - Um jogador não pode permanecer mais
de 3 segundos dentro da área restritiva (garrafão) do adversário,
enquanto a sua equipe esteja na posse da bola.

Regra dos 8 segundos - Quando uma equipe ganha a posse da
bola na sua zona de defesa, deve, dentro de 8 segundos, fazer
com que a bola chegue à zona de ataque.

Regra dos 24 segundos - Quando uma equipe está com a posse
da bola, dispõe de 24 segundos para a lançar ao cesto do
adversário.
Bola presa - Considera-se bola
presa quando dois ou mais
jogadores    (um    de    cada
equipe pelo menos) tiverem
uma ou ambas as mãos sobre
a bola, ficando esta presa.


Transição de campo - Um
jogador cuja equipe está na
posse de bola, na sua zona de
ataque, não pode provocar a
ida da bola para a sua zona
de defesa (retorno).
Dribles - O jogador não pode bater a bola com as duas mãos
simultaneamente, nem efectuar dois dribles consecutivos
(bater a bola, agarrá-la com as duas mãos e voltar a batê-la).

Passos - O jogador não pode executar mais de dois passos
com a bola na mão.
.
Faltas pessoais - É uma falta que envolve contato
com o adversário, e que consiste nos seguintes
parâmetros: Obstrução, Carregar, Marcar pela
retaguarda, Deter, Segurar, Uso ilegal das mãos,
Empurrar.

Falta antidesportiva - Falta pessoal que, no
entender     do     árbitro,  foi    cometida
intencionalmente, com objetivo de prejudicar a
equipe adversária.

Falta técnica - Falta cometida por um jogador
sem envolver contato físico com o adversário,
como, por exemplo, contestação das decisões
do árbitro, usando gestos, atitudes ou
vocabulário ofensivo.
Falta da equipa - Se uma equipa
cometer num período, um total de
quatro faltas, para todas as outras faltas
pessoais sofrerá a penalização de dois
lançamentos livres.


Número de faltas - Um jogador que
cometer      cinco       faltas está
desqualificado da partida.
Nome: Michael Jeffrey Jordan


Data de Nascimento: 17/2/1963.


Naturalidade: Brooklyn, New York.


Alguns títulos na sua carreira: Campeão
da NBA (1991-93, 1996-98); Jogador
defensivo do ano (1988); Um dos 50
melhores jogadores da historia da NBA
(1996); 2 vezes medalhista de ouro nos
jogos olímpicos.
4 boas razões para praticar basquetebol,
    apresentadas em 40 segundos:

                1º Emoção

                 2º Perícia

                3ºEficácia

               4ºEspectáculo



             Vejamos…!!!

          FILME ESPETACULAR

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ginastica acrobatica [modo de compatibilidade]
Ginastica acrobatica [modo de compatibilidade]Ginastica acrobatica [modo de compatibilidade]
Ginastica acrobatica [modo de compatibilidade]
Escola Secundaria Moura
 
Trabalho de Futsal
Trabalho de FutsalTrabalho de Futsal
Trabalho de Futsal
Ana Carolina
 
Ginastica de solo e aparelhos
Ginastica de solo e aparelhosGinastica de solo e aparelhos
Ginastica de solo e aparelhos
jose_santinha
 
Trabalho de ginástica e aparelhos - Aconsa
Trabalho de ginástica e aparelhos - AconsaTrabalho de ginástica e aparelhos - Aconsa
Trabalho de ginástica e aparelhos - Aconsa
Ana Carolina
 
Educação fisica ginástica acrobática
Educação fisica ginástica acrobáticaEducação fisica ginástica acrobática
Educação fisica ginástica acrobática
gltrindade
 

Mais procurados (20)

Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
Basquetebol
 
Voleibol (regras, gestos técnicos, etc...)
Voleibol (regras, gestos técnicos, etc...)Voleibol (regras, gestos técnicos, etc...)
Voleibol (regras, gestos técnicos, etc...)
 
Badminton
Badminton Badminton
Badminton
 
Badminton
BadmintonBadminton
Badminton
 
Ginástica de Solo
Ginástica de SoloGinástica de Solo
Ginástica de Solo
 
Ginastica acrobatica [modo de compatibilidade]
Ginastica acrobatica [modo de compatibilidade]Ginastica acrobatica [modo de compatibilidade]
Ginastica acrobatica [modo de compatibilidade]
 
Voleibol: História, regras e fundamentos
Voleibol: História, regras e fundamentosVoleibol: História, regras e fundamentos
Voleibol: História, regras e fundamentos
 
Trabalho de volei
Trabalho de voleiTrabalho de volei
Trabalho de volei
 
Apresentação voleibol
Apresentação voleibol Apresentação voleibol
Apresentação voleibol
 
Slide handebol
Slide handebolSlide handebol
Slide handebol
 
Trabalho de Futsal
Trabalho de FutsalTrabalho de Futsal
Trabalho de Futsal
 
Andebol
AndebolAndebol
Andebol
 
Atletismo
AtletismoAtletismo
Atletismo
 
Ginastica de solo e aparelhos
Ginastica de solo e aparelhosGinastica de solo e aparelhos
Ginastica de solo e aparelhos
 
Handebol na escola
Handebol na escolaHandebol na escola
Handebol na escola
 
Trabalho de ginástica e aparelhos - Aconsa
Trabalho de ginástica e aparelhos - AconsaTrabalho de ginástica e aparelhos - Aconsa
Trabalho de ginástica e aparelhos - Aconsa
 
Educação fisica ginástica acrobática
Educação fisica ginástica acrobáticaEducação fisica ginástica acrobática
Educação fisica ginástica acrobática
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
 
Ginástica
GinásticaGinástica
Ginástica
 
Regras do Basquete
Regras do BasqueteRegras do Basquete
Regras do Basquete
 

Destaque

Powerpoint
PowerpointPowerpoint
Powerpoint
cappp
 
Basquetebol na escola
Basquetebol na escolaBasquetebol na escola
Basquetebol na escola
evandrolhp
 
Basquete.
Basquete.Basquete.
Basquete.
maadalk
 
Basquete estrutura de jogo
Basquete   estrutura de jogoBasquete   estrutura de jogo
Basquete estrutura de jogo
Cassio Meira Jr.
 
Basquetebol iniciação
Basquetebol iniciaçãoBasquetebol iniciação
Basquetebol iniciação
Rafael Mathias
 

Destaque (20)

O Basquete
O BasqueteO Basquete
O Basquete
 
Powerpoint
PowerpointPowerpoint
Powerpoint
 
Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
Basquetebol
 
EDUCAÇÃO FÍSICA- TUDO SOBRE O BASQUETE
EDUCAÇÃO FÍSICA- TUDO SOBRE O BASQUETEEDUCAÇÃO FÍSICA- TUDO SOBRE O BASQUETE
EDUCAÇÃO FÍSICA- TUDO SOBRE O BASQUETE
 
Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
Basquetebol
 
Basquetebol na escola
Basquetebol na escolaBasquetebol na escola
Basquetebol na escola
 
Basquete.
Basquete.Basquete.
Basquete.
 
Fundamentos tecnicos do basquetebol
Fundamentos tecnicos do basquetebolFundamentos tecnicos do basquetebol
Fundamentos tecnicos do basquetebol
 
Regras basquetebol
Regras basquetebolRegras basquetebol
Regras basquetebol
 
Táticas de defesa e ataque no basquetebol
Táticas de defesa e ataque no basquetebolTáticas de defesa e ataque no basquetebol
Táticas de defesa e ataque no basquetebol
 
Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
Basquetebol
 
Basquetebol; histórico e evolução da modalidade.
Basquetebol; histórico e evolução da modalidade.Basquetebol; histórico e evolução da modalidade.
Basquetebol; histórico e evolução da modalidade.
 
História do basquete
História do basqueteHistória do basquete
História do basquete
 
Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
Basquetebol
 
Basquete estrutura de jogo
Basquete   estrutura de jogoBasquete   estrutura de jogo
Basquete estrutura de jogo
 
Basquete
BasqueteBasquete
Basquete
 
Basquetebol iniciação
Basquetebol iniciaçãoBasquetebol iniciação
Basquetebol iniciação
 
Fundamentos do basquete
Fundamentos do basquete Fundamentos do basquete
Fundamentos do basquete
 
Basquetebol blog
Basquetebol blogBasquetebol blog
Basquetebol blog
 
Basquete
BasqueteBasquete
Basquete
 

Semelhante a Apresentação basquetebol

Apostila de basquetebol
Apostila de basquetebolApostila de basquetebol
Apostila de basquetebol
bbpn
 
Apostila de basquetebol
Apostila de basquetebolApostila de basquetebol
Apostila de basquetebol
bbpn
 
Handebol Professor Stefano Atualizado.ppt
Handebol Professor Stefano Atualizado.pptHandebol Professor Stefano Atualizado.ppt
Handebol Professor Stefano Atualizado.ppt
SilvaStefano
 
3º ano prova bimestral 4º bim.
3º ano prova bimestral 4º bim.3º ano prova bimestral 4º bim.
3º ano prova bimestral 4º bim.
Tony
 

Semelhante a Apresentação basquetebol (20)

Olimpíadas
OlimpíadasOlimpíadas
Olimpíadas
 
Apostila de basquetebol
Apostila de basquetebolApostila de basquetebol
Apostila de basquetebol
 
Apostila de basquetebol
Apostila de basquetebolApostila de basquetebol
Apostila de basquetebol
 
Basquete 1
Basquete 1Basquete 1
Basquete 1
 
Andebol.ppt
Andebol.pptAndebol.ppt
Andebol.ppt
 
Andebol - tudo
Andebol - tudoAndebol - tudo
Andebol - tudo
 
Apresentação basquetebol.pdf
Apresentação basquetebol.pdfApresentação basquetebol.pdf
Apresentação basquetebol.pdf
 
Basquete: História, Regras e Fundamentos
Basquete: História, Regras e FundamentosBasquete: História, Regras e Fundamentos
Basquete: História, Regras e Fundamentos
 
213
213213
213
 
222
222222
222
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
 
Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
Basquetebol
 
Handebol
Handebol Handebol
Handebol
 
Handebol Professor Stefano Atualizado.ppt
Handebol Professor Stefano Atualizado.pptHandebol Professor Stefano Atualizado.ppt
Handebol Professor Stefano Atualizado.ppt
 
This is BASKETBALL!
This is BASKETBALL!This is BASKETBALL!
This is BASKETBALL!
 
Aula 1 (história, equiamentos e regras de jogo).pptx
Aula 1 (história, equiamentos e regras de jogo).pptxAula 1 (história, equiamentos e regras de jogo).pptx
Aula 1 (história, equiamentos e regras de jogo).pptx
 
Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
Basquetebol
 
3º ano prova bimestral 4º bim.
3º ano prova bimestral 4º bim.3º ano prova bimestral 4º bim.
3º ano prova bimestral 4º bim.
 
Handebol
HandebolHandebol
Handebol
 
Educação Física
Educação FísicaEducação Física
Educação Física
 

Apresentação basquetebol

  • 2. Em Dezembro de 1891, um professor de educação física (James Naismith) do Springfield College em Massachusetts nos Estados Unidos recebeu uma tarefa do director, que consistia em criar um desporto em que os alunos pudessem praticar num local fechado. James Naismith pôs logo de lado um jogo de pés ou com muito contacto físico para não haver muita violência.
  • 3. Um dia, James Naismith, enquanto dava uma aula de educação física, olhou para um cesto de pêssegos, e resolveu pendurar um cesto a 3,05 metros do chão, e atirou uma bola de futebol para tentar encestar e daí nasceu o basquetebol, ainda sem nome concreto.
  • 4. É um jogo colectivo desportivo, entre duas equipes, sendo cada uma constituída por cinco jogadores que tem como objectivo introduzir a bola no cesto adversário (acção ofensiva), e ao mesmo tempo evitar que a equipe adversária marque pontos, introduzindo a bola no nosso cesto (acção defensiva). Ganha o jogo a equipa que marcar mais pontos.
  • 5.
  • 6. - Gestos Técnicos: - Passe/Recepção; Drible Lançamentos
  • 7. Existem 3 tipos de passe: Passe de peito: Passe picado: Passe de ombro:
  • 8. • Bola agarrada lateralmente pelos dedos. Corpo e olhar na direcção do receptor; • Cotovelos junto ao corpo; • Passe da bola na máxima extensão dos membros superiores; • Palmas das mãos viradas para fora; • Bola dirigida para o peito do colega.
  • 9. Bola agarrada lateralmente pelos dedos; • Cotovelos junto ao corpo; • Corpo ligeiramente flectido e olhar dirigido para o colega; • Passe da bola para o solo e para a frente, na máxima extensão dos membros superiores; • Palmas das mãos viradas para fora.
  • 10. Bola segura com ambas as mãos, ao lado e por cima do ombro; • A mão que efectua o passe apoia-se atrás da bola; • O cotovelo encontra-se levantado; • Com o avanço do corpo e da perna do mesmo lado o braço estende-se e termina por um “golpe de pulso”; • Queixo levantado e olhar dirigido para a frente.
  • 11. Existem dois tipos de drible: Drible de protecção Drible de progressão
  • 12. Não olhar a bola; • Driblar com a mão mais afastada do adversário, mantendo o corpo entre a bola e o adversário; • Não virar as costas ao objectivo; • Não virar as costas ao adversário; • Manter o membro superior contrário à bola, em extensão protegendo-a.
  • 13. Não olhar a bola; • Driblar com a mão mais afastada do adversário, mantendo o corpo entre a bola e o adversário; • Não virar as costas ao objectivo; • Não virar as costas ao adversário; • Manter o membro superior contrário à bola, em extensão protegendo-a.
  • 14. Não olhar para a bola; • Batimento da bola com os dedos em extensão e afastados; • Pulso realiza um movimento de cima para baixo; • Bola batida para a frente e ao nível da cintura; • Correr mantendo o controlo e domínio da bola.
  • 15. Existem dois tipos de lançamento:  Lance livre  Lançamento na passada:
  • 16. Lançamento Livre o corpo Olhar dirigido para o cesto, com ligeiramente flectido e um apoio ligeiramente à frente do outro; • Bola agarrada lateralmente pelos dedos; • Deslizamento da mão hábil para a parte de trás da bola; • Palma da mão e cotovelo da mão que lança dirigida para o cesto; • Movimento de extensão do membro superior para cima lançando a bola, com flexão do pulso, de modo a ser dirigida para o cesto.
  • 17. Lançamento Livre Corpo ligeiramente flectido e olhar dirigido para o cesto; • Realização do primeiro apoio com o membro inferior direito; • Realização do segundo apoio com o membro inferior esquerdo; • Elevação da coxa direita com o tronco em equilíbrio; • Extensão dos membros superiores para cima, com flexão do pulso e bola dirigida/tabela;
  • 18. Lançamento Livre • Este tipo de lançamentos é idêntico ao lançamento em apoio, com a diferença de ser antecedido de um salto. O lançamento deve ser executado no ponto mais alto do salto
  • 19.
  • 20. • Descrição técnica: Duas equipas de 5 jogadores cada jogam em campo inteiro, utilizando defesa HxH. Cada uma das equipas tenta marcar mais pontos que a adversário, utilizando para tal todo o leque de acções motoras aprendidas.
  • 21. • Componentes críticas do jogo: • Desmarca-se, criando linhas de passe; • Utiliza, racionalmente o drible; • Assume uma atitude defensiva assim que a sua equipa perde a posse de bola, defendendo o seu adversário directo; • Utiliza acções tácticas simples para ultrapassar o adversário (passe e corte); • Lança ao cesto, tentando marcar o maior número de pontos.
  • 22. A competição é dirigida por: • Três árbitros – têm como função assegurarem o cumprimento das regras do jogo. • Um marcador e o seu auxiliar – têm como funções o preenchimento do boletim de jogo, onde registam os pontos marcados, as faltas pessoais e técnicas. • O cronometrista – verifica o tempo de jogo e os descontos de tempo. • Um operador de vinte e quatro segundos – controla os 24 segundos que cada equipe dispõe para a execução de uma jogada.
  • 23. Início do jogo - O jogo começa com o lançamento da bola ao ar, pelo árbitro, entre dois jogadores adversários no círculo central e esta só pode ser tocada quando atingir o ponto mais alto. Duração do jogo - Quatro períodos de 10 minutos de tempo útil. Reposição da bola em jogo - Depois da marcação de uma falta, o jogo recomeça por um lançamento fora das linhas laterais, excepto no caso de lances livres. Após a marcação de ponto, o jogo prossegue com um passe realizado atrás da linha do campo da equipe que defende..
  • 24. Tipos de falta Existem 5 tipos de falta sendo elas: Pontuação - Um cesto é válido quando a bola entra pelo aro, por cima. Cada cesto vale 2 pontos efectuado dentro de área, 3 pontos fora da linha dos 6,25m e 1 ponto no lance livre.
  • 25. Regra dos 3 segundos - Um jogador não pode permanecer mais de 3 segundos dentro da área restritiva (garrafão) do adversário, enquanto a sua equipe esteja na posse da bola. Regra dos 8 segundos - Quando uma equipe ganha a posse da bola na sua zona de defesa, deve, dentro de 8 segundos, fazer com que a bola chegue à zona de ataque. Regra dos 24 segundos - Quando uma equipe está com a posse da bola, dispõe de 24 segundos para a lançar ao cesto do adversário.
  • 26. Bola presa - Considera-se bola presa quando dois ou mais jogadores (um de cada equipe pelo menos) tiverem uma ou ambas as mãos sobre a bola, ficando esta presa. Transição de campo - Um jogador cuja equipe está na posse de bola, na sua zona de ataque, não pode provocar a ida da bola para a sua zona de defesa (retorno).
  • 27. Dribles - O jogador não pode bater a bola com as duas mãos simultaneamente, nem efectuar dois dribles consecutivos (bater a bola, agarrá-la com as duas mãos e voltar a batê-la). Passos - O jogador não pode executar mais de dois passos com a bola na mão.
  • 28. . Faltas pessoais - É uma falta que envolve contato com o adversário, e que consiste nos seguintes parâmetros: Obstrução, Carregar, Marcar pela retaguarda, Deter, Segurar, Uso ilegal das mãos, Empurrar. Falta antidesportiva - Falta pessoal que, no entender do árbitro, foi cometida intencionalmente, com objetivo de prejudicar a equipe adversária. Falta técnica - Falta cometida por um jogador sem envolver contato físico com o adversário, como, por exemplo, contestação das decisões do árbitro, usando gestos, atitudes ou vocabulário ofensivo.
  • 29. Falta da equipa - Se uma equipa cometer num período, um total de quatro faltas, para todas as outras faltas pessoais sofrerá a penalização de dois lançamentos livres. Número de faltas - Um jogador que cometer cinco faltas está desqualificado da partida.
  • 30.
  • 31. Nome: Michael Jeffrey Jordan Data de Nascimento: 17/2/1963. Naturalidade: Brooklyn, New York. Alguns títulos na sua carreira: Campeão da NBA (1991-93, 1996-98); Jogador defensivo do ano (1988); Um dos 50 melhores jogadores da historia da NBA (1996); 2 vezes medalhista de ouro nos jogos olímpicos.
  • 32.
  • 33. 4 boas razões para praticar basquetebol, apresentadas em 40 segundos: 1º Emoção 2º Perícia 3ºEficácia 4ºEspectáculo Vejamos…!!! FILME ESPETACULAR