SlideShare uma empresa Scribd logo
História
• Criado em 1891.
• Professor de Educação Física James Naismith
• Associação Cristã de Moços
• Springfield (estado de Massachussets, nos
Estados Unidos)
• Berlim,1936 foi o ano em que o basquetebol
foi incluído nos jogos olímpicos.
• É o fundamento que é executado para
tentar fazer a cesta, pode ser executado
das seguintes maneiras:
Bandeja
Jump
Gancho
Arremesso
Passe
• Fundamento que é utilizado para que seja dada
sequência ao jogo. A boa execução desse
fundamento pode alterar a velocidade do jogo. O
movimento técnico de passe e do arremesso é o
mesmo que muda é a força.
 Passe de Peito
 Passe picado
 Passe por cima da cabeça
 Passe de gancho
 Passe de ombro
Recepção
• É o fundamento que deve ser realizado sempre
com ambas as mãos, para garantir a eficiência de
sua execução as recepções podem ser feitas em
várias alturas:
 Acima da cabeça
 Altura do peito
 Altura do quadril
 Altura do joelho
Drible
• É o movimento de bater a bola contra o solo
com uma das mãos estando o jogador parado
ou em
• Pode trocar de mão se o mesmo quicar a bola
no chão.
• Pé de apoio.
Finta
•Finta NÃO é um drible.
•Finta é um termo usado para designar um ou vários
movimentos que tendem a ludibriar*, quando se está
participando de um jogos esportivos. O objetivo é fazer
com que o adversário acredite em uma ação, que não
acontecerá, levando-o a tomar postura, posição ou
atitude ineficiente diante do ataque.
• *Ludibriar – Mentir, lograr, enganar Lu.di.bri.ar
PRINCIPAIS REGRAS
• Equipe:
 Cada equipe é composta por 5 jogadores na
linha e 7 reservas.
• Inicio de Jogo:
 o jogo começa com o lançamento da bola ao ar, pelo
árbitro, só pode ser tocada quando atingir o ponto
mais alto.
PRINCIPAIS REGRAS
• Duração da Partida
 Cada partida tem a duração de 4 período de 10 minutos
cada, entre cada período a duração é de 2 minutos, no
intervalo entre o segundo e o terceiro período o intervalo
é de 15 minutos.
 Se o arbitro interromper a partida o cronometro será
interrompido imediatamente.
 Tempos técnicos
• Status da bola
 Bola morta, bola viva e bola presa.
PRINCIPAIS REGRAS
• Reposição de bola:
 Depois da marcação de uma falta, o jogo recomeça
por um lançamento fora das linhas laterais, exceto no
caso de um lance livre. Após a marcação de ponto, o
jogo prossegue com um passe realizado atrás da linha
do campo da equipe que passa a defender.
• Pontuação:
 Uma cesta é valida quando a bola passar pelo aro, por
cima. Uma cesta vale 2 pontos se dentro da linha dos 3
pontos , se for além da linha dos 3 pontos passa a
valer 3 pontos; Uma cesta de lance livre vale 1 ponto
PRINCIPAIS REGRAS
• Lance livre:
 Os jogadores, ocupam os respectivos espaços ao longo da
linha de marcação, não podem deixar os seus lugares até que
a bola saia das mãos do executante do lance livre. A bola não
pode ser tocada em sua trajetória até o cesto.
• Penas por faltas pessoais:
 Se a falta for cometida sobre um jogador que não está em ato
de lançamento, a falta será cobrada por forma de uma
reposição de bola lateral, desde que a equipe não tenha
cometido mais do que 4 faltas coletivas durante o período,
caso contrário é concedido ao jogador que sofreu a falta o
direito a dois lances livres.
PRINCIPAIS REGRAS
• Falta pessoal
• Falta técnica.
• Falta antidesportiva.
• Falta desqualificante.
PRINCIPAIS REGRAS
• Regra dos 5 segundos
 O jogador dispõe de 5 segundos para repor a bola em jogo.
• Regra dos 3 segundos
 O jogador que não pode permanecer mais de 3 segundos
dentro do garrafão do adversário , enquanto a sua equipe
esteja de posse de bola
• Regra dos 8 segundos
 Quando uma equipe ganha a posse de bola na sua zona de
defesa, dentro de 8 segundos, deve fazer passar a bola para
a zona de ataque.
PRINCIPAIS REGRAS
• Regras dos 24 segundos
 A equipe com a posse de bola, tem até 24 segundos para lançar a
bola na cesta.
• Transição de campo
 A equipe que estiver com a posse de bola na zona de ataque, não
poderá recuar a bola para a sua zona de defesa.
Posições
1. Armador
2. Ala – armador
3. Ala
4. Ala – Pivo
5. Pivo
Bola
• Para todas as competições masculinas em todas
as categorias, a circunferência da bola não deverá
ter menos que 749 mm nem mais que 780 mm e
a bola deverá pesar entre 567 g 650 g.
• Para todas as competições femininas em todas as
categorias, a circunferência da bola não deverá
ter menos que 724 mm nem mais que 737 mm e
a bola deverá pesar entre 510 g e 567 g.
Quadra
Tabelas e Suportes de Tabela
Variações do Basquete
Basquete de Cadeira de rodas
•Basquete em cadeira de rodas foi a primeira modalidade
paraolímpica no Brasil.
Basquete de Cadeira de rodas
Bibliografia
• FERREIRA, Aluisio Elias Xavier; DE ROSE JUNIOR, Dante
(Autor). Basquetebol: técnicas e táticas : uma abordagem
didático-pedagógica. São Paulo: EPU; EDUSP, c1987. 99 p.
• DAIUTO, Moacyr. Basquete: metodologia do ensino. 6. ed. São
Paulo: Hemus, c1991. 281 p. ISBN 85-289-0217-X
• BrasilMinistério da Educação e do
Desporto. Basquetebol. [S.l]: CEFET/PR, [199-?]. 10 p. :
• CBBC – Confederação Brasileira de Basquetebol em Cadeira de
Rodas
Questões Semanais
• QUESTÕES SEMANAIS PARA DIA 27/06/2013
1. Quantas vezes o árbitro executa uma bola ao alto numa
partida?
2. Quantas faltas um jogador pode cometer jogando uma partida
de basquetebol?
3. Quantas faltas por período uma equipe pode cometer sem
que sejam cobrados lances livres?
4. Quais os status da bola?
5. Quais as posições que existem no basquete, explique cada
uma delas.
6. Cite duas diferenças entre o basquete da FIBA e o basquete da
NBA.
7. Qual time é o atual campeão Olímpico?
8. Explique o tempo em segundos dos jogos.
Basquete.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Futsal
Futsal Futsal
Futsal
dalilahack
 
A defesa no jogo de handebol
A defesa no jogo de handebolA defesa no jogo de handebol
A defesa no jogo de handebol
Balonmano
 
Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
Basquetebol
Helder Ribeiro
 
História do futebol
História do futebolHistória do futebol
História do futebol
Fatima Costa
 
Basquetebol na escola
Basquetebol na escolaBasquetebol na escola
Basquetebol na escola
evandrolhp
 
Basquete: História, Regras e Fundamentos
Basquete: História, Regras e FundamentosBasquete: História, Regras e Fundamentos
Basquete: História, Regras e Fundamentos
Prof. Saulo Bezerra
 
Basquete, regras e fundamentos
Basquete, regras e fundamentosBasquete, regras e fundamentos
Basquete, regras e fundamentos
Prof. Saulo Bezerra
 
Slide handebol
Slide handebolSlide handebol
Slide handebol
Gelcimar Educ Física
 
Voleibol: História, regras e fundamentos
Voleibol: História, regras e fundamentosVoleibol: História, regras e fundamentos
Voleibol: História, regras e fundamentos
Prof. Saulo Bezerra
 
Badminton na escola
Badminton na escolaBadminton na escola
Badminton na escola
evandrolhp
 
História do basquete
História do basqueteHistória do basquete
História do basquete
Dyéssica Cristina
 
Basquetebol - Resumo
Basquetebol - ResumoBasquetebol - Resumo
Basquetebol - Resumo
Filipe Silva
 
Aula sobre futsal
Aula sobre futsal Aula sobre futsal
Aula sobre futsal
Mateus Pacheco
 
Voleibol
Voleibol Voleibol
Voleibol
Sara Pereira
 
Handebol
HandebolHandebol
Handebol
evandrolhp
 
Basquete 1
Basquete 1Basquete 1
Basquete 1
Nilceia Sc
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Trabalho de volei
Trabalho de voleiTrabalho de volei
Trabalho de volei
Harrison Sodre Melônio
 
O basquete
O basquete O basquete
O basquete
Anna Ramos
 

Mais procurados (20)

Futsal
Futsal Futsal
Futsal
 
A defesa no jogo de handebol
A defesa no jogo de handebolA defesa no jogo de handebol
A defesa no jogo de handebol
 
Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
Basquetebol
 
Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
Basquetebol
 
História do futebol
História do futebolHistória do futebol
História do futebol
 
Basquetebol na escola
Basquetebol na escolaBasquetebol na escola
Basquetebol na escola
 
Basquete: História, Regras e Fundamentos
Basquete: História, Regras e FundamentosBasquete: História, Regras e Fundamentos
Basquete: História, Regras e Fundamentos
 
Basquete, regras e fundamentos
Basquete, regras e fundamentosBasquete, regras e fundamentos
Basquete, regras e fundamentos
 
Slide handebol
Slide handebolSlide handebol
Slide handebol
 
Voleibol: História, regras e fundamentos
Voleibol: História, regras e fundamentosVoleibol: História, regras e fundamentos
Voleibol: História, regras e fundamentos
 
Badminton na escola
Badminton na escolaBadminton na escola
Badminton na escola
 
História do basquete
História do basqueteHistória do basquete
História do basquete
 
Basquetebol - Resumo
Basquetebol - ResumoBasquetebol - Resumo
Basquetebol - Resumo
 
Aula sobre futsal
Aula sobre futsal Aula sobre futsal
Aula sobre futsal
 
Voleibol
Voleibol Voleibol
Voleibol
 
Handebol
HandebolHandebol
Handebol
 
Basquete 1
Basquete 1Basquete 1
Basquete 1
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
 
Trabalho de volei
Trabalho de voleiTrabalho de volei
Trabalho de volei
 
O basquete
O basquete O basquete
O basquete
 

Semelhante a Basquete.

Olimpíadas
OlimpíadasOlimpíadas
Olimpíadas
Marina Stefanny
 
Educação Física
Educação FísicaEducação Física
Educação Física
TatianaSilva205
 
Basquetebol blog
Basquetebol blogBasquetebol blog
Basquetebol blog
Inácio Júnior
 
Basquetebol.pptx
Basquetebol.pptxBasquetebol.pptx
Basquetebol.pptx
DiogoDias69558
 
Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
Basquetebol
aluisiobraga
 
Handebol
HandebolHandebol
Powerpoint
PowerpointPowerpoint
Powerpoint
cappp
 
Quadro comparativo de modalidades desportivas
Quadro comparativo de modalidades desportivasQuadro comparativo de modalidades desportivas
Quadro comparativo de modalidades desportivas
JOÃO PEREIRA
 
This is BASKETBALL!
This is BASKETBALL!This is BASKETBALL!
This is BASKETBALL!
Jocasta Luiza
 
Futsal
FutsalFutsal
Futsal
Ruy8
 
Basquete
BasqueteBasquete
Futebol
FutebolFutebol
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
Victor Ferreira
 
Voleibol&futebol&atletismo 18 valores
Voleibol&futebol&atletismo 18 valoresVoleibol&futebol&atletismo 18 valores
Voleibol&futebol&atletismo 18 valores
Diogo Malafaia
 
Voleibol Stefano112345675454443333222222222344
Voleibol Stefano112345675454443333222222222344Voleibol Stefano112345675454443333222222222344
Voleibol Stefano112345675454443333222222222344
SilvaStefano
 
Bastebol
BastebolBastebol
213
213213
222
222222
Apresentação basquetebol
Apresentação basquetebol Apresentação basquetebol
Apresentação basquetebol
Paula Silva Silva
 
Handebol Professor Stefano Atualizado.ppt
Handebol Professor Stefano Atualizado.pptHandebol Professor Stefano Atualizado.ppt
Handebol Professor Stefano Atualizado.ppt
SilvaStefano
 

Semelhante a Basquete. (20)

Olimpíadas
OlimpíadasOlimpíadas
Olimpíadas
 
Educação Física
Educação FísicaEducação Física
Educação Física
 
Basquetebol blog
Basquetebol blogBasquetebol blog
Basquetebol blog
 
Basquetebol.pptx
Basquetebol.pptxBasquetebol.pptx
Basquetebol.pptx
 
Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
Basquetebol
 
Handebol
HandebolHandebol
Handebol
 
Powerpoint
PowerpointPowerpoint
Powerpoint
 
Quadro comparativo de modalidades desportivas
Quadro comparativo de modalidades desportivasQuadro comparativo de modalidades desportivas
Quadro comparativo de modalidades desportivas
 
This is BASKETBALL!
This is BASKETBALL!This is BASKETBALL!
This is BASKETBALL!
 
Futsal
FutsalFutsal
Futsal
 
Basquete
BasqueteBasquete
Basquete
 
Futebol
FutebolFutebol
Futebol
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
 
Voleibol&futebol&atletismo 18 valores
Voleibol&futebol&atletismo 18 valoresVoleibol&futebol&atletismo 18 valores
Voleibol&futebol&atletismo 18 valores
 
Voleibol Stefano112345675454443333222222222344
Voleibol Stefano112345675454443333222222222344Voleibol Stefano112345675454443333222222222344
Voleibol Stefano112345675454443333222222222344
 
Bastebol
BastebolBastebol
Bastebol
 
213
213213
213
 
222
222222
222
 
Apresentação basquetebol
Apresentação basquetebol Apresentação basquetebol
Apresentação basquetebol
 
Handebol Professor Stefano Atualizado.ppt
Handebol Professor Stefano Atualizado.pptHandebol Professor Stefano Atualizado.ppt
Handebol Professor Stefano Atualizado.ppt
 

Basquete.

  • 1.
  • 2. História • Criado em 1891. • Professor de Educação Física James Naismith • Associação Cristã de Moços • Springfield (estado de Massachussets, nos Estados Unidos) • Berlim,1936 foi o ano em que o basquetebol foi incluído nos jogos olímpicos.
  • 3.
  • 4. • É o fundamento que é executado para tentar fazer a cesta, pode ser executado das seguintes maneiras: Bandeja Jump Gancho Arremesso
  • 5. Passe • Fundamento que é utilizado para que seja dada sequência ao jogo. A boa execução desse fundamento pode alterar a velocidade do jogo. O movimento técnico de passe e do arremesso é o mesmo que muda é a força.  Passe de Peito  Passe picado  Passe por cima da cabeça  Passe de gancho  Passe de ombro
  • 6. Recepção • É o fundamento que deve ser realizado sempre com ambas as mãos, para garantir a eficiência de sua execução as recepções podem ser feitas em várias alturas:  Acima da cabeça  Altura do peito  Altura do quadril  Altura do joelho
  • 7. Drible • É o movimento de bater a bola contra o solo com uma das mãos estando o jogador parado ou em • Pode trocar de mão se o mesmo quicar a bola no chão. • Pé de apoio.
  • 8.
  • 9. Finta •Finta NÃO é um drible. •Finta é um termo usado para designar um ou vários movimentos que tendem a ludibriar*, quando se está participando de um jogos esportivos. O objetivo é fazer com que o adversário acredite em uma ação, que não acontecerá, levando-o a tomar postura, posição ou atitude ineficiente diante do ataque. • *Ludibriar – Mentir, lograr, enganar Lu.di.bri.ar
  • 10.
  • 11. PRINCIPAIS REGRAS • Equipe:  Cada equipe é composta por 5 jogadores na linha e 7 reservas. • Inicio de Jogo:  o jogo começa com o lançamento da bola ao ar, pelo árbitro, só pode ser tocada quando atingir o ponto mais alto.
  • 12. PRINCIPAIS REGRAS • Duração da Partida  Cada partida tem a duração de 4 período de 10 minutos cada, entre cada período a duração é de 2 minutos, no intervalo entre o segundo e o terceiro período o intervalo é de 15 minutos.  Se o arbitro interromper a partida o cronometro será interrompido imediatamente.  Tempos técnicos • Status da bola  Bola morta, bola viva e bola presa.
  • 13. PRINCIPAIS REGRAS • Reposição de bola:  Depois da marcação de uma falta, o jogo recomeça por um lançamento fora das linhas laterais, exceto no caso de um lance livre. Após a marcação de ponto, o jogo prossegue com um passe realizado atrás da linha do campo da equipe que passa a defender. • Pontuação:  Uma cesta é valida quando a bola passar pelo aro, por cima. Uma cesta vale 2 pontos se dentro da linha dos 3 pontos , se for além da linha dos 3 pontos passa a valer 3 pontos; Uma cesta de lance livre vale 1 ponto
  • 14. PRINCIPAIS REGRAS • Lance livre:  Os jogadores, ocupam os respectivos espaços ao longo da linha de marcação, não podem deixar os seus lugares até que a bola saia das mãos do executante do lance livre. A bola não pode ser tocada em sua trajetória até o cesto. • Penas por faltas pessoais:  Se a falta for cometida sobre um jogador que não está em ato de lançamento, a falta será cobrada por forma de uma reposição de bola lateral, desde que a equipe não tenha cometido mais do que 4 faltas coletivas durante o período, caso contrário é concedido ao jogador que sofreu a falta o direito a dois lances livres.
  • 15. PRINCIPAIS REGRAS • Falta pessoal • Falta técnica. • Falta antidesportiva. • Falta desqualificante.
  • 16. PRINCIPAIS REGRAS • Regra dos 5 segundos  O jogador dispõe de 5 segundos para repor a bola em jogo. • Regra dos 3 segundos  O jogador que não pode permanecer mais de 3 segundos dentro do garrafão do adversário , enquanto a sua equipe esteja de posse de bola • Regra dos 8 segundos  Quando uma equipe ganha a posse de bola na sua zona de defesa, dentro de 8 segundos, deve fazer passar a bola para a zona de ataque.
  • 17. PRINCIPAIS REGRAS • Regras dos 24 segundos  A equipe com a posse de bola, tem até 24 segundos para lançar a bola na cesta. • Transição de campo  A equipe que estiver com a posse de bola na zona de ataque, não poderá recuar a bola para a sua zona de defesa.
  • 18. Posições 1. Armador 2. Ala – armador 3. Ala 4. Ala – Pivo 5. Pivo
  • 19. Bola • Para todas as competições masculinas em todas as categorias, a circunferência da bola não deverá ter menos que 749 mm nem mais que 780 mm e a bola deverá pesar entre 567 g 650 g. • Para todas as competições femininas em todas as categorias, a circunferência da bola não deverá ter menos que 724 mm nem mais que 737 mm e a bola deverá pesar entre 510 g e 567 g.
  • 21. Tabelas e Suportes de Tabela
  • 23. Basquete de Cadeira de rodas •Basquete em cadeira de rodas foi a primeira modalidade paraolímpica no Brasil.
  • 25. Bibliografia • FERREIRA, Aluisio Elias Xavier; DE ROSE JUNIOR, Dante (Autor). Basquetebol: técnicas e táticas : uma abordagem didático-pedagógica. São Paulo: EPU; EDUSP, c1987. 99 p. • DAIUTO, Moacyr. Basquete: metodologia do ensino. 6. ed. São Paulo: Hemus, c1991. 281 p. ISBN 85-289-0217-X • BrasilMinistério da Educação e do Desporto. Basquetebol. [S.l]: CEFET/PR, [199-?]. 10 p. : • CBBC – Confederação Brasileira de Basquetebol em Cadeira de Rodas
  • 26. Questões Semanais • QUESTÕES SEMANAIS PARA DIA 27/06/2013 1. Quantas vezes o árbitro executa uma bola ao alto numa partida? 2. Quantas faltas um jogador pode cometer jogando uma partida de basquetebol? 3. Quantas faltas por período uma equipe pode cometer sem que sejam cobrados lances livres? 4. Quais os status da bola? 5. Quais as posições que existem no basquete, explique cada uma delas. 6. Cite duas diferenças entre o basquete da FIBA e o basquete da NBA. 7. Qual time é o atual campeão Olímpico? 8. Explique o tempo em segundos dos jogos.