SlideShare uma empresa Scribd logo
Construindo a


Paz
  Apresentação disponível em
  www.searadomestre.com.br


    Adriana Pizzutti dos Santos
“Naqueles dias saiu um decreto da parte
de César Augusto, para que todo o mundo
           fosse recenseado...” Lc,2:1
“Glória a Deus nas maiores alturas,
  e paz na terra entre os homens
          de boa vontade.”      Lc, 2:14
“Vive-se, na atualidade, os          dias de descontrole
emocional e espiritual na              Terra. O tumulto
desenfreado invade quase              todas as áreas do
comportamento humano                  e da convivência
social.”
             e   Med
                     o                                             cia
 An   siedad                        ianç
                                         a                 icê
                                                                 n
                                onf                      d
                         Desc                     M   ale
Relacionamento sem
   afetividade real        Avareza           Animosidade

 “Trata-se de uma guerra não declarada, cujos
 efeitos perniciosos atemorizam a sociedade.”
                                           Entrega-te a Deus
                            Joanna de Ângelis/Divaldo Franco
“São as brigas internas, quando a alma está
indisposta     consigo mesma,     as   principais
responsáveis pela beligerância que explode,
atormentando a vida, ceifando corpos, espalhando
luto e aflições”




                                A carta magna da paz
                                Camilo/ Raul Teixeira
“Reflete na importância de tua própria imorta-
lidade e recorda, onde estejas, que a paz de teu
ambiente começa invariavelmente de ti”.




                                       Rumo Certo
                        Emmanuel/Francisco C. Xavier
A carta magna da paz

 “Senhor faze de mim
  um instrumento da
       tua paz.”




        A carta magna da paz
        Camilo/Raul Teixeira
“O pacifismo é um movimento que se origina no
imo do ser humano e se exterioriza em forma de
  justiça social, harmonia espiritual, equilíbrio
                      moral.”




                                   Diretrizes para o êxito
                      Joanna de Ângelis /Divaldo P. Franco
Estamos “em obras”
       Projeto
       Limpeza do terreno
       Fundações
       Paredes
       Cobertura
“Não penseis que eu
tenha vindo trazer paz à
Terra; não vim trazer a
paz, mas a espada; por-
quanto vim separar de
seu pai o filho, de sua
mãe a filha, de sua sogra
a nora.”         Mt, 10:34-35
“...Seu pensamento era este: "Não creais que a
minha doutrina se estabeleça pacificamente; ela
trará lutas sangrentas, tendo por pretexto o meu
nome, porque os homens não me terão
compreendido, ou não me terão querido
compreender.”




          O Evangelho segundo o Espiritismo –Cap.23 item 16
                                              Allan Kardec
Paz                 O projeto



“Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou. Eu não
vos dou como o mundo a dá.”     João 14:27
“Na expressão comum, ter paz significa haver
atingido garantias exteriores... Rodeando-se o
homem de servidores, apodrecendo na ociosi-dade
e ausentando-se dos movimentos da vida. Jesus
não poderia endossar tranquilidade desse jaez*...”




                             Caminho, verdade e vida
                          Emmanuel/Francisco C. Xavier
 * Gênero
A paz do Cristo e a paz do mundo

 “É indispensável não confundir a paz do mundo
com a paz do Cristo... O mundo consegue
proporcionar muitos acordos e arranjos nesse
terreno, mas somente o Senhor pode outorgar
ao Espírito a paz verdadeira...”




                                       Vinha de luz
                        Emmanuel/Francisco C. Xavier
“Amarás o senhor teu Deus de todo o teu
coração, de toda a tua alma, com toda a tua
força e com toda a tua mente; e o teu próximo
como a ti mesmo.”
                    Lc, 10:27
Limpando o terreno

          “...Pesquisai a origem desses
          acessos       de     demência
          passageira       que       vos
          assemelham       ao     bruto,
          fazendo-vos perder o sangue
          frio e a razão; pesquisai e,
          quase sempre, deparareis com


             o orgulho ferido...”
O Evangelho segundo o Espiritismo- Cap. IX, item 9
             Um Espírito protetor. Bordeaux, 1863
O orgulho
 Induz a julgar-vos mais do que sois;
 A não suportardes uma comparação que vos
possa rebaixar;
 A vos considerardes... Tão acima dos vossos
irmãos... Que o menor paralelo vos irrita e
aborrece;
 É o principal responsável pela cólera.


               Humildade
Bem-aventurados os pobres de espírito,
  porque deles é o reino dos Céus. Mt, 5:3
“A humildade é consequência natural do
entendimento humano acerca da inutilidade do
poder temporal e das ostentações de toda
ordem... Fazendo com que o humilde se volte à
conquista de si mesmo.”




                          Educação dos sentimentos
                                  Jason de Camargo
Construindo as fundações
 "Amar o próximo como a si mesmo: fazer
pelos outros o que quereríamos que os
outros fizessem por nós, é a expressão mais
completa da caridade...”




         O Evangelho segundo o Espiritismo- Cap. XI, item 4
                                             Allan Kardec
Erguendo as paredes
“Benevolência para com todos, indulgência
    para as imperfeições dos outros,
      perdão das ofensas.” OLE q. 886
“A bondade, João, a bondade! A bondade
nos pensamentos, nas palavras, no olhar
         e nas suas atitudes.”
             A bondade
“A benevolência para com os seus semelhantes,
fruto do amor ao próximo, produz a afabilidade e
a doçura, que lhe são as formas de manifestar-
se...”




          O Evangelho segundo o Espiritismo- Cap. IX, item 6
                                         Lázaro. Paris, 1861.
Efeitos da bondade
        Harmonizar ambientes;
        Pacificar a fome espiri-
      tual;
        Estabelecer o equilíbrio
      da sociedade;
        Iluminar o nosso cora-
      ção;
        Minorar o sofrimento de
      muitos.
             Educação dos sentimentos
                     Jason de Camargo
“Para o trato com
       indulgência, a
 compreensão se lhe torna
 verdadeira sino-nímia... É
   saber compreender as
razões, os motivos de uns e
        de outros...”




    Compreensão

A carta magna da paz
Camilo/ Raul Teixeira
“Senhor, fazei que eu procure mais
compreender do que ser compreendido”
“Então, aproximando-se Pedro, disse-lhe:
Senhor, quantas vezes perdoarei a meu ir-
mão, quando houver pecado contra mim?
Até sete vezes? “Jesus lhe diz: Não te digo
que até sete, mas até setenta vezes sete.”
Mt, 18: 21-22




                 Perdão
“...Não vos aflijais, pois, quando sofrerdes; antes,
bendizei de Deus onipotente... Sede pacientes...”




                                  Paciência




           O Evangelho segundo o Espiritismo- Cap. IX, item 7
                            Um Espírito amigo. Havre, 1862.
A paciência
 Conviver com os desafios da vida mantendo o
controle emocional;
 Persistir em uma atividade difícil tranquila-
mente;
 Esperar o melhor momento para certas
atitudes;
 Aguardar em paz a compreensão que ainda
não se tenha obtido;
 Ouvir com calma, com atenção, sem ter
pressa...
“A doutrina de Jesus ensina... A obediência e a
resignação. A obediência é o consentimento da
razão; a resignação é o consentimento do
coração. Forças ativas ambas, porquanto
carregam o fardo das provações que a revolta
insensata deixa cair...”




          O Evangelho segundo o Espiritismo- Cap. IX, item 8
                                         Lázaro. Paris, 1863.
“... A cada um segundo as suas obras”.   Mt,
                  16:27
A cobertura
 “O ideal da paz é inerente a todos os seres
humanos, que o devem ampliar por meio da
oração de recolhimento interior, da meditação
que renova e revitaliza as energias...”



           Prece e Meditação

                                Diretrizes para o êxito
                     Joanna de Ângelis/Divaldo Franco
Prece
 “A prece altera positivamente todos os setores da
existência: a convivência familiar, o equilíbrio
físico... O homem haure os recursos espirituais
dinamizando os centros de forças vitais... Entra em
contato com entidades espirituais mais nobres e
capazes de atenderem aos seus anseios de paz.”




                              Educação dos sentimentos
                                     Jason de Camargo
Meditação
“A meditação é fundamental para acalmar as
emoções, aclarar o discernimento e harmonizar
os sentimentos.”




                               Momentos de meditação
                    Joanna de Ângelis/Divaldo P. Franco
Tornar a mente um instrumento útil ao
autoconhecimento e à compreensão das leis divinas;
  Promover a convivência saudável com os guias
espirituais, em especial com nosso Espírito protetor,
e a sensibilização em relação à imortalidade e ao
nosso propósito reencarnatório;
  Produzir uma atmosfera fluídica irrigada de vi-
brações superiores curativas e balsamizantes que
geram bemestar.



                               Educação dos sentimentos
                                      Jason de Camargo
“Fazei o que eu fazia quando vivi na Terra: ao
final do dia interrogava a minha consciência,
passava revista ao que fizera e perguntava a mim
mesmo... Foi assim que cheguei a me conhecer e
a ver o que em mim precisava de reforma... Justo
é que se gastem alguns minutos para se
conquistar uma felicidade eterna”.
                                      Santo Agostinho




                          O Livro dos Espíritos-q. 919-a
                                          Allan Kardec
Ações para a paz
Quando veja alguém em crise de mau humor, ore
por ele e busque entender como tratá-lo;
Evite discutir, atirar ameaças;
Recebe a refeição por benção divina;
Usa portas e janelas, sem estrondos brutais;
 Não mova objetos de arranco;
Foge à gritaria inconveniente.




                        Emmanuel/Francisco C. Xavier
                               Joanes/Raul Teixeira
Ações para a paz
Faça o possível para não cobrar afeição ou
reclamar consideração;
Agradeça as coisas mínimas com que seja
beneficiado em casa, e seja gentil com os que
convivem com você no lar;
Busque não agredir com palavras ferinas ou
com silêncios gelados aqueles que se põe à sua
volta na luta doméstica.


                                       Vereda familiar
                        Thereza de Brito/Raul Teixeira
Ações para a paz
Aceite a existência conforme foi programada;
Auxilie a todos sem absorver-lhes as
responsabilidades;
Ame os familiares sem querê-los como objetos;
Não se iluda em querer mudar as pessoas;
Ferido, esqueça;
Respeite os pontos de vista contrários aos seus;
Respeite a fé dos outros.




                           Reformador/Dezembro 2004
                                Adésio Alves Machado
Música: Construindo a paz
 Autor: Jonas Demeneghi
    Imagens: Internet
Um sorriso, um carinho, uma oração
Gotas de luz rompendo a escuridão
Sementes da paz germinando em cada coração
Com paciência e ação
Um esforço a mais, um gesto de paz
Numa corrente de amor que não se desfaz
Vamos construindo, construindo a paz
Com coragem pra mudar
Humildade pra espalhar a palavra de Jesus
Inundando o coração, transbordando a emoção
De estar mais perto de Deus
Com coragem vamos alcançar a paz
Construindo a paz
Um sorriso, um carinho, uma
oração
Gotas de luz rompendo a escuridão
Sementes da paz germinando em cada
coração
Com paciência e ação
Um esforço a mais, um gesto de paz
Numa corrente de amor que não se
desfaz
Vamos construindo, construindo a
paz
Com coragem pra mudar
Humildade pra espalhar a palavra
de Jesus
Inundando o coração, transbordando a
emoção
De estar mais perto de Deus
Com coragem vamos alcançar a paz

Construindo a paz
“Bem aventurados os mansos,
            porque
 eles herdarão a terra .” Mt, 5:5
     “Bem aventurados os
         pacificadores,
 porque eles serão chamados
     filhos de Deus.” Mt, 5:9

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Reconhece se o cristãos pelas suas obras
Reconhece se o cristãos pelas suas obrasReconhece se o cristãos pelas suas obras
Reconhece se o cristãos pelas suas obras
Izabel Cristina Fonseca
 
Da encarnação dos espíritos
Da encarnação dos espíritosDa encarnação dos espíritos
Da encarnação dos espíritos
Marcos Antônio Alves
 
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
Jorge Luiz dos Santos
 
Propósito - Pessoa de Bem
Propósito - Pessoa de BemPropósito - Pessoa de Bem
Propósito - Pessoa de Bem
Ricardo Azevedo
 
Palestra Espírita - Bem aventurados os misericordiosos
Palestra Espírita - Bem aventurados os misericordiososPalestra Espírita - Bem aventurados os misericordiosos
Palestra Espírita - Bem aventurados os misericordiosos
Divulgador do Espiritismo
 
O homem no mundo
O homem no mundoO homem no mundo
O homem no mundo
Denise Tofoli
 
Indulgencia
IndulgenciaIndulgencia
Estudo sobre prece!
Estudo sobre prece!Estudo sobre prece!
Estudo sobre prece!
Leonardo Pereira
 
Palestra Espírita - Lei de amor
Palestra Espírita - Lei de amorPalestra Espírita - Lei de amor
Palestra Espírita - Lei de amor
Divulgador do Espiritismo
 
VISÃO ESPÍRITA DO NATAL
VISÃO ESPÍRITA DO NATALVISÃO ESPÍRITA DO NATAL
VISÃO ESPÍRITA DO NATAL
Jorge Luiz dos Santos
 
Palestra Espírita - Bem aventurados os aflitos
Palestra Espírita - Bem aventurados os aflitosPalestra Espírita - Bem aventurados os aflitos
Palestra Espírita - Bem aventurados os aflitos
Divulgador do Espiritismo
 
O Poder da Prece
O Poder da PreceO Poder da Prece
O Poder da Prece
Izabel Cristina Fonseca
 
Muitos os chamados, poucos os escolhidos
Muitos os chamados, poucos os escolhidosMuitos os chamados, poucos os escolhidos
Muitos os chamados, poucos os escolhidos
Graça Maciel
 
O cristo consolador
O cristo consoladorO cristo consolador
O cristo consolador
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Deixai brilhar a vossa luz
Deixai brilhar a vossa luzDeixai brilhar a vossa luz
Deixai brilhar a vossa luz
Ricardo Azevedo
 
Palestra Espírita - A paciência
Palestra Espírita - A paciênciaPalestra Espírita - A paciência
Palestra Espírita - A paciência
Divulgador do Espiritismo
 
Missão dos Espíritas
Missão dos EspíritasMissão dos Espíritas
Missão dos Espíritas
Antonino Silva
 
Fé pela ótica espírita
Fé pela ótica espíritaFé pela ótica espírita
Fé pela ótica espírita
Eduardo Ottonelli Pithan
 
PALESTRA - RENOVANDO ATITUDES
PALESTRA - RENOVANDO ATITUDESPALESTRA - RENOVANDO ATITUDES
PALESTRA - RENOVANDO ATITUDES
Mauro Santos
 
Infortúnios ocultos
Infortúnios ocultosInfortúnios ocultos
Infortúnios ocultos
Nertan Jucá
 

Mais procurados (20)

Reconhece se o cristãos pelas suas obras
Reconhece se o cristãos pelas suas obrasReconhece se o cristãos pelas suas obras
Reconhece se o cristãos pelas suas obras
 
Da encarnação dos espíritos
Da encarnação dos espíritosDa encarnação dos espíritos
Da encarnação dos espíritos
 
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
 
Propósito - Pessoa de Bem
Propósito - Pessoa de BemPropósito - Pessoa de Bem
Propósito - Pessoa de Bem
 
Palestra Espírita - Bem aventurados os misericordiosos
Palestra Espírita - Bem aventurados os misericordiososPalestra Espírita - Bem aventurados os misericordiosos
Palestra Espírita - Bem aventurados os misericordiosos
 
O homem no mundo
O homem no mundoO homem no mundo
O homem no mundo
 
Indulgencia
IndulgenciaIndulgencia
Indulgencia
 
Estudo sobre prece!
Estudo sobre prece!Estudo sobre prece!
Estudo sobre prece!
 
Palestra Espírita - Lei de amor
Palestra Espírita - Lei de amorPalestra Espírita - Lei de amor
Palestra Espírita - Lei de amor
 
VISÃO ESPÍRITA DO NATAL
VISÃO ESPÍRITA DO NATALVISÃO ESPÍRITA DO NATAL
VISÃO ESPÍRITA DO NATAL
 
Palestra Espírita - Bem aventurados os aflitos
Palestra Espírita - Bem aventurados os aflitosPalestra Espírita - Bem aventurados os aflitos
Palestra Espírita - Bem aventurados os aflitos
 
O Poder da Prece
O Poder da PreceO Poder da Prece
O Poder da Prece
 
Muitos os chamados, poucos os escolhidos
Muitos os chamados, poucos os escolhidosMuitos os chamados, poucos os escolhidos
Muitos os chamados, poucos os escolhidos
 
O cristo consolador
O cristo consoladorO cristo consolador
O cristo consolador
 
Deixai brilhar a vossa luz
Deixai brilhar a vossa luzDeixai brilhar a vossa luz
Deixai brilhar a vossa luz
 
Palestra Espírita - A paciência
Palestra Espírita - A paciênciaPalestra Espírita - A paciência
Palestra Espírita - A paciência
 
Missão dos Espíritas
Missão dos EspíritasMissão dos Espíritas
Missão dos Espíritas
 
Fé pela ótica espírita
Fé pela ótica espíritaFé pela ótica espírita
Fé pela ótica espírita
 
PALESTRA - RENOVANDO ATITUDES
PALESTRA - RENOVANDO ATITUDESPALESTRA - RENOVANDO ATITUDES
PALESTRA - RENOVANDO ATITUDES
 
Infortúnios ocultos
Infortúnios ocultosInfortúnios ocultos
Infortúnios ocultos
 

Semelhante a Construindo paz

Conquista da Paz de Espirito
Conquista da Paz de EspiritoConquista da Paz de Espirito
Conquista da Paz de Espirito
Renato Arabe Saraiva
 
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidadeInimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
Claudio Macedo
 
Palestra Espírita - Horizontes da mente
Palestra Espírita - Horizontes da mentePalestra Espírita - Horizontes da mente
Palestra Espírita - Horizontes da mente
Divulgador do Espiritismo
 
Palestra Espírita - Ação da prece (transmissão do pensamento)
Palestra Espírita - Ação da prece (transmissão do pensamento)Palestra Espírita - Ação da prece (transmissão do pensamento)
Palestra Espírita - Ação da prece (transmissão do pensamento)
Divulgador do Espiritismo
 
A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...
A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...
A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...
Fatima Carvalho
 
A alegria de servir
A alegria de servirA alegria de servir
A alegria de servir
Eduardo Manoel Araujo
 
Apresentação da Doutrina Espírita e do Livro dos Espíritos.pptx
Apresentação da Doutrina Espírita e do Livro dos Espíritos.pptxApresentação da Doutrina Espírita e do Livro dos Espíritos.pptx
Apresentação da Doutrina Espírita e do Livro dos Espíritos.pptx
Marta Gomes
 
Abrindoporta
Abrindoporta Abrindoporta
Abrindoporta
Fernanda Pietra
 
Abrindo a Porta
Abrindo a PortaAbrindo a Porta
Abrindo a Porta
JNR
 
Abrindo Portas
Abrindo PortasAbrindo Portas
Abrindo Portas
JNR
 
Abrindo Portas
Abrindo PortasAbrindo Portas
Abrindo Portas
Vera Lopes
 
1.1 Abrindo Portas
1.1  Abrindo Portas1.1  Abrindo Portas
1.1 Abrindo Portas
sampaioraphael
 
1.1 Abrindo Portas
1.1  Abrindo Portas1.1  Abrindo Portas
1.1 Abrindo Portas
sampaioraphael
 
Abrindoporta
AbrindoportaAbrindoporta
Abrindoporta
Santos de Castro
 
Abrindoportas
AbrindoportasAbrindoportas
Abrindoportas
Luciana Vieira
 
Evangeliza - Bem-Aventuranças - O Sermão da Montanha
Evangeliza - Bem-Aventuranças - O Sermão da MontanhaEvangeliza - Bem-Aventuranças - O Sermão da Montanha
Evangeliza - Bem-Aventuranças - O Sermão da Montanha
Antonino Silva
 
Bem aventurados os pobres de espiritos- Missão do homem inteligente na terra
Bem aventurados os pobres de espiritos- Missão do homem inteligente na terraBem aventurados os pobres de espiritos- Missão do homem inteligente na terra
Bem aventurados os pobres de espiritos- Missão do homem inteligente na terra
msdbiasi
 
2022_09_20-a-paz-do-cristo-e-a-paz-do-mundo-06-set-2022.pdf
2022_09_20-a-paz-do-cristo-e-a-paz-do-mundo-06-set-2022.pdf2022_09_20-a-paz-do-cristo-e-a-paz-do-mundo-06-set-2022.pdf
2022_09_20-a-paz-do-cristo-e-a-paz-do-mundo-06-set-2022.pdf
josemoisescabral
 
Reforma intima aula 2
Reforma intima aula 2Reforma intima aula 2
Reforma intima aula 2
Moacyr Costa Júnior
 
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros capitulo 01 Renovação
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros   capitulo 01 RenovaçãoEstudando com Andre Luiz - Os Mensageiros   capitulo 01 Renovação
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros capitulo 01 Renovação
Jose Luiz Maio
 

Semelhante a Construindo paz (20)

Conquista da Paz de Espirito
Conquista da Paz de EspiritoConquista da Paz de Espirito
Conquista da Paz de Espirito
 
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidadeInimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
 
Palestra Espírita - Horizontes da mente
Palestra Espírita - Horizontes da mentePalestra Espírita - Horizontes da mente
Palestra Espírita - Horizontes da mente
 
Palestra Espírita - Ação da prece (transmissão do pensamento)
Palestra Espírita - Ação da prece (transmissão do pensamento)Palestra Espírita - Ação da prece (transmissão do pensamento)
Palestra Espírita - Ação da prece (transmissão do pensamento)
 
A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...
A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...
A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...
 
A alegria de servir
A alegria de servirA alegria de servir
A alegria de servir
 
Apresentação da Doutrina Espírita e do Livro dos Espíritos.pptx
Apresentação da Doutrina Espírita e do Livro dos Espíritos.pptxApresentação da Doutrina Espírita e do Livro dos Espíritos.pptx
Apresentação da Doutrina Espírita e do Livro dos Espíritos.pptx
 
Abrindoporta
Abrindoporta Abrindoporta
Abrindoporta
 
Abrindo a Porta
Abrindo a PortaAbrindo a Porta
Abrindo a Porta
 
Abrindo Portas
Abrindo PortasAbrindo Portas
Abrindo Portas
 
Abrindo Portas
Abrindo PortasAbrindo Portas
Abrindo Portas
 
1.1 Abrindo Portas
1.1  Abrindo Portas1.1  Abrindo Portas
1.1 Abrindo Portas
 
1.1 Abrindo Portas
1.1  Abrindo Portas1.1  Abrindo Portas
1.1 Abrindo Portas
 
Abrindoporta
AbrindoportaAbrindoporta
Abrindoporta
 
Abrindoportas
AbrindoportasAbrindoportas
Abrindoportas
 
Evangeliza - Bem-Aventuranças - O Sermão da Montanha
Evangeliza - Bem-Aventuranças - O Sermão da MontanhaEvangeliza - Bem-Aventuranças - O Sermão da Montanha
Evangeliza - Bem-Aventuranças - O Sermão da Montanha
 
Bem aventurados os pobres de espiritos- Missão do homem inteligente na terra
Bem aventurados os pobres de espiritos- Missão do homem inteligente na terraBem aventurados os pobres de espiritos- Missão do homem inteligente na terra
Bem aventurados os pobres de espiritos- Missão do homem inteligente na terra
 
2022_09_20-a-paz-do-cristo-e-a-paz-do-mundo-06-set-2022.pdf
2022_09_20-a-paz-do-cristo-e-a-paz-do-mundo-06-set-2022.pdf2022_09_20-a-paz-do-cristo-e-a-paz-do-mundo-06-set-2022.pdf
2022_09_20-a-paz-do-cristo-e-a-paz-do-mundo-06-set-2022.pdf
 
Reforma intima aula 2
Reforma intima aula 2Reforma intima aula 2
Reforma intima aula 2
 
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros capitulo 01 Renovação
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros   capitulo 01 RenovaçãoEstudando com Andre Luiz - Os Mensageiros   capitulo 01 Renovação
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros capitulo 01 Renovação
 

Mais de Maivo falcão

A terra espera pela sua semente
A terra espera pela sua sementeA terra espera pela sua semente
A terra espera pela sua semente
Maivo falcão
 
A vida 9
A vida 9A vida 9
A vida 9
Maivo falcão
 
Comunhão de almas
Comunhão de almasComunhão de almas
Comunhão de almas
Maivo falcão
 
A raiz e a flor
A raiz e a florA raiz e a flor
A raiz e a flor
Maivo falcão
 
A prece de meimei(gilberto)
A prece de meimei(gilberto)A prece de meimei(gilberto)
A prece de meimei(gilberto)
Maivo falcão
 
A harmonia da_cor_verde
A harmonia da_cor_verdeA harmonia da_cor_verde
A harmonia da_cor_verde
Maivo falcão
 
Paysages de la crète vu
 Paysages de la crète   vu Paysages de la crète   vu
Paysages de la crète vuMaivo falcão
 
Pintura e reflexo
Pintura e reflexoPintura e reflexo
Pintura e reflexo
Maivo falcão
 
Arte de ouvir
Arte de ouvirArte de ouvir
Arte de ouvir
Maivo falcão
 
As chuvas dos olhos
As chuvas dos olhosAs chuvas dos olhos
As chuvas dos olhos
Maivo falcão
 
Desapego familiar (hammed)
Desapego familiar (hammed)Desapego familiar (hammed)
Desapego familiar (hammed)
Maivo falcão
 
Sinto cheiro de_deus
Sinto cheiro de_deusSinto cheiro de_deus
Sinto cheiro de_deus
Maivo falcão
 
Allan kardec
Allan kardecAllan kardec
Allan kardec
Maivo falcão
 
A vida dentro do coracao
A vida dentro do coracaoA vida dentro do coracao
A vida dentro do coracao
Maivo falcão
 
Pra você
Pra vocêPra você
Pra você
Maivo falcão
 
Precisamos uns dos_outros
Precisamos uns dos_outrosPrecisamos uns dos_outros
Precisamos uns dos_outros
Maivo falcão
 
Novos dias
Novos diasNovos dias
Novos dias
Maivo falcão
 
Conselhos apaixonados
Conselhos apaixonadosConselhos apaixonados
Conselhos apaixonados
Maivo falcão
 
Desestressar
DesestressarDesestressar
Desestressar
Maivo falcão
 

Mais de Maivo falcão (20)

A terra espera pela sua semente
A terra espera pela sua sementeA terra espera pela sua semente
A terra espera pela sua semente
 
A vida 9
A vida 9A vida 9
A vida 9
 
Comunhão de almas
Comunhão de almasComunhão de almas
Comunhão de almas
 
A raiz e a flor
A raiz e a florA raiz e a flor
A raiz e a flor
 
A prece de meimei(gilberto)
A prece de meimei(gilberto)A prece de meimei(gilberto)
A prece de meimei(gilberto)
 
A harmonia da_cor_verde
A harmonia da_cor_verdeA harmonia da_cor_verde
A harmonia da_cor_verde
 
6 désert magique
6 désert magique6 désert magique
6 désert magique
 
Paysages de la crète vu
 Paysages de la crète   vu Paysages de la crète   vu
Paysages de la crète vu
 
Pintura e reflexo
Pintura e reflexoPintura e reflexo
Pintura e reflexo
 
Arte de ouvir
Arte de ouvirArte de ouvir
Arte de ouvir
 
As chuvas dos olhos
As chuvas dos olhosAs chuvas dos olhos
As chuvas dos olhos
 
Desapego familiar (hammed)
Desapego familiar (hammed)Desapego familiar (hammed)
Desapego familiar (hammed)
 
Sinto cheiro de_deus
Sinto cheiro de_deusSinto cheiro de_deus
Sinto cheiro de_deus
 
Allan kardec
Allan kardecAllan kardec
Allan kardec
 
A vida dentro do coracao
A vida dentro do coracaoA vida dentro do coracao
A vida dentro do coracao
 
Pra você
Pra vocêPra você
Pra você
 
Precisamos uns dos_outros
Precisamos uns dos_outrosPrecisamos uns dos_outros
Precisamos uns dos_outros
 
Novos dias
Novos diasNovos dias
Novos dias
 
Conselhos apaixonados
Conselhos apaixonadosConselhos apaixonados
Conselhos apaixonados
 
Desestressar
DesestressarDesestressar
Desestressar
 

Construindo paz

  • 1. Construindo a Paz Apresentação disponível em www.searadomestre.com.br Adriana Pizzutti dos Santos
  • 2. “Naqueles dias saiu um decreto da parte de César Augusto, para que todo o mundo fosse recenseado...” Lc,2:1
  • 3. “Glória a Deus nas maiores alturas, e paz na terra entre os homens de boa vontade.” Lc, 2:14
  • 4. “Vive-se, na atualidade, os dias de descontrole emocional e espiritual na Terra. O tumulto desenfreado invade quase todas as áreas do comportamento humano e da convivência social.” e Med o cia An siedad ianç a icê n onf d Desc M ale Relacionamento sem afetividade real Avareza Animosidade “Trata-se de uma guerra não declarada, cujos efeitos perniciosos atemorizam a sociedade.” Entrega-te a Deus Joanna de Ângelis/Divaldo Franco
  • 5. “São as brigas internas, quando a alma está indisposta consigo mesma, as principais responsáveis pela beligerância que explode, atormentando a vida, ceifando corpos, espalhando luto e aflições” A carta magna da paz Camilo/ Raul Teixeira
  • 6. “Reflete na importância de tua própria imorta- lidade e recorda, onde estejas, que a paz de teu ambiente começa invariavelmente de ti”. Rumo Certo Emmanuel/Francisco C. Xavier
  • 7. A carta magna da paz “Senhor faze de mim um instrumento da tua paz.” A carta magna da paz Camilo/Raul Teixeira
  • 8. “O pacifismo é um movimento que se origina no imo do ser humano e se exterioriza em forma de justiça social, harmonia espiritual, equilíbrio moral.” Diretrizes para o êxito Joanna de Ângelis /Divaldo P. Franco
  • 9. Estamos “em obras” Projeto Limpeza do terreno Fundações Paredes Cobertura
  • 10. “Não penseis que eu tenha vindo trazer paz à Terra; não vim trazer a paz, mas a espada; por- quanto vim separar de seu pai o filho, de sua mãe a filha, de sua sogra a nora.” Mt, 10:34-35
  • 11. “...Seu pensamento era este: "Não creais que a minha doutrina se estabeleça pacificamente; ela trará lutas sangrentas, tendo por pretexto o meu nome, porque os homens não me terão compreendido, ou não me terão querido compreender.” O Evangelho segundo o Espiritismo –Cap.23 item 16 Allan Kardec
  • 12. Paz O projeto “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou. Eu não vos dou como o mundo a dá.” João 14:27
  • 13. “Na expressão comum, ter paz significa haver atingido garantias exteriores... Rodeando-se o homem de servidores, apodrecendo na ociosi-dade e ausentando-se dos movimentos da vida. Jesus não poderia endossar tranquilidade desse jaez*...” Caminho, verdade e vida Emmanuel/Francisco C. Xavier * Gênero
  • 14. A paz do Cristo e a paz do mundo “É indispensável não confundir a paz do mundo com a paz do Cristo... O mundo consegue proporcionar muitos acordos e arranjos nesse terreno, mas somente o Senhor pode outorgar ao Espírito a paz verdadeira...” Vinha de luz Emmanuel/Francisco C. Xavier
  • 15. “Amarás o senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, com toda a tua força e com toda a tua mente; e o teu próximo como a ti mesmo.” Lc, 10:27
  • 16. Limpando o terreno “...Pesquisai a origem desses acessos de demência passageira que vos assemelham ao bruto, fazendo-vos perder o sangue frio e a razão; pesquisai e, quase sempre, deparareis com o orgulho ferido...” O Evangelho segundo o Espiritismo- Cap. IX, item 9 Um Espírito protetor. Bordeaux, 1863
  • 17. O orgulho Induz a julgar-vos mais do que sois; A não suportardes uma comparação que vos possa rebaixar; A vos considerardes... Tão acima dos vossos irmãos... Que o menor paralelo vos irrita e aborrece; É o principal responsável pela cólera. Humildade
  • 18. Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos Céus. Mt, 5:3
  • 19. “A humildade é consequência natural do entendimento humano acerca da inutilidade do poder temporal e das ostentações de toda ordem... Fazendo com que o humilde se volte à conquista de si mesmo.” Educação dos sentimentos Jason de Camargo
  • 20. Construindo as fundações "Amar o próximo como a si mesmo: fazer pelos outros o que quereríamos que os outros fizessem por nós, é a expressão mais completa da caridade...” O Evangelho segundo o Espiritismo- Cap. XI, item 4 Allan Kardec
  • 21. Erguendo as paredes “Benevolência para com todos, indulgência para as imperfeições dos outros, perdão das ofensas.” OLE q. 886
  • 22. “A bondade, João, a bondade! A bondade nos pensamentos, nas palavras, no olhar e nas suas atitudes.” A bondade
  • 23. “A benevolência para com os seus semelhantes, fruto do amor ao próximo, produz a afabilidade e a doçura, que lhe são as formas de manifestar- se...” O Evangelho segundo o Espiritismo- Cap. IX, item 6 Lázaro. Paris, 1861.
  • 24. Efeitos da bondade Harmonizar ambientes; Pacificar a fome espiri- tual; Estabelecer o equilíbrio da sociedade; Iluminar o nosso cora- ção; Minorar o sofrimento de muitos. Educação dos sentimentos Jason de Camargo
  • 25. “Para o trato com indulgência, a compreensão se lhe torna verdadeira sino-nímia... É saber compreender as razões, os motivos de uns e de outros...” Compreensão A carta magna da paz Camilo/ Raul Teixeira
  • 26. “Senhor, fazei que eu procure mais compreender do que ser compreendido”
  • 27. “Então, aproximando-se Pedro, disse-lhe: Senhor, quantas vezes perdoarei a meu ir- mão, quando houver pecado contra mim? Até sete vezes? “Jesus lhe diz: Não te digo que até sete, mas até setenta vezes sete.” Mt, 18: 21-22 Perdão
  • 28. “...Não vos aflijais, pois, quando sofrerdes; antes, bendizei de Deus onipotente... Sede pacientes...” Paciência O Evangelho segundo o Espiritismo- Cap. IX, item 7 Um Espírito amigo. Havre, 1862.
  • 29. A paciência Conviver com os desafios da vida mantendo o controle emocional; Persistir em uma atividade difícil tranquila- mente; Esperar o melhor momento para certas atitudes; Aguardar em paz a compreensão que ainda não se tenha obtido; Ouvir com calma, com atenção, sem ter pressa...
  • 30. “A doutrina de Jesus ensina... A obediência e a resignação. A obediência é o consentimento da razão; a resignação é o consentimento do coração. Forças ativas ambas, porquanto carregam o fardo das provações que a revolta insensata deixa cair...” O Evangelho segundo o Espiritismo- Cap. IX, item 8 Lázaro. Paris, 1863.
  • 31. “... A cada um segundo as suas obras”. Mt, 16:27
  • 32. A cobertura “O ideal da paz é inerente a todos os seres humanos, que o devem ampliar por meio da oração de recolhimento interior, da meditação que renova e revitaliza as energias...” Prece e Meditação Diretrizes para o êxito Joanna de Ângelis/Divaldo Franco
  • 33. Prece “A prece altera positivamente todos os setores da existência: a convivência familiar, o equilíbrio físico... O homem haure os recursos espirituais dinamizando os centros de forças vitais... Entra em contato com entidades espirituais mais nobres e capazes de atenderem aos seus anseios de paz.” Educação dos sentimentos Jason de Camargo
  • 34. Meditação “A meditação é fundamental para acalmar as emoções, aclarar o discernimento e harmonizar os sentimentos.” Momentos de meditação Joanna de Ângelis/Divaldo P. Franco
  • 35. Tornar a mente um instrumento útil ao autoconhecimento e à compreensão das leis divinas; Promover a convivência saudável com os guias espirituais, em especial com nosso Espírito protetor, e a sensibilização em relação à imortalidade e ao nosso propósito reencarnatório; Produzir uma atmosfera fluídica irrigada de vi- brações superiores curativas e balsamizantes que geram bemestar. Educação dos sentimentos Jason de Camargo
  • 36. “Fazei o que eu fazia quando vivi na Terra: ao final do dia interrogava a minha consciência, passava revista ao que fizera e perguntava a mim mesmo... Foi assim que cheguei a me conhecer e a ver o que em mim precisava de reforma... Justo é que se gastem alguns minutos para se conquistar uma felicidade eterna”. Santo Agostinho O Livro dos Espíritos-q. 919-a Allan Kardec
  • 37. Ações para a paz Quando veja alguém em crise de mau humor, ore por ele e busque entender como tratá-lo; Evite discutir, atirar ameaças; Recebe a refeição por benção divina; Usa portas e janelas, sem estrondos brutais;  Não mova objetos de arranco; Foge à gritaria inconveniente. Emmanuel/Francisco C. Xavier Joanes/Raul Teixeira
  • 38. Ações para a paz Faça o possível para não cobrar afeição ou reclamar consideração; Agradeça as coisas mínimas com que seja beneficiado em casa, e seja gentil com os que convivem com você no lar; Busque não agredir com palavras ferinas ou com silêncios gelados aqueles que se põe à sua volta na luta doméstica. Vereda familiar Thereza de Brito/Raul Teixeira
  • 39. Ações para a paz Aceite a existência conforme foi programada; Auxilie a todos sem absorver-lhes as responsabilidades; Ame os familiares sem querê-los como objetos; Não se iluda em querer mudar as pessoas; Ferido, esqueça; Respeite os pontos de vista contrários aos seus; Respeite a fé dos outros. Reformador/Dezembro 2004 Adésio Alves Machado
  • 40. Música: Construindo a paz Autor: Jonas Demeneghi Imagens: Internet
  • 41.
  • 42.
  • 43. Um sorriso, um carinho, uma oração Gotas de luz rompendo a escuridão Sementes da paz germinando em cada coração Com paciência e ação Um esforço a mais, um gesto de paz Numa corrente de amor que não se desfaz Vamos construindo, construindo a paz Com coragem pra mudar Humildade pra espalhar a palavra de Jesus Inundando o coração, transbordando a emoção De estar mais perto de Deus Com coragem vamos alcançar a paz Construindo a paz
  • 44. Um sorriso, um carinho, uma oração Gotas de luz rompendo a escuridão
  • 45. Sementes da paz germinando em cada coração Com paciência e ação
  • 46. Um esforço a mais, um gesto de paz Numa corrente de amor que não se desfaz Vamos construindo, construindo a paz
  • 47. Com coragem pra mudar Humildade pra espalhar a palavra de Jesus
  • 48. Inundando o coração, transbordando a emoção De estar mais perto de Deus
  • 49. Com coragem vamos alcançar a paz Construindo a paz
  • 50. “Bem aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra .” Mt, 5:5 “Bem aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus.” Mt, 5:9