SlideShare uma empresa Scribd logo
Ciências
   Naturais:
Estudam fatos simples, fenômenos recorrentes e
  sincrônicos, facilmente isoláveis, reproduzidos
  dentro de condições de controle, num laboratório

   Sociais ou humanas:

Estudam fenômenos complexos, situados em planos
  de causalidade e determinação complicados
Ciências Sociais
A matéria-prima são eventos com determinações
  complicadas, que podem ocorrer em ambientes
  diferenciados, podendo mudar seu significado de
  acordo com o ator, as relações e contextos
  específicos
 São fatos que podem ser observados, mas não
  podem ser reproduzidos
 São eventos históricos e apresentados de modo
  descritivo e narrativo, nunca na forma de uma
  experiência
 Reconstruções do cientista social são parciais,
  mediados pela sua posição social, educação,
  interesses, preconceitos
Características importantes das
            ciências sociais
   O problema é COMO observar um fenômeno

   O objeto de estudo das ciências sociais possui
    consciência histórica

   Identidade entre sujeito e objeto

   Apesar das diferenças e por causa delas, nos
    reconhecemos nos outros

   O objeto das ciências sociais é essencialmente
    qualitativo
Antropologia
   Procede comparando outras sociedades com seu
    próprio modo de vida, relativiza seu próprio
    sistema e o coloca em relação com sistemas
    diferentes
   Contraste e distância, lhe permitem tomar
    consciência de nosso sistema
   Une o universal com o particular: comparação
    relacional e relativizadora
   Reflexividade e crítica
Ramos da antropologia
   Antropologia biológica: o homem enquanto ser
    biológico, estuda a diferenciação de populações
   Arqueologia: estudo do homem no passado,
    reconstrução através dos monumentos, restos de
    moradas, documentos, artefatos materiais,
    instrumentos, obras de arte etc
   Linguística: estudo das línguas
   Antropologia social
Antropologia social
   O estudo do homem enquanto produtor e
    transformador da natureza
   Enquanto membro de uma sociedade e de um
    dado sistema de valores
   Enquanto um ser que usa a linguagem, mas
    também tem consciência da linguagem
   Dimensão da cultura e da sociedade: contra a
    visão instrumentalista das obras humanas
  Noção de adaptação complexa:
relações com a natureza podem seguir
diferentes caminhos e respostas

   A cultura não é uma resposta instrumental
    aos desafios da natureza
   As culturas nascem de uma dialética
    complexa
   Plasticidade e variabilidade humanas
O social

   Plano dotado de realidade, regras e de
    uma dinâmica própria
   Emile Durkheim: estudo do social como
    uma “coisa”, isto é, um fato capaz de
    exercer coerção externa e que tem uma
    realidade própria

   Crítica à percepção instrumentalista ou
    utilitarista das regras e instituições sociais:
    o teatro da origem do homem
   O homem como indivíduo é uma invenção
    ocidental

   Não deve-se deixar de lado as sociedades
    e culturas e sua diversidade

   A ação humana não deve ser reduzida a
    fatores genéticos ou fatores ambientais
    externos
   O social é tudo aquilo que independe da
    natureza interna (genética) ou externa
    (fatores ambientais, naturais)
   Envolve fatos que não são explicados por
    estes fatores, sendo mais adequadamente
    tratados quando são estudados uns em
    relação aos outros
   Plano capaz de formar-se a si próprio,
    tendo suas próprias regras

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A antropologia social
A antropologia socialA antropologia social
A antropologia social
Kaio Maluf
 
Antropologia e educação :o sentido da etnografia
Antropologia e educação :o sentido da etnografiaAntropologia e educação :o sentido da etnografia
Antropologia e educação :o sentido da etnografia
Laís Maíne
 
A antropologia
A antropologiaA antropologia
A antropologia
lukinha10
 
Cap 1 introdução
Cap 1 introduçãoCap 1 introdução
Cap 1 introdução
Joao Balbi
 
Antropologia contemporânea cap 10
Antropologia contemporânea cap 10Antropologia contemporânea cap 10
Antropologia contemporânea cap 10
mundissa
 
Antropologia cultural
Antropologia culturalAntropologia cultural
Antropologia cultural
Genito Paulo Rui
 
Antropologia introdução
Antropologia introduçãoAntropologia introdução
Antropologia introdução
Flávia De Mattos Motta
 
Antropologia e Educação
Antropologia e EducaçãoAntropologia e Educação
Antropologia e Educação
Clarim Natal
 
Cap 8 antropologia social
Cap 8 antropologia socialCap 8 antropologia social
Cap 8 antropologia social
Joao Balbi
 
Antropologia: conceitos basicos
 Antropologia: conceitos basicos Antropologia: conceitos basicos
Antropologia: conceitos basicos
Flávia De Mattos Motta
 
Antropologia
AntropologiaAntropologia
Antropologia
Andreia Mello
 
Antropologia e Evolucionismo Social
Antropologia e Evolucionismo SocialAntropologia e Evolucionismo Social
Antropologia e Evolucionismo Social
Unichristus Centro Universitário
 
Cempi – aula antropologia cultural 1
Cempi – aula antropologia cultural  1Cempi – aula antropologia cultural  1
Cempi – aula antropologia cultural 1
Geani Pedrosa
 
Cap 4 antropologia cultural
Cap 4 antropologia culturalCap 4 antropologia cultural
Cap 4 antropologia cultural
Joao Balbi
 
Antropologia da Comunicação
Antropologia da ComunicaçãoAntropologia da Comunicação
Antropologia da Comunicação
Daniel Buchmann
 
Antropologia cultural
Antropologia culturalAntropologia cultural
Antropologia cultural
Andressa Joao Bidoia
 
Antropologia 2.011.1
Antropologia   2.011.1Antropologia   2.011.1
Antropologia 2.011.1
MarcoAMuniz
 
Conceito e origem da antropologia
Conceito e origem da antropologiaConceito e origem da antropologia
Conceito e origem da antropologia
Arare Carvalho Júnior
 

Mais procurados (18)

A antropologia social
A antropologia socialA antropologia social
A antropologia social
 
Antropologia e educação :o sentido da etnografia
Antropologia e educação :o sentido da etnografiaAntropologia e educação :o sentido da etnografia
Antropologia e educação :o sentido da etnografia
 
A antropologia
A antropologiaA antropologia
A antropologia
 
Cap 1 introdução
Cap 1 introduçãoCap 1 introdução
Cap 1 introdução
 
Antropologia contemporânea cap 10
Antropologia contemporânea cap 10Antropologia contemporânea cap 10
Antropologia contemporânea cap 10
 
Antropologia cultural
Antropologia culturalAntropologia cultural
Antropologia cultural
 
Antropologia introdução
Antropologia introduçãoAntropologia introdução
Antropologia introdução
 
Antropologia e Educação
Antropologia e EducaçãoAntropologia e Educação
Antropologia e Educação
 
Cap 8 antropologia social
Cap 8 antropologia socialCap 8 antropologia social
Cap 8 antropologia social
 
Antropologia: conceitos basicos
 Antropologia: conceitos basicos Antropologia: conceitos basicos
Antropologia: conceitos basicos
 
Antropologia
AntropologiaAntropologia
Antropologia
 
Antropologia e Evolucionismo Social
Antropologia e Evolucionismo SocialAntropologia e Evolucionismo Social
Antropologia e Evolucionismo Social
 
Cempi – aula antropologia cultural 1
Cempi – aula antropologia cultural  1Cempi – aula antropologia cultural  1
Cempi – aula antropologia cultural 1
 
Cap 4 antropologia cultural
Cap 4 antropologia culturalCap 4 antropologia cultural
Cap 4 antropologia cultural
 
Antropologia da Comunicação
Antropologia da ComunicaçãoAntropologia da Comunicação
Antropologia da Comunicação
 
Antropologia cultural
Antropologia culturalAntropologia cultural
Antropologia cultural
 
Antropologia 2.011.1
Antropologia   2.011.1Antropologia   2.011.1
Antropologia 2.011.1
 
Conceito e origem da antropologia
Conceito e origem da antropologiaConceito e origem da antropologia
Conceito e origem da antropologia
 

Semelhante a Antropologia e educação I - Aula 23/03/2012

Etnometodologia parte II - COULON
Etnometodologia parte II - COULONEtnometodologia parte II - COULON
Etnometodologia parte II - COULON
Raquel Salcedo Gomes
 
01 - O que é Sociologia
01 - O que é Sociologia01 - O que é Sociologia
01 - O que é Sociologia
Claudio Henrique Ramos Sales
 
Introduzindo a sociologia.ppt
Introduzindo a sociologia.pptIntroduzindo a sociologia.ppt
Introduzindo a sociologia.ppt
HellenOliveira68
 
Cap. 8 antrop
Cap. 8 antropCap. 8 antrop
Cap. 8 antrop
roberto mosca junior
 
Antropologia
AntropologiaAntropologia
Antropologia
Ingrid Abreu
 
Relativizando- da matta
Relativizando- da matta Relativizando- da matta
Relativizando- da matta
slidesdetrabalho
 
Apostila de sociologia para o 1º ano ensino médio
Apostila de sociologia para o 1º ano ensino médioApostila de sociologia para o 1º ano ensino médio
Apostila de sociologia para o 1º ano ensino médio
MARISE VON FRUHAUF HUBLARD
 
Texto 7 homem em movimento
Texto 7 homem em movimentoTexto 7 homem em movimento
Texto 7 homem em movimento
Psicologia_2015
 
Antropologia.
Antropologia.Antropologia.
Antropologia.
roberto mosca junior
 
3EM_Aula 1 - Sociologia uma ciência da sociedade.pptx
3EM_Aula 1 - Sociologia uma ciência da sociedade.pptx3EM_Aula 1 - Sociologia uma ciência da sociedade.pptx
3EM_Aula 1 - Sociologia uma ciência da sociedade.pptx
SamaraDosSantosCarva1
 
A sociologia alemã max weber
A sociologia alemã   max weberA sociologia alemã   max weber
A sociologia alemã max weber
mundica broda
 
A sociologia alemã max weber
A sociologia alemã   max weberA sociologia alemã   max weber
A sociologia alemã max weber
mundica broda
 
Correntes teórico metodológicas do Serviço Social
Correntes teórico metodológicas do Serviço SocialCorrentes teórico metodológicas do Serviço Social
Correntes teórico metodológicas do Serviço Social
Carol Alves
 
A sociologia alemã max weber
A sociologia alemã   max weberA sociologia alemã   max weber
A sociologia alemã max weber
Colegio GGE
 
Cap 26 filosofia - 3 bimestre ensino médio.pdf
Cap 26 filosofia - 3 bimestre ensino médio.pdfCap 26 filosofia - 3 bimestre ensino médio.pdf
Cap 26 filosofia - 3 bimestre ensino médio.pdf
ValdineyRodriguesBez1
 
Apostila de sociologia - Volume 1 (1° ano do EM)
Apostila de sociologia - Volume 1 (1° ano do EM)Apostila de sociologia - Volume 1 (1° ano do EM)
Apostila de sociologia - Volume 1 (1° ano do EM)
Matheus Alves
 
Metodologia
MetodologiaMetodologia
Metodologia
Paulo Gomes
 
Slide de Antropologia - Antropologia da Alimentação
Slide de Antropologia - Antropologia da AlimentaçãoSlide de Antropologia - Antropologia da Alimentação
Slide de Antropologia - Antropologia da Alimentação
SilviaSales6
 
Método Psicologia
Método PsicologiaMétodo Psicologia
Método Psicologia
Jorge Barbosa
 
Sociologia da experiencia
Sociologia da experienciaSociologia da experiencia
Sociologia da experiencia
Leonara Margotto Tartaglia
 

Semelhante a Antropologia e educação I - Aula 23/03/2012 (20)

Etnometodologia parte II - COULON
Etnometodologia parte II - COULONEtnometodologia parte II - COULON
Etnometodologia parte II - COULON
 
01 - O que é Sociologia
01 - O que é Sociologia01 - O que é Sociologia
01 - O que é Sociologia
 
Introduzindo a sociologia.ppt
Introduzindo a sociologia.pptIntroduzindo a sociologia.ppt
Introduzindo a sociologia.ppt
 
Cap. 8 antrop
Cap. 8 antropCap. 8 antrop
Cap. 8 antrop
 
Antropologia
AntropologiaAntropologia
Antropologia
 
Relativizando- da matta
Relativizando- da matta Relativizando- da matta
Relativizando- da matta
 
Apostila de sociologia para o 1º ano ensino médio
Apostila de sociologia para o 1º ano ensino médioApostila de sociologia para o 1º ano ensino médio
Apostila de sociologia para o 1º ano ensino médio
 
Texto 7 homem em movimento
Texto 7 homem em movimentoTexto 7 homem em movimento
Texto 7 homem em movimento
 
Antropologia.
Antropologia.Antropologia.
Antropologia.
 
3EM_Aula 1 - Sociologia uma ciência da sociedade.pptx
3EM_Aula 1 - Sociologia uma ciência da sociedade.pptx3EM_Aula 1 - Sociologia uma ciência da sociedade.pptx
3EM_Aula 1 - Sociologia uma ciência da sociedade.pptx
 
A sociologia alemã max weber
A sociologia alemã   max weberA sociologia alemã   max weber
A sociologia alemã max weber
 
A sociologia alemã max weber
A sociologia alemã   max weberA sociologia alemã   max weber
A sociologia alemã max weber
 
Correntes teórico metodológicas do Serviço Social
Correntes teórico metodológicas do Serviço SocialCorrentes teórico metodológicas do Serviço Social
Correntes teórico metodológicas do Serviço Social
 
A sociologia alemã max weber
A sociologia alemã   max weberA sociologia alemã   max weber
A sociologia alemã max weber
 
Cap 26 filosofia - 3 bimestre ensino médio.pdf
Cap 26 filosofia - 3 bimestre ensino médio.pdfCap 26 filosofia - 3 bimestre ensino médio.pdf
Cap 26 filosofia - 3 bimestre ensino médio.pdf
 
Apostila de sociologia - Volume 1 (1° ano do EM)
Apostila de sociologia - Volume 1 (1° ano do EM)Apostila de sociologia - Volume 1 (1° ano do EM)
Apostila de sociologia - Volume 1 (1° ano do EM)
 
Metodologia
MetodologiaMetodologia
Metodologia
 
Slide de Antropologia - Antropologia da Alimentação
Slide de Antropologia - Antropologia da AlimentaçãoSlide de Antropologia - Antropologia da Alimentação
Slide de Antropologia - Antropologia da Alimentação
 
Método Psicologia
Método PsicologiaMétodo Psicologia
Método Psicologia
 
Sociologia da experiencia
Sociologia da experienciaSociologia da experiencia
Sociologia da experiencia
 

Mais de ozgauche

Ppp mar
Ppp marPpp mar
Ppp mar
ozgauche
 
Apresentação2
Apresentação2Apresentação2
Apresentação2
ozgauche
 
Apresentação2
Apresentação2Apresentação2
Apresentação2
ozgauche
 
O que é IPHAN
O que é IPHANO que é IPHAN
O que é IPHAN
ozgauche
 
teste
testeteste
teste
ozgauche
 
Escola cultura e personalidade
Escola cultura e personalidadeEscola cultura e personalidade
Escola cultura e personalidade
ozgauche
 
Determinismo biológico e geográfico (03/04/2012)
Determinismo biológico e geográfico (03/04/2012)Determinismo biológico e geográfico (03/04/2012)
Determinismo biológico e geográfico (03/04/2012)
ozgauche
 
Determinismo biológico e geográfico (03/04/2012)
Determinismo biológico e geográfico (03/04/2012)Determinismo biológico e geográfico (03/04/2012)
Determinismo biológico e geográfico (03/04/2012)
ozgauche
 

Mais de ozgauche (8)

Ppp mar
Ppp marPpp mar
Ppp mar
 
Apresentação2
Apresentação2Apresentação2
Apresentação2
 
Apresentação2
Apresentação2Apresentação2
Apresentação2
 
O que é IPHAN
O que é IPHANO que é IPHAN
O que é IPHAN
 
teste
testeteste
teste
 
Escola cultura e personalidade
Escola cultura e personalidadeEscola cultura e personalidade
Escola cultura e personalidade
 
Determinismo biológico e geográfico (03/04/2012)
Determinismo biológico e geográfico (03/04/2012)Determinismo biológico e geográfico (03/04/2012)
Determinismo biológico e geográfico (03/04/2012)
 
Determinismo biológico e geográfico (03/04/2012)
Determinismo biológico e geográfico (03/04/2012)Determinismo biológico e geográfico (03/04/2012)
Determinismo biológico e geográfico (03/04/2012)
 

Antropologia e educação I - Aula 23/03/2012

  • 1. Ciências  Naturais: Estudam fatos simples, fenômenos recorrentes e sincrônicos, facilmente isoláveis, reproduzidos dentro de condições de controle, num laboratório  Sociais ou humanas: Estudam fenômenos complexos, situados em planos de causalidade e determinação complicados
  • 2. Ciências Sociais A matéria-prima são eventos com determinações complicadas, que podem ocorrer em ambientes diferenciados, podendo mudar seu significado de acordo com o ator, as relações e contextos específicos  São fatos que podem ser observados, mas não podem ser reproduzidos  São eventos históricos e apresentados de modo descritivo e narrativo, nunca na forma de uma experiência  Reconstruções do cientista social são parciais, mediados pela sua posição social, educação, interesses, preconceitos
  • 3. Características importantes das ciências sociais  O problema é COMO observar um fenômeno  O objeto de estudo das ciências sociais possui consciência histórica  Identidade entre sujeito e objeto  Apesar das diferenças e por causa delas, nos reconhecemos nos outros  O objeto das ciências sociais é essencialmente qualitativo
  • 4. Antropologia  Procede comparando outras sociedades com seu próprio modo de vida, relativiza seu próprio sistema e o coloca em relação com sistemas diferentes  Contraste e distância, lhe permitem tomar consciência de nosso sistema  Une o universal com o particular: comparação relacional e relativizadora  Reflexividade e crítica
  • 5. Ramos da antropologia  Antropologia biológica: o homem enquanto ser biológico, estuda a diferenciação de populações  Arqueologia: estudo do homem no passado, reconstrução através dos monumentos, restos de moradas, documentos, artefatos materiais, instrumentos, obras de arte etc  Linguística: estudo das línguas  Antropologia social
  • 6. Antropologia social  O estudo do homem enquanto produtor e transformador da natureza  Enquanto membro de uma sociedade e de um dado sistema de valores  Enquanto um ser que usa a linguagem, mas também tem consciência da linguagem  Dimensão da cultura e da sociedade: contra a visão instrumentalista das obras humanas
  • 7.  Noção de adaptação complexa: relações com a natureza podem seguir diferentes caminhos e respostas  A cultura não é uma resposta instrumental aos desafios da natureza  As culturas nascem de uma dialética complexa  Plasticidade e variabilidade humanas
  • 8. O social  Plano dotado de realidade, regras e de uma dinâmica própria  Emile Durkheim: estudo do social como uma “coisa”, isto é, um fato capaz de exercer coerção externa e que tem uma realidade própria  Crítica à percepção instrumentalista ou utilitarista das regras e instituições sociais: o teatro da origem do homem
  • 9. O homem como indivíduo é uma invenção ocidental  Não deve-se deixar de lado as sociedades e culturas e sua diversidade  A ação humana não deve ser reduzida a fatores genéticos ou fatores ambientais externos
  • 10. O social é tudo aquilo que independe da natureza interna (genética) ou externa (fatores ambientais, naturais)  Envolve fatos que não são explicados por estes fatores, sendo mais adequadamente tratados quando são estudados uns em relação aos outros  Plano capaz de formar-se a si próprio, tendo suas próprias regras