SlideShare uma empresa Scribd logo
ANTIGÜIDADE CLÁSSICA
                             A GRÉCIA
      1 – CARACTERÍSTICAS GERAIS:
      • Território acidentado;
         – Desenvolvimento do comércio e navegação;
         – Descentralização política (Cidade-Estado);
      • Modo de produção escravista;
      • Contribuições nas artes, ciências e filosofia (formadores da
        CULTURA OCIDENTAL).
      2 – FASES DA HISTÓRIA:
      • Período Pré-Homérico (2800 – 1100 a.C.) – povoamento da
        Grécia.
      • Período Homérico (1100 – 800 a.C) – poemas Ilíada e Odisséia.


iair@pop.com.br                                               Prof. Iair
ANTIGÜIDADE CLÁSSICA
                             A GRÉCIA

  • Período Arcaico (800 – 500 a.C) – formação da pólis (cidade-
    Estado).
  • Período Clássico (500 – 336 a.C) – auge da pólis.
  • Período Helenístico (336 – 146 a.C) – decadência da pólis/
    domínio Macedônico.
  3 – PERÍODO PRÉ-HOMÉRICO:
  • Civilização Creto-Micênica (cretenses + aqueus);
  • Cretenses: comércio marítimo, talassocracia (poder nas mãos de
     elite comerciante), escrita silábica (Linear A e Linear B),
     destaque para as mulheres;
  • Micênicos: Grécia Continental – aqueus. Conquistaram os
     cretenses, porém assimilaram alguns de seus valores culturais;


iair@pop.com.br                                             Prof. Iair
ANTIGÜIDADE CLÁSSICA
                            A GRÉCIA
  • Instalação dos vários povos que formaram a Civilização Grega:
     – Aqueus, Eólios, Jônios e Dórios (violência);
     – 1ª Diáspora (Ilhas do Mar Egeu e Ásia Menor) – formação de
       colônias.




iair@pop.com.br                                           Prof. Iair
ANTIGÜIDADE CLÁSSICA
                             A GRÉCIA
 4 – PERÍODO HOMÉRICO:
 • Ausência de registros escritos (poemas épicos Ilíada e Odisséia);
 • GENOS – Organização básica familiar
    – Pater = líder;
    – Hierarquia = parentesco com Pater;
    – Propriedade coletiva;
 • Aumento da população dos genos e do consumo = em guerras;
 • União de GENOS = FRÁTRIAS;
 • União de FRÁTRIAS = TRIBOS;
 • União de TRIBOS = DEMOS (povo) – base da PÓLIS grega;
    - Líder: Basileu (rei).



iair@pop.com.br                                              Prof. Iair
ANTIGÜIDADE CLÁSSICA
                            A GRÉCIA
  • Nova configuração social:


                EUPÁTRIDAS (bem nascidos) – melhores terras

                  GEORGÓIS (pequenos agricultores) – piores terras

                      THETAS (marginalizados) – sem terras
  • Necessidade de terras provoca 2ª diáspora (Mediterrâneo
    Ocidental) – Magna Grécia e Ibéria.




iair@pop.com.br                                               Prof. Iair
ANTIGÜIDADE CLÁSSICA
                              A GRÉCIA
 5 – PERÍODO ARCAICO:
 • Consolidação das
    Cidades-Estado (Pólis);
 • Evolução geral das
    póleis:
     – Monarquia
     – Oligarquia
     – Tirania
     – Democracia.




iair@pop.com.br                          Prof. Iair
ANTIGÜIDADE CLÁSSICA
                             A GRÉCIA
 • ESPARTA – modelo oligárquico.
    – Península do Peloponeso;
    – Sinecismo (união) de tribos dórias;
    – Militarismo acentuado (cidadãos-soldados; Licurgo);
    – Espartanos ou esparciatas: poder político, religioso e militar
      (cidadania);
    – Periecos: povos dos arredores. Estrangeiros, comerciantes e
      artesãos. Livres mas sem direitos políticos. Submetidos à
      autoridade dos espartanos.
    – Hilotas: servos do Estado. Sem direitos políticos e oprimidos
      pelos espartanos. Camponeses.



iair@pop.com.br                                              Prof. Iair
ANTIGÜIDADE CLÁSSICA
                                A GRÉCIA
           – Estrutura política espartana:
          5 ÉFOROS (Poder Executivo): Eleitos anualmente.


 DIARQUIA (controle do            28 GERONTES (Poder Legislativo):
 exército e religião)             Conselho dos Anciãos (+ de 60 anos)

                                  ASSEMBLÉIA POPULAR (ÁPELA):
 EXÉRCITO: Hoplitas               homens com mais de 30 anos
 (homens entre 18 e 30 anos)

                                  PERIECOS (convocados para o exército)

         HILOTAS (Camponeses submetidos pela força)

           – Educação: voltada para a obediência e aptidão física;
           – Mulheres relativamente valorizadas.

iair@pop.com.br                                                           Prof. Iair
ANTIGÜIDADE CLÁSSICA
                              A GRÉCIA
  • ATENAS: modelo democrático;
     – Ática;
     – Aqueus + Eólios + Jônios;
     – Início oligárquico – controle político dos Eupátridas;
                 » 9 Arcontes – exército, religião e poder judiciário;
                 » Areópago – controle dos arcontes.
     - Aumento do comércio redefine classes sociais:
               EUPÁTRIDAS
                DEMIURGOS (comerciantes e artesãos prósperos)
                GEORGÓIS e THETAS (pequenos agricultores e marginalizados)
                   METECOS (estrangeiros)
                    ESCRAVOS (povos conquistados)



iair@pop.com.br                                                  Prof. Iair
ANTIGÜIDADE CLÁSSICA
                            A GRÉCIA
    – Reformas políticas para atenuar conflitos;
    – DRÁCON (621 a.C): primeiras leis escritas (severas);
    – SÓLON (594 a.C): fim da escravidão por dívidas, divisão
      censitária da sociedade (4 tribos), BULÉ (400 membros),
      ECLÉSIA (Assembléia Popular para aprovar leis da Bulé) e
      HELILEU (tribunal);
    – PSÍSTRATO, HIPARCO e HÍPIAS (561 – 510 a.C): Tiranos.
      Obras públicas para gerar empregos e diminuir atritos.




iair@pop.com.br                                          Prof. Iair
ANTIGÜIDADE CLÁSSICA
                            A GRÉCIA
     – CLÍSTENES (510 a.C) – “pai da democracia”
               » Redivisão social em 10 tribos;
               » Bulé ampliada (500 membros);
               » 10 Arcontes – um por tribo;
               » Eclésia: 6 mil membros, com mais poder;
               » Ostracismo – afastamento temporário da cidade;
               » Estabilidade social e progresso.
     - Mulheres, Metecos e escravos: sem direitos;
     - Cidadãos: Homens, adultos, filhos de pai e mãe atenienses,
       nascidos em Atenas.



iair@pop.com.br                                             Prof. Iair
ANTIGÜIDADE CLÁSSICA
                             A GRÉCIA
 6 – PERÍODO CLÁSSICO:
 • Guerras Médicas (490 – 449 a.C);
     – Gregos* X Persas;
     – Confederação ou Liga de Delos;
     – Supremacia naval e financeira de Atenas;
 • 461 – 429 a.C. (séc V a.C.) – Auge de Atenas;
     - Século de Péricles (Idade de Ouro);
     - Soldo (Misthoy) para exército;
     - Cargos públicos remunerados;
     - Imperialismo com cidades da Liga de Delos;
     - Transferência de recursos financeiros de Delos para Atenas.


iair@pop.com.br                                             Prof. Iair
ANTIGÜIDADE CLÁSSICA
                             A GRÉCIA
 • Guerra do Peloponeso (431 – 404 a.C.)
    - ESPARTA*        X      ATENAS;
    - Crise da democracia e das Cidades-Estado gregas;
    - Breves períodos de preponderância de Esparta e
      posteriormente Tebas.

 7 – PERÍODO HELENÍSTICO:
 • Domínio Macedônico na Grécia;
 • Filipe II (359 – 336 a.C.) – domínio da Grécia;
 • Alexandre (336 – 323 a.C.) – conquistas territoriais amplas (Egito,
    Fenícia, Palestina, Mesopotâmia e Pérsia), fundação de cidades
    (Alexandrias);


iair@pop.com.br                                              Prof. Iair
ANTIGÜIDADE CLÁSSICA
                             A GRÉCIA
  • Após a morte de Alexandre, Império esfacela-se entre disputas
    de generais;




  • Helenismo: fusão da cultura grega com oriental;
     – Artes plásticas – realismo, violência, dor, sensualidade;
     – Ciências – PTOLOMEU (Geocentrismo) e ERASTÓSTENES
       (cálculo da circunferência da Terra);
     – Filosofia – ZENÃO (Estoicismo – aceitação), EPÍCURO
       (Epicurismo – busca do prazer), PIRRO (Ceticismo – não emitir
       julgamentos definitivos. Nada é o que parece).


iair@pop.com.br                                                Prof. Iair
ANTIGÜIDADE CLÁSSICA
                               A GRÉCIA
 8 – A CULTURA GREGA:
 • Teatro: tragédias e comédias. Ar livre, utilização de máscaras e coros,
    atores homens. ÉSQUILO, SÓFOCLES e EURÍPEDES (tragédias) e
    ARISTÓFONES (comédias);
 • História: HERÓDOTO (Guerras Médicas), XENOFONTE e TUCÍDIDES
    (Guerra do Peloponeso);
 • Poesia: HOMERO (Ilíada e Odisséia), PÍNDARO (Jogos Olímpicos);
 • Filosofia: TALES, PITÁGORAS, PROTÁGORAS, SÓCRATES,
    PLATÃO e ARISTÓTELES;
 • Arquitetura: Estilos JÔNICO (elegância, beleza), DÓRICO
    (funcionalidade e peso), CORÍNTIO (luxo, riqueza de detalhes);
 • Escultura: FÍDIAS e MIRÓN
 • Ciências: TALES e PITÁGORAS (mat), HIPÓCRATES (medicina);


iair@pop.com.br                                                 Prof. Iair
ANTIGÜIDADE CLÁSSICA
                                      A GRÉCIA
 • Religião: politeísta e antropomórfica
                                                                         POSÊIDON
                                                                           (águas);




                            HERA               APOLO
                                                (luz);
                     (mulheres e casamento);
       ZEUS
    (principal);        AFRODITE
                   (amor e beleza feminina).
                                                                           ARTÊMIS
                                                                            (caça);

                                                             HERMES
                                               DIONÍSIO    (mensageiro – comércio);
             ATENA                              (vinho);
        (artes e sabedoria);



iair@pop.com.br                                                          Prof. Iair

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A Civilização Grega - 6º Ano (2016)
A Civilização Grega - 6º Ano (2016)A Civilização Grega - 6º Ano (2016)
A Civilização Grega - 6º Ano (2016)
Nefer19
 
ANTIGUIDADE ORIENTAL - CRESCENTE FÉRTIL
ANTIGUIDADE ORIENTAL - CRESCENTE FÉRTILANTIGUIDADE ORIENTAL - CRESCENTE FÉRTIL
ANTIGUIDADE ORIENTAL - CRESCENTE FÉRTIL
Edenilson Morais
 
Grecia Antiga
Grecia Antiga Grecia Antiga
Grecia Antiga
Carlos Zaranza
 
Idade média
Idade médiaIdade média
Idade média
Dirair
 
Civilização Grega
Civilização GregaCivilização Grega
Civilização Grega
Lucio Oliveira
 
Egito Antigo
Egito AntigoEgito Antigo
Egito Antigo
Douglas Barraqui
 
Civilizações da África Antiga
Civilizações da África AntigaCivilizações da África Antiga
Civilizações da África Antiga
Fábio Paiva
 
Antigas civilizações
Antigas civilizações Antigas civilizações
Antigas civilizações
Adail Silva
 
REINOS AFRICANOS
REINOS AFRICANOSREINOS AFRICANOS
REINOS AFRICANOS
ElvisJohnR
 
Antiguidade Oriental
Antiguidade OrientalAntiguidade Oriental
Antiguidade Oriental
José Augusto Fiorin
 
Unificação italia e alemanha
Unificação italia e alemanhaUnificação italia e alemanha
Unificação italia e alemanha
Isabel Aguiar
 
A civilização grega
A civilização gregaA civilização grega
A civilização grega
Darlene Celestina
 
3° ano - Revoltas do Período Regencial
3° ano - Revoltas do Período Regencial3° ano - Revoltas do Período Regencial
3° ano - Revoltas do Período Regencial
Daniel Alves Bronstrup
 
Cruzadas
CruzadasCruzadas
Cruzadas
dmflores21
 
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
Daniel Alves Bronstrup
 
As Grandes Navegações - 7º Ano (2016)
As Grandes Navegações - 7º Ano (2016)As Grandes Navegações - 7º Ano (2016)
As Grandes Navegações - 7º Ano (2016)
Nefer19
 
Grécia antiga - período homérico
Grécia antiga - período homéricoGrécia antiga - período homérico
Grécia antiga - período homérico
Guilherme Drumond
 
Grécia antiga período clássico
Grécia antiga   período clássicoGrécia antiga   período clássico
Grécia antiga período clássico
Fatima Freitas
 
3° ano - Grécia Antiga – aula 2
3° ano - Grécia Antiga – aula 23° ano - Grécia Antiga – aula 2
3° ano - Grécia Antiga – aula 2
Daniel Alves Bronstrup
 
Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)
Isaquel Silva
 

Mais procurados (20)

A Civilização Grega - 6º Ano (2016)
A Civilização Grega - 6º Ano (2016)A Civilização Grega - 6º Ano (2016)
A Civilização Grega - 6º Ano (2016)
 
ANTIGUIDADE ORIENTAL - CRESCENTE FÉRTIL
ANTIGUIDADE ORIENTAL - CRESCENTE FÉRTILANTIGUIDADE ORIENTAL - CRESCENTE FÉRTIL
ANTIGUIDADE ORIENTAL - CRESCENTE FÉRTIL
 
Grecia Antiga
Grecia Antiga Grecia Antiga
Grecia Antiga
 
Idade média
Idade médiaIdade média
Idade média
 
Civilização Grega
Civilização GregaCivilização Grega
Civilização Grega
 
Egito Antigo
Egito AntigoEgito Antigo
Egito Antigo
 
Civilizações da África Antiga
Civilizações da África AntigaCivilizações da África Antiga
Civilizações da África Antiga
 
Antigas civilizações
Antigas civilizações Antigas civilizações
Antigas civilizações
 
REINOS AFRICANOS
REINOS AFRICANOSREINOS AFRICANOS
REINOS AFRICANOS
 
Antiguidade Oriental
Antiguidade OrientalAntiguidade Oriental
Antiguidade Oriental
 
Unificação italia e alemanha
Unificação italia e alemanhaUnificação italia e alemanha
Unificação italia e alemanha
 
A civilização grega
A civilização gregaA civilização grega
A civilização grega
 
3° ano - Revoltas do Período Regencial
3° ano - Revoltas do Período Regencial3° ano - Revoltas do Período Regencial
3° ano - Revoltas do Período Regencial
 
Cruzadas
CruzadasCruzadas
Cruzadas
 
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
 
As Grandes Navegações - 7º Ano (2016)
As Grandes Navegações - 7º Ano (2016)As Grandes Navegações - 7º Ano (2016)
As Grandes Navegações - 7º Ano (2016)
 
Grécia antiga - período homérico
Grécia antiga - período homéricoGrécia antiga - período homérico
Grécia antiga - período homérico
 
Grécia antiga período clássico
Grécia antiga   período clássicoGrécia antiga   período clássico
Grécia antiga período clássico
 
3° ano - Grécia Antiga – aula 2
3° ano - Grécia Antiga – aula 23° ano - Grécia Antiga – aula 2
3° ano - Grécia Antiga – aula 2
 
Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)
 

Destaque

Os conflitos entre os países sul americanos (séc. xix)
Os conflitos entre os países sul americanos (séc. xix)Os conflitos entre os países sul americanos (séc. xix)
Os conflitos entre os países sul americanos (séc. xix)
Edenilson Morais
 
Antiguidade clássica grécia
Antiguidade clássica   gréciaAntiguidade clássica   grécia
Antiguidade clássica grécia
Auxiliadora
 
Era Vargas (1930-1945)
Era Vargas (1930-1945)Era Vargas (1930-1945)
Era Vargas (1930-1945)
Edenilson Morais
 
Guerraspunicas
GuerraspunicasGuerraspunicas
Guerraspunicas
Edenilson Morais
 
Governo FHC - governo LULA
Governo FHC -    governo LULAGoverno FHC -    governo LULA
Governo FHC - governo LULA
Edenilson Morais
 
Conflitos militares na América do Sul (Século XIX)
Conflitos militares na América do Sul (Século XIX)Conflitos militares na América do Sul (Século XIX)
Conflitos militares na América do Sul (Século XIX)
Edenilson Morais
 
1968
19681968
Ditadura Militar (1964-1985)
Ditadura Militar (1964-1985)Ditadura Militar (1964-1985)
Ditadura Militar (1964-1985)
Edenilson Morais
 
A rotinização do autoritarismo
A rotinização do autoritarismoA rotinização do autoritarismo
A rotinização do autoritarismo
Edenilson Morais
 
As Unificações tardias da Alemanha e da Itália
As Unificações tardias da Alemanha e da ItáliaAs Unificações tardias da Alemanha e da Itália
As Unificações tardias da Alemanha e da Itália
Edenilson Morais
 
A Segunda Guerra Mundial (1939-1945)
A Segunda Guerra Mundial (1939-1945)A Segunda Guerra Mundial (1939-1945)
A Segunda Guerra Mundial (1939-1945)
Edenilson Morais
 
A crise mundial de 1929
A crise mundial de 1929A crise mundial de 1929
A crise mundial de 1929
Edenilson Morais
 
Antigüidade clássica - A civilização grega
Antigüidade clássica - A civilização gregaAntigüidade clássica - A civilização grega
Antigüidade clássica - A civilização grega
Edenilson Morais
 
O Governo Dutra (1946-1950)
O Governo Dutra (1946-1950)O Governo Dutra (1946-1950)
O Governo Dutra (1946-1950)
Edenilson Morais
 
A arte na Grécia
A arte na GréciaA arte na Grécia
A arte na Grécia
Edenilson Morais
 
O golpe de 1964
O golpe de 1964O golpe de 1964
O golpe de 1964
Edenilson Morais
 
Os movimentos sociais contemporâneos
Os movimentos sociais contemporâneosOs movimentos sociais contemporâneos
Os movimentos sociais contemporâneos
Edenilson Morais
 
O Absolutismo e a sociedade de Corte
O Absolutismo e a sociedade de Corte O Absolutismo e a sociedade de Corte
O Absolutismo e a sociedade de Corte
Edenilson Morais
 
A Guerra Fria (1945-1989)
A Guerra Fria (1945-1989)A Guerra Fria (1945-1989)
A Guerra Fria (1945-1989)
Edenilson Morais
 
Sociologia: Principais correntes
Sociologia: Principais correntes Sociologia: Principais correntes
Sociologia: Principais correntes
Edenilson Morais
 

Destaque (20)

Os conflitos entre os países sul americanos (séc. xix)
Os conflitos entre os países sul americanos (séc. xix)Os conflitos entre os países sul americanos (séc. xix)
Os conflitos entre os países sul americanos (séc. xix)
 
Antiguidade clássica grécia
Antiguidade clássica   gréciaAntiguidade clássica   grécia
Antiguidade clássica grécia
 
Era Vargas (1930-1945)
Era Vargas (1930-1945)Era Vargas (1930-1945)
Era Vargas (1930-1945)
 
Guerraspunicas
GuerraspunicasGuerraspunicas
Guerraspunicas
 
Governo FHC - governo LULA
Governo FHC -    governo LULAGoverno FHC -    governo LULA
Governo FHC - governo LULA
 
Conflitos militares na América do Sul (Século XIX)
Conflitos militares na América do Sul (Século XIX)Conflitos militares na América do Sul (Século XIX)
Conflitos militares na América do Sul (Século XIX)
 
1968
19681968
1968
 
Ditadura Militar (1964-1985)
Ditadura Militar (1964-1985)Ditadura Militar (1964-1985)
Ditadura Militar (1964-1985)
 
A rotinização do autoritarismo
A rotinização do autoritarismoA rotinização do autoritarismo
A rotinização do autoritarismo
 
As Unificações tardias da Alemanha e da Itália
As Unificações tardias da Alemanha e da ItáliaAs Unificações tardias da Alemanha e da Itália
As Unificações tardias da Alemanha e da Itália
 
A Segunda Guerra Mundial (1939-1945)
A Segunda Guerra Mundial (1939-1945)A Segunda Guerra Mundial (1939-1945)
A Segunda Guerra Mundial (1939-1945)
 
A crise mundial de 1929
A crise mundial de 1929A crise mundial de 1929
A crise mundial de 1929
 
Antigüidade clássica - A civilização grega
Antigüidade clássica - A civilização gregaAntigüidade clássica - A civilização grega
Antigüidade clássica - A civilização grega
 
O Governo Dutra (1946-1950)
O Governo Dutra (1946-1950)O Governo Dutra (1946-1950)
O Governo Dutra (1946-1950)
 
A arte na Grécia
A arte na GréciaA arte na Grécia
A arte na Grécia
 
O golpe de 1964
O golpe de 1964O golpe de 1964
O golpe de 1964
 
Os movimentos sociais contemporâneos
Os movimentos sociais contemporâneosOs movimentos sociais contemporâneos
Os movimentos sociais contemporâneos
 
O Absolutismo e a sociedade de Corte
O Absolutismo e a sociedade de Corte O Absolutismo e a sociedade de Corte
O Absolutismo e a sociedade de Corte
 
A Guerra Fria (1945-1989)
A Guerra Fria (1945-1989)A Guerra Fria (1945-1989)
A Guerra Fria (1945-1989)
 
Sociologia: Principais correntes
Sociologia: Principais correntes Sociologia: Principais correntes
Sociologia: Principais correntes
 

Semelhante a Antiguidade Clássica: A Grécia

Grécia
GréciaGrécia
Grécia
jfquirino
 
Grécia
GréciaGrécia
Grécia
jfquirino
 
Grecia
GreciaGrecia
Grecia
GreciaGrecia
Grecia
luizmourao23
 
3
33
Grecia
GreciaGrecia
Grecia
blackbun94
 
03. aula de história geral - grécia antiga
03. aula de história geral - grécia antiga03. aula de história geral - grécia antiga
03. aula de história geral - grécia antiga
Darlan Campos
 
Grécia Resumo
Grécia ResumoGrécia Resumo
Grécia Resumo
dmflores21
 
Grécia Antiga
Grécia AntigaGrécia Antiga
Grécia Antiga
Refresh G0D
 
Grécia
GréciaGrécia
Grécia
Privada
 
Grécia antiga
Grécia antigaGrécia antiga
Grécia antiga
Bruno Santos
 
Antiguidade Clássica
Antiguidade ClássicaAntiguidade Clássica
Antiguidade Clássica
eiprofessor
 
6. grécia antiga
6. grécia antiga6. grécia antiga
6. grécia antiga
batotario
 
Semi extensivo - frente 2 módulos 1 e 2- esparta e atenas
Semi extensivo - frente 2 módulos 1 e  2- esparta e atenasSemi extensivo - frente 2 módulos 1 e  2- esparta e atenas
Semi extensivo - frente 2 módulos 1 e 2- esparta e atenas
Lú Carvalho
 
Hist.6 civilizaogrega
Hist.6 civilizaogregaHist.6 civilizaogrega
Hist.6 civilizaogrega
Luiz Nolasco
 
Antiguidade ocidental completo
Antiguidade ocidental completoAntiguidade ocidental completo
Antiguidade ocidental completo
Carlos Glufke
 
Civilização Grega
Civilização GregaCivilização Grega
Civilização Grega
Paulo Alexandre
 
Aula 3
Aula 3Aula 3
Antiguidade Clássica: Grécia e Roma
Antiguidade Clássica: Grécia e RomaAntiguidade Clássica: Grécia e Roma
Antiguidade Clássica: Grécia e Roma
Marilia Pimentel
 
Aula 2 antiguidade-renascimento
Aula 2   antiguidade-renascimentoAula 2   antiguidade-renascimento
Aula 2 antiguidade-renascimento
CoordEducare
 

Semelhante a Antiguidade Clássica: A Grécia (20)

Grécia
GréciaGrécia
Grécia
 
Grécia
GréciaGrécia
Grécia
 
Grecia
GreciaGrecia
Grecia
 
Grecia
GreciaGrecia
Grecia
 
3
33
3
 
Grecia
GreciaGrecia
Grecia
 
03. aula de história geral - grécia antiga
03. aula de história geral - grécia antiga03. aula de história geral - grécia antiga
03. aula de história geral - grécia antiga
 
Grécia Resumo
Grécia ResumoGrécia Resumo
Grécia Resumo
 
Grécia Antiga
Grécia AntigaGrécia Antiga
Grécia Antiga
 
Grécia
GréciaGrécia
Grécia
 
Grécia antiga
Grécia antigaGrécia antiga
Grécia antiga
 
Antiguidade Clássica
Antiguidade ClássicaAntiguidade Clássica
Antiguidade Clássica
 
6. grécia antiga
6. grécia antiga6. grécia antiga
6. grécia antiga
 
Semi extensivo - frente 2 módulos 1 e 2- esparta e atenas
Semi extensivo - frente 2 módulos 1 e  2- esparta e atenasSemi extensivo - frente 2 módulos 1 e  2- esparta e atenas
Semi extensivo - frente 2 módulos 1 e 2- esparta e atenas
 
Hist.6 civilizaogrega
Hist.6 civilizaogregaHist.6 civilizaogrega
Hist.6 civilizaogrega
 
Antiguidade ocidental completo
Antiguidade ocidental completoAntiguidade ocidental completo
Antiguidade ocidental completo
 
Civilização Grega
Civilização GregaCivilização Grega
Civilização Grega
 
Aula 3
Aula 3Aula 3
Aula 3
 
Antiguidade Clássica: Grécia e Roma
Antiguidade Clássica: Grécia e RomaAntiguidade Clássica: Grécia e Roma
Antiguidade Clássica: Grécia e Roma
 
Aula 2 antiguidade-renascimento
Aula 2   antiguidade-renascimentoAula 2   antiguidade-renascimento
Aula 2 antiguidade-renascimento
 

Mais de Edenilson Morais

Simulado História do Brasil e do História do Maranhão
Simulado História do Brasil e do História do MaranhãoSimulado História do Brasil e do História do Maranhão
Simulado História do Brasil e do História do Maranhão
Edenilson Morais
 
Soluções para otimização de resultados no enem
Soluções para otimização de resultados no enem Soluções para otimização de resultados no enem
Soluções para otimização de resultados no enem
Edenilson Morais
 
HISTÓRIA DE MATO GROSSO PERÍODO IMPERIAL (DETRAN-MT 2015)
HISTÓRIA DE MATO GROSSO PERÍODO IMPERIAL (DETRAN-MT 2015)HISTÓRIA DE MATO GROSSO PERÍODO IMPERIAL (DETRAN-MT 2015)
HISTÓRIA DE MATO GROSSO PERÍODO IMPERIAL (DETRAN-MT 2015)
Edenilson Morais
 
História do brasil enem cultura, patrimônio e diversidade cultural
História do brasil enem cultura, patrimônio e diversidade culturalHistória do brasil enem cultura, patrimônio e diversidade cultural
História do brasil enem cultura, patrimônio e diversidade cultural
Edenilson Morais
 
História de mato grosso período colonial
História de mato grosso   período colonialHistória de mato grosso   período colonial
História de mato grosso período colonial
Edenilson Morais
 
Período colonial de Mato Grosso (Atividades)
Período colonial de Mato Grosso (Atividades)Período colonial de Mato Grosso (Atividades)
Período colonial de Mato Grosso (Atividades)
Edenilson Morais
 
Sociologia - Michel Foucalt
Sociologia - Michel FoucaltSociologia - Michel Foucalt
Sociologia - Michel Foucalt
Edenilson Morais
 
A nova historia cultural
A nova historia culturalA nova historia cultural
A nova historia cultural
Edenilson Morais
 
Aulão de história regional - UNEMAT 2014
Aulão de história regional - UNEMAT 2014Aulão de história regional - UNEMAT 2014
Aulão de história regional - UNEMAT 2014
Edenilson Morais
 
As origens do totalitarismo de hannah arendt
As origens do totalitarismo de hannah arendtAs origens do totalitarismo de hannah arendt
As origens do totalitarismo de hannah arendt
Edenilson Morais
 
Durkheim suicidio
Durkheim suicidioDurkheim suicidio
Durkheim suicidio
Edenilson Morais
 
A crise feudal e a ascensão dos estados modernos
A crise feudal e a ascensão dos estados modernosA crise feudal e a ascensão dos estados modernos
A crise feudal e a ascensão dos estados modernos
Edenilson Morais
 
Sociologia globalização
Sociologia globalizaçãoSociologia globalização
Sociologia globalização
Edenilson Morais
 
A visão da afro
A visão da afroA visão da afro
A visão da afro
Edenilson Morais
 
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociaisSociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Edenilson Morais
 
Cartazes da 1ª guerra
Cartazes da 1ª guerraCartazes da 1ª guerra
Cartazes da 1ª guerra
Edenilson Morais
 
Sociologia resumo
Sociologia resumoSociologia resumo
Sociologia resumo
Edenilson Morais
 
Artigos de história da sexualidade
Artigos de história da sexualidadeArtigos de história da sexualidade
Artigos de história da sexualidade
Edenilson Morais
 
Weber e o capitalismo
Weber e o capitalismoWeber e o capitalismo
Weber e o capitalismo
Edenilson Morais
 
Historia total
Historia totalHistoria total
Historia total
Edenilson Morais
 

Mais de Edenilson Morais (20)

Simulado História do Brasil e do História do Maranhão
Simulado História do Brasil e do História do MaranhãoSimulado História do Brasil e do História do Maranhão
Simulado História do Brasil e do História do Maranhão
 
Soluções para otimização de resultados no enem
Soluções para otimização de resultados no enem Soluções para otimização de resultados no enem
Soluções para otimização de resultados no enem
 
HISTÓRIA DE MATO GROSSO PERÍODO IMPERIAL (DETRAN-MT 2015)
HISTÓRIA DE MATO GROSSO PERÍODO IMPERIAL (DETRAN-MT 2015)HISTÓRIA DE MATO GROSSO PERÍODO IMPERIAL (DETRAN-MT 2015)
HISTÓRIA DE MATO GROSSO PERÍODO IMPERIAL (DETRAN-MT 2015)
 
História do brasil enem cultura, patrimônio e diversidade cultural
História do brasil enem cultura, patrimônio e diversidade culturalHistória do brasil enem cultura, patrimônio e diversidade cultural
História do brasil enem cultura, patrimônio e diversidade cultural
 
História de mato grosso período colonial
História de mato grosso   período colonialHistória de mato grosso   período colonial
História de mato grosso período colonial
 
Período colonial de Mato Grosso (Atividades)
Período colonial de Mato Grosso (Atividades)Período colonial de Mato Grosso (Atividades)
Período colonial de Mato Grosso (Atividades)
 
Sociologia - Michel Foucalt
Sociologia - Michel FoucaltSociologia - Michel Foucalt
Sociologia - Michel Foucalt
 
A nova historia cultural
A nova historia culturalA nova historia cultural
A nova historia cultural
 
Aulão de história regional - UNEMAT 2014
Aulão de história regional - UNEMAT 2014Aulão de história regional - UNEMAT 2014
Aulão de história regional - UNEMAT 2014
 
As origens do totalitarismo de hannah arendt
As origens do totalitarismo de hannah arendtAs origens do totalitarismo de hannah arendt
As origens do totalitarismo de hannah arendt
 
Durkheim suicidio
Durkheim suicidioDurkheim suicidio
Durkheim suicidio
 
A crise feudal e a ascensão dos estados modernos
A crise feudal e a ascensão dos estados modernosA crise feudal e a ascensão dos estados modernos
A crise feudal e a ascensão dos estados modernos
 
Sociologia globalização
Sociologia globalizaçãoSociologia globalização
Sociologia globalização
 
A visão da afro
A visão da afroA visão da afro
A visão da afro
 
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociaisSociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
 
Cartazes da 1ª guerra
Cartazes da 1ª guerraCartazes da 1ª guerra
Cartazes da 1ª guerra
 
Sociologia resumo
Sociologia resumoSociologia resumo
Sociologia resumo
 
Artigos de história da sexualidade
Artigos de história da sexualidadeArtigos de história da sexualidade
Artigos de história da sexualidade
 
Weber e o capitalismo
Weber e o capitalismoWeber e o capitalismo
Weber e o capitalismo
 
Historia total
Historia totalHistoria total
Historia total
 

Antiguidade Clássica: A Grécia

  • 1. ANTIGÜIDADE CLÁSSICA A GRÉCIA 1 – CARACTERÍSTICAS GERAIS: • Território acidentado; – Desenvolvimento do comércio e navegação; – Descentralização política (Cidade-Estado); • Modo de produção escravista; • Contribuições nas artes, ciências e filosofia (formadores da CULTURA OCIDENTAL). 2 – FASES DA HISTÓRIA: • Período Pré-Homérico (2800 – 1100 a.C.) – povoamento da Grécia. • Período Homérico (1100 – 800 a.C) – poemas Ilíada e Odisséia. iair@pop.com.br Prof. Iair
  • 2. ANTIGÜIDADE CLÁSSICA A GRÉCIA • Período Arcaico (800 – 500 a.C) – formação da pólis (cidade- Estado). • Período Clássico (500 – 336 a.C) – auge da pólis. • Período Helenístico (336 – 146 a.C) – decadência da pólis/ domínio Macedônico. 3 – PERÍODO PRÉ-HOMÉRICO: • Civilização Creto-Micênica (cretenses + aqueus); • Cretenses: comércio marítimo, talassocracia (poder nas mãos de elite comerciante), escrita silábica (Linear A e Linear B), destaque para as mulheres; • Micênicos: Grécia Continental – aqueus. Conquistaram os cretenses, porém assimilaram alguns de seus valores culturais; iair@pop.com.br Prof. Iair
  • 3. ANTIGÜIDADE CLÁSSICA A GRÉCIA • Instalação dos vários povos que formaram a Civilização Grega: – Aqueus, Eólios, Jônios e Dórios (violência); – 1ª Diáspora (Ilhas do Mar Egeu e Ásia Menor) – formação de colônias. iair@pop.com.br Prof. Iair
  • 4. ANTIGÜIDADE CLÁSSICA A GRÉCIA 4 – PERÍODO HOMÉRICO: • Ausência de registros escritos (poemas épicos Ilíada e Odisséia); • GENOS – Organização básica familiar – Pater = líder; – Hierarquia = parentesco com Pater; – Propriedade coletiva; • Aumento da população dos genos e do consumo = em guerras; • União de GENOS = FRÁTRIAS; • União de FRÁTRIAS = TRIBOS; • União de TRIBOS = DEMOS (povo) – base da PÓLIS grega; - Líder: Basileu (rei). iair@pop.com.br Prof. Iair
  • 5. ANTIGÜIDADE CLÁSSICA A GRÉCIA • Nova configuração social: EUPÁTRIDAS (bem nascidos) – melhores terras GEORGÓIS (pequenos agricultores) – piores terras THETAS (marginalizados) – sem terras • Necessidade de terras provoca 2ª diáspora (Mediterrâneo Ocidental) – Magna Grécia e Ibéria. iair@pop.com.br Prof. Iair
  • 6. ANTIGÜIDADE CLÁSSICA A GRÉCIA 5 – PERÍODO ARCAICO: • Consolidação das Cidades-Estado (Pólis); • Evolução geral das póleis: – Monarquia – Oligarquia – Tirania – Democracia. iair@pop.com.br Prof. Iair
  • 7. ANTIGÜIDADE CLÁSSICA A GRÉCIA • ESPARTA – modelo oligárquico. – Península do Peloponeso; – Sinecismo (união) de tribos dórias; – Militarismo acentuado (cidadãos-soldados; Licurgo); – Espartanos ou esparciatas: poder político, religioso e militar (cidadania); – Periecos: povos dos arredores. Estrangeiros, comerciantes e artesãos. Livres mas sem direitos políticos. Submetidos à autoridade dos espartanos. – Hilotas: servos do Estado. Sem direitos políticos e oprimidos pelos espartanos. Camponeses. iair@pop.com.br Prof. Iair
  • 8. ANTIGÜIDADE CLÁSSICA A GRÉCIA – Estrutura política espartana: 5 ÉFOROS (Poder Executivo): Eleitos anualmente. DIARQUIA (controle do 28 GERONTES (Poder Legislativo): exército e religião) Conselho dos Anciãos (+ de 60 anos) ASSEMBLÉIA POPULAR (ÁPELA): EXÉRCITO: Hoplitas homens com mais de 30 anos (homens entre 18 e 30 anos) PERIECOS (convocados para o exército) HILOTAS (Camponeses submetidos pela força) – Educação: voltada para a obediência e aptidão física; – Mulheres relativamente valorizadas. iair@pop.com.br Prof. Iair
  • 9. ANTIGÜIDADE CLÁSSICA A GRÉCIA • ATENAS: modelo democrático; – Ática; – Aqueus + Eólios + Jônios; – Início oligárquico – controle político dos Eupátridas; » 9 Arcontes – exército, religião e poder judiciário; » Areópago – controle dos arcontes. - Aumento do comércio redefine classes sociais: EUPÁTRIDAS DEMIURGOS (comerciantes e artesãos prósperos) GEORGÓIS e THETAS (pequenos agricultores e marginalizados) METECOS (estrangeiros) ESCRAVOS (povos conquistados) iair@pop.com.br Prof. Iair
  • 10. ANTIGÜIDADE CLÁSSICA A GRÉCIA – Reformas políticas para atenuar conflitos; – DRÁCON (621 a.C): primeiras leis escritas (severas); – SÓLON (594 a.C): fim da escravidão por dívidas, divisão censitária da sociedade (4 tribos), BULÉ (400 membros), ECLÉSIA (Assembléia Popular para aprovar leis da Bulé) e HELILEU (tribunal); – PSÍSTRATO, HIPARCO e HÍPIAS (561 – 510 a.C): Tiranos. Obras públicas para gerar empregos e diminuir atritos. iair@pop.com.br Prof. Iair
  • 11. ANTIGÜIDADE CLÁSSICA A GRÉCIA – CLÍSTENES (510 a.C) – “pai da democracia” » Redivisão social em 10 tribos; » Bulé ampliada (500 membros); » 10 Arcontes – um por tribo; » Eclésia: 6 mil membros, com mais poder; » Ostracismo – afastamento temporário da cidade; » Estabilidade social e progresso. - Mulheres, Metecos e escravos: sem direitos; - Cidadãos: Homens, adultos, filhos de pai e mãe atenienses, nascidos em Atenas. iair@pop.com.br Prof. Iair
  • 12. ANTIGÜIDADE CLÁSSICA A GRÉCIA 6 – PERÍODO CLÁSSICO: • Guerras Médicas (490 – 449 a.C); – Gregos* X Persas; – Confederação ou Liga de Delos; – Supremacia naval e financeira de Atenas; • 461 – 429 a.C. (séc V a.C.) – Auge de Atenas; - Século de Péricles (Idade de Ouro); - Soldo (Misthoy) para exército; - Cargos públicos remunerados; - Imperialismo com cidades da Liga de Delos; - Transferência de recursos financeiros de Delos para Atenas. iair@pop.com.br Prof. Iair
  • 13. ANTIGÜIDADE CLÁSSICA A GRÉCIA • Guerra do Peloponeso (431 – 404 a.C.) - ESPARTA* X ATENAS; - Crise da democracia e das Cidades-Estado gregas; - Breves períodos de preponderância de Esparta e posteriormente Tebas. 7 – PERÍODO HELENÍSTICO: • Domínio Macedônico na Grécia; • Filipe II (359 – 336 a.C.) – domínio da Grécia; • Alexandre (336 – 323 a.C.) – conquistas territoriais amplas (Egito, Fenícia, Palestina, Mesopotâmia e Pérsia), fundação de cidades (Alexandrias); iair@pop.com.br Prof. Iair
  • 14. ANTIGÜIDADE CLÁSSICA A GRÉCIA • Após a morte de Alexandre, Império esfacela-se entre disputas de generais; • Helenismo: fusão da cultura grega com oriental; – Artes plásticas – realismo, violência, dor, sensualidade; – Ciências – PTOLOMEU (Geocentrismo) e ERASTÓSTENES (cálculo da circunferência da Terra); – Filosofia – ZENÃO (Estoicismo – aceitação), EPÍCURO (Epicurismo – busca do prazer), PIRRO (Ceticismo – não emitir julgamentos definitivos. Nada é o que parece). iair@pop.com.br Prof. Iair
  • 15. ANTIGÜIDADE CLÁSSICA A GRÉCIA 8 – A CULTURA GREGA: • Teatro: tragédias e comédias. Ar livre, utilização de máscaras e coros, atores homens. ÉSQUILO, SÓFOCLES e EURÍPEDES (tragédias) e ARISTÓFONES (comédias); • História: HERÓDOTO (Guerras Médicas), XENOFONTE e TUCÍDIDES (Guerra do Peloponeso); • Poesia: HOMERO (Ilíada e Odisséia), PÍNDARO (Jogos Olímpicos); • Filosofia: TALES, PITÁGORAS, PROTÁGORAS, SÓCRATES, PLATÃO e ARISTÓTELES; • Arquitetura: Estilos JÔNICO (elegância, beleza), DÓRICO (funcionalidade e peso), CORÍNTIO (luxo, riqueza de detalhes); • Escultura: FÍDIAS e MIRÓN • Ciências: TALES e PITÁGORAS (mat), HIPÓCRATES (medicina); iair@pop.com.br Prof. Iair
  • 16. ANTIGÜIDADE CLÁSSICA A GRÉCIA • Religião: politeísta e antropomórfica POSÊIDON (águas); HERA APOLO (luz); (mulheres e casamento); ZEUS (principal); AFRODITE (amor e beleza feminina). ARTÊMIS (caça); HERMES DIONÍSIO (mensageiro – comércio); ATENA (vinho); (artes e sabedoria); iair@pop.com.br Prof. Iair