SlideShare uma empresa Scribd logo
Antibiograma micro 01
Antibiograma micro 01
INTRODUÇÃO
O que são agentes quimioterápicos?
Antibióticos?
INTRODUÇÃO
Avaliação dos
quimioterápicos
Destruir ou inibir a
atividade de um
parasita
Apresentando
nenhum ou no
máximo pequenos
danos as células
Contato com o parasita
não altera o sistema
imunológico do
hospedeiro
Prevenir o
desenvolvimento fácil de
formas microbianas
resistentes
INTRODUÇÃO
Antibiograma
MATERIAL E MÉTODOS
• Preparação do inóculo
Inocular 4 a 6 colônia de cultura em caldo de
Escherichia coli e Staphyloccus aureus
Análise após 18-24h de cultivo em meio
apropriado (ágar)
Turvação adequada: Em 600nm, a absorbância
deve ser entre 0.085 e 0.1
Preparação do inóculo
MATERIAL E MÉTODOS
• Inoculação em placa
Imergir o swab estéril no caldo inoculado
Retirar o excesso de líquido do swab nas
paredes do tubo
Semear na placa em diferentes
sentidos, assegurando uma semeadura
uniforme.
Inoculação em placa
MATERIAL E MÉTODOS
• Aplicação dos discos
Flambar uma pinça
Com o auxílio da pinça flambada, depositar os
discos de antibióticos sobre a superfície do
inóculo em placa de ágar
Exercer leve pressão sobre os discos para
permitir contato entre o antibiótico e o meio
Antimicrobiano Dosagem
(em µg)
Polimixina 300
Clindomicina 2
Rifamicina -
Penicilina 10
Eritromicina 15
Aplicação dos discos
Aplicação dos discos
MATERIAL E MÉTODOS
• Incubação
Incubar as placas contendo os discos em estufa
bacteriológica a 35ºC por 18-24 hs
Estufa Bacteriológica
Incubação
Técnica do Antibiograma
Staphyllococcus
aureus
Escherichia
coli
Placa I Placa II Placa III Placa I Placa II Placa III
Polimixina Sensível * Sensível * Sensível * Sensível Sensível Sensível
Clindamicina Resistente Resistente Resistente Resistente Resistente Resistente
Rifampicina Resistente Resistente Resistente Resistente Resistente Resistente
Penicilina Resistente Resistente
Resistente
** Resistente Resistente Resistente
Eritromicina Resistente Resistente Resistente
Resistente
***
Resistente
***
Resistente
***
* Presença de Colônias Resistentes
** Diâmetro do Halo Insuficiente
*** Halo Delgado
RESULTADOS E DISCUSSÃO
RESULTADOS E DISCUSSÃO
Placa de Escherichia coli Placa de Staphylococcus aureus
RESULTADOS E DISCUSSÃO
Placa de Staphylococcus aureus
QUAL O SÍTIO DE ATUAÇÃO DOS
ANTIBIÓTICOS???
POR QUE APARECEM COLÔNIAS
RESISTENTES???
POR QUE S. AUREUS É RESISTENTE À
PENICILINA???
A PRESENÇA DE HALO INDICA
SENSIBILIDADE AO ANTIBIÓTICO???
QUAL A QUALIDADE DOS ANTIBIÓTICOS???
Sítios de atuação dos antimicrobianos nas bactérias
CONCLUSÃO
Portanto, através dessa prática concluímos que :
•Nem sempre o halo significa sensibilidade ao
antibiótico;
•Existem linhagens resistentes;
•Os antibióticos tem diferentes sítios de atuação e as
bactérias diferentemente apresentam diferentes táticas.
Obrigada pela sua
atenção!!!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Urocultura E Coprocultura
Urocultura E CoproculturaUrocultura E Coprocultura
Urocultura E Coprocultura
lidypvh
 
Aula Bactérias - estrutura - morfologia e patogenicidade
Aula  Bactérias - estrutura - morfologia e patogenicidadeAula  Bactérias - estrutura - morfologia e patogenicidade
Aula Bactérias - estrutura - morfologia e patogenicidade
Hamilton Nobrega
 
Imunodiagnostico
ImunodiagnosticoImunodiagnostico
Imunodiagnostico
Taillany Caroline
 
53292193 aula-de-meios-de-cultura
53292193 aula-de-meios-de-cultura53292193 aula-de-meios-de-cultura
53292193 aula-de-meios-de-cultura
Maria Jaqueline Mesquita
 
Aula Microbiologia Bactérias
Aula Microbiologia BactériasAula Microbiologia Bactérias
Aula Microbiologia Bactérias
Tiago da Silva
 
Aula de Microbiologia sobre meios de cultura e características bacterianas
Aula de Microbiologia sobre meios de cultura e características bacterianasAula de Microbiologia sobre meios de cultura e características bacterianas
Aula de Microbiologia sobre meios de cultura e características bacterianas
Jaqueline Almeida
 
Aula 4 - M
Aula 4 - MAula 4 - M
Aglutinacao
AglutinacaoAglutinacao
Aglutinacao
LABIMUNO UFBA
 
Aula de Microbiologia Clínica sobre Meios de cultura bacteriana
Aula de Microbiologia Clínica sobre Meios de cultura bacterianaAula de Microbiologia Clínica sobre Meios de cultura bacteriana
Aula de Microbiologia Clínica sobre Meios de cultura bacteriana
Jaqueline Almeida
 
Cocos Gram positivos
Cocos Gram positivosCocos Gram positivos
Cocos Gram positivos
Rodrigo Caixeta
 
Introdução à micologia
Introdução à micologiaIntrodução à micologia
Introdução à micologia
João Monteiro
 
Introdução à microbiologia
Introdução à microbiologiaIntrodução à microbiologia
Introdução à microbiologia
Renato Varges - UFF
 
Aula 01 Introdução a Microbiologia
Aula 01   Introdução a MicrobiologiaAula 01   Introdução a Microbiologia
Aula 01 Introdução a Microbiologia
Tiago da Silva
 
Controle crescimento-microbiano . esterilização
Controle crescimento-microbiano . esterilizaçãoControle crescimento-microbiano . esterilização
Controle crescimento-microbiano . esterilização
Gildo Crispim
 
Antimicrobianos final-mga
Antimicrobianos final-mgaAntimicrobianos final-mga
Antimicrobianos final-mga
Glauce Trevisan
 
Aula 2
Aula 2   Aula 2
Aula slides bacteriologia
Aula slides   bacteriologiaAula slides   bacteriologia
Aula slides bacteriologia
Simone Alvarenga
 
Antibióticos
AntibióticosAntibióticos
Antibióticos
Renato Santos
 
Aula sobre resistência microbiana
Aula sobre resistência microbianaAula sobre resistência microbiana
Aula sobre resistência microbiana
Proqualis
 
Apresentação bactérias
Apresentação bactériasApresentação bactérias
Apresentação bactérias
Fernanda Marinho
 

Mais procurados (20)

Urocultura E Coprocultura
Urocultura E CoproculturaUrocultura E Coprocultura
Urocultura E Coprocultura
 
Aula Bactérias - estrutura - morfologia e patogenicidade
Aula  Bactérias - estrutura - morfologia e patogenicidadeAula  Bactérias - estrutura - morfologia e patogenicidade
Aula Bactérias - estrutura - morfologia e patogenicidade
 
Imunodiagnostico
ImunodiagnosticoImunodiagnostico
Imunodiagnostico
 
53292193 aula-de-meios-de-cultura
53292193 aula-de-meios-de-cultura53292193 aula-de-meios-de-cultura
53292193 aula-de-meios-de-cultura
 
Aula Microbiologia Bactérias
Aula Microbiologia BactériasAula Microbiologia Bactérias
Aula Microbiologia Bactérias
 
Aula de Microbiologia sobre meios de cultura e características bacterianas
Aula de Microbiologia sobre meios de cultura e características bacterianasAula de Microbiologia sobre meios de cultura e características bacterianas
Aula de Microbiologia sobre meios de cultura e características bacterianas
 
Aula 4 - M
Aula 4 - MAula 4 - M
Aula 4 - M
 
Aglutinacao
AglutinacaoAglutinacao
Aglutinacao
 
Aula de Microbiologia Clínica sobre Meios de cultura bacteriana
Aula de Microbiologia Clínica sobre Meios de cultura bacterianaAula de Microbiologia Clínica sobre Meios de cultura bacteriana
Aula de Microbiologia Clínica sobre Meios de cultura bacteriana
 
Cocos Gram positivos
Cocos Gram positivosCocos Gram positivos
Cocos Gram positivos
 
Introdução à micologia
Introdução à micologiaIntrodução à micologia
Introdução à micologia
 
Introdução à microbiologia
Introdução à microbiologiaIntrodução à microbiologia
Introdução à microbiologia
 
Aula 01 Introdução a Microbiologia
Aula 01   Introdução a MicrobiologiaAula 01   Introdução a Microbiologia
Aula 01 Introdução a Microbiologia
 
Controle crescimento-microbiano . esterilização
Controle crescimento-microbiano . esterilizaçãoControle crescimento-microbiano . esterilização
Controle crescimento-microbiano . esterilização
 
Antimicrobianos final-mga
Antimicrobianos final-mgaAntimicrobianos final-mga
Antimicrobianos final-mga
 
Aula 2
Aula 2   Aula 2
Aula 2
 
Aula slides bacteriologia
Aula slides   bacteriologiaAula slides   bacteriologia
Aula slides bacteriologia
 
Antibióticos
AntibióticosAntibióticos
Antibióticos
 
Aula sobre resistência microbiana
Aula sobre resistência microbianaAula sobre resistência microbiana
Aula sobre resistência microbiana
 
Apresentação bactérias
Apresentação bactériasApresentação bactérias
Apresentação bactérias
 

Destaque

Antibiograma
AntibiogramaAntibiograma
Antibiograma
hector alexander
 
Laboratorio no.4 antibiograma
Laboratorio no.4   antibiogramaLaboratorio no.4   antibiograma
Laboratorio no.4 antibiograma
nataliaizurieta
 
Antibiograma actualización
Antibiograma actualizaciónAntibiograma actualización
Antibiograma actualización
evidenciaterapeutica.com
 
Lectura interpretada del antibiograma
Lectura interpretada del antibiograma Lectura interpretada del antibiograma
Lectura interpretada del antibiograma
evidenciaterapeutica.com
 
ANTIBIOGRAMA
ANTIBIOGRAMAANTIBIOGRAMA
ANTIBIOGRAMA
Andres Alania Yauri
 
Antibiograma
AntibiogramaAntibiograma
Antibiograma
AntibiogramaAntibiograma
Antibiograma
Salvador Morgado
 
Lectura interpretada del antibiograma
Lectura interpretada del antibiogramaLectura interpretada del antibiograma
Lectura interpretada del antibiograma
evidenciaterapeutica.com
 
Slide de microbiologia polimixina b
Slide de microbiologia polimixina bSlide de microbiologia polimixina b
Slide de microbiologia polimixina b
Nícolas Melo
 
tsa
tsatsa
Antimicrobianos y Antibiograma
Antimicrobianos y AntibiogramaAntimicrobianos y Antibiograma
Antimicrobianos y Antibiograma
Negocio Propio
 
Antibiograma
AntibiogramaAntibiograma
Determinacion de biomasa_microbiana
Determinacion de biomasa_microbianaDeterminacion de biomasa_microbiana
Determinacion de biomasa_microbiana
unjbg
 
Medios de cultivo
Medios de cultivoMedios de cultivo
Medios de cultivo
ednamaritza
 
Sensibilidad y resistencia bacteriana
Sensibilidad y resistencia bacterianaSensibilidad y resistencia bacteriana
Sensibilidad y resistencia bacteriana
María Giovanetti
 
#4 antimicrobianos
#4 antimicrobianos#4 antimicrobianos
#4 antimicrobianos
CasiMedi.com
 
Aula de microbiologia ppt
Aula de microbiologia   pptAula de microbiologia   ppt
Aula de microbiologia ppt
SMS - Petrópolis
 
Mecanismo de Acción de los antibioticos
Mecanismo de Acción de los antibioticosMecanismo de Acción de los antibioticos
Mecanismo de Acción de los antibioticos
Hans J
 
Clasificacion Antibioticos
Clasificacion AntibioticosClasificacion Antibioticos
Clasificacion Antibioticos
farmacologiabasicafucs
 
Mecanismos de acción de los antimicrobianos
Mecanismos de acción de los antimicrobianosMecanismos de acción de los antimicrobianos
Mecanismos de acción de los antimicrobianos
K'milo Santiago
 

Destaque (20)

Antibiograma
AntibiogramaAntibiograma
Antibiograma
 
Laboratorio no.4 antibiograma
Laboratorio no.4   antibiogramaLaboratorio no.4   antibiograma
Laboratorio no.4 antibiograma
 
Antibiograma actualización
Antibiograma actualizaciónAntibiograma actualización
Antibiograma actualización
 
Lectura interpretada del antibiograma
Lectura interpretada del antibiograma Lectura interpretada del antibiograma
Lectura interpretada del antibiograma
 
ANTIBIOGRAMA
ANTIBIOGRAMAANTIBIOGRAMA
ANTIBIOGRAMA
 
Antibiograma
AntibiogramaAntibiograma
Antibiograma
 
Antibiograma
AntibiogramaAntibiograma
Antibiograma
 
Lectura interpretada del antibiograma
Lectura interpretada del antibiogramaLectura interpretada del antibiograma
Lectura interpretada del antibiograma
 
Slide de microbiologia polimixina b
Slide de microbiologia polimixina bSlide de microbiologia polimixina b
Slide de microbiologia polimixina b
 
tsa
tsatsa
tsa
 
Antimicrobianos y Antibiograma
Antimicrobianos y AntibiogramaAntimicrobianos y Antibiograma
Antimicrobianos y Antibiograma
 
Antibiograma
AntibiogramaAntibiograma
Antibiograma
 
Determinacion de biomasa_microbiana
Determinacion de biomasa_microbianaDeterminacion de biomasa_microbiana
Determinacion de biomasa_microbiana
 
Medios de cultivo
Medios de cultivoMedios de cultivo
Medios de cultivo
 
Sensibilidad y resistencia bacteriana
Sensibilidad y resistencia bacterianaSensibilidad y resistencia bacteriana
Sensibilidad y resistencia bacteriana
 
#4 antimicrobianos
#4 antimicrobianos#4 antimicrobianos
#4 antimicrobianos
 
Aula de microbiologia ppt
Aula de microbiologia   pptAula de microbiologia   ppt
Aula de microbiologia ppt
 
Mecanismo de Acción de los antibioticos
Mecanismo de Acción de los antibioticosMecanismo de Acción de los antibioticos
Mecanismo de Acción de los antibioticos
 
Clasificacion Antibioticos
Clasificacion AntibioticosClasificacion Antibioticos
Clasificacion Antibioticos
 
Mecanismos de acción de los antimicrobianos
Mecanismos de acción de los antimicrobianosMecanismos de acción de los antimicrobianos
Mecanismos de acción de los antimicrobianos
 

Semelhante a Antibiograma micro 01

TSA
TSATSA
Antibiograma interlab
Antibiograma interlabAntibiograma interlab
Antibiograma interlab
Nathalia Vieira
 
Antibiograma2015rev10
Antibiograma2015rev10Antibiograma2015rev10
Antibiograma2015rev10
Amanda Nazário
 
Coleta, transporte e conservação de amostras em
Coleta, transporte e conservação de amostras emColeta, transporte e conservação de amostras em
Coleta, transporte e conservação de amostras em
Claysson Xavier
 
Aulasprticasmicrobiologia adaptado
Aulasprticasmicrobiologia   adaptadoAulasprticasmicrobiologia   adaptado
Aulasprticasmicrobiologia adaptado
Selma Oliveira
 
Aulas práticas microbiologia
Aulas práticas microbiologiaAulas práticas microbiologia
Aulas práticas microbiologia
Odonto ufrj
 
APOSTILA DE AULAS PRÁTICAS BACTERIOLOGIA
APOSTILA  DE  AULAS PRÁTICAS BACTERIOLOGIA APOSTILA  DE  AULAS PRÁTICAS BACTERIOLOGIA
APOSTILA DE AULAS PRÁTICAS BACTERIOLOGIA
Gregorio Leal da Silva
 
Auxiliar de laboratorio e analises clinica.pptx
Auxiliar de laboratorio e analises clinica.pptxAuxiliar de laboratorio e analises clinica.pptx
Auxiliar de laboratorio e analises clinica.pptx
enfermeirofranciscos
 
ANTIBIOGRAMA.pptx
ANTIBIOGRAMA.pptxANTIBIOGRAMA.pptx
ANTIBIOGRAMA.pptx
DENNERHENRIQUEISAIAS
 
Manual para antibiograma
Manual para antibiogramaManual para antibiograma
Manual para antibiograma
lucwagner
 
Relatório bio de micro
Relatório bio de microRelatório bio de micro
Relatório bio de micro
Suellen Bezerra
 
Treinamento 2016 labclin
Treinamento 2016 labclinTreinamento 2016 labclin
Treinamento 2016 labclin
Umberto Reis
 
Resumo de micro clinica 2
Resumo de micro clinica 2Resumo de micro clinica 2
Resumo de micro clinica 2
Tamara Garcia
 
Apostila pratica farm-odonto
Apostila pratica farm-odontoApostila pratica farm-odonto
Apostila pratica farm-odonto
Fernanda Luiza
 
Apostila pratica farm-odonto
Apostila pratica farm-odontoApostila pratica farm-odonto
Apostila pratica farm-odonto
Lucas Stolfo Maculan
 
Antibiograma manual 2012
Antibiograma manual 2012Antibiograma manual 2012
Antibiograma manual 2012
pauloeduardo222
 
A BACILOSCOPIA.pptx
A BACILOSCOPIA.pptxA BACILOSCOPIA.pptx
A BACILOSCOPIA.pptx
MendesMalude
 

Semelhante a Antibiograma micro 01 (17)

TSA
TSATSA
TSA
 
Antibiograma interlab
Antibiograma interlabAntibiograma interlab
Antibiograma interlab
 
Antibiograma2015rev10
Antibiograma2015rev10Antibiograma2015rev10
Antibiograma2015rev10
 
Coleta, transporte e conservação de amostras em
Coleta, transporte e conservação de amostras emColeta, transporte e conservação de amostras em
Coleta, transporte e conservação de amostras em
 
Aulasprticasmicrobiologia adaptado
Aulasprticasmicrobiologia   adaptadoAulasprticasmicrobiologia   adaptado
Aulasprticasmicrobiologia adaptado
 
Aulas práticas microbiologia
Aulas práticas microbiologiaAulas práticas microbiologia
Aulas práticas microbiologia
 
APOSTILA DE AULAS PRÁTICAS BACTERIOLOGIA
APOSTILA  DE  AULAS PRÁTICAS BACTERIOLOGIA APOSTILA  DE  AULAS PRÁTICAS BACTERIOLOGIA
APOSTILA DE AULAS PRÁTICAS BACTERIOLOGIA
 
Auxiliar de laboratorio e analises clinica.pptx
Auxiliar de laboratorio e analises clinica.pptxAuxiliar de laboratorio e analises clinica.pptx
Auxiliar de laboratorio e analises clinica.pptx
 
ANTIBIOGRAMA.pptx
ANTIBIOGRAMA.pptxANTIBIOGRAMA.pptx
ANTIBIOGRAMA.pptx
 
Manual para antibiograma
Manual para antibiogramaManual para antibiograma
Manual para antibiograma
 
Relatório bio de micro
Relatório bio de microRelatório bio de micro
Relatório bio de micro
 
Treinamento 2016 labclin
Treinamento 2016 labclinTreinamento 2016 labclin
Treinamento 2016 labclin
 
Resumo de micro clinica 2
Resumo de micro clinica 2Resumo de micro clinica 2
Resumo de micro clinica 2
 
Apostila pratica farm-odonto
Apostila pratica farm-odontoApostila pratica farm-odonto
Apostila pratica farm-odonto
 
Apostila pratica farm-odonto
Apostila pratica farm-odontoApostila pratica farm-odonto
Apostila pratica farm-odonto
 
Antibiograma manual 2012
Antibiograma manual 2012Antibiograma manual 2012
Antibiograma manual 2012
 
A BACILOSCOPIA.pptx
A BACILOSCOPIA.pptxA BACILOSCOPIA.pptx
A BACILOSCOPIA.pptx
 

Antibiograma micro 01

  • 3. INTRODUÇÃO O que são agentes quimioterápicos? Antibióticos?
  • 4. INTRODUÇÃO Avaliação dos quimioterápicos Destruir ou inibir a atividade de um parasita Apresentando nenhum ou no máximo pequenos danos as células Contato com o parasita não altera o sistema imunológico do hospedeiro Prevenir o desenvolvimento fácil de formas microbianas resistentes
  • 6. MATERIAL E MÉTODOS • Preparação do inóculo Inocular 4 a 6 colônia de cultura em caldo de Escherichia coli e Staphyloccus aureus Análise após 18-24h de cultivo em meio apropriado (ágar) Turvação adequada: Em 600nm, a absorbância deve ser entre 0.085 e 0.1
  • 8. MATERIAL E MÉTODOS • Inoculação em placa Imergir o swab estéril no caldo inoculado Retirar o excesso de líquido do swab nas paredes do tubo Semear na placa em diferentes sentidos, assegurando uma semeadura uniforme.
  • 10. MATERIAL E MÉTODOS • Aplicação dos discos Flambar uma pinça Com o auxílio da pinça flambada, depositar os discos de antibióticos sobre a superfície do inóculo em placa de ágar Exercer leve pressão sobre os discos para permitir contato entre o antibiótico e o meio
  • 11. Antimicrobiano Dosagem (em µg) Polimixina 300 Clindomicina 2 Rifamicina - Penicilina 10 Eritromicina 15 Aplicação dos discos
  • 13. MATERIAL E MÉTODOS • Incubação Incubar as placas contendo os discos em estufa bacteriológica a 35ºC por 18-24 hs Estufa Bacteriológica
  • 16. Staphyllococcus aureus Escherichia coli Placa I Placa II Placa III Placa I Placa II Placa III Polimixina Sensível * Sensível * Sensível * Sensível Sensível Sensível Clindamicina Resistente Resistente Resistente Resistente Resistente Resistente Rifampicina Resistente Resistente Resistente Resistente Resistente Resistente Penicilina Resistente Resistente Resistente ** Resistente Resistente Resistente Eritromicina Resistente Resistente Resistente Resistente *** Resistente *** Resistente *** * Presença de Colônias Resistentes ** Diâmetro do Halo Insuficiente *** Halo Delgado RESULTADOS E DISCUSSÃO
  • 17. RESULTADOS E DISCUSSÃO Placa de Escherichia coli Placa de Staphylococcus aureus
  • 18. RESULTADOS E DISCUSSÃO Placa de Staphylococcus aureus
  • 19. QUAL O SÍTIO DE ATUAÇÃO DOS ANTIBIÓTICOS??? POR QUE APARECEM COLÔNIAS RESISTENTES??? POR QUE S. AUREUS É RESISTENTE À PENICILINA??? A PRESENÇA DE HALO INDICA SENSIBILIDADE AO ANTIBIÓTICO??? QUAL A QUALIDADE DOS ANTIBIÓTICOS???
  • 20. Sítios de atuação dos antimicrobianos nas bactérias
  • 21. CONCLUSÃO Portanto, através dessa prática concluímos que : •Nem sempre o halo significa sensibilidade ao antibiótico; •Existem linhagens resistentes; •Os antibióticos tem diferentes sítios de atuação e as bactérias diferentemente apresentam diferentes táticas.