SlideShare uma empresa Scribd logo
Auto da barca do Inferno
Tipos de cómico, registos de língua e recursos expressivos
JMOR | 2014
Auto
da Barca
do Inferno

Tipos de cómico,
registos de língua
e recursos
expressivos
TIPOS DE CÓMICO REGISTOS DE LÍNGUA RECURSOS ESTILÍSTICOS
Cómico de situação:
«Pêra lá vai a senhora»
Cómico de linguagem:
«Que giricocins, salvanor»
Cómico de carácter:
«tornarei à outra vida ver
minha dama querida que
se quer matar por mi»
«Dá-me licença, te peço,
que vá ver minha mulher».
Linguagem corrente:
«Isso bem certo o sei
eu.»
Linguagem popular:
«Par Deus, aviado
estou!»
Linguagem cuidada:
«Porém, a que terra
passais?»
Eufemismo:
«vai para a ilha perdida»
Ironia:
«ò poderoso dom
Anrique»
«Embarqu’a vossa
doçura, que cá nos
entederemos»
Antítese:
«Segundo lá
escolhestes, assi cá vos
contentai»
Metáfora:
«Que maré tão de
prata»
«Ó barca, como és
ardente!»FIDALGO
Auto
da Barca
do Inferno

Tipos de cómico,
registos de língua
e recursos
expressivos
TIPOS DE CÓMICO REGISTOS DE LÍNGUA RECURSOS ESTILÍSTICOS
Cómico de carácter:
«Quero lá tornar ao mundo
e trarei o meu dinheiro»
Cómico de linguagem:
«dá-me tanta borregada
como arrais lá no Barreiro»
Cómico de situação:
«Dar-vos-ei tanta pancada
com um remo, que
renegues!»
Linguagem corrente
presente em todo o
texto
Linguagem popular:
«Pesar de São Pimentel,
nunca tanta pressa vi»
Ironia:
«Ora mui muito me
espanto nom vos livrar o
dinheiro»
«Oh! Que gentil recear»
Eufemismo:
«me deu Saturno
quebranto»
«Pera a infernal
comarca.»
Metáfora:
«onzeneiro meu
parente»
ONZENEIRO
Auto
da Barca
do Inferno

Tipos de cómico,
registos de língua
e recursos
expressivos
TIPOS DE CÓMICO REGISTOS DE LÍNGUA RECURSOS ESTILÍSTICOS
Cómico de linguagem:
sobretudo pelas asneiras e
pelo vocabulário
relacionado com coprolalia
(tendência involuntária de
proferir palavras obscenas ou
fazer comentários geralmente
considerados socialmente
depreciativos e, portanto,
inadequados).
Cómico de situação:
quando Joane insulta o
Diabo
Cómico de carácter:
a maneira de ser de Joane
provoca o riso («de pulo ou
de vôo?»
Calão:
asneiras, coprolalia;
Linguagem popular:
«Hou! Pesar de meu
avô!»
«Antrecosto de
carrapato»
Linguagem corrente:
no diálogo com o Anjo
Eufemismo:
«Ao porto de Lúcifer»
Repetição:
«Aguardai, aguardai,
houlá!»
Expressões injuriosas:
«Barca do cornudo»
«filho da grande
aleivosa»
PARVO
Auto
da Barca
do Inferno

Tipos de cómico,
registos de língua
e recursos
expressivos
TIPOS DE CÓMICO REGISTOS DE LÍNGUA RECURSOS ESTILÍSTICOS
Cómico de linguagem:
«e da puta da barcagem»
«nem à puta da badana»
Cómico de carácter:
«Mandaram-me vir assi…»
(carregado).
Gíria
(técnico-científica):
«cordovão», «badana»,
«forminhas»
Linguagem popular:
«é esta boa traquitana»
Calão:
«puta», «cagadas»
Linguagem corrente:
sobretudo na fala do
Anjo
Ironia:
«Santo sapateiro
honrado!»
Eufemismo:
«lago dos danados»
Hipérbole:
«calaste dous mil
enganos»
Jogo de linguagem
«que vá cozer o Inferno»
Antítese:
«...comungado? /
E tu morreste escomungado»
Metáfora:
«almas embaraçadas»
SAPATEIRO
Auto
da Barca
do Inferno

Tipos de cómico,
registos de língua
e recursos
expressivos
TIPOS DE CÓMICO REGISTOS DE LÍNGUA RECURSOS ESTILÍSTICOS
Cómico de situação e
Cómico de carácter:
quando entra em cena a
cantar e a dançar (ainda
por cima, com uma moça
pela mão!) e quando dá
uma lição de esgrima;
Cómico de linguagem:
«Furtaste o trinchão,
frade?»
Gíria
(técnico-científica):
«Deo gratias» «sus»,
«um fendente»,
«levada», «talho largo»,
«revés», «colher os pés»
e «segunda guarda»,
etc.
Linguagem popular:
«palha n’albarda», «Ah!
nom praza a São
Domingos»
Ironia
« Fezeste bem, que é
fermosa!»;«Devoto
padre»; «Dê…lição
d’esgrima, que é cousa
boa!»; «Que cousa tão
preciosa!»
Eufemismo e
Pleonasmo:
«fogo ardente»
Antítese
«padre mundanal»,
«padre marido»
Comparação:
«Tão bem guardado
como a palha n’albarda»
FRADE
Auto
da Barca
do Inferno

Tipos de cómico,
registos de língua
e recursos
expressivos
TIPOS DE CÓMICO REGISTOS DE LÍNGUA RECURSOS ESTILÍSTICOS
Cómico de linguagem:
«Cuidas que trago piolhos»
Cómico de situação e
Cómico de carácter
quando tenta seduzir o
Anjo, com “palavrinhas
doces” e quando, mesmo
depois de morta, se mostra
preocupada com a sua
aparência («pareço mal cá
de fora»)
Linguagem cuidada:
«Passai-me, por vossa
fé, / meu amor, minhas
bobinas, / olhos de
perlinhas finas!»
Ironia
«Que saboroso
arrecear»
Eufemismo
«fogo infernal»
Comparação
«Santa Úrsula nom
converteo tantas
cachopas como eu»
Metáfora:
«meu amor, minhas
boninas, olho de
perlinhas finas»ALCOVITEIRA
Auto
da Barca
do Inferno

Tipos de cómico,
registos de língua
e recursos
expressivos
TIPOS DE CÓMICO REGISTOS DE LÍNGUA RECURSOS ESTILÍSTICOS
Cómico de linguagem:
Calão usado quer pelo
Judeu quer pelo Parvo;
Cómico de situação:
Decisão final do Diabo em
levar o Judeu e o bode a
reboque
Cómico de carácter:
Insistência do Judeu e
tentativa de suborno do
Diabo para entrar na barca
com o bode.
Popular/calão:
Pragas dos Judeu ao
Diabo
Intervenção do Parvo
JUDEU
Auto
da Barca
do Inferno

Tipos de cómico,
registos de língua
e recursos expressivos
TIPOS DE CÓMICO REGISTOS DE LÍNGUA RECURSOS ESTILÍSTICOS
Cómico de linguagem:
uso do latim macarrónico
Cómico de situação:
Condenação da justiça
humana pela justiça divida
(julgador é julgado)
Cómico de carácter:
Uso recorrente à justiça
(meirinho, textos das leis,
recursos…)
Calão:
Em algumas falas do
Parvo
Cuidada:
«para onde a levais?»
Ironia
«Santo descorregedor»
Eufemismo
«lago dos cães»
Antítese
(jogo de palavras)
«há-de ir um
corregedor?
- Santo descorregedor»
CORREGEDOR
&
PROCURADOR
Auto
da Barca
do Inferno

Tipos de cómico,
registos de língua
e recursos
expressivos
TIPOS DE CÓMICO REGISTOS DE LÍNGUA RECURSOS ESTILÍSTICOS
Cómico de situação
e carácter:
Inocência do enforcado,
ante os conselhos de
Garcia Moniz
Familiar:
Pelo tom coloquial e uso
frequente da copulativa
ENFORCADO
Auto
da Barca
do Inferno

Tipos de cómico,
registos de língua
e recursos
expressivos

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Auto Da Barca Do Inferno cena do frade
Auto Da Barca Do Inferno cena do fradeAuto Da Barca Do Inferno cena do frade
Auto Da Barca Do Inferno cena do frade
Delfina Vernuccio
 
Cena do Enforcado - Auto da Barca do Inferno
Cena do Enforcado - Auto da Barca do InfernoCena do Enforcado - Auto da Barca do Inferno
Cena do Enforcado - Auto da Barca do Inferno
Toninho Mata
 
A alcoviteira
A alcoviteiraA alcoviteira
A alcoviteira
ElisabeteMarques
 
Auto da barca do inferno, cena VI-O Frade
Auto da barca do inferno, cena VI-O FradeAuto da barca do inferno, cena VI-O Frade
Auto da barca do inferno, cena VI-O Frade
Beatriz Campos
 
Cena do onzeneiro
Cena do onzeneiroCena do onzeneiro
Cena do onzeneiro
José Ferreira
 
Teste 9 b_auto (1)
Teste 9 b_auto (1)Teste 9 b_auto (1)
Teste 9 b_auto (1)
apfandradeg
 
Auto da barca do inferno- O frade
Auto da barca do inferno- O fradeAuto da barca do inferno- O frade
Auto da barca do inferno- O frade
Zé Carlos Barbosa
 
Onzeneiro
OnzeneiroOnzeneiro
Proposição
ProposiçãoProposição
Proposição
Paula Oliveira Cruz
 
Análise de Os Lusíadas
Análise de Os Lusíadas Análise de Os Lusíadas
Análise de Os Lusíadas
Lurdes Augusto
 
Auto da barca do inferno
Auto da barca do infernoAuto da barca do inferno
Auto da barca do inferno
Maria Rodrigues
 
Grelha de análise do auto da barca do inferno 9º
Grelha de análise do auto da barca do inferno 9ºGrelha de análise do auto da barca do inferno 9º
Grelha de análise do auto da barca do inferno 9º
Secretaria Regional de Educação da Madeira
 
Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente
Auto da Barca do Inferno, de Gil VicenteAuto da Barca do Inferno, de Gil Vicente
Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente
Lurdes Augusto
 
Auto da Barca do Inferno-Judeu
Auto da Barca do Inferno-JudeuAuto da Barca do Inferno-Judeu
Auto da Barca do Inferno-Judeu
Pedro Lucas
 
Auto da barca_do_inferno_O_Sapateiro_ppt
Auto da barca_do_inferno_O_Sapateiro_pptAuto da barca_do_inferno_O_Sapateiro_ppt
Auto da barca_do_inferno_O_Sapateiro_ppt
sin3stesia
 
Auto da barca do Inferno
Auto da barca do InfernoAuto da barca do Inferno
Auto da barca do Inferno
Margarida Ramos
 
Tempestade e Chegada à Índia
Tempestade e Chegada à ÍndiaTempestade e Chegada à Índia
Tempestade e Chegada à Índia
sin3stesia
 
Análise do episódio "Inês de Castro"
Análise do episódio "Inês de Castro"Análise do episódio "Inês de Castro"
Análise do episódio "Inês de Castro"
Inês Moreira
 
Analise os lusiadas 1
Analise os lusiadas 1Analise os lusiadas 1
Analise os lusiadas 1
Célia Gonçalves
 
O corregedor e o procurador - Português 9º ano
O corregedor e o procurador - Português 9º anoO corregedor e o procurador - Português 9º ano
O corregedor e o procurador - Português 9º ano
Gabriel Lima
 

Mais procurados (20)

Auto Da Barca Do Inferno cena do frade
Auto Da Barca Do Inferno cena do fradeAuto Da Barca Do Inferno cena do frade
Auto Da Barca Do Inferno cena do frade
 
Cena do Enforcado - Auto da Barca do Inferno
Cena do Enforcado - Auto da Barca do InfernoCena do Enforcado - Auto da Barca do Inferno
Cena do Enforcado - Auto da Barca do Inferno
 
A alcoviteira
A alcoviteiraA alcoviteira
A alcoviteira
 
Auto da barca do inferno, cena VI-O Frade
Auto da barca do inferno, cena VI-O FradeAuto da barca do inferno, cena VI-O Frade
Auto da barca do inferno, cena VI-O Frade
 
Cena do onzeneiro
Cena do onzeneiroCena do onzeneiro
Cena do onzeneiro
 
Teste 9 b_auto (1)
Teste 9 b_auto (1)Teste 9 b_auto (1)
Teste 9 b_auto (1)
 
Auto da barca do inferno- O frade
Auto da barca do inferno- O fradeAuto da barca do inferno- O frade
Auto da barca do inferno- O frade
 
Onzeneiro
OnzeneiroOnzeneiro
Onzeneiro
 
Proposição
ProposiçãoProposição
Proposição
 
Análise de Os Lusíadas
Análise de Os Lusíadas Análise de Os Lusíadas
Análise de Os Lusíadas
 
Auto da barca do inferno
Auto da barca do infernoAuto da barca do inferno
Auto da barca do inferno
 
Grelha de análise do auto da barca do inferno 9º
Grelha de análise do auto da barca do inferno 9ºGrelha de análise do auto da barca do inferno 9º
Grelha de análise do auto da barca do inferno 9º
 
Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente
Auto da Barca do Inferno, de Gil VicenteAuto da Barca do Inferno, de Gil Vicente
Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente
 
Auto da Barca do Inferno-Judeu
Auto da Barca do Inferno-JudeuAuto da Barca do Inferno-Judeu
Auto da Barca do Inferno-Judeu
 
Auto da barca_do_inferno_O_Sapateiro_ppt
Auto da barca_do_inferno_O_Sapateiro_pptAuto da barca_do_inferno_O_Sapateiro_ppt
Auto da barca_do_inferno_O_Sapateiro_ppt
 
Auto da barca do Inferno
Auto da barca do InfernoAuto da barca do Inferno
Auto da barca do Inferno
 
Tempestade e Chegada à Índia
Tempestade e Chegada à ÍndiaTempestade e Chegada à Índia
Tempestade e Chegada à Índia
 
Análise do episódio "Inês de Castro"
Análise do episódio "Inês de Castro"Análise do episódio "Inês de Castro"
Análise do episódio "Inês de Castro"
 
Analise os lusiadas 1
Analise os lusiadas 1Analise os lusiadas 1
Analise os lusiadas 1
 
O corregedor e o procurador - Português 9º ano
O corregedor e o procurador - Português 9º anoO corregedor e o procurador - Português 9º ano
O corregedor e o procurador - Português 9º ano
 

Destaque

69ª Cipm (1)
69ª Cipm (1)69ª Cipm (1)
69ª Cipm (1)
Guy Valerio
 
Livro ebook-quando-surge-a-decepcao
Livro ebook-quando-surge-a-decepcaoLivro ebook-quando-surge-a-decepcao
Livro ebook-quando-surge-a-decepcao
sianerj
 
Epidemiologia hospitalaria insuf cardiaca final
Epidemiologia hospitalaria insuf cardiaca finalEpidemiologia hospitalaria insuf cardiaca final
Epidemiologia hospitalaria insuf cardiaca final
Juan Manuel García Torrecillas
 
La Función Legislativa
La Función LegislativaLa Función Legislativa
La Función Legislativa
Ignacio Muñoz Muñoz
 
Moran dafna cozi
Moran dafna coziMoran dafna cozi
Moran dafna cozi
dafnaNiv
 
Presentacin comunicacin oral
Presentacin comunicacin oral Presentacin comunicacin oral
Presentacin comunicacin oral
adaniloq
 
Some Known Facts About WordPress
Some Known Facts About WordPressSome Known Facts About WordPress
Some Known Facts About WordPress
Grey Matter India Technologies PVT LTD
 
Mobile Apps Conference Sydney 2012 - Delivering Native Apps
Mobile Apps Conference Sydney 2012 - Delivering Native AppsMobile Apps Conference Sydney 2012 - Delivering Native Apps
Mobile Apps Conference Sydney 2012 - Delivering Native Apps
Simon Clarke
 
Presentation
PresentationPresentation
Presentation
Dean Graham
 
FORMULIR PENGUKURAN
FORMULIR PENGUKURANFORMULIR PENGUKURAN
FORMULIR PENGUKURAN
Syamsul Falah
 
JEC Magazine 2016 issue 34
JEC Magazine 2016 issue 34JEC Magazine 2016 issue 34
JEC Magazine 2016 issue 34
JEC Communications
 
Carta de-servicio.
Carta de-servicio.Carta de-servicio.
Carta de-servicio.
Liliana Paez Guevara
 
Social Recruiting In Tech - 2015 Survey
Social Recruiting In Tech - 2015 SurveySocial Recruiting In Tech - 2015 Survey
Social Recruiting In Tech - 2015 Survey
Dice
 
Leryn Franco
Leryn  FrancoLeryn  Franco
Leryn Franco
prosvsports
 
Social Brands - Presentación Básica Corporativa
Social Brands - Presentación Básica CorporativaSocial Brands - Presentación Básica Corporativa
Social Brands - Presentación Básica Corporativa
Jim Rengifo Espinosa
 

Destaque (17)

69ª Cipm (1)
69ª Cipm (1)69ª Cipm (1)
69ª Cipm (1)
 
Livro ebook-quando-surge-a-decepcao
Livro ebook-quando-surge-a-decepcaoLivro ebook-quando-surge-a-decepcao
Livro ebook-quando-surge-a-decepcao
 
Epidemiologia hospitalaria insuf cardiaca final
Epidemiologia hospitalaria insuf cardiaca finalEpidemiologia hospitalaria insuf cardiaca final
Epidemiologia hospitalaria insuf cardiaca final
 
La Función Legislativa
La Función LegislativaLa Función Legislativa
La Función Legislativa
 
Moran dafna cozi
Moran dafna coziMoran dafna cozi
Moran dafna cozi
 
Memorias 2013
Memorias 2013Memorias 2013
Memorias 2013
 
Presentacin comunicacin oral
Presentacin comunicacin oral Presentacin comunicacin oral
Presentacin comunicacin oral
 
Some Known Facts About WordPress
Some Known Facts About WordPressSome Known Facts About WordPress
Some Known Facts About WordPress
 
Mobile Apps Conference Sydney 2012 - Delivering Native Apps
Mobile Apps Conference Sydney 2012 - Delivering Native AppsMobile Apps Conference Sydney 2012 - Delivering Native Apps
Mobile Apps Conference Sydney 2012 - Delivering Native Apps
 
Presentation
PresentationPresentation
Presentation
 
La princesa vanidosa
La princesa vanidosaLa princesa vanidosa
La princesa vanidosa
 
FORMULIR PENGUKURAN
FORMULIR PENGUKURANFORMULIR PENGUKURAN
FORMULIR PENGUKURAN
 
JEC Magazine 2016 issue 34
JEC Magazine 2016 issue 34JEC Magazine 2016 issue 34
JEC Magazine 2016 issue 34
 
Carta de-servicio.
Carta de-servicio.Carta de-servicio.
Carta de-servicio.
 
Social Recruiting In Tech - 2015 Survey
Social Recruiting In Tech - 2015 SurveySocial Recruiting In Tech - 2015 Survey
Social Recruiting In Tech - 2015 Survey
 
Leryn Franco
Leryn  FrancoLeryn  Franco
Leryn Franco
 
Social Brands - Presentación Básica Corporativa
Social Brands - Presentación Básica CorporativaSocial Brands - Presentación Básica Corporativa
Social Brands - Presentación Básica Corporativa
 

Semelhante a Abi comicos registos_recursos

Auto da-barca-do-inferno-quadro-sintese-com- rscurssos estilisticos
Auto da-barca-do-inferno-quadro-sintese-com- rscurssos estilisticosAuto da-barca-do-inferno-quadro-sintese-com- rscurssos estilisticos
Auto da-barca-do-inferno-quadro-sintese-com- rscurssos estilisticos
Ana Paula
 
grelhadeanlisedoautodabarcadoinferno9-151114225815-lva1-app6891.pdf
grelhadeanlisedoautodabarcadoinferno9-151114225815-lva1-app6891.pdfgrelhadeanlisedoautodabarcadoinferno9-151114225815-lva1-app6891.pdf
grelhadeanlisedoautodabarcadoinferno9-151114225815-lva1-app6891.pdf
SusanaMarques87
 
Abi comicos registos_estilo
Abi comicos registos_estiloAbi comicos registos_estilo
Abi comicos registos_estilo
Albina Dinis
 
Quadros de Sistematização do ABI_final.pptx
Quadros de Sistematização do ABI_final.pptxQuadros de Sistematização do ABI_final.pptx
Quadros de Sistematização do ABI_final.pptx
Lara Silva
 
Humanismo - Gil Vicente
Humanismo  - Gil VicenteHumanismo  - Gil Vicente
Humanismo - Gil Vicente
Escola Estadual Joaquim Abarca -
 
Abi personagens tipo bom
Abi personagens tipo bomAbi personagens tipo bom
Abi personagens tipo bom
paulaoliveiraoliveir2
 
Auto+da+barca+do+inferno power point (4)
Auto+da+barca+do+inferno power point (4)Auto+da+barca+do+inferno power point (4)
Auto+da+barca+do+inferno power point (4)
DavidMonteiro65
 
Gil Vicente
Gil VicenteGil Vicente
Gil Vicente
Cláudia Heloísa
 
Bocage
BocageBocage
José de Alencar
José de AlencarJosé de Alencar
José de Alencar
Cláudia Heloísa
 
Apresentação para décimo primeiro ano, aula 48
Apresentação para décimo primeiro ano, aula 48Apresentação para décimo primeiro ano, aula 48
Apresentação para décimo primeiro ano, aula 48
luisprista
 
Qorpo santo e a qoisa poética
Qorpo santo e a qoisa poéticaQorpo santo e a qoisa poética
Qorpo santo e a qoisa poética
Gladis Maia
 
Auto da barca do inferno ppt bom
Auto da barca do inferno ppt bomAuto da barca do inferno ppt bom
Auto da barca do inferno ppt bom
paulaoliveiraoliveir2
 
Auto da barca do inferno
Auto da barca do infernoAuto da barca do inferno
Auto da barca do inferno
Fred Spark
 
Barca gvicente
Barca gvicenteBarca gvicente
Barca gvicente
Vinicius O Resiliente
 
Lingua portuguesa
Lingua portuguesaLingua portuguesa
Lingua portuguesa
misteralcoolico
 
Aula definitiva-auto-da-barca
Aula definitiva-auto-da-barcaAula definitiva-auto-da-barca
Aula definitiva-auto-da-barca
Cooperativa do Saber
 
Chicos 19 janeiro 2009
Chicos 19 janeiro 2009Chicos 19 janeiro 2009
Chicos 19 janeiro 2009
Chicos Cataletras
 
Aula definitiva auto_da_barca
Aula definitiva auto_da_barcaAula definitiva auto_da_barca
Aula definitiva auto_da_barca
Zofia Santos
 
Aula definitiva auto_da_barca
Aula definitiva auto_da_barcaAula definitiva auto_da_barca
Aula definitiva auto_da_barca
guest9fbcf8f
 

Semelhante a Abi comicos registos_recursos (20)

Auto da-barca-do-inferno-quadro-sintese-com- rscurssos estilisticos
Auto da-barca-do-inferno-quadro-sintese-com- rscurssos estilisticosAuto da-barca-do-inferno-quadro-sintese-com- rscurssos estilisticos
Auto da-barca-do-inferno-quadro-sintese-com- rscurssos estilisticos
 
grelhadeanlisedoautodabarcadoinferno9-151114225815-lva1-app6891.pdf
grelhadeanlisedoautodabarcadoinferno9-151114225815-lva1-app6891.pdfgrelhadeanlisedoautodabarcadoinferno9-151114225815-lva1-app6891.pdf
grelhadeanlisedoautodabarcadoinferno9-151114225815-lva1-app6891.pdf
 
Abi comicos registos_estilo
Abi comicos registos_estiloAbi comicos registos_estilo
Abi comicos registos_estilo
 
Quadros de Sistematização do ABI_final.pptx
Quadros de Sistematização do ABI_final.pptxQuadros de Sistematização do ABI_final.pptx
Quadros de Sistematização do ABI_final.pptx
 
Humanismo - Gil Vicente
Humanismo  - Gil VicenteHumanismo  - Gil Vicente
Humanismo - Gil Vicente
 
Abi personagens tipo bom
Abi personagens tipo bomAbi personagens tipo bom
Abi personagens tipo bom
 
Auto+da+barca+do+inferno power point (4)
Auto+da+barca+do+inferno power point (4)Auto+da+barca+do+inferno power point (4)
Auto+da+barca+do+inferno power point (4)
 
Gil Vicente
Gil VicenteGil Vicente
Gil Vicente
 
Bocage
BocageBocage
Bocage
 
José de Alencar
José de AlencarJosé de Alencar
José de Alencar
 
Apresentação para décimo primeiro ano, aula 48
Apresentação para décimo primeiro ano, aula 48Apresentação para décimo primeiro ano, aula 48
Apresentação para décimo primeiro ano, aula 48
 
Qorpo santo e a qoisa poética
Qorpo santo e a qoisa poéticaQorpo santo e a qoisa poética
Qorpo santo e a qoisa poética
 
Auto da barca do inferno ppt bom
Auto da barca do inferno ppt bomAuto da barca do inferno ppt bom
Auto da barca do inferno ppt bom
 
Auto da barca do inferno
Auto da barca do infernoAuto da barca do inferno
Auto da barca do inferno
 
Barca gvicente
Barca gvicenteBarca gvicente
Barca gvicente
 
Lingua portuguesa
Lingua portuguesaLingua portuguesa
Lingua portuguesa
 
Aula definitiva-auto-da-barca
Aula definitiva-auto-da-barcaAula definitiva-auto-da-barca
Aula definitiva-auto-da-barca
 
Chicos 19 janeiro 2009
Chicos 19 janeiro 2009Chicos 19 janeiro 2009
Chicos 19 janeiro 2009
 
Aula definitiva auto_da_barca
Aula definitiva auto_da_barcaAula definitiva auto_da_barca
Aula definitiva auto_da_barca
 
Aula definitiva auto_da_barca
Aula definitiva auto_da_barcaAula definitiva auto_da_barca
Aula definitiva auto_da_barca
 

Mais de Teresa Cabrita

0349 - Ahsst- conceitos basicos.pdf
0349 - Ahsst- conceitos basicos.pdf0349 - Ahsst- conceitos basicos.pdf
0349 - Ahsst- conceitos basicos.pdf
Teresa Cabrita
 
teste.pdf
teste.pdfteste.pdf
teste.pdf
Teresa Cabrita
 
Avaliação UFCD 5440_Teams.pdf
Avaliação UFCD 5440_Teams.pdfAvaliação UFCD 5440_Teams.pdf
Avaliação UFCD 5440_Teams.pdf
Teresa Cabrita
 
-Ficha-de-Trabalho-Nº1.pdf
-Ficha-de-Trabalho-Nº1.pdf-Ficha-de-Trabalho-Nº1.pdf
-Ficha-de-Trabalho-Nº1.pdf
Teresa Cabrita
 
6701-Actividade-Economica-pdf.pdf
6701-Actividade-Economica-pdf.pdf6701-Actividade-Economica-pdf.pdf
6701-Actividade-Economica-pdf.pdf
Teresa Cabrita
 
manual _ficha_1 (1).docx
manual _ficha_1 (1).docxmanual _ficha_1 (1).docx
manual _ficha_1 (1).docx
Teresa Cabrita
 
1.5comrcioedistribuio.pptx
1.5comrcioedistribuio.pptx1.5comrcioedistribuio.pptx
1.5comrcioedistribuio.pptx
Teresa Cabrita
 
Fichadetrabalhon19 m12-atendimentopessoal-141127102144-conversion-gate01 (1)
Fichadetrabalhon19 m12-atendimentopessoal-141127102144-conversion-gate01 (1)Fichadetrabalhon19 m12-atendimentopessoal-141127102144-conversion-gate01 (1)
Fichadetrabalhon19 m12-atendimentopessoal-141127102144-conversion-gate01 (1)
Teresa Cabrita
 
Manual qualidade-atividade-formativa website
Manual qualidade-atividade-formativa websiteManual qualidade-atividade-formativa website
Manual qualidade-atividade-formativa website
Teresa Cabrita
 
192081687 pontuacao
192081687 pontuacao192081687 pontuacao
192081687 pontuacao
Teresa Cabrita
 
Exercício 3.soluçõesdocx
Exercício 3.soluçõesdocxExercício 3.soluçõesdocx
Exercício 3.soluçõesdocx
Teresa Cabrita
 
Aintegraoeconmica[1]
Aintegraoeconmica[1]Aintegraoeconmica[1]
Aintegraoeconmica[1]
Teresa Cabrita
 

Mais de Teresa Cabrita (14)

0349 - Ahsst- conceitos basicos.pdf
0349 - Ahsst- conceitos basicos.pdf0349 - Ahsst- conceitos basicos.pdf
0349 - Ahsst- conceitos basicos.pdf
 
teste.pdf
teste.pdfteste.pdf
teste.pdf
 
Avaliação UFCD 5440_Teams.pdf
Avaliação UFCD 5440_Teams.pdfAvaliação UFCD 5440_Teams.pdf
Avaliação UFCD 5440_Teams.pdf
 
-Ficha-de-Trabalho-Nº1.pdf
-Ficha-de-Trabalho-Nº1.pdf-Ficha-de-Trabalho-Nº1.pdf
-Ficha-de-Trabalho-Nº1.pdf
 
6701-Actividade-Economica-pdf.pdf
6701-Actividade-Economica-pdf.pdf6701-Actividade-Economica-pdf.pdf
6701-Actividade-Economica-pdf.pdf
 
manual _ficha_1 (1).docx
manual _ficha_1 (1).docxmanual _ficha_1 (1).docx
manual _ficha_1 (1).docx
 
1.5comrcioedistribuio.pptx
1.5comrcioedistribuio.pptx1.5comrcioedistribuio.pptx
1.5comrcioedistribuio.pptx
 
Fichadetrabalhon19 m12-atendimentopessoal-141127102144-conversion-gate01 (1)
Fichadetrabalhon19 m12-atendimentopessoal-141127102144-conversion-gate01 (1)Fichadetrabalhon19 m12-atendimentopessoal-141127102144-conversion-gate01 (1)
Fichadetrabalhon19 m12-atendimentopessoal-141127102144-conversion-gate01 (1)
 
Manual qualidade-atividade-formativa website
Manual qualidade-atividade-formativa websiteManual qualidade-atividade-formativa website
Manual qualidade-atividade-formativa website
 
Ue
UeUe
Ue
 
192081687 pontuacao
192081687 pontuacao192081687 pontuacao
192081687 pontuacao
 
Exercício 3.soluçõesdocx
Exercício 3.soluçõesdocxExercício 3.soluçõesdocx
Exercício 3.soluçõesdocx
 
Modulo 6
Modulo 6Modulo 6
Modulo 6
 
Aintegraoeconmica[1]
Aintegraoeconmica[1]Aintegraoeconmica[1]
Aintegraoeconmica[1]
 

Último

UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
Manuais Formação
 
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptxAdministração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
helenawaya9
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdfIntendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Falcão Brasil
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Falcão Brasil
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
Marcelo Botura
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
Falcão Brasil
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Bibliotecas Escolares AEIDH
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
 
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptxAdministração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdfIntendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
 
Festa dos Finalistas .
Festa dos Finalistas                    .Festa dos Finalistas                    .
Festa dos Finalistas .
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
 

Abi comicos registos_recursos

  • 1. Auto da barca do Inferno Tipos de cómico, registos de língua e recursos expressivos JMOR | 2014
  • 2. Auto da Barca do Inferno  Tipos de cómico, registos de língua e recursos expressivos TIPOS DE CÓMICO REGISTOS DE LÍNGUA RECURSOS ESTILÍSTICOS Cómico de situação: «Pêra lá vai a senhora» Cómico de linguagem: «Que giricocins, salvanor» Cómico de carácter: «tornarei à outra vida ver minha dama querida que se quer matar por mi» «Dá-me licença, te peço, que vá ver minha mulher». Linguagem corrente: «Isso bem certo o sei eu.» Linguagem popular: «Par Deus, aviado estou!» Linguagem cuidada: «Porém, a que terra passais?» Eufemismo: «vai para a ilha perdida» Ironia: «ò poderoso dom Anrique» «Embarqu’a vossa doçura, que cá nos entederemos» Antítese: «Segundo lá escolhestes, assi cá vos contentai» Metáfora: «Que maré tão de prata» «Ó barca, como és ardente!»FIDALGO
  • 3. Auto da Barca do Inferno  Tipos de cómico, registos de língua e recursos expressivos TIPOS DE CÓMICO REGISTOS DE LÍNGUA RECURSOS ESTILÍSTICOS Cómico de carácter: «Quero lá tornar ao mundo e trarei o meu dinheiro» Cómico de linguagem: «dá-me tanta borregada como arrais lá no Barreiro» Cómico de situação: «Dar-vos-ei tanta pancada com um remo, que renegues!» Linguagem corrente presente em todo o texto Linguagem popular: «Pesar de São Pimentel, nunca tanta pressa vi» Ironia: «Ora mui muito me espanto nom vos livrar o dinheiro» «Oh! Que gentil recear» Eufemismo: «me deu Saturno quebranto» «Pera a infernal comarca.» Metáfora: «onzeneiro meu parente» ONZENEIRO
  • 4. Auto da Barca do Inferno  Tipos de cómico, registos de língua e recursos expressivos TIPOS DE CÓMICO REGISTOS DE LÍNGUA RECURSOS ESTILÍSTICOS Cómico de linguagem: sobretudo pelas asneiras e pelo vocabulário relacionado com coprolalia (tendência involuntária de proferir palavras obscenas ou fazer comentários geralmente considerados socialmente depreciativos e, portanto, inadequados). Cómico de situação: quando Joane insulta o Diabo Cómico de carácter: a maneira de ser de Joane provoca o riso («de pulo ou de vôo?» Calão: asneiras, coprolalia; Linguagem popular: «Hou! Pesar de meu avô!» «Antrecosto de carrapato» Linguagem corrente: no diálogo com o Anjo Eufemismo: «Ao porto de Lúcifer» Repetição: «Aguardai, aguardai, houlá!» Expressões injuriosas: «Barca do cornudo» «filho da grande aleivosa» PARVO
  • 5. Auto da Barca do Inferno  Tipos de cómico, registos de língua e recursos expressivos TIPOS DE CÓMICO REGISTOS DE LÍNGUA RECURSOS ESTILÍSTICOS Cómico de linguagem: «e da puta da barcagem» «nem à puta da badana» Cómico de carácter: «Mandaram-me vir assi…» (carregado). Gíria (técnico-científica): «cordovão», «badana», «forminhas» Linguagem popular: «é esta boa traquitana» Calão: «puta», «cagadas» Linguagem corrente: sobretudo na fala do Anjo Ironia: «Santo sapateiro honrado!» Eufemismo: «lago dos danados» Hipérbole: «calaste dous mil enganos» Jogo de linguagem «que vá cozer o Inferno» Antítese: «...comungado? / E tu morreste escomungado» Metáfora: «almas embaraçadas» SAPATEIRO
  • 6. Auto da Barca do Inferno  Tipos de cómico, registos de língua e recursos expressivos TIPOS DE CÓMICO REGISTOS DE LÍNGUA RECURSOS ESTILÍSTICOS Cómico de situação e Cómico de carácter: quando entra em cena a cantar e a dançar (ainda por cima, com uma moça pela mão!) e quando dá uma lição de esgrima; Cómico de linguagem: «Furtaste o trinchão, frade?» Gíria (técnico-científica): «Deo gratias» «sus», «um fendente», «levada», «talho largo», «revés», «colher os pés» e «segunda guarda», etc. Linguagem popular: «palha n’albarda», «Ah! nom praza a São Domingos» Ironia « Fezeste bem, que é fermosa!»;«Devoto padre»; «Dê…lição d’esgrima, que é cousa boa!»; «Que cousa tão preciosa!» Eufemismo e Pleonasmo: «fogo ardente» Antítese «padre mundanal», «padre marido» Comparação: «Tão bem guardado como a palha n’albarda» FRADE
  • 7. Auto da Barca do Inferno  Tipos de cómico, registos de língua e recursos expressivos TIPOS DE CÓMICO REGISTOS DE LÍNGUA RECURSOS ESTILÍSTICOS Cómico de linguagem: «Cuidas que trago piolhos» Cómico de situação e Cómico de carácter quando tenta seduzir o Anjo, com “palavrinhas doces” e quando, mesmo depois de morta, se mostra preocupada com a sua aparência («pareço mal cá de fora») Linguagem cuidada: «Passai-me, por vossa fé, / meu amor, minhas bobinas, / olhos de perlinhas finas!» Ironia «Que saboroso arrecear» Eufemismo «fogo infernal» Comparação «Santa Úrsula nom converteo tantas cachopas como eu» Metáfora: «meu amor, minhas boninas, olho de perlinhas finas»ALCOVITEIRA
  • 8. Auto da Barca do Inferno  Tipos de cómico, registos de língua e recursos expressivos TIPOS DE CÓMICO REGISTOS DE LÍNGUA RECURSOS ESTILÍSTICOS Cómico de linguagem: Calão usado quer pelo Judeu quer pelo Parvo; Cómico de situação: Decisão final do Diabo em levar o Judeu e o bode a reboque Cómico de carácter: Insistência do Judeu e tentativa de suborno do Diabo para entrar na barca com o bode. Popular/calão: Pragas dos Judeu ao Diabo Intervenção do Parvo JUDEU
  • 9. Auto da Barca do Inferno  Tipos de cómico, registos de língua e recursos expressivos TIPOS DE CÓMICO REGISTOS DE LÍNGUA RECURSOS ESTILÍSTICOS Cómico de linguagem: uso do latim macarrónico Cómico de situação: Condenação da justiça humana pela justiça divida (julgador é julgado) Cómico de carácter: Uso recorrente à justiça (meirinho, textos das leis, recursos…) Calão: Em algumas falas do Parvo Cuidada: «para onde a levais?» Ironia «Santo descorregedor» Eufemismo «lago dos cães» Antítese (jogo de palavras) «há-de ir um corregedor? - Santo descorregedor» CORREGEDOR & PROCURADOR
  • 10. Auto da Barca do Inferno  Tipos de cómico, registos de língua e recursos expressivos TIPOS DE CÓMICO REGISTOS DE LÍNGUA RECURSOS ESTILÍSTICOS Cómico de situação e carácter: Inocência do enforcado, ante os conselhos de Garcia Moniz Familiar: Pelo tom coloquial e uso frequente da copulativa ENFORCADO
  • 11. Auto da Barca do Inferno  Tipos de cómico, registos de língua e recursos expressivos