SlideShare uma empresa Scribd logo
Auto da Barca do Inferno

Trabalho realizado por:
Pedro carvalho nº15 9ºD
manuel almeida nº 20 9ºD
Sofia da silva nº14 9ºD

- O Judeu;
O Judeu
A personagem que está em
1.Atividade/profissão da
cenapersonagem (cena 8).
é um Judeu em cena

A personagem transporta consigo um
símbolo apenas , um bode.
O bode recebia uma carga simbólica
as injustiças doque transporta e era
2.Símbolos povo judeu
consigo o seu significado
conduzido aoedeserto para aí despejar

O

destino

final

da

personagem
foi
ir a
3.Destino final
reboque na barca do

Inferno.

os

pecados

depois

de

morrer,

concluindo fazia parte dos sacrifícios
rituais da religião judaica.
O Judeu
As razões para a sua condenação : em primeiro lugar, o
Judeu não entraria na barca do Anjo, pois não dialogou
com ele e não acreditava na religião cristã; em segundo
lugar ,5.Razóes apresentadas para aDiabo, porque este
não entrou na barca do condenação
decide que ele e o bode iriam “a reboque” na barca
infernal, já que era hábito os judeus estarem separados

das restantes pessoas.
O Judeu
O

tipo

social

6.Tipo social representado
representado era
os Judeus.

O Judeu para tentar entrar na barca
com 7.Argumentos de defesa ao
o bode oferece dinheiro
utilizados pela este recusa
Diabo mas como personagem , o

Profanação de sepulturas; o

Judeu reage com pragas Diabo.

bode, ter cometido várias
8.Argumentos de acusação
contra religião cristã
ofensas á a personagem e

Parvo acusa-o de roubar o

comer carne no dia do “Nosso
Senhor”.
O Judeu
Teimoso; mercantil;
9.Caracterização/comportamento
Fanático; avarento.
11.Aspetos criticados
Religião; forte ligação ao dinheiro.

Cómico de Linguagem:

usa a gíria e o palavrão.
Cómico de situação:
10.Tipo de cómico
Não entra na barca e vai a

reboque.
O Judeu
Linguagem popular-calão-como
12.Caraterísticas específicas da
por exemplo: “ filho da cornuda”.
linguagem utilizada;

A intenção crítica desta cena
é explicar a discriminação
social 14.Intenção crítica pela
vivida
comunidade Judaica naquela

Ironia: na conversa entre o Diabo e o Judeu;
Perífrase: “ao senhor meirinho apraz “;
13.Recursos expressivos
Imperativo: “ Vós , Judeu irês à toa, que sois
mui ruim pessoa” .

época.

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Os três P´s dos negócios - Escrito por Rodilson Silva
Os três P´s dos negócios - Escrito por Rodilson SilvaOs três P´s dos negócios - Escrito por Rodilson Silva
Os três P´s dos negócios - Escrito por Rodilson Silva
Rodilson Silva - Green Belt
 
As 10 mais valiosas habilidades no trabalho - Escrito por Rodilson Silva
As 10 mais valiosas habilidades no trabalho - Escrito por Rodilson SilvaAs 10 mais valiosas habilidades no trabalho - Escrito por Rodilson Silva
As 10 mais valiosas habilidades no trabalho - Escrito por Rodilson Silva
Rodilson Silva - Green Belt
 
Cronograma do Laboratório de Informática da Escola Municipal Humberto de Campos
Cronograma do Laboratório de Informática da Escola Municipal Humberto de CamposCronograma do Laboratório de Informática da Escola Municipal Humberto de Campos
Cronograma do Laboratório de Informática da Escola Municipal Humberto de Campos
Silvana Pinto
 
Boletim 503
Boletim 503Boletim 503
Torne se um grande líder - escrito por Rodilson Silva
Torne se um grande líder - escrito por Rodilson SilvaTorne se um grande líder - escrito por Rodilson Silva
Torne se um grande líder - escrito por Rodilson Silva
Rodilson Silva - Green Belt
 
E-book Vetex para Black Friday com dados E-commerce
E-book Vetex para Black Friday com dados E-commerce E-book Vetex para Black Friday com dados E-commerce
E-book Vetex para Black Friday com dados E-commerce
Israel Degasperi
 
Os cinco dedos judeu
Os cinco dedos judeuOs cinco dedos judeu
Os cinco dedos judeu
Damilectric
 
Lean office (Administrativo) - Rodilson Silva
Lean office (Administrativo) - Rodilson SilvaLean office (Administrativo) - Rodilson Silva
Lean office (Administrativo) - Rodilson Silva
Rodilson Silva - Green Belt
 
Catalogo varejo
Catalogo varejoCatalogo varejo
Catalogo varejo
jferraznetto
 
Horário+v..
Horário+v..Horário+v..
Horário+v..
Silvana Pinto
 
Diversão e lucro com raspberry pi
Diversão e lucro com raspberry piDiversão e lucro com raspberry pi
Diversão e lucro com raspberry pi
Marcelo Laranjeira Melo
 
Auto da barca do inferno - judeu
Auto da barca do inferno - judeuAuto da barca do inferno - judeu
Auto da barca do inferno - judeu
BeatrizMarques25
 
Ebook guia-pratico-de-como-montar-um-planograma-eficiente1
Ebook guia-pratico-de-como-montar-um-planograma-eficiente1Ebook guia-pratico-de-como-montar-um-planograma-eficiente1
Ebook guia-pratico-de-como-montar-um-planograma-eficiente1
leopaiva217101
 
Planograma
PlanogramaPlanograma
Planograma
fedconet
 
2. normas de exhibición
2. normas de exhibición2. normas de exhibición
2. normas de exhibición
Christian Ricardo Otero León
 
Modelos de contrato de prestação de serviços fotográficos
Modelos de contrato de prestação de serviços fotográficosModelos de contrato de prestação de serviços fotográficos
Modelos de contrato de prestação de serviços fotográficos
Fantoches de Luz
 
Exhibicion de productos
Exhibicion de productosExhibicion de productos
Exhibicion de productos
Andres Reinosa
 
Judaísmo
JudaísmoJudaísmo
Judaísmo
Débora Neves
 
Judaismo
JudaismoJudaismo
Judaismo
Milton Camargo
 
LIÇÃO 11 - VIVENDO DE FORMA MODERADA
LIÇÃO 11 - VIVENDO DE FORMA MODERADALIÇÃO 11 - VIVENDO DE FORMA MODERADA
LIÇÃO 11 - VIVENDO DE FORMA MODERADA
Polícia Militar do Estado do Tocantins
 

Destaque (20)

Os três P´s dos negócios - Escrito por Rodilson Silva
Os três P´s dos negócios - Escrito por Rodilson SilvaOs três P´s dos negócios - Escrito por Rodilson Silva
Os três P´s dos negócios - Escrito por Rodilson Silva
 
As 10 mais valiosas habilidades no trabalho - Escrito por Rodilson Silva
As 10 mais valiosas habilidades no trabalho - Escrito por Rodilson SilvaAs 10 mais valiosas habilidades no trabalho - Escrito por Rodilson Silva
As 10 mais valiosas habilidades no trabalho - Escrito por Rodilson Silva
 
Cronograma do Laboratório de Informática da Escola Municipal Humberto de Campos
Cronograma do Laboratório de Informática da Escola Municipal Humberto de CamposCronograma do Laboratório de Informática da Escola Municipal Humberto de Campos
Cronograma do Laboratório de Informática da Escola Municipal Humberto de Campos
 
Boletim 503
Boletim 503Boletim 503
Boletim 503
 
Torne se um grande líder - escrito por Rodilson Silva
Torne se um grande líder - escrito por Rodilson SilvaTorne se um grande líder - escrito por Rodilson Silva
Torne se um grande líder - escrito por Rodilson Silva
 
E-book Vetex para Black Friday com dados E-commerce
E-book Vetex para Black Friday com dados E-commerce E-book Vetex para Black Friday com dados E-commerce
E-book Vetex para Black Friday com dados E-commerce
 
Os cinco dedos judeu
Os cinco dedos judeuOs cinco dedos judeu
Os cinco dedos judeu
 
Lean office (Administrativo) - Rodilson Silva
Lean office (Administrativo) - Rodilson SilvaLean office (Administrativo) - Rodilson Silva
Lean office (Administrativo) - Rodilson Silva
 
Catalogo varejo
Catalogo varejoCatalogo varejo
Catalogo varejo
 
Horário+v..
Horário+v..Horário+v..
Horário+v..
 
Diversão e lucro com raspberry pi
Diversão e lucro com raspberry piDiversão e lucro com raspberry pi
Diversão e lucro com raspberry pi
 
Auto da barca do inferno - judeu
Auto da barca do inferno - judeuAuto da barca do inferno - judeu
Auto da barca do inferno - judeu
 
Ebook guia-pratico-de-como-montar-um-planograma-eficiente1
Ebook guia-pratico-de-como-montar-um-planograma-eficiente1Ebook guia-pratico-de-como-montar-um-planograma-eficiente1
Ebook guia-pratico-de-como-montar-um-planograma-eficiente1
 
Planograma
PlanogramaPlanograma
Planograma
 
2. normas de exhibición
2. normas de exhibición2. normas de exhibición
2. normas de exhibición
 
Modelos de contrato de prestação de serviços fotográficos
Modelos de contrato de prestação de serviços fotográficosModelos de contrato de prestação de serviços fotográficos
Modelos de contrato de prestação de serviços fotográficos
 
Exhibicion de productos
Exhibicion de productosExhibicion de productos
Exhibicion de productos
 
Judaísmo
JudaísmoJudaísmo
Judaísmo
 
Judaismo
JudaismoJudaismo
Judaismo
 
LIÇÃO 11 - VIVENDO DE FORMA MODERADA
LIÇÃO 11 - VIVENDO DE FORMA MODERADALIÇÃO 11 - VIVENDO DE FORMA MODERADA
LIÇÃO 11 - VIVENDO DE FORMA MODERADA
 

Semelhante a O judeu auto da barca do inferno

Auto da barca do inferno
Auto da barca do infernoAuto da barca do inferno
Auto da barca do inferno
tania Barbosa
 
Abi resumo 08_judeu
Abi resumo 08_judeuAbi resumo 08_judeu
Abi resumo 08_judeu
AlbinaDinis
 
7.judeu sintese
7.judeu sintese7.judeu sintese
7.judeu sintese
Catarina_marques
 
Auto da-barca-do-inferno
Auto da-barca-do-inferno Auto da-barca-do-inferno
Auto da-barca-do-inferno
Diógenes Zigar
 
Auto da Barca do Inferno
Auto da Barca do InfernoAuto da Barca do Inferno
Auto da Barca do Inferno
Rosalina Simão Nunes
 
Auto da barca do inferno enforcado
Auto da barca do inferno enforcadoAuto da barca do inferno enforcado
Auto da barca do inferno enforcado
Suzinai Coelho
 
Abi analise em ppt
Abi analise em pptAbi analise em ppt
Abi analise em ppt
paulaoliveiraoliveir2
 
Quadros de Sistematização do ABI_final.pptx
Quadros de Sistematização do ABI_final.pptxQuadros de Sistematização do ABI_final.pptx
Quadros de Sistematização do ABI_final.pptx
Lara Silva
 
Trabalho de AP do 3º Período
Trabalho de AP do 3º PeríodoTrabalho de AP do 3º Período
Trabalho de AP do 3º Período
anafilipasampaiofreitas
 
Auto da-barca-do-inferno-1213660370289329-8
Auto da-barca-do-inferno-1213660370289329-8Auto da-barca-do-inferno-1213660370289329-8
Auto da-barca-do-inferno-1213660370289329-8
Gabriel Lima
 
O auto da barca do inferno de Gil Vicente
O auto da barca do inferno de Gil VicenteO auto da barca do inferno de Gil Vicente
O auto da barca do inferno de Gil Vicente
Otivo Junior
 
Auto da barca do Inferno
Auto da barca do InfernoAuto da barca do Inferno
Auto da barca do Inferno
Margarida Ramos
 
Auto da-barca-do-inferno-analise-cenas
Auto da-barca-do-inferno-analise-cenasAuto da-barca-do-inferno-analise-cenas
Auto da-barca-do-inferno-analise-cenas
Claudia Lazarini
 

Semelhante a O judeu auto da barca do inferno (13)

Auto da barca do inferno
Auto da barca do infernoAuto da barca do inferno
Auto da barca do inferno
 
Abi resumo 08_judeu
Abi resumo 08_judeuAbi resumo 08_judeu
Abi resumo 08_judeu
 
7.judeu sintese
7.judeu sintese7.judeu sintese
7.judeu sintese
 
Auto da-barca-do-inferno
Auto da-barca-do-inferno Auto da-barca-do-inferno
Auto da-barca-do-inferno
 
Auto da Barca do Inferno
Auto da Barca do InfernoAuto da Barca do Inferno
Auto da Barca do Inferno
 
Auto da barca do inferno enforcado
Auto da barca do inferno enforcadoAuto da barca do inferno enforcado
Auto da barca do inferno enforcado
 
Abi analise em ppt
Abi analise em pptAbi analise em ppt
Abi analise em ppt
 
Quadros de Sistematização do ABI_final.pptx
Quadros de Sistematização do ABI_final.pptxQuadros de Sistematização do ABI_final.pptx
Quadros de Sistematização do ABI_final.pptx
 
Trabalho de AP do 3º Período
Trabalho de AP do 3º PeríodoTrabalho de AP do 3º Período
Trabalho de AP do 3º Período
 
Auto da-barca-do-inferno-1213660370289329-8
Auto da-barca-do-inferno-1213660370289329-8Auto da-barca-do-inferno-1213660370289329-8
Auto da-barca-do-inferno-1213660370289329-8
 
O auto da barca do inferno de Gil Vicente
O auto da barca do inferno de Gil VicenteO auto da barca do inferno de Gil Vicente
O auto da barca do inferno de Gil Vicente
 
Auto da barca do Inferno
Auto da barca do InfernoAuto da barca do Inferno
Auto da barca do Inferno
 
Auto da-barca-do-inferno-analise-cenas
Auto da-barca-do-inferno-analise-cenasAuto da-barca-do-inferno-analise-cenas
Auto da-barca-do-inferno-analise-cenas
 

Último

Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
soaresdesouzaamanda8
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AntonioVieira539017
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 

O judeu auto da barca do inferno

  • 1. Auto da Barca do Inferno Trabalho realizado por: Pedro carvalho nº15 9ºD manuel almeida nº 20 9ºD Sofia da silva nº14 9ºD - O Judeu;
  • 2. O Judeu A personagem que está em 1.Atividade/profissão da cenapersonagem (cena 8). é um Judeu em cena A personagem transporta consigo um símbolo apenas , um bode. O bode recebia uma carga simbólica as injustiças doque transporta e era 2.Símbolos povo judeu consigo o seu significado conduzido aoedeserto para aí despejar O destino final da personagem foi ir a 3.Destino final reboque na barca do Inferno. os pecados depois de morrer, concluindo fazia parte dos sacrifícios rituais da religião judaica.
  • 3. O Judeu As razões para a sua condenação : em primeiro lugar, o Judeu não entraria na barca do Anjo, pois não dialogou com ele e não acreditava na religião cristã; em segundo lugar ,5.Razóes apresentadas para aDiabo, porque este não entrou na barca do condenação decide que ele e o bode iriam “a reboque” na barca infernal, já que era hábito os judeus estarem separados das restantes pessoas.
  • 4. O Judeu O tipo social 6.Tipo social representado representado era os Judeus. O Judeu para tentar entrar na barca com 7.Argumentos de defesa ao o bode oferece dinheiro utilizados pela este recusa Diabo mas como personagem , o Profanação de sepulturas; o Judeu reage com pragas Diabo. bode, ter cometido várias 8.Argumentos de acusação contra religião cristã ofensas á a personagem e Parvo acusa-o de roubar o comer carne no dia do “Nosso Senhor”.
  • 5. O Judeu Teimoso; mercantil; 9.Caracterização/comportamento Fanático; avarento. 11.Aspetos criticados Religião; forte ligação ao dinheiro. Cómico de Linguagem: usa a gíria e o palavrão. Cómico de situação: 10.Tipo de cómico Não entra na barca e vai a reboque.
  • 6. O Judeu Linguagem popular-calão-como 12.Caraterísticas específicas da por exemplo: “ filho da cornuda”. linguagem utilizada; A intenção crítica desta cena é explicar a discriminação social 14.Intenção crítica pela vivida comunidade Judaica naquela Ironia: na conversa entre o Diabo e o Judeu; Perífrase: “ao senhor meirinho apraz “; 13.Recursos expressivos Imperativo: “ Vós , Judeu irês à toa, que sois mui ruim pessoa” . época.