SlideShare uma empresa Scribd logo
Click to edit Master subtitle style
VII FÓRUM ONCOGUIA
Mesa: “ Avaliação e Incorporação de Tecnologia no SUS:
Precisamos redesenhar a estrutura e as regras?”
- 27/06/2017
52,8% TOTAL DO MERCADO FARMACÊUTICO BRASILEIRO
INTERFARMA
Fonte: IMS Health. Mat DEZEMBRO2015 - PPP - Preço com desconto (Pharmacy Purchase Price).
FATOS...
Durante a última década, os avanços na medicina personalizada e
na imuno-oncologia alimentaram uma grande mudança no
tratamento do câncer;
Desde 2011, 68 novas terapias foram aprovadas em 22 indicações
de câncer globalmente;
O pipeline de oncologia em fase avançada é robusto e, nos últimos
cinco anos, o desenvolvimento clínico tornou-se mais eficiente
com os tempos de ciclo de pesquisa reduzidos;
Esses desenvolvimentos levaram a mais opções, além de um
maior acesso e melhores resultados para os pacientes.
FATOS...
FATOS E CUSTO...
O novo relatório do QuintilesIMS Institute, Global Oncology
Trends 2017: Advances, Complexity and Cost descobriu que
esse tipo de inovação vem custando;
A despesa global de terapêutica oncológica e medicamentos
para cuidados de apoio aumentou para US $ 113 bilhões em
2016, de US $ 107 bilhões em 2015;
O custo total global dos medicamentos para câncer aumentou
a uma taxa de crescimento anual constante (CAGR) de 8,7%
nos últimos cinco anos;
Isso marca um aumento notável em relação ao crescimento
de 4,9 por cento registrado entre 2006 e 2011;
O gasto total em oncologia e cuidados de suporte em todo o
mundo deverá exceder US $ 147 bilhões em 2021.
FATOS E CUSTOS...
..
NOVAS SUBSTÂNCIAS ATIVAS LANÇADAS
(TRATAMENTO) 2011/2017
NÚMERO DE OPÇÕES DE TRATAMENTO NO TEMPO
PARA TUMORES SELECIONADOS 1996/2016
ONCOLOGIA GLOBAL E CUSTOS DE CUIDADOS DE
APOIO US$Bn
FATOS...
A partir do cenário apresentado , das dificuldades encontradas
para acesso a medicamentos oncológicos no Brasil e no mundo,
entre tantos outros entraves, a Interfarma como
tardicionalmente faz, estudou o assunto em parceria com o IMS
Consulting Group.
OBJETIVOS DO PROJETO:
 Análise internacional de qualidade e efetividade dos gastos,
com base em análise global de estratégia para tratamento;
 Mecanismos de acesso dos países, via mencanismos de
financiamento , contratação e controle.
ESTUDO INTERFARMA
FATOS...
METODOLOGIA DE ANÁLISE:
 Cenário Internacional de qualidade e efetividade dos Gastos e
os gargalos e possibilidades para o Brasil;
 Mapa a situação atual;
 Comparando a qualidade e a efetividade dos gastos no Brasil
( Público X Privado) com outros países, tendo como foco a
oncologica;
 Mercado Oncologia:como o gasto ser mais eficiente – 3 casos;
 Conclusões.
ESTUDO INTERFARMA
PESQUISA CLÍNICA
BRASIL x MUNDO
DOENÇAS
CARDIOVASCULARES
CÂNCER
DOENÇAS
RESPIRATÓRIAS
DIABETES
Estudos no mundo Estudos no Brasil
9.588
26.849
8.313
4.557
385
512
278
199
Fonte: www.clinicaltrials.gov. – atualizado em 13/06/2017
PESQUISA CLÍNICA
ESTUDOS EM FASE III E IV
Fonte: www.clinicaltrials.gov.brFonte: www.clinicaltrials.gov.atualizado em 13/06/2017
FASE III
8.700
13.410
FASE IV
CÂNCER
2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016
Depósito 0.12 1.57 2.42 6.85 12.62 15.68 22.11 43.44 114.05 140.82 141.98 71.97
Compra 2.44 7.60 17.53 47.66 83.17 124.10 243.95 324.45 438.95 703.39 618.47 1,252.19
Total 2.56 9.17 19.95 54.51 95.79 139.79 266.06 367.89 553.00 844.21 760.45 1,324.16
0.00
200.00
400.00
600.00
800.00
1,000.00
1,200.00
1,400.00
MilhõesdeReais
*Dispêndio com aquisições de medicamentos, equipamentos e
insumos. Excluídos as demandas por internações hopitalares.
Fontes: Advocacia-Geral da União (Consultoria Jurídica)/Ministério da Saúde
(2005 a 2011); INTERFARMA (2012 a 2016); Elaboração: INTERFARMA
EVOLUÇÃO DOS GASTOS DO MINISTÉRIO DA SAÚDE
JUDICIALIZAÇÃO (2005 A 2016)
A SAÚDE NO BRASIL
Doenças Raras
1.218.920.847
98% Câncer
12.668.546
1%
Outros
10.172.330
1%
TOP 50 MAIS JUDICIALIZADOS | MINISTÉRIO DA SAÚDE
(2016)
Rare Disease Cancer Other
Source:Comprasnet;Elaboração:IINTERFARMA
Doenças Raras Câncer Outros
JUDICIALIZAÇÃO DA SAÚDE
A SAÚDE NO BRASIL
EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA MINISTÉRIO DA SAÚDE
177 BILHÕES NÃO EXECUTADOS
(ACUMULADO DE 13 ANOS)Execução Ministério da Saúde (2003-2015)
2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 Acumulado
Autorizado 55,50 63,99 67,90 70,60 79,20 80,40 86,60 89,00 96,80 109,60 107,90 109,40 113,00 1129,89
Pago 49,90 56,00 57,70 60,50 64,60 67,80 72,00 76,80 82,80 87,90 88,80 94,10 93,90 952,80
Não Executado 5,60 7,99 10,20 10,10 14,60 12,60 14,60 12,20 14,00 21,70 19,10 15,30 19,10 177,09
% Execução 89,9% 87,5% 85,0% 85,7% 81,6% 84,3% 83,1% 86,3% 85,5% 80,2% 82,3% 86,0% 83,1% 84,3%
Fonte: "Orçamento da União em Foco: Parâmetros, resultados fiscais e execução" - Câmara dos Deputados (Brasília outubro de 2016); Elaboração: Interfarma
Em 2015, as ações em AF
conseguiram gastar 79,2%
do que estava previsto.
O Componente Especializado da
Assistência Farmacêutica foi a
ação como maior percentual de
execução, atingindo 86,9.
Imunobiológicos (vacinas e soros)
tiveram o menor percentual de
execução (62,9%).
CÂNCER
NO CONGRESSO NACIONAL - 2017
31 Projetos de Lei em tramitação
 07 apensados ao PL 4703/2012;
 04 apensados ao PL 3752/2012;
 03 apensados ao PL 3437/2015;
• Foco no produto caminha para o foco na entrega;
• Hoje contamos números e amanhã contaremos com
satisfação, resolutividade e redução de custos;
• Digitalização – fundamental para a automação e
conhecimento métrico. Será o 4º espaço da saúde ao
lados das casas, dos hospitais e das clínicas;
• Catalizadores: envelhecimento, reforma da saúde, crise
financeira e política, aceleração da inovação e aumento
da qualidade;
DESAFIOS DO AMANHÃ
• Pacto para o acesso a medicamento para a população,
defendido por muitos, é uma solução eficiente;
• Implementação espírito de colaboração. É impossível
resolver isoladamente a questão, o governo precisa das
sociedades médicas, academias , associações de pacientes
e do setor produtivo;
• Construção de uma agenda positiva que envolva todos os
atores do setor da saúde em torno do planejamento de
acesso aos tratamentos;
• Informação do Custo Social dos Pacientes, é de alto valor
agregado e as Associações de Pacientes, pelo contato
intenso que têm com os pacientes, poderiam disponibilizar
para a CONITEC;
Avaliação e Incorporação de Tecnologia
no SUS: Precisamos redesenhar a
estrutura e as regras?
• Revisão do financiamento, a baixa incorporação de
novas tecnologias no País também é consequência
do atual modelo. Elas têm um custo elevado, mas o
Brasil precisa ter soluções para o processo de
incorporação;
• Aplicar em riscos. No Brasil, o atraso na
transformação da ciência em algo utilizável, que é a
tecnologia, e em produtos, que é a inovação, é um
outro fator que compromete o acesso. É no
gerenciamento desse risco que o setor público tem
que usar de forma mais abusada a sua capacidade
indutiva.
Avaliação e Incorporação de Tecnologia
no SUS: Precisamos redesenhar a
estrutura e as regras?
A mente que se abre a uma nova ideia jamais voltará
ao seu tamanho original.
A L B E R T E I N S T E I N
REFLEXÃO
maria.delgado@interfarma.org.br
Diretora
MARIA JOSÉ DELGADO FAGUNDES
OBRIGADA

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a 7º Fórum Oncoguia - 27/06/2017 - Maria José Delgado Fagundes

Pocket Content - Tendências de Inovação 2019 - Mercado de Saúde
Pocket Content - Tendências de Inovação 2019 - Mercado de SaúdePocket Content - Tendências de Inovação 2019 - Mercado de Saúde
Pocket Content - Tendências de Inovação 2019 - Mercado de Saúde
MJV Technology & Innovation Brasil
 
Atualização em Avaliação de Tecnologias em Saúde
Atualização em Avaliação de Tecnologias em SaúdeAtualização em Avaliação de Tecnologias em Saúde
Atualização em Avaliação de Tecnologias em Saúde
Isabella Oliveira
 
APRESENTAÇÃO-INSPER-DR-SERGIO-MULLER-final-com-complemento.pptx
APRESENTAÇÃO-INSPER-DR-SERGIO-MULLER-final-com-complemento.pptxAPRESENTAÇÃO-INSPER-DR-SERGIO-MULLER-final-com-complemento.pptx
APRESENTAÇÃO-INSPER-DR-SERGIO-MULLER-final-com-complemento.pptx
JOSIMEIRE5
 
Adapta - Palestras Corporativas
Adapta - Palestras CorporativasAdapta - Palestras Corporativas
Adapta - Palestras Corporativas
Sérgio Nunes
 
Novas formas de remuneração na saúde: tendências e realidades
Novas formas de remuneração na saúde: tendências e realidadesNovas formas de remuneração na saúde: tendências e realidades
Novas formas de remuneração na saúde: tendências e realidades
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
apresentacao_irene.pptx assistência farmacêutica
apresentacao_irene.pptx assistência farmacêuticaapresentacao_irene.pptx assistência farmacêutica
apresentacao_irene.pptx assistência farmacêutica
AnaLuciaNoleto
 
Democratizando a incorporação de tratamentos no SUS
Democratizando a incorporação de tratamentos no SUSDemocratizando a incorporação de tratamentos no SUS
Democratizando a incorporação de tratamentos no SUS
Oncoguia
 
Amil - Marketing de Serviços
Amil - Marketing de ServiçosAmil - Marketing de Serviços
Amil - Marketing de Serviços
Elliah Pernas
 
Panorama-Clinicas-e-Hospitais-2023.pdf
Panorama-Clinicas-e-Hospitais-2023.pdfPanorama-Clinicas-e-Hospitais-2023.pdf
Panorama-Clinicas-e-Hospitais-2023.pdf
EduardotilaSoares
 
Central MéDica I Care®
Central MéDica I Care®Central MéDica I Care®
Central MéDica I Care®
Sergio C Tavares
 
Central MéDica I Care®
Central MéDica I Care®Central MéDica I Care®
Central MéDica I Care®
guest8d08d6
 
I Pesquisa Status da Indústria de Medical Devices no Brasil
I Pesquisa Status da Indústria de Medical Devices no BrasilI Pesquisa Status da Indústria de Medical Devices no Brasil
I Pesquisa Status da Indústria de Medical Devices no Brasil
Empreender Saúde
 
O Futuro do SUS: Desafios e Mudanças Necessárias - Andre Medici
O Futuro do SUS: Desafios e Mudanças Necessárias - Andre MediciO Futuro do SUS: Desafios e Mudanças Necessárias - Andre Medici
O Futuro do SUS: Desafios e Mudanças Necessárias - Andre Medici
Fundação Fernando Henrique Cardoso
 
4º Fórum da Saúde Suplementar - João Manoel Pinho de Mello
4º Fórum da Saúde Suplementar - João Manoel Pinho de Mello4º Fórum da Saúde Suplementar - João Manoel Pinho de Mello
4º Fórum da Saúde Suplementar - João Manoel Pinho de Mello
CNseg
 
Como é incorporada uma nova tecnologia no SUS
Como é incorporada uma nova tecnologia no SUSComo é incorporada uma nova tecnologia no SUS
Como é incorporada uma nova tecnologia no SUS
Priscila Torres
 
7º Fórum Oncoguia - 28/06/2017 - Raquel Lisbôa (pt.2)
7º Fórum Oncoguia - 28/06/2017 - Raquel Lisbôa (pt.2)7º Fórum Oncoguia - 28/06/2017 - Raquel Lisbôa (pt.2)
7º Fórum Oncoguia - 28/06/2017 - Raquel Lisbôa (pt.2)
Oncoguia
 
Reflexões sobre a saúde no Brasil - Carlos Suslik - PwC
Reflexões sobre a saúde no Brasil - Carlos Suslik - PwCReflexões sobre a saúde no Brasil - Carlos Suslik - PwC
Reflexões sobre a saúde no Brasil - Carlos Suslik - PwC
Empreender Saúde
 
Luis Fernando Rolim
Luis Fernando RolimLuis Fernando Rolim
Fórum Nacional Oncoguia é destaque na Folha de S.Paulo
Fórum Nacional Oncoguia é destaque na Folha de S.PauloFórum Nacional Oncoguia é destaque na Folha de S.Paulo
Fórum Nacional Oncoguia é destaque na Folha de S.Paulo
Oncoguia
 
Pesquisas do Oncoguia mostra visão sobre câncer por quem mora na favela
Pesquisas do Oncoguia mostra visão sobre câncer por quem mora na favelaPesquisas do Oncoguia mostra visão sobre câncer por quem mora na favela
Pesquisas do Oncoguia mostra visão sobre câncer por quem mora na favela
Oncoguia
 

Semelhante a 7º Fórum Oncoguia - 27/06/2017 - Maria José Delgado Fagundes (20)

Pocket Content - Tendências de Inovação 2019 - Mercado de Saúde
Pocket Content - Tendências de Inovação 2019 - Mercado de SaúdePocket Content - Tendências de Inovação 2019 - Mercado de Saúde
Pocket Content - Tendências de Inovação 2019 - Mercado de Saúde
 
Atualização em Avaliação de Tecnologias em Saúde
Atualização em Avaliação de Tecnologias em SaúdeAtualização em Avaliação de Tecnologias em Saúde
Atualização em Avaliação de Tecnologias em Saúde
 
APRESENTAÇÃO-INSPER-DR-SERGIO-MULLER-final-com-complemento.pptx
APRESENTAÇÃO-INSPER-DR-SERGIO-MULLER-final-com-complemento.pptxAPRESENTAÇÃO-INSPER-DR-SERGIO-MULLER-final-com-complemento.pptx
APRESENTAÇÃO-INSPER-DR-SERGIO-MULLER-final-com-complemento.pptx
 
Adapta - Palestras Corporativas
Adapta - Palestras CorporativasAdapta - Palestras Corporativas
Adapta - Palestras Corporativas
 
Novas formas de remuneração na saúde: tendências e realidades
Novas formas de remuneração na saúde: tendências e realidadesNovas formas de remuneração na saúde: tendências e realidades
Novas formas de remuneração na saúde: tendências e realidades
 
apresentacao_irene.pptx assistência farmacêutica
apresentacao_irene.pptx assistência farmacêuticaapresentacao_irene.pptx assistência farmacêutica
apresentacao_irene.pptx assistência farmacêutica
 
Democratizando a incorporação de tratamentos no SUS
Democratizando a incorporação de tratamentos no SUSDemocratizando a incorporação de tratamentos no SUS
Democratizando a incorporação de tratamentos no SUS
 
Amil - Marketing de Serviços
Amil - Marketing de ServiçosAmil - Marketing de Serviços
Amil - Marketing de Serviços
 
Panorama-Clinicas-e-Hospitais-2023.pdf
Panorama-Clinicas-e-Hospitais-2023.pdfPanorama-Clinicas-e-Hospitais-2023.pdf
Panorama-Clinicas-e-Hospitais-2023.pdf
 
Central MéDica I Care®
Central MéDica I Care®Central MéDica I Care®
Central MéDica I Care®
 
Central MéDica I Care®
Central MéDica I Care®Central MéDica I Care®
Central MéDica I Care®
 
I Pesquisa Status da Indústria de Medical Devices no Brasil
I Pesquisa Status da Indústria de Medical Devices no BrasilI Pesquisa Status da Indústria de Medical Devices no Brasil
I Pesquisa Status da Indústria de Medical Devices no Brasil
 
O Futuro do SUS: Desafios e Mudanças Necessárias - Andre Medici
O Futuro do SUS: Desafios e Mudanças Necessárias - Andre MediciO Futuro do SUS: Desafios e Mudanças Necessárias - Andre Medici
O Futuro do SUS: Desafios e Mudanças Necessárias - Andre Medici
 
4º Fórum da Saúde Suplementar - João Manoel Pinho de Mello
4º Fórum da Saúde Suplementar - João Manoel Pinho de Mello4º Fórum da Saúde Suplementar - João Manoel Pinho de Mello
4º Fórum da Saúde Suplementar - João Manoel Pinho de Mello
 
Como é incorporada uma nova tecnologia no SUS
Como é incorporada uma nova tecnologia no SUSComo é incorporada uma nova tecnologia no SUS
Como é incorporada uma nova tecnologia no SUS
 
7º Fórum Oncoguia - 28/06/2017 - Raquel Lisbôa (pt.2)
7º Fórum Oncoguia - 28/06/2017 - Raquel Lisbôa (pt.2)7º Fórum Oncoguia - 28/06/2017 - Raquel Lisbôa (pt.2)
7º Fórum Oncoguia - 28/06/2017 - Raquel Lisbôa (pt.2)
 
Reflexões sobre a saúde no Brasil - Carlos Suslik - PwC
Reflexões sobre a saúde no Brasil - Carlos Suslik - PwCReflexões sobre a saúde no Brasil - Carlos Suslik - PwC
Reflexões sobre a saúde no Brasil - Carlos Suslik - PwC
 
Luis Fernando Rolim
Luis Fernando RolimLuis Fernando Rolim
Luis Fernando Rolim
 
Fórum Nacional Oncoguia é destaque na Folha de S.Paulo
Fórum Nacional Oncoguia é destaque na Folha de S.PauloFórum Nacional Oncoguia é destaque na Folha de S.Paulo
Fórum Nacional Oncoguia é destaque na Folha de S.Paulo
 
Pesquisas do Oncoguia mostra visão sobre câncer por quem mora na favela
Pesquisas do Oncoguia mostra visão sobre câncer por quem mora na favelaPesquisas do Oncoguia mostra visão sobre câncer por quem mora na favela
Pesquisas do Oncoguia mostra visão sobre câncer por quem mora na favela
 

Mais de Oncoguia

Relatório de atividades do Instituto Oncoguia2022
Relatório de atividades do Instituto Oncoguia2022Relatório de atividades do Instituto Oncoguia2022
Relatório de atividades do Instituto Oncoguia2022
Oncoguia
 
Câncer de mama: pontos que merecem atenção!
Câncer de mama: pontos que merecem atenção!Câncer de mama: pontos que merecem atenção!
Câncer de mama: pontos que merecem atenção!
Oncoguia
 
Feelings about Radiotherapy: the Brazilian Cancer Patients' Perspective
Feelings about Radiotherapy: the Brazilian Cancer Patients' PerspectiveFeelings about Radiotherapy: the Brazilian Cancer Patients' Perspective
Feelings about Radiotherapy: the Brazilian Cancer Patients' Perspective
Oncoguia
 
Insights from a Brazilian Patient Group
Insights from a Brazilian Patient GroupInsights from a Brazilian Patient Group
Insights from a Brazilian Patient Group
Oncoguia
 
Return to work after breast cancer: disparities among patients treated in pub...
Return to work after breast cancer: disparities among patients treated in pub...Return to work after breast cancer: disparities among patients treated in pub...
Return to work after breast cancer: disparities among patients treated in pub...
Oncoguia
 
Obesidade e câncer nas políticas públicas
Obesidade e câncer nas políticas públicasObesidade e câncer nas políticas públicas
Obesidade e câncer nas políticas públicas
Oncoguia
 
Percepções e prioridades do câncer nas favelas brasileiras
Percepções e prioridades do câncer nas favelas brasileirasPercepções e prioridades do câncer nas favelas brasileiras
Percepções e prioridades do câncer nas favelas brasileiras
Oncoguia
 
Consultas Públicas do SUS / Paciente oncológico: informe-se e participe!
Consultas Públicas do SUS / Paciente oncológico: informe-se e participe!Consultas Públicas do SUS / Paciente oncológico: informe-se e participe!
Consultas Públicas do SUS / Paciente oncológico: informe-se e participe!
Oncoguia
 
Impactos do Câncer na vida dos familiares cuidadores
Impactos do Câncer na vida dos familiares cuidadoresImpactos do Câncer na vida dos familiares cuidadores
Impactos do Câncer na vida dos familiares cuidadores
Oncoguia
 
Cosaúde e o processo de incorporação de tecnologias oncológicas
Cosaúde e o processo de incorporação de tecnologias oncológicasCosaúde e o processo de incorporação de tecnologias oncológicas
Cosaúde e o processo de incorporação de tecnologias oncológicas
Oncoguia
 
Relatório de atividades do Instituto Oncoguia / 2021
Relatório de atividades do Instituto Oncoguia / 2021Relatório de atividades do Instituto Oncoguia / 2021
Relatório de atividades do Instituto Oncoguia / 2021
Oncoguia
 
Por uma oncologia mais atual e justa
 Por uma oncologia mais atual e justa Por uma oncologia mais atual e justa
Por uma oncologia mais atual e justa
Oncoguia
 
Percepções da população brasileira sobre o câncer
Percepções da população brasileira sobre o câncerPercepções da população brasileira sobre o câncer
Percepções da população brasileira sobre o câncer
Oncoguia
 
Datafolha_Oncoguia_PercepcoesSobreOCancer .pdf
Datafolha_Oncoguia_PercepcoesSobreOCancer .pdfDatafolha_Oncoguia_PercepcoesSobreOCancer .pdf
Datafolha_Oncoguia_PercepcoesSobreOCancer .pdf
Oncoguia
 
Como contribuir em Consulta Pública da Conitec
Como contribuir em Consulta Pública da ConitecComo contribuir em Consulta Pública da Conitec
Como contribuir em Consulta Pública da Conitec
Oncoguia
 
Contribuição Oncoguia com a ATS na SS - 03.2022
Contribuição Oncoguia com a ATS na SS - 03.2022Contribuição Oncoguia com a ATS na SS - 03.2022
Contribuição Oncoguia com a ATS na SS - 03.2022
Oncoguia
 
Study of cancer patient's communication of pain to the health team
Study of cancer patient's communication of pain to the health teamStudy of cancer patient's communication of pain to the health team
Study of cancer patient's communication of pain to the health team
Oncoguia
 
How can we help: The needs of those seeking breast cancer information and sup...
How can we help: The needs of those seeking breast cancer information and sup...How can we help: The needs of those seeking breast cancer information and sup...
How can we help: The needs of those seeking breast cancer information and sup...
Oncoguia
 
Caring for colorectal cancer patients: the perspective of informal caregivers...
Caring for colorectal cancer patients: the perspective of informal caregivers...Caring for colorectal cancer patients: the perspective of informal caregivers...
Caring for colorectal cancer patients: the perspective of informal caregivers...
Oncoguia
 
Cancer de fígado - ILNC
Cancer de fígado - ILNCCancer de fígado - ILNC
Cancer de fígado - ILNC
Oncoguia
 

Mais de Oncoguia (20)

Relatório de atividades do Instituto Oncoguia2022
Relatório de atividades do Instituto Oncoguia2022Relatório de atividades do Instituto Oncoguia2022
Relatório de atividades do Instituto Oncoguia2022
 
Câncer de mama: pontos que merecem atenção!
Câncer de mama: pontos que merecem atenção!Câncer de mama: pontos que merecem atenção!
Câncer de mama: pontos que merecem atenção!
 
Feelings about Radiotherapy: the Brazilian Cancer Patients' Perspective
Feelings about Radiotherapy: the Brazilian Cancer Patients' PerspectiveFeelings about Radiotherapy: the Brazilian Cancer Patients' Perspective
Feelings about Radiotherapy: the Brazilian Cancer Patients' Perspective
 
Insights from a Brazilian Patient Group
Insights from a Brazilian Patient GroupInsights from a Brazilian Patient Group
Insights from a Brazilian Patient Group
 
Return to work after breast cancer: disparities among patients treated in pub...
Return to work after breast cancer: disparities among patients treated in pub...Return to work after breast cancer: disparities among patients treated in pub...
Return to work after breast cancer: disparities among patients treated in pub...
 
Obesidade e câncer nas políticas públicas
Obesidade e câncer nas políticas públicasObesidade e câncer nas políticas públicas
Obesidade e câncer nas políticas públicas
 
Percepções e prioridades do câncer nas favelas brasileiras
Percepções e prioridades do câncer nas favelas brasileirasPercepções e prioridades do câncer nas favelas brasileiras
Percepções e prioridades do câncer nas favelas brasileiras
 
Consultas Públicas do SUS / Paciente oncológico: informe-se e participe!
Consultas Públicas do SUS / Paciente oncológico: informe-se e participe!Consultas Públicas do SUS / Paciente oncológico: informe-se e participe!
Consultas Públicas do SUS / Paciente oncológico: informe-se e participe!
 
Impactos do Câncer na vida dos familiares cuidadores
Impactos do Câncer na vida dos familiares cuidadoresImpactos do Câncer na vida dos familiares cuidadores
Impactos do Câncer na vida dos familiares cuidadores
 
Cosaúde e o processo de incorporação de tecnologias oncológicas
Cosaúde e o processo de incorporação de tecnologias oncológicasCosaúde e o processo de incorporação de tecnologias oncológicas
Cosaúde e o processo de incorporação de tecnologias oncológicas
 
Relatório de atividades do Instituto Oncoguia / 2021
Relatório de atividades do Instituto Oncoguia / 2021Relatório de atividades do Instituto Oncoguia / 2021
Relatório de atividades do Instituto Oncoguia / 2021
 
Por uma oncologia mais atual e justa
 Por uma oncologia mais atual e justa Por uma oncologia mais atual e justa
Por uma oncologia mais atual e justa
 
Percepções da população brasileira sobre o câncer
Percepções da população brasileira sobre o câncerPercepções da população brasileira sobre o câncer
Percepções da população brasileira sobre o câncer
 
Datafolha_Oncoguia_PercepcoesSobreOCancer .pdf
Datafolha_Oncoguia_PercepcoesSobreOCancer .pdfDatafolha_Oncoguia_PercepcoesSobreOCancer .pdf
Datafolha_Oncoguia_PercepcoesSobreOCancer .pdf
 
Como contribuir em Consulta Pública da Conitec
Como contribuir em Consulta Pública da ConitecComo contribuir em Consulta Pública da Conitec
Como contribuir em Consulta Pública da Conitec
 
Contribuição Oncoguia com a ATS na SS - 03.2022
Contribuição Oncoguia com a ATS na SS - 03.2022Contribuição Oncoguia com a ATS na SS - 03.2022
Contribuição Oncoguia com a ATS na SS - 03.2022
 
Study of cancer patient's communication of pain to the health team
Study of cancer patient's communication of pain to the health teamStudy of cancer patient's communication of pain to the health team
Study of cancer patient's communication of pain to the health team
 
How can we help: The needs of those seeking breast cancer information and sup...
How can we help: The needs of those seeking breast cancer information and sup...How can we help: The needs of those seeking breast cancer information and sup...
How can we help: The needs of those seeking breast cancer information and sup...
 
Caring for colorectal cancer patients: the perspective of informal caregivers...
Caring for colorectal cancer patients: the perspective of informal caregivers...Caring for colorectal cancer patients: the perspective of informal caregivers...
Caring for colorectal cancer patients: the perspective of informal caregivers...
 
Cancer de fígado - ILNC
Cancer de fígado - ILNCCancer de fígado - ILNC
Cancer de fígado - ILNC
 

7º Fórum Oncoguia - 27/06/2017 - Maria José Delgado Fagundes

  • 1. Click to edit Master subtitle style VII FÓRUM ONCOGUIA Mesa: “ Avaliação e Incorporação de Tecnologia no SUS: Precisamos redesenhar a estrutura e as regras?” - 27/06/2017
  • 2. 52,8% TOTAL DO MERCADO FARMACÊUTICO BRASILEIRO INTERFARMA Fonte: IMS Health. Mat DEZEMBRO2015 - PPP - Preço com desconto (Pharmacy Purchase Price).
  • 3. FATOS... Durante a última década, os avanços na medicina personalizada e na imuno-oncologia alimentaram uma grande mudança no tratamento do câncer; Desde 2011, 68 novas terapias foram aprovadas em 22 indicações de câncer globalmente; O pipeline de oncologia em fase avançada é robusto e, nos últimos cinco anos, o desenvolvimento clínico tornou-se mais eficiente com os tempos de ciclo de pesquisa reduzidos; Esses desenvolvimentos levaram a mais opções, além de um maior acesso e melhores resultados para os pacientes. FATOS...
  • 4. FATOS E CUSTO... O novo relatório do QuintilesIMS Institute, Global Oncology Trends 2017: Advances, Complexity and Cost descobriu que esse tipo de inovação vem custando; A despesa global de terapêutica oncológica e medicamentos para cuidados de apoio aumentou para US $ 113 bilhões em 2016, de US $ 107 bilhões em 2015; O custo total global dos medicamentos para câncer aumentou a uma taxa de crescimento anual constante (CAGR) de 8,7% nos últimos cinco anos; Isso marca um aumento notável em relação ao crescimento de 4,9 por cento registrado entre 2006 e 2011; O gasto total em oncologia e cuidados de suporte em todo o mundo deverá exceder US $ 147 bilhões em 2021. FATOS E CUSTOS... ..
  • 5. NOVAS SUBSTÂNCIAS ATIVAS LANÇADAS (TRATAMENTO) 2011/2017
  • 6. NÚMERO DE OPÇÕES DE TRATAMENTO NO TEMPO PARA TUMORES SELECIONADOS 1996/2016
  • 7. ONCOLOGIA GLOBAL E CUSTOS DE CUIDADOS DE APOIO US$Bn
  • 8. FATOS... A partir do cenário apresentado , das dificuldades encontradas para acesso a medicamentos oncológicos no Brasil e no mundo, entre tantos outros entraves, a Interfarma como tardicionalmente faz, estudou o assunto em parceria com o IMS Consulting Group. OBJETIVOS DO PROJETO:  Análise internacional de qualidade e efetividade dos gastos, com base em análise global de estratégia para tratamento;  Mecanismos de acesso dos países, via mencanismos de financiamento , contratação e controle. ESTUDO INTERFARMA
  • 9. FATOS... METODOLOGIA DE ANÁLISE:  Cenário Internacional de qualidade e efetividade dos Gastos e os gargalos e possibilidades para o Brasil;  Mapa a situação atual;  Comparando a qualidade e a efetividade dos gastos no Brasil ( Público X Privado) com outros países, tendo como foco a oncologica;  Mercado Oncologia:como o gasto ser mais eficiente – 3 casos;  Conclusões. ESTUDO INTERFARMA
  • 10. PESQUISA CLÍNICA BRASIL x MUNDO DOENÇAS CARDIOVASCULARES CÂNCER DOENÇAS RESPIRATÓRIAS DIABETES Estudos no mundo Estudos no Brasil 9.588 26.849 8.313 4.557 385 512 278 199 Fonte: www.clinicaltrials.gov. – atualizado em 13/06/2017
  • 11. PESQUISA CLÍNICA ESTUDOS EM FASE III E IV Fonte: www.clinicaltrials.gov.brFonte: www.clinicaltrials.gov.atualizado em 13/06/2017 FASE III 8.700 13.410 FASE IV CÂNCER
  • 12. 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 Depósito 0.12 1.57 2.42 6.85 12.62 15.68 22.11 43.44 114.05 140.82 141.98 71.97 Compra 2.44 7.60 17.53 47.66 83.17 124.10 243.95 324.45 438.95 703.39 618.47 1,252.19 Total 2.56 9.17 19.95 54.51 95.79 139.79 266.06 367.89 553.00 844.21 760.45 1,324.16 0.00 200.00 400.00 600.00 800.00 1,000.00 1,200.00 1,400.00 MilhõesdeReais *Dispêndio com aquisições de medicamentos, equipamentos e insumos. Excluídos as demandas por internações hopitalares. Fontes: Advocacia-Geral da União (Consultoria Jurídica)/Ministério da Saúde (2005 a 2011); INTERFARMA (2012 a 2016); Elaboração: INTERFARMA EVOLUÇÃO DOS GASTOS DO MINISTÉRIO DA SAÚDE JUDICIALIZAÇÃO (2005 A 2016) A SAÚDE NO BRASIL
  • 13. Doenças Raras 1.218.920.847 98% Câncer 12.668.546 1% Outros 10.172.330 1% TOP 50 MAIS JUDICIALIZADOS | MINISTÉRIO DA SAÚDE (2016) Rare Disease Cancer Other Source:Comprasnet;Elaboração:IINTERFARMA Doenças Raras Câncer Outros JUDICIALIZAÇÃO DA SAÚDE A SAÚDE NO BRASIL
  • 14. EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA MINISTÉRIO DA SAÚDE 177 BILHÕES NÃO EXECUTADOS (ACUMULADO DE 13 ANOS)Execução Ministério da Saúde (2003-2015) 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 Acumulado Autorizado 55,50 63,99 67,90 70,60 79,20 80,40 86,60 89,00 96,80 109,60 107,90 109,40 113,00 1129,89 Pago 49,90 56,00 57,70 60,50 64,60 67,80 72,00 76,80 82,80 87,90 88,80 94,10 93,90 952,80 Não Executado 5,60 7,99 10,20 10,10 14,60 12,60 14,60 12,20 14,00 21,70 19,10 15,30 19,10 177,09 % Execução 89,9% 87,5% 85,0% 85,7% 81,6% 84,3% 83,1% 86,3% 85,5% 80,2% 82,3% 86,0% 83,1% 84,3% Fonte: "Orçamento da União em Foco: Parâmetros, resultados fiscais e execução" - Câmara dos Deputados (Brasília outubro de 2016); Elaboração: Interfarma Em 2015, as ações em AF conseguiram gastar 79,2% do que estava previsto. O Componente Especializado da Assistência Farmacêutica foi a ação como maior percentual de execução, atingindo 86,9. Imunobiológicos (vacinas e soros) tiveram o menor percentual de execução (62,9%).
  • 15. CÂNCER NO CONGRESSO NACIONAL - 2017 31 Projetos de Lei em tramitação  07 apensados ao PL 4703/2012;  04 apensados ao PL 3752/2012;  03 apensados ao PL 3437/2015;
  • 16. • Foco no produto caminha para o foco na entrega; • Hoje contamos números e amanhã contaremos com satisfação, resolutividade e redução de custos; • Digitalização – fundamental para a automação e conhecimento métrico. Será o 4º espaço da saúde ao lados das casas, dos hospitais e das clínicas; • Catalizadores: envelhecimento, reforma da saúde, crise financeira e política, aceleração da inovação e aumento da qualidade; DESAFIOS DO AMANHÃ
  • 17. • Pacto para o acesso a medicamento para a população, defendido por muitos, é uma solução eficiente; • Implementação espírito de colaboração. É impossível resolver isoladamente a questão, o governo precisa das sociedades médicas, academias , associações de pacientes e do setor produtivo; • Construção de uma agenda positiva que envolva todos os atores do setor da saúde em torno do planejamento de acesso aos tratamentos; • Informação do Custo Social dos Pacientes, é de alto valor agregado e as Associações de Pacientes, pelo contato intenso que têm com os pacientes, poderiam disponibilizar para a CONITEC; Avaliação e Incorporação de Tecnologia no SUS: Precisamos redesenhar a estrutura e as regras?
  • 18. • Revisão do financiamento, a baixa incorporação de novas tecnologias no País também é consequência do atual modelo. Elas têm um custo elevado, mas o Brasil precisa ter soluções para o processo de incorporação; • Aplicar em riscos. No Brasil, o atraso na transformação da ciência em algo utilizável, que é a tecnologia, e em produtos, que é a inovação, é um outro fator que compromete o acesso. É no gerenciamento desse risco que o setor público tem que usar de forma mais abusada a sua capacidade indutiva. Avaliação e Incorporação de Tecnologia no SUS: Precisamos redesenhar a estrutura e as regras?
  • 19. A mente que se abre a uma nova ideia jamais voltará ao seu tamanho original. A L B E R T E I N S T E I N REFLEXÃO