SlideShare uma empresa Scribd logo
CAPÍTULO 03: OS PRIMEIROS HABITANTES DO BRASIL
                                                              ─ As florestas se desenvolveram reocupando áreas            Outra grande novidade introduzida por esses povos
                                                                  onde antes predominaram as paisagens abertas.           além da agricultura foi a cerâmica de argila cozida no
O POVOAMENTO INICIAL DAS TERRAS BRASILEIRAS
                                                              ─ Os grandes animais foram aos poucos,                      fogo para se tornar dura e impermeável.
   A arqueologia
                                                                  desaparecendo à medida que os campos cerrados           ─ Adornos e enfeites
   ─ É o principal meio de estudarmos uma
                                                                  diminuíam.                                              ─ Vasilhas para guardar alimentos e água e para
       comunidade antiga que não conheciam a escrita e
                                                              Os habitantes da região tiveram de se readaptar a              cozinhar
       que já desapareceram.
                                                              essas grandes transformações, deixando de caçar os          ─ Urnas para sepultar os mortos
   ─ Técnicas para analisar os vestígios deixados
                                                              grandes animais.
           Os vestígios das casas
                                                Cultura       Vestígios encontrados indicam que eles não               AGRICULTORES E OS CERAMISTAS DA AMAZÔNIA
           Os restos da alimentação
                                               material       praticavam a agricultura.                                  Esses povos ocuparam preferencialmente as regiões
           Seus instrumentos de trabalho
                                                              Na mesma época outros povos passaram a ocupar o            às margens dos grandes rios e a Ilha do Marajó.
   ─ Qual seria a procedência desses primeiros
                                                              litoral entre o atual Espírito Santo e o Rio Grande do     ─ Além da agricultura, vários deles, com o tempo,
       habitantes do Brasil e o momento em que se deu
                                                              Sul – vivendo dos recursos que o mar oferecia.                também se tornaram grandes ceramistas.
       a sua chegada?
                                                              ─ Eles alimentavam-se basicamente de peixes e              ─ Além da sociedade desenvolvida no alto Xingu, há
           Alguns estudiosos defendiam a hipótese de
                                                                  moluscos                                                  vestígios da existência de uma sociedade bastante
           que os primeiros habitantes eram originários
                                                              ─ Os seus vestígios são encontrados em sambaquis              complexa na região dos tapajós.
           da própria região (hipótese do autoctonismo).
                                                                  = amontoados de conchas.                                      Em 1800 anos atrás, desenvolveu-se na região
   ─ Para chegar as conclusões, os arqueólogos
                                                              ─ Nestes locais, os alimentos eram abundantes e,                  uma sociedade mais complexa, que os
       estudaram vestígios deixados por seres humanos
                                                                  por isso, esses povos não precisavam mudar                    pesquisadores         denominam        “cultura
       e também ossos de pessoas encontradas hoje em
                                                                  constantemente.                                               marajoara”
       dia em sítios arqueológicos
                                                              ─ O local escolhido era um local mais elevado e            Agricultores e ceramistas de outras regiões do Brasil.
           Região de Lagoa Santa – Minas Gerais.
                                                                  perto da água doce.                                    ─ Na região Central do Brasil
           Serra da Capivara
                                                                      Para ter uma visão mais ampla.                            Formaram grandes aldeias compostas de
           São Raimundo Nonato, no Piauí.
                                                                      Controlar melhor a região e avistar o                     cabanas em formato de círculo, onde era
           Texto complementar – página 57.
                                                                      movimento dos peixes.                                     praticada a agricultura, a caça, a coleta de
   ─ Moravam em cavernas – as vezes decoravam-na
                                                                      Tinham o costume de enterrar os mortos –                  frutos silvestres, o artesanato de cerâmica e a
       com pinturas rupestres.
                                                                      pintando-os de vermelho e deixando ao seu                 fabricação de ferramentas de pedra polida.
   ─ Seus instrumentos eram geralmente de pedra.
                                                                      lado alguns presentes.                             ─ Na região dos planaltos do Sul e Sudeste
   ─ Usavam o fogo.
                                                              ─ Eles não lascavam a pedra – preferiam picotá-la e               Viveram povos agricultores e ceramistas que
   ─ Viviam da caça e da pesca, da coleta de frutos e
                                                                  poli-la.                                                      sabiam plantar o milho, eram caçadores e se
       raízes.
                                                              ─ Também faziam instrumentos de ossos (pontas de                  alimentavam principalmente do pinhão.
OS CAÇADORES E COLETORES
                                                                  fecha, arpões, agulhas, anzóis, etc).                  Por volta de 1500 anos atrás, iniciou-se           um
   Por volta de seis ou sete mil anos atrás, as condições
                                                                                                                         movimento migratório, da região Sul da Floresta
   climáticas tornaram-se semelhantes as de hoje:
                                                            OS AGRICULTORES E OS CERAMISTA                               Amazônica para o litoral de povos denominados tupi-
   ─ A umidade aumentou consideravelmente.
                                                                                                                         guarani.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Caçadores recolectores
Caçadores recolectoresCaçadores recolectores
Caçadores recolectores
maria.antonia
 
O que é um sambaqui - Para 3º ano
O que é um sambaqui - Para 3º ano O que é um sambaqui - Para 3º ano
O que é um sambaqui - Para 3º ano
profmts
 
As primeiras comunidades
As primeiras comunidadesAs primeiras comunidades
As primeiras comunidades
Isabel Mendinhos
 
Pré – história brasileira eja i
Pré – história brasileira   eja iPré – história brasileira   eja i
Pré – história brasileira eja i
Marcela Marangon Ribeiro
 
Comunidades recolectoras e agro pastoris
Comunidades recolectoras e agro pastorisComunidades recolectoras e agro pastoris
Comunidades recolectoras e agro pastoris
cruchinho
 
O Brasil Pré-Cabralino
O Brasil Pré-Cabralino O Brasil Pré-Cabralino
O Brasil Pré-Cabralino
Isaquel Silva
 
2º As comunidades agro-pastoris
2º As comunidades agro-pastoris2º As comunidades agro-pastoris
2º As comunidades agro-pastoris
Básicas ou Secundárias
 
Prevupe - Pré-História do Brasil
Prevupe - Pré-História do BrasilPrevupe - Pré-História do Brasil
Prevupe - Pré-História do Brasil
Rodrigo Ferreira
 
Das sociedades recoletoras às primeiras comunidades ASA Editora
Das sociedades recoletoras às primeiras comunidades ASA EditoraDas sociedades recoletoras às primeiras comunidades ASA Editora
Das sociedades recoletoras às primeiras comunidades ASA Editora
Escoladocs
 
Capítulo17 arqueologia camposgerais
Capítulo17 arqueologia camposgeraisCapítulo17 arqueologia camposgerais
Capítulo17 arqueologia camposgerais
Daniela Lopes Pereira
 
Arqueologia Indígena Brasileira
Arqueologia Indígena BrasileiraArqueologia Indígena Brasileira
Arqueologia Indígena Brasileira
Silmara Nogueira
 
Pré- história brasileira
Pré- história brasileiraPré- história brasileira
Pré- história brasileira
Lú Carvalho
 
As comunidades recolectoras
As comunidades recolectorasAs comunidades recolectoras
As comunidades recolectoras
David Carpinteiro
 
A pré história no brasil
A pré história no brasilA pré história no brasil
A pré história no brasil
historiando
 
As comunidades agropastoris- 5ºano- Prof .Alice
As comunidades agropastoris- 5ºano- Prof .AliceAs comunidades agropastoris- 5ºano- Prof .Alice
As comunidades agropastoris- 5ºano- Prof .Alice
alicebernardo
 
Pré história de santa catarina: sambaquianos e carijós
Pré história de santa catarina: sambaquianos e carijósPré história de santa catarina: sambaquianos e carijós
Pré história de santa catarina: sambaquianos e carijós
Viegas Fernandes da Costa
 
A+pré his..
A+pré his..A+pré his..
A+pré his..
hbilinha
 
Hist 01
Hist 01Hist 01
Hist 01
jotapimentel
 
3 primeiros povos-da_america
3 primeiros povos-da_america3 primeiros povos-da_america
3 primeiros povos-da_america
Lucas Cechinel
 

Mais procurados (19)

Caçadores recolectores
Caçadores recolectoresCaçadores recolectores
Caçadores recolectores
 
O que é um sambaqui - Para 3º ano
O que é um sambaqui - Para 3º ano O que é um sambaqui - Para 3º ano
O que é um sambaqui - Para 3º ano
 
As primeiras comunidades
As primeiras comunidadesAs primeiras comunidades
As primeiras comunidades
 
Pré – história brasileira eja i
Pré – história brasileira   eja iPré – história brasileira   eja i
Pré – história brasileira eja i
 
Comunidades recolectoras e agro pastoris
Comunidades recolectoras e agro pastorisComunidades recolectoras e agro pastoris
Comunidades recolectoras e agro pastoris
 
O Brasil Pré-Cabralino
O Brasil Pré-Cabralino O Brasil Pré-Cabralino
O Brasil Pré-Cabralino
 
2º As comunidades agro-pastoris
2º As comunidades agro-pastoris2º As comunidades agro-pastoris
2º As comunidades agro-pastoris
 
Prevupe - Pré-História do Brasil
Prevupe - Pré-História do BrasilPrevupe - Pré-História do Brasil
Prevupe - Pré-História do Brasil
 
Das sociedades recoletoras às primeiras comunidades ASA Editora
Das sociedades recoletoras às primeiras comunidades ASA EditoraDas sociedades recoletoras às primeiras comunidades ASA Editora
Das sociedades recoletoras às primeiras comunidades ASA Editora
 
Capítulo17 arqueologia camposgerais
Capítulo17 arqueologia camposgeraisCapítulo17 arqueologia camposgerais
Capítulo17 arqueologia camposgerais
 
Arqueologia Indígena Brasileira
Arqueologia Indígena BrasileiraArqueologia Indígena Brasileira
Arqueologia Indígena Brasileira
 
Pré- história brasileira
Pré- história brasileiraPré- história brasileira
Pré- história brasileira
 
As comunidades recolectoras
As comunidades recolectorasAs comunidades recolectoras
As comunidades recolectoras
 
A pré história no brasil
A pré história no brasilA pré história no brasil
A pré história no brasil
 
As comunidades agropastoris- 5ºano- Prof .Alice
As comunidades agropastoris- 5ºano- Prof .AliceAs comunidades agropastoris- 5ºano- Prof .Alice
As comunidades agropastoris- 5ºano- Prof .Alice
 
Pré história de santa catarina: sambaquianos e carijós
Pré história de santa catarina: sambaquianos e carijósPré história de santa catarina: sambaquianos e carijós
Pré história de santa catarina: sambaquianos e carijós
 
A+pré his..
A+pré his..A+pré his..
A+pré his..
 
Hist 01
Hist 01Hist 01
Hist 01
 
3 primeiros povos-da_america
3 primeiros povos-da_america3 primeiros povos-da_america
3 primeiros povos-da_america
 

Destaque

Atividade avaliativa de história
Atividade avaliativa de históriaAtividade avaliativa de história
Atividade avaliativa de história
Paulo Alves de Araujo
 
Atividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdf
Atividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdfAtividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdf
Atividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdf
André Moraes
 
Primeiros habitantes do brasil
Primeiros habitantes do brasilPrimeiros habitantes do brasil
Primeiros habitantes do brasil
Profdaltonjunior
 
Sociedade indígena
Sociedade indígenaSociedade indígena
Sociedade indígena
Atividades Diversas Cláudia
 
Aula 3 primeiros habitantes do brasil
Aula 3 primeiros habitantes do brasilAula 3 primeiros habitantes do brasil
Aula 3 primeiros habitantes do brasil
Dalton Lopes Reis Jr.
 
Prova.pb.historia.3ano.manha.1bim
Prova.pb.historia.3ano.manha.1bimProva.pb.historia.3ano.manha.1bim
Prova.pb.historia.3ano.manha.1bim
Cinthia Santos
 
Avaliação História 4º Ano 1º bimestre
Avaliação História 4º Ano   1º bimestreAvaliação História 4º Ano   1º bimestre
Avaliação História 4º Ano 1º bimestre
Cristhiane Guimarães
 
III Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdfIII Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdf
André Moraes
 
Provas 1º
Provas 1ºProvas 1º
Provas 1º
alunosderoberto
 
paeponte da colonoziçao
paeponte da colonoziçaopaeponte da colonoziçao
paeponte da colonoziçao
Flávio Márcio
 
Relevo do Brasil
Relevo do BrasilRelevo do Brasil
Relevo do Brasil
ana paula santos molina
 
1 prova de história 2 ano
1 prova de história   2 ano1 prova de história   2 ano
1 prova de história 2 ano
KellyCarvalho2011
 
Atividades os índios historia do brasil
Atividades os índios historia do brasilAtividades os índios historia do brasil
Atividades os índios historia do brasil
Atividades Diversas Cláudia
 
Atividade Avaliativa Geografia
Atividade Avaliativa GeografiaAtividade Avaliativa Geografia
Atividade Avaliativa Geografia
Paulo Alves de Araujo
 
Prova diagnóstica
Prova diagnósticaProva diagnóstica
Prova diagnóstica
Marcelle Pride
 
T201 Colonização do brasil - Capitanias Hereditárias
T201   Colonização do brasil - Capitanias HereditáriasT201   Colonização do brasil - Capitanias Hereditárias
T201 Colonização do brasil - Capitanias Hereditárias
Fábio Faturi
 
Aula de história, pré-história da América, pré-história do Brasil, 6 e 7 anos.
Aula de história, pré-história da América, pré-história do Brasil, 6 e 7 anos.Aula de história, pré-história da América, pré-história do Brasil, 6 e 7 anos.
Aula de história, pré-história da América, pré-história do Brasil, 6 e 7 anos.
Hallan de Oliveira
 
Meus papéis de parede
Meus papéis de paredeMeus papéis de parede
Meus papéis de parede
Zelton Alves Oliveira
 
Prova hist
Prova histProva hist
Prova hist
Luzia Ester
 
Avaliação de Historia Edite Porto 2013
Avaliação de Historia Edite Porto 2013Avaliação de Historia Edite Porto 2013
Avaliação de Historia Edite Porto 2013
Angela Maria
 

Destaque (20)

Atividade avaliativa de história
Atividade avaliativa de históriaAtividade avaliativa de história
Atividade avaliativa de história
 
Atividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdf
Atividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdfAtividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdf
Atividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdf
 
Primeiros habitantes do brasil
Primeiros habitantes do brasilPrimeiros habitantes do brasil
Primeiros habitantes do brasil
 
Sociedade indígena
Sociedade indígenaSociedade indígena
Sociedade indígena
 
Aula 3 primeiros habitantes do brasil
Aula 3 primeiros habitantes do brasilAula 3 primeiros habitantes do brasil
Aula 3 primeiros habitantes do brasil
 
Prova.pb.historia.3ano.manha.1bim
Prova.pb.historia.3ano.manha.1bimProva.pb.historia.3ano.manha.1bim
Prova.pb.historia.3ano.manha.1bim
 
Avaliação História 4º Ano 1º bimestre
Avaliação História 4º Ano   1º bimestreAvaliação História 4º Ano   1º bimestre
Avaliação História 4º Ano 1º bimestre
 
III Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdfIII Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdf
 
Provas 1º
Provas 1ºProvas 1º
Provas 1º
 
paeponte da colonoziçao
paeponte da colonoziçaopaeponte da colonoziçao
paeponte da colonoziçao
 
Relevo do Brasil
Relevo do BrasilRelevo do Brasil
Relevo do Brasil
 
1 prova de história 2 ano
1 prova de história   2 ano1 prova de história   2 ano
1 prova de história 2 ano
 
Atividades os índios historia do brasil
Atividades os índios historia do brasilAtividades os índios historia do brasil
Atividades os índios historia do brasil
 
Atividade Avaliativa Geografia
Atividade Avaliativa GeografiaAtividade Avaliativa Geografia
Atividade Avaliativa Geografia
 
Prova diagnóstica
Prova diagnósticaProva diagnóstica
Prova diagnóstica
 
T201 Colonização do brasil - Capitanias Hereditárias
T201   Colonização do brasil - Capitanias HereditáriasT201   Colonização do brasil - Capitanias Hereditárias
T201 Colonização do brasil - Capitanias Hereditárias
 
Aula de história, pré-história da América, pré-história do Brasil, 6 e 7 anos.
Aula de história, pré-história da América, pré-história do Brasil, 6 e 7 anos.Aula de história, pré-história da América, pré-história do Brasil, 6 e 7 anos.
Aula de história, pré-história da América, pré-história do Brasil, 6 e 7 anos.
 
Meus papéis de parede
Meus papéis de paredeMeus papéis de parede
Meus papéis de parede
 
Prova hist
Prova histProva hist
Prova hist
 
Avaliação de Historia Edite Porto 2013
Avaliação de Historia Edite Porto 2013Avaliação de Historia Edite Porto 2013
Avaliação de Historia Edite Porto 2013
 

Semelhante a 3. capítulo 03 os primeiros habitantes do brasil 2

Bacia do Rio Pardo- Aula 3 - Versão Aluno
Bacia do Rio Pardo-  Aula 3 - Versão AlunoBacia do Rio Pardo-  Aula 3 - Versão Aluno
Bacia do Rio Pardo- Aula 3 - Versão Aluno
Erika Marion Robrahn-González
 
Os seres humanos povoam a américa
Os seres humanos povoam a américaOs seres humanos povoam a américa
Os seres humanos povoam a américa
RODRIGO Cicéro
 
Comunidades recolectoras e_agro-pastoris
Comunidades recolectoras e_agro-pastorisComunidades recolectoras e_agro-pastoris
Comunidades recolectoras e_agro-pastoris
Margarida Mendonça
 
2 - PRIMEIROS HABITANTES DA AMÉRICA.pdf
2 - PRIMEIROS HABITANTES DA AMÉRICA.pdf2 - PRIMEIROS HABITANTES DA AMÉRICA.pdf
2 - PRIMEIROS HABITANTES DA AMÉRICA.pdf
WandersonDaniel4
 
Hgp copia de comunidades_recolectoras_e_agro-pastoris
Hgp copia de comunidades_recolectoras_e_agro-pastorisHgp copia de comunidades_recolectoras_e_agro-pastoris
Hgp copia de comunidades_recolectoras_e_agro-pastoris
Rosa Silva
 
Tribos indígenas no ms atual, 8ºa
Tribos indígenas no ms atual, 8ºaTribos indígenas no ms atual, 8ºa
Tribos indígenas no ms atual, 8ºa
juzaurizio
 
Pré histó..
Pré histó..Pré histó..
Pré histó..
doutorsilveira
 
Conhece a tua história
Conhece a tua históriaConhece a tua história
Conhece a tua história
Lúcia Ramalho
 
1. capítulo 01 tecnologia para garantir a sobrevivência cópia
1. capítulo 01   tecnologia para garantir a sobrevivência cópia1. capítulo 01   tecnologia para garantir a sobrevivência cópia
1. capítulo 01 tecnologia para garantir a sobrevivência cópia
dayvid
 
Bacia do Rio Pardo- Aula 3 - Versão Professor
Bacia do Rio Pardo-  Aula 3 - Versão ProfessorBacia do Rio Pardo-  Aula 3 - Versão Professor
Bacia do Rio Pardo- Aula 3 - Versão Professor
Erika Marion Robrahn-González
 
Bacia do Rio Tietê - Aula 3 - Versão Aluno
Bacia do Rio Tietê -  Aula 3 - Versão AlunoBacia do Rio Tietê -  Aula 3 - Versão Aluno
Bacia do Rio Tietê - Aula 3 - Versão Aluno
Erika Marion Robrahn-González
 
C:\fakepath\apostilahistoriadesergipe
C:\fakepath\apostilahistoriadesergipeC:\fakepath\apostilahistoriadesergipe
C:\fakepath\apostilahistoriadesergipe
titicobotafogo
 
Bacia do Rio Tietê - Aula 3 - Versão Professor
Bacia do Rio Tietê -  Aula 3 - Versão ProfessorBacia do Rio Tietê -  Aula 3 - Versão Professor
Bacia do Rio Tietê - Aula 3 - Versão Professor
Erika Marion Robrahn-González
 
1.tecnologia para garantir a sobrevivência
1.tecnologia para garantir a sobrevivência1.tecnologia para garantir a sobrevivência
1.tecnologia para garantir a sobrevivência
dayvidprofessor
 
Resumo sobre os primeiros habitantes da terra
Resumo sobre os primeiros habitantes da terraResumo sobre os primeiros habitantes da terra
Resumo sobre os primeiros habitantes da terra
Vanessa Ragueb
 
Neolítico
NeolíticoNeolítico
Neolítico
Carla Freitas
 
Pré história do território brasileiro
Pré história do território brasileiroPré história do território brasileiro
Pré história do território brasileiro
Izaac Erder
 
Uma Licao Ambiental Da Ilha De Pascoa
Uma Licao Ambiental Da Ilha De PascoaUma Licao Ambiental Da Ilha De Pascoa
Uma Licao Ambiental Da Ilha De Pascoa
RAFAELA BARBOSA
 
Arte e cultura indgena
Arte e cultura indgenaArte e cultura indgena
Arte e cultura indgena
Carolyne Mensen
 
As_nossas_origens.ppsx
As_nossas_origens.ppsxAs_nossas_origens.ppsx
As_nossas_origens.ppsx
sandra322141
 

Semelhante a 3. capítulo 03 os primeiros habitantes do brasil 2 (20)

Bacia do Rio Pardo- Aula 3 - Versão Aluno
Bacia do Rio Pardo-  Aula 3 - Versão AlunoBacia do Rio Pardo-  Aula 3 - Versão Aluno
Bacia do Rio Pardo- Aula 3 - Versão Aluno
 
Os seres humanos povoam a américa
Os seres humanos povoam a américaOs seres humanos povoam a américa
Os seres humanos povoam a américa
 
Comunidades recolectoras e_agro-pastoris
Comunidades recolectoras e_agro-pastorisComunidades recolectoras e_agro-pastoris
Comunidades recolectoras e_agro-pastoris
 
2 - PRIMEIROS HABITANTES DA AMÉRICA.pdf
2 - PRIMEIROS HABITANTES DA AMÉRICA.pdf2 - PRIMEIROS HABITANTES DA AMÉRICA.pdf
2 - PRIMEIROS HABITANTES DA AMÉRICA.pdf
 
Hgp copia de comunidades_recolectoras_e_agro-pastoris
Hgp copia de comunidades_recolectoras_e_agro-pastorisHgp copia de comunidades_recolectoras_e_agro-pastoris
Hgp copia de comunidades_recolectoras_e_agro-pastoris
 
Tribos indígenas no ms atual, 8ºa
Tribos indígenas no ms atual, 8ºaTribos indígenas no ms atual, 8ºa
Tribos indígenas no ms atual, 8ºa
 
Pré histó..
Pré histó..Pré histó..
Pré histó..
 
Conhece a tua história
Conhece a tua históriaConhece a tua história
Conhece a tua história
 
1. capítulo 01 tecnologia para garantir a sobrevivência cópia
1. capítulo 01   tecnologia para garantir a sobrevivência cópia1. capítulo 01   tecnologia para garantir a sobrevivência cópia
1. capítulo 01 tecnologia para garantir a sobrevivência cópia
 
Bacia do Rio Pardo- Aula 3 - Versão Professor
Bacia do Rio Pardo-  Aula 3 - Versão ProfessorBacia do Rio Pardo-  Aula 3 - Versão Professor
Bacia do Rio Pardo- Aula 3 - Versão Professor
 
Bacia do Rio Tietê - Aula 3 - Versão Aluno
Bacia do Rio Tietê -  Aula 3 - Versão AlunoBacia do Rio Tietê -  Aula 3 - Versão Aluno
Bacia do Rio Tietê - Aula 3 - Versão Aluno
 
C:\fakepath\apostilahistoriadesergipe
C:\fakepath\apostilahistoriadesergipeC:\fakepath\apostilahistoriadesergipe
C:\fakepath\apostilahistoriadesergipe
 
Bacia do Rio Tietê - Aula 3 - Versão Professor
Bacia do Rio Tietê -  Aula 3 - Versão ProfessorBacia do Rio Tietê -  Aula 3 - Versão Professor
Bacia do Rio Tietê - Aula 3 - Versão Professor
 
1.tecnologia para garantir a sobrevivência
1.tecnologia para garantir a sobrevivência1.tecnologia para garantir a sobrevivência
1.tecnologia para garantir a sobrevivência
 
Resumo sobre os primeiros habitantes da terra
Resumo sobre os primeiros habitantes da terraResumo sobre os primeiros habitantes da terra
Resumo sobre os primeiros habitantes da terra
 
Neolítico
NeolíticoNeolítico
Neolítico
 
Pré história do território brasileiro
Pré história do território brasileiroPré história do território brasileiro
Pré história do território brasileiro
 
Uma Licao Ambiental Da Ilha De Pascoa
Uma Licao Ambiental Da Ilha De PascoaUma Licao Ambiental Da Ilha De Pascoa
Uma Licao Ambiental Da Ilha De Pascoa
 
Arte e cultura indgena
Arte e cultura indgenaArte e cultura indgena
Arte e cultura indgena
 
As_nossas_origens.ppsx
As_nossas_origens.ppsxAs_nossas_origens.ppsx
As_nossas_origens.ppsx
 

Mais de dayvid

Conjuração Mineira e Conjuração Baiana, rumo a independência
Conjuração Mineira e Conjuração Baiana, rumo a independênciaConjuração Mineira e Conjuração Baiana, rumo a independência
Conjuração Mineira e Conjuração Baiana, rumo a independência
dayvid
 
Industrialização e Imperialismo
Industrialização e ImperialismoIndustrialização e Imperialismo
Industrialização e Imperialismo
dayvid
 
Introdução aos estudos históricos
Introdução aos estudos históricosIntrodução aos estudos históricos
Introdução aos estudos históricos
dayvid
 
Homenagem a você mulher
Homenagem a você mulherHomenagem a você mulher
Homenagem a você mulher
dayvid
 
Avaliação diagnóstica 3º ano
Avaliação diagnóstica   3º anoAvaliação diagnóstica   3º ano
Avaliação diagnóstica 3º ano
dayvid
 
Avaliação diagnóstica 1º ano
Avaliação diagnóstica   1º anoAvaliação diagnóstica   1º ano
Avaliação diagnóstica 1º ano
dayvid
 
Slide revolução francesa
Slide revolução francesaSlide revolução francesa
Slide revolução francesa
dayvid
 
O Antigo Egito
O Antigo EgitoO Antigo Egito
O Antigo Egito
dayvid
 
Slide mesopotâmia
Slide   mesopotâmiaSlide   mesopotâmia
Slide mesopotâmia
dayvid
 
Cultura indigena
Cultura indigenaCultura indigena
Cultura indigena
dayvid
 
Povos Pré-colombianos - Incas maias e astecas
Povos Pré-colombianos - Incas maias e astecasPovos Pré-colombianos - Incas maias e astecas
Povos Pré-colombianos - Incas maias e astecas
dayvid
 
O Estado e as relações de poder
O Estado e as relações de poderO Estado e as relações de poder
O Estado e as relações de poder
dayvid
 
Avaliação diagnóstica (3º ano)
Avaliação diagnóstica (3º ano)Avaliação diagnóstica (3º ano)
Avaliação diagnóstica (3º ano)
dayvid
 
1º ano
1º ano1º ano
1º ano
dayvid
 
Súditos do eixo - Brasil
Súditos do eixo - BrasilSúditos do eixo - Brasil
Súditos do eixo - Brasil
dayvid
 
História e cultura dos povos indígenas no brasil
História e cultura dos povos indígenas no brasilHistória e cultura dos povos indígenas no brasil
História e cultura dos povos indígenas no brasil
dayvid
 
Slide A despedida de Marquez
Slide   A despedida de MarquezSlide   A despedida de Marquez
Slide A despedida de Marquez
dayvid
 
A crise do feudalismo 1º ano
A crise do feudalismo   1º anoA crise do feudalismo   1º ano
A crise do feudalismo 1º ano
dayvid
 
9º ano
9º ano9º ano
9º ano
dayvid
 
1. capítulo 01 direitos e deveres da inglaterra do século xviii - 8º ano
1. capítulo 01   direitos e deveres da inglaterra do século xviii - 8º ano1. capítulo 01   direitos e deveres da inglaterra do século xviii - 8º ano
1. capítulo 01 direitos e deveres da inglaterra do século xviii - 8º ano
dayvid
 

Mais de dayvid (20)

Conjuração Mineira e Conjuração Baiana, rumo a independência
Conjuração Mineira e Conjuração Baiana, rumo a independênciaConjuração Mineira e Conjuração Baiana, rumo a independência
Conjuração Mineira e Conjuração Baiana, rumo a independência
 
Industrialização e Imperialismo
Industrialização e ImperialismoIndustrialização e Imperialismo
Industrialização e Imperialismo
 
Introdução aos estudos históricos
Introdução aos estudos históricosIntrodução aos estudos históricos
Introdução aos estudos históricos
 
Homenagem a você mulher
Homenagem a você mulherHomenagem a você mulher
Homenagem a você mulher
 
Avaliação diagnóstica 3º ano
Avaliação diagnóstica   3º anoAvaliação diagnóstica   3º ano
Avaliação diagnóstica 3º ano
 
Avaliação diagnóstica 1º ano
Avaliação diagnóstica   1º anoAvaliação diagnóstica   1º ano
Avaliação diagnóstica 1º ano
 
Slide revolução francesa
Slide revolução francesaSlide revolução francesa
Slide revolução francesa
 
O Antigo Egito
O Antigo EgitoO Antigo Egito
O Antigo Egito
 
Slide mesopotâmia
Slide   mesopotâmiaSlide   mesopotâmia
Slide mesopotâmia
 
Cultura indigena
Cultura indigenaCultura indigena
Cultura indigena
 
Povos Pré-colombianos - Incas maias e astecas
Povos Pré-colombianos - Incas maias e astecasPovos Pré-colombianos - Incas maias e astecas
Povos Pré-colombianos - Incas maias e astecas
 
O Estado e as relações de poder
O Estado e as relações de poderO Estado e as relações de poder
O Estado e as relações de poder
 
Avaliação diagnóstica (3º ano)
Avaliação diagnóstica (3º ano)Avaliação diagnóstica (3º ano)
Avaliação diagnóstica (3º ano)
 
1º ano
1º ano1º ano
1º ano
 
Súditos do eixo - Brasil
Súditos do eixo - BrasilSúditos do eixo - Brasil
Súditos do eixo - Brasil
 
História e cultura dos povos indígenas no brasil
História e cultura dos povos indígenas no brasilHistória e cultura dos povos indígenas no brasil
História e cultura dos povos indígenas no brasil
 
Slide A despedida de Marquez
Slide   A despedida de MarquezSlide   A despedida de Marquez
Slide A despedida de Marquez
 
A crise do feudalismo 1º ano
A crise do feudalismo   1º anoA crise do feudalismo   1º ano
A crise do feudalismo 1º ano
 
9º ano
9º ano9º ano
9º ano
 
1. capítulo 01 direitos e deveres da inglaterra do século xviii - 8º ano
1. capítulo 01   direitos e deveres da inglaterra do século xviii - 8º ano1. capítulo 01   direitos e deveres da inglaterra do século xviii - 8º ano
1. capítulo 01 direitos e deveres da inglaterra do século xviii - 8º ano
 

Último

As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
AngelicaCostaMeirele2
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 

Último (20)

As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 

3. capítulo 03 os primeiros habitantes do brasil 2

  • 1. CAPÍTULO 03: OS PRIMEIROS HABITANTES DO BRASIL ─ As florestas se desenvolveram reocupando áreas Outra grande novidade introduzida por esses povos onde antes predominaram as paisagens abertas. além da agricultura foi a cerâmica de argila cozida no O POVOAMENTO INICIAL DAS TERRAS BRASILEIRAS ─ Os grandes animais foram aos poucos, fogo para se tornar dura e impermeável. A arqueologia desaparecendo à medida que os campos cerrados ─ Adornos e enfeites ─ É o principal meio de estudarmos uma diminuíam. ─ Vasilhas para guardar alimentos e água e para comunidade antiga que não conheciam a escrita e Os habitantes da região tiveram de se readaptar a cozinhar que já desapareceram. essas grandes transformações, deixando de caçar os ─ Urnas para sepultar os mortos ─ Técnicas para analisar os vestígios deixados grandes animais. Os vestígios das casas Cultura Vestígios encontrados indicam que eles não AGRICULTORES E OS CERAMISTAS DA AMAZÔNIA Os restos da alimentação material praticavam a agricultura. Esses povos ocuparam preferencialmente as regiões Seus instrumentos de trabalho Na mesma época outros povos passaram a ocupar o às margens dos grandes rios e a Ilha do Marajó. ─ Qual seria a procedência desses primeiros litoral entre o atual Espírito Santo e o Rio Grande do ─ Além da agricultura, vários deles, com o tempo, habitantes do Brasil e o momento em que se deu Sul – vivendo dos recursos que o mar oferecia. também se tornaram grandes ceramistas. a sua chegada? ─ Eles alimentavam-se basicamente de peixes e ─ Além da sociedade desenvolvida no alto Xingu, há Alguns estudiosos defendiam a hipótese de moluscos vestígios da existência de uma sociedade bastante que os primeiros habitantes eram originários ─ Os seus vestígios são encontrados em sambaquis complexa na região dos tapajós. da própria região (hipótese do autoctonismo). = amontoados de conchas. Em 1800 anos atrás, desenvolveu-se na região ─ Para chegar as conclusões, os arqueólogos ─ Nestes locais, os alimentos eram abundantes e, uma sociedade mais complexa, que os estudaram vestígios deixados por seres humanos por isso, esses povos não precisavam mudar pesquisadores denominam “cultura e também ossos de pessoas encontradas hoje em constantemente. marajoara” dia em sítios arqueológicos ─ O local escolhido era um local mais elevado e Agricultores e ceramistas de outras regiões do Brasil. Região de Lagoa Santa – Minas Gerais. perto da água doce. ─ Na região Central do Brasil Serra da Capivara Para ter uma visão mais ampla. Formaram grandes aldeias compostas de São Raimundo Nonato, no Piauí. Controlar melhor a região e avistar o cabanas em formato de círculo, onde era Texto complementar – página 57. movimento dos peixes. praticada a agricultura, a caça, a coleta de ─ Moravam em cavernas – as vezes decoravam-na Tinham o costume de enterrar os mortos – frutos silvestres, o artesanato de cerâmica e a com pinturas rupestres. pintando-os de vermelho e deixando ao seu fabricação de ferramentas de pedra polida. ─ Seus instrumentos eram geralmente de pedra. lado alguns presentes. ─ Na região dos planaltos do Sul e Sudeste ─ Usavam o fogo. ─ Eles não lascavam a pedra – preferiam picotá-la e Viveram povos agricultores e ceramistas que ─ Viviam da caça e da pesca, da coleta de frutos e poli-la. sabiam plantar o milho, eram caçadores e se raízes. ─ Também faziam instrumentos de ossos (pontas de alimentavam principalmente do pinhão. OS CAÇADORES E COLETORES fecha, arpões, agulhas, anzóis, etc). Por volta de 1500 anos atrás, iniciou-se um Por volta de seis ou sete mil anos atrás, as condições movimento migratório, da região Sul da Floresta climáticas tornaram-se semelhantes as de hoje: OS AGRICULTORES E OS CERAMISTA Amazônica para o litoral de povos denominados tupi- ─ A umidade aumentou consideravelmente. guarani.