Tribos indígenas no ms atual, 8ºa

420 visualizações

Publicada em

Trabalho de História Regional desenvolvido pelos alunos do oitavo ano A da Escola Municipal Nerone Maiolino sob orientação da professora Sofia Dias.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
420
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tribos indígenas no ms atual, 8ºa

  1. 1. TRIBOS INDÍGENAS DO MS e SUAS ARTES EM CERÂMICA Slides produzidos pelos alunos do 8ºA.
  2. 2. Matheus dodorico e Breno da silva .. Esses grupos teriam atravessado o rio Paraguai em ondas sucessivas a partir da segunda metade do século XVIII, instalando-se na região banhada pelo rio Miranda, onde foram encontrados pelos viajantes do século XIX. Estudos revelaram que existiam cerca de mil indígenas Kinikinau dispersos por Albuquerque e Miranda, cujas características eram a de serem exímios agricultores e de alugarem seus serviços aos não-índios. Kinikinau
  3. 3. Cerâmica kinikinau . Os povos kinikinau tinham costumes de fazer cerâmicas de animais Luiz Carlos e Arthur
  4. 4. HISTÓRIA DO GUÁRANI ÑANDEVA ●Nhandevas, também conhecidos como nhandeva ou ñandeva, é o nome dado a um dos povos guaranis contemporâneos, que se autorreconhece como Avá Katú Eté. São conhecidos também pelas expressões Xiripá, Ava-Xiripá, Tsiripá e Apytare nos territórios em que habitam,Outro conjunto de seis aldeias, duas do norte do Paraná e quatro no estado de São Paulo,NO século XVIII Cesar e Guilherme T.
  5. 5. Ceramica da tribo ñadeva Essa ceramica era para colocar ossos E essa era para Rituais Essa cerâmica era para colocar Seus alimentos Jaderson M e Thiago G.
  6. 6. Os Ofaiés são uma sociedade indígena do leste sul-matogrossense, onde hoje se localizam as cidades de Três Lagoas, e Brasilândia. De cinco mil pessoas, foram quase que totalmente dizimados. Hoje, os sessenta Ofaié restantes residem em uma pequena reserva, sem recursos hidrográficos, no município de Brasilândia. Ofaié Sarah Colin e Jucileyde
  7. 7. Cultura e História Um grupo indígena da família Macro-jê, os Ofaié descendem das civilizações indígenas do Chaco, na Bolívia. Inicialmente um grupo de aproximados cinco mil habitantes, falantes da língua Ofaié, do tronco Macro-jê, foram citados pela primeira vez em 1617, havendo sido encontrados no leste do atual estado de Mato Grosso do Sul, onde hoje se localiza a cidade de Três Lagoas. Coletores, caçadores e pescadores, eram seminômades nas terras localizadas entre os hoje denominados Rio Paraná, ao leste, a Serra de Maracaju ao oeste, a latitude do Rio Sucuriú, ao norte, e as margens do Rio Verde, ao sul. Justamente por não habitarem um local fixo, costumeiramente viviam divididos em grupos, abrangendo, desta maneira, toda essa extensão territorial ao mesmo tempo, além de estarem em constante movimento quando a caça ou pesca iam mal.
  8. 8. Hoje, os Ofaié vivem na minúscula reserva em Brasilândia que lhes foi adquirida pela Companhia Energética de São Paulo - CESP e doada à FUNAI, onde não podem pescar, ou caçar. De cinco mil pessoas, foram reduzidos a sessenta indivíduos, muitos dos quais são ameríndios de outras nações ou nem falam mais a língua ofaié. Com a ajuda do pesquisador e advogado Carlos Alberto Santos Dutra, os Ofaié no momento lutam para conseguir de volta para eles a terra que lhes foi tomada por Arthur Hoffig. Hoje
  9. 9. Historia do Atikum  Os Ìndios Atikum tinham uma Àrea de 15.276 hectares.  Considerados bom produtores agrícolas cultivam principalmente o milho,o feijão,a mamona Gustavo de Angelo e Lucas Lima
  10. 10. Copos, Pratos, vidros de cerâmica. Raiane Ap e Bruna Soares
  11. 11. Arte cerâmica dos Guarani Kaiowá A cerâmica, artefato relacionado com o território de ocupação tradicional pelas populações das comunidades Terena de Cachoeirinha e Buriti, é produzida exclusivamente por mulheres, caracterizando a identidade feminina. Esse artefato é uma das principais referências de identificação étnica, o que proporciona as mulheres um papel de destaque no cenário político.
  12. 12. Potes De Cerâmica Esses potes serviam para guardar restos mortais de seus antepassados que morreram Esses potes serviam para armazenar comida Gabriel Gomes e Geanny Felix
  13. 13. Povos Kadiwéu Vivem hoje em território localizado no Estado do Mato Grosso do Sul, em terras em parte incidentes no Pantanal matogrossense. lucas V. e Matheus G.
  14. 14. Cerâmica Guató Características: A respeito do estilo cerâmico guató, a produção de vasilhas deixou de existir mais ou menos entre 1960 e 1970. A argila, de cor escura, era retirada das margens de rios e lagoas, geralmente com o auxílio de uma pá de remo ou de outro artefato apropriado, depositada no interior das canoas e levada para os assentamentos, onde era trabalhada do lado de fora das casas. Três tipos básicos de vasilhas eram tradicionalmente produzidos: panelas pequenas ou mudikô´vaí, tigelas/pratos ou muchá/muchá´tum e bilhas d´água ou matum/matum´ve. Eloiza Pereira e Larissa Araujo

×