SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 5
Baixar para ler offline
Escola Municipal de Ensino Fundamental Centro Comunitário
Diretora: Fátima Coordenadora: Nilva Professor: André Moraes
Aluno: ____________________________________________
III Atividade Avaliativa de História – 4º ano
Observe a ilustração e o texto abaixo e responda:
Leia o texto e responda:
1  A imagem ao lado representa o que:
a) ( ) a independência do Brasil
b) ( ) as missões comandadas pelos Jesuítas
c) ( ) os paulistas explorando o Brasil
d) ( ) chegada de Pedro Álvares na terra
desconhecida
2  “viviam como nômades percorrendo grandes
distâncias em busca do melhor lugar para ficarem
(...) conseguiam alimentar tribos inteiras com o
trabalho agrícola”. Quem vivia assim?
a) ( ) os padres Jesuítas
b) ( ) os portugueses colonizadores
c) ( ) os índios
d) ( ) os negros escravizados
3  Chegaram em 1549 no Brasil como o
propósito de catequizar os índios.
a) ( ) os padres Jesuítas
b) ( ) os colonos portugueses
c) ( ) o Rei de Portugal
d) ( ) D. Pedro I
4 De acordo com o texto, é correto afirmar
que com as expedições o principal objetivo
delas eram:
a) ( ) catequizar os índios
b) ( ) buscar o ouro e pedras preciosas
c) ( ) dizimar todos os negros do território
d) ( ) construir grandes vilas e estradas
Em março de 1549, chegaram
ao Brasil os primeiros padres jesuítas que
iniciariam o processo de catequização
indígena. Para educar os índios, os padres
instituíram em Salvador, capital brasileira
na época, a primeira escola elementar.
Para que os indígenas compreendessem o
ensinamento religioso, tinham
que aprender a ler e escrever. Os índios,
que viviam como nômades percorrendo
grandes distâncias em busca do melhor
lugar para ficarem, passaram a se tornar
sedentários com o cultivo da terra, já que
conseguiam alimentar tribos inteiras com o
trabalho agrícola.
De fato, as Missões Jesuíticas no
Brasil aproximaram os portugueses da
utopia de integrar os indígenas ao
processo de colonização.
Os bandeirantes foram os exploradores
que, adentravam os sertões em busca de
riquezas e escravos, na época do Brasil
colônia.
As expedições organizadas pelos
bandeirantes ocorreram do século XVI ao
século. Principalmente após o século XVII a
bandeiras passaram a ter como objetivo a
busca por ouro e pedras preciosas. A
história das bandeiras foi de violência para
com os indígenas. Estes foram praticamente
dizimados pelos bandeirantes e, quando
capturados eram escravizados e obrigados a
um trabalho forçado tal qual os negros
trazidos da África.
De acordo com o texto e com o conteúdo estudado responda:
O Folclore
A Independência do Brasil
5 É correto afirmar que Folclore é:
a) ( ) O conjunto de pessoas sábias e idosas.
b) ( ) O conjunto de sinais de trânsito.
c) ( ) O conjunto de raças, religiões e
atividades relacionadas a agricultura de um
povo.
d) ( ) O conjunto das tradições de um país
Em 7 de setembro de 1822 foi declarada
a Independência do Brasil, com o Grito
do Ipiranga proclamado por Dom Pedro
às margens do riacho Ipiranga. Neste dia,
D. Pedro, em resposta aos pedidos do
povo, decidiu não obedecer às ordens
portuguesas e disse a famosa frase: “Se é
para o bem de todos e felicidade geral da
Nação, estou pronto. Diga ao povo que
fico!”.
Em 12 de outubro de 1822, D. Pedro
recebeu o título de Imperador D. Pedro
I, sendo coroado em dezembro.
Causas:
- Vontade de grande parte da elite
política brasileira em conquistar a
autonomia política;
- Desgaste do sistema de controle
econômico, com restrições e altos
impostos, exercido pela Coroa
Portuguesa no Brasil;
6 É correto afirmar que a Independência do
Brasil ocorreu por que o povo brasileiro:
a) ( ) queriam conquistar a autonomia
política e estavam desgastados com o
sistema econômico e pagavam altos
impostos.
b) ( ) estavam satisfeitos com a forma que
o Brasil era governado pelo Rei de
Portugal.
c) ( ) gostavam de ser dependentes de
Portugal e aceitavam as decisões de D.
João VI.
Em 22 de agosto, o Brasil comemora o
Dia do Folclore. A data foi criada em
1965 através de um decreto federal.
No Estado de São Paulo, um decreto
estadual instituiu agosto como o mês
do folclore.
Folclore é o conjunto de crenças,
superstições, lendas, festas e
costumes de um povo passado de
geração em geração. A palavra
Folclore vem do inglês pela junção das
palavras folk (povo) e lore (sabedoria
popular) significando sabedoria do
povo. É o conjunto de Tradições.
Escola Municipal de Ensino Fundamental Centro Comunitário
Diretora: Fátima Coordenadora: Nilva Professor: André Moraes
Aluno: ____________________________________________
III Atividade Avaliativa de História – 5º ano
Leia o texto e responda:
1  É correto afirmar que a Independência do
Brasil ocorreu por que o povo brasileiro:
a) ( ) queriam conquistar a autonomia
política e estavam desgastados com o
sistema econômico e pagavam altos
impostos.
b) ( ) estava satisfeito com a forma que o
Brasil era governado pelo Rei de Portugal.
c) ( ) gostava de ser dependente de Portugal
e aceitava as decisões de D. João VI.
2  D. Pedro I recebeu o título de Imperador em:
a) ( ) 7 de setembro de 1822
b) ( ) 12 de outubro de 1822
c) ( ) 22 de abril de 1500
d) ( ) 15 de Novembro de 1888
3  Depois da Proclamação da Independência o
que Portugal exigiu do Brasil:
a) ( ) Que D. Pedro I pagasse uma
indenização de 2 milhões de libras.
b) ( ) escreve-se uma carta relatando como
ocorreu o processo de independência.
c) ( ) deserdou D. Pedro I por desrespeitar o
Rei de Portugal
Em 7 de setembro de 1822 foi declarada
a Independência do Brasil, com o Grito do
Ipiranga proclamado por Dom Pedro às
margens do riacho Ipiranga. Neste dia, D.
Pedro, em resposta aos pedidos do povo,
decidiu não obedecer às ordens portuguesas
e disse a famosa frase: “Se é para o bem de
todos e felicidade geral da Nação, estou
pronto. Diga ao povo que fico!”.
Causas:
- Vontade de grande parte da elite política
brasileira em conquistar a autonomia
política;
- Desgaste do sistema de controle
econômico, com restrições e altos impostos,
exercido pela Coroa Portuguesa no Brasil;
A Proclamação da Independência
Ao viajar de Santos para São Paulo, D. Pedro
recebeu uma carta da Coroa Portuguesa que
exigia seu retorno imediato para Portugal e
anulava a Constituinte. Diante desta
situação, D. Pedro deu seu famoso grito, as
margens do riacho Ipiranga: “Independência
ou Morte!”
Pós Independência
- D. Pedro I recebeu o título de imperador
em 12 de outubro de 1822 e foi coroado
imperador do Brasil em dezembro do
mesmo ano;
- Portugal reconheceu a independência,
exigindo uma indenização de 2 milhões de
libras esterlinas;
- Em algumas regiões do Brasil,
principalmente no Nordeste, ocorreram
revoltas, comandadas por portugueses,
contrárias à independência do Brasil. Estas
manifestações foram duramente reprimidas
pelas tropas imperiais.
Primeiro Reinado e Monarquia
De acordo com o texto abaixo responda:
A Constituição de 1824
A elaboração de uma Constituição para o Brasil
significava o primeiro passo para consolidar a
independência dos colonos de Portugal. Em 3 de
junho de 1822, quando ainda era príncipe regente
português no Brasil, D. Pedro I articulou os
primeiros textos com uma assembleia, mas não
conseguia chegar em nenhum consenso, pois os
constituintes pretendiam dissolver a centralização
do governo monarquista e dar mais autonomia às
pequenas províncias.
Sem consultar nenhum partido político ou
Assembleia Constituinte, no dia 25 de março D.
Pedro I outorgou a Constituição de 1824, a
primeira do país.
Na nova Constituição só podiam votar para os
cargos do Legislativo homens que tivessem mais de
25 anos e tivessem uma renda anual mínima de
100 mil-réis, o que excluía a maior parte da
população brasileira. Para ser deputado, era
necessário ter uma renda de mais de 400 mil-réis
e, para senador, um mínimo anual de 800 mil-réis.
A Igreja Católica foi oficializada como a religião do
Brasil e seus membros estavam sujeitos às ordens
políticas do governo.
5  De acordo com o texto, a Constituição
de 1824 foi outorgada em:
a) ( ) 3 de junho de 1822
b) ( ) 25 de março de 1824
c) ( ) 7 de setembro de 1822
6  De acordo com a Constituição de 1824,
podemos falar que está certa a alternativa
referente ao Voto que:
a) ( ) todos os brasileiros em 1824
poderiam votar e escolher os seus
representantes;
b) ( ) apenas as mulheres tinham o
poder de decisão e votar;
c) ( ) nenhuma pessoa poderia votar,
pois as decisões vinham de D. Pedro I;
d) ( ) homens que tivessem mais de 25
anos e tivessem uma renda anual
mínima de 100 mil-réis poderiam
votar.
Proclamada a Independência, o Brasil assumiu
a forma monárquica de governo. Nesse tipo de
governo, o governo governa de forma vitalícia,
isto é, até sua morte. Na maioria das
monarquias, o poder é transmitido de pai para
filho ou para outros familiares. Uma
monarquia imperial que teria no príncipe D.
Pedro de Alcântara, herdeiro da Casa de
Bragança, seu primeiro imperador. O governo
de D. Pedro I, entre 1822 e 1831, denominou-
se Primeiro Reinado, momento em que se
inicia a instalação do Estado Nacional
brasileiro, em meio a dificuldades econômico-
financeiras e aos primeiros conflitos internos,
típicos de uma fase em que se acomodam os
múltiplos interesses que marcaram a luta pela
independência.
A aclamação de D. Pedro I no Campo de
Santana, Rio de Janeiro, assinala o nascimento
do Império brasileiro.
4  Denomina-se Monarquia um tipo de
governo em que a pessoa que governa é :
a) ( ) o monarca, governa por ter sido
eleito pelo povo de forma direta
b) ( ) o monarca, este indicado por
alguém que possui muitas
propriedades de terra
c) ( ) o monarca, pessoa que governa
de forma vitalícia e é transmitida de
pai para filho.
Preencha o Gabarito conforme as
respostas de sua atividade. Ano: ____
Questão A B C D
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
Preencha o Gabarito conforme as
respostas de sua atividade. Ano: ____
Questão A B C D
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
Preencha o Gabarito conforme as
respostas de sua atividade. Ano: ____
Questão A B C D
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
Preencha o Gabarito conforme as
respostas de sua atividade. Ano: ____
Questão A B C D
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
Preencha o Gabarito conforme as
respostas de sua atividade. Ano: ____
Questão A B C D
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
Preencha o Gabarito conforme as
respostas de sua atividade. Ano: ____
Questão A B C D
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

III Atividade Avaliatíva de Geofgrafia e História 3º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geofgrafia e História 3º ano pdfIII Atividade Avaliatíva de Geofgrafia e História 3º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geofgrafia e História 3º ano pdfAndré Moraes
 
Sistema de numeração decimal
Sistema de numeração decimal Sistema de numeração decimal
Sistema de numeração decimal Mary Alvarenga
 
Texto e Interpretação - Dia Internacional da Mulher
Texto  e Interpretação - Dia Internacional da MulherTexto  e Interpretação - Dia Internacional da Mulher
Texto e Interpretação - Dia Internacional da MulherMary Alvarenga
 
III Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdfIII Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdfAndré Moraes
 
Cad matematica 4_ano_interativo
Cad matematica 4_ano_interativoCad matematica 4_ano_interativo
Cad matematica 4_ano_interativorosefarias123
 
Interpretação de tabelas e gráficos
Interpretação de tabelas e gráficos Interpretação de tabelas e gráficos
Interpretação de tabelas e gráficos Mary Alvarenga
 
Atividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdf
Atividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdfAtividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdf
Atividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdfAndré Moraes
 
Avaliação de história do 5º ano
Avaliação de história do 5º anoAvaliação de história do 5º ano
Avaliação de história do 5º anoLeo Rodrigues
 
Gênero textual: Fabulas e contos
Gênero textual: Fabulas e contos Gênero textual: Fabulas e contos
Gênero textual: Fabulas e contos Mary Alvarenga
 
Atividade de-historia os-tres-poderes-5-ano_respostas
Atividade de-historia os-tres-poderes-5-ano_respostasAtividade de-historia os-tres-poderes-5-ano_respostas
Atividade de-historia os-tres-poderes-5-ano_respostasLuiza Bussolo
 
Geografia 2013 3ºe 4º bim (4º ano)
Geografia 2013   3ºe 4º bim (4º ano)Geografia 2013   3ºe 4º bim (4º ano)
Geografia 2013 3ºe 4º bim (4º ano)smece4e5
 
7 ano atividades complementares 4 semana
7 ano atividades complementares 4 semana7 ano atividades complementares 4 semana
7 ano atividades complementares 4 semanaWashington Rocha
 
Aleluia de Gabriela Rocha - Análise e entendimento da música
Aleluia  de Gabriela Rocha - Análise e entendimento da músicaAleluia  de Gabriela Rocha - Análise e entendimento da música
Aleluia de Gabriela Rocha - Análise e entendimento da músicaMary Alvarenga
 
As mudanças dos estados físicos da água
As mudanças dos estados físicos da água As mudanças dos estados físicos da água
As mudanças dos estados físicos da água Mary Alvarenga
 
Atividade avaliatíva de geo e hist 3º ano pdf
Atividade avaliatíva de geo e hist 3º ano pdfAtividade avaliatíva de geo e hist 3º ano pdf
Atividade avaliatíva de geo e hist 3º ano pdfAndré Moraes
 

Mais procurados (20)

III Atividade Avaliatíva de Geofgrafia e História 3º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geofgrafia e História 3º ano pdfIII Atividade Avaliatíva de Geofgrafia e História 3º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geofgrafia e História 3º ano pdf
 
Sistema de numeração decimal
Sistema de numeração decimal Sistema de numeração decimal
Sistema de numeração decimal
 
Texto e Interpretação - Dia Internacional da Mulher
Texto  e Interpretação - Dia Internacional da MulherTexto  e Interpretação - Dia Internacional da Mulher
Texto e Interpretação - Dia Internacional da Mulher
 
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...
 
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...
 
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 2º BIMEST...
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 2º BIMEST...AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 2º BIMEST...
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 2º BIMEST...
 
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - 1º CICLO - 4º BIMEST...
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - 1º CICLO - 4º BIMEST...AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - 1º CICLO - 4º BIMEST...
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - 1º CICLO - 4º BIMEST...
 
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA - 5º ANO - 1º BIMESTRE
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA - 5º ANO - 1º BIMESTREAVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA - 5º ANO - 1º BIMESTRE
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA - 5º ANO - 1º BIMESTRE
 
III Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdfIII Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdf
 
Cad matematica 4_ano_interativo
Cad matematica 4_ano_interativoCad matematica 4_ano_interativo
Cad matematica 4_ano_interativo
 
Interpretação de tabelas e gráficos
Interpretação de tabelas e gráficos Interpretação de tabelas e gráficos
Interpretação de tabelas e gráficos
 
Atividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdf
Atividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdfAtividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdf
Atividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdf
 
Avaliação de história do 5º ano
Avaliação de história do 5º anoAvaliação de história do 5º ano
Avaliação de história do 5º ano
 
Gênero textual: Fabulas e contos
Gênero textual: Fabulas e contos Gênero textual: Fabulas e contos
Gênero textual: Fabulas e contos
 
Atividade de-historia os-tres-poderes-5-ano_respostas
Atividade de-historia os-tres-poderes-5-ano_respostasAtividade de-historia os-tres-poderes-5-ano_respostas
Atividade de-historia os-tres-poderes-5-ano_respostas
 
Geografia 2013 3ºe 4º bim (4º ano)
Geografia 2013   3ºe 4º bim (4º ano)Geografia 2013   3ºe 4º bim (4º ano)
Geografia 2013 3ºe 4º bim (4º ano)
 
7 ano atividades complementares 4 semana
7 ano atividades complementares 4 semana7 ano atividades complementares 4 semana
7 ano atividades complementares 4 semana
 
Aleluia de Gabriela Rocha - Análise e entendimento da música
Aleluia  de Gabriela Rocha - Análise e entendimento da músicaAleluia  de Gabriela Rocha - Análise e entendimento da música
Aleluia de Gabriela Rocha - Análise e entendimento da música
 
As mudanças dos estados físicos da água
As mudanças dos estados físicos da água As mudanças dos estados físicos da água
As mudanças dos estados físicos da água
 
Atividade avaliatíva de geo e hist 3º ano pdf
Atividade avaliatíva de geo e hist 3º ano pdfAtividade avaliatíva de geo e hist 3º ano pdf
Atividade avaliatíva de geo e hist 3º ano pdf
 

Destaque

História 2013 3º e 4º bim (4º ano)
História 2013   3º e 4º bim (4º ano)História 2013   3º e 4º bim (4º ano)
História 2013 3º e 4º bim (4º ano)smece4e5
 
Avaliação História 4º Ano 1º bimestre
Avaliação História 4º Ano   1º bimestreAvaliação História 4º Ano   1º bimestre
Avaliação História 4º Ano 1º bimestreCristhiane Guimarães
 
Avaliação de história
Avaliação de históriaAvaliação de história
Avaliação de históriaRomildo Da Cruz
 
Avaliação de geografia 4ºbimestre
Avaliação de geografia 4ºbimestreAvaliação de geografia 4ºbimestre
Avaliação de geografia 4ºbimestreDayenne Sousa Alencar
 
III Atividade Avaliatíva de Geo e Hist 1º e 2º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geo e Hist 1º e  2º ano pdfIII Atividade Avaliatíva de Geo e Hist 1º e  2º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geo e Hist 1º e 2º ano pdfAndré Moraes
 
Prova.pb.historia.3ano.manha.1bim
Prova.pb.historia.3ano.manha.1bimProva.pb.historia.3ano.manha.1bim
Prova.pb.historia.3ano.manha.1bimCinthia Santos
 
Ii atividade avaliatíva de geo 4º e 5º ano pdf
Ii atividade avaliatíva de geo 4º e 5º ano pdfIi atividade avaliatíva de geo 4º e 5º ano pdf
Ii atividade avaliatíva de geo 4º e 5º ano pdfAndré Moraes
 
História 2013 3ºe 4º bim (5º ano)
História 2013   3ºe 4º bim (5º ano)História 2013   3ºe 4º bim (5º ano)
História 2013 3ºe 4º bim (5º ano)smece4e5
 
Avaliação 9º ano república velha, guerra de canudos, revolta da vacina
Avaliação 9º ano república velha, guerra de canudos, revolta da vacinaAvaliação 9º ano república velha, guerra de canudos, revolta da vacina
Avaliação 9º ano república velha, guerra de canudos, revolta da vacinaAcrópole - História & Educação
 

Destaque (20)

Avaliação bimestral de historia
Avaliação bimestral de historiaAvaliação bimestral de historia
Avaliação bimestral de historia
 
Avaliação de recup. historia 4º ano
Avaliação de recup. historia 4º anoAvaliação de recup. historia 4º ano
Avaliação de recup. historia 4º ano
 
História 2013 3º e 4º bim (4º ano)
História 2013   3º e 4º bim (4º ano)História 2013   3º e 4º bim (4º ano)
História 2013 3º e 4º bim (4º ano)
 
Atividade avaliativa de história
Atividade avaliativa de históriaAtividade avaliativa de história
Atividade avaliativa de história
 
Avaliação História 4º Ano 1º bimestre
Avaliação História 4º Ano   1º bimestreAvaliação História 4º Ano   1º bimestre
Avaliação História 4º Ano 1º bimestre
 
Avaliação de história
Avaliação de históriaAvaliação de história
Avaliação de história
 
Atividades avaliativas para o 2º ano
Atividades avaliativas para o 2º anoAtividades avaliativas para o 2º ano
Atividades avaliativas para o 2º ano
 
Avaliação de geografia 4ºbimestre
Avaliação de geografia 4ºbimestreAvaliação de geografia 4ºbimestre
Avaliação de geografia 4ºbimestre
 
III Atividade Avaliatíva de Geo e Hist 1º e 2º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geo e Hist 1º e  2º ano pdfIII Atividade Avaliatíva de Geo e Hist 1º e  2º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geo e Hist 1º e 2º ano pdf
 
Prova.pb.historia.3ano.manha.1bim
Prova.pb.historia.3ano.manha.1bimProva.pb.historia.3ano.manha.1bim
Prova.pb.historia.3ano.manha.1bim
 
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA 2º ANO
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA 2º ANOAVALIAÇÃO DE HISTÓRIA 2º ANO
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA 2º ANO
 
Prova geo
Prova geoProva geo
Prova geo
 
Prova de história 1 ano
Prova de história 1 anoProva de história 1 ano
Prova de história 1 ano
 
Ii atividade avaliatíva de geo 4º e 5º ano pdf
Ii atividade avaliatíva de geo 4º e 5º ano pdfIi atividade avaliatíva de geo 4º e 5º ano pdf
Ii atividade avaliatíva de geo 4º e 5º ano pdf
 
Consciencia negra
Consciencia negraConsciencia negra
Consciencia negra
 
Prova 1 bimestre historia 3 ano
Prova 1 bimestre historia 3 anoProva 1 bimestre historia 3 ano
Prova 1 bimestre historia 3 ano
 
História 2013 3ºe 4º bim (5º ano)
História 2013   3ºe 4º bim (5º ano)História 2013   3ºe 4º bim (5º ano)
História 2013 3ºe 4º bim (5º ano)
 
Prova de geografia 1 bimestre 7 ano
Prova de geografia 1 bimestre 7 anoProva de geografia 1 bimestre 7 ano
Prova de geografia 1 bimestre 7 ano
 
Avaliação 9º ano república velha, guerra de canudos, revolta da vacina
Avaliação 9º ano república velha, guerra de canudos, revolta da vacinaAvaliação 9º ano república velha, guerra de canudos, revolta da vacina
Avaliação 9º ano república velha, guerra de canudos, revolta da vacina
 
Cultura negra3
Cultura negra3Cultura negra3
Cultura negra3
 

Semelhante a História do Brasil no século XIX

Trabalho independência do brasil certo
Trabalho independência do brasil certoTrabalho independência do brasil certo
Trabalho independência do brasil certoCelia Regina Oliveira
 
Aula 4 hist em
Aula 4   hist emAula 4   hist em
Aula 4 hist emWalney M.F
 
Avaliacao de historia-4 - A.pdf
Avaliacao de historia-4 - A.pdfAvaliacao de historia-4 - A.pdf
Avaliacao de historia-4 - A.pdfVanLucas4
 
AULA 8 - A CONSTRUÇÃO DO ESTADO POLÍTICA E ECONOMIA NO PRIMEIRO REINADO.pdf
AULA 8 - A CONSTRUÇÃO DO ESTADO POLÍTICA E ECONOMIA NO PRIMEIRO REINADO.pdfAULA 8 - A CONSTRUÇÃO DO ESTADO POLÍTICA E ECONOMIA NO PRIMEIRO REINADO.pdf
AULA 8 - A CONSTRUÇÃO DO ESTADO POLÍTICA E ECONOMIA NO PRIMEIRO REINADO.pdfFlviaCristina51
 
A independência do Brasil
A independência do BrasilA independência do Brasil
A independência do BrasilSylvio Bazote
 
3° ano - Independência e Brasil Império (1° Reinado)
3° ano -  Independência e Brasil Império (1° Reinado)3° ano -  Independência e Brasil Império (1° Reinado)
3° ano - Independência e Brasil Império (1° Reinado)Daniel Alves Bronstrup
 
História do brasil
História do brasilHistória do brasil
História do brasildinicmax
 
Independência primeiro reinado e segundo reinado 2
Independência primeiro reinado e segundo reinado 2Independência primeiro reinado e segundo reinado 2
Independência primeiro reinado e segundo reinado 2Ócio do Ofício
 
Brasil primeiro reinado
Brasil primeiro reinadoBrasil primeiro reinado
Brasil primeiro reinadofelipe_paes
 
Capítulo 8-Independência do Brasil.ppt
Capítulo 8-Independência do Brasil.pptCapítulo 8-Independência do Brasil.ppt
Capítulo 8-Independência do Brasil.pptBetoFonseca8
 
Independência do brasil e o primeiro reinado
Independência do brasil e o primeiro reinadoIndependência do brasil e o primeiro reinado
Independência do brasil e o primeiro reinadoturmac11
 

Semelhante a História do Brasil no século XIX (20)

Avaliação história
Avaliação históriaAvaliação história
Avaliação história
 
Trabalho independência do brasil certo
Trabalho independência do brasil certoTrabalho independência do brasil certo
Trabalho independência do brasil certo
 
Aula 4 hist em
Aula 4   hist emAula 4   hist em
Aula 4 hist em
 
Avaliacao de historia-4 - A.pdf
Avaliacao de historia-4 - A.pdfAvaliacao de historia-4 - A.pdf
Avaliacao de historia-4 - A.pdf
 
AULA 8 - A CONSTRUÇÃO DO ESTADO POLÍTICA E ECONOMIA NO PRIMEIRO REINADO.pdf
AULA 8 - A CONSTRUÇÃO DO ESTADO POLÍTICA E ECONOMIA NO PRIMEIRO REINADO.pdfAULA 8 - A CONSTRUÇÃO DO ESTADO POLÍTICA E ECONOMIA NO PRIMEIRO REINADO.pdf
AULA 8 - A CONSTRUÇÃO DO ESTADO POLÍTICA E ECONOMIA NO PRIMEIRO REINADO.pdf
 
A independência do Brasil
A independência do BrasilA independência do Brasil
A independência do Brasil
 
3° ano - Independência e Brasil Império (1° Reinado)
3° ano -  Independência e Brasil Império (1° Reinado)3° ano -  Independência e Brasil Império (1° Reinado)
3° ano - Independência e Brasil Império (1° Reinado)
 
1º reinado 2º reinado no brasil
1º reinado 2º reinado no brasil1º reinado 2º reinado no brasil
1º reinado 2º reinado no brasil
 
História do brasil
História do brasilHistória do brasil
História do brasil
 
Independência primeiro reinado e segundo reinado 2
Independência primeiro reinado e segundo reinado 2Independência primeiro reinado e segundo reinado 2
Independência primeiro reinado e segundo reinado 2
 
Brasil primeiro reinado
Brasil primeiro reinadoBrasil primeiro reinado
Brasil primeiro reinado
 
Revliberal1820
Revliberal1820Revliberal1820
Revliberal1820
 
Independencia do Brasil
Independencia do BrasilIndependencia do Brasil
Independencia do Brasil
 
Primeiro reinado
Primeiro reinadoPrimeiro reinado
Primeiro reinado
 
Capítulo 8-Independência do Brasil.ppt
Capítulo 8-Independência do Brasil.pptCapítulo 8-Independência do Brasil.ppt
Capítulo 8-Independência do Brasil.ppt
 
Independência do brasil e o primeiro reinado
Independência do brasil e o primeiro reinadoIndependência do brasil e o primeiro reinado
Independência do brasil e o primeiro reinado
 
Oiiiiiiiiiii
OiiiiiiiiiiiOiiiiiiiiiii
Oiiiiiiiiiii
 
Julia E Nicoli
Julia E NicoliJulia E Nicoli
Julia E Nicoli
 
Julia E Nicoli
Julia E NicoliJulia E Nicoli
Julia E Nicoli
 
História do brasil
História do brasilHistória do brasil
História do brasil
 

Mais de André Moraes

I atividade matemática 3º ano andré
I atividade matemática 3º ano   andréI atividade matemática 3º ano   andré
I atividade matemática 3º ano andréAndré Moraes
 
I atividade de geografia 5º ano andré
I atividade de geografia 5º ano   andréI atividade de geografia 5º ano   andré
I atividade de geografia 5º ano andréAndré Moraes
 
I atividade de ciencias e geografia 3º ano andré
I atividade de ciencias e geografia 3º ano andréI atividade de ciencias e geografia 3º ano andré
I atividade de ciencias e geografia 3º ano andréAndré Moraes
 
I atividade de ciencias 5º ano andré
I atividade de ciencias 5º ano andréI atividade de ciencias 5º ano andré
I atividade de ciencias 5º ano andréAndré Moraes
 
I atividade avaliativa matemática 5º ano André
I atividade avaliativa matemática 5º ano   AndréI atividade avaliativa matemática 5º ano   André
I atividade avaliativa matemática 5º ano AndréAndré Moraes
 
Relatório ii mostra cultural
Relatório ii mostra culturalRelatório ii mostra cultural
Relatório ii mostra culturalAndré Moraes
 
Relatório mais cultura I momento
Relatório mais cultura I momentoRelatório mais cultura I momento
Relatório mais cultura I momentoAndré Moraes
 
Registro de memória Mostra Cultural Jacundá Nossa História Nossa Vida
Registro de memória Mostra Cultural Jacundá Nossa História Nossa VidaRegistro de memória Mostra Cultural Jacundá Nossa História Nossa Vida
Registro de memória Mostra Cultural Jacundá Nossa História Nossa VidaAndré Moraes
 
Escravo, nem pensar ativ alunos centro esse
Escravo, nem pensar   ativ alunos centro esseEscravo, nem pensar   ativ alunos centro esse
Escravo, nem pensar ativ alunos centro esseAndré Moraes
 
Atividades referente ao tema Escravo, nem pensar
Atividades referente ao tema Escravo, nem pensarAtividades referente ao tema Escravo, nem pensar
Atividades referente ao tema Escravo, nem pensarAndré Moraes
 
Emef centro-comunitário-sequência-didática-maio-2015
Emef centro-comunitário-sequência-didática-maio-2015Emef centro-comunitário-sequência-didática-maio-2015
Emef centro-comunitário-sequência-didática-maio-2015André Moraes
 
Emef centro-comunitário-avalição-andré-e-claúdia-português (1)
Emef centro-comunitário-avalição-andré-e-claúdia-português (1)Emef centro-comunitário-avalição-andré-e-claúdia-português (1)
Emef centro-comunitário-avalição-andré-e-claúdia-português (1)André Moraes
 
Emef centro-comunitário-atividade-cláudia-e-andré-matemática
Emef centro-comunitário-atividade-cláudia-e-andré-matemáticaEmef centro-comunitário-atividade-cláudia-e-andré-matemática
Emef centro-comunitário-atividade-cláudia-e-andré-matemáticaAndré Moraes
 
Emef centro-comunitário-atividade-andré-e-cláudia-ciências
Emef centro-comunitário-atividade-andré-e-cláudia-ciênciasEmef centro-comunitário-atividade-andré-e-cláudia-ciências
Emef centro-comunitário-atividade-andré-e-cláudia-ciênciasAndré Moraes
 
Simulado 5º-ano-1 Português, Matemática, Ciências.
Simulado 5º-ano-1 Português, Matemática, Ciências.Simulado 5º-ano-1 Português, Matemática, Ciências.
Simulado 5º-ano-1 Português, Matemática, Ciências.André Moraes
 
Criar conta no google e youtube
Criar conta no google e youtubeCriar conta no google e youtube
Criar conta no google e youtubeAndré Moraes
 
História lúdica do tangram
História lúdica do tangramHistória lúdica do tangram
História lúdica do tangramAndré Moraes
 
Cruzadinha extrativismo
Cruzadinha extrativismoCruzadinha extrativismo
Cruzadinha extrativismoAndré Moraes
 
3ª etapa seq did jacundá
3ª etapa seq did jacundá3ª etapa seq did jacundá
3ª etapa seq did jacundáAndré Moraes
 

Mais de André Moraes (20)

I atividade matemática 3º ano andré
I atividade matemática 3º ano   andréI atividade matemática 3º ano   andré
I atividade matemática 3º ano andré
 
I atividade de geografia 5º ano andré
I atividade de geografia 5º ano   andréI atividade de geografia 5º ano   andré
I atividade de geografia 5º ano andré
 
I atividade de ciencias e geografia 3º ano andré
I atividade de ciencias e geografia 3º ano andréI atividade de ciencias e geografia 3º ano andré
I atividade de ciencias e geografia 3º ano andré
 
I atividade de ciencias 5º ano andré
I atividade de ciencias 5º ano andréI atividade de ciencias 5º ano andré
I atividade de ciencias 5º ano andré
 
I atividade avaliativa matemática 5º ano André
I atividade avaliativa matemática 5º ano   AndréI atividade avaliativa matemática 5º ano   André
I atividade avaliativa matemática 5º ano André
 
Relatório ii mostra cultural
Relatório ii mostra culturalRelatório ii mostra cultural
Relatório ii mostra cultural
 
Relatório mais cultura I momento
Relatório mais cultura I momentoRelatório mais cultura I momento
Relatório mais cultura I momento
 
Registro de memória Mostra Cultural Jacundá Nossa História Nossa Vida
Registro de memória Mostra Cultural Jacundá Nossa História Nossa VidaRegistro de memória Mostra Cultural Jacundá Nossa História Nossa Vida
Registro de memória Mostra Cultural Jacundá Nossa História Nossa Vida
 
Escravo, nem pensar ativ alunos centro esse
Escravo, nem pensar   ativ alunos centro esseEscravo, nem pensar   ativ alunos centro esse
Escravo, nem pensar ativ alunos centro esse
 
Atividades referente ao tema Escravo, nem pensar
Atividades referente ao tema Escravo, nem pensarAtividades referente ao tema Escravo, nem pensar
Atividades referente ao tema Escravo, nem pensar
 
Emef centro-comunitário-sequência-didática-maio-2015
Emef centro-comunitário-sequência-didática-maio-2015Emef centro-comunitário-sequência-didática-maio-2015
Emef centro-comunitário-sequência-didática-maio-2015
 
Emef centro-comunitário-avalição-andré-e-claúdia-português (1)
Emef centro-comunitário-avalição-andré-e-claúdia-português (1)Emef centro-comunitário-avalição-andré-e-claúdia-português (1)
Emef centro-comunitário-avalição-andré-e-claúdia-português (1)
 
Emef centro-comunitário-atividade-cláudia-e-andré-matemática
Emef centro-comunitário-atividade-cláudia-e-andré-matemáticaEmef centro-comunitário-atividade-cláudia-e-andré-matemática
Emef centro-comunitário-atividade-cláudia-e-andré-matemática
 
Emef centro-comunitário-atividade-andré-e-cláudia-ciências
Emef centro-comunitário-atividade-andré-e-cláudia-ciênciasEmef centro-comunitário-atividade-andré-e-cláudia-ciências
Emef centro-comunitário-atividade-andré-e-cláudia-ciências
 
Simulado 5º-ano-1 Português, Matemática, Ciências.
Simulado 5º-ano-1 Português, Matemática, Ciências.Simulado 5º-ano-1 Português, Matemática, Ciências.
Simulado 5º-ano-1 Português, Matemática, Ciências.
 
Criar um blog
Criar um blogCriar um blog
Criar um blog
 
Criar conta no google e youtube
Criar conta no google e youtubeCriar conta no google e youtube
Criar conta no google e youtube
 
História lúdica do tangram
História lúdica do tangramHistória lúdica do tangram
História lúdica do tangram
 
Cruzadinha extrativismo
Cruzadinha extrativismoCruzadinha extrativismo
Cruzadinha extrativismo
 
3ª etapa seq did jacundá
3ª etapa seq did jacundá3ª etapa seq did jacundá
3ª etapa seq did jacundá
 

Último

VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOBiatrizGomes1
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfAnaGonalves804156
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoSilvaDias3
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?MrciaRocha48
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 

Último (20)

VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 

História do Brasil no século XIX

  • 1. Escola Municipal de Ensino Fundamental Centro Comunitário Diretora: Fátima Coordenadora: Nilva Professor: André Moraes Aluno: ____________________________________________ III Atividade Avaliativa de História – 4º ano Observe a ilustração e o texto abaixo e responda: Leia o texto e responda: 1  A imagem ao lado representa o que: a) ( ) a independência do Brasil b) ( ) as missões comandadas pelos Jesuítas c) ( ) os paulistas explorando o Brasil d) ( ) chegada de Pedro Álvares na terra desconhecida 2  “viviam como nômades percorrendo grandes distâncias em busca do melhor lugar para ficarem (...) conseguiam alimentar tribos inteiras com o trabalho agrícola”. Quem vivia assim? a) ( ) os padres Jesuítas b) ( ) os portugueses colonizadores c) ( ) os índios d) ( ) os negros escravizados 3  Chegaram em 1549 no Brasil como o propósito de catequizar os índios. a) ( ) os padres Jesuítas b) ( ) os colonos portugueses c) ( ) o Rei de Portugal d) ( ) D. Pedro I 4 De acordo com o texto, é correto afirmar que com as expedições o principal objetivo delas eram: a) ( ) catequizar os índios b) ( ) buscar o ouro e pedras preciosas c) ( ) dizimar todos os negros do território d) ( ) construir grandes vilas e estradas Em março de 1549, chegaram ao Brasil os primeiros padres jesuítas que iniciariam o processo de catequização indígena. Para educar os índios, os padres instituíram em Salvador, capital brasileira na época, a primeira escola elementar. Para que os indígenas compreendessem o ensinamento religioso, tinham que aprender a ler e escrever. Os índios, que viviam como nômades percorrendo grandes distâncias em busca do melhor lugar para ficarem, passaram a se tornar sedentários com o cultivo da terra, já que conseguiam alimentar tribos inteiras com o trabalho agrícola. De fato, as Missões Jesuíticas no Brasil aproximaram os portugueses da utopia de integrar os indígenas ao processo de colonização. Os bandeirantes foram os exploradores que, adentravam os sertões em busca de riquezas e escravos, na época do Brasil colônia. As expedições organizadas pelos bandeirantes ocorreram do século XVI ao século. Principalmente após o século XVII a bandeiras passaram a ter como objetivo a busca por ouro e pedras preciosas. A história das bandeiras foi de violência para com os indígenas. Estes foram praticamente dizimados pelos bandeirantes e, quando capturados eram escravizados e obrigados a um trabalho forçado tal qual os negros trazidos da África.
  • 2. De acordo com o texto e com o conteúdo estudado responda: O Folclore A Independência do Brasil 5 É correto afirmar que Folclore é: a) ( ) O conjunto de pessoas sábias e idosas. b) ( ) O conjunto de sinais de trânsito. c) ( ) O conjunto de raças, religiões e atividades relacionadas a agricultura de um povo. d) ( ) O conjunto das tradições de um país Em 7 de setembro de 1822 foi declarada a Independência do Brasil, com o Grito do Ipiranga proclamado por Dom Pedro às margens do riacho Ipiranga. Neste dia, D. Pedro, em resposta aos pedidos do povo, decidiu não obedecer às ordens portuguesas e disse a famosa frase: “Se é para o bem de todos e felicidade geral da Nação, estou pronto. Diga ao povo que fico!”. Em 12 de outubro de 1822, D. Pedro recebeu o título de Imperador D. Pedro I, sendo coroado em dezembro. Causas: - Vontade de grande parte da elite política brasileira em conquistar a autonomia política; - Desgaste do sistema de controle econômico, com restrições e altos impostos, exercido pela Coroa Portuguesa no Brasil; 6 É correto afirmar que a Independência do Brasil ocorreu por que o povo brasileiro: a) ( ) queriam conquistar a autonomia política e estavam desgastados com o sistema econômico e pagavam altos impostos. b) ( ) estavam satisfeitos com a forma que o Brasil era governado pelo Rei de Portugal. c) ( ) gostavam de ser dependentes de Portugal e aceitavam as decisões de D. João VI. Em 22 de agosto, o Brasil comemora o Dia do Folclore. A data foi criada em 1965 através de um decreto federal. No Estado de São Paulo, um decreto estadual instituiu agosto como o mês do folclore. Folclore é o conjunto de crenças, superstições, lendas, festas e costumes de um povo passado de geração em geração. A palavra Folclore vem do inglês pela junção das palavras folk (povo) e lore (sabedoria popular) significando sabedoria do povo. É o conjunto de Tradições.
  • 3. Escola Municipal de Ensino Fundamental Centro Comunitário Diretora: Fátima Coordenadora: Nilva Professor: André Moraes Aluno: ____________________________________________ III Atividade Avaliativa de História – 5º ano Leia o texto e responda: 1  É correto afirmar que a Independência do Brasil ocorreu por que o povo brasileiro: a) ( ) queriam conquistar a autonomia política e estavam desgastados com o sistema econômico e pagavam altos impostos. b) ( ) estava satisfeito com a forma que o Brasil era governado pelo Rei de Portugal. c) ( ) gostava de ser dependente de Portugal e aceitava as decisões de D. João VI. 2  D. Pedro I recebeu o título de Imperador em: a) ( ) 7 de setembro de 1822 b) ( ) 12 de outubro de 1822 c) ( ) 22 de abril de 1500 d) ( ) 15 de Novembro de 1888 3  Depois da Proclamação da Independência o que Portugal exigiu do Brasil: a) ( ) Que D. Pedro I pagasse uma indenização de 2 milhões de libras. b) ( ) escreve-se uma carta relatando como ocorreu o processo de independência. c) ( ) deserdou D. Pedro I por desrespeitar o Rei de Portugal Em 7 de setembro de 1822 foi declarada a Independência do Brasil, com o Grito do Ipiranga proclamado por Dom Pedro às margens do riacho Ipiranga. Neste dia, D. Pedro, em resposta aos pedidos do povo, decidiu não obedecer às ordens portuguesas e disse a famosa frase: “Se é para o bem de todos e felicidade geral da Nação, estou pronto. Diga ao povo que fico!”. Causas: - Vontade de grande parte da elite política brasileira em conquistar a autonomia política; - Desgaste do sistema de controle econômico, com restrições e altos impostos, exercido pela Coroa Portuguesa no Brasil; A Proclamação da Independência Ao viajar de Santos para São Paulo, D. Pedro recebeu uma carta da Coroa Portuguesa que exigia seu retorno imediato para Portugal e anulava a Constituinte. Diante desta situação, D. Pedro deu seu famoso grito, as margens do riacho Ipiranga: “Independência ou Morte!” Pós Independência - D. Pedro I recebeu o título de imperador em 12 de outubro de 1822 e foi coroado imperador do Brasil em dezembro do mesmo ano; - Portugal reconheceu a independência, exigindo uma indenização de 2 milhões de libras esterlinas; - Em algumas regiões do Brasil, principalmente no Nordeste, ocorreram revoltas, comandadas por portugueses, contrárias à independência do Brasil. Estas manifestações foram duramente reprimidas pelas tropas imperiais.
  • 4. Primeiro Reinado e Monarquia De acordo com o texto abaixo responda: A Constituição de 1824 A elaboração de uma Constituição para o Brasil significava o primeiro passo para consolidar a independência dos colonos de Portugal. Em 3 de junho de 1822, quando ainda era príncipe regente português no Brasil, D. Pedro I articulou os primeiros textos com uma assembleia, mas não conseguia chegar em nenhum consenso, pois os constituintes pretendiam dissolver a centralização do governo monarquista e dar mais autonomia às pequenas províncias. Sem consultar nenhum partido político ou Assembleia Constituinte, no dia 25 de março D. Pedro I outorgou a Constituição de 1824, a primeira do país. Na nova Constituição só podiam votar para os cargos do Legislativo homens que tivessem mais de 25 anos e tivessem uma renda anual mínima de 100 mil-réis, o que excluía a maior parte da população brasileira. Para ser deputado, era necessário ter uma renda de mais de 400 mil-réis e, para senador, um mínimo anual de 800 mil-réis. A Igreja Católica foi oficializada como a religião do Brasil e seus membros estavam sujeitos às ordens políticas do governo. 5  De acordo com o texto, a Constituição de 1824 foi outorgada em: a) ( ) 3 de junho de 1822 b) ( ) 25 de março de 1824 c) ( ) 7 de setembro de 1822 6  De acordo com a Constituição de 1824, podemos falar que está certa a alternativa referente ao Voto que: a) ( ) todos os brasileiros em 1824 poderiam votar e escolher os seus representantes; b) ( ) apenas as mulheres tinham o poder de decisão e votar; c) ( ) nenhuma pessoa poderia votar, pois as decisões vinham de D. Pedro I; d) ( ) homens que tivessem mais de 25 anos e tivessem uma renda anual mínima de 100 mil-réis poderiam votar. Proclamada a Independência, o Brasil assumiu a forma monárquica de governo. Nesse tipo de governo, o governo governa de forma vitalícia, isto é, até sua morte. Na maioria das monarquias, o poder é transmitido de pai para filho ou para outros familiares. Uma monarquia imperial que teria no príncipe D. Pedro de Alcântara, herdeiro da Casa de Bragança, seu primeiro imperador. O governo de D. Pedro I, entre 1822 e 1831, denominou- se Primeiro Reinado, momento em que se inicia a instalação do Estado Nacional brasileiro, em meio a dificuldades econômico- financeiras e aos primeiros conflitos internos, típicos de uma fase em que se acomodam os múltiplos interesses que marcaram a luta pela independência. A aclamação de D. Pedro I no Campo de Santana, Rio de Janeiro, assinala o nascimento do Império brasileiro. 4  Denomina-se Monarquia um tipo de governo em que a pessoa que governa é : a) ( ) o monarca, governa por ter sido eleito pelo povo de forma direta b) ( ) o monarca, este indicado por alguém que possui muitas propriedades de terra c) ( ) o monarca, pessoa que governa de forma vitalícia e é transmitida de pai para filho.
  • 5. Preencha o Gabarito conforme as respostas de sua atividade. Ano: ____ Questão A B C D 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Preencha o Gabarito conforme as respostas de sua atividade. Ano: ____ Questão A B C D 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Preencha o Gabarito conforme as respostas de sua atividade. Ano: ____ Questão A B C D 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Preencha o Gabarito conforme as respostas de sua atividade. Ano: ____ Questão A B C D 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Preencha o Gabarito conforme as respostas de sua atividade. Ano: ____ Questão A B C D 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Preencha o Gabarito conforme as respostas de sua atividade. Ano: ____ Questão A B C D 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10