SlideShare uma empresa Scribd logo
-Ácido ou base forte – dissociação é total ( )
-Ácido ou base fraca – dissociação parcial ( )
São substâncias cujas soluções aquosas são
boas condutoras da eletricidade.
Eletrólitos
- Ácidos e bases fortes são eletrólitos fortes;
- Ácidos e bases fracas são eletrólitos fracos;
Dissociação – quando os sais se dissolvem em
água (a sua estrutura iónica desfaz-se) os
respetivos iões do composto separam-se.
Dissociação e ionização
Ionização – formam-se iões, que inicialmente
não existiam, a partir de compostos
moleculares.
)()()(
)(2
aqaq
OH
s ClNaNaCl l
)()(4)(2)(3 aqaqls
OHNHOHNH
A força de um ácido ou de uma base, pode ser
expressa através da constante de acidez, Ka, ou da
constante de basicidade, Kb, que diz respeito à
ionização do ácido ou da base, em água.
)(3)()(2)( aqaqlaq OHAOHHA
e
ee
HA
OHA
aK 3
Quanto maior for o Ka, mais forte é o ácido.
)()()(2)( aqaqlaq OHHBOHB
e
ee
B
OHHB
bK
Quanto maior for o Kb, mais forte é a base.
Atenção:
Os componentes no estado líquido não entram
no cálculo.
Ver pág. 140
Como os ácidos e as bases fracas não se dissociam
totalmente, podemos calcular o grau de
dissociação ou grau de ionização (α).
%100
sdissolvida
sdissociada
n
n
α ≈ 100% - ácido ou base forte
α << 100% - ácido ou base fraca
Ver pág. 142
Relação entre o Ka de um ácido e o Kb da sua
base conjugada
)()(4)(2)(3 aqaqlaq
OHNHOHNH
)(3)(3)(2)(4 aqaqlaq
OHNHOHNH
3
4
NH
OHNH
bK4
33
NH
OHNH
aK
3
4
4
33
NH
OHNH
NH
OHNH
ba KK
OHOHKK ba 3
wba KKK
14100,1º25 14
baw pKpKKCA
Ver tabela pág. 143
Reações em que há transferência de mais do
que um protão H+.
Ácidos e bases polipróticos
1)(3)(42)(2)(43 aaqaqlaq
KOHPOHOHPOH
2)(3
2
)(4)(2)(42 aaqaqlaq KOHHPOOHPOH
3)(3
3
)(4)(2
2
)(4 aaqaqlaq KOHPOOHHPO
Ka1 > Ka2 > Ka3
ESPÉCIES REAGENTES EXTENSÃO
DA REAÇÃO
PRODUTOS DA
REAÇÃO
pH
Em solução Adicionada
Ácido forte Base forte
Completa Água 7
Base forte Ácido forte
Ácido fraco Base forte Praticamente
completa
Base fraca + água >7
Base fraca Ácido forte Ácido fraco + água <7
Ácido fraco Base fraca
Incompleta
Não é usada em
volumetriasBase fraca Ácido fraco
Uma volumetria ou uma análise volumétrica é
uma titulação.
Titular uma espécie significa determinar a sua
concentração fazendo-a reagir totalmente com
outra espécie de concentração conhecida.
Ver como fazer um titulação pág. 150
Simulação
Analisar pág. 150 - 153

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Hidrocarbonetos
HidrocarbonetosHidrocarbonetos
Hidrocarbonetos
erminiaalmeida
 
Diagrama de fases
Diagrama de fasesDiagrama de fases
Diagrama de fases
elizethalves
 
Estudo da Família dos alcenos
Estudo da Família dos alcenosEstudo da Família dos alcenos
Estudo da Família dos alcenos
Manuel Vicente
 
265
265265
1. lista 1 de exercícios 07 11-11
1. lista 1 de exercícios 07 11-111. lista 1 de exercícios 07 11-11
1. lista 1 de exercícios 07 11-11
Marcos Júnior
 
Aulas 17 a 19 ácidos carboxílicos e ésteres - 3º ano - slides
Aulas 17 a 19   ácidos carboxílicos e ésteres - 3º ano - slidesAulas 17 a 19   ácidos carboxílicos e ésteres - 3º ano - slides
Aulas 17 a 19 ácidos carboxílicos e ésteres - 3º ano - slides
Alpha Colégio e Vestibulares
 
Hidrocarboneto
HidrocarbonetoHidrocarboneto
Hidrocarboneto
kaliandra Lisboa
 
3colrevrcquimica vivavol211
3colrevrcquimica vivavol2113colrevrcquimica vivavol211
3colrevrcquimica vivavol211
Robson Salviano
 
Hibridização - Orbitais
Hibridização - OrbitaisHibridização - Orbitais
Hibridização - Orbitais
Isabella Silva
 
Acidez e basicidade na química orgânica
Acidez e basicidade na química orgânicaAcidez e basicidade na química orgânica
Acidez e basicidade na química orgânica
Profª Alda Ernestina
 
Resumo hidrocarbonetos - alcenos, ciclenos e alcinos, propriedades e nomenc...
Resumo   hidrocarbonetos - alcenos, ciclenos e alcinos, propriedades e nomenc...Resumo   hidrocarbonetos - alcenos, ciclenos e alcinos, propriedades e nomenc...
Resumo hidrocarbonetos - alcenos, ciclenos e alcinos, propriedades e nomenc...
Profª Alda Ernestina
 
13 diagrama ferro carbono
13 diagrama ferro carbono13 diagrama ferro carbono
13 diagrama ferro carbono
fdsm
 
3º ano caráter acidobásico de substâncias orgânicas e reações de substituição
3º ano   caráter acidobásico de substâncias orgânicas e reações de substituição3º ano   caráter acidobásico de substâncias orgânicas e reações de substituição
3º ano caráter acidobásico de substâncias orgânicas e reações de substituição
Analynne Almeida
 
Isomeria Plana
Isomeria PlanaIsomeria Plana
Isomeria Plana
Paulo Filho
 
Lista 1 2 e 3 gabarito
Lista 1 2 e 3 gabaritoLista 1 2 e 3 gabarito
Lista 1 2 e 3 gabarito
Anyzete Galdino
 
Ligaçãoes químicas
Ligaçãoes químicasLigaçãoes químicas
Ligaçãoes químicas
Cursos Profissionalizantes
 
A.Ppoint.QuíM.Org.Aula2
A.Ppoint.QuíM.Org.Aula2A.Ppoint.QuíM.Org.Aula2
A.Ppoint.QuíM.Org.Aula2
Albano Novaes
 
Isomeria plana
Isomeria planaIsomeria plana
Isomeria plana
JulianaGimenes
 
Apresentacao ciencia dos materiais
Apresentacao ciencia dos materiais Apresentacao ciencia dos materiais
Apresentacao ciencia dos materiais
LukasSeize
 
Lista de exercícios básicos para simulado 1
Lista de exercícios básicos para simulado 1Lista de exercícios básicos para simulado 1
Lista de exercícios básicos para simulado 1
Leonardo Carneiro
 

Mais procurados (20)

Hidrocarbonetos
HidrocarbonetosHidrocarbonetos
Hidrocarbonetos
 
Diagrama de fases
Diagrama de fasesDiagrama de fases
Diagrama de fases
 
Estudo da Família dos alcenos
Estudo da Família dos alcenosEstudo da Família dos alcenos
Estudo da Família dos alcenos
 
265
265265
265
 
1. lista 1 de exercícios 07 11-11
1. lista 1 de exercícios 07 11-111. lista 1 de exercícios 07 11-11
1. lista 1 de exercícios 07 11-11
 
Aulas 17 a 19 ácidos carboxílicos e ésteres - 3º ano - slides
Aulas 17 a 19   ácidos carboxílicos e ésteres - 3º ano - slidesAulas 17 a 19   ácidos carboxílicos e ésteres - 3º ano - slides
Aulas 17 a 19 ácidos carboxílicos e ésteres - 3º ano - slides
 
Hidrocarboneto
HidrocarbonetoHidrocarboneto
Hidrocarboneto
 
3colrevrcquimica vivavol211
3colrevrcquimica vivavol2113colrevrcquimica vivavol211
3colrevrcquimica vivavol211
 
Hibridização - Orbitais
Hibridização - OrbitaisHibridização - Orbitais
Hibridização - Orbitais
 
Acidez e basicidade na química orgânica
Acidez e basicidade na química orgânicaAcidez e basicidade na química orgânica
Acidez e basicidade na química orgânica
 
Resumo hidrocarbonetos - alcenos, ciclenos e alcinos, propriedades e nomenc...
Resumo   hidrocarbonetos - alcenos, ciclenos e alcinos, propriedades e nomenc...Resumo   hidrocarbonetos - alcenos, ciclenos e alcinos, propriedades e nomenc...
Resumo hidrocarbonetos - alcenos, ciclenos e alcinos, propriedades e nomenc...
 
13 diagrama ferro carbono
13 diagrama ferro carbono13 diagrama ferro carbono
13 diagrama ferro carbono
 
3º ano caráter acidobásico de substâncias orgânicas e reações de substituição
3º ano   caráter acidobásico de substâncias orgânicas e reações de substituição3º ano   caráter acidobásico de substâncias orgânicas e reações de substituição
3º ano caráter acidobásico de substâncias orgânicas e reações de substituição
 
Isomeria Plana
Isomeria PlanaIsomeria Plana
Isomeria Plana
 
Lista 1 2 e 3 gabarito
Lista 1 2 e 3 gabaritoLista 1 2 e 3 gabarito
Lista 1 2 e 3 gabarito
 
Ligaçãoes químicas
Ligaçãoes químicasLigaçãoes químicas
Ligaçãoes químicas
 
A.Ppoint.QuíM.Org.Aula2
A.Ppoint.QuíM.Org.Aula2A.Ppoint.QuíM.Org.Aula2
A.Ppoint.QuíM.Org.Aula2
 
Isomeria plana
Isomeria planaIsomeria plana
Isomeria plana
 
Apresentacao ciencia dos materiais
Apresentacao ciencia dos materiais Apresentacao ciencia dos materiais
Apresentacao ciencia dos materiais
 
Lista de exercícios básicos para simulado 1
Lista de exercícios básicos para simulado 1Lista de exercícios básicos para simulado 1
Lista de exercícios básicos para simulado 1
 

Semelhante a 2.1)2.2)2.3) acidos-p h-volumetria

Reações de Aldeídos e Cetonas
Reações de Aldeídos e CetonasReações de Aldeídos e Cetonas
Reações de Aldeídos e Cetonas
José Nunes da Silva Jr.
 
Desmineralização troca iônica 2
Desmineralização troca iônica 2Desmineralização troca iônica 2
Desmineralização troca iônica 2
confidencial
 
Aula 7 Acidos Bases PDF.pdf Aula 7 Acidos Bases PDF.pdf
Aula 7 Acidos Bases PDF.pdf Aula 7 Acidos Bases PDF.pdfAula 7 Acidos Bases PDF.pdf Aula 7 Acidos Bases PDF.pdf
Aula 7 Acidos Bases PDF.pdf Aula 7 Acidos Bases PDF.pdf
fatimaqb
 
Lista execícios 2 cq094 20131
Lista execícios 2 cq094 20131Lista execícios 2 cq094 20131
Lista execícios 2 cq094 20131
Gisele Gomes Luz
 
Acidezebasicidade 121010211634-phpapp01
Acidezebasicidade 121010211634-phpapp01Acidezebasicidade 121010211634-phpapp01
Acidezebasicidade 121010211634-phpapp01
Paulo Silva
 
Equilíbrio Iônico
Equilíbrio IônicoEquilíbrio Iônico
Equilíbrio Iônico
Paulo Filho
 
Eletrólise aquosa
Eletrólise aquosaEletrólise aquosa
Eletrólise aquosa
Edson Karot
 
Alcoois aldeídos - cetonas - acidos carboxilícos
Alcoois   aldeídos - cetonas - acidos carboxilícosAlcoois   aldeídos - cetonas - acidos carboxilícos
Alcoois aldeídos - cetonas - acidos carboxilícos
Matheeus Abreeu
 
RevisãO Para Ufmt 2008
RevisãO Para Ufmt 2008RevisãO Para Ufmt 2008
RevisãO Para Ufmt 2008
Telso M Ferreira Junior
 
RevisãO Para Ufmt 2008
RevisãO Para Ufmt 2008RevisãO Para Ufmt 2008
RevisãO Para Ufmt 2008
Telso M Ferreira Junior
 
aula de acidos carboxilicos 2021.2.ppt
aula de acidos carboxilicos 2021.2.pptaula de acidos carboxilicos 2021.2.ppt
aula de acidos carboxilicos 2021.2.ppt
monicarsilva
 
Aldeidos cetonas 2014_hb
Aldeidos cetonas 2014_hbAldeidos cetonas 2014_hb
Aldeidos cetonas 2014_hb
Naidilene Aguilar
 
Elite resolve ita_2013-quimica
Elite resolve ita_2013-quimicaElite resolve ita_2013-quimica
Elite resolve ita_2013-quimica
Ana Claudia Pires DA Rosa
 
Aula2
Aula2Aula2
aula de Química orgânica LCE 118 1.ppt
aula de  Química orgânica  LCE 118 1.pptaula de  Química orgânica  LCE 118 1.ppt
aula de Química orgânica LCE 118 1.ppt
NataliaStrumielloSol
 
Química orgânica LCE 118 1.ppt
Química orgânica  LCE 118 1.pptQuímica orgânica  LCE 118 1.ppt
Química orgânica LCE 118 1.ppt
Joao Luiz Macedo
 
Eletroquimica aplicada à Simulação do mundo físico-químico
Eletroquimica aplicada à Simulação do mundo físico-químicoEletroquimica aplicada à Simulação do mundo físico-químico
Eletroquimica aplicada à Simulação do mundo físico-químico
ssuserb83eaa
 
q11_3_4.pptx
q11_3_4.pptxq11_3_4.pptx
q11_3_4.pptx
MarianaMoraisAzevedo1
 
Equilibrio de precipitação
Equilibrio de precipitaçãoEquilibrio de precipitação
Equilibrio de precipitação
Adrianne Mendonça
 
Recuperação 1º ano 1º bim
Recuperação 1º ano 1º bimRecuperação 1º ano 1º bim
Recuperação 1º ano 1º bim
blogprofbento
 

Semelhante a 2.1)2.2)2.3) acidos-p h-volumetria (20)

Reações de Aldeídos e Cetonas
Reações de Aldeídos e CetonasReações de Aldeídos e Cetonas
Reações de Aldeídos e Cetonas
 
Desmineralização troca iônica 2
Desmineralização troca iônica 2Desmineralização troca iônica 2
Desmineralização troca iônica 2
 
Aula 7 Acidos Bases PDF.pdf Aula 7 Acidos Bases PDF.pdf
Aula 7 Acidos Bases PDF.pdf Aula 7 Acidos Bases PDF.pdfAula 7 Acidos Bases PDF.pdf Aula 7 Acidos Bases PDF.pdf
Aula 7 Acidos Bases PDF.pdf Aula 7 Acidos Bases PDF.pdf
 
Lista execícios 2 cq094 20131
Lista execícios 2 cq094 20131Lista execícios 2 cq094 20131
Lista execícios 2 cq094 20131
 
Acidezebasicidade 121010211634-phpapp01
Acidezebasicidade 121010211634-phpapp01Acidezebasicidade 121010211634-phpapp01
Acidezebasicidade 121010211634-phpapp01
 
Equilíbrio Iônico
Equilíbrio IônicoEquilíbrio Iônico
Equilíbrio Iônico
 
Eletrólise aquosa
Eletrólise aquosaEletrólise aquosa
Eletrólise aquosa
 
Alcoois aldeídos - cetonas - acidos carboxilícos
Alcoois   aldeídos - cetonas - acidos carboxilícosAlcoois   aldeídos - cetonas - acidos carboxilícos
Alcoois aldeídos - cetonas - acidos carboxilícos
 
RevisãO Para Ufmt 2008
RevisãO Para Ufmt 2008RevisãO Para Ufmt 2008
RevisãO Para Ufmt 2008
 
RevisãO Para Ufmt 2008
RevisãO Para Ufmt 2008RevisãO Para Ufmt 2008
RevisãO Para Ufmt 2008
 
aula de acidos carboxilicos 2021.2.ppt
aula de acidos carboxilicos 2021.2.pptaula de acidos carboxilicos 2021.2.ppt
aula de acidos carboxilicos 2021.2.ppt
 
Aldeidos cetonas 2014_hb
Aldeidos cetonas 2014_hbAldeidos cetonas 2014_hb
Aldeidos cetonas 2014_hb
 
Elite resolve ita_2013-quimica
Elite resolve ita_2013-quimicaElite resolve ita_2013-quimica
Elite resolve ita_2013-quimica
 
Aula2
Aula2Aula2
Aula2
 
aula de Química orgânica LCE 118 1.ppt
aula de  Química orgânica  LCE 118 1.pptaula de  Química orgânica  LCE 118 1.ppt
aula de Química orgânica LCE 118 1.ppt
 
Química orgânica LCE 118 1.ppt
Química orgânica  LCE 118 1.pptQuímica orgânica  LCE 118 1.ppt
Química orgânica LCE 118 1.ppt
 
Eletroquimica aplicada à Simulação do mundo físico-químico
Eletroquimica aplicada à Simulação do mundo físico-químicoEletroquimica aplicada à Simulação do mundo físico-químico
Eletroquimica aplicada à Simulação do mundo físico-químico
 
q11_3_4.pptx
q11_3_4.pptxq11_3_4.pptx
q11_3_4.pptx
 
Equilibrio de precipitação
Equilibrio de precipitaçãoEquilibrio de precipitação
Equilibrio de precipitação
 
Recuperação 1º ano 1º bim
Recuperação 1º ano 1º bimRecuperação 1º ano 1º bim
Recuperação 1º ano 1º bim
 

Mais de Fisica-Quimica

Matriz 28-maio
Matriz 28-maioMatriz 28-maio
Matriz 28-maio
Fisica-Quimica
 
Unidade 2 energia em movimentos
Unidade 2 energia em movimentosUnidade 2 energia em movimentos
Unidade 2 energia em movimentos
Fisica-Quimica
 
6 circuitos-eletricos
6 circuitos-eletricos6 circuitos-eletricos
6 circuitos-eletricos
Fisica-Quimica
 
Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo2
Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo2Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo2
Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo2
Fisica-Quimica
 
Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo
Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismoGuião trabalhos 9º ano eletromagnetismo
Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo
Fisica-Quimica
 
Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo3
Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo3Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo3
Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo3
Fisica-Quimica
 
Convocatória reunião 19 10-2010
Convocatória reunião 19 10-2010Convocatória reunião 19 10-2010
Convocatória reunião 19 10-2010
Fisica-Quimica
 
Reflexão crítica 11º b
Reflexão crítica 11º bReflexão crítica 11º b
Reflexão crítica 11º b
Fisica-Quimica
 
Pag 167 190
Pag 167 190Pag 167 190
Pag 167 190
Fisica-Quimica
 
5 compostos-carbono
5 compostos-carbono5 compostos-carbono
5 compostos-carbono
Fisica-Quimica
 
1 caracteristicas ondas
1 caracteristicas ondas1 caracteristicas ondas
1 caracteristicas ondas
Fisica-Quimica
 
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal5
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal5Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal5
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal5
Fisica-Quimica
 
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal3
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal3Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal3
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal3
Fisica-Quimica
 
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal2
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal2Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal2
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal2
Fisica-Quimica
 
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobalGuião trabalhos 8º ano mudançaglobal
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal
Fisica-Quimica
 
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal4
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal4Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal4
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal4
Fisica-Quimica
 
Painéis fotovoltaicos
Painéis fotovoltaicosPainéis fotovoltaicos
Painéis fotovoltaicos
Fisica-Quimica
 
Matriz 2-maio
Matriz 2-maioMatriz 2-maio
Matriz 2-maio
Fisica-Quimica
 
4 interacoes-moleculares
4 interacoes-moleculares4 interacoes-moleculares
4 interacoes-moleculares
Fisica-Quimica
 
3 geometria-moleculas
3 geometria-moleculas3 geometria-moleculas
3 geometria-moleculas
Fisica-Quimica
 

Mais de Fisica-Quimica (20)

Matriz 28-maio
Matriz 28-maioMatriz 28-maio
Matriz 28-maio
 
Unidade 2 energia em movimentos
Unidade 2 energia em movimentosUnidade 2 energia em movimentos
Unidade 2 energia em movimentos
 
6 circuitos-eletricos
6 circuitos-eletricos6 circuitos-eletricos
6 circuitos-eletricos
 
Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo2
Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo2Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo2
Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo2
 
Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo
Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismoGuião trabalhos 9º ano eletromagnetismo
Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo
 
Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo3
Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo3Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo3
Guião trabalhos 9º ano eletromagnetismo3
 
Convocatória reunião 19 10-2010
Convocatória reunião 19 10-2010Convocatória reunião 19 10-2010
Convocatória reunião 19 10-2010
 
Reflexão crítica 11º b
Reflexão crítica 11º bReflexão crítica 11º b
Reflexão crítica 11º b
 
Pag 167 190
Pag 167 190Pag 167 190
Pag 167 190
 
5 compostos-carbono
5 compostos-carbono5 compostos-carbono
5 compostos-carbono
 
1 caracteristicas ondas
1 caracteristicas ondas1 caracteristicas ondas
1 caracteristicas ondas
 
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal5
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal5Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal5
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal5
 
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal3
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal3Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal3
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal3
 
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal2
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal2Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal2
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal2
 
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobalGuião trabalhos 8º ano mudançaglobal
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal
 
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal4
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal4Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal4
Guião trabalhos 8º ano mudançaglobal4
 
Painéis fotovoltaicos
Painéis fotovoltaicosPainéis fotovoltaicos
Painéis fotovoltaicos
 
Matriz 2-maio
Matriz 2-maioMatriz 2-maio
Matriz 2-maio
 
4 interacoes-moleculares
4 interacoes-moleculares4 interacoes-moleculares
4 interacoes-moleculares
 
3 geometria-moleculas
3 geometria-moleculas3 geometria-moleculas
3 geometria-moleculas
 

2.1)2.2)2.3) acidos-p h-volumetria

  • 1. -Ácido ou base forte – dissociação é total ( ) -Ácido ou base fraca – dissociação parcial ( )
  • 2. São substâncias cujas soluções aquosas são boas condutoras da eletricidade. Eletrólitos - Ácidos e bases fortes são eletrólitos fortes; - Ácidos e bases fracas são eletrólitos fracos;
  • 3. Dissociação – quando os sais se dissolvem em água (a sua estrutura iónica desfaz-se) os respetivos iões do composto separam-se. Dissociação e ionização Ionização – formam-se iões, que inicialmente não existiam, a partir de compostos moleculares. )()()( )(2 aqaq OH s ClNaNaCl l )()(4)(2)(3 aqaqls OHNHOHNH
  • 4.
  • 5. A força de um ácido ou de uma base, pode ser expressa através da constante de acidez, Ka, ou da constante de basicidade, Kb, que diz respeito à ionização do ácido ou da base, em água. )(3)()(2)( aqaqlaq OHAOHHA e ee HA OHA aK 3 Quanto maior for o Ka, mais forte é o ácido.
  • 6. )()()(2)( aqaqlaq OHHBOHB e ee B OHHB bK Quanto maior for o Kb, mais forte é a base. Atenção: Os componentes no estado líquido não entram no cálculo. Ver pág. 140
  • 7. Como os ácidos e as bases fracas não se dissociam totalmente, podemos calcular o grau de dissociação ou grau de ionização (α). %100 sdissolvida sdissociada n n α ≈ 100% - ácido ou base forte α << 100% - ácido ou base fraca Ver pág. 142
  • 8. Relação entre o Ka de um ácido e o Kb da sua base conjugada )()(4)(2)(3 aqaqlaq OHNHOHNH )(3)(3)(2)(4 aqaqlaq OHNHOHNH 3 4 NH OHNH bK4 33 NH OHNH aK
  • 9. 3 4 4 33 NH OHNH NH OHNH ba KK OHOHKK ba 3 wba KKK 14100,1º25 14 baw pKpKKCA Ver tabela pág. 143
  • 10. Reações em que há transferência de mais do que um protão H+. Ácidos e bases polipróticos 1)(3)(42)(2)(43 aaqaqlaq KOHPOHOHPOH 2)(3 2 )(4)(2)(42 aaqaqlaq KOHHPOOHPOH 3)(3 3 )(4)(2 2 )(4 aaqaqlaq KOHPOOHHPO Ka1 > Ka2 > Ka3
  • 11. ESPÉCIES REAGENTES EXTENSÃO DA REAÇÃO PRODUTOS DA REAÇÃO pH Em solução Adicionada Ácido forte Base forte Completa Água 7 Base forte Ácido forte Ácido fraco Base forte Praticamente completa Base fraca + água >7 Base fraca Ácido forte Ácido fraco + água <7 Ácido fraco Base fraca Incompleta Não é usada em volumetriasBase fraca Ácido fraco
  • 12. Uma volumetria ou uma análise volumétrica é uma titulação. Titular uma espécie significa determinar a sua concentração fazendo-a reagir totalmente com outra espécie de concentração conhecida. Ver como fazer um titulação pág. 150 Simulação Analisar pág. 150 - 153