Egito e Mesopotâmia - Antiguidade Oriental

23.191 visualizações

Publicada em

Aula sobre Egito e Mesopotâmia (Antiguidade Oriental) do 3º Ano do Colégio Militar de Brasília. Caso deseje utilizar, cite a fonte.

Publicada em: Educação
0 comentários
10 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
23.191
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
852
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
687
Comentários
0
Gostaram
10
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Egito e Mesopotâmia - Antiguidade Oriental

  1. 1. EGITO &MESOPOTÂMIAANTIGUIDADE ORIENTAL 1
  2. 2. POR QUE ESTA REGIÃO É DENOMINADA CRESCENTE FÉRTIL? 2
  3. 3. O EGITO É UMA DÁDIVA DO NILO.• É o mais longo oásis do mundo.• Suas cheias regulares eram aproveitadas pelos egípcios.• O rio tinha status de divindade benigna.• Modo de Produção Asiática. 3
  4. 4. NOMOS: EGITO ANTES DA UNIFICAÇÃO• Dividido em dois reinos: Baixo Egito (Delta) e Alto Egito (região mais desértica).• As condições geográficas favorecem a formação de grandes estados → Império precede a cidade.• Menés foi o lendário unificador do Egito. 4
  5. 5. PERIODIZAÇÃO POLÍTICA1. Antigo Império (3200-2300 a.C.) → período da construção das grandes pirâmides, relativo isolamento geográfico.  Primeiro Período Intermediário → Fragmentação política.1. Médio Império (2000-1750 a.C.) → reunificação pelos príncipes de Tebas, grandes obras de irrigação, invasão dos hicsos e outros povos asiáticos.  Segundo Período Intermediário → Governo dos hicsos.1. Novo Império (1580-1070 a.C.) → expansionismo militar, experiência monoteísta de Akenaton, invasões, grande poder dos sacerdotes de Amon. 5
  6. 6. IMPORTÂNCIA DA RELIGIÃO• Politeísta e antropozoomórfica.• Teocracia → faraós eram deuses vivos.• A partir do Médio Império os sacerdotes de Amon-Rá tem cada vez mais poder.• Imposição do monoteísmo de Aton por Amenófilis IV (Akenaton) é um fracasso.• Crença na vida pós-morte → todos deveriam comparecer diante do tribunal de Ossíris. 6
  7. 7. IMPORTÂNCIA DA RELIGIÃOLivro Dos Mortos – Guia Prático para o outro mundo 7
  8. 8. PERIODIZAÇÃO POLÍTICA  Terceiro Período Intermediário → Fragmentação política, invasão assíria.4. Renascimento Saíta ou Baixa Época (672-332 a.C.) → faraós negros, guerra civil, reino dividido, vassalagem em relação aos assírios, influência cultural babilônica e grega, conquista persa.5. Invasão Macedônica e Período Ptolomaico (332- 30 a.C.)6. Conquista Romana. 8
  9. 9. SOCIEDADE NO EGITO ANTIGO• As terras pertenciam ao Estado.• Os camponeses (felás) eram obrigados à servidão coletiva nas obras públicas.• No Novo Império os militares gozaram de ascensão social.• A escravidão dependia da guerra. 9
  10. 10. ESCRITA EGÍPCIA• Pedra de Roseta e seu tradutor, Champollion.• Os egípcios tinham três escritas: hieroglífica, hierática e 10 demótica.
  11. 11. CIVILIZAÇÕES MESOPOTÂMICAS• Dependência dos rios Tigre e Eufrates.• Enchentes violentas e clima inconstante.• Religião politeísta → deuses temperamentais, religião fatalista.• Teocracia → governantes eram representantes dos deuses na terra.• Cidades-estados independentes → Grandes Impérios.• Economia baseada na agricultura → grande desenvolvimento do comércio.• Servidão coletiva.• Uso da escrita cuneiforme criada pelos sumérios. 11
  12. 12. CIVILIZAÇÕES MESOPOTÂMICAS Mesopotâmia: “Entre Rios” em grego. 12
  13. 13. CIVILIZAÇÕES MESOPOTÂMICASOs Sumérios construíram os primeiros zigurates. 13
  14. 14. CIVILIZAÇÕES MESOPOTÂMICAS1. Sumérios e Acádios (antes de 2000 a.C.) → inventaram a cidade, a escrita, a carta de crédito, o primeiro herói literário (Gilgamesh) → Sargão I (acadiano) criou o primeiro império.2. 1º Império Babilônico (1800-1600 a.C.) → amoritas (semitas), principal governante: Hamurábi.3. Império Assírio (1300-612 a.C.) → semitas do norte, duas capitais: Nínive e Assur, primeira biblioteca, primeiros a utilizar a cavalaria como arma de guerra → ficaram conhecidos pela crueldade para com os povos vencidos. 14
  15. 15. CÓDIGO DE HAMURÁBI• Fragmento do Código de Hamurábi:“Se um homem bater em seu pai, terá as mãos cortadas. Se um homem furar o olho de um homem livre, ser-lhe-á furado o olho. Se um médico tratar a ferida grave de um homem, com punção de bronze, e ele morrer, terá as mãos decepadas. Se um arquiteto construir para um outro uma casa e não a fizer bastante sólida, se a casa cair, matando o dono, esse arquiteto é passível de morte. Se for o filho do dono da casa quem morrer, o filho do arquiteto também será morto.” 15
  16. 16. CIVILIZAÇÕES MESOPOTÂMICASMuralhas de Nínive antiga capital Assíria 16
  17. 17. CIVILIZAÇÕES MESOPOTÂMICAS O Rei Assírio - Assurbanipal 17
  18. 18. CIVILIZAÇÕES MESOPOTÂMICAS4. 2º Império Babilônico (612-539 a.C.) → Babilônia é de novo a capital; conquistou a Síria, o Líbano e a Palestina; principal rei foi Nabucodonosor que teria construído os jardins suspensos, uma das maravilhas do mundo antigo; expandiu o Mapa do Império Babilônico. sistema de irrigação e o comércio. 18
  19. 19. CIVILIZAÇÕES MESOPOTÂMICAS Reconstituição dosJardins Suspensos da Babilônia Ruínas das Muralhas da Babilônia 19

×