Introdução ao Estudo da História

1.747 visualizações

Publicada em

Introdução ao Estudo da História

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.747
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
111
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
152
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Introdução ao Estudo da História

  1. 1. INTRODUÇÃO À HISTÓRIA O que é História? Para que serve a História?
  2. 2. O que é História? É uma ciência que estuda as ações dos seres humanos e da natureza, no tempo e no espaço. Esse estudo envolve as realizações humanas, as transformações naturais, as transformações sociais, assim como as permanências (aquilo que pouco mudou ao longo do tempo).
  3. 3. Para que serve a História? A História contribui para a compreensão das sociedades: suas transformações, mudanças, simultaneidades e permanências, as relações entre os seres humanos que as constituem, as semelhanças e as diferenças que existem entre elas.
  4. 4. Para que serve a História? A História nos auxilia a conhecer o passado e, assim, compreender melhor o presente. Desse modo, nos tornamos mais capazes de agir para transformar a sociedade.
  5. 5. O QUE É SOCIEDADE? Sociedade é o conjunto de pessoas que convivem em um espaço, compartilhando as mesmas regras, costumes, língua, etc. A sociedade é composta por grupos sociais, como a família, a escola, o trabalho. Por meio dos grupos sociais, as pessoas se integram a sociedade, estabelecendo relações entre si.
  6. 6. EXEMPLOS DE GRUPOS SOCIAIS Grupo de skatistas
  7. 7. EXEMPLOS DE GRUPOS SOCIAIS A família
  8. 8. EXEMPLOS DE GRUPOS SOCIAIS Grupo de jovens da Igreja
  9. 9. EXEMPLOS DE GRUPOS SOCIAIS Grupo de fãs de Animes
  10. 10. AS DIFERENTES INTERPRETAÇÕES Cada pessoa pode interpretar os acontecimentos do dia a dia de uma maneira diferente. E isso é bom. Já imaginou se todos pensássemos da mesma forma?
  11. 11. AS DIFERENTES INTERPRETAÇÕES
  12. 12. AS DIFERENTES INTERPRETAÇÕES Os historiadores, quando estudam determinada sociedade, também podem interpretá-la de maneira diferente. Dependendo do método de pesquisa e das fontes que tem, o historiador pode dar destaque, por exemplo, aos aspectos políticos, econômicos ou culturais. Esse destaque é que possibilita ao historiador construir sua própria interpretação histórica.
  13. 13. FONTES HISTÓRICAS Fonte histórica é tudo aquilo que traz informações sobre o passado, e que serve para a construção do conhecimento histórico.
  14. 14. FONTES HISTÓRICAS Existem vários tipos de fontes históricas: Documentos Escritos – Certidões, cartas, testamentos, livros, jornais, revistas, entre outros. Relatos Orais – Entrevistas, lendas, etc. Fontes materiais – Pedras, cerâmicas, objetos, entre outros. Fontes audiovisuais e sonoras – Cinema, televisão, dvd’s, cd’s, etc. Fontes visuais – Imagens, pinturas, fotografias, anúncios de publicidade, entre outros.
  15. 15. TIPOS DE FONTES HISTÓRICAS. • ORAL: transmitida de geração a geração através de costumes, contos e lendas.
  16. 16. FONTES ESCRITAS É a mais utilizada pelos historiadores, pois facilita compreensão do pensamento da época, a organização das sociedades, hábitos, etc. Existem diversos tipos de fontes escritas.
  17. 17. FONTES ESCRITAS Na antiguidade algumas civilizações desenvolveram suas escritas. A escrita cuneiforme, em placas de argila, inventada pelos sumérios na antiga mesopotâmia, há aproximadamente 6000. Foi o primeiro tipo de documento escrito.
  18. 18. FONTES ESCRITAS Os antigos egípcios também desenvolveram a escrita hieroglífica. Importante para entendermos o passado da primeira civilização desenvolvida na África, há mais de 6.000 anos. Inventaram o precursor do papel, chamado papiro.
  19. 19.  Jornais  Livros FONTES ESCRITAS
  20. 20. FONTES VISUAIS  Mapas  Anúncios de publicidade  Quadros
  21. 21. FONTES VISUAIS  Fotografias
  22. 22. FONTES SONORAS
  23. 23. FONTES ARQUITETÔNICAS
  24. 24. Muitas vezes um mesmo fato histórico, uma mesma fonte histórica, tem interpretações diferentes de acordo com o ponto de vista de cada pesquisador. A crítica às fontes históricas se dá a partir da lógica e da interpretação do historiador. A CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO HISTÓRICO
  25. 25. Por muito tempo, foram considerados sujeitos históricos somente pessoas ditas “importantes”, como reis, generais e políticos. Acreditava-se que somente esses personagens de destaque determinavam os rumos da história. Nas últimas décadas, porém, os historiadores mudaram essa ideia e passaram a considerar sujeito histórico toda pessoa que, individualmente ou em grupo, participa do processo histórico. OS SUJEITOS HISTÓRICOS
  26. 26. A linha do tempo é um instrumento importante que permite a localização dos fatos históricos no tempo. O eixo cronológico indica o sentido linear da passagem do tempo. É a linha propriamente dita. A descrição dos períodos representados acontece por meio de pequenos textos. LINHA DO TEMPO
  27. 27. LINHA DO TEMPO

×