SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 19
Baixar para ler offline
Lactário
Questão
Quanto à estrutura física de um lactário, é correto afirmar:
A) A sala de limpeza deve ser mantida em temperatura entre 25°C e
30°C e a umidade relativa de 15% a 20%.
B) A iluminação recomendada para as salas de limpeza é de 200W e
para antessala é de 100W.
C) Na antessala não podem ser armazenados os gênereos
alimentícios.
D) Não há necessidade de sistema de ventilação na sala de limpeza.
E) Sua localização deve ser o máximo possível das áreas de circulação
de pacientes e visitants para uma maior acesso.
E AÍ?
QUAL A RESPOSTA???
Lactário e Banco de
Leite exigem estudo
diferenciado!
O que é?
Em hospitais que recebem pacientes de obtetrícia e de
pediatria e que preparam suas próprias mamadeiras é
criado o lactário, área do serviço de alimentação
destinada ao preparo e distribuição de formas lácteas e
complementares para os lactentes.
Objetivo principal
Fornecer alimentação apropriada e segura do ponto de
vista microbiológico e nutricional, garantindo a
promoção à saúde e/ou recuperação dos recém-
nascidos, lactentes e crianças.
Planejamento do lactário
Deve-se considerar:
Grupo a ser atendido
Fluxo de processos produtivos
Previsão de equipamentos
Análse de layout
Localização
Recursos materaise humanos
Sistemas de distribuição
Diferença entre o
planejamento de UAN
Será eficaz quando considerando que os seguintes
fatores sejam atendidos:
Planejamento do lactário
Preparo
Envase de
mamadeiras
Esterilização /
resfriamento
Armazenamento
Distribuição
Retorno
higienização /
Esterilização
Armazenamento de
insumos
Alguns aspectos são relevantes:
-Varia de acordo com o tipo e tamanho do hospital;
- Deve ser o mais afastado possível das áreas de
circulação do pessoal, pacientes e visitantes;
- Deve ser o mais afastado possível das áreas de casos
infectocontagiosos;
- Ter máxima proteção contra contaminação do ar;
- Ser próximo do berçário;
- Ser o mais próximo possível do serviço de alimentação.
Localização
Modelo do fluxo do lactário:
O lactário deve ser constituído minimamente por três
setores:
- Sala de limpeza (espaço para recepção de mamadeiras
e bicos sujos)
- Sala de preparo (com adequado planejamento e
distribuição de equipamentos para facilitar o fluxo de
material e a realização das tarefas diárias)
- Antessala (local onde os funcionários podem vestir
seus uniformes, higienizar e realizar as atividades
administrativas do lactário).
Elementos físicos
Recomenda-se:
-Impermeável
- Sem frestas
- Antiderrapante e de fácil limpeza
- Cantos abaulados
Pisos
NÃO é recomendada a existência de RALOS na sala de
preparo das mamadeiras, apenas na antessala, desde
que possua sistema de fechamento e permaneça
fechado.
Pisos
Lembre-se: você ainda não tem a resposta
para a questão do início!
Lactario parte 1

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

ALOJAMENTO CONJUNTO.pptx
ALOJAMENTO CONJUNTO.pptxALOJAMENTO CONJUNTO.pptx
ALOJAMENTO CONJUNTO.pptxssuser51d27c1
 
Classificação de RN
Classificação de RNClassificação de RN
Classificação de RNArnaldo Neto
 
Roteiro de Consulta de Puericultura
Roteiro de Consulta de PuericulturaRoteiro de Consulta de Puericultura
Roteiro de Consulta de Puericulturablogped1
 
Cuidados a criança durante hospitalização
Cuidados a criança durante hospitalizaçãoCuidados a criança durante hospitalização
Cuidados a criança durante hospitalizaçãoHIAGO SANTOS
 
Aula rede de-frio atualizacao-em-imunizacao. (1)
Aula rede de-frio atualizacao-em-imunizacao. (1)Aula rede de-frio atualizacao-em-imunizacao. (1)
Aula rede de-frio atualizacao-em-imunizacao. (1)Carina Araki de Freitas
 
GASTRECTOMIA - Enfermagem Cirúrgica - Estudo de Caso
GASTRECTOMIA - Enfermagem Cirúrgica - Estudo de CasoGASTRECTOMIA - Enfermagem Cirúrgica - Estudo de Caso
GASTRECTOMIA - Enfermagem Cirúrgica - Estudo de CasoEnfº Ícaro Araújo
 
Ética Profissional de enfermagem
Ética Profissional de enfermagemÉtica Profissional de enfermagem
Ética Profissional de enfermagemfnanda
 
LAPAROTOMIA - Enfermagem Cirúrgica - Estudo de Caso
LAPAROTOMIA - Enfermagem Cirúrgica - Estudo de CasoLAPAROTOMIA - Enfermagem Cirúrgica - Estudo de Caso
LAPAROTOMIA - Enfermagem Cirúrgica - Estudo de CasoEnfº Ícaro Araújo
 
AULA 1 - Neonatologia aplicada a Enfermagem
AULA 1 - Neonatologia aplicada a EnfermagemAULA 1 - Neonatologia aplicada a Enfermagem
AULA 1 - Neonatologia aplicada a EnfermagemBeatriz Cordeiro
 
gerenciamento de enfermagem
gerenciamento de enfermagemgerenciamento de enfermagem
gerenciamento de enfermagemjosi uchoa
 
Exame do Recém-Nascido
Exame do Recém-NascidoExame do Recém-Nascido
Exame do Recém-NascidoEnayad
 
Saúde da criança e do adolescente.pptx
Saúde da criança e do adolescente.pptxSaúde da criança e do adolescente.pptx
Saúde da criança e do adolescente.pptxWellingtonTeixeira24
 
Manual técnico de normas e rotinas para enfermagem na Atenção Básica
Manual técnico de normas e rotinas para enfermagem na Atenção BásicaManual técnico de normas e rotinas para enfermagem na Atenção Básica
Manual técnico de normas e rotinas para enfermagem na Atenção BásicaCentro Universitário Ages
 
Nutrição aplicada à enfermagem (1)
Nutrição aplicada à enfermagem (1)Nutrição aplicada à enfermagem (1)
Nutrição aplicada à enfermagem (1)deboradamata
 
SINAN e ADRT
SINAN e ADRTSINAN e ADRT
SINAN e ADRTnutecs
 
Terminologia hospitalar
Terminologia hospitalarTerminologia hospitalar
Terminologia hospitalarjaddy xavier
 
Exame Físico em Pediatria
Exame Físico em PediatriaExame Físico em Pediatria
Exame Físico em PediatriaLaped Ufrn
 

Mais procurados (20)

ALOJAMENTO CONJUNTO.pptx
ALOJAMENTO CONJUNTO.pptxALOJAMENTO CONJUNTO.pptx
ALOJAMENTO CONJUNTO.pptx
 
Classificação de RN
Classificação de RNClassificação de RN
Classificação de RN
 
Roteiro de Consulta de Puericultura
Roteiro de Consulta de PuericulturaRoteiro de Consulta de Puericultura
Roteiro de Consulta de Puericultura
 
Aula Acreditação
Aula AcreditaçãoAula Acreditação
Aula Acreditação
 
Medicação em pediatria
Medicação em pediatriaMedicação em pediatria
Medicação em pediatria
 
Cuidados a criança durante hospitalização
Cuidados a criança durante hospitalizaçãoCuidados a criança durante hospitalização
Cuidados a criança durante hospitalização
 
Aula rede de-frio atualizacao-em-imunizacao. (1)
Aula rede de-frio atualizacao-em-imunizacao. (1)Aula rede de-frio atualizacao-em-imunizacao. (1)
Aula rede de-frio atualizacao-em-imunizacao. (1)
 
GASTRECTOMIA - Enfermagem Cirúrgica - Estudo de Caso
GASTRECTOMIA - Enfermagem Cirúrgica - Estudo de CasoGASTRECTOMIA - Enfermagem Cirúrgica - Estudo de Caso
GASTRECTOMIA - Enfermagem Cirúrgica - Estudo de Caso
 
Ética Profissional de enfermagem
Ética Profissional de enfermagemÉtica Profissional de enfermagem
Ética Profissional de enfermagem
 
LAPAROTOMIA - Enfermagem Cirúrgica - Estudo de Caso
LAPAROTOMIA - Enfermagem Cirúrgica - Estudo de CasoLAPAROTOMIA - Enfermagem Cirúrgica - Estudo de Caso
LAPAROTOMIA - Enfermagem Cirúrgica - Estudo de Caso
 
AULA 1 - Neonatologia aplicada a Enfermagem
AULA 1 - Neonatologia aplicada a EnfermagemAULA 1 - Neonatologia aplicada a Enfermagem
AULA 1 - Neonatologia aplicada a Enfermagem
 
gerenciamento de enfermagem
gerenciamento de enfermagemgerenciamento de enfermagem
gerenciamento de enfermagem
 
Exame do Recém-Nascido
Exame do Recém-NascidoExame do Recém-Nascido
Exame do Recém-Nascido
 
Saúde da criança e do adolescente.pptx
Saúde da criança e do adolescente.pptxSaúde da criança e do adolescente.pptx
Saúde da criança e do adolescente.pptx
 
Manual técnico de normas e rotinas para enfermagem na Atenção Básica
Manual técnico de normas e rotinas para enfermagem na Atenção BásicaManual técnico de normas e rotinas para enfermagem na Atenção Básica
Manual técnico de normas e rotinas para enfermagem na Atenção Básica
 
ORGANIZAÇÃO HOSPITALAR
ORGANIZAÇÃO HOSPITALARORGANIZAÇÃO HOSPITALAR
ORGANIZAÇÃO HOSPITALAR
 
Nutrição aplicada à enfermagem (1)
Nutrição aplicada à enfermagem (1)Nutrição aplicada à enfermagem (1)
Nutrição aplicada à enfermagem (1)
 
SINAN e ADRT
SINAN e ADRTSINAN e ADRT
SINAN e ADRT
 
Terminologia hospitalar
Terminologia hospitalarTerminologia hospitalar
Terminologia hospitalar
 
Exame Físico em Pediatria
Exame Físico em PediatriaExame Físico em Pediatria
Exame Físico em Pediatria
 

Semelhante a Lactario parte 1

Banco de alimentos roteiro de implantacao
Banco de alimentos   roteiro de implantacaoBanco de alimentos   roteiro de implantacao
Banco de alimentos roteiro de implantacaoLidiane Martins
 
33422 srh-2015-uerj-tecnico-em-nutricao-e-dietetica-prova
33422 srh-2015-uerj-tecnico-em-nutricao-e-dietetica-prova33422 srh-2015-uerj-tecnico-em-nutricao-e-dietetica-prova
33422 srh-2015-uerj-tecnico-em-nutricao-e-dietetica-provaAna Oliveira
 
Problemas de umidade no hospital? Siga a norma da ABNT!
Problemas de umidade no hospital? Siga a norma da ABNT!Problemas de umidade no hospital? Siga a norma da ABNT!
Problemas de umidade no hospital? Siga a norma da ABNT!Sven von Borries
 
PLANEJAMENTO DA _REA DE UMA U.T.I.pptx
PLANEJAMENTO DA _REA DE UMA U.T.I.pptxPLANEJAMENTO DA _REA DE UMA U.T.I.pptx
PLANEJAMENTO DA _REA DE UMA U.T.I.pptxProfEnfoLeonidasMour
 
Apresentação Métron - Implantação de Canteiros.ppt
Apresentação Métron - Implantação de Canteiros.pptApresentação Métron - Implantação de Canteiros.ppt
Apresentação Métron - Implantação de Canteiros.pptRosinaldoSena
 
aula RDC 216.pptx
aula RDC 216.pptxaula RDC 216.pptx
aula RDC 216.pptxhelidaleao
 
esterilização, desinfecção e limpeza.pdf
esterilização, desinfecção e limpeza.pdfesterilização, desinfecção e limpeza.pdf
esterilização, desinfecção e limpeza.pdfssuserce79331
 
CENTRAL DE MATERIAL ESTERILIZADO - CME AULA 01.pptx
CENTRAL DE MATERIAL ESTERILIZADO - CME AULA 01.pptxCENTRAL DE MATERIAL ESTERILIZADO - CME AULA 01.pptx
CENTRAL DE MATERIAL ESTERILIZADO - CME AULA 01.pptxAdrianoCosta696471
 
apostila embrapa bpf armazenamento.pdf
apostila embrapa bpf armazenamento.pdfapostila embrapa bpf armazenamento.pdf
apostila embrapa bpf armazenamento.pdfGiselePauloSora
 
Qualidade dos produtos e armazenagem_compressed.pdf
Qualidade dos produtos e armazenagem_compressed.pdfQualidade dos produtos e armazenagem_compressed.pdf
Qualidade dos produtos e armazenagem_compressed.pdfRogrioSantiago7
 
Apresentação.açougue
Apresentação.açougueApresentação.açougue
Apresentação.açougueKatia Cristina
 
Apresentação.açougue
Apresentação.açougueApresentação.açougue
Apresentação.açougueKatia Cristina
 
Boas praticas para manipulação de alimentos
Boas praticas para manipulação de alimentosBoas praticas para manipulação de alimentos
Boas praticas para manipulação de alimentosLuaraGarcia3
 
Implementação do Sistema HACCP numa Queijaria
Implementação do Sistema HACCP numa QueijariaImplementação do Sistema HACCP numa Queijaria
Implementação do Sistema HACCP numa QueijariaLara Amorim
 
Higiene e segurança alimentar vol-2.pdf
Higiene e segurança alimentar vol-2.pdfHigiene e segurança alimentar vol-2.pdf
Higiene e segurança alimentar vol-2.pdfFrancisco Veiga
 

Semelhante a Lactario parte 1 (20)

Banco de alimentos roteiro de implantacao
Banco de alimentos   roteiro de implantacaoBanco de alimentos   roteiro de implantacao
Banco de alimentos roteiro de implantacao
 
33422 srh-2015-uerj-tecnico-em-nutricao-e-dietetica-prova
33422 srh-2015-uerj-tecnico-em-nutricao-e-dietetica-prova33422 srh-2015-uerj-tecnico-em-nutricao-e-dietetica-prova
33422 srh-2015-uerj-tecnico-em-nutricao-e-dietetica-prova
 
Problemas de umidade no hospital? Siga a norma da ABNT!
Problemas de umidade no hospital? Siga a norma da ABNT!Problemas de umidade no hospital? Siga a norma da ABNT!
Problemas de umidade no hospital? Siga a norma da ABNT!
 
PLANEJAMENTO DA _REA DE UMA U.T.I.pptx
PLANEJAMENTO DA _REA DE UMA U.T.I.pptxPLANEJAMENTO DA _REA DE UMA U.T.I.pptx
PLANEJAMENTO DA _REA DE UMA U.T.I.pptx
 
Biossegurança 02 CME.pptx
Biossegurança 02 CME.pptxBiossegurança 02 CME.pptx
Biossegurança 02 CME.pptx
 
Apresentação Métron - Implantação de Canteiros.ppt
Apresentação Métron - Implantação de Canteiros.pptApresentação Métron - Implantação de Canteiros.ppt
Apresentação Métron - Implantação de Canteiros.ppt
 
aula RDC 216.pptx
aula RDC 216.pptxaula RDC 216.pptx
aula RDC 216.pptx
 
Açougue.pptx
Açougue.pptxAçougue.pptx
Açougue.pptx
 
Anexo 6 pgrss
Anexo 6 pgrssAnexo 6 pgrss
Anexo 6 pgrss
 
Ambientes de atenção ao parto
Ambientes de atenção ao partoAmbientes de atenção ao parto
Ambientes de atenção ao parto
 
esterilização, desinfecção e limpeza.pdf
esterilização, desinfecção e limpeza.pdfesterilização, desinfecção e limpeza.pdf
esterilização, desinfecção e limpeza.pdf
 
CENTRAL DE MATERIAL ESTERILIZADO - CME AULA 01.pptx
CENTRAL DE MATERIAL ESTERILIZADO - CME AULA 01.pptxCENTRAL DE MATERIAL ESTERILIZADO - CME AULA 01.pptx
CENTRAL DE MATERIAL ESTERILIZADO - CME AULA 01.pptx
 
apostila embrapa bpf armazenamento.pdf
apostila embrapa bpf armazenamento.pdfapostila embrapa bpf armazenamento.pdf
apostila embrapa bpf armazenamento.pdf
 
Qualidade dos produtos e armazenagem_compressed.pdf
Qualidade dos produtos e armazenagem_compressed.pdfQualidade dos produtos e armazenagem_compressed.pdf
Qualidade dos produtos e armazenagem_compressed.pdf
 
Apresentação.açougue
Apresentação.açougueApresentação.açougue
Apresentação.açougue
 
Apresentação.açougue
Apresentação.açougueApresentação.açougue
Apresentação.açougue
 
Boas praticas para manipulação de alimentos
Boas praticas para manipulação de alimentosBoas praticas para manipulação de alimentos
Boas praticas para manipulação de alimentos
 
Implementação do Sistema HACCP numa Queijaria
Implementação do Sistema HACCP numa QueijariaImplementação do Sistema HACCP numa Queijaria
Implementação do Sistema HACCP numa Queijaria
 
Boas práticas de fabricação em
Boas práticas de fabricação emBoas práticas de fabricação em
Boas práticas de fabricação em
 
Higiene e segurança alimentar vol-2.pdf
Higiene e segurança alimentar vol-2.pdfHigiene e segurança alimentar vol-2.pdf
Higiene e segurança alimentar vol-2.pdf
 

Lactario parte 1

  • 1.
  • 3. Questão Quanto à estrutura física de um lactário, é correto afirmar: A) A sala de limpeza deve ser mantida em temperatura entre 25°C e 30°C e a umidade relativa de 15% a 20%. B) A iluminação recomendada para as salas de limpeza é de 200W e para antessala é de 100W. C) Na antessala não podem ser armazenados os gênereos alimentícios. D) Não há necessidade de sistema de ventilação na sala de limpeza. E) Sua localização deve ser o máximo possível das áreas de circulação de pacientes e visitants para uma maior acesso.
  • 4. E AÍ? QUAL A RESPOSTA???
  • 5. Lactário e Banco de Leite exigem estudo diferenciado!
  • 6. O que é? Em hospitais que recebem pacientes de obtetrícia e de pediatria e que preparam suas próprias mamadeiras é criado o lactário, área do serviço de alimentação destinada ao preparo e distribuição de formas lácteas e complementares para os lactentes.
  • 7. Objetivo principal Fornecer alimentação apropriada e segura do ponto de vista microbiológico e nutricional, garantindo a promoção à saúde e/ou recuperação dos recém- nascidos, lactentes e crianças.
  • 8. Planejamento do lactário Deve-se considerar: Grupo a ser atendido Fluxo de processos produtivos Previsão de equipamentos Análse de layout Localização Recursos materaise humanos Sistemas de distribuição
  • 10. Será eficaz quando considerando que os seguintes fatores sejam atendidos: Planejamento do lactário
  • 12. Alguns aspectos são relevantes: -Varia de acordo com o tipo e tamanho do hospital; - Deve ser o mais afastado possível das áreas de circulação do pessoal, pacientes e visitantes; - Deve ser o mais afastado possível das áreas de casos infectocontagiosos; - Ter máxima proteção contra contaminação do ar; - Ser próximo do berçário; - Ser o mais próximo possível do serviço de alimentação. Localização
  • 13. Modelo do fluxo do lactário:
  • 14. O lactário deve ser constituído minimamente por três setores: - Sala de limpeza (espaço para recepção de mamadeiras e bicos sujos) - Sala de preparo (com adequado planejamento e distribuição de equipamentos para facilitar o fluxo de material e a realização das tarefas diárias) - Antessala (local onde os funcionários podem vestir seus uniformes, higienizar e realizar as atividades administrativas do lactário). Elementos físicos
  • 15. Recomenda-se: -Impermeável - Sem frestas - Antiderrapante e de fácil limpeza - Cantos abaulados Pisos
  • 16. NÃO é recomendada a existência de RALOS na sala de preparo das mamadeiras, apenas na antessala, desde que possua sistema de fechamento e permaneça fechado. Pisos
  • 17.
  • 18. Lembre-se: você ainda não tem a resposta para a questão do início!