SlideShare uma empresa Scribd logo
Avaliação do Estado
Nutricional e do
Ganho de Peso
Gestacional
Mariana Valle Gusmão
Acadêmica de Enfermagem
PUC Minas
Avaliação do estado nutricional e do
ganho de peso gestacional
 A avaliação do estado nutricional da gestante consiste na
tomada da medida do peso e da altura e o cálculo da semana
gestacional, o que permite a classificação do índice de
massa corporal (IMC) por semana gestacional.
IMC = peso/altura²
(BRASIL, 2012)
 Com base no IMC obtido na primeira consulta de pré-natal, é
possível conhecer o estado nutricional atual e acompanhar o
ganho de peso até o final da gestação.
Avaliação do estado nutricional e do
ganho de peso gestacional
(BRASIL, 2012)
 Recomenda-se que a gestante seja pesada em todas as
consultas.
 A estatura pode ser aferida apenas na primeira consulta,
desde que não seja adolescente (menor de 20 anos), cuja
medida deverá ser realizada pelo menos trimestralmente.
Avaliação do estado nutricional e do
ganho de peso gestacional
(BRASIL, 2012)
Procedimento para medida de peso
 A gestante deve estar descalça e
vestida apenas com o avental ou
roupas leves;
 Leia o peso em quilogramas na escala
maior e em gramas na escala menor;
 Anote o peso encontrado no prontuário
e no Cartão da Gestante.
(BRASIL, 2012)
Procedimento para medida da altura
 A gestante deve estar em pé e descalça, no centro da
plataforma da balança, com os braços estendidos ao longo
do corpo;
 Calcanhares, nádegas e escápulas devem se aproximar da
haste vertical da balança;
 Faça a leitura da escala na haste. Anote o resultado no
prontuário.
(BRASIL, 2012)
Procedimentos para diagnóstico
nutricional
I. Calcule o IMC da gestante com base do peso e altura
identificados;
II. Calcule a idade gestacional em semanas;
III. Localize, na tabela a seguir, a semana gestacional
calculada e identifique, nas colunas seguintes, em que
faixa está situado o IMC da gestante.
IV. Classifique o estado nutricional (EM) da gestante, segundo
o IMC, por semana gestacional: baixo peso (BP),
adequado (A), sobrepeso (S) ou obesidade (O).
(BRASIL, 2012)
Condutas conforme o diagnóstico
nutricional realizado
 Baixo peso (BP), investigue:
• História alimentar
• Hiperêmese gravídica
• Infecções
• Parasitoses
• Anemias
• Doenças debilitantes
 Dê orientação nutricional, visando à promoção do peso adequado
e de hábitos alimentares saudáveis. Remarque a consulta em
intervalo menor do que o fixado no calendário habitual.
(BRASIL, 2012)
Condutas conforme o diagnóstico
nutricional realizado
 Sobrepeso e obesidade (S e O), investigue:
• Sobrepeso ou obesidade pré-gestacional
• Casos de edema
• Polidrâmnio
• Macrossomia
• Gravidez múltipla
 Dê orientação nutricional à gestante, visando à promoção do peso
adequado e de hábitos alimentares saudáveis, ressaltando que,
no período gestacional, não se deve perder peso, pois é
desejável mantê-lo. Remarque a consulta em intervalo menor do
que o fixado no calendário habitual.
(BRASIL, 2012)
Condutas conforme o diagnóstico
nutricional realizado
Sabe-se que a obesidade está associada a uma
frequência mais alta de distócias, diabetes e
hipertensão e a um risco maior de cesariana. Por outro
lado, na gestante com baixo peso há um risco maior de
parto prematuro.
(BRASIL, 2012)
Estimativa do ganho de peso durante a
gestação
 Para cada situação nutricional inicial (BP, A, S ou O) há uma
faixa de ganho de peso recomendada. Para o primeiro
trimestre, o ganho foi agrupado para todo o período,
enquanto que, para o segundo e o terceiro trimestre, o ganho
é previsto por semana.
(BRASIL, 2012)
Estimativa do ganho de peso durante a
gestação
 Portanto, já na primeira consulta, deve-se estimar quantos
gramas a gestante deverá ganhar no primeiro trimestre,
assim como o ganho por semana até o fim da gestação.
(BRASIL, 2012)
Estimativa do ganho de peso durante a
gestação
(BRASIL, 2012)
Estimativa do ganho de peso durante a
gestação
 Observe que as gestantes deverão ter ganhos de peso
distintos, de acordo com seu IMC inicial. Para a previsão do
ganho, faze-se necessário calcular quanto a gestante já
ganhou de peso e quanto ainda deve ganhar até o final da
gestação em função da avaliação clínica.
(BRASIL, 2012)
Estimativa do ganho de peso durante a
gestação
 Esta avaliação permite acompanhar a evolução do ganho de
peso durante a gestação e examinar se este ganho está
adequado em função do estado nutricional da gestante no
início do pré-natal.
 Este exame pode ser feito com base em dois instrumentos: a
tabela anterior, e o gráfico a seguir, no qual se acompanha a
curva do IMC segundo a semana gestacional.
(BRASIL, 2012)
(BRASIL, 2012)
Estimativa do ganho de peso durante a
gestação
 É de extrema importância o registro do estado nutricional
tanto no prontuário quanto no Cartão da Gestante. A
avaliação do estado nutricional é capaz de fornecer
informações importantes para prevenção e o controle de
agravos à saúde e à nutrição.
(BRASIL, 2012)
Orientação alimentar para as gestantes
 O prognóstico da gestação é influeciado pelo estado
nutricional materno antes e durante a gravidez. A
inadequação do estado nutricional materno tem grande
impacto sobre o crescimento e desenvolvimento do recém-
nascido, pois o período gestacional é uma fase na qual as
necessidades nutricionais são elevadas, decorrentes dos
ajustes fisiológicos das gestantes e de nutrientes para o
cresimento fetal.
(BRASIL, 2012)
Orientações para uma alimentação
saudável para gestantes
 Faça pelo menos 3 refeições (café da manhã, almoço e
jantar) e 2 lanches saudáveis por dia, evitando ficar mais de
três horas sem comer.
 Entre as refeições, beba água, pelo menos 2 L (de 6 a 8
copos) por dia.
(BRASIL, 2012)
Orientações para uma alimentação
saudável para gestantes
 Evite “pular” as refeições e “beliscar” entre as refeições.
 Coma devagar, mastigue bem e de forma que evite qualquer
tipo de estresse na hora da alimentação.
 Evite consumir líquidos durante as refeições, para reduzir os
sintomas de pirose. Prefira consumir, após as refeições,
frutas com alto teor de líquidos, como por exemplo, laranja,
abacaxi, melancia, entre outras.
(BRASIL, 2012)
Orientações para uma alimentação
saudável para gestantes
 Evite deitar-se logo após as refeições, pois assim pode evitar
mal-estar e pirose.
 Beba água entre as refeições. Além disso, deve-se orientar
que as bebidas açucaradas (como os refrigerantes e os
sucos industrializados) e as bebidas com cafeína não
substituem a água, dificulta o aproveitamento de alguns
nutrientes e devem ser evitados durante o período de
gestação para favorecer o controle de peso.
(BRASIL, 2012)
Orientações para uma alimentação
saudável para gestantes
 Inclua diariamente nas refeições de 6 a 11 porções do grupo
de cereais (arroz, milho, pães e alimentos feitos com farinha
de trigo e milho) e tubérculos, como as batatas e raízes – são
fontes de carboidratos, fibras, vitaminas e minerais.
(BRASIL, 2012)
Orientações para uma alimentação
saudável para gestantes
 Os cereais são os alimentos que representam as fontes de
energia mais importantes da nossa alimentação e devem
estar em maior quantidade nas refeições.
 É necessário incentivar o consumo de cereais na sua forma
mais natural (integral), pois oferecem maior quantidade de
fibras, que auxiliam a regularizar o funcionamento intestinal.
(BRASIL, 2012)
Orientações para uma alimentação
saudável para gestantes
Alimentos 1 porção equivale a:
Arroz branco cozido 4 colheres de sopa
Batata cozida 1 unidade e meia
Biscoito tipo “cream cracker” 5 unidades
Bolo de milho 1 fatia
Cereais matinais 1 xícara de chá
Farinha de mandioca 2 colheres de sopa
Inhame 3 colheres e meia de sopa
Macarrão 3 colheres e meia de sopa
Mandioca 4 colheres de sopa
Milho verde em espiga 1 espiga grande
Pão de forma tradicional 2 fatias
Pão francês 1 unidade
Purê de batata 3 colheres de sopa
Porções diárias do grupo de cereais, tubérculos e raízes.
(BRASIL, 2012)
Orientações para uma alimentação
saudável para gestantes
 Deve-se procurar consumir diariamente pelo menos 3
porções de legumes e verduras como parte das refeições e 3
porções ou mais de frutas nas sobremesas e nos lanches.
 Tais alimentos são ótimas fontes de vitaminas, minerais e
fibras e, no caso das gestantes, são essenciais para a
formação saudável do feto e a proteção da saúde materna.
(BRASIL, 2012)
Alimentos 1 porção
Abóbora 1 colher e meia de sopa
Alface 15 folhas
Berinjela 2 colheres de sopa
Beterraba 2 colheres de sopa
Brócolis 4 colheres e meia de sopa
Cenoura 1 colhere de servir
Chuchu 2 colheres e meia de sopa
Espinafre 2 colheres e meia de sopa
Jiló 1 colher e meia de sopa
Pepino 4 colheres de sopa
Quiabo 2 colheres de sopa
Repolho 6 colheres de sopa
Rúcula 15 folhas
Tomate comum 4 fatias
Porção diária do grupo de verduras e legumes.
Orientações para uma alimentação
saudável para gestantes
(BRASIL, 2012)
Orientações para uma alimentação
saudável para gestantes
Porção diária do grupo das frutas.
Alimentos 1 porção equivale a:
Abacaxi 1 fatia
Ameixa preta seca 3 unidades
Banana prata 1 unidade
Caqui 1 unidade
Goiaba 1 unidade
Laranja 1 unidade
Maçã 1 unidade
Mamão Meia unidade
Melancia 2 fatias
Salada de fruta Meia xícara de chá
Suco de laranja Meio copo de requeijão
Orientações para uma alimentação
saudável para gestantes
 Monte um prato colorido e variar os tipos de frutas, legumes e
verduras consumidos durante a semana, considerando a
disponibilidade de alimentos.
 Consuma hortaliças verde-escuras (couve, brócolis, agrião,
taioba, rúcula).
 Dê preferência a frutas, legumes e verduras crus para obter
mais fibras em sua alimentação.
(BRASIL, 2012)
Orientações para uma alimentação
saudável para gestantes
 Deve-se comer feijão com arroz todos os dias ou, pelo
menos, cinco vezes na semana. Esta é uma combinação
completa de proteínas e é excelente para a saúde.
 Deve-se consumir uma parte de feijão para duas partes de
arroz, evitando o uso de carnes gordas e salgadas ou
embutidos, pois elevam a quantidade de gorduras e sal na
alimentação.
(BRASIL, 2012)
Orientações para uma alimentação
saudável para gestantes
 Deve-se consumir diariamente 3 porções de leite e derivados
e 1 porção de carnes, aves, peixes ou ovos. É necessário
retirar a gordura aparente das carnes e a pele das aves antes
da preparação, tornando tais alimentos mais saudáveis.
 Leite e derivados são as principais fontes de cálcio na
alimentação. Carnes, aves, peixes e ovos fazem parte de
uma alimentação nutritiva e são ricos em proteínas de boa
qualidade.
(BRASIL, 2012)
Orientações para uma alimentação
saudável para gestantes
 Evite acrescentar café ou achocolatado ao leite, pois tais
alimentos também reduzem o aproveitamento do cálcio do
leite.
 Consuma mais peixes e frangos e sempre preferir as carnes
magras, retirando a pele a gordura visível.
 Evite carnes cruas ou mal passadas, porque podem
transmitir doenças, como verminoses.
(BRASIL, 2012)
Orientações para uma alimentação
saudável para gestantes
 Diminua o consumo de gorduras. Deve-se consumir, no
máximo, uma porção diária de óleos vegetais, azeite,
manteiga ou margarina.
O consumo excessivo de
alimentos fontes de gorduras está
associado ao surgimento de
obesidade, pressão alta e outras
doenças do coração.
(BRASIL, 2012)
Orientações para uma alimentação
saudável para gestantes
 Reduza para no máximo, uma vez por semana o consumo de
alimentos gordurosos, como carnes com gordura visível,
embutidos (salsicha, linguiça, salame, presunto, mortadela,
salgadinhos, chocolates e sorvetes).
 Os alimentos com pequena quantidade de gordura
contribuem para reduzir o desconforto das náuseas e dos
vômitos.
(BRASIL, 2012)
Orientações para uma alimentação
saudável para gestantes
 O consumo frequente e em grande quantidade de
sobremesas doces aumenta o risco de complicações na
gestação, como excesso de peso, obesidade, diabetes
gestacional e pressão alta, que prejudicam o adequado
crescimento do feto.
 Açúcares e doces: deve-se consumir no máximo 1 porção ao
dia.
(BRASIL, 2012)
Orientações para uma alimentação
saudável para gestantes
 Evite, na gravidez, refrigerantes e sucos industrializados,
porque contêm corantes aritificiais, aromatizantes e açúcar.
 O uso de adoçantes durante a gestação deve ser reservado
para as mulheres que precisam controlar o ganho de peso e
para as diabéticas.
(BRASIL, 2012)
Orientações para uma alimentação
saudável para gestantes
 Diminua a quantidade de sal na comida e retire o saleiro da
mesa. Utilize temperos naturais: alho, cebola, ervas frescas.
 A quantidade de sal por dia deve ser de, no máximo, uma
colher de chá rasa (5g), por pessoa, distribuída em todas as
refeições. Consumo excessivo:
Hipertensão
arterial
Doenças do
coração e rins
Edema
(BRASIL, 2012)
Orientações para uma alimentação
saudável para gestantes
 Para evitar anemia, consuma diariamente alimentos que são
fontes de ferro:
 Carne vermelha e vísceras
 Leguminosas (feijão, ervilha,
grão-de-bico, lentilha)
 Folhas ver-escuras
 Grãos integrais
 Castanhas, entre outros
(BRASIL, 2012)
Orientações para uma alimentação
saudável para gestantes
A anemia é uma doença
causada, principalmente, pela
ingestão insuficiente de ferro.
Na gestação, está associada
ao maior risco de morte tanto
para a mãe quanto para a
criança, além de parto
prematuro, baixo peso ao
nascer e o surgimento de
infecções.
A partir da 20ª semana
de gestação e até o 3º
mês pós-parto, a
gestante deve receber a
suplementação de ferro
preventiva.
Sulfato
ferroso/VO/40mg
de ferro
elementar/dia
(BRASIL, 2012)
Orientações para uma alimentação
saudável para gestantes
 O ácido fólico tem forte efeito protetor contra defeitos abertos
do tubo neural do feto. Portanto, as gestantes devem ser
orientadas a consumirem alimentos ricos neste nutriente:
 Folhas verdes
 Vegetais (beterraba, cenoura)
 Carnes vermelhas e miúdos
 Leguminosas (feijão, milho, lentilha)
 Cereais integrais
 Gema de ovo
(BRASIL, 2012)
Orientações para uma alimentação
saudável para gestantes
 As gestantes devem ainda receber a prescrição preventiva
de ácido fólico.
 Deve ser usado rotineiramente pelo menos 2 meses antes da
gravidez e nos dois primeiros meses da gestação.
Ácido
fólico/VO
5mg/dia
(BRASIL, 2012)
Orientações gerais
 Mantenha o ganho de peso gestacional dentro de limites
saudáveis.
 Deve-se ainda praticar alguma atividade física, além de evitar
as bebidas alcoólicas e fumo.
(BRASIL, 2012)
Questão de fixação
1) O prognóstico da gestação é influeciado pelo estado nutricional materno antes e durante a
gravidez. A inadequação do estado nutricional materno tem grande impacto sobre o crescimento e
desenvolvimento do recém-nascido. Portanto, durante as consultas de pré-natal faze-se
necessário a identificação do estado nutricional da gestante, o cálculo e avaliação do ganho de
peso gestacional e a promoção de orientações acerca de hábitos saudáveis de vida. Com base
nestas informações, assinale abaixo a resposta correta.
a) As gestantes com a mesma idade gestacional devem ter o ganho de peso durante a gravidez de
forma semelhante.
b) Para cada situação nutricional inicial (baixo peso, peso adequado, sobrepeso ou obesidade) há
uma faixa de ganho de peso recomendada para cada idade gestacional.
c) Para o primeiro trimestre o ganho de peso é previsto por semana, e para o segundo e terceiro
trimestre o ganho de peso gestacional é previsto por período.
d) O ácido fólico tem efeito protetor contra anemia e deve ser prescrito à gestante a partir da 20ª
semana de gestação e até o 3º mês pós-parto.
Questão de fixação
RESPOSTA: Letra B
REFERÊNCIA
BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de
Atenção Básica. Atenção ao pré-natal de baixo risco. Diário Oficial da União, Brasília,
DF, 2012. p.318.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Alimentos Funcionais
Alimentos FuncionaisAlimentos Funcionais
Alimentos Funcionais
Marcel Thomas
 
Rotulagem de Alimentos
Rotulagem de AlimentosRotulagem de Alimentos
Rotulagem de Alimentos
luiana
 
Avaliação nutricional pré natal
Avaliação nutricional pré natalAvaliação nutricional pré natal
Avaliação nutricional pré natal
Ione Milhomem
 
Nutrição normal e dietética: alimentação do adulto e do idoso
Nutrição normal e dietética: alimentação do adulto e do idosoNutrição normal e dietética: alimentação do adulto e do idoso
Nutrição normal e dietética: alimentação do adulto e do idoso
KetlenBatista
 
Aula De NutriçãO IntroduçãO
Aula De NutriçãO IntroduçãOAula De NutriçãO IntroduçãO
Aula De NutriçãO IntroduçãO
themis dovera
 
Avaliação nutricional: avaliação do consumo alimentar
Avaliação nutricional: avaliação do consumo alimentarAvaliação nutricional: avaliação do consumo alimentar
Avaliação nutricional: avaliação do consumo alimentar
KetlenBatista
 
Nutrientes nos diferentes ciclos da vida
Nutrientes nos diferentes  ciclos da vidaNutrientes nos diferentes  ciclos da vida
Nutrientes nos diferentes ciclos da vida
Marcelo Silva
 
Alimentação na gravidez cs norton_matos_16-04-2015
Alimentação na gravidez cs norton_matos_16-04-2015Alimentação na gravidez cs norton_matos_16-04-2015
Alimentação na gravidez cs norton_matos_16-04-2015
abcarvalhas
 
Apresentação dieta e nutrição
Apresentação dieta e nutriçãoApresentação dieta e nutrição
Apresentação dieta e nutrição
Nadia Morais Tonussi
 
aula 3. Dietas hospitalares .pdf
aula 3. Dietas hospitalares .pdfaula 3. Dietas hospitalares .pdf
aula 3. Dietas hospitalares .pdf
Ana Alves
 
NUTRIÇÃO NO IDOSO
NUTRIÇÃO NO IDOSONUTRIÇÃO NO IDOSO
NUTRIÇÃO NO IDOSO
Rubens Junior
 
Avaliação do estado nutricional
Avaliação do estado nutricionalAvaliação do estado nutricional
Avaliação do estado nutricional
e.ferreira
 
Nutrição no Ensino da Enfermagem
Nutrição no Ensino da EnfermagemNutrição no Ensino da Enfermagem
Nutrição no Ensino da Enfermagem
Abilio Cardoso Teixeira
 
Aula biodisponibilidade dos nutrientes(1)
Aula biodisponibilidade dos nutrientes(1)Aula biodisponibilidade dos nutrientes(1)
Aula biodisponibilidade dos nutrientes(1)
Sandra Oliveira Oliveira
 
ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO NA GRAVIDEZ
ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO NA GRAVIDEZALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO NA GRAVIDEZ
ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO NA GRAVIDEZ
Erly Batista Neto
 
Aulas de nutrição e dietética
Aulas de nutrição e dietéticaAulas de nutrição e dietética
Aulas de nutrição e dietética
Fabiano de Carvalho
 
Alimentação da gestante
Alimentação da gestanteAlimentação da gestante
Alimentação da gestante
Lourdes Piedade
 
Alimentação e qualidade de vida
Alimentação e qualidade de vidaAlimentação e qualidade de vida
Alimentação e qualidade de vida
Katiucia Ferreira
 
Cálculos em Nutrição Parenteral
Cálculos em Nutrição Parenteral Cálculos em Nutrição Parenteral
Cálculos em Nutrição Parenteral
Verneck Silva
 
Palestra Nutricao
Palestra NutricaoPalestra Nutricao
Palestra Nutricao
Walquiria Dutra
 

Mais procurados (20)

Alimentos Funcionais
Alimentos FuncionaisAlimentos Funcionais
Alimentos Funcionais
 
Rotulagem de Alimentos
Rotulagem de AlimentosRotulagem de Alimentos
Rotulagem de Alimentos
 
Avaliação nutricional pré natal
Avaliação nutricional pré natalAvaliação nutricional pré natal
Avaliação nutricional pré natal
 
Nutrição normal e dietética: alimentação do adulto e do idoso
Nutrição normal e dietética: alimentação do adulto e do idosoNutrição normal e dietética: alimentação do adulto e do idoso
Nutrição normal e dietética: alimentação do adulto e do idoso
 
Aula De NutriçãO IntroduçãO
Aula De NutriçãO IntroduçãOAula De NutriçãO IntroduçãO
Aula De NutriçãO IntroduçãO
 
Avaliação nutricional: avaliação do consumo alimentar
Avaliação nutricional: avaliação do consumo alimentarAvaliação nutricional: avaliação do consumo alimentar
Avaliação nutricional: avaliação do consumo alimentar
 
Nutrientes nos diferentes ciclos da vida
Nutrientes nos diferentes  ciclos da vidaNutrientes nos diferentes  ciclos da vida
Nutrientes nos diferentes ciclos da vida
 
Alimentação na gravidez cs norton_matos_16-04-2015
Alimentação na gravidez cs norton_matos_16-04-2015Alimentação na gravidez cs norton_matos_16-04-2015
Alimentação na gravidez cs norton_matos_16-04-2015
 
Apresentação dieta e nutrição
Apresentação dieta e nutriçãoApresentação dieta e nutrição
Apresentação dieta e nutrição
 
aula 3. Dietas hospitalares .pdf
aula 3. Dietas hospitalares .pdfaula 3. Dietas hospitalares .pdf
aula 3. Dietas hospitalares .pdf
 
NUTRIÇÃO NO IDOSO
NUTRIÇÃO NO IDOSONUTRIÇÃO NO IDOSO
NUTRIÇÃO NO IDOSO
 
Avaliação do estado nutricional
Avaliação do estado nutricionalAvaliação do estado nutricional
Avaliação do estado nutricional
 
Nutrição no Ensino da Enfermagem
Nutrição no Ensino da EnfermagemNutrição no Ensino da Enfermagem
Nutrição no Ensino da Enfermagem
 
Aula biodisponibilidade dos nutrientes(1)
Aula biodisponibilidade dos nutrientes(1)Aula biodisponibilidade dos nutrientes(1)
Aula biodisponibilidade dos nutrientes(1)
 
ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO NA GRAVIDEZ
ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO NA GRAVIDEZALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO NA GRAVIDEZ
ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO NA GRAVIDEZ
 
Aulas de nutrição e dietética
Aulas de nutrição e dietéticaAulas de nutrição e dietética
Aulas de nutrição e dietética
 
Alimentação da gestante
Alimentação da gestanteAlimentação da gestante
Alimentação da gestante
 
Alimentação e qualidade de vida
Alimentação e qualidade de vidaAlimentação e qualidade de vida
Alimentação e qualidade de vida
 
Cálculos em Nutrição Parenteral
Cálculos em Nutrição Parenteral Cálculos em Nutrição Parenteral
Cálculos em Nutrição Parenteral
 
Palestra Nutricao
Palestra NutricaoPalestra Nutricao
Palestra Nutricao
 

Semelhante a Avaliação do Estado Nutricional e do Ganho de peso Gestacional

Manual alimentação-para-gestantes
Manual alimentação-para-gestantesManual alimentação-para-gestantes
Manual alimentação-para-gestantes
MrciaMendes29
 
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.pptx
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.pptxA importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.pptx
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.pptx
rosileidelimacarlos
 
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.ppt
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.pptA importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.ppt
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.ppt
rosileidelimacarlos
 
Obesidade-
Obesidade-Obesidade-
Obesidade-
Cida Martins
 
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.ppt
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.pptA importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.ppt
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.ppt
AndradeLeandro3
 
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.ppt
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.pptA importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.ppt
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.ppt
ElvandiraElvandira
 
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.ppt
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.pptA importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.ppt
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.ppt
NutricionistaAnaPast
 
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudávelA importância da nutrição para um desenvolvimento saudável
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável
FABY01954
 
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.ppt
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.pptA importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.ppt
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.ppt
nagelasouza1
 
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.ppt
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.pptA importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.ppt
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.ppt
NgelaNascimento11
 
Guia alimentar para dm2 diabetes tipo 2
Guia alimentar para dm2   diabetes tipo 2Guia alimentar para dm2   diabetes tipo 2
Guia alimentar para dm2 diabetes tipo 2
Ana Campelos
 
Apresentação+gestante
Apresentação+gestanteApresentação+gestante
Apresentação+gestante
tvf
 

Semelhante a Avaliação do Estado Nutricional e do Ganho de peso Gestacional (12)

Manual alimentação-para-gestantes
Manual alimentação-para-gestantesManual alimentação-para-gestantes
Manual alimentação-para-gestantes
 
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.pptx
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.pptxA importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.pptx
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.pptx
 
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.ppt
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.pptA importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.ppt
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.ppt
 
Obesidade-
Obesidade-Obesidade-
Obesidade-
 
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.ppt
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.pptA importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.ppt
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.ppt
 
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.ppt
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.pptA importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.ppt
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.ppt
 
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.ppt
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.pptA importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.ppt
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.ppt
 
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudávelA importância da nutrição para um desenvolvimento saudável
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável
 
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.ppt
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.pptA importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.ppt
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.ppt
 
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.ppt
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.pptA importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.ppt
A importância da nutrição para um desenvolvimento saudável.ppt
 
Guia alimentar para dm2 diabetes tipo 2
Guia alimentar para dm2   diabetes tipo 2Guia alimentar para dm2   diabetes tipo 2
Guia alimentar para dm2 diabetes tipo 2
 
Apresentação+gestante
Apresentação+gestanteApresentação+gestante
Apresentação+gestante
 

Avaliação do Estado Nutricional e do Ganho de peso Gestacional

  • 1. Avaliação do Estado Nutricional e do Ganho de Peso Gestacional Mariana Valle Gusmão Acadêmica de Enfermagem PUC Minas
  • 2. Avaliação do estado nutricional e do ganho de peso gestacional  A avaliação do estado nutricional da gestante consiste na tomada da medida do peso e da altura e o cálculo da semana gestacional, o que permite a classificação do índice de massa corporal (IMC) por semana gestacional. IMC = peso/altura² (BRASIL, 2012)
  • 3.  Com base no IMC obtido na primeira consulta de pré-natal, é possível conhecer o estado nutricional atual e acompanhar o ganho de peso até o final da gestação. Avaliação do estado nutricional e do ganho de peso gestacional (BRASIL, 2012)
  • 4.  Recomenda-se que a gestante seja pesada em todas as consultas.  A estatura pode ser aferida apenas na primeira consulta, desde que não seja adolescente (menor de 20 anos), cuja medida deverá ser realizada pelo menos trimestralmente. Avaliação do estado nutricional e do ganho de peso gestacional (BRASIL, 2012)
  • 5. Procedimento para medida de peso  A gestante deve estar descalça e vestida apenas com o avental ou roupas leves;  Leia o peso em quilogramas na escala maior e em gramas na escala menor;  Anote o peso encontrado no prontuário e no Cartão da Gestante. (BRASIL, 2012)
  • 6. Procedimento para medida da altura  A gestante deve estar em pé e descalça, no centro da plataforma da balança, com os braços estendidos ao longo do corpo;  Calcanhares, nádegas e escápulas devem se aproximar da haste vertical da balança;  Faça a leitura da escala na haste. Anote o resultado no prontuário. (BRASIL, 2012)
  • 7. Procedimentos para diagnóstico nutricional I. Calcule o IMC da gestante com base do peso e altura identificados; II. Calcule a idade gestacional em semanas; III. Localize, na tabela a seguir, a semana gestacional calculada e identifique, nas colunas seguintes, em que faixa está situado o IMC da gestante. IV. Classifique o estado nutricional (EM) da gestante, segundo o IMC, por semana gestacional: baixo peso (BP), adequado (A), sobrepeso (S) ou obesidade (O). (BRASIL, 2012)
  • 8.
  • 9. Condutas conforme o diagnóstico nutricional realizado  Baixo peso (BP), investigue: • História alimentar • Hiperêmese gravídica • Infecções • Parasitoses • Anemias • Doenças debilitantes  Dê orientação nutricional, visando à promoção do peso adequado e de hábitos alimentares saudáveis. Remarque a consulta em intervalo menor do que o fixado no calendário habitual. (BRASIL, 2012)
  • 10. Condutas conforme o diagnóstico nutricional realizado  Sobrepeso e obesidade (S e O), investigue: • Sobrepeso ou obesidade pré-gestacional • Casos de edema • Polidrâmnio • Macrossomia • Gravidez múltipla  Dê orientação nutricional à gestante, visando à promoção do peso adequado e de hábitos alimentares saudáveis, ressaltando que, no período gestacional, não se deve perder peso, pois é desejável mantê-lo. Remarque a consulta em intervalo menor do que o fixado no calendário habitual. (BRASIL, 2012)
  • 11. Condutas conforme o diagnóstico nutricional realizado Sabe-se que a obesidade está associada a uma frequência mais alta de distócias, diabetes e hipertensão e a um risco maior de cesariana. Por outro lado, na gestante com baixo peso há um risco maior de parto prematuro. (BRASIL, 2012)
  • 12. Estimativa do ganho de peso durante a gestação  Para cada situação nutricional inicial (BP, A, S ou O) há uma faixa de ganho de peso recomendada. Para o primeiro trimestre, o ganho foi agrupado para todo o período, enquanto que, para o segundo e o terceiro trimestre, o ganho é previsto por semana. (BRASIL, 2012)
  • 13. Estimativa do ganho de peso durante a gestação  Portanto, já na primeira consulta, deve-se estimar quantos gramas a gestante deverá ganhar no primeiro trimestre, assim como o ganho por semana até o fim da gestação. (BRASIL, 2012)
  • 14. Estimativa do ganho de peso durante a gestação (BRASIL, 2012)
  • 15. Estimativa do ganho de peso durante a gestação  Observe que as gestantes deverão ter ganhos de peso distintos, de acordo com seu IMC inicial. Para a previsão do ganho, faze-se necessário calcular quanto a gestante já ganhou de peso e quanto ainda deve ganhar até o final da gestação em função da avaliação clínica. (BRASIL, 2012)
  • 16. Estimativa do ganho de peso durante a gestação  Esta avaliação permite acompanhar a evolução do ganho de peso durante a gestação e examinar se este ganho está adequado em função do estado nutricional da gestante no início do pré-natal.  Este exame pode ser feito com base em dois instrumentos: a tabela anterior, e o gráfico a seguir, no qual se acompanha a curva do IMC segundo a semana gestacional. (BRASIL, 2012)
  • 18. Estimativa do ganho de peso durante a gestação  É de extrema importância o registro do estado nutricional tanto no prontuário quanto no Cartão da Gestante. A avaliação do estado nutricional é capaz de fornecer informações importantes para prevenção e o controle de agravos à saúde e à nutrição. (BRASIL, 2012)
  • 19. Orientação alimentar para as gestantes  O prognóstico da gestação é influeciado pelo estado nutricional materno antes e durante a gravidez. A inadequação do estado nutricional materno tem grande impacto sobre o crescimento e desenvolvimento do recém- nascido, pois o período gestacional é uma fase na qual as necessidades nutricionais são elevadas, decorrentes dos ajustes fisiológicos das gestantes e de nutrientes para o cresimento fetal. (BRASIL, 2012)
  • 20. Orientações para uma alimentação saudável para gestantes  Faça pelo menos 3 refeições (café da manhã, almoço e jantar) e 2 lanches saudáveis por dia, evitando ficar mais de três horas sem comer.  Entre as refeições, beba água, pelo menos 2 L (de 6 a 8 copos) por dia. (BRASIL, 2012)
  • 21. Orientações para uma alimentação saudável para gestantes  Evite “pular” as refeições e “beliscar” entre as refeições.  Coma devagar, mastigue bem e de forma que evite qualquer tipo de estresse na hora da alimentação.  Evite consumir líquidos durante as refeições, para reduzir os sintomas de pirose. Prefira consumir, após as refeições, frutas com alto teor de líquidos, como por exemplo, laranja, abacaxi, melancia, entre outras. (BRASIL, 2012)
  • 22. Orientações para uma alimentação saudável para gestantes  Evite deitar-se logo após as refeições, pois assim pode evitar mal-estar e pirose.  Beba água entre as refeições. Além disso, deve-se orientar que as bebidas açucaradas (como os refrigerantes e os sucos industrializados) e as bebidas com cafeína não substituem a água, dificulta o aproveitamento de alguns nutrientes e devem ser evitados durante o período de gestação para favorecer o controle de peso. (BRASIL, 2012)
  • 23. Orientações para uma alimentação saudável para gestantes  Inclua diariamente nas refeições de 6 a 11 porções do grupo de cereais (arroz, milho, pães e alimentos feitos com farinha de trigo e milho) e tubérculos, como as batatas e raízes – são fontes de carboidratos, fibras, vitaminas e minerais. (BRASIL, 2012)
  • 24. Orientações para uma alimentação saudável para gestantes  Os cereais são os alimentos que representam as fontes de energia mais importantes da nossa alimentação e devem estar em maior quantidade nas refeições.  É necessário incentivar o consumo de cereais na sua forma mais natural (integral), pois oferecem maior quantidade de fibras, que auxiliam a regularizar o funcionamento intestinal. (BRASIL, 2012)
  • 25. Orientações para uma alimentação saudável para gestantes Alimentos 1 porção equivale a: Arroz branco cozido 4 colheres de sopa Batata cozida 1 unidade e meia Biscoito tipo “cream cracker” 5 unidades Bolo de milho 1 fatia Cereais matinais 1 xícara de chá Farinha de mandioca 2 colheres de sopa Inhame 3 colheres e meia de sopa Macarrão 3 colheres e meia de sopa Mandioca 4 colheres de sopa Milho verde em espiga 1 espiga grande Pão de forma tradicional 2 fatias Pão francês 1 unidade Purê de batata 3 colheres de sopa Porções diárias do grupo de cereais, tubérculos e raízes. (BRASIL, 2012)
  • 26. Orientações para uma alimentação saudável para gestantes  Deve-se procurar consumir diariamente pelo menos 3 porções de legumes e verduras como parte das refeições e 3 porções ou mais de frutas nas sobremesas e nos lanches.  Tais alimentos são ótimas fontes de vitaminas, minerais e fibras e, no caso das gestantes, são essenciais para a formação saudável do feto e a proteção da saúde materna. (BRASIL, 2012)
  • 27. Alimentos 1 porção Abóbora 1 colher e meia de sopa Alface 15 folhas Berinjela 2 colheres de sopa Beterraba 2 colheres de sopa Brócolis 4 colheres e meia de sopa Cenoura 1 colhere de servir Chuchu 2 colheres e meia de sopa Espinafre 2 colheres e meia de sopa Jiló 1 colher e meia de sopa Pepino 4 colheres de sopa Quiabo 2 colheres de sopa Repolho 6 colheres de sopa Rúcula 15 folhas Tomate comum 4 fatias Porção diária do grupo de verduras e legumes. Orientações para uma alimentação saudável para gestantes (BRASIL, 2012)
  • 28. Orientações para uma alimentação saudável para gestantes Porção diária do grupo das frutas. Alimentos 1 porção equivale a: Abacaxi 1 fatia Ameixa preta seca 3 unidades Banana prata 1 unidade Caqui 1 unidade Goiaba 1 unidade Laranja 1 unidade Maçã 1 unidade Mamão Meia unidade Melancia 2 fatias Salada de fruta Meia xícara de chá Suco de laranja Meio copo de requeijão
  • 29. Orientações para uma alimentação saudável para gestantes  Monte um prato colorido e variar os tipos de frutas, legumes e verduras consumidos durante a semana, considerando a disponibilidade de alimentos.  Consuma hortaliças verde-escuras (couve, brócolis, agrião, taioba, rúcula).  Dê preferência a frutas, legumes e verduras crus para obter mais fibras em sua alimentação. (BRASIL, 2012)
  • 30. Orientações para uma alimentação saudável para gestantes  Deve-se comer feijão com arroz todos os dias ou, pelo menos, cinco vezes na semana. Esta é uma combinação completa de proteínas e é excelente para a saúde.  Deve-se consumir uma parte de feijão para duas partes de arroz, evitando o uso de carnes gordas e salgadas ou embutidos, pois elevam a quantidade de gorduras e sal na alimentação. (BRASIL, 2012)
  • 31. Orientações para uma alimentação saudável para gestantes  Deve-se consumir diariamente 3 porções de leite e derivados e 1 porção de carnes, aves, peixes ou ovos. É necessário retirar a gordura aparente das carnes e a pele das aves antes da preparação, tornando tais alimentos mais saudáveis.  Leite e derivados são as principais fontes de cálcio na alimentação. Carnes, aves, peixes e ovos fazem parte de uma alimentação nutritiva e são ricos em proteínas de boa qualidade. (BRASIL, 2012)
  • 32. Orientações para uma alimentação saudável para gestantes  Evite acrescentar café ou achocolatado ao leite, pois tais alimentos também reduzem o aproveitamento do cálcio do leite.  Consuma mais peixes e frangos e sempre preferir as carnes magras, retirando a pele a gordura visível.  Evite carnes cruas ou mal passadas, porque podem transmitir doenças, como verminoses. (BRASIL, 2012)
  • 33. Orientações para uma alimentação saudável para gestantes  Diminua o consumo de gorduras. Deve-se consumir, no máximo, uma porção diária de óleos vegetais, azeite, manteiga ou margarina. O consumo excessivo de alimentos fontes de gorduras está associado ao surgimento de obesidade, pressão alta e outras doenças do coração. (BRASIL, 2012)
  • 34. Orientações para uma alimentação saudável para gestantes  Reduza para no máximo, uma vez por semana o consumo de alimentos gordurosos, como carnes com gordura visível, embutidos (salsicha, linguiça, salame, presunto, mortadela, salgadinhos, chocolates e sorvetes).  Os alimentos com pequena quantidade de gordura contribuem para reduzir o desconforto das náuseas e dos vômitos. (BRASIL, 2012)
  • 35. Orientações para uma alimentação saudável para gestantes  O consumo frequente e em grande quantidade de sobremesas doces aumenta o risco de complicações na gestação, como excesso de peso, obesidade, diabetes gestacional e pressão alta, que prejudicam o adequado crescimento do feto.  Açúcares e doces: deve-se consumir no máximo 1 porção ao dia. (BRASIL, 2012)
  • 36. Orientações para uma alimentação saudável para gestantes  Evite, na gravidez, refrigerantes e sucos industrializados, porque contêm corantes aritificiais, aromatizantes e açúcar.  O uso de adoçantes durante a gestação deve ser reservado para as mulheres que precisam controlar o ganho de peso e para as diabéticas. (BRASIL, 2012)
  • 37. Orientações para uma alimentação saudável para gestantes  Diminua a quantidade de sal na comida e retire o saleiro da mesa. Utilize temperos naturais: alho, cebola, ervas frescas.  A quantidade de sal por dia deve ser de, no máximo, uma colher de chá rasa (5g), por pessoa, distribuída em todas as refeições. Consumo excessivo: Hipertensão arterial Doenças do coração e rins Edema (BRASIL, 2012)
  • 38. Orientações para uma alimentação saudável para gestantes  Para evitar anemia, consuma diariamente alimentos que são fontes de ferro:  Carne vermelha e vísceras  Leguminosas (feijão, ervilha, grão-de-bico, lentilha)  Folhas ver-escuras  Grãos integrais  Castanhas, entre outros (BRASIL, 2012)
  • 39. Orientações para uma alimentação saudável para gestantes A anemia é uma doença causada, principalmente, pela ingestão insuficiente de ferro. Na gestação, está associada ao maior risco de morte tanto para a mãe quanto para a criança, além de parto prematuro, baixo peso ao nascer e o surgimento de infecções. A partir da 20ª semana de gestação e até o 3º mês pós-parto, a gestante deve receber a suplementação de ferro preventiva. Sulfato ferroso/VO/40mg de ferro elementar/dia (BRASIL, 2012)
  • 40. Orientações para uma alimentação saudável para gestantes  O ácido fólico tem forte efeito protetor contra defeitos abertos do tubo neural do feto. Portanto, as gestantes devem ser orientadas a consumirem alimentos ricos neste nutriente:  Folhas verdes  Vegetais (beterraba, cenoura)  Carnes vermelhas e miúdos  Leguminosas (feijão, milho, lentilha)  Cereais integrais  Gema de ovo (BRASIL, 2012)
  • 41. Orientações para uma alimentação saudável para gestantes  As gestantes devem ainda receber a prescrição preventiva de ácido fólico.  Deve ser usado rotineiramente pelo menos 2 meses antes da gravidez e nos dois primeiros meses da gestação. Ácido fólico/VO 5mg/dia (BRASIL, 2012)
  • 42. Orientações gerais  Mantenha o ganho de peso gestacional dentro de limites saudáveis.  Deve-se ainda praticar alguma atividade física, além de evitar as bebidas alcoólicas e fumo. (BRASIL, 2012)
  • 43. Questão de fixação 1) O prognóstico da gestação é influeciado pelo estado nutricional materno antes e durante a gravidez. A inadequação do estado nutricional materno tem grande impacto sobre o crescimento e desenvolvimento do recém-nascido. Portanto, durante as consultas de pré-natal faze-se necessário a identificação do estado nutricional da gestante, o cálculo e avaliação do ganho de peso gestacional e a promoção de orientações acerca de hábitos saudáveis de vida. Com base nestas informações, assinale abaixo a resposta correta. a) As gestantes com a mesma idade gestacional devem ter o ganho de peso durante a gravidez de forma semelhante. b) Para cada situação nutricional inicial (baixo peso, peso adequado, sobrepeso ou obesidade) há uma faixa de ganho de peso recomendada para cada idade gestacional. c) Para o primeiro trimestre o ganho de peso é previsto por semana, e para o segundo e terceiro trimestre o ganho de peso gestacional é previsto por período. d) O ácido fólico tem efeito protetor contra anemia e deve ser prescrito à gestante a partir da 20ª semana de gestação e até o 3º mês pós-parto.
  • 45. REFERÊNCIA BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Atenção ao pré-natal de baixo risco. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 2012. p.318.