Poucas palavras

408 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
408
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Poucas palavras

  1. 1. Poucas Palavras
  2. 2. 5 5 5 minutosEsse tempo é pouco tempopouco tempo é tempo muitoSociedade em tempo mútuoEsse tempo é muito tempomuito tempo é tempo muito
  3. 3. O Livro Viu um livro Leu um livroSentiu um livroAbriu um livroViveu um livroFOI um LIVRE
  4. 4. Minha cabeça é um ser pensante autônoma e diferente.Quando entro na minha mente meu corpo sai do lugar. Alienígena viajante ultrapasso espaço-tempo Envolvendo sentimentos mais comuns entre as crianças Imaginação e suas danças inspiradas na alegria Para que eu possa algum dia encontrar outro viajanteMinha cabeça é um ser pensante autônoma e dif...
  5. 5. Rabiscos A tinta que cai no papel é a fala sem ondas sonorasé o choro e o grito que outroraminha boca não soube expressar Quando a tinta inicia a pintura todo artista viaja por ela e a arte da escrita é tão bela que me chama de forma suave O rascunho pra mim é a chavese transforma, mas nunca se perdee as palavras, por isso, me seguem pedindo para rabiscar E as palavras não querem parar e as palavras não podem parar.
  6. 6. Viajante Andou por todo o mundo voltou e viu a lua Voou de forma pura e viajou para fora da Terra Lá não havia guerra sobrevivia a fartura O futebol uma loucura, era pouca a gravidade Verdadeira era a verdade da paz, do amor e do trabalho Sorrisos igualitários entre habitantes e forasteiros São Jorge foi o primeiro visitante desse chão Quando viu aquele dragãocom valentia levantou sua espada Logo viu que não havia nada de monstruoso no fumacentoO cospe-fogo era puro sentimento como um cachorro brincalhão Viu que lá nada é em vão É pura imaginação
  7. 7. Samba Loko Quando quiser ficar junto é só me chamar que eu vouEmbalado nesse teu compasso, alegre e tranquilo, é nele que voo O meu samba meio discreto parece até se encaixar Em sua suave harmonia sincera e tão linda que me faz sonhar.
  8. 8. A glória é coletiva Não existe glória passivanem amor no preconceitoSe houvesse só um conceito nenhuma glória haveria pois a noite e o dia convivem em harmonia
  9. 9. Poucas Palavras Olho para baixo e Ando levanto a cabeça e ObservoAndo observando e PensoObservo pensando e Escrevo
  10. 10. Inveja?Dizem por aí que artista é meio preguiçoso ... Por trabalhar sorrindo Por viver pensando Por sonhar dormindo E acordar sonhando
  11. 11. Inspiração Posso te ver? É que gosto de me perder No meio dessas palavras Me sinto filho de suas dádivasE viajo nas frases harmônicas de meus irmãos Inspiração Tanto te cortejo Que quando te vejo Já não peço permissão Respiro inspiração
  12. 12. Seus olhos verdes não seriam estranhosse fossem azuis, negros ou castanhos... Gosto de seus olhos. Mas prefiro suas ideias.
  13. 13. Pensei , escrevi, amassei e joguei fora.Pensei, escrevi, amassei e joguei fora. Inspiração não vá embora!
  14. 14. Trocou os pés pelas mãos A corrida por um botão A bola pelo CD O campinho pela TVGol de placa de um personagem Alegria em uma imagem Mas quando foi comemorar Seus amigos não estavam lá.
  15. 15. R.I.PA única vez em que usei terno estava louco Era homem vivo Era homem morto Era um ser da Terra Era um puro aborto Era tudo aquilo que escolhi Usei um terno como o do patrão Sem saber de antemão Se foi eu que me vesti
  16. 16. Uma Dica a Rix(ch)a Toda guerra nasce morta Incitando a intolerância E os guerreiros mortos-vivos Obedecem quem comandaRei dos mortos, por favor, me escute Liberte esses pobres guerreirosPara que pensem sobre a tolerância E ressuscitem a paz a terceiros
  17. 17. Grito! A palavra despertou a dúvida e por ela criou-se o grito.Tão inquieto desesperado e assustador que despertou pensamentos de vida Então um coro ecoou Um grito tão alto e sincero Dando poder à palavra E origem a outros mistérios.
  18. 18. ReflexãoFui criado dos sonhos para sonhar com a criação Tornei-me criatura e criador Libertando-me do motor Que movimenta um imaginário coletivo Já nem sei do que precisoSou criatura dos sonhos e deles não me esquivo Sou um mero reflexo criativo Liberto pelos criadores para criar a liberdade Esta, corre pela cidade Procurando sorrisos, sonhos e criações Seriam elas menções Da verdadeira reciprocidade?
  19. 19. Marcos: 12:31 Os dois olhos cansados veem os seres de outra forma, não que tudoseja bom, em suas orações ele sempre relembra que só há miséria peladureza do coração dos homens. Ele tem fé no que poderia ser, sua féinspira, nos lembra de que ainda já bondade e que a utopia é o caminhopara livrar-nos dos estereótipos. A liberdade em nós já não existe sem os outros, não sei o quanto euensino, apenas reconheço o valor daquilo que aprendo. Observo com meusjovens olhos aqueles olhos cansados. Este dispõe de sua energia em prol dodescanso dos outros. Ele luta inspirado pela esperança, para que a equidade dos olharesesteja presentes nos olhos do mundo.
  20. 20. . SIMPLICIDADE É A FORMA MAIS BONITA DE SENTIRA ALEGRIA
  21. 21. MEDO Periculosidade mórbida Vivendo pela indiferençaImpondo a cultura do MEDOPadronizando a contradição A alguns nada importa Outros nada falam E quem fala é calado Pela cultura do medo
  22. 22. Os Sonhos do MundoO sentido sentindo o marasmo de ser tão normal. E a língua madura descreve a loucura em mim. Sem saber do poder da palavra A vertigem no meio do nadaEmana o cheiro suave da nuvem tranquila em que habitam os sonhos do mundo.
  23. 23. DúvidaSem sombra de dúvidas alguém viu a sombra e a dúvida. Pressionou a dúvida e moldou a sombra...Dos olhos dele saiam cinzas das grandes guerras, o pânicoconstante do individualismo, a moldura em que tentaram colocar nossas faces. Após, depois, além, percebeu que há muita vida além, depois, após, avesso à moldura padrão.
  24. 24. Sombra Tenho que sair daqui ? tudo parecia tão harmonioso um tempo bom nessa friaca curitibana... O ar tóxico volta a agiralterando a sintonia em uma dissonância incompreensível. Quem tem a resposta para a primeira pergunta?Diante de uma segunda tenho medo de buscar resposta.
  25. 25. Pessoas que não existem rondam nosso imaginário tornando-seprojeções reais de um louco platonismo.Pessoas que não existem rondam nosso imaginário tornando-seprojeções reais de um louco platonismo.O sorriso e o martírio nauseados sob uma paz macia e cega, sobuma tumultuada guerra inquieta, sempre uma sobre a outra e aoutra sobre uma se misturam em gestos, cores, gostos, cheiros,abraços...CALMA! Pessoas que não existem rondam nosso imagináriotornando-se projeções reais de um louco platonismo.Sinto-me desarmado, a arma está na mão da nostalgia, foi tudo tãobonito e o sol brilhava em nossos rostos, nos olhamos de umamaneira diferente, harmoniosa.Beijamo-nos alguns dias depois Ainda fecho os olhos e sinto a certeza de estarmos juntos, umespírito bom que vem sussurra em meus ouvidos “sonhe, ainda háum caminho”, as portas se fecham em minha frente “sonhe” já nãohá estrutura para construir pontes “sonhe.”. O que você é espírito?, porque a tua paz não é completa?...“a minha paz se perde a partir do momento que você abre osolhos”.
  26. 26. Sétimo DiaDomingo; 00:15A esposa sentou-se em frente a televisão, trocando repetidamente de canal, o alívio naquela caixa não era o mesmo desempre, a noite normalmente típica tornava-se inquieta e as palavras de seu pastor fulminavam em sua cabeça.O marido sai de casa, calado, estranho e olhando o chão. Quatro anos sem beber, havia passado por uma fortemudança que o libertara do vício, mas sua mente momentaneamente desesperada estava o levando diretamente ao bar.Seu antigo amigo quando o vê pergunta " tem certeza homem ? Volte para a casa e descanse um pouco ".A filha adolescente vê uma cena estranha, a mãe estática no sofá e o pai saindo sério e quieto de casa. Desde a jantaaquela casa experimenta o som do silêncio, som este que se inspirava nos escritos daquela menina.Sábado; 16:00Não há forma de esquecer, e pelo que vejo, essa casa está com o segredo enrolado no pescoço.Meu pai mentiu uma doença, faltou o trabalho e está dormindo até agora. A mãe passou o dia inteiro "atuando umavida normal". O único ser normal nisso aqui é o cachorro.Sábado; 20:30A mãe ligou a TV em um volume acima do normal, geralmente isso ocorre quando ela acha necessário evitar algumdiálogo." Chama teu pai! é hora da janta".Bati na porta, não houve resposta. Abri uma fresta e lá estava ele olhando o teto." Já vou , só um minuto "Pularam a oração e no noticiário fervia desgraça. Dentre elas uma chamou a atenção - o óbito de um garoto de 20 anose o choro desesperado de sua mãe.O único comentário antes do silêncio culpou o Estado por não cuidar de seus jovens.Sábado; 13:30" Aquela puta não tem vergonha na cara ? Vir até aqui em casa pedir ajuda pro bastardo ? Tem que ser muito cara depau! "" Não tenho mais nada a ver com aquela vadia ! Já pago a pensão porra! Falei pra ela nunca mais me procurar. Porfavor, vamos esquecer isso! "Descobri que tenho um irmão. Como é que esses dois conseguiram esconder por tanto tempo?Domingo; 18:00Já fingimos tudo por ontem, agora vamos a igreja buscar o perdão.
  27. 27. Sopro de VidaAcordou com um feixe de luz passando perto de seus olhos, não conseguiaperceber realmente o que estava acontecendo. Sentou nas escadarias docentro da cidade, abriu a carteira de cigarros, havia apenas um, resolveuguardar para depois.Começou a olhar e percebeu as pessoas apressadas, sem tempo para ver omaluco andando de skate, pulando alto , os rapazes fazendo malabares nossinaleiros e a piazada sonhando em ser jogador de futebol em um campinhoimprovisado ali na praça. Tentou gritar " Porra! Jogaram os seus sentidos nolixo? " mas ninguém sequer olhou ......De longe toca uma música, um som estranho, suave e profundo... Já não sepode perder esse momento, viveu tanto tempo preso no tempo que suasensibilidade ficou debilitada ... talvez possa sentir algo que já não sentia hámuito tempo...Vai atrás dessa música... Corre atrás dela... desesperado e alegre como umacriança atrás de uma pipa que cai lentamente, de maneira suave e bela...A música cai em uma casa...Entra e vê a mulher gradualmente diminuindo o ritmo de suas mãos sobre opiano.....Acende o cigarro que tinha guardado em seu bolso, observa e escutapacientemente a melodia ....Em meio à fumaça percebe um feixe de luz...
  28. 28. Quem sabe algum dia algum sonho sonhará por inteiro... A esperança é o que me deixa vivo... Para saber quando a euforia será minha amiga... E quanto do meu abraço terá...
  29. 29. Perigo! Não sei qual é o prazer que ela tem. Só sei que sua coleção decabeças cresce cada vez mais...Conscientemente e inconscientemente tratando suas vítimas com aplena vingança depressiva e venenosa que vem da sua lembrança...Não está quantificado quantas mentes ela precisa controlar paracurar sua ferida... Difícil saber quantos foram decapitados pelassuas armadilhas... Difícil fugir... pois após seduzi-lo ela te controla como umamarionete , te machuca com seus bonecos vodus e te sufoca comum abraço. Antes de ganhar sua cabeça... ela suga a alma... comeseu coração cru, espera o sangue escorrer até que no últimoinstante não haja mais nenhum sopro de vida...Ela quer ver aangústia, o sofrimento, rir enquanto seus olhos sangram...
  30. 30. A FÉ Os pensamentos de um corpo sólido... em uma alma líquida... ninguém sabe o porquê ... o porém... só vem e volta e revolta... Pensamentos voltam... para uma nostalgia... Com um novo rosto... nova forma... nova cor... mas ela volta... eles voltam.. talvez não no mesmo sentido... eles revoltam em saber que há o passado... há o crítico... mas o "se" não há... sinto que tenho que seguir o novo... e sentir como o novo me vê...não sempre tão novo... pois a nostalgia nos cerca... mas há tentativas.. alternativas... HÁ FÉ...
  31. 31. O significado da insignificância Um ator em sua pura e simples comédia. Risadas significativas,alegria no prazer do momento...A paixão repassada a ele vem por conta de sua maior virtude, a deesconder seus medos e fraquezas. Qual o verdadeiro valor por trás dessa máscara de palhaço? Quem vê não conhece, quem escuta não sente, quem fala nãosabe do destrutivo prazer das drogas de sua vida. A substituição de sua imagem, de seu valor é maçante, entretanto,quase vencido pelo cansaço, já não há problema de correr orisco................................. Não há mais motivos para se esconder...
  32. 32. DúvidaNa razão e na emoção há duas portas.. seria bom seeu pudesse me dividir em dois e passar pelasduas...pois.. não sei qual é a resposta certa... tambémnão sei se minha razão é emocional ou se minhaemoção é racional....PORRA!!
  33. 33. Último goleInsônia fudida... Este é o último gole de álcool...Geralmente este é o ponto de partida para o término danoite... Mas hj já não sei...É complicado ver o nada, e ficar sem ânimo para ver oresto... é complicado..Cada vez mais... mais receio... de correr atrás...É nesse momento que os dias começam a demorar ... eficam cansativos....é estranho... beberei agora o último gole...
  34. 34. OraçãoSóbrio de mim mesmo...Agora que vejo minhas piores falhas, meus piores medos...Agora... AGORA!!! maldito agora...Agora que peço perdão...Agora que penso em mudar... e na agonia de ter pensadoisto antes...Esse agora que pode durar horas, dias, meses, ... ... ... ... ......
  35. 35. correr... falar...passar... ver... esquecer...sentir... ouvir...esquecer...beber...sorrir.....................calar...esquecer...acordar..parar..lembrar...GRITAR!!!... cansar... dormir... sonhar...correr...BATER!!!...
  36. 36. Estou para floresVocê viu o noticiário ?- Não, hoje estou para floresPosso estar contigo ?- Claro, sinta o perfumeGosto deste cheiro, me deixa tranquilo... Poderia ficar aqui o dia inteiro, hámúsica em mim..- O que sente ?Apenas paz...- Bom né ?Poxa, ótimo...- Você viu o noticiário ?Não, hoje estou para flores- Haha, ótimo! ... veja só como o dia está bonito... olhe estas árvores... sinta apaz, o ventoAham... Está perfeito... está perfeito.........Qual seu nome ?- LisbelaComo está ??- para flores.. e vocêTambém, contigo........Estou sonhando ??- Sim, mas aproveite o tempo, os minutosTu estará aqui novamente?- Talvez em outro sonho guri...O mesmo momento?- Espero que sim... depende de ti guri...Estarei aqui.... Para flores....
  37. 37. Se a imaginação expressa vontadeCriamos verdade em um sonho sem um fim Se nessa expressão entoa a maldade Sabemos que a paz é quem roga por ti
  38. 38. DomingoA rua é fria; os bares são becos, onde me escondo de uma forçamaior que está prestes a me abduzir... O silêncio é um castigo... Asvozes criam corpo, criam alma...O grito de desespero entalado em minha garganta é expulso emacordes..Meu coração bate por algo que não é meu... Espero sentir seuperfume para sempre ou nunca mais...Sirva-me um copo de conhaque, e cerveja para meus amigos, pois,estes me fazem rir.. Chamo-os de senhores, pois são dignos destadenominação...Mesmo que durma bêbado hoje... Amanhã volto a trabalhar.E a vida vai.................................................................
  39. 39. Eu procuro o melhor deste seu coração frio, para que não morra ,não pare... posso lhe oferecer uma descarga de vida... mas terá quecuidar para que não fique pior do que está....- Deixe-o morrer...Por favor, venha comigo... ainda deve lhe restar algumaesperança...- ...Por favor, venha comigo..- Tenho medo...Por favor , venha comigo.......................
  40. 40. AnjosSomos anjos e vivemos ao redor deles... dançamos,cantamos ,rimos junto a eles.... sofremos e choramos juntoa eles... dizemos não caia , não chore, cuidado , calma ........porém a angustia e o orgulho os deixam surdos.. e o quenos resta é bater com a cabeça na parede.....porque fomos escolhidos para os seres humanos ??
  41. 41. umUma sequência de fatos que mudou por um motivoconhecido apenas por um...... sentindo medo de que suaspretensões se transformem em fatos que terminem em umponto final infeliz...( Me dê um abraço que me faça esquecer de tudo )( Me dê força para superar os desafios )( Me dê asas algum dia.... como a de um arcanjo livre dejulgamento..... )
  42. 42. FelicidadeSeparou os dias e viu que nunca mais seria escuro, esperouque o nunca acabasse.. e os dias viraram noites...Pode se construir um mundo sozinho??? estou muitoconfuso, não consigo separar o tempo... este muda de umahora para outra... está frio, mas logo muda."A felicidade é como a pluma que o vento vai levando peloar,voa tão leve mas tem a vida breve ... precisa que hajavento sem parar " ( Antonio Carlos Jobim e Vinicius deMoraes )
  43. 43. Corra Guri!Não percebe o que está a sua frente, ele corre em quadras semmedida de espaço e tempo, "vamos guri, corra..."... algo o faz seguircaminhos indeterminados. O que ele deseja é voar.Acredita em Deus, acredita no diabo, conhece bem a paixão, seatreve até a explicá-la, mas não faz o mesmo quando se refere aoamor dos românticos, não consegue a adaptação com a fé, nãoalcança a felicidade que procura, admira muito seus pais e se sentemal por não conseguir seguir tudo o que lhe foi ensinado, sonhademais, idealiza demais, não acredita tanto quanto sonha, procurafrear tantos sonhos. Espera que o destino demonstre compaixão.Porém, não acreditando em destino, espera até aprender aacreditar. Por isso ele corre, buscando algo maior e esperando suasasas que o levará ao céu.
  44. 44. Pai nosso Deus virou homem E o santo cristo vem de terno O livro, livre, sagrado, eterno É censurado por mera doutrina Existe democracia divina ? Ou livre interpretação ? Lute Lutero! por seus irmãosVolte e mostre que igreja não é exclusão. Ou é ?
  45. 45. Global Só queria ser artista não capa de revistanem maquinário de manipulação
  46. 46. Estímulos CulturaisMediocridade, ganância, indiferença e preconceito O reflexo de uma sociedade que está matando a cultura Opressão mediana, ténue e obscura Que agrava o ódio, incitando a loucura Mas de longe se escuta o som da alvorada Batuques tranquilos Os sorrisos e suas graças Escutando esse som eu acordo e percebo Que a cultura que vive é tudo que vejo
  47. 47. O foda é que não entendo por esse ponto de vistaTalvez eu seja estranhoou um ser minimalista
  48. 48. Coração de ferroDinheiro e arrumado Cuidado! Lá vem o diabo...
  49. 49. A última árvore no último muro
  50. 50. Samba loko Meio tortoSamba o som e a naturezaTodo samba tem belezaE a beleza vem do samba
  51. 51. O ócio criativo tem no tempo um amigo

×