SlideShare uma empresa Scribd logo
Orientadora de estudo
Olívia Fernanda de Oliveira
E-mail: oliviafernanda@hotmail.com
Pauta 17/08/2013



Leitura deleite: Valentina.




Apresentação dos objetivos da unidade 4.
Reflexão



Texto 1 – “ Ser cuidado, brincar e aprender: direitos de todas as crianças”.



Relato de experiência da aluna Laísa.



Atividade em grupo: Pauta de observação e análise dos jogos.



Socialização da atividade pelos grupos.



Tarefa: Analisar os quadros de “Direitos de Aprendizagem – componente
Matemática” e identificar no livro didático atividades relacionadas com os
direitos de aprendizagem de Matemática.
Planejar uma aula, inserindo situações lúdicas de aprendizagem do SEA.

Realizar a aula planejada, anotando as impressões sobre a participação e
aprendizagem das crianças, não se esqueça de fotografar.
Objetivos da Unidade:
 Conhecer a importância do uso de jogos e brincadeiras no processo
de apropriação do SEA, analisando jogos e planejando aulas em que
os jogos sejam incluídos como recursos didáticos;

 Compreender a importância de organizar diferentes agrupamentos em
sala de aula, adequando os modos de organização da turma aos
objetivos pretendidos;
 Compreender e desenvolver estratégias de inclusão de crianças com
deficiência visual, auditiva, motora e intelectual, bem como crianças
com distúrbios de aprendizagem no cotidiano da sala de aula;
 Conhecer os recursos didáticos distribuídos pelo Ministério da
Educação e planejar situações didáticas em que tais materiais sejam
usados.
Reflexão

Reflexão

•Que palavras vem a mente quando ouve falar em jogo ou
brincadeira?
• Que palavras vem a mente quando ouve alar em

• Quais os benefícios os jogos e brincadeiras trazem para o
jogo ou brincadeira?
trabalho pedagógico?
• Quais os benefícios os jogos e brincadeiras

trazem para o uma atitude inclusiva do
• O que caracterizatrabalho pedagógico? professor no
trabalho com brincadeiras euma atitude inclusiva do
• O que caracteriza jogos?

professor do professor nas situações e jogos
• Qual o papelno trabalho com brincadeiras dejogos? e
brincadeiras?
• Qual o papel do professor nas situações de jogos

e brincadeiras?
• Quais os critérios devem ser observados pelo professor
na organização dos agrupamentos? ser observados pelo
• Quais os critérios devem

professor na organização dos agrupamentos?
Ser cuidado, brincar e aprender:
direitos de todas as crianças
“Brincar com a criança não é perder tempo, é
ganhá -lo; se é triste ver menino sem
escola, mais triste ainda é vê-los
sentados, tolhidos e enfileirados em uma
sala de aula sem ar, com atividades
mecanizadas, exercícios estéreis, sem valor
para a formação dos homens críticos e
transformadores de uma sociedade.”
(Carlos Drummond de Andrade)
Benefício físico – desenvolve habilidades motoras e de
expressão corporal;
Benefícios cognitivos – desenvolve habilidades
perceptuais, como atenção, memória dentre outras.
Benefícios sociais – aprende a respeitar e ser respeitada

Ponto de vista didático

– desenvolve conceitos de
atitudes e desenvolvem habilidades diversas, integrando
aspectos cognitivos, sociais e físicos, estes podem
despertar seu interesse pelos conteúdos curriculares.
Perspectiva
de currículo inclusivo –
todos tem direito a aprender, a brincar, a
se divertir. Promovendo, desse modo, uma
educação em que os cuidados com as
crianças implicam no respeito às
diferenças e no favorecimento de
situações
seguras
e
lúdicas
de
aprendizagem.
Vídeo

“Brincadeiras e jogos”
Programa Pró-letramento
Trabalho em grupo: Cada grupo apresentará um livro
citado na apostila e as sugestões de atividades propostas.
A literatura, o brincar e o aprender a língua e outros
conteúdos curriculares

Andrea Tereza Brito Ferreira
Ester Calland de Sousa Rosa
Rosinalda Teles

•

Educação literária – a familiarização com diferentes textos e obras do acervo não
significa roubar tempo das aulas de História, Geografia, de Ciências ou de Matemática;

•

Pode ser um caminho para preservar o tempo e a brincadeira em sala de aula e
simultaneamente apresentar os conteúdos de curriculares;
Na obra observa-se a intenção de ensinar
habilidades
matemáticas
de
medição, principalmente
da área de retângulos. Neste exemplo é
importante compreender a Matemática
utilizada pelos personagens para entender a
história. Desse modo, nesta obra, tanto a
matemática
serve
de
base
para
a
história, pois o texto parece ter sido escrito
para ensinar
tais
conteúdos,
como
é
necessário
compreender a Matemática para entender a
história.
Com a leitura do livro “As três partes”, vamos conhecer a
história de três figuras geométricas,
triângulo, retângulo e trapézio. Geradas a partir da decomposição de
um hexágono, que representava
uma casa, elas vão compondo diferentes seres e objetos e vão parar no
apartamento de uma
senhora, onde a brincadeira continua. Sem valorização excessiva de
terminologias, a obra promove
uma exploração inicial das figuras geométricas.
Exemplo 2: “As três partes
”

Neste outro exemplo, também apresentado por Lima e Teles (2012), a
obra conta a
história da casa que se divide em três partes e resolve se transformar em
outras coisas,
para só depois voltar a ser casa. Nela percebe-se que a Matemática emerge da
história por
meio das conexões feitas pelo leitor. Os conceitos matemáticos são mobilizados
de modo
que não são explícitos. Há, na realidade, um jogo em que é por meio de
inferências que se
chega ao reconhecimento de figuras geométricas.
Brincando com dobraduras
Texto: Thereza Chemello
Imagem: Vagner Vargas e Solange
Mazzaro
Editora: Global

Dobrar, dobrar e dobrar... e, de repente, um animal
formar!

“Brincando com dobraduras” é um livro que nos ensina a criar diversos
animais, casas, flores e objetos.
A construção de cada dobradura é explicada por meio de desenhos e
algumas indicações que
auxiliam a criança a começar a entender a simbologia relativa às
dobraduras. Com esse material, a
Geometria vira uma diversão, e aprendemos, também, sobre diferentes
tipos de papel.
As autoras apontam que na obra “Brincando com dobraduras” é possível
vivenciar a Matemática
enquanto se realiza as atividades práticas de confecção de dobraduras.
Nessa ação, a
Matemática sai do contexto do texto do livro e passa a integrar-se
naturalmente à vida real,
por meio da manipulação de papel durante a montagem de dobraduras.
Exemplo 3:

Exemplo 3: “Brincando com dobraduras”
Era uma vez um menino travesso...
Texto e Imagem: Bia Villela
Editora: Escala Educacional

A partir da história de um garoto que tem muitos
amigos, gosta de animais de estimação e toca violino,
“Era uma vez um menino travesso...” busca explorar, de
forma lúdica, o número no seu significado de quantidade.
A obra trabalha, ainda, com algumas representações
de um mesmo número (em algarismos hinduarábicos,
por extenso) e apresenta diversos conjuntos
com a quantidade em foco, tanto no rodapé quanto na
figura central das páginas.
Brinque-book com as crianças na cozinha
Texto: Gilda de Aquino
Imagem: Estela Schauffert
Editora: Brinque-Book
Apresentando a arte de cozinhar como algo prazeroso,
“Brinque-book com as crianças na cozinha” traz
receitas simples e investe na orientação dos cuidados
que se deve ter, ao preparar comidas, de modo a evitar
acidentes e contaminações. O livro é rico em informações
matemáticas, principalmente para o campo
de grandezas e medidas. Há variedade nas grandezas
tratadas e se incluem unidades convencionais e não
convencionais, padronizadas e não padronizadas.
No exemplo a seguir, Lima (2012) discute a partir da receita de Torta Preguiçosa
de Maçã que para preparar a receita é preciso saber quais são os ingredientes e as
quantidades necessárias. Ao ler cada item listado, o leitor percebe que é indicada a
quantidade do ingrediente. Durante a organização dos ingredientes da receita é necessário
contá-los ou medi-los. Também é necessário saber quanto tempo o alimento passará no
forno e a qual temperatura. Todas essas informações estão no texto, inclusive a ordem e o
modo como os ingredientes são dispostos no recipiente.
Ao utilizar esta receita, é necessário interpretar as
informações contidas no texto para o preparo da mesma,
mobilizando conhecimentos relativos à estrutura específica do
gênero textual e os relativos à Matemática.
É claro que não é o texto em si que assegura tal
abordagem. É na ação planejada pelo professor, que precisa
estabelecer seus objetivos de ensino e as metas de
aprendizagem para seus alunos, que tanto o livro de literatura
quanto outros livros disponíveis em sala
de aula podem compor um programa curricular que tem a
ludicidade como princípio central.
Tarefa
• Planejar uma aula, inserindo situações lúdicas de
aprendizagem do SEA.
• Realizar a aula planejada, anotando as impressões
sobre a participação e aprendizagem das
crianças, não esqueça de fotografar.
• Analisar os quadros de “Direitos de Aprendizagem
– componente Matemática” e identificar no livro
didático atividades relacionadas com os direitos de
aprendizagem de Matemática.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Jogos no Ciclo da alfabetização
Jogos no Ciclo da alfabetizaçãoJogos no Ciclo da alfabetização
Jogos no Ciclo da alfabetização
Denise Oliveira
 
Planejamento e rotina pnaic 2015
Planejamento e rotina pnaic 2015Planejamento e rotina pnaic 2015
Planejamento e rotina pnaic 2015
Fabiana Esteves
 
Língua portuguesa 1º ano
Língua portuguesa   1º anoLíngua portuguesa   1º ano
Língua portuguesa 1º ano
Magistério Magistério
 
Encontro do dia 30 de junho e 07de julho
Encontro do dia 30 de junho e 07de julhoEncontro do dia 30 de junho e 07de julho
Encontro do dia 30 de junho e 07de julho
Solange Goulart
 
A matemática e o dia a dia texto
A matemática e o dia a dia  textoA matemática e o dia a dia  texto
A matemática e o dia a dia texto
gilmar_adv
 
Encontro 3 alfabetização matemática em pdf
Encontro 3  alfabetização matemática em pdfEncontro 3  alfabetização matemática em pdf
Encontro 3 alfabetização matemática em pdf
Joelma Santos
 
Sequencia didática Multiplicação Professora Graziela de Melo
Sequencia didática Multiplicação  Professora Graziela de MeloSequencia didática Multiplicação  Professora Graziela de Melo
Sequencia didática Multiplicação Professora Graziela de Melo
Solange Goulart
 
Ambiente alfabetizados em Matemática - PNAIC Bertioga
Ambiente alfabetizados em Matemática - PNAIC BertiogaAmbiente alfabetizados em Matemática - PNAIC Bertioga
Ambiente alfabetizados em Matemática - PNAIC Bertioga
Aline Manzini
 
Apresentação 2 unidade 4
Apresentação 2 unidade 4Apresentação 2 unidade 4
Apresentação 2 unidade 4
Olívia Oliveira
 
Sequencia didática. Encontro com dois grupos do PNAIC-2014
Sequencia didática. Encontro com dois grupos do PNAIC-2014 Sequencia didática. Encontro com dois grupos do PNAIC-2014
Sequencia didática. Encontro com dois grupos do PNAIC-2014
Solange Goulart
 
Matemática anos iniciais
Matemática   anos iniciaisMatemática   anos iniciais
Matemática anos iniciais
Damisa
 
Alfabetização e letramento matemático pnaic
Alfabetização e letramento matemático pnaicAlfabetização e letramento matemático pnaic
Alfabetização e letramento matemático pnaic
Magda Marques
 
Jogos de matemática
Jogos de  matemáticaJogos de  matemática
Jogos de matemática
Simone Dias
 
Jogos matemáticos educação infantil
Jogos matemáticos   educação infantilJogos matemáticos   educação infantil
Jogos matemáticos educação infantil
Colégio Madre Bárbara
 
ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA
ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICAALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA
ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA
Leonarda Macedo
 
9º encontro pnaic 2014 vânia ok
9º encontro pnaic 2014 vânia ok   9º encontro pnaic 2014 vânia ok
9º encontro pnaic 2014 vânia ok
Wanya Castro
 
Trabalhando Matemática nos Anos Iniciais
Trabalhando Matemática nos Anos IniciaisTrabalhando Matemática nos Anos Iniciais
Trabalhando Matemática nos Anos Iniciais
luciany-nascimento
 
Cantos de atividades
Cantos de atividades Cantos de atividades
Cantos de atividades
vivianelima
 
Sequencia didática boneco de lata
Sequencia didática boneco de lataSequencia didática boneco de lata
Sequencia didática boneco de lata
Dário Reis
 

Mais procurados (19)

Jogos no Ciclo da alfabetização
Jogos no Ciclo da alfabetizaçãoJogos no Ciclo da alfabetização
Jogos no Ciclo da alfabetização
 
Planejamento e rotina pnaic 2015
Planejamento e rotina pnaic 2015Planejamento e rotina pnaic 2015
Planejamento e rotina pnaic 2015
 
Língua portuguesa 1º ano
Língua portuguesa   1º anoLíngua portuguesa   1º ano
Língua portuguesa 1º ano
 
Encontro do dia 30 de junho e 07de julho
Encontro do dia 30 de junho e 07de julhoEncontro do dia 30 de junho e 07de julho
Encontro do dia 30 de junho e 07de julho
 
A matemática e o dia a dia texto
A matemática e o dia a dia  textoA matemática e o dia a dia  texto
A matemática e o dia a dia texto
 
Encontro 3 alfabetização matemática em pdf
Encontro 3  alfabetização matemática em pdfEncontro 3  alfabetização matemática em pdf
Encontro 3 alfabetização matemática em pdf
 
Sequencia didática Multiplicação Professora Graziela de Melo
Sequencia didática Multiplicação  Professora Graziela de MeloSequencia didática Multiplicação  Professora Graziela de Melo
Sequencia didática Multiplicação Professora Graziela de Melo
 
Ambiente alfabetizados em Matemática - PNAIC Bertioga
Ambiente alfabetizados em Matemática - PNAIC BertiogaAmbiente alfabetizados em Matemática - PNAIC Bertioga
Ambiente alfabetizados em Matemática - PNAIC Bertioga
 
Apresentação 2 unidade 4
Apresentação 2 unidade 4Apresentação 2 unidade 4
Apresentação 2 unidade 4
 
Sequencia didática. Encontro com dois grupos do PNAIC-2014
Sequencia didática. Encontro com dois grupos do PNAIC-2014 Sequencia didática. Encontro com dois grupos do PNAIC-2014
Sequencia didática. Encontro com dois grupos do PNAIC-2014
 
Matemática anos iniciais
Matemática   anos iniciaisMatemática   anos iniciais
Matemática anos iniciais
 
Alfabetização e letramento matemático pnaic
Alfabetização e letramento matemático pnaicAlfabetização e letramento matemático pnaic
Alfabetização e letramento matemático pnaic
 
Jogos de matemática
Jogos de  matemáticaJogos de  matemática
Jogos de matemática
 
Jogos matemáticos educação infantil
Jogos matemáticos   educação infantilJogos matemáticos   educação infantil
Jogos matemáticos educação infantil
 
ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA
ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICAALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA
ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA
 
9º encontro pnaic 2014 vânia ok
9º encontro pnaic 2014 vânia ok   9º encontro pnaic 2014 vânia ok
9º encontro pnaic 2014 vânia ok
 
Trabalhando Matemática nos Anos Iniciais
Trabalhando Matemática nos Anos IniciaisTrabalhando Matemática nos Anos Iniciais
Trabalhando Matemática nos Anos Iniciais
 
Cantos de atividades
Cantos de atividades Cantos de atividades
Cantos de atividades
 
Sequencia didática boneco de lata
Sequencia didática boneco de lataSequencia didática boneco de lata
Sequencia didática boneco de lata
 

Destaque

Simulado 1º ano Portugues
Simulado 1º ano PortuguesSimulado 1º ano Portugues
Simulado 1º ano Portugues
Elisa Telles
 
Apresentação unidade 5
Apresentação unidade 5Apresentação unidade 5
Apresentação unidade 5
Olívia Oliveira
 
Livro sem pé nem cabeça
Livro sem pé nem cabeçaLivro sem pé nem cabeça
Livro sem pé nem cabeça
Olívia Oliveira
 
O mistério do ovo power point
O mistério do ovo power pointO mistério do ovo power point
O mistério do ovo power point
lurdestecedeiro
 
Animaçao para Idosos
Animaçao para IdososAnimaçao para Idosos
Animaçao para Idosos
animaclub
 
Livro de textos aluno ler e escrever
Livro de textos aluno ler e escreverLivro de textos aluno ler e escrever
Livro de textos aluno ler e escrever
Fabiana Esteves
 

Destaque (6)

Simulado 1º ano Portugues
Simulado 1º ano PortuguesSimulado 1º ano Portugues
Simulado 1º ano Portugues
 
Apresentação unidade 5
Apresentação unidade 5Apresentação unidade 5
Apresentação unidade 5
 
Livro sem pé nem cabeça
Livro sem pé nem cabeçaLivro sem pé nem cabeça
Livro sem pé nem cabeça
 
O mistério do ovo power point
O mistério do ovo power pointO mistério do ovo power point
O mistério do ovo power point
 
Animaçao para Idosos
Animaçao para IdososAnimaçao para Idosos
Animaçao para Idosos
 
Livro de textos aluno ler e escrever
Livro de textos aluno ler e escreverLivro de textos aluno ler e escrever
Livro de textos aluno ler e escrever
 

Semelhante a Apresentação 1 - unidade 4

A importância da matemática na alfabetização da criança
A importância da matemática na alfabetização da criançaA importância da matemática na alfabetização da criança
A importância da matemática na alfabetização da criança
Cristina Manieiro
 
Portfólio educação matemática
Portfólio educação matemáticaPortfólio educação matemática
Portfólio educação matemática
Micheli Rader
 
Portfólio educação matemática
Portfólio educação matemáticaPortfólio educação matemática
Portfólio educação matemática
Micheli Rader
 
Educação matemática
Educação matemáticaEducação matemática
Educação matemática
Micheli Rader
 
Portfólio educação matemática
Portfólio educação matemáticaPortfólio educação matemática
Portfólio educação matemática
Micheli Rader
 
Planejamento do 6ª encontro tarde certo
Planejamento do 6ª encontro tarde  certoPlanejamento do 6ª encontro tarde  certo
Planejamento do 6ª encontro tarde certo
PACTO SEGUNDO ANO ÁGUA PRETA
 
Unidade 4 matemática (1)
Unidade 4   matemática (1)Unidade 4   matemática (1)
Unidade 4 matemática (1)
Naysa Taboada
 
PNAIC - Ano 03 unidade 4
PNAIC - Ano 03   unidade 4PNAIC - Ano 03   unidade 4
PNAIC - Ano 03 unidade 4
ElieneDias
 
Alfabetizacao jogos pedagogicos
Alfabetizacao jogos pedagogicosAlfabetizacao jogos pedagogicos
Alfabetizacao jogos pedagogicos
Isa ...
 
Atpsfundamentosdematematica 131208143806-phpapp01
Atpsfundamentosdematematica 131208143806-phpapp01Atpsfundamentosdematematica 131208143806-phpapp01
Atpsfundamentosdematematica 131208143806-phpapp01
Joselinacardoso
 
Atpsfundaments
AtpsfundamentsAtpsfundaments
Atpsfundaments
Joselinacardoso
 
Monografia
MonografiaMonografia
Fundamentos e metodologia de matemática
Fundamentos e metodologia de matemáticaFundamentos e metodologia de matemática
Fundamentos e metodologia de matemática
Paulo Wanderson
 
PNAIC - MATEMÁTICA - 2014 Caderno 8 Parte - 2 Resolução de Problemas
PNAIC - MATEMÁTICA - 2014 Caderno 8  Parte -  2 Resolução de ProblemasPNAIC - MATEMÁTICA - 2014 Caderno 8  Parte -  2 Resolução de Problemas
PNAIC - MATEMÁTICA - 2014 Caderno 8 Parte - 2 Resolução de Problemas
Felipe Silva
 
Jogos para sala de aula
Jogos para sala de aulaJogos para sala de aula
Jogos para sala de aula
Vinícius Chris
 
Jogos
JogosJogos
Jogos
Mara Sueli
 
Aplicabilidade do tangram
Aplicabilidade do tangramAplicabilidade do tangram
Aplicabilidade do tangram
Toeikan Itapecerica da Serra
 
FORMAÇÃO.pptx
FORMAÇÃO.pptxFORMAÇÃO.pptx
FORMAÇÃO.pptx
EdileneYolanda1
 
Ativ 3-4-michelconchelima
Ativ 3-4-michelconchelimaAtiv 3-4-michelconchelima
Ativ 3-4-michelconchelima
Michel Conche
 
Apostila capacitacao matematica
Apostila capacitacao matematicaApostila capacitacao matematica
Apostila capacitacao matematica
Marcela Fernandes
 

Semelhante a Apresentação 1 - unidade 4 (20)

A importância da matemática na alfabetização da criança
A importância da matemática na alfabetização da criançaA importância da matemática na alfabetização da criança
A importância da matemática na alfabetização da criança
 
Portfólio educação matemática
Portfólio educação matemáticaPortfólio educação matemática
Portfólio educação matemática
 
Portfólio educação matemática
Portfólio educação matemáticaPortfólio educação matemática
Portfólio educação matemática
 
Educação matemática
Educação matemáticaEducação matemática
Educação matemática
 
Portfólio educação matemática
Portfólio educação matemáticaPortfólio educação matemática
Portfólio educação matemática
 
Planejamento do 6ª encontro tarde certo
Planejamento do 6ª encontro tarde  certoPlanejamento do 6ª encontro tarde  certo
Planejamento do 6ª encontro tarde certo
 
Unidade 4 matemática (1)
Unidade 4   matemática (1)Unidade 4   matemática (1)
Unidade 4 matemática (1)
 
PNAIC - Ano 03 unidade 4
PNAIC - Ano 03   unidade 4PNAIC - Ano 03   unidade 4
PNAIC - Ano 03 unidade 4
 
Alfabetizacao jogos pedagogicos
Alfabetizacao jogos pedagogicosAlfabetizacao jogos pedagogicos
Alfabetizacao jogos pedagogicos
 
Atpsfundamentosdematematica 131208143806-phpapp01
Atpsfundamentosdematematica 131208143806-phpapp01Atpsfundamentosdematematica 131208143806-phpapp01
Atpsfundamentosdematematica 131208143806-phpapp01
 
Atpsfundaments
AtpsfundamentsAtpsfundaments
Atpsfundaments
 
Monografia
MonografiaMonografia
Monografia
 
Fundamentos e metodologia de matemática
Fundamentos e metodologia de matemáticaFundamentos e metodologia de matemática
Fundamentos e metodologia de matemática
 
PNAIC - MATEMÁTICA - 2014 Caderno 8 Parte - 2 Resolução de Problemas
PNAIC - MATEMÁTICA - 2014 Caderno 8  Parte -  2 Resolução de ProblemasPNAIC - MATEMÁTICA - 2014 Caderno 8  Parte -  2 Resolução de Problemas
PNAIC - MATEMÁTICA - 2014 Caderno 8 Parte - 2 Resolução de Problemas
 
Jogos para sala de aula
Jogos para sala de aulaJogos para sala de aula
Jogos para sala de aula
 
Jogos
JogosJogos
Jogos
 
Aplicabilidade do tangram
Aplicabilidade do tangramAplicabilidade do tangram
Aplicabilidade do tangram
 
FORMAÇÃO.pptx
FORMAÇÃO.pptxFORMAÇÃO.pptx
FORMAÇÃO.pptx
 
Ativ 3-4-michelconchelima
Ativ 3-4-michelconchelimaAtiv 3-4-michelconchelima
Ativ 3-4-michelconchelima
 
Apostila capacitacao matematica
Apostila capacitacao matematicaApostila capacitacao matematica
Apostila capacitacao matematica
 

Mais de Olívia Oliveira

Quadro de acompanhamento
Quadro de acompanhamentoQuadro de acompanhamento
Quadro de acompanhamento
Olívia Oliveira
 
Almanaque - unidade 6
Almanaque - unidade 6Almanaque - unidade 6
Almanaque - unidade 6
Olívia Oliveira
 
Atividades da oficina de gêneros
 Atividades da oficina de gêneros Atividades da oficina de gêneros
Atividades da oficina de gêneros
Olívia Oliveira
 
Imprimir 21 09
Imprimir 21 09Imprimir 21 09
Imprimir 21 09
Olívia Oliveira
 
Apresentação unidade2 planejamento
Apresentação unidade2 planejamentoApresentação unidade2 planejamento
Apresentação unidade2 planejamento
Olívia Oliveira
 
O rato e o lápis 1
O rato e o lápis 1O rato e o lápis 1
O rato e o lápis 1
Olívia Oliveira
 
Pauta unidade 1
Pauta unidade 1Pauta unidade 1
Pauta unidade 1
Olívia Oliveira
 
As praticas cotidiana de alfabetização
As praticas cotidiana de alfabetizaçãoAs praticas cotidiana de alfabetização
As praticas cotidiana de alfabetização
Olívia Oliveira
 
unidade 1
unidade 1unidade 1
unidade 1
Olívia Oliveira
 
121 branca de neve e os sete anões
121 branca de neve e os sete anões121 branca de neve e os sete anões
121 branca de neve e os sete anões
Olívia Oliveira
 

Mais de Olívia Oliveira (10)

Quadro de acompanhamento
Quadro de acompanhamentoQuadro de acompanhamento
Quadro de acompanhamento
 
Almanaque - unidade 6
Almanaque - unidade 6Almanaque - unidade 6
Almanaque - unidade 6
 
Atividades da oficina de gêneros
 Atividades da oficina de gêneros Atividades da oficina de gêneros
Atividades da oficina de gêneros
 
Imprimir 21 09
Imprimir 21 09Imprimir 21 09
Imprimir 21 09
 
Apresentação unidade2 planejamento
Apresentação unidade2 planejamentoApresentação unidade2 planejamento
Apresentação unidade2 planejamento
 
O rato e o lápis 1
O rato e o lápis 1O rato e o lápis 1
O rato e o lápis 1
 
Pauta unidade 1
Pauta unidade 1Pauta unidade 1
Pauta unidade 1
 
As praticas cotidiana de alfabetização
As praticas cotidiana de alfabetizaçãoAs praticas cotidiana de alfabetização
As praticas cotidiana de alfabetização
 
unidade 1
unidade 1unidade 1
unidade 1
 
121 branca de neve e os sete anões
121 branca de neve e os sete anões121 branca de neve e os sete anões
121 branca de neve e os sete anões
 

Último

os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdfos-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
GiselaAlves15
 
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e ZCaça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Mary Alvarenga
 
proposta curricular ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
proposta curricular  ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...proposta curricular  ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
proposta curricular ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
Escola Municipal Jesus Cristo
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
analuisasesso
 
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir" - Jorge e Mateus
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir"  - Jorge e MateusAtividade - Letra da música "Tem Que Sorrir"  - Jorge e Mateus
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir" - Jorge e Mateus
Mary Alvarenga
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 
Acróstico - Reciclar é preciso
Acróstico   -  Reciclar é preciso Acróstico   -  Reciclar é preciso
Acróstico - Reciclar é preciso
Mary Alvarenga
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
sthefanydesr
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
RenanSilva991968
 
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Luana Neres
 
Química orgânica e as funções organicas.pptx
Química orgânica e as funções organicas.pptxQuímica orgânica e as funções organicas.pptx
Química orgânica e as funções organicas.pptx
KeilianeOliveira3
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
JulianeMelo17
 
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slidesSócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
jbellas2
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptxLIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
WelidaFreitas1
 
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdfEJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
Escola Municipal Jesus Cristo
 
Biologia - Jogos da memória genetico.pdf
Biologia - Jogos da memória genetico.pdfBiologia - Jogos da memória genetico.pdf
Biologia - Jogos da memória genetico.pdf
Ana Da Silva Ponce
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
enpfilosofiaufu
 

Último (20)

os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdfos-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
 
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e ZCaça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
 
proposta curricular ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
proposta curricular  ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...proposta curricular  ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
proposta curricular ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
 
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir" - Jorge e Mateus
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir"  - Jorge e MateusAtividade - Letra da música "Tem Que Sorrir"  - Jorge e Mateus
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir" - Jorge e Mateus
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 
Acróstico - Reciclar é preciso
Acróstico   -  Reciclar é preciso Acróstico   -  Reciclar é preciso
Acróstico - Reciclar é preciso
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
 
Química orgânica e as funções organicas.pptx
Química orgânica e as funções organicas.pptxQuímica orgânica e as funções organicas.pptx
Química orgânica e as funções organicas.pptx
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
 
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slidesSócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptxLIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
 
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdfEJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
 
Biologia - Jogos da memória genetico.pdf
Biologia - Jogos da memória genetico.pdfBiologia - Jogos da memória genetico.pdf
Biologia - Jogos da memória genetico.pdf
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
 

Apresentação 1 - unidade 4

  • 1. Orientadora de estudo Olívia Fernanda de Oliveira E-mail: oliviafernanda@hotmail.com
  • 2. Pauta 17/08/2013  Leitura deleite: Valentina.   Apresentação dos objetivos da unidade 4. Reflexão  Texto 1 – “ Ser cuidado, brincar e aprender: direitos de todas as crianças”.  Relato de experiência da aluna Laísa.  Atividade em grupo: Pauta de observação e análise dos jogos.  Socialização da atividade pelos grupos.  Tarefa: Analisar os quadros de “Direitos de Aprendizagem – componente Matemática” e identificar no livro didático atividades relacionadas com os direitos de aprendizagem de Matemática. Planejar uma aula, inserindo situações lúdicas de aprendizagem do SEA. Realizar a aula planejada, anotando as impressões sobre a participação e aprendizagem das crianças, não se esqueça de fotografar.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15.
  • 16. Objetivos da Unidade:  Conhecer a importância do uso de jogos e brincadeiras no processo de apropriação do SEA, analisando jogos e planejando aulas em que os jogos sejam incluídos como recursos didáticos;  Compreender a importância de organizar diferentes agrupamentos em sala de aula, adequando os modos de organização da turma aos objetivos pretendidos;  Compreender e desenvolver estratégias de inclusão de crianças com deficiência visual, auditiva, motora e intelectual, bem como crianças com distúrbios de aprendizagem no cotidiano da sala de aula;  Conhecer os recursos didáticos distribuídos pelo Ministério da Educação e planejar situações didáticas em que tais materiais sejam usados.
  • 17. Reflexão Reflexão •Que palavras vem a mente quando ouve falar em jogo ou brincadeira? • Que palavras vem a mente quando ouve alar em • Quais os benefícios os jogos e brincadeiras trazem para o jogo ou brincadeira? trabalho pedagógico? • Quais os benefícios os jogos e brincadeiras trazem para o uma atitude inclusiva do • O que caracterizatrabalho pedagógico? professor no trabalho com brincadeiras euma atitude inclusiva do • O que caracteriza jogos? professor do professor nas situações e jogos • Qual o papelno trabalho com brincadeiras dejogos? e brincadeiras? • Qual o papel do professor nas situações de jogos e brincadeiras? • Quais os critérios devem ser observados pelo professor na organização dos agrupamentos? ser observados pelo • Quais os critérios devem professor na organização dos agrupamentos?
  • 18. Ser cuidado, brincar e aprender: direitos de todas as crianças “Brincar com a criança não é perder tempo, é ganhá -lo; se é triste ver menino sem escola, mais triste ainda é vê-los sentados, tolhidos e enfileirados em uma sala de aula sem ar, com atividades mecanizadas, exercícios estéreis, sem valor para a formação dos homens críticos e transformadores de uma sociedade.” (Carlos Drummond de Andrade)
  • 19. Benefício físico – desenvolve habilidades motoras e de expressão corporal; Benefícios cognitivos – desenvolve habilidades perceptuais, como atenção, memória dentre outras. Benefícios sociais – aprende a respeitar e ser respeitada Ponto de vista didático – desenvolve conceitos de atitudes e desenvolvem habilidades diversas, integrando aspectos cognitivos, sociais e físicos, estes podem despertar seu interesse pelos conteúdos curriculares.
  • 20. Perspectiva de currículo inclusivo – todos tem direito a aprender, a brincar, a se divertir. Promovendo, desse modo, uma educação em que os cuidados com as crianças implicam no respeito às diferenças e no favorecimento de situações seguras e lúdicas de aprendizagem.
  • 22. Trabalho em grupo: Cada grupo apresentará um livro citado na apostila e as sugestões de atividades propostas. A literatura, o brincar e o aprender a língua e outros conteúdos curriculares Andrea Tereza Brito Ferreira Ester Calland de Sousa Rosa Rosinalda Teles • Educação literária – a familiarização com diferentes textos e obras do acervo não significa roubar tempo das aulas de História, Geografia, de Ciências ou de Matemática; • Pode ser um caminho para preservar o tempo e a brincadeira em sala de aula e simultaneamente apresentar os conteúdos de curriculares;
  • 23.
  • 24.
  • 25. Na obra observa-se a intenção de ensinar habilidades matemáticas de medição, principalmente da área de retângulos. Neste exemplo é importante compreender a Matemática utilizada pelos personagens para entender a história. Desse modo, nesta obra, tanto a matemática serve de base para a história, pois o texto parece ter sido escrito para ensinar tais conteúdos, como é necessário compreender a Matemática para entender a história.
  • 26. Com a leitura do livro “As três partes”, vamos conhecer a história de três figuras geométricas, triângulo, retângulo e trapézio. Geradas a partir da decomposição de um hexágono, que representava uma casa, elas vão compondo diferentes seres e objetos e vão parar no apartamento de uma senhora, onde a brincadeira continua. Sem valorização excessiva de terminologias, a obra promove uma exploração inicial das figuras geométricas.
  • 27. Exemplo 2: “As três partes ” Neste outro exemplo, também apresentado por Lima e Teles (2012), a obra conta a história da casa que se divide em três partes e resolve se transformar em outras coisas, para só depois voltar a ser casa. Nela percebe-se que a Matemática emerge da história por meio das conexões feitas pelo leitor. Os conceitos matemáticos são mobilizados de modo que não são explícitos. Há, na realidade, um jogo em que é por meio de inferências que se chega ao reconhecimento de figuras geométricas.
  • 28. Brincando com dobraduras Texto: Thereza Chemello Imagem: Vagner Vargas e Solange Mazzaro Editora: Global Dobrar, dobrar e dobrar... e, de repente, um animal formar! “Brincando com dobraduras” é um livro que nos ensina a criar diversos animais, casas, flores e objetos. A construção de cada dobradura é explicada por meio de desenhos e algumas indicações que auxiliam a criança a começar a entender a simbologia relativa às dobraduras. Com esse material, a Geometria vira uma diversão, e aprendemos, também, sobre diferentes tipos de papel.
  • 29. As autoras apontam que na obra “Brincando com dobraduras” é possível vivenciar a Matemática enquanto se realiza as atividades práticas de confecção de dobraduras. Nessa ação, a Matemática sai do contexto do texto do livro e passa a integrar-se naturalmente à vida real, por meio da manipulação de papel durante a montagem de dobraduras. Exemplo 3: Exemplo 3: “Brincando com dobraduras”
  • 30. Era uma vez um menino travesso... Texto e Imagem: Bia Villela Editora: Escala Educacional A partir da história de um garoto que tem muitos amigos, gosta de animais de estimação e toca violino, “Era uma vez um menino travesso...” busca explorar, de forma lúdica, o número no seu significado de quantidade. A obra trabalha, ainda, com algumas representações de um mesmo número (em algarismos hinduarábicos, por extenso) e apresenta diversos conjuntos com a quantidade em foco, tanto no rodapé quanto na figura central das páginas.
  • 31. Brinque-book com as crianças na cozinha Texto: Gilda de Aquino Imagem: Estela Schauffert Editora: Brinque-Book Apresentando a arte de cozinhar como algo prazeroso, “Brinque-book com as crianças na cozinha” traz receitas simples e investe na orientação dos cuidados que se deve ter, ao preparar comidas, de modo a evitar acidentes e contaminações. O livro é rico em informações matemáticas, principalmente para o campo de grandezas e medidas. Há variedade nas grandezas tratadas e se incluem unidades convencionais e não convencionais, padronizadas e não padronizadas.
  • 32. No exemplo a seguir, Lima (2012) discute a partir da receita de Torta Preguiçosa de Maçã que para preparar a receita é preciso saber quais são os ingredientes e as quantidades necessárias. Ao ler cada item listado, o leitor percebe que é indicada a quantidade do ingrediente. Durante a organização dos ingredientes da receita é necessário contá-los ou medi-los. Também é necessário saber quanto tempo o alimento passará no forno e a qual temperatura. Todas essas informações estão no texto, inclusive a ordem e o modo como os ingredientes são dispostos no recipiente.
  • 33. Ao utilizar esta receita, é necessário interpretar as informações contidas no texto para o preparo da mesma, mobilizando conhecimentos relativos à estrutura específica do gênero textual e os relativos à Matemática. É claro que não é o texto em si que assegura tal abordagem. É na ação planejada pelo professor, que precisa estabelecer seus objetivos de ensino e as metas de aprendizagem para seus alunos, que tanto o livro de literatura quanto outros livros disponíveis em sala de aula podem compor um programa curricular que tem a ludicidade como princípio central.
  • 34. Tarefa • Planejar uma aula, inserindo situações lúdicas de aprendizagem do SEA. • Realizar a aula planejada, anotando as impressões sobre a participação e aprendizagem das crianças, não esqueça de fotografar. • Analisar os quadros de “Direitos de Aprendizagem – componente Matemática” e identificar no livro didático atividades relacionadas com os direitos de aprendizagem de Matemática.