Planejamento e rotina pnaic 2015

11.938 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
8 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
11.938
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3.150
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
365
Comentários
0
Gostaram
8
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Planejamento e rotina pnaic 2015

  1. 1. Pacto pela Alfabetização na Idade Certa Fabiana Esteves Solymar Martel Duque de Caxias / Maio 2015
  2. 2. 1) Leitura compartilhada: Frederico (Hellenice Ferreira) 2) Tempestade de ideias: O que não pode faltar na rotina do Ciclo de Alfabetização? 3) Relato de experiência: Professora Jackeline Maciel (E. M. Luiz Gama Borges e E.M. Rotary) 4) Gestão do tempo 5) Modalidades organizativas 6) Em grupos: Quebra-cabeça - Construir grade semanal a partir da caracterização de uma turma 7) Apresentação dos grupos / Discussão 8) Em duplas: Planejamento semanal de acordo com o esboço de um projeto pedagógico 9) Socialização para a dupla ao lado 10) Avaliação do encontro
  3. 3. O que não pode faltar na rotina do Ciclo de Alfabetização?
  4. 4. Professora Jackeline Araújo Maciel
  5. 5. “Quando se opta por apresentar os objetos de estudo em toda a sua complexidade e por reconhecer que a aprendizagem progride através de sucessivas reorganizações do conhecimento, o problema da distribuição do tempo deixa de ser simplesmente quantitativo: não se trata somente de aumentar o tempo ou de reduzir os conteúdos, trata-se de produzir uma mudança qualitativa na utilização do tempo didático. (LERNER, 2002)
  6. 6. Atividades permanentes - são as que acontecem ao longo de um determinado período de tempo, porque são importantes para o desenvolvimento de procedimentos, de hábitos ou de atitudes. É o caso de atividades como: leitura diária feita pelo professor; roda semanal de leitura; oficina de produção de textos; hora das notícias; discussão semanal dos conhecimentos adquiridos etc. Atividades sequenciadas - são as planejadas em uma sequência encadeada: o que vem a seguir depende do que já foi realizado (e aprendido) anteriormente. Por exemplo: atividades para alfabetizar, para ensinar a produzir textos de um determinado gênero, para ensinar ortografia ou o uso de certos recursos gramaticais etc.
  7. 7. As atividades de sistematização, embora não decorram de propósitos imediatos, têm relação direta com os objetivos didáticos e com os conteúdos: são atividades que se destinam à sistematização dos conteúdos já trabalhados. As atividades independentes são aquelas que não foram planejadas a priori, mas que fazem sentido num dado momento. Por exemplo: “em algumas oportunidades, o professor encontra um texto que considera valioso e compartilha com os alunos, ainda que pertença a um gênero ou trate de um assunto que não se relaciona às atividades previstas para o período. E, em outras ocasiões, os próprios alunos propõem a leitura de um artigo de jornal, um poema, um conto que os tenha impressionado e que o professor também considera interessante ler para todos. Nesses casos, não teria sentido nem renunciar à leitura dos textos em questão, pelo fato de não ter relação com o que se está fazendo no momento, nem inventar uma relação inexistente”. Projetos são situações didáticas em que o professor e os alunos se comprometem com um propósito e com um produto final: em um projeto, as ações propostas ao longo do tempo têm relação entre si e fazem sentido em função do produto que se deseja alcançar. É o caso de atividades como jogral, dramatização, apresentação pública de leitura, produção.
  8. 8. Construir grade semanal a partir da caracterização de uma turma
  9. 9. Gibiteca Cores e sons: passeando pela Arte brasileira Cineminha Brasil Jornal Escolar Tecendo memórias, contando histórias Caderno de Receitas da nossa turma Baixada Fluminense: espaços de conhecer e morar Brincadeiras do tempo da vovó Contos de arrepiar Fábulas e Mitos Adivinhas, piadas e outras histórias engraçadas Textos de cor(ação) – parlendas, quadrinhas e trava-línguas De Lobato a Bojunga Dançar e cantar, é só começar
  10. 10. Fabiana Esteves E-mail: fabiestevesigreja@yahoo.com.br fabianaesteves.blogspot.com.br/ fabianaestevespnaicdc.blogspot.com.br/ Solymar Martel E-mail:asolytel_4@hotmail.com solytude@gmail.com

×