Orações subordinadas substantivas 3

2.541 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.541
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
63
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
66
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Orações subordinadas substantivas 3

  1. 1. Na frase “Quando os elefantes sentem que vão morrer, eles vão até o cemitério”, temos um período composto por subordinação. Veja a classificação de suas orações: Quando os elefante sentem / que vão morrer, / eles vão até o cemitério. Or. Subordinada Or. Subordinada Or. Principal Esse enunciado poderia ser expresso por meio de um período composto de apenas duas orações. Veja: or. Principal or. subordinada Quando / os elefantes / sentem / a morte, / eles /vão / até o cemitério. sujeito VTD OD Suj. VI Adj. Adv
  2. 2. Veja a correspondência entre o período composto por três orações e o período composto por duas orações e compare a função sintática dos termos que complementam o verbo sentir em cada uma. Quando os elefantes sentem / a morte, / eles vão até o cemitério. OD Quando os elefantes sentem que vão morrer, eles vão até o cemitério. Or. sub. Subst. Objetiva direta
  3. 3. Você deve ter observado que enquanto a morte é objeto direto do verbo sentir em um dos períodos, no outro o objeto direto é a oração “que vão morrer”, denominada, por isso, Oração Objetiva Direta. Como equivale a um substantivo (morte), essa oração é classificada como Substantiva. Além disso, a oração “que vão morrer” mantém uma dependência sintática em relação à oração que a antecede, porque é seu objeto direto; por isso é denominada Oração Subordinada.
  4. 4. Oração Subordinada Substantiva: É toda oração que tem valor de substantivo e exerce, em relação a outra oração, a função sintática de sujeito, objeto direto, objeto indireto, predicativo, complemento nominal ou aposto.
  5. 5. As orações substantivas são normalmente introduzidas pelas conjunções subordinativas “que” e “se”. Mas podem também, em alguns casos, ser introduzidas por um pronome ou advérbio interrogativo ou exclamativo. Veja: Não sabemos - por quanto - quem – porque - vendeu sua moto. - como - quando - onde
  6. 6. Que ou Se?    Em relação ao emprego das conjunções integrantes, utilizamos “que” quando o verbo expressa certeza, como se observa no trecho: Dia dos namorados via uno. Seu namorado vai ver que acertou no presente. E você vai ver que acertou no namorado. Se o anunciante quisesse expressar incerteza, teria empregado a conjunção “se”: “Dia dos namorados Via Uno. Seu namorado vai ver se acertou no presente. E você vai ver se acertou no namorado.
  7. 7.  A oração Subordinada Substantiva pode exercer , no período, as mesmas funções sintáticas que o Substantivo: sujeito, objeto direto, objeto indireto, predicativo, complemento nominal e aposto. Assim, de acordo com sua função, recebe as seguintes denominações: subjetiva, objetiva direta, objetiva indireta, completiva nominal e apositiva.
  8. 8.  Exerce a função de sujeito da oração que depende ou em que se insere. Consta / Or. Princ. que as contas de água e luz foram pagas. Or. Sub. Subst. Subjetiva
  9. 9.   Certos verbos e certas expressões têm por sujeito uma oração substantiva. São, entre outros: acontecer, constar, cumprir, importar, urgir, ocorrer, parecer, suceder, quando empregados na 3ª pessoa do singular;  sabe-se, conta-se, é sabido, ficou provado, -  é bom, é claro, parece certo, está visto, - expressões na voz passiva; expressões constituídas por um verbo de ligação acompanhada de predicativo.
  10. 10.  Exerce a função de objeto verbo da oração principal. direto do Achamos / que você deve partir imediatamente. Or. Princ. Or. Sub. Subst. Objetiva Direta
  11. 11.  Exerce a função de objeto verbo da oração principal. indireto Convenceu-o / de que o trabalho era fácil. Or. Princ. Or. Sub. Subst. Objetiva indireta do
  12. 12.  Exerce a função de predicativo de um termo que é sujeito da oração principal. O problema é / que o prazo já terminou. Or. Princ. Or. Sub. Subst. Predicativa
  13. 13.  Exerce a função de nominal complemento de um substantivo ou adjetivo da oração principal. Estava convicto / de que ele era inocente. Or. Princ. Or. Sub. Subst. Completiva nominal
  14. 14.  Exerce a função de oração principal. aposto de um nome da Dei-lhe um conselho: que não se importasse mais com o caso. or. Princ. Or. Sub. Subst. apositiva
  15. 15.   Como reconhecer uma oração subordinada substantiva? Quando a oração é substantiva, ela quase sempre pode ser substituída por um substantivo ou por um pronome substantivo, como isto,isso, aquilo. Veja: Peço-lhe que traga o sal. Or. Sub. Substantiva Peço-lhe isso. OD

×