SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 21
Baixar para ler offline
Aspecto




                      Tempo
Modo


            Voz




  Pessoa
                     Número
O tempo identifica o momento em que se realiza a acção.
  Os tempos fundamentais são:



Presente         situa a acção no momento de enunciação.

Pretérito        situa a acção num momento anterior ao
                 da enunciação.

Futuro           situa a acção num momento posterior ao
                 tempo da enunciação.
O pretérito pode ser:

Imperfeito          indica uma acção passada contemporânea de
                    outra também já passada.

           ex: A festa decorria alegremente, quando chegou a notícia.


Perfeito            indica uma acção do passado completamente

                    realizada.

           ex: Todos comeram com apetite.


mais-que-perfeito     indica uma acção passada anterior a outra
                      também passada.


           ex: Ontem comeu bem, mas no dia anterior comera melhor.
O Futuro pode ser :


  Imperfeito          situa a acção num momento posterior ao
                      tempo da enunciação.


           ex: Partirei no próximo comboio.


    Perfeito          indica uma acção futura que se concluirá
                      antes de outra também futura.


           ex: Terei partido, quando chegares.




                             Enunciação: exprimir uma ideia
O modo indica a atitude do locutor em relação ao facto apresentado.
Na flexão do verbo distinguem-se cinco modos:



                         Indicativo
                        Conjuntivo
                        Imperativo
                        Condicional

                         Infinitivo
Modo Indicativo      apresenta um facto como real.

        Os teus amigos chegam sempre atrasados.

        Todos estavam muito positivos.

        Foram ao cinema.


 Modo Conjuntivo        exprime uma possibilidade, uma dúvida,
                        um desejo.

        É possível que parta amanhã. (possibilidade)

        Talvez apareça para jantar. (dúvida)

        Gostava que viesses. (desejo)
Modo Imperativo             pode exprimir:

          uma ordem: Sai da sala!

          um conselho: Presta um serviço à comunidade.

          um pedido: Empresta-me o teu telemóvel.

Modo Condicional        considera a realização da acção dependente
                        de uma condição.

          Ficaria contente, se receber um prémio.

Modo Infinitivo (pessoal)        indica a acção de uma maneira vaga,
                                 em abstracto.

           Passearmos à noite é agradável.
O verbo, tal como alguns pronomes, apresenta flexão de três pessoas
gramaticais: 1ª, 2ª e 3ª. A categoria de pessoas é marcada por sufixos
específicos, que permitem distinguir seis formas diferentes. Os sufixos
de flexão verbal acumulam um valor de pessoa e de número.


  1ª pessoa     conto       contei
  2ª pessoa     contas      contaste        singular

  3ª pessoa     conta       contou

  1ª pessoa     contamos contámos
  2ª pessoa     contais     contaste         plural
  3ª pessoa     contam    contaram
Como as restantes palavras variáveis. O verbo apresenta
flexão de número - singular e plural. As marcas de número
estão contidos nos sufixos que acumulam um valor de
pessoa e de número.



                            conto
           singular         contas
                            conta



                           contamos
            plural          contais
                           contam
A acção expressa pelo verbo pode ser apresentada de duas formas:
activa e passiva.
 A voz passiva forma-se com o auxiliar ser e o particípio do verbo
principal.

        Voz activa     A multidão aplaudiu o presidente.


                           sujeito   predicado    c. directo

        Voz passiva     O presidente foi aplaudido pela multidão.


                          sujeito     predicado    c. a. passiva
O aspecto é a categoria verbal que expressa o inicio, o desenrolar
   ou terminar de uma acção.
     Para a expressão do conceito de aspecto, contribuem o valor
   gramatical e o conteúdo lexical do verbo.


                      imperfectivo    Expresso por tempos verbais.
Aspecto gramatical
                        perfectivo    Perífrases, locuções adverbias.

    Imperfectivo: refere um processo em realização.
               Estudo numa capital europeia.
    Perfectivo: apresenta um processo completo (já terminado) no
    momento da enunciação.

                Estudei na Europa.
Os verbos nascer, morrer, chegar identificam um
                  valor pontual.
Aspecto lexical
                  Os verbos almoçar, nadar, correr, dormir, ler
                  perspectivam um valor durativo.


Pontual ou momentâneo: indica um processo que dura apenas um
                       instante.

            O rapaz desmaiou na escola.
            A bomba explodiu.

durativo: exprime uma acção que perdura no tempo.

            Ela esperava ansiosamente notícias.
            Ele tem treinado muito.
verbo regular       respeita a flexão do modelo de conjugações a
que pertence. Quase todos os verbos da primeira conjugação são
verbos regulares.
  verbo irregular        afasta-se do modelo de flexão. Nos verbos
irregulares podem existir formas irregulares.
  verbo pronominal         conjuga-se acompanhados de um pronome
pessoal átono que desempenha a função de complemento directo :
arrepender-se, lamentar-se, rir-se.
  verbo reflexo        o verbo pronominal chama-se reflexo, quando
o pronome pessoal átono que acompanha refere a mesma pessoa
que o sujeito: lavar-se .
  verbo defectivo         não possui algumas formas, isto é, a
conjugação é incompleta: adequar, banir, colorir, falir, reaver.
  verbo impessoal         o que se flexiona apenas no infinitivo e na
3º pessoa do singular. São verbos impessoais aqueles que exprimem
fenómenos meteorológicos: chover, nevar, gear, amanhecer.
Alguns formas verbais podem apresentar-se num tempo
      simples ou num tempo composto.


                        Simples       contactei
Pretérito perfeito

                         Composto        tenho contactado



                                  Simples     contactara
Pretérito mais-que-perfeito

                                  Composto        tinha contactado
Os tempos compostos são formados por meio dos verbos auxiliares
 ter ou haver e o particípio do verbo que se pretende conjugar.

 Os tempos compostos são:

                              Modo indicativo        tenho contactado
  Pretérito perfeito                                     presente
                         Modo conjuntivo            tenha contactado


                                  Modo indicativo      tinha contactado
Pretérito mais-que-perfeito                              p. imperfeito

                                Modo conjuntivo       tivesse contactado

                         Modo indicativo            terei contactado

   Futuro perfeito                                       futuro

                         Modo conjuntivo            tiver contactado
O verbo possui ainda formas impessoais que equivalem a nomes
   ou a adjectivos - as formas nominais.


   Infinitivo impessoal     equivalente a um nome, mas sem qualquer
 flexão.
             Sonhar é preciso

    particípio    equivalente a um adjectivo , com flexão de género e
  de número. Expressa o resultado da acção.

      Ultrapassadas algumas dificuldades, conseguiram vencer o jogo.

   gerúndio      com valor equivalente a um adjectivo ou a um
advérbio. Exprime o desenrolar da acção.


          Anoitecendo, volto para casa . (anoitecendo = de noite)
Verbo principal
 Os verbos principais classificam-se em

    •Transitivos directos,   transitivos indirectos e transitivos
    directos e indirectos;
    • Intransitivos;
    •Impessoais.


                  São os que exprimem uma acção que se
                  transmite a uma palavra ou conjunto de
   Verbos
                  palavras que se desempenha a função de
 Transitivos
                  complemento directo, complemento indirecto ou
                  ambos.
                                               Comple. Directo

                  Ex: A Ana Cláudia esperou uma oportunidade.

                                 Verbo transitivo directo
São os que exprimem uma acção de
                       sentido completo e por isso não
    Verbos             necessitam de Complemento directo.
 Intransitivos
                       Ex: O Francisco caiu.
                                  Verbo Intransitivo

Alguns verbos intransitivos podem apresentar construção
transitiva em certos contextos:

   • O bebé dormia sonos regulares.
   •Viveu instantes difíceis e complicados



Também os verbos transitivos podem apresentar construção
intransitiva:

    •Os acusados negaram.
    •Todos os alunos leram.
São verbos principais que não apresentam sujeito
                    e ocorrem sempre na 3ª pessoa do singular.
    Verbos
  Impessoais
                      Ex:
                            •Nevou durante uma noite.
                            •Anoiteceu rapidamente



  Verbo de ligação ou copulativo
         O verbo de ligação ou copulativo é o verbo não auxiliar que só
forma predicado acompanhado de outro elemento - o predicado do
sujeito.
         O verbo de ligação ou copulativo mais comum é o verbo ser,
mas há outros como estar, ficar, permanecer, que podem ser
utilizados como equivalentes do verbo ser.

                    Predicado do sujeito
 Ex:
          Ele   é   um excelente colega.

       Verbo copulativo
O verbo auxiliar forma um núcleo sintáctico complexo com o
  verbo principal da frase, mas não funciona como núcleo
  semântico, pois o verbo principal, na sua relação com o auxiliar,
  mantém o conteúdo significativo.

  Os verbos auxiliares são:
Auxiliar dos tempos compostos – ter ou haver (+ particípio passado)
Auxiliar da passiva – ser (+ particípio passado)
Auxiliar temporal – haver de ou ir (+ infinitivo)
Auxiliar aspectual – estar, ficar, continuar, andar, ir, vir (a +
infinitivo ou gerúndio)
Auxiliar modal – dever, ter de (+ infinitivo)    obrigatoriedade,
probabilidade.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Verbos
VerbosVerbos
Verbos
 
verbo
 verbo verbo
verbo
 
Verbos
VerbosVerbos
Verbos
 
Verbos estrutura tempos
Verbos estrutura temposVerbos estrutura tempos
Verbos estrutura tempos
 
Verbo: Estrutura, regular e irregular
Verbo: Estrutura, regular e irregularVerbo: Estrutura, regular e irregular
Verbo: Estrutura, regular e irregular
 
Os verbos
Os verbosOs verbos
Os verbos
 
Estudo dos verbos - Prof. Ana Glades
Estudo dos verbos - Prof. Ana GladesEstudo dos verbos - Prof. Ana Glades
Estudo dos verbos - Prof. Ana Glades
 
O Verbo
O VerboO Verbo
O Verbo
 
Verbo
VerboVerbo
Verbo
 
Tempo e modo verbais
Tempo e modo verbaisTempo e modo verbais
Tempo e modo verbais
 
aula verbo
aula verboaula verbo
aula verbo
 
Verbos
Verbos  Verbos
Verbos
 
Verbo – 1° aula
 Verbo – 1° aula Verbo – 1° aula
Verbo – 1° aula
 
Verbo www.professorpalmito.com.br
Verbo www.professorpalmito.com.brVerbo www.professorpalmito.com.br
Verbo www.professorpalmito.com.br
 
Verbo
VerboVerbo
Verbo
 
Entendendo Verbos
Entendendo VerbosEntendendo Verbos
Entendendo Verbos
 
Verbo
VerboVerbo
Verbo
 
Portugues.ppt 0
Portugues.ppt 0Portugues.ppt 0
Portugues.ppt 0
 
7.5.1 vozes verbais
7.5.1   vozes verbais7.5.1   vozes verbais
7.5.1 vozes verbais
 
O Mundo Divertido
O Mundo DivertidoO Mundo Divertido
O Mundo Divertido
 

Destaque (20)

Verbos
VerbosVerbos
Verbos
 
Verbos
VerbosVerbos
Verbos
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 75-76
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 75-76Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 75-76
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 75-76
 
valor aspetual antónio alves
valor aspetual antónio alvesvalor aspetual antónio alves
valor aspetual antónio alves
 
Slide Predicação
Slide PredicaçãoSlide Predicação
Slide Predicação
 
TIPOS DE VERBOS
TIPOS DE VERBOSTIPOS DE VERBOS
TIPOS DE VERBOS
 
Verbos transitivos e intransitivos
Verbos transitivos e intransitivos Verbos transitivos e intransitivos
Verbos transitivos e intransitivos
 
Nova gramática
Nova gramáticaNova gramática
Nova gramática
 
Gênero Música
Gênero MúsicaGênero Música
Gênero Música
 
Verbo transitivo
Verbo transitivoVerbo transitivo
Verbo transitivo
 
Modalidade do verbo
Modalidade do verboModalidade do verbo
Modalidade do verbo
 
Abaco
AbacoAbaco
Abaco
 
Sistema decimal
Sistema decimalSistema decimal
Sistema decimal
 
Sistema de numeração romano
Sistema de numeração romanoSistema de numeração romano
Sistema de numeração romano
 
Numeraçao romana powerpoint
Numeraçao romana powerpointNumeraçao romana powerpoint
Numeraçao romana powerpoint
 
Forma nominal
Forma nominalForma nominal
Forma nominal
 
Verbos
VerbosVerbos
Verbos
 
Ábaco
ÁbacoÁbaco
Ábaco
 
Àbaco
ÀbacoÀbaco
Àbaco
 
Surgimento do ábaco
Surgimento do ábacoSurgimento do ábaco
Surgimento do ábaco
 

Semelhante a Aspectos fundamentais da conjugação verbal

Aula_13___Verbo (1).pdf
Aula_13___Verbo (1).pdfAula_13___Verbo (1).pdf
Aula_13___Verbo (1).pdfAna Vaz
 
Revisão 9ºano último
Revisão 9ºano  últimoRevisão 9ºano  último
Revisão 9ºano últimoLurdes Augusto
 
verbos_formas verbais_vozes verbais2.pdf
verbos_formas verbais_vozes verbais2.pdfverbos_formas verbais_vozes verbais2.pdf
verbos_formas verbais_vozes verbais2.pdfJULIANEDANCZUK
 
www.aulaparticularonline.net.br - Português - Termos da Oração
www.aulaparticularonline.net.br - Português -  Termos da Oraçãowww.aulaparticularonline.net.br - Português -  Termos da Oração
www.aulaparticularonline.net.br - Português - Termos da OraçãoLucia Silveira
 
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Português - Termos da Oração
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Português -  Termos da Oraçãowww.AulasParticularesApoio.Com.Br - Português -  Termos da Oração
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Português - Termos da OraçãoAnna Paula
 
www.explicadoraescolar.com.br - Português - Termos da Oração
www.explicadoraescolar.com.br - Português -  Termos da Oraçãowww.explicadoraescolar.com.br - Português -  Termos da Oração
www.explicadoraescolar.com.br - Português - Termos da OraçãoMárcia De Bianci
 
O verbo 2ºciclo natalina
O verbo 2ºciclo  natalinaO verbo 2ºciclo  natalina
O verbo 2ºciclo natalinaNMBQ
 
Orações subordinadas substantivas 3
Orações subordinadas substantivas 3Orações subordinadas substantivas 3
Orações subordinadas substantivas 3nixsonmachado
 
www.AulasDePortuguesApoio.com - Português - Termos da Oração
www.AulasDePortuguesApoio.com     - Português -  Termos da Oraçãowww.AulasDePortuguesApoio.com     - Português -  Termos da Oração
www.AulasDePortuguesApoio.com - Português - Termos da OraçãoVideoaulas De Português Apoio
 
Verbo no modo subjuntivo
Verbo no modo subjuntivoVerbo no modo subjuntivo
Verbo no modo subjuntivoErika Renata
 
Resumo da disciplina de Português - 10 Ano
Resumo da disciplina de Português - 10 AnoResumo da disciplina de Português - 10 Ano
Resumo da disciplina de Português - 10 AnoRui Oliveira
 
A classe dos verbos 1 gt
A classe dos verbos 1 gtA classe dos verbos 1 gt
A classe dos verbos 1 gtCristina Fontes
 

Semelhante a Aspectos fundamentais da conjugação verbal (20)

Aula_13___Verbo (1).pdf
Aula_13___Verbo (1).pdfAula_13___Verbo (1).pdf
Aula_13___Verbo (1).pdf
 
4_Aula_Verbo.pptx
4_Aula_Verbo.pptx4_Aula_Verbo.pptx
4_Aula_Verbo.pptx
 
Revisão 9ºano
Revisão 9ºanoRevisão 9ºano
Revisão 9ºano
 
O verbo
O verboO verbo
O verbo
 
Revisão 9ºano último
Revisão 9ºano  últimoRevisão 9ºano  último
Revisão 9ºano último
 
verbos_formas verbais_vozes verbais2.pdf
verbos_formas verbais_vozes verbais2.pdfverbos_formas verbais_vozes verbais2.pdf
verbos_formas verbais_vozes verbais2.pdf
 
www.aulaparticularonline.net.br - Português - Termos da Oração
www.aulaparticularonline.net.br - Português -  Termos da Oraçãowww.aulaparticularonline.net.br - Português -  Termos da Oração
www.aulaparticularonline.net.br - Português - Termos da Oração
 
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Português - Termos da Oração
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Português -  Termos da Oraçãowww.AulasParticularesApoio.Com.Br - Português -  Termos da Oração
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Português - Termos da Oração
 
www.explicadoraescolar.com.br - Português - Termos da Oração
www.explicadoraescolar.com.br - Português -  Termos da Oraçãowww.explicadoraescolar.com.br - Português -  Termos da Oração
www.explicadoraescolar.com.br - Português - Termos da Oração
 
Tempos verbais dicas
Tempos verbais dicasTempos verbais dicas
Tempos verbais dicas
 
80 estudoverbos
80 estudoverbos80 estudoverbos
80 estudoverbos
 
O verbo 2ºciclo natalina
O verbo 2ºciclo  natalinaO verbo 2ºciclo  natalina
O verbo 2ºciclo natalina
 
Orações subordinadas substantivas 3
Orações subordinadas substantivas 3Orações subordinadas substantivas 3
Orações subordinadas substantivas 3
 
www.AulasDePortuguesApoio.com - Português - Termos da Oração
www.AulasDePortuguesApoio.com     - Português -  Termos da Oraçãowww.AulasDePortuguesApoio.com     - Português -  Termos da Oração
www.AulasDePortuguesApoio.com - Português - Termos da Oração
 
Gramática - módulo 1.pdf
Gramática - módulo 1.pdfGramática - módulo 1.pdf
Gramática - módulo 1.pdf
 
Verbo no modo subjuntivo
Verbo no modo subjuntivoVerbo no modo subjuntivo
Verbo no modo subjuntivo
 
Frases complexas
Frases complexasFrases complexas
Frases complexas
 
Resumo da disciplina de Português - 10 Ano
Resumo da disciplina de Português - 10 AnoResumo da disciplina de Português - 10 Ano
Resumo da disciplina de Português - 10 Ano
 
A classe dos verbos 1 gt
A classe dos verbos 1 gtA classe dos verbos 1 gt
A classe dos verbos 1 gt
 
Ppt verbo
Ppt verboPpt verbo
Ppt verbo
 

Último

POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?MrciaRocha48
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
Combinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptx
Combinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptx
Combinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxalessandraoliveira324
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024SamiraMiresVieiradeM
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 

Último (20)

POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
Combinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptx
Combinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptx
Combinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptx
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 

Aspectos fundamentais da conjugação verbal

  • 1.
  • 2. Aspecto Tempo Modo Voz Pessoa Número
  • 3. O tempo identifica o momento em que se realiza a acção. Os tempos fundamentais são: Presente situa a acção no momento de enunciação. Pretérito situa a acção num momento anterior ao da enunciação. Futuro situa a acção num momento posterior ao tempo da enunciação.
  • 4. O pretérito pode ser: Imperfeito indica uma acção passada contemporânea de outra também já passada. ex: A festa decorria alegremente, quando chegou a notícia. Perfeito indica uma acção do passado completamente realizada. ex: Todos comeram com apetite. mais-que-perfeito indica uma acção passada anterior a outra também passada. ex: Ontem comeu bem, mas no dia anterior comera melhor.
  • 5. O Futuro pode ser : Imperfeito situa a acção num momento posterior ao tempo da enunciação. ex: Partirei no próximo comboio. Perfeito indica uma acção futura que se concluirá antes de outra também futura. ex: Terei partido, quando chegares. Enunciação: exprimir uma ideia
  • 6. O modo indica a atitude do locutor em relação ao facto apresentado. Na flexão do verbo distinguem-se cinco modos: Indicativo Conjuntivo Imperativo Condicional Infinitivo
  • 7. Modo Indicativo apresenta um facto como real. Os teus amigos chegam sempre atrasados. Todos estavam muito positivos. Foram ao cinema. Modo Conjuntivo exprime uma possibilidade, uma dúvida, um desejo. É possível que parta amanhã. (possibilidade) Talvez apareça para jantar. (dúvida) Gostava que viesses. (desejo)
  • 8. Modo Imperativo pode exprimir: uma ordem: Sai da sala! um conselho: Presta um serviço à comunidade. um pedido: Empresta-me o teu telemóvel. Modo Condicional considera a realização da acção dependente de uma condição. Ficaria contente, se receber um prémio. Modo Infinitivo (pessoal) indica a acção de uma maneira vaga, em abstracto. Passearmos à noite é agradável.
  • 9. O verbo, tal como alguns pronomes, apresenta flexão de três pessoas gramaticais: 1ª, 2ª e 3ª. A categoria de pessoas é marcada por sufixos específicos, que permitem distinguir seis formas diferentes. Os sufixos de flexão verbal acumulam um valor de pessoa e de número. 1ª pessoa conto contei 2ª pessoa contas contaste singular 3ª pessoa conta contou 1ª pessoa contamos contámos 2ª pessoa contais contaste plural 3ª pessoa contam contaram
  • 10. Como as restantes palavras variáveis. O verbo apresenta flexão de número - singular e plural. As marcas de número estão contidos nos sufixos que acumulam um valor de pessoa e de número. conto singular contas conta contamos plural contais contam
  • 11. A acção expressa pelo verbo pode ser apresentada de duas formas: activa e passiva. A voz passiva forma-se com o auxiliar ser e o particípio do verbo principal. Voz activa A multidão aplaudiu o presidente. sujeito predicado c. directo Voz passiva O presidente foi aplaudido pela multidão. sujeito predicado c. a. passiva
  • 12. O aspecto é a categoria verbal que expressa o inicio, o desenrolar ou terminar de uma acção. Para a expressão do conceito de aspecto, contribuem o valor gramatical e o conteúdo lexical do verbo. imperfectivo Expresso por tempos verbais. Aspecto gramatical perfectivo Perífrases, locuções adverbias. Imperfectivo: refere um processo em realização. Estudo numa capital europeia. Perfectivo: apresenta um processo completo (já terminado) no momento da enunciação. Estudei na Europa.
  • 13. Os verbos nascer, morrer, chegar identificam um valor pontual. Aspecto lexical Os verbos almoçar, nadar, correr, dormir, ler perspectivam um valor durativo. Pontual ou momentâneo: indica um processo que dura apenas um instante. O rapaz desmaiou na escola. A bomba explodiu. durativo: exprime uma acção que perdura no tempo. Ela esperava ansiosamente notícias. Ele tem treinado muito.
  • 14. verbo regular respeita a flexão do modelo de conjugações a que pertence. Quase todos os verbos da primeira conjugação são verbos regulares. verbo irregular afasta-se do modelo de flexão. Nos verbos irregulares podem existir formas irregulares. verbo pronominal conjuga-se acompanhados de um pronome pessoal átono que desempenha a função de complemento directo : arrepender-se, lamentar-se, rir-se. verbo reflexo o verbo pronominal chama-se reflexo, quando o pronome pessoal átono que acompanha refere a mesma pessoa que o sujeito: lavar-se . verbo defectivo não possui algumas formas, isto é, a conjugação é incompleta: adequar, banir, colorir, falir, reaver. verbo impessoal o que se flexiona apenas no infinitivo e na 3º pessoa do singular. São verbos impessoais aqueles que exprimem fenómenos meteorológicos: chover, nevar, gear, amanhecer.
  • 15. Alguns formas verbais podem apresentar-se num tempo simples ou num tempo composto. Simples contactei Pretérito perfeito Composto tenho contactado Simples contactara Pretérito mais-que-perfeito Composto tinha contactado
  • 16. Os tempos compostos são formados por meio dos verbos auxiliares ter ou haver e o particípio do verbo que se pretende conjugar. Os tempos compostos são: Modo indicativo tenho contactado Pretérito perfeito presente Modo conjuntivo tenha contactado Modo indicativo tinha contactado Pretérito mais-que-perfeito p. imperfeito Modo conjuntivo tivesse contactado Modo indicativo terei contactado Futuro perfeito futuro Modo conjuntivo tiver contactado
  • 17. O verbo possui ainda formas impessoais que equivalem a nomes ou a adjectivos - as formas nominais. Infinitivo impessoal equivalente a um nome, mas sem qualquer flexão. Sonhar é preciso particípio equivalente a um adjectivo , com flexão de género e de número. Expressa o resultado da acção. Ultrapassadas algumas dificuldades, conseguiram vencer o jogo. gerúndio com valor equivalente a um adjectivo ou a um advérbio. Exprime o desenrolar da acção. Anoitecendo, volto para casa . (anoitecendo = de noite)
  • 18. Verbo principal Os verbos principais classificam-se em •Transitivos directos, transitivos indirectos e transitivos directos e indirectos; • Intransitivos; •Impessoais. São os que exprimem uma acção que se transmite a uma palavra ou conjunto de Verbos palavras que se desempenha a função de Transitivos complemento directo, complemento indirecto ou ambos. Comple. Directo Ex: A Ana Cláudia esperou uma oportunidade. Verbo transitivo directo
  • 19. São os que exprimem uma acção de sentido completo e por isso não Verbos necessitam de Complemento directo. Intransitivos Ex: O Francisco caiu. Verbo Intransitivo Alguns verbos intransitivos podem apresentar construção transitiva em certos contextos: • O bebé dormia sonos regulares. •Viveu instantes difíceis e complicados Também os verbos transitivos podem apresentar construção intransitiva: •Os acusados negaram. •Todos os alunos leram.
  • 20. São verbos principais que não apresentam sujeito e ocorrem sempre na 3ª pessoa do singular. Verbos Impessoais Ex: •Nevou durante uma noite. •Anoiteceu rapidamente Verbo de ligação ou copulativo O verbo de ligação ou copulativo é o verbo não auxiliar que só forma predicado acompanhado de outro elemento - o predicado do sujeito. O verbo de ligação ou copulativo mais comum é o verbo ser, mas há outros como estar, ficar, permanecer, que podem ser utilizados como equivalentes do verbo ser. Predicado do sujeito Ex: Ele é um excelente colega. Verbo copulativo
  • 21. O verbo auxiliar forma um núcleo sintáctico complexo com o verbo principal da frase, mas não funciona como núcleo semântico, pois o verbo principal, na sua relação com o auxiliar, mantém o conteúdo significativo. Os verbos auxiliares são: Auxiliar dos tempos compostos – ter ou haver (+ particípio passado) Auxiliar da passiva – ser (+ particípio passado) Auxiliar temporal – haver de ou ir (+ infinitivo) Auxiliar aspectual – estar, ficar, continuar, andar, ir, vir (a + infinitivo ou gerúndio) Auxiliar modal – dever, ter de (+ infinitivo) obrigatoriedade, probabilidade.