Revolução Industrial

1.467 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.467
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
123
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Revolução Industrial

  1. 1. Indust r ial
  2. 2. O QUE É UMA REVOLUÇÃO ?- é uma mudança rápida e profunda que afeta as estruturas de uma sociedade determinando a essa uma nova realidade. - Pode ser cultural, política, social, etc.
  3. 3. A Revolução Industrial:- iniciou-se na Inglaterra, em meados do séculoXVIII; - implicou a mudança de uma economia de base agrícola e artesanal para uma economia de base industrial e mecanizada.- expandiu-se a outros lugares ao longo doséculo XIX
  4. 4.  Definição do conceito: conjunto detransformações técnicas, econômicas esociais caracterizadas pela substituição da energia física pela mecânica, da ferramenta pela máquina e da manufatura pela fábrica.
  5. 5. EVOLUÇÃO / TRANSFORMAÇÃOTÉCNICA: ARTESANATO MANUFATURA PRODUÇÃO INDUSTRIAL FERRA-TRABALHO DIVISÃO MENTAS FERRAMENTASINDIVIDUAL DO MANUAIS MECÂNICAS TRABALHO
  6. 6. ANTECEDENTES Revolução Comercial (fim da Idade Média); Burguesia acessa o poder político e econômico das principais nações; Investimentos em inovações tecnológicas; Acumulação de Capitais; Existência de Matérias-primas; Mão-de-obra Barata; Existência de Mercados Consumidores;
  7. 7. PIONEIRISMO INGLÊS Revolução Inglesa (1640): burguesia no poder. Cercamentos = liberaram mão-de-obra e mecanizaram a agricultura (enclousures). Mão-de-obra barata e abundante, oriunda dos antigos feudos (servos desempregados).
  8. 8.  SEGUNDA METADE DO SÉCULO XVIII: Aparecimento das primeiras máquinas (Tear mecânico, máquina de fiar). Transformação das oficinas em indústrias;  Máquina a vapor.  Aumento da produtividade. MÁQUINAS A VAPOR TEAR MECÂNICO
  9. 9.  http://www.youtube.com/watch?v=93W7QV5T LPQ MÁQUINAS A VAPOR
  10. 10. CONSEQUÊNCIAS DA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL:Econômicas:→ modo de produção capitalista se torna o modo de produção dominante.→ Exportações. → necessidade de busca de mercados para extrair matérias-primas e vender manufaturados.
  11. 11. CONSEQUÊNCIAS Sociais: → surgimento de gravíssimas questões sociais → jornada de trabalho de 15/16h por dia → salários miseráveis → péssimas condições de trabalho → salários pagos em vales → habitações de péssimas condições → exploração do trabalho infantil e feminino
  12. 12. CONSEQUÊNCIAS Políticas: → Burguesia no poder, aplicação do Liberalismo “lassez faire, laissez passer” (deixai fazer, deixar passar) “igualdade de direito, desigualdade de fato” → sociedade baseada no dinheiro e na instrução.
  13. 13. Primeira Segunda Fase Fase MaterialIndustrial Básico FERRO AÇOPrincipal Fonte ELETRICIDADE Energética VAPOR PETRÓLEO Setor DIVERSIFICAÇÃO Predominante TÊXTIL DA PRODUÇÃO (expansão)
  14. 14. http://www.youtube.com/watch?v=DUSNX0vTU88&feature=related
  15. 15. Início: Inglaterra, séc XVIII. Fases: 1ª REV. INDUSTRIAL 2ª REV. INDUSTRIAL 1760 - 1860 1860 – 1914 ING, FRA e BEL ALE, ITA, RUS, EUA, JAPFERRO – CARVÃO - VAPOR AÇO – PETRÓLEO - ELETRICIDADECAPITALISMO LIBERAL E CAPITALISMO INDUSTRIAL FINANCEIRO E MONOPOLISTA
  16. 16. 1.2. As fases da revolução James Watt industrial: 1ª fase – Industrialização na Inglaterra Invenção da máquina a vapor, acoplada ao tear mecânico, ao barco e à locomotiva a vapor.
  17. 17. 2ª fase- A indústria chega a outros países: França, Alemanha, Bélgica, Itália, etc (Europa), Estados Unidos (América) e Japão (Ásia)– Invenção do motor a combustão interna (Daimler- Benz), do telégrafo, telefone etc;– Utilização do aço (Bessemer), da eletricidade (dínamo) e do petróleo;
  18. 18. O inve ntor ale mão Daimle r no bancotrase iro do prime iro ve ículo movido a gasolina, e m 1886
  19. 19. 3ª fase:Especialização do trabalho (produção em série / fordismo), uso do plástico, criação da eletrônica. Teorias de produção: TAYLORISMO e TOYOTISMO
  20. 20. Em 1911, o engenheiro norte- americano. Taylor publicou “Os princípios da administração científica”. Ele propunha uma intensificação da divisão do trabalho, ou seja, fracionar as etapas do processo produtivo de modo que o trabalhador desenvolvesse tarefas ultra- especializadas e repetitivas; diferenciando o trabalho intelectual do trabalho manual.
  21. 21.  Proposta do Taylorismo:  Fazer um controle sobre o tempo gasto em cada tarefa e um constante esforço de racionalização, para que a tarefa seja executada num prazo mínimo. Premiar o trabalhador que produzisse mais em menos tempo, como incentivo.
  22. 22. Aprimoramento da produção em série: FORDISMO:O norte-americano Henry Ford foi o primeiro a pôr em prática, na sua empresa “Ford Motor Company”, o taylorismo. Posteriormente, ele inovou com o processo do fordismo, que, absorveu aspectos do taylorismo. Consistia em organizar a linha de montagem de cada fábrica para produzir mais, controlando melhor as fontes de matérias-primas e de energia, os transportes, a formação da mão-de- obra.
  23. 23. Princípios básicos do Fordismo: 1) Princípio de Intensificação: Diminuir o tempo deduração com o emprego imediato dos equipamentos e da matéria-prima e a rápida colocação do produto no mercado.2) Princípio de Economia: Consiste em reduzir ao mínimoo volume do estoque da matéria-prima em transformação. 3) Princípio de Produtividade: Aumentar a capacidade de produção do homem no mesmo período (produtividade) por meio da especialização e da linha de montagem. Ooperário ganha mais e o empresário tem maior produção.
  24. 24.  Conseqüências da Revolução Industrial:  Consolidação do capitalismo e do poder da burguesia.  Desenvolvimento tecnológico. Desenvolvimento dos transportes (barco a vapor, locomotiva) e das comunicações (telégrafo e posteriormente o telefone).
  25. 25. Aumento da produtividade (redução de preços). Esgotamento de recursos naturais. Urbanização intensa. Formação do proletariado urbano (operários). Surgimento do CAPITALISMO FINANCEIRO – grandes bancoscontrolando indústrias por meio de compra de ações ou dependência financeira (empréstimos).
  26. 26. Ludismo (1811 – 1818) – movimento de trabalhadores que destruíam máquinas.
  27. 27.  Cartismo (1832 – 1848) – movimentode trabalhadores que redigiam reivindicações trabalhistas aoparlamento britânico. Obteve alguns benefícios como a redução da jornada de trabalho para 10 horas e
  28. 28. Trade Unions – associações detrabalhadores que deram origem aos sindicatos.
  29. 29.  O surgimento dos movimentos operáriosDa depredação das máquinas à conscientização e àorganização sindical,buscando os direitos trabalhistas.

×