SlideShare uma empresa Scribd logo

MODERNISMO EM PORTUGAL

L
luisant
1 de 41
Baixar para ler offline
O Modernismo em Portugal Amadeu de Souza-Cardoso José de Almada Negreiros Fernando Pessoa
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],O grupo da Seara Nova
Na Pintura: No início do século XX, Portugal continuava na linha do naturalismo, praticado por grandes mestres como: Pousão, Malhoa, Columbano ou Carlos Reis José Malhoa , O Fado, 1910 Museu Malhoa , Caldas Da Rainha
Henrique Pousão   , Cecília, 1882
Columbano , A Chávena de Chá, 1898
[object Object],José Malhoa , As Promessas, 1933

Recomendados

Modernismo em Portugal
Modernismo em PortugalModernismo em Portugal
Modernismo em PortugalCarlos Vieira
 
Principais Temáticas de Alberto Caeiro
Principais Temáticas de Alberto CaeiroPrincipais Temáticas de Alberto Caeiro
Principais Temáticas de Alberto CaeiroDina Baptista
 
Fernando Pessoa
Fernando PessoaFernando Pessoa
Fernando Pessoafromgaliza
 
As Vanguardas: Ruturas com os Cânones das Artes
As Vanguardas: Ruturas com os Cânones das ArtesAs Vanguardas: Ruturas com os Cânones das Artes
As Vanguardas: Ruturas com os Cânones das ArtesJorge Fernandes
 
Alberto caeiro biografia e caracteristicas
Alberto caeiro biografia e caracteristicasAlberto caeiro biografia e caracteristicas
Alberto caeiro biografia e caracteristicasAnabela Fernandes
 
Modernismo em Portugal
Modernismo em PortugalModernismo em Portugal
Modernismo em PortugalBlog Estudo
 
Cesário Verde-Sistematização
Cesário Verde-SistematizaçãoCesário Verde-Sistematização
Cesário Verde-SistematizaçãoDina Baptista
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Álvaro de Campos
Álvaro de CamposÁlvaro de Campos
Álvaro de CamposAna Isabel
 
Síntese fernando pessoa
Síntese fernando pessoaSíntese fernando pessoa
Síntese fernando pessoalenaeira
 
Características de Álvaro de Campos
Características de Álvaro de CamposCaracterísticas de Álvaro de Campos
Características de Álvaro de CamposAline Araújo
 
Síntese José Saramago, O ano da morte de ricardo reis
Síntese José Saramago, O ano da morte de ricardo reisSíntese José Saramago, O ano da morte de ricardo reis
Síntese José Saramago, O ano da morte de ricardo reisCatarina Castro
 
Modernismo em Portugal
Modernismo em PortugalModernismo em Portugal
Modernismo em Portugalgofontoura
 
Portugal Estado Novo
Portugal   Estado NovoPortugal   Estado Novo
Portugal Estado NovoCarlos Vieira
 
características temáticas de Fernando Pessoa - ortónimo
características temáticas de Fernando Pessoa - ortónimocaracterísticas temáticas de Fernando Pessoa - ortónimo
características temáticas de Fernando Pessoa - ortónimoDina Baptista
 
Mensagem Fernando Pessoa
Mensagem   Fernando PessoaMensagem   Fernando Pessoa
Mensagem Fernando Pessoaguest0f0d8
 
Resumos de Português: Heterónimos De Fernando Pessoa
Resumos de Português: Heterónimos De Fernando PessoaResumos de Português: Heterónimos De Fernando Pessoa
Resumos de Português: Heterónimos De Fernando PessoaRaffaella Ergün
 
O heteronimo Alberto Caeiro
O heteronimo Alberto CaeiroO heteronimo Alberto Caeiro
O heteronimo Alberto Caeiroguest155834
 
"Não sei se é sonhe, se realidade"
"Não sei se é sonhe, se realidade""Não sei se é sonhe, se realidade"
"Não sei se é sonhe, se realidade"MiguelavRodrigues
 
Num bairro moderno
Num bairro modernoNum bairro moderno
Num bairro modernoaramalho340
 

Mais procurados (20)

Modernismo em Portugal
Modernismo em PortugalModernismo em Portugal
Modernismo em Portugal
 
Álvaro de Campos
Álvaro de CamposÁlvaro de Campos
Álvaro de Campos
 
Síntese fernando pessoa
Síntese fernando pessoaSíntese fernando pessoa
Síntese fernando pessoa
 
Características de Álvaro de Campos
Características de Álvaro de CamposCaracterísticas de Álvaro de Campos
Características de Álvaro de Campos
 
A Geração de Orpheu
A Geração de OrpheuA Geração de Orpheu
A Geração de Orpheu
 
Síntese José Saramago, O ano da morte de ricardo reis
Síntese José Saramago, O ano da morte de ricardo reisSíntese José Saramago, O ano da morte de ricardo reis
Síntese José Saramago, O ano da morte de ricardo reis
 
Modernismo em Portugal
Modernismo em PortugalModernismo em Portugal
Modernismo em Portugal
 
Fauvismo
FauvismoFauvismo
Fauvismo
 
Recursos expressivos
Recursos expressivosRecursos expressivos
Recursos expressivos
 
Ricardo Reis
Ricardo ReisRicardo Reis
Ricardo Reis
 
Portugal Estado Novo
Portugal   Estado NovoPortugal   Estado Novo
Portugal Estado Novo
 
Poemas de Alberto Caeiro
Poemas de Alberto CaeiroPoemas de Alberto Caeiro
Poemas de Alberto Caeiro
 
características temáticas de Fernando Pessoa - ortónimo
características temáticas de Fernando Pessoa - ortónimocaracterísticas temáticas de Fernando Pessoa - ortónimo
características temáticas de Fernando Pessoa - ortónimo
 
áLvaro de campos
áLvaro de camposáLvaro de campos
áLvaro de campos
 
Mensagem Fernando Pessoa
Mensagem   Fernando PessoaMensagem   Fernando Pessoa
Mensagem Fernando Pessoa
 
Resumos de Português: Heterónimos De Fernando Pessoa
Resumos de Português: Heterónimos De Fernando PessoaResumos de Português: Heterónimos De Fernando Pessoa
Resumos de Português: Heterónimos De Fernando Pessoa
 
O heteronimo Alberto Caeiro
O heteronimo Alberto CaeiroO heteronimo Alberto Caeiro
O heteronimo Alberto Caeiro
 
Ceifeira
CeifeiraCeifeira
Ceifeira
 
"Não sei se é sonhe, se realidade"
"Não sei se é sonhe, se realidade""Não sei se é sonhe, se realidade"
"Não sei se é sonhe, se realidade"
 
Num bairro moderno
Num bairro modernoNum bairro moderno
Num bairro moderno
 

Destaque

Modernismo em Portugal
Modernismo em PortugalModernismo em Portugal
Modernismo em PortugalMichele Pó
 
Modernismo e Fernando Pessoa
Modernismo e Fernando PessoaModernismo e Fernando Pessoa
Modernismo e Fernando PessoaCarla Luís
 
Alberto caeiro apuntes
Alberto caeiro apuntesAlberto caeiro apuntes
Alberto caeiro apuntesSilvia Lugilde
 
A laicização do Estado
A laicização do Estado  A laicização do Estado
A laicização do Estado eb23ja
 
Módulo 9 em portugal
Módulo 9  em portugalMódulo 9  em portugal
Módulo 9 em portugalcattonia
 
O Modernismo na pintura e na literatura
O Modernismo na pintura e na literaturaO Modernismo na pintura e na literatura
O Modernismo na pintura e na literaturaDina Baptista
 
Power Point Pintura Modernista
Power Point Pintura ModernistaPower Point Pintura Modernista
Power Point Pintura Modernistaguestbdd8c1f
 
Ruptura Inovação nas Artes e na Literatura
Ruptura Inovação nas Artes e na LiteraturaRuptura Inovação nas Artes e na Literatura
Ruptura Inovação nas Artes e na LiteraturaMargarida Moreira
 
Ruptura e inovação nas artes e na literatura inês modesto
Ruptura e inovação nas artes e na literatura inês modestoRuptura e inovação nas artes e na literatura inês modesto
Ruptura e inovação nas artes e na literatura inês modestoceufaias
 
7 O modernismo português
7  O modernismo português7  O modernismo português
7 O modernismo portuguêsNúria Inácio
 
As opções totalitaristas
As opções totalitaristasAs opções totalitaristas
As opções totalitaristasAndresa Silva
 
Portugal no primeiro pós-guerra.
Portugal no primeiro pós-guerra.Portugal no primeiro pós-guerra.
Portugal no primeiro pós-guerra.home
 
Estalinismo
EstalinismoEstalinismo
Estalinismoines7391
 
Apresentação a grande depressão e o seu impacto social
Apresentação a grande depressão e o seu impacto socialApresentação a grande depressão e o seu impacto social
Apresentação a grande depressão e o seu impacto socialEscoladocs
 
Almada Negreiros
Almada NegreirosAlmada Negreiros
Almada Negreiroshcaslides
 

Destaque (20)

Modernismo em Portugal
Modernismo em PortugalModernismo em Portugal
Modernismo em Portugal
 
Modernismo e Fernando Pessoa
Modernismo e Fernando PessoaModernismo e Fernando Pessoa
Modernismo e Fernando Pessoa
 
comunicação e cartaz
 comunicação e cartaz comunicação e cartaz
comunicação e cartaz
 
Alberto caeiro apuntes
Alberto caeiro apuntesAlberto caeiro apuntes
Alberto caeiro apuntes
 
A laicização do Estado
A laicização do Estado  A laicização do Estado
A laicização do Estado
 
Módulo 9 em portugal
Módulo 9  em portugalMódulo 9  em portugal
Módulo 9 em portugal
 
O Modernismo na pintura e na literatura
O Modernismo na pintura e na literaturaO Modernismo na pintura e na literatura
O Modernismo na pintura e na literatura
 
Power Point Pintura Modernista
Power Point Pintura ModernistaPower Point Pintura Modernista
Power Point Pintura Modernista
 
Ruptura Inovação nas Artes e na Literatura
Ruptura Inovação nas Artes e na LiteraturaRuptura Inovação nas Artes e na Literatura
Ruptura Inovação nas Artes e na Literatura
 
Ruptura e inovação nas artes e na literatura inês modesto
Ruptura e inovação nas artes e na literatura inês modestoRuptura e inovação nas artes e na literatura inês modesto
Ruptura e inovação nas artes e na literatura inês modesto
 
7 O modernismo português
7  O modernismo português7  O modernismo português
7 O modernismo português
 
O estalinismo
O estalinismoO estalinismo
O estalinismo
 
Apresentação As opções totalitárias
Apresentação As opções totalitáriasApresentação As opções totalitárias
Apresentação As opções totalitárias
 
A Grande DepressãO
A Grande DepressãOA Grande DepressãO
A Grande DepressãO
 
As opções totalitaristas
As opções totalitaristasAs opções totalitaristas
As opções totalitaristas
 
Portugal no primeiro pós-guerra.
Portugal no primeiro pós-guerra.Portugal no primeiro pós-guerra.
Portugal no primeiro pós-guerra.
 
Grande depressão
Grande depressãoGrande depressão
Grande depressão
 
Estalinismo
EstalinismoEstalinismo
Estalinismo
 
Apresentação a grande depressão e o seu impacto social
Apresentação a grande depressão e o seu impacto socialApresentação a grande depressão e o seu impacto social
Apresentação a grande depressão e o seu impacto social
 
Almada Negreiros
Almada NegreirosAlmada Negreiros
Almada Negreiros
 

Semelhante a MODERNISMO EM PORTUGAL

Semelhante a MODERNISMO EM PORTUGAL (20)

História da Arte Aula 4 , Modernismo Brasileiro, abstrato e Pop Art
 História da Arte Aula 4 , Modernismo Brasileiro, abstrato e Pop Art História da Arte Aula 4 , Modernismo Brasileiro, abstrato e Pop Art
História da Arte Aula 4 , Modernismo Brasileiro, abstrato e Pop Art
 
Aula 2
Aula 2 Aula 2
Aula 2
 
Aula 2 Novo Colégio
Aula 2 Novo ColégioAula 2 Novo Colégio
Aula 2 Novo Colégio
 
Tendências culturais em Portugal
Tendências culturais em PortugalTendências culturais em Portugal
Tendências culturais em Portugal
 
História da Arte: O ambiente modernista
História da Arte: O ambiente modernistaHistória da Arte: O ambiente modernista
História da Arte: O ambiente modernista
 
Arte_sec_xx.pptx
Arte_sec_xx.pptxArte_sec_xx.pptx
Arte_sec_xx.pptx
 
Modernismo2019
Modernismo2019Modernismo2019
Modernismo2019
 
22 modernismo2020
22 modernismo202022 modernismo2020
22 modernismo2020
 
Modernismo 8ºano
Modernismo 8ºanoModernismo 8ºano
Modernismo 8ºano
 
Escola CEJAR - Aquidauana - Apostila 9º A e B 1ºB
Escola CEJAR - Aquidauana - Apostila 9º A e B 1ºBEscola CEJAR - Aquidauana - Apostila 9º A e B 1ºB
Escola CEJAR - Aquidauana - Apostila 9º A e B 1ºB
 
07 arte portuguesa
07 arte portuguesa07 arte portuguesa
07 arte portuguesa
 
Modernismo2019
Modernismo2019Modernismo2019
Modernismo2019
 
Tarsila do Amaral
Tarsila do AmaralTarsila do Amaral
Tarsila do Amaral
 
Modernismo
ModernismoModernismo
Modernismo
 
A semana-da-arte-moderna
A semana-da-arte-modernaA semana-da-arte-moderna
A semana-da-arte-moderna
 
INTERNACIONALISMO E NACIONALISMO NO MODERNISMO BRASILEIRO
INTERNACIONALISMO E NACIONALISMO NO MODERNISMO BRASILEIROINTERNACIONALISMO E NACIONALISMO NO MODERNISMO BRASILEIRO
INTERNACIONALISMO E NACIONALISMO NO MODERNISMO BRASILEIRO
 
Modernismo Modernismo
Modernismo   ModernismoModernismo   Modernismo
Modernismo Modernismo
 
Modernismo2018
Modernismo2018Modernismo2018
Modernismo2018
 
Aula 3 ef - artes
Aula 3   ef - artesAula 3   ef - artes
Aula 3 ef - artes
 
Vanguardas Europeias - Dadaísmo
Vanguardas Europeias - Dadaísmo  Vanguardas Europeias - Dadaísmo
Vanguardas Europeias - Dadaísmo
 

Mais de luisant

PermanêNcias Da Economia Tradicional
PermanêNcias Da Economia TradicionalPermanêNcias Da Economia Tradicional
PermanêNcias Da Economia Tradicionalluisant
 
A Sociedade Oitocentista
A Sociedade OitocentistaA Sociedade Oitocentista
A Sociedade Oitocentistaluisant
 
GóTico Em Portugal
GóTico Em PortugalGóTico Em Portugal
GóTico Em Portugalluisant
 
A Cultura Do PaláCio I
A Cultura Do PaláCio IA Cultura Do PaláCio I
A Cultura Do PaláCio Iluisant
 
Pintura Do Renascimento
Pintura Do RenascimentoPintura Do Renascimento
Pintura Do Renascimentoluisant
 
A Paz Armada
A Paz ArmadaA Paz Armada
A Paz Armadaluisant
 
Imperialismo E Colonialismo
Imperialismo E ColonialismoImperialismo E Colonialismo
Imperialismo E Colonialismoluisant
 
IlustraçãO De Contos
IlustraçãO De ContosIlustraçãO De Contos
IlustraçãO De Contosluisant
 
CalendáRio De Testes2
CalendáRio De Testes2CalendáRio De Testes2
CalendáRio De Testes2luisant
 
Visita De Estudo óBidos
Visita De Estudo óBidosVisita De Estudo óBidos
Visita De Estudo óBidosluisant
 
CalendáRio De Testes
CalendáRio De TestesCalendáRio De Testes
CalendáRio De Testesluisant
 
ConíMbriga Coimbra
ConíMbriga   CoimbraConíMbriga   Coimbra
ConíMbriga Coimbraluisant
 
Paula Rego
Paula RegoPaula Rego
Paula Regoluisant
 
Lisboa BeléMtografia
Lisboa   BeléMtografiaLisboa   BeléMtografia
Lisboa BeléMtografialuisant
 
Ilumismo Na Europa E Em Portugal
Ilumismo Na Europa E Em PortugalIlumismo Na Europa E Em Portugal
Ilumismo Na Europa E Em Portugalluisant
 
10 Dezembro 2008
10 Dezembro 200810 Dezembro 2008
10 Dezembro 2008luisant
 
Levanta Te Fotos
Levanta Te FotosLevanta Te Fotos
Levanta Te Fotosluisant
 

Mais de luisant (20)

PermanêNcias Da Economia Tradicional
PermanêNcias Da Economia TradicionalPermanêNcias Da Economia Tradicional
PermanêNcias Da Economia Tradicional
 
A Sociedade Oitocentista
A Sociedade OitocentistaA Sociedade Oitocentista
A Sociedade Oitocentista
 
GóTico Em Portugal
GóTico Em PortugalGóTico Em Portugal
GóTico Em Portugal
 
A Cultura Do PaláCio I
A Cultura Do PaláCio IA Cultura Do PaláCio I
A Cultura Do PaláCio I
 
Pintura Do Renascimento
Pintura Do RenascimentoPintura Do Renascimento
Pintura Do Renascimento
 
A Paz Armada
A Paz ArmadaA Paz Armada
A Paz Armada
 
Imperialismo E Colonialismo
Imperialismo E ColonialismoImperialismo E Colonialismo
Imperialismo E Colonialismo
 
IlustraçãO De Contos
IlustraçãO De ContosIlustraçãO De Contos
IlustraçãO De Contos
 
CalendáRio De Testes2
CalendáRio De Testes2CalendáRio De Testes2
CalendáRio De Testes2
 
Visita De Estudo óBidos
Visita De Estudo óBidosVisita De Estudo óBidos
Visita De Estudo óBidos
 
CalendáRio De Testes
CalendáRio De TestesCalendáRio De Testes
CalendáRio De Testes
 
ConíMbriga Coimbra
ConíMbriga   CoimbraConíMbriga   Coimbra
ConíMbriga Coimbra
 
Paula Rego
Paula RegoPaula Rego
Paula Rego
 
Lisboa BeléMtografia
Lisboa   BeléMtografiaLisboa   BeléMtografia
Lisboa BeléMtografia
 
Rf3
Rf3Rf3
Rf3
 
Rf2 A
Rf2 ARf2 A
Rf2 A
 
Rf1
Rf1Rf1
Rf1
 
Ilumismo Na Europa E Em Portugal
Ilumismo Na Europa E Em PortugalIlumismo Na Europa E Em Portugal
Ilumismo Na Europa E Em Portugal
 
10 Dezembro 2008
10 Dezembro 200810 Dezembro 2008
10 Dezembro 2008
 
Levanta Te Fotos
Levanta Te FotosLevanta Te Fotos
Levanta Te Fotos
 

MODERNISMO EM PORTUGAL

  • 1. O Modernismo em Portugal Amadeu de Souza-Cardoso José de Almada Negreiros Fernando Pessoa
  • 2.
  • 3. Na Pintura: No início do século XX, Portugal continuava na linha do naturalismo, praticado por grandes mestres como: Pousão, Malhoa, Columbano ou Carlos Reis José Malhoa , O Fado, 1910 Museu Malhoa , Caldas Da Rainha
  • 4. Henrique Pousão , Cecília, 1882
  • 5. Columbano , A Chávena de Chá, 1898
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10. Amadeu de Souza-Cardoso , Álbum XX Dessins, 1912
  • 11. Revista ABC , capas de Manuel Bentes e Jorge Barradas Manuel Bentes, organizador da Exposição Livre (1911)
  • 12.
  • 13. Fernando Pessoa (a maior revelação do Orpheu), fotografia e retrato da autoria de Almada Negreiros Encenação sobre…
  • 14. FIM Quando eu morrer batam em latas Rompam aos saltos e aos pinotes Façam estalar no ar chicotes, Chamem palhaços e acrobatas. Que o meu caixão vá sobre um burro Ajaezado à andaluza: A um morto nada se recusa, E eu quero ir de burro… Mário de Sá Carneiro, Paris, 1916 Fotografia de Mário de Sá Carneiro Poemas
  • 15.
  • 16. Santa-Rita Pintor ,Cabeça cubo-futurista, 1912 Em conclusão: estes artistas divulgaram as novas correntes culturais e propuseram um corte radical com o passado. Excêntricos e provocadores escandalizaram os seus contemporâneos.
  • 17. Eduardo Viana ,K4. O Quadrado Azul, 1916
  • 18. Eduardo Viana , Nu (mulher Deitada), 1925
  • 19. Amadeu , A Máscara do Olho Verde, 1915 Amadeu “impressionista, cubista, futurista, abstraccionista?... De tudo um pouco”. Segundo Almada foi “a primeira descoberta de Portugal na Europa do século XX!”
  • 21. Amadeu de Souza-Cardoso , Coty, 1917
  • 22. Nos anos 20 inicia-se um segundo movimento modernista Que continua a conciliar as artes e as letras Aquilino Ribeiro José Régio Miguel Torga
  • 23.
  • 24.
  • 25.
  • 26.
  • 27. Abel Manta, Jogo de Damas (1927)
  • 28. Mily Possoz Menina da Boina Verde, 1930
  • 29. Mário Eloy, Bailarico no bairro, 1936
  • 30. Carlos Botelho , Lisboa e o Tejo, 1935
  • 31. Júlio Reis Pereira , Boneco, (1902-1983)
  • 32. Sara Afonso , Casamento na Aldeia, 1937
  • 33. Sara Afonso , Meninas, 1928
  • 34. Almada Negreiros , painéis da Gare Marítima de Alcântara.Temas:”Lá vem a nau Catrineta que traz muito que contar” e “Quem não viu Lisboa Não viu coisa boa”.
  • 35. Almada Negreiros , Maternidade, 1935
  • 36. Júlio Pomar , Almoço do Trolha, 1937
  • 37.
  • 38.
  • 39. António Pedro, Intervenção Romântica, 1940
  • 40. Cadavre-Exquis, pintura colectiva de António Domingues, Fernando Azevedo, António Pedro, Marcelino Vespeira e Moniz Pereira, 1949
  • 41. Vieira da Silva , Bibliothèque en Feu, 1974 FIM