comunicação e cartaz

3.754 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

comunicação e cartaz

  1. 1. MENSAGEM CÓDIGO CANAL DE COMUNICAÇÃO EMISSOR RECEPTOR Comunicar é a capacidade de partilhar, pôr em comum, o que pensamos ou sentimos; é transmitir uma determinada mensagem. Elementos de comunicação: - Estrutura( conteúdo e organização da comunicação ) - Emissor( o que emite a mensagem ) - Recetor( o que recebe a mensagem ) - Mensagem( a significação da comunicação ). - Canal ou Suporte( o meio pelo qual se realiza a comunicação ) - Código( conjunto de signos estruturados de acordo com o tipo de linguagem utilizado )
  2. 2. A comunicação entre as pessoas é feita de várias formas: através da fala, dos gestos, de cartas, de emails, conversas em computador, etc. Em todos esses casos, uma pessoa emite uma mensagem e a outra recebe. Durante essa comunicação, vamos trocando de papel, ora sendo emissores, ora recetores. Os jornais, as revistas, o rádio e a televisão também são formas de comunicar, sendo chamados meios de comunicação. Porém, com esses não temos jeito de interagir, trocando os papéis, como fazemos quando conversamos com alguém.
  3. 3. Tipos de Comunicação Comunicação Verbal Quase toda a comunicação verbal é composta por palavras. -Comunicação oral: são as ordens, pedidos, conversas, debates, discussões. -Comunicação escrita: são as cartas, telegramas, bilhetinhos, letreiros, cartazes, livros, folhetos, jornais, revista. Comunicação Não-Verbal Através desta comunicação não-verbal ocorre a troca de sinais: olhar, gesto, postura, mímica. Comunicação pelo olhar: as pessoas costumam se entender pelo olhar. Comunicação por gestos: pode ser voluntária, como um beijo ou um cumprimento. Mas também pode ser involuntária, como por exemplo, mãos que não param de rabiscar ou de mexer em algo. Isso é sinal de tensão e, ou nervosismo. Comunicação pela postura: o modo como nos sentamos, o corpo inclinado para trás ou para frente, até mesmo a posição dos pés. Tudo isso na maioria das vezes é o nosso subconsciente transmitindo uma mensagem. Comunicação por mímica: são os gestos das mãos, do corpo, da face, as caretas.
  4. 4. Para que a comunicação exista é necessária a existência de um emissor e um recetor. Recetor é o destinatário da informação ou quem a recebe. Emissor Uma fonte que emite uma ideia ou informação
  5. 5. CANAL – Meio de comunicação utilizado
  6. 6. Mensagem – representa o conteúdo da comunicação.
  7. 7. Código – É um conjunto de sinais e regras organizados.
  8. 8. Tipos de comunicação Verbal - Oral - Escrita Não verbal - Gestual - Comportamental - Corporal - Musical - Visual
  9. 9. Comunicação casual Os Índices Os índices são informações que recebemos em que não houve qualquer intenção em comunicar.
  10. 10. Comunicação Intencional Sinais A Comunicação é intencional quando o significado da mensagem daquilo que se quer comunicar não pode ter vários significados.
  11. 11. Comunicação Intencional Sinais
  12. 12. Comunicação Intencional Símbolos
  13. 13. O cartaz é sem dúvida, um dos meios de comunicação visual mais utilizados, nos dias de hoje.
  14. 14. Para que serve um cartaz? O cartaz é um meio de comunicação muito poderoso na nossa sociedade que serve para divulgar uma mensagem
  15. 15. Vamos então aprender a fazer um cartaz tendo em conta as diversas caraterísticas e finalidades dos cartazes
  16. 16. Um cartaz que se destine a ser afixado no interior de um edifício deverá ser diferente do cartaz dos grandes espaços abertos. O cartaz que se destina a informar o grande público, deve ser colocado num local de passagem e conter uma mensagem forte e de leitura imediata.
  17. 17. A leitura de um cartaz de rua faz-se com as pessoas em andamento e, por isso, durante um tempo muito curto. Por isso, as suas dimensões são relativamente grandes. O seu destino é a parede, permitindo assim que seja visto por vários espectadores.
  18. 18. Existem porém várias formas de cartazes. Habitualmente, o cartaz é retangular, uma vez que o formato do papel e cartolinas, que lhe servem de suporte é também retangular.
  19. 19. O primeiro passo na criação de um cartaz é o da escolha do tema ou assunto a tratar. Atenção: Cada cartaz deverá ter um único tema. Um cartaz com vários temas torna-se confuso e de difícil leitura.
  20. 20. Segue-se a escolha da mensagem ou título a partir do registo de frases relacionadas com o tema. A mensagem deverá ser curta, sugestiva, clara, compreendida por todos e de fácil memorização, um verdadeiro “slogan”!
  21. 21. Deves começar por estabelecer uma ordem de importância para as frases do texto, para que possas dar a cada uma delas o destaque correspondente. O tamanho das letras deve portanto diminuir, consoante se trate de título, texto ou legendas. A cor das letras do título devem ser grossas, pintadas a cheio e de preferência da mesma cor.
  22. 22. Pensa na ordem de importância do texto e diz qual das duas hipóteses é a solução que te parece mais correta?
  23. 23. É necessário escolher letras simples e fáceis de serem lidas. O tipo de letra Como vamos desenhar o texto? Recortar letras, decalcadas de jornais ou revistas? Desenhar letras imaginadas ou processar o texto no computador?
  24. 24. Já pensaste nos espaços que existem entre as letras e as palavras? O espaçamento das letras Vê se consegues ler a mensagem seguinte, em que as letras e palavras foram colocadas ao acaso…
  25. 25. O sESp AÇoS ENt RE a Sle Tra Sd EVEMs ERcURt oSeS Em ElH AnT eS, EoES pAçOE NTrEP Al AvRAsD EVe Se Rm Ai oR.
  26. 26. Os espaços entre as letras devem ser curtos e semelhantes, e o espaço entre palavras deve ser maior. Não achas que é mais simples a leitura feita desta maneira?
  27. 27. As imagens devem ser grandes, sugestivas, ocupar mais espaço que o texto e contrastar com a cor base da cartolina. Paralelamente à criação do texto, ou mesmo antes, deve surgir a seleção das imagens. A sua importância na transmissão da mensagem é enorme.
  28. 28. Como fazer um cartaz Um bom cartaz é aquele que "diz" a sua mensagem da forma mais simples e rápida possível. Imagina alguém passando rapidinho por ele. A pessoa precisa: 1) Ver que ele está lá. 2) Ficar curioso para saber qual é a mensagem. 3) Entender a mensagem. Daí, concluis que o teu cartaz deve ter: 1) Poucas imagens, poucas palavras. 2) Um bom contraste de cores ou formas para chamar a atenção. Ou uma frase de impacto, uma pergunta, um dito popular, um trocadilho, uma foto ou desenho bem grande, uma careta engraçada, um símbolo muito conhecido, um sinal de trânsito, um objeto bem ampliado, uma obra de arte famosa... 3) Pensa na mensagem que pretendes passar e imagina que tens só 2 segundos para convencer alguém disso.
  29. 29. Há imagens desenhadas, pintadas ou obtidas por colagem de fotografias ou recortes de revistas. O importante é que “salte” do papel, e traduza bem a ideia que se quer transmitir.
  30. 30. Vê a importância dada à imagem nestes cartazes da Levi’s: são rostos de jovens realizados com colagens que lembram a tecnologia da marca.
  31. 31. Neste cartaz foi utilizada uma radiografia real, de maneira a criar uma imagem forte para captar a atenção do público.
  32. 32. • A “composição” é a distribuição dos vários elementos que vão constituir o cartaz na folha de papel (título, imagem e demais texto).  A colocação destes elementos neste espaço pode ser feita de diversos modos, dependendo da mensagem que se quer transmitir.  Em primeiro lugar, devemos estabelecer com cuidado qual dos elementos deve ocupar o espaço mais dominante (texto ou imagem?). Ao mesmo tempo, não devemos esquecer que os espaços vazios também têm importância. Esta é uma fase fundamental.
  33. 33. • Geralmente, no fundo do cartaz utilizam-se cores frias, reservando as cores quentes para os pontos mais importantes, como a ilustração central e o título. • É preciso ter em atenção que demasiadas cores, num cartaz prejudicam a leitura da mensagem.
  34. 34. LEITURA LEITURA Neste exemplo existe contraste Contraste errado entre a letra e o fundo: o título não se lê bem As cores das letras do título têm de sobressair em relação à cor do fundo do cartaz:
  35. 35. É preciso realizar um cartaz para anunciar um espetáculo de Ópera As diferentes fases do estudo deste cartaz que vamos ver, mantêm sempre 3 elementos base: o título, a rosa e a máscara do fantasma Como imagens para este cartaz foram escolhidas uma rosa e a máscara do fantasma Vamos analisar de seguida, como estes elementos se relacionam entre si e qual a sua melhor posição.
  36. 36. 1 2 3 As diferenças entre cada um destes estudos baseiam-se na relação e posição dos 3 elementos do cartaz. A partir do estudo 3 escolheu-se a orientação vertical do cartaz.
  37. 37. 4 5 A partir destes estudos ficou decidido a posição entre a rosa e a máscara: Rosa canto superior esquerdo Máscara canto inferior direito
  38. 38. 6 7 Na proposta final, optou-se pela exclusão da mão e pela ampliação da máscara. Observaste os vários estudos das letras?
  39. 39. Em resumo, para elaborar um cartaz, deves fazer o seguinte: Recolha de dados Texto Imagem Letra existente ou criada Desenho, foto ou ambos Esboços de conjunto Estudos de cor Maqueta Cartaz
  40. 40. Não te esqueças então que para fazeres um bom cartaz, necessitas sempre de fazer vários estudos, como podes observar nestes exemplos.

×