PROFAP 20122º ENCONTRO          Fabiana e Neiva
O que éMobilização  Social  José Bernardo Toro A. eNisia Maria Duarte Werneck
REFLEXÕESO que você entende por mobilização?Em nossa profissão, qual       é      a importância dessa ação?
A mobilização social é muitas vezesconfundida      com     manifestaçõespúblicas, com a presença das pessoasem uma praça, ...
Participar ou não de um processo demobilização social é um ato de escolha.Por isso se diz convocar, porque aparticipação é...
Toda mobilização é mobilização paraalguma coisa, para alcançar um objetivopré-definido, um propósito comum, porisso é um a...
Para que aMobilizaçãoSocial?
Constituição da  República Federativa        do BrasilArt. 3o. Constituem objetivos         fundamentais     daRepública F...
Quando as pessoas assumem que têm nas mãoso seu destino e descobrem que a construçãoda sociedade depende de sua vontade e ...
A formação de uma nova mentalidade nasociedade civil, que se perceba a simesma como fonte criadora da ordemsocial, pressup...
Ao definirmos estes objetivos estamos noscomprometendo com dois desafios:Como nos converter em um país produtivointernacio...
As 7 aprendizagens básicas para        convivência social As    7    aprendizagens     básicas    para   a   convivência ...
5. Aprender a cuidar de si: basedos modelos de saúde e seguridadesocial.6. Aprender a cuidar do entorno:fundamento da sobr...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Mobilização social - PROFAP - 2° ENCONTRO

480 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
480
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mobilização social - PROFAP - 2° ENCONTRO

  1. 1. PROFAP 20122º ENCONTRO Fabiana e Neiva
  2. 2. O que éMobilização Social José Bernardo Toro A. eNisia Maria Duarte Werneck
  3. 3. REFLEXÕESO que você entende por mobilização?Em nossa profissão, qual é a importância dessa ação?
  4. 4. A mobilização social é muitas vezesconfundida com manifestaçõespúblicas, com a presença das pessoasem uma praça, passeata, concentração.Mas isso não caracteriza umamobilização. A mobilização ocorrequando um grupo de pessoas, umacomunidade ou uma sociedade decide eage com um objetivocomum, buscando, quotidianamente, resultados decididos e desejados portodos.
  5. 5. Participar ou não de um processo demobilização social é um ato de escolha.Por isso se diz convocar, porque aparticipação é um ato de liberdade.
  6. 6. Toda mobilização é mobilização paraalguma coisa, para alcançar um objetivopré-definido, um propósito comum, porisso é um ato de razão.Pressupõe uma convicção coletiva darelevância, um sentido depúblico, daquilo que convém a todos.Para que ela seja útil a uma sociedadeela tem que estar orientada para aconstrução de um projeto de futuro.
  7. 7. Para que aMobilizaçãoSocial?
  8. 8. Constituição da República Federativa do BrasilArt. 3o. Constituem objetivos fundamentais daRepública Federativa do Brasil:I. Construir uma sociedade livre, justa e solidária;II. garantir o desenvolvimento nacional;III. erradicar a pobreza, a marginalização e reduziras desigualdades sociais e regionais;IV. promover o bem de todos, sem preconceito deorigem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outrasformas de discriminação.
  9. 9. Quando as pessoas assumem que têm nas mãoso seu destino e descobrem que a construçãoda sociedade depende de sua vontade e desuas escolhas, aí a democracia pode tornar-seuma realidade.Não aceitar a responsabilidade pela realidadeem que vivemos é, ao mesmo tempo, nosdesobrigarmos da tarefa de transformá-la, colocando na mão do outro a possibilidadede agir. É não assumirmos o nosso destino, nãonos sentimos responsáveis por ele, porque nãonos sentimos capazes de alterá-lo.
  10. 10. A formação de uma nova mentalidade nasociedade civil, que se perceba a simesma como fonte criadora da ordemsocial, pressupõe compreender que os“males” da sociedade são o resultado daordem social que nós mesmos criamos eque, por isso mesmo, podemos modificar.
  11. 11. Ao definirmos estes objetivos estamos noscomprometendo com dois desafios:Como nos converter em um país produtivointernacionalmente com equidade interna, ouseja, como tornarmo-nos um paíscompetitivo, em uma economiaglobalizada, sem pobreza interna?Como construir uma ordem democrática, a“sociedade livre, justa e solidária”, queexpresse o nosso modelo deDemocracia, criado e construído por nós?
  12. 12. As 7 aprendizagens básicas para convivência social As 7 aprendizagens básicas para a convivência social, segundo J. B. Toro (1993), são:1. Aprender a não agredir o semelhante: fundamento de todo modelo de convivência social.2. Aprender a comunicar-se: base da auto-afirmação pessoal ou do grupo.3. Aprender a interagir: base dos modelos de relação social.4. Aprender a decidir em grupo: base da política e da economia.
  13. 13. 5. Aprender a cuidar de si: basedos modelos de saúde e seguridadesocial.6. Aprender a cuidar do entorno:fundamento da sobrevivência.7. Aprender a valorizar o sabersocial: base da evolução social ecultural.

×