09 aula valvulas da industria de petroleo

1.288 visualizações

Publicada em

.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.288
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
45
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

09 aula valvulas da industria de petroleo

  1. 1. VÁLVULAS DA INDÚSTRIA DO PETRÓLEO
  2. 2. Interior de uma Válvula
  3. 3. Peças de Uma válvula
  4. 4. Castelo Transparente
  5. 5. Corpo transparente
  6. 6. Haste e sede
  7. 7. Válvulas Agulha Válvula destinada a limitar a pressão na rede, regulando o ponteiro do manômetro de acordo com as necessidades do usuário.
  8. 8. Válvula Portinhola
  9. 9. Válvula Portinhola • Normalmente apresenta como obturador um disco (portinhola) • A obstrução do escoamento se dá quando o fluido não apresenta pressão suficiente para manter a portinhola aberta • Ou impedir a inversão no sentido de escoamento • Retenção com portinhola é indicada para operar em linhas de líquidos, gases, sujeitas a pequenas tendências de inversão de sentido do fluxo, • Não se recomendam para fluxos pulsantes e/ou com alta velocidade de escoamento.
  10. 10. Válvula Pistão - Retenção
  11. 11. Válvula Pistão - Retenção • Causa elevada perda de carga, decorrente da brusca mudança que sofre o fluido, e da necessidade de através da pressão do fluido elevar o obturador e prover a abertura da válvula. • O fechamento ocorre quando há necessidade de inversão de sentido do fluxo, inexistindo pressão do fluido no sentido de fechamento, acomodando-se sobre a sua sede. • Válvulas de retenção horizontal são utilizadas em linhas de alta velocidade de escoamento, gases e líquidos. • Para fluidos de alta viscosidade, como óleos e graxas,os obturadores de esfera são os mais recomendáveis.
  12. 12. Válvula Globo • São normalmente empregadas em serviços que requerem operações freqüentes de abertura e fechamento, bem como controle de vazão em qualquer graduação desejada. • Vantagens : Permite o controle parcial do fluxo Abertura e fechamento mais rápido que da válvula de gaveta As características construtivas da sede-obturador permitem estanqueidade total Manutenção favorecida pelo fácil acesso aos componentes internos, sem remover a válvula da linha Aplicável em ampla faixa de pressão/temperatura • Desvantagens Não admite fluxo nos dois sentidos Perda de carga elevada
  13. 13. Válvula Gaveta
  14. 14. Válvula Globo
  15. 15. Válvula Gaveta • A principal característica da válvula gaveta está na sua mínima obstrução a passagem de fluxo, quando totalmente aberta, proporcionando baixa turbulência, com um diferencial de pressão quase insignificante. • Isto é possível, porque o seu sistema de vedação (obturador) atua perpendicularmente a linha de fluxo. Normalmente as válvulas gavetas são empregadas em processos onde não se necessitam operações freqüentes de abertura e fechamento, pois o seu manuseio é mais lento quando comparado ao de outros tipos de válvulas. • Não são aconselháveis para uso em regulagens e estrangulamentos, pois os obturadores em posição intermediária, como também as sedes, podem sofrer desgastes por erosão, em razão do brusco aumento de velocidade do fluido nessas circunstâncias, proporcionando vibrações e ruídos indesejáveis. Vantagens Passagem totalmente desimpedida quando aberta Estanque para quaisquer tipos de fluidos Aplicável em ampla faixa de pressão/temperatura Permite fluxo nos dois sentidos Desvantagens Não se aplica a regulagem e estrangulamento do fluxo Ocupa grande volume devido ao movimento de translação do obturador
  16. 16. Válvula Esfera
  17. 17. Válvula Esfera  Este tipo de válvula normalmente utilizada para bloqueio em linhas de uso geral é caracterizada pela forma esférica do elemento de vedação. Caracteriza-se também pela sua rapidez na operação é necessário apenas um quarto de volta para se operar este tipo de válvula.  Oferece ótima estanqueidade, mesmo em alta pressão e perda de carga quase desprezível (quando construída em passagem plena).  A válvula esfera não é recomendada para serviços de regulagem de fluxo, devido a geometria do seu obturador esfera.
  18. 18. Válvula Esfera Vantagens Abertura e fechamento rápidos As características construtivas do conjunto-sede, bem como os materiais utilizados neste conjunto, garantem acionamento suave e estanqueidade total. Baixa perda de carga, quando construída em passagem plena. Aplicáveis em ampla gama de pressões. Desvantagens A necessidade de utilização de materiais resilientes nas sedes, limita a gama de temperatura de utilização deste tipo de válvula. Não é indicada sua utilização em fluidos que possuam camadas sólidas em suspensão. Não são recomendadas para controles de vazão parciais.
  19. 19. Válvula Solenóide
  20. 20. Válvula Solenoide • A corrente elétrica aciona o êmbolo, abrindo ou fechando a válvula. O corpo da válvula contém um dispositivo que permite a passagem ou não do fluido, quando a haste é acionada pela força eletromagnética da bobina. O pino é “puxado” para o centro da bobina por esta força, permitindo assim a passagem do liquido.
  21. 21. Válvula Borboleta
  22. 22. Válvula Borboleta A válvula borboleta tem por função a regulagem e o bloqueio do fluxo em uma canalização. É utilizada principalmente em sistemas de água doce bruta ou tratada, e em estações de tratamento de água e de esgotos. A água não deve exceder a temperatura de 60° C e a pressão interna de 1,6 BAR.
  23. 23. Arvore de Natal A arvore de Natal fica no fundo do mar. Ela serve para controlar a saída de óleo do poço É uma valvula do tipo gaveta É regulada pelo ROV o mini submarino que é comandado por operadores na plataforma
  24. 24. Manifolds O manifold é um equipamento de passagem e de manobra da produção, onde o óleo é agrupado em um mesmo coletor
  25. 25. Manifolds Manifold para instalação do PIG PIG é o elemento de limpeza da tubulação
  26. 26. Manifolds Manifold na entrada da plataforma
  27. 27. Manifolds Válvulas do tipo Gaveta
  28. 28. Manifolds Manifolds são estruturas de tubulações e válvulas que servem para controlar a entrada de petróleo na Plataforma. Na entrada da plataforma pode acontecer de haver um aumento súbito de pressão, por causa de gás no poço ou excesso do fluido de lubrificação da broca ou excesso de pressão da água de injeção no poço. Se acontecer esse aumento de pressão, o petróleo é desviado para uma tubulação que fecha a entrada por precaução. Essa válvula chama-se B.O.P. (Blow Out Preventer) Prevenção de Explosão São um conjunto de válvulas do tipo gaveta que fecha e estanqueiam o poço.
  29. 29. Válvula BOP É uma válvula do tipo Gaveta, que fecha a entrada de Óleo na Plataforma
  30. 30. Questionário • 1 – Quais os tipos de válvulas? • 2 – Quais as válvulas usadas pelo BOP? • 3 – Qual o tipo de válvula usada no tratamento da água de injeção? • 4 – Qual o tipo de válvula para impedir retorno de fluxo? • 5 – O que é manifold? • 6 – O que é arvore de Natal? • 7 – Que tipo de válvula existe na arvore de Natal?
  31. 31. FIM

×