Aristófanes, poeta cômico grego, contemporâneo de Sócrates, afirmou que 
no começo os homens eram duplos, com duas cabeças...
Segundo o mito, é por isso que homens e mulheres vagueiam infelizes, 
desde então, em busca de sua metade perdida. 
Será u...
Vemos sempre a atração eterna das almas que se amam mais intimamente, 
envolvendo umas para as outras num turbilhão de ans...
A cara metade; a alma gêmea; o pedaço de mim; Quem é este Outro que 
deveria nos completar? Não tem mesmo jeito. No fundo,...
Repetindo a pergunta: Existem as almas gêmeas, metades que se buscam 
para um embalo eterno? 
O Espiritismo diz que não, c...
Cada um de nós é uma individualidade que estabelece laços e afinidades 
com outras individualidades, através dos tempos e ...
Todos somos Espíritos inteiros, a caminho do aperfeiçoamento integral. 
Não seria justo que nossos esforços por conquistar...
Porém, apesar da clareza dos ensinamentos espíritas, ainda vemos muita 
gente boa, dentro do nosso movimento, cair nessa a...
O mito da alma gêmea
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O mito da alma gêmea

336 visualizações

Publicada em

Mensagem espírita

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
336
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O mito da alma gêmea

  1. 1. Aristófanes, poeta cômico grego, contemporâneo de Sócrates, afirmou que no começo os homens eram duplos, com duas cabeças, quatro braços e quatro pernas. Estes seres mitológicos eram chamados de andróginos. Os andróginos podiam ter o mesmo sexo nas duas metades, ou ser homem numa metade e mulher na outra. Bem, isso tudo Aristófanes criou para explicar a origem e a importância do amor. O mito fala que os andróginos eram muito poderosos e queriam conquistar o Olimpo dos deuses, e para isso construíram uma gigantesca torre. Os deuses, com o intuito de preservar seu poder, decidiram punir aquelas criaturas orgulhosas dividindo-as em duas, criando, assim, os homens e as mulheres.
  2. 2. Segundo o mito, é por isso que homens e mulheres vagueiam infelizes, desde então, em busca de sua metade perdida. Será uma verdade a teoria das almas gêmeas? A questão 323 do livro O Consolador diz que sim. (No sagrado mistério da vida, cada coração possui no infinito a alma gêmea da sua, companheira divina para a viagem à gloriosa imortalidade. Criadas umas para as outras, as almas gêmeas se buscam, sempre que separadas. A união perene é-lhes a aspiração suprema e indefinível. Milhares de seres, se transviados no crime ou na inconsciência, experimentam a separação das almas que os sustentam, como a provação mais ríspida e dolorosa, e, no drama das existências mais obscuras,
  3. 3. Vemos sempre a atração eterna das almas que se amam mais intimamente, envolvendo umas para as outras num turbilhão de ansiedades angustiosas; atração que é superior a todas as expressões convencionais da vida terrestre). Observação do Instituto André Luiz: A teoria das almas gêmeas (livro O Consolador), de Emmanuel foi contestada pela FEB, Federação Espírita Brasileira, por mostrar-se, segundo a instituição, em contradição à resposta dada pelos Espíritos da Codificação (O Livro dos Espíritos, questões 298 e 299). Em amável resposta, Emmanuel corrigiu apenas a questão 378 de seu livro, alegando problemas de filtragem mediúnica.
  4. 4. A cara metade; a alma gêmea; o pedaço de mim; Quem é este Outro que deveria nos completar? Não tem mesmo jeito. No fundo, no fundo, todos nós nutrimos a fantasia de que em algum lugar deste planeta alguém está esperando, olhando para o mesmo céu e, sem nem saber que a gente existe, pensando em nós. Se os Espíritos não têm sexo, como se explica a questão das almas gêmeas? A Questão 200 de O Livro dos Espíritos esclarece-nos que os Espíritos não têm sexo como o entendemos; e a Questão 298 informa-nos que não há união particular e fatal de duas almas.
  5. 5. Repetindo a pergunta: Existem as almas gêmeas, metades que se buscam para um embalo eterno? O Espiritismo diz que não, conforme está na Questão 298, de O Livro dos Espíritos. Se fôssemos seres incompletos, perderíamos nossa individualidade. Seríamos um Espírito pela metade, e não poderíamos progredir, conquistar virtudes, ser feliz, a menos que nossa outra metade se juntasse a nós. Assim, a relação entre dois inteiros é bem melhor do que entre duas metades. A Doutrina Espírita é clara no que diz respeito às almas gêmeas. Não existem metades que precisam se completar para desfrutar a eterna felicidade.
  6. 6. Cada um de nós é uma individualidade que estabelece laços e afinidades com outras individualidades, através dos tempos e das vivências sucessivas. Se substituirmos o termo GÊMEO por AFIM, vamos perceber que são muitas as almas afins que encontramos e reencontramos por esse planeta, e que todas elas, cada uma a seu modo, têm seu espaço e importância em nossa caminhada. Amigos, filhos, irmãos, pais, mães, esposas e maridos, entre outros, formam a imensa fileira das relações de afinidade construídas vida afora. Assim, vale pensar que, embora o romantismo esteja presente em novelas, filmes, peças teatrais, indicando que a felicidade só é possível quando duas metades de fundem, essa não é a realidade.
  7. 7. Todos somos Espíritos inteiros, a caminho do aperfeiçoamento integral. Não seria justo que nossos esforços por conquistar virtudes fosse em vão, por depender de outra criatura que não sabemos nem se tem interesse em se aperfeiçoar. Por todas essas razões, acredite que você não precisa de outra metade para ser feliz. Lute para construir na própria alma um recanto de paz, de alegria, de harmonia e segurança, como Espírito inteiro que é. Só assim você terá mais para oferecer a quem quer que encontre pelo caminho, com sua individualidade preservada e com o devido respeito à individualidade do outro. Tudo isso nos leva, portanto, a raciocinar que, nos planos superiores da vida não existe sexo como o entendemos, nem almas gêmeas existem em lugar algum do Universo.
  8. 8. Porém, apesar da clareza dos ensinamentos espíritas, ainda vemos muita gente boa, dentro do nosso movimento, cair nessa armadilha emocional das almas gêmeas. Muita Paz Meu Blog http://espiritual-espiritual.blogspot.com.br

×