Pei slides programa de acao

611 visualizações

Publicada em

Ensino Integral

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
611
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pei slides programa de acao

  1. 1. 1 Programa de AçãoPrograma de Ação Enfoque OperacionalEnfoque Operacional
  2. 2. OBJETIVO ESPECÍFICO Instrumentalizar os diferentes segmentos que compõem a equipe escolar com vistas a elaboração do seu Programa de Ação no contexto escolar. 2
  3. 3. PROGRAMA DE AÇÃO O PROGRAMA DE AÇÃO (PA) trata da operacionalização, dos meios e processos que darão corpo às diretrizes traçadas. É um veículo para o exercício da delegação gradual e planejada. Diretor e demais educadores elaboram seus Programas de Ação detalhando ações a serem desenvolvidas.
  4. 4. Programa de Ação 4 1- Introdução 2- Definição das atribuições e atividades 3- Filosofia para exercício das atividades - Domínio - Enfoque - Posturas - Diretrizes - Alinhamento 4- Resultados Pactuados – Metas e Ações 5- Organização/Comunicação 6- Orçamento 7- Fatores Críticos e Apoio Requerido 8- Substitutos Roteiro Programa de Ação
  5. 5. Programa de Ação A introdução é um breve diagnóstico da realidade, uma reflexão em relação aos resultados de aprendizagem dos estudantes, suas dificuldades, a relação com os pais... Também é o momento de auto-reflexão, de olhar para si mesmo e definir os pontos que farão a diferença para os alunos, para a qualidade do ensino. 5  No Programa de Ação, as atribuições estão relacionadas às atividades que ocupam a maior parte do tempo do indivíduo.  As atribuições são a síntese das obrigações e dos deveres como constam nas Leis Complementares Nº 1.164 e 1.191/2012.  As atribuições relacionam-se com os elementos básicos do modelo de educação da Escola de Ensino Integral, garantindo a formação plena do estudante: autônomo, solidário e competente. 1- Introdução 2- Definição das atribuições e atividades
  6. 6. 6 Condições para compreender o domínio das atribuições: - Domínio - Foco - Postura - Alinhamento - Diretrizes 3- Filosofia para exercício das atividades
  7. 7. Programa de Ação 7 Condições para compreender o domínio das atribuições: Domínio: É o que não domina, o que necessita ser melhorado, trabalhado. É a reflexão no sentido da melhoria pessoal, cognitiva, profissional e relacional. Os quatro pilares do conhecimento, devem estar presentes no crescimento de todos os integrantes da comunidade escolar. 3- Filosofia para exercício das atividades Foco: constituem os pontos de concentração aqueles que fazem a diferença nos resultados. Postura: o processo de autoanálise se estende ao nível comportamental. Atitude resultante de um compromisso da pessoa para consigo mesma e para com o outro: líder, liderados, parceiros, poder público, comunidade. Alinhamento: responsável pela convergência de visões e perspectivas, minorando as divergências, minimizando os conflitos e os conseqüentes desgastes. É a sintonia entre duas ou mais pessoas evitando o ruído na comunicação. Diretrizes: orientam as ações que compõem o processo. Derivam do Plano de Ação.
  8. 8. Programa de Ação As metas contidas no Plano de Ação nortearão o estabelecimento dos Resultados Pactuados na equipe; 8 4- Resultados Pactuados – Metas e Ações As metas dos Programas de Ação, obrigatoriamente, têm de estar em consonância com os resultados (metas) da Escola contidos no Plano e diretamente vinculados à essência das atividades executadas, por toda equipe escolar; São pactuados porque resultam de uma análise conjunta (diretor/educador) da situação real, do cenário desejado e da viabilidade de execução. Resultados globais – metas da escola contidas no plano de ação da Escola. Resultados esperados – metas relativas a disciplina acordadas com a direção e/ou coordenação, alinhado com plano de ação da escola (indicadores de processo). Resultados individuais – meta que o professor coloca na sua agenda individual. O que ele espera de cada aluno, em relação a sua disciplina.
  9. 9. Programa de Ação 9 O educador deve fazer a previsão dos recursos (pessoas, materiais, equipamentos, instalações) que julgar necessários à concretização dos resultados pactuados e analisar sua viabilidade com o gestor. O estabelecimento do processo de comunicação é vital para manter um fluxo de informação contínuo entre os envolvidos no projeto escolar. Os recursos precisam ser mobilizados com antecedência e previstos no orçamento da Escola. Este item não é preenchido pelos professores. 5- Organização e Comunicação
  10. 10. Programa de Ação 10  Os imprevistos, obstáculos e dificuldades são inerentes a qualquer atividade. Se estes fatores ocorrerem fora do âmbito de atuação, podem causar impacto no resultado da Escola.  Cabe ao gestor ou educador se antecipar aos problemas e tentar encontrar soluções para neutralizar ou minimizar os seus efeitos.  A formação do Substituto é a concretização da tarefa de educar, de formar novos líderes, tanto para substituições eventuais como para a definitiva.  Indicar quais professores podem substituir eventualmente, em ordem de preferência.  Instrumentos como agenda e súmulas constituem mecanismos simples para exercitar a delegação e preparação de pessoas para tarefas ou funções mais complexas. 7- Fatores Críticos e Apoio Requerido 8- Substitutos
  11. 11. PROGRAMA DE AÇÃO Nome: Função 2. Atribuições e Atividades 3. Filosofia para exercício das atividades 3.1 Domínio 3.2 Foco 3.3 Postura 3.4 Diretrizes 3.5 Alinhamento . 4. Resultados Pactuados – Metas e Ações 5. Organização e Comunicação4.1 Resultado Global 4.2 Resultados Esperados 4.3 Resultados Individuais 6. Orçamento 7. Fatores Críticos e Apoio 8. Substituto 1. Introdução Programa de AçãoFormulário
  12. 12. Programa de AçãoPrograma de Ação Enfoque OperacionalEnfoque Operacional
  13. 13. Objetivo da atividade Analisar PA do Professor, do PCA, do PCG e do Diretor da EE Jd. Esmeralda a fim de facilitar a elaboração de nossos próprios PAs. Essa análise requer o entendimento dos conceitos constantes do Plano, assim como o seu modo de operacionalização.
  14. 14. ORGANIZAÇÃO 1. Divisão dos grupos (8 grupos mistos – Diretor, Vice, PCG e Supervisores de diferentes escolas). 2. Entrega dos Exemplos de PA para os grupos. 3. Dois grupos analisarão o mesmo PROGRAMA DE AÇÃO (Diretor, PCG, PCA e Professor) 4. Socialização por segmento. 14
  15. 15. COMANDA Vocês receberam o Programa de Ação do Professor de Inglês, do PCA da Área de Ciências da Natureza, Matemática e suas tecnologias, do PCG e Diretor da EE Jd. Esmeralda. Analisar o PA entregue ao grupo, observando se os itens constantes do Programa de Ação atendem as orientações para elaboração do mesmo. Identificar nos itens, o que deve ser reelaborado, acrescentado , retirado ou mantido. Preencher o quadro com “palavras chave” do que é imprescindível constar nos itens da planilha. Registrar a discussão do grupo e eleger um orador para socializar com todo o grupo 15
  16. 16. SISTEMATIZAÇÃO 16
  17. 17. PROGRAMA DE AÇÃO Nome: Função 2. Atribuições e Atividades 3. Filosofia para exercício das atividades 3.1 Domínio 3.2 Foco 3.3 Postura 3.4 Diretrizes 3.5 Alinhamento . 4. Resultados Pactuados – Metas e Ações 5. Organização e Comunicação4.1 Resultado Global 4.2 Resultados Esperados 4.3 Resultados Individuais 6. Orçamento 7. Fatores Críticos e Apoio 8. Substituto 1. Introdução Programa de AçãoFormulário
  18. 18. • • • Aplicação do Ciclo PDCA FUNDAMENTAL PARA O PROGRAMA DE AÇÃO 1 “PLAN”- PLANEJAR 2 “DO” - FAZER 3 “CHECK” - MONITORAR 4 “ACT” – AGIR / REVISAR
  19. 19. Fluxograma do PA PROGRAMA DE AÇÃO (PA) Orientação (para elaboração) Elaboração Acompanhamento/ Monitoramento Diretor PCG PCA Professores
  20. 20. SEESEE DEDE DIRETORDIRETOR PCGPCG VICE DIRETOR VICE DIRETOR PCAPCA PCAPCA PCAPCA PROFESSORESPROFESSORES ALUNOSALUNOS ASSEGURAR/GARANTIR ADMINISTRAR/COORDENAR ADMINISTRAR/ COORDENAR EXECUTAR/ REALIZAR APRENDER PROFESSORESPROFESSORES PROFESSORESPROFESSORES
  21. 21. PARA FINALIZAR PROGRAMA DE AÇÃO Professor PCA PCG Diretor Introdução Atribuições Filosofia Resultados Organização Orçamento Fatores Críticos Substitutos 21

×