John watson e o behaviorismo

770 visualizações

Publicada em

Psicologia B
12º ano

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
770
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
44
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

John watson e o behaviorismo

  1. 1. Trabalho realizado por: Francisca Maria Ana Carolina Freire Flávio Oliveira
  2. 2. BEHAVIORISMO Behaviorismo, também conhecido como comportamentalismo, é uma área da psicologia, que tem o comportamento como objecto de estudo.
  3. 3. Behaviorismo RadicalSkinner
  4. 4. Condicionamento Operante
  5. 5. Watson Behaviorismo Clássico
  6. 6. Condicionamento Clássico
  7. 7. CRÍTICAS EM RELAÇÃO A WUNDT Watson considera que com Wundt a psicologia teve uma falsa partida pois este não foi capaz de romper com as concepções tradicionais.
  8. 8. Wundt define como objecto da psicologia o estudo da mente, da experiência consciente do Homem – a consciência. Watson pretendia para a psicologia o mesmo estatuto da biologia. Logo para se constituir como ciência rigorosa e objectiva, o psicólogo terá de assumir a atitude do cientista, trabalhando com dados que resultam de observações objectivas e acessíveis a qualquer outro observador.
  9. 9. Não nega a existência da consciência nem a possibilidade do indivíduo se auto-observar, mas considera que os estados de espírito bem como a procura das suas causas só podem interessar ao sujeito no âmbito da sua vida pessoal.
  10. 10. NOÇÃO DE COMPORTAMENTO → Para Watson, a psicologia deverá estudar o comportamento do ser humano desde o nascimento até à morte. → O estudo do comportamento consiste em estabelecer as relações entre os estímulos e as respostas.
  11. 11. S R Por estímulos entende-se o conjunto de excitações que agem sobre o organismo. Um estímulo pode ser qualquer elemento ou objecto do meio externo ou qualquer modificação interna do organismo. Meio externo: raios luminosos, ondas sonoras, partículas que afectam o olfacto e o gosto, vibrações mecânicas, etc. Ex: a picada de uma agulha. Meio interno: movimentos dos músculos, secreções das glândulas, etc. Ex: contracções do estômago provocados pela fome.
  12. 12. Em geral, o comportamento é determinado não por um estímulo, mas por um conjunto complexo de estímulos que se designa por situação.
  13. 13. A cada situação corresponde um dado comportamento, isto é, um conjunto de respostas. A resposta é uma reacção muscular ou glandular podendo ser de dois tipos: Explicitas: são respostas directamente observáveis: movimentos, voz, secreções externas. Ex: lágrimas, salivar, suor... Implícitas: não são directamente observáveis; são constituídas pelas respostas viscerais, pela actividade dos músculos lisos Ex: contracções do estômago
  14. 14. R=f(S) O comportamento, a resposta (R), é função(f), isto é, depende da situação (S). O estabelecimento das leis do comportamento resulta do estudo das variações das respostas em função da situação. O psicólogo, conhecendo o estímulo, deverá ser capaz de: → Prever a resposta e se conhecer a resposta deverá poder identificar o estímulo e a situação que a provocou.
  15. 15. Embora não negue a existência de factores hereditários – para ele, irrelevantes na formação da personalidade do indivíduo – considera que, no desenvolvimento da criança, são determinantes os factores do meio.
  16. 16. “Dêem-me uma dúzia de crianças sadias, bem constituídas e a espécie de mundo que preciso para as educar, e eu garanto que, tomando qualquer uma delas ao acaso, prepará-la-ei para se tornar um especialista que eu seleccione: um médico, um comerciante, um advogado e, sim, até um pedinte ou ladrão, independentemente dos seus talentos, inclinações, tendências, aptidões, assim como da profissão e da raça dos seus antepassados.” -John Watson
  17. 17. CRÍTICAS AO BEHAVIORISMO Uma Ciência do comportamento é: 1. Impossível 2. Indesejável 3. Fatalista
  18. 18. Webgrafia http://www.prof2000.pt/ http://caminhodapsicologia.webnode.com.pt/ http://www.scribd.com/ http://www.infoescola.com/ http://psicofadeup.blogspot.pt/ http://teologiacomportamental.blogspot.pt/

×