Guaianas 089

291 visualizações

Publicada em

Publicada em: Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
291
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
33
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Guaianas 089

  1. 1. Jornal Ano 7 Número 089 Tiragem 25 Mil 1ª QUINZENA DE MAIO/2014 . 2031-2364 raleste@gmail.com O MPT (Ministério Públi- co do Trabalho) constatou irregularidades na Arena Corinthians, durante vis- Ministério Público do Trabalho ameaça interditar obras da Arena Corinthians toria realizada na desta quinta-feira(15), e ameaça interditar novamente as obras... Leia na pág. 02 São Paulo é o Estado que mais investe em segurança no Brasil A Polícia do Estado de São Paulo é a que mais investe no Brasil. Neste ano de 2014, o orçamento para segurança pública do Governo é de R$ 17 bilhões. Com mais de 120 mil homens... Leianapág.05 Guaianases realiza Seminário de Combate ao Abuso e Exploração Sexual Em virtude da come- moração aos 153 anos de Guaianases, o bairro tem promovido inúmeros even- tos, e nesta quinta-feira, dia 08 de maio, o CEU Jambei- ro recebeu o Seminário de Combate... Leia na pág. 02 Nesta última segunda- -feira (12) cerca de 150 pessoas estiveram na sede da Subprefeitura Ari- canduva/Formosa/Carrão para apresentar detalhes da extensão da Linha 2- Verde até Guarulhos. Esti- veram presente no evento o secretário dos Transpor- tes Metropolitanos Jurandir Fernandes, o presidente da Companhia do Metrô Luiz Antonio Carvalho Pa- checo e metroviários das áreas de planejamento, projetos, assuntos jurídi- cos e obras. Com a extensão da Li- nha 2, a malha metroviária chegará pela primeira vez em sua história a outro município. Guarulhos, com cerca de 1,3 milhões de habitantes, abrigará as estações Ponte Grande e Dutra. Segundo Epaminondas Duarte Junior, Asssessor Técnico da Gerência de Planejamento do Metrô, as obras de ampliação da Linha 2 se estenderão por 14,3 km e acrescentarão 14 esta-... Leia na pág. 04 Governo apresenta a nova linhado metrô que ligará Vila Prudente a Guarulhos Na última segunda-feira, dia 12 de maio, durante um café da manhã oferecido para os funcionários, o Guaianases tem novo Supbprefeito Engº Roberval Dias Torres assumiu a Subprefeitura de Guaianases. Leia na pág. 03
  2. 2. Uma publicação do Grupo Acontece de Jornais e Revista As matérias publicadas são de exclusiva responsabilidade dos colaboradores e não representam necessariamente a opinião do Jornal. Os nomes dos colaboradores e representantes comerciais não mantém vínculo empregatício com a empresa. Diretor e Chefe de Redação: Divaldo Rosa MTb: 42.488 • Jornalista (fl): Silmara Galvão Nunes • Representantes Comerciais: Divaldo Rosa • Diretor de Arte: Sérgio Avante • Designer: Ademir Rodrigues • Revisora: Prof. Suseli Corumba • Administração Financeira: Ademir Rodrigues • Distribuição: Mart Press Distrib.de Jornais • Redação e Publicidade • Fone/Fax: 2031-2364 / 2513- 0928 • Av. Guachos, 166 • Cep: 08030-360 • Vila Curuçá - SP - E-mail: raleste@gmail.com (fl = Freelancer) Jornal 2 SUB PREF. DE GUAIANASES Estr. Guaianases, 2565 Jd Helena / Guaianases-SP BANCA COQUINHO Rua Hipolito de Camargo, 460 Guaianases-SP BANCA DE JORNAIS A MUSICAL Rua Salvador Gianetti, 1156 Guaianases-SP BANCA NOVA COQUEIRO Estr. Itaquera Guaianases, 2423 Jd Helena / Guaianases-SP BANCA TEMAS E LETRAS Av. Salvador Gianetti, 564 Guaianases-SP Em virtude da come- moração aos 153 anos de Guaianases, o bairro tem promovido inúmeros eventos, e nesta quinta- -feira, dia 08 de maio, o CEU Jambeiro recebeu o Seminário de Combate ao Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes. O objetivo principal desse seminário é divul- gar, articular e pensar em ações estratégicas, frente a exploração se- xual infantil, reforçando assim a importância da denúncia e despertando em todos os cidadãos o sentimento de proteção, em relação às crianças e adolescentes de nosso país e principalmente de nossa cidade. A data faz referência a um crime bárbaro que chocou o país e ficou conhecido como o “Crime Araceli”. Assim, a criação de uma data como essa tem a função de mobilizar os diferentes setores da sociedade, dos governos e da mídia para a forma- ção da opinião pública em relação ao enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes. Para quem não sabe, o dia 18 de maio foi instituí- do pela Lei Federal de Nº 9970/00, de 17/05/2000, como Dia Nacional de En- frentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes. Nesta data, teremos diversas atividades em Semáforos da região de Guaianases, com nos faróis da Estra- da Itaquera Guaianases, Mercadão Municipal de Guaianases, Estrada do Lageado Velho eAv. José Pinheiro Borges. Estiveram presentes no evento representantes da Secretária da Assis- tência e Desenvolvimento Social do Município de São Paulo, Secretaria Nacional de Diretos Hu- manos, da Supervisão de Assistência Social de O MPT (Ministério Pú- blico do Trabalho) consta- tou irregularidades na Arena Corinthians, durante vistoria realizada na desta quinta- -feira(15), e ameaça interdi- tar novamente as obras do estádio. Os fiscais do órgão público apontaram problemas na movimentação de cargas e jornada excessiva de trabalho dos operários na instalação das arquibancadas móveis provisórias, situadas nos se- tores Norte e Sul do estádio. “Há um mês, o Ministério do Trabalho esteve aqui e constatou algumas irregula- ridades na construção das arquibancadas provisórias. Essas irregularidades per- sistem”, diz o procurador do Trabalho Roberto Pinto Ribei- ro. “Nosso próximo passo é entrar em contato com o MPT solicitando nova inspeção e, Ministério Público do Trabalho ameaça interditar obras da Arena Corinthiansditores fiscais do Trabalho façam uma nova vistoria na obra, em data ainda incer- ta. O órgão ressalta que as eventuais interdições podem ser pontuais e não atingir a obra inteira. A reportagem ainda não conseguiu contato com a Fast Engenharia, encarregada das obras das arquibancadas provisórias. Os representantes do MPT disseram que o ex-presidente do Corinthians e atual admi- nistrador do estádio, André Sanchez, havia se compro- metido a resolver os proble- mas, já apontados em vistoria anterior. Presente no Itaque- rão durante a visita desta quinta, o dirigente corintiano não se pronunciou, mas, de acordo com os fiscais, nova- mente se dispôs a resolver as irregularidades. Por ora, o Ministério Pú- blico do Trabalho não pedirá a paralisação das obras. Mas isso pode ocorrer daqui a 15 dias, quando o órgão fará nova visita à Arena Corin- thians. Nesta data, o estádio que sediará a abertura da Copa do Mundo, no jogo entre Brasil e Croácia, dia 12 de junho, já estará sob a respon- sabilidade da Fifa. O primeiro jogo oficial do estádio corintiano acontecerá no próximo domingo, quando o Corinthians enfrenta o Fi- gueirense, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Um dos alvos do problema, as arquibancadas móveis não será utilizadas, a exemplo do que ocorreu no último sába- do, durante o evento-teste que reuniu ex-jogadores do Corinthians e o volante Elias. se for o caso, interditar.” O procurador-geral do Trabalho de São Paulo, Luís Antônio Camargo, reforça que o problema está em uma área específica das obras. “Nossa principal preocupação continua a ser a arquibancada provisória. Em alguns desses setores, o meio ambiente de trabalho não é seguro”, diz. O MPT solicitará que au- Guaianases realiza Seminário de Combate ao Abuso e Exploração Sexual Palestra aconteceu nesta quinta-feira, dia 08 de maio Guaianases, da Defensoria Pública do Ministério Públi- co de São Paulo – Fórum Regional de Itaquera, do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente, da Supervi- são Técnica de Saúde de Guaianases, do Conselho Tutelar de Guaianases e do Centro de Defesa e de Convivência da Mulher “Mulher-Ação” – Instituto Social Santa Lúcia. BANCA COQUINHO Rua Hipolito de Camargo, 460 Guaianases-SP
  3. 3. 3 Bom público e atrações musicais marcam o início das festividades em come- moração ao aniversário de Guaianases. Solenidade de Abertura movimentou o CEU Jambeiro, na última sexta-feira, dia 9 de maio. A Solenidade de Aber- tura do 153º Aniversário de Guaianases foi realizada na última sexta-feira, dia 9 de maio, no CEU Jambei- ro. Cerca de 250 pessoas Na última segunda-feira, dia 12 de maio, durante um café da manhã oferecido para os funcionários, o Engº Ro- berval Dias Torres assumiu a Subprefeitura de Guaianases. Roberval atua na região de Guaianases desde 1994, quando foi chefe da Unidade Técnica da UPJ (Unidade de Áreas Verdes), atuando na re- cuperação de áreas públicas - degradadas pela deposição de resíduos sólidos – através da implantação de áreas ver- des e praças. Já em 1997, foi Assistente Técnico fiscal da Unidade de Limpeza Pública da Sub- prefeitura de Guaianases. O Mercado Municipal de Guaianases foi inaugurado no dia 5 de maio de 1989 e recebeu o nome de Leonor Quadros. O prédio foi constru- ído no local em que acontecia uma feira livre. Com o tempo, a prefei- tura utilizou este espaço para abastecer os bairros de Guaianases, Lajeado e Cidade Tiradentes. Até hoje, o mercado é ponto de refe- rência para o bairro e pela excelência no atendimento e na variedade oferecida pelos comerciantes dos boxes. Com um amplo estaciona- mento, o mercado conta com 44 boxes, medindo 25m2, distribuídos entre quitandas, açougues, avícolas, peixarias, O programa de saúde é uma parceria firmada pela prefeitura e o Centro de Integração de Educação e Saúde - CIES. A unidade móvel, que está instalada no CEU Jambeiro, região de Guaianases, realizará consultas, exames e cirur- gias de pequeno e médio porte, com padrão de clí- nicas particulares. Salientamos que as uni- dades móveis da Rede Hora Certa reduziram entre 80 e 90% a fila por exames nos bairros em que foram instaladas, de acordo com dados da Secretaria Muni- cipal de Saúde. A iniciativa para realizar exames na capital já contabilizou mais de 22 mil procedimentos em Ermelino Matarazzo, Brasilândia e Capela do Socorro. Os esquemas para as consultas funcionam as- sim: Os caminhões do pro- grama ficam instalados em cada local por dois meses. Os pacientes da região que chegam para ser atendidos são encaminhados pelas Unidades Básicas de Saú- de (UBS) para realizarem exames de colonoscopia, endoscopia, eletroneuro- miografia, ultrassom, naso- fibroscopia e ecocardiogra- ma. O atendimento é feito de segunda-feira à sábado, com horário marcado. Com isso, a expectativa da Se- cretaria Municipal de Saú- de é que, em seis meses, o projeto seja responsável pela realização de 215 mil exames. Cada arena é capaz de realizar até 500 procedimentos diários. Como é a sua estrutura A Carreta da Saúde mede 15 metros de com- primento. É dotada de um sistema automatizado que permite a abertura das laterais e perfaz uma área de aproximadamente 100 m². O centro médico móvel é autônomo. Possui qua- tro salas de atendimento climatizadas com equipa- mentos de diagnóstico de alta tecnologia, áreas de Guaianases tem novo Supbprefeito Posse aconteceu na última segunda-feira, dia 12 de maio, em um café da manhã para os funcionários da Subprefeitura Tendo sido responsável pela fiscalização de contratos de zeladoria e programação de serviços gerais de limpeza urbana, manutenção dos sistemas de drenagem, con- servação de áreas verdes e manejo de árvores. E finalmente em 2012, foi coordenador de projetos, obras e serviços na CPO da Subprefeitura de Guaiana- ses. Com acompanhamento e comando dos trabalhos de supervisores técnicos e che- fes de unidades, ao tempo em que gerenciou a fiscali- zação de obras e serviços contratados nesse setor da subprefeitura Rede Hora Certa Móvel chega a região de Guaianases Entre os exames que a população poderá realizar estão: colonoscopia, endoscopia e ultrassom Rede Hora Certa Móvel - Ceu Jambeiro Avenida José Pinheiro Borges, 60, Guaianases Mais informações pelo telefone:(11) 2960-2055 Horário de Atendimento: 7h às 17h esterilização, duas áreas de espera, banheiros e elevador para pessoas com mobilidade reduzida. Já os boxes da saúde são estruturas que chegam a ter 7,5m x 2,5m. São sistemas de saúde móvel autônomos, com abertura lateral automatizada ou não, que permite alcançar uma área de 45 m². Neles podem ser feitos aten- dimentos em até quatro especialidades. A unidade maior possui uma sala de raio-X ou mamografia digital, uma sala de ecocar- diograma / ultrassonografia com banheiro e a recep- ção. Já o box menor abriga duas salas reversíveis, cada uma com um banhei- ro independente, que pode ser facilmente acoplada às outras unidades a fim de criar até mesmo um cen- tro médico. Há ainda uma tenda de 5m x 5m usada como sala de espera. Atrações musicais marcam o início do aniversário de Guaianases Dia 12/05 – Rede Hora Certa Móvel Local: CEU Jambeiro - 9h Dia 17/05 – Programação Esportiva Ginástica Artística Sala Multiuso - CEU Jambeiro - 10h às 13h Dia 17/05 – Programação Esportiva - Festival de Futebol CEU Jambeiro - 13h às 18h Dia 17/05 – Programação Esportiva - Fest Fan Open Skate CEU Jambeiro - 14h Dia 18/05 – Dia Nacional de Com- bate ao Abuso Sexual à Crianças e Adolescentes Local: Semáforos da Estrada Itaquera Guaianases, Mercadão Municipal de Guaianases, Estrada do Lageado Velho e Av. José Pinheiro Borges Dia 23/05 – Seminário Saúde da Po- pulação Negra de Guaianases CEU Lajeado - Horário: 8h Dia 24/05 – Feira da Cidadania Escola Sérgio Estanislau Camargo - Horário: 9h às 16 horas estiveram presentes no evento, que entre outras atividades contou também com diversas atrações musicais. O novo Subprefeito da região esteve presente, assim como o Chefe de Gabinete, além de autori- dades políticas da região. Acompanhe abaixo a programação completa e não fique de fora dessa festa! Dia 25/05 – Desfile Cívico do Aniver- sário de Guaianases Rua Salvador Gianetti - 9h Dia 26/05 – CET no Seu Bairro Lajeado - Horário: 9h Dia 31/05 – Encerramento do Aniver- sário de Guaianases - apresentação da banda Flash Back The Sound Of Power Centro Cultural de Guaianases - 20 h Serviço CEU Jambeiro Avenida José Pinheiro Borges, 60, Telefone:(11) 2960-2055 Escola Sérgio Estanislau Camargo Rua Otelo Augusto Ribeiro, 1251 Telef.:(11) 2557-6088 CEU Lajeado Rua Manuel Da Mota Coutinho, 293 Tel.: (11) 3397-6950 Praça de Eventos Estrada Itaquera-Guainases s/n Centro Cultural de Guaianases Rua Prof. Cosme Deotado Tadeu, 136 Mercado Municipal de Guaianases completa 26 anos de inauguração Espaço é referência e recebe os moradores de bairros vizinhos empórios, mercearias, utilida- des domésticas, floriculturas, rotisseries, bares e lanchone- tes. Há ainda, um espaço para os artistas plásticos exibirem seus talentos aos munícipes. O mercado está localizado ao lado da Estação Guaiana- ses da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropoli- tanos) que faz conexão com outras linhas de trem. Pelo fácil acesso, bom atendimen- to e produtos de boa quali- dade, o mercado abastece não somente a população de Guaianases, mas conquista muitos bairros vizinhos. O Mercado Municipal de Guaianases funciona de terça a sábado das 08h30 às 19h30 e no domingo das 08h às 13h.
  4. 4. 4 Criado em 2011 com o objetivo de acelerar as obras da Copa 2014, o Regime Di- ferenciado de Contratação de Obras Públicas (RDC) é um dos principais responsáveis pelo atraso na entrega das obras de mobilidade urbana e aeroportos para a Copa do Mundo. É o que revela levantamento do Sinaenco (Sindicato da Arquitetura e da Engenharia), em parceria com o CAU/BR (Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil). O estudo teve como foco os empreendimentos de mo- bilidade urbana (incluindo o entorno dos estádios) e dos aeroportos previstos no con- junto da Matriz de Respon- sabilidade. São 75 obras, no valor total de R$ 15,4 bilhões. Os investimentos totais para mobilidade urbana e acesso aos estádios somam R$ 7,5 bilhões, referentes a 45 obras, sendo que R$ 2 bilhões foram obras contra- tadas via RDC. Referem-se a 9 empreendimentos, número aparentemente inexpressivo se comparado com o total das obras, mas significativo pois corresponde a 27% do total in- Nesta última segunda- -feira (12) cerca de 150 pessoas estiveram na sede da Subprefeitura Ari- canduva/Formosa/Carrão para apresentar detalhes da extensão da Linha 2- Verde até Guarulhos. Esti- veram presente no evento o secretário dos Transpor- tes Metropolitanos Jurandir Fernandes, o presidente da Companhia do Metrô Luiz Antonio Carvalho Pa- checo e metroviários das áreas de planejamento, projetos, assuntos jurídi- cos e obras. Com a extensão da Li- nha 2, a malha metroviária chegará pela primeira vez em sua história a outro município. Guarulhos, com cerca de 1,3 milhões de habitantes, abrigará as Placar das obras mostra fracasso da contratação diferenciada na copa Levantamento conjunto do Sinaenco e do CAU/BR atesta insucesso da aplicação do RDC nas obras para as quais foi criado vestido. Resultado até agora: apenas um contrato, no valor de R$ 8,7 milhões, referente às obras de “pavimentação e qualificação de áreas públicas no entorno” do estádio do Beira-Rio, em PortoAlegre, foi concluído, representando so- mente 0,11% do investimento total realizado em mobilidade urbana e acesso aos estádios. No setor aeroportuário, os números também comprovam a ineficiência do modelo de contratação diferenciada. Do total de 30 diferentes modalidades de obras, que somam investimentos de R$ 7,9 bilhões, 11 empreendi- mentos foram contratados via RDC, correspondente a R$ 1 bilhão (ou 13% do total). Essas 11 ações abran- gem sete aeroportos (Belo Horizonte (Confins), Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Rio de Janeiro e Salvador). Resultado até agora: somen- te os contratos referentes a ”serviços técnicos de apoio à Infraero”; “ampliação de pátio de estacionamento de aero- naves” e “construção da torre de controle” do aeroporto da capital baiana foram concluí- dos, somando R$ 32 milhões, o equivalente a 0,41% d0 gasto total em aeroportos. O que o levantamento do Sinaenco e do CAU/BR mos- tra é que as obras contratadas por esse regime, ao contrário do que diz o Governo Federal, de forma nenhuma garantem uma entrega mais rápida. A a sua aplicação sem o de- bate que o assunto exige, diversas entidades do Setor de Arquitetura e Engenharia se articularam pela rejeição a medida provisória em debate. Um “placar” monitorando a evolução das obras será atu- alizado pelas entidades até o início da Copa. De acordo com o presi- dente do CAU/BR (Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil), Haroldo Pinheiro, a medida significaria que o Estado abre mão de seu de- ver de planejar e administrar as obras públicas, uma vez que o RDC entrega para as empreiteiras a responsabili- dade por todas as fases do empreendimento, do projeto à fiscalização final. Pior: se a MP 630/13 passar, também a manutenção do bem público poderá ficar sob a responsa- bilidade da construtora por até cinco anos. “O CAU/BR defende que o projeto com- pleto da obra seja contratado antecipadamente (e de forma independente) à licitação, para garantir à administração o controle sobre a qualidade da obra, seu orçamento e pra- zos”, ressalta Pinheiro. realidade tem demonstrado também em outras obras em que o RDC foi utilizado que o regime agiliza apenas a licita- ção, mas não o cumprimento dos prazos.Aprincipal razão é a falta de um projeto completo para, licitada a obra, ela ter início de imediato. SENADO – Apesar do fracasso do RDC na Copa, o Senado discute agora a MP 630/13, que ampliaria o uso do regime para todas a obras públicas do país. Atentas aos problemas que o uso generalizado do RDC pode trazer a sociedade com Governo apresenta a nova linhado metrô que ligará Vila Prudente a Guarulhos estações Ponte Grande e Dutra. Segundo Epaminondas Duarte Junior, Asssessor Técnico da Gerência de Planejamento do Metrô, as obras de ampliação da Linha 2 se estenderão por 14,3 km e acrescentarão 14 estações ao sistema metroviário. Ela também terá integração com as li- nhas 3-Vermelha (estação Penha do Metrô), 11-Coral e 12-Safira (estações Pe- nha e Tiquatira da CPTM), além das futuras linhas 6-Laranja (estação Anália Franco do Metrô) e 13- Jade (estação Tiquatira da CPTM). A linha beneficiará diretamente os bairros de Parque Novo Mundo, Parque Edu Chaves, Vila Medeiros, Jardim Brasil, Jardim Japão, Tiquatira, Penha, Parque São Jorge, Vila Formosa, Vila Ema, Vila Zelina, Orfanato, Vila Matilde, Linhas Corren- tes, Jardim Anália Franco, Vila Carrão, Água Rasa, Tamanduateí, Gomes Car- dim, Regente Feijó, Vila Bertioga e Vila Califórnia, na cidade de São Paulo, e Vila Leonor, Vila Galvão, Ponte Grande e Vila En- dres, em Guarulhos. Para a operação da Linha 2 até Guarulhos a frota de trens receberá 39 novas composições, todas dotadas de ar-condiciona- do, câmeras de segurança e acessibilidade. Todas as estações disporão de sanitários públicos para o público usuário, incluindo pessoas com deficiência. O número de usuários da Linha 2 passará dos atuais 672 mil usuários, por dia, em média, para cerca de 1,65 milhão. Um dos maiores benefícios possíveis com a opera- ção plena da linha será a redução dos tempos de viagem dos usuários do sistema que moram, traba- lham, estudam ou passam pelos bairros citados para outras regiões da capital paulistana. Por exemplo, uma viagem atual usando o transporte público hoje disponível a partir do bair- ro Tiquatira até a região da Avenida Paulista leva aproximadamente 51 mi- nutos. Com a implantação do novo trecho, o tempo de viagem para quem usar o metrô deverá ser de 38 minutos. Viagens mais rápidas e seguras como as ofere- cidas nos trens do Metrô trazem economia de tempo e, consequentemente qua- lidade de vida, já que as pessoas podem aproveitar as horas disponíveis para estudar, lazer, praticar es- portes ou outras atividades de livre escolha. Dúvidas sobre os pro- cessos de desapropriações também foram esclareci- das. O Metrô iniciou no segundo semestre do ano passado a comunicação oficial aos proprietários e moradores dos imóveis relacionados em um De- creto de Utilidade Pública divulgado no Diário Oficial do estado de São Paulo. A apresentação foi en- cerrada com uma revela- ção expressiva. Um estudo feito por técnicos do Metrô apontou que a operação comercial desta linha tra- rá redução de emissão de poluentes, redução do consumo de combustíveis não renováveis e um me- nor número de acidentes no trânsito, entre outros fatores benéficos para a sociedade e para as ins- tâncias governamentais. Os benefícios devem gerar uma economia que, se- gundo este estudo, pode chegar a R$ 830 milhões. Uma nova reunião com os cidadãos deve ser pro- movida no segundo se- mestre deste ano e terá o local, a data e o horário divulgados por veículos de comunicação. O Secretário dos Transporte Metropolitano Jurandir Fernandes ao microfone, a sua esquerda o Deputa- do João Caramez, a direita o Deputado (PT) Zico Vista parcial da assembléia Dep Zico e Presidente do Metro Luiz C.Pacheco Divaldo e Dr. Jorge do Carmos chefe de gabinete da sub- prefeitura de guaianases, durante coquetel de lançamento da Lumartel no Itaim Paulista Destaque DA EDIÇÃO
  5. 5. 5 SARAU DAS ARTES 1º SEM/2014 – Neste sábado, a Fábrica Cidade Tiradentes re- cebe o Sarau do 1º Semestre de 2014, um evento cultural organizado pelas Fábricas de Cultura, cujo objetivo principal é estimular a criatividade a partir do encontro espontâneo de diferentes manifestações artísticas. Neste ano, o tema será inspirado no poema “Ô de casa!” de Cora Coralina, onde as Memórias Coralinas são presentes na Cidade Ti- radentes. Não perca!!! LABORATÓRIO DE BRE- AK DANCE – Já no Domingo, os melhores dançarinos da Zona Leste invadem o palco da Fábrica para mostrar o que há de melhor das Danças Urbanas. Apresentação de JUNIOR NERY & CONVIDA- DOS. Chame todos os amigos e participe. O segundo rolezinho com aval da prefeitura ocorreu no último domingo, dia 04 de maio, às 15 h, na Praça de Eventos, zona leste da cidade. Cerca de 600 jovens estiveram no encontro. A iniciativa da Prefeitura de São Paulo em intermediar encontros com jovens que organizam o movimento que ficou famoso por ocupar shop- pings, deu resultado positivo. O projeto pioneiro é com- posto por um caminhão, equi- pado com palco, iluminação e sistema de som, que circulará por todas as regiões de São Paulo com atividades varia- das, discutidas previamente Diversão e entretenimento estão na fabrica de Cultura A Fábrica de Cultura de Cidade Tiradentes Rua Henriqueta Noguez Brieba, 281 (Antiga R. Coração Sertanejo - C/Rua Indira Ghandi. Telefone para contato: 2518-4428 Rolezinho da Cidadania de Guaianases traz atrações locais e atrai cerca de 600 jovens com os munícipes. A iniciativa visa estreitar a relação do poder público com os jovens e com isso oferecer alternativas concretas, dentro dos espaços públicos, para que os movimentos tenham segurança e infraestrutura adequada na realização dos encontros. O evento foi organizado após a Secretaria Municipal de Promoção da Igualdade Racial intermediar encontros para discussões com os jo- vens participantes dos movi- mentos, resultando na criação de uma nova associação, que tem como objetivo, organizar os eventos pela capital. A Polícia do Estado de São Paulo é a que mais investe no Brasil. Neste ano de 2014, o orçamento para segurança pública do Go- verno é de R$ 17 bilhões. Com mais de 120 mil ho- mens e mulheres, o efetivo das polícias de São Paulo é comparável à Marinha e Aeronáutica juntas. Em três anos, foram contratados 12 mil novos policiais, e oito mil estão em concurso. As novas contratações darão ao Estado 129 mil policiais. Com a Atividade Dele- gada, o policiamento será reforçado nas ruas. A pro- posta é que policiais milita- res auxiliem em ações nas cidades durante suas horas de folga em uma parceria da Secretaria de Segurança Pública com as prefeituras. O PM ganha uma alterna- tiva para aumentar a ren- da, enquanto a população São Paulo é o Estado que mais investe em segurança no Brasil passa a contar com mais vigilância. A parceria existe em 41 cidades paulistas. Um plano de bonifica- ção às polícias foi criado como estímulo à redução de roubos e furto de veículos, roubos em geral e crimes contra a vida. Os policiais receberão bonificação na medida em que as metas forem atingidas. O modelo foi desenvolvido em con- junto pela Secretaria de Segurança, o comando das polícias e o Instituto Sou da Paz. O bônus pode chegar a R$ 8 mil por ano por policial. A inovação no combate à criminalidade surge ainda em outra frente de roubos e ajuda diretamente na dimi- nuição do latrocínio, a Lei do Desmanche. Metade das ocorrências de latrocínio acontece durante roubos de veículos. Assim, a nova lei - que agirá sobre os receptadores - ajudará tam- bém a salvar vidas. A Lei do Desmanche determina que para comercializar autope- ças é necessário manter um cadastro no Detran.SP. A Secretaria da Segurança Pública oferece em seu site a lista dos estabelecimentos regulares e um link para o serviço de webdenúncia. Um sistema rastreia as etapas do processo de des- montagem, aumentando a garantia de segurança para o consumidor final. Os proprietários e sócios de empresas que desrespei- tarem a lei ficam impedidos de trabalhar neste ramo de atividade e de apresenta- rem pedido de inscrição de nova empresa. Nas ruas, mais viaturas foram entregues, e as po- lícias de SP já contam com 20 mil veículos.Asegurança do Estado ainda é equipada com 35 aeronaves e 436 câmeras de observação. Ferramentas tecnológicas também auxiliam no com- bate à violência. O “Detecta” é um moderno sistema que constrói um “mapa do cri- me” e mostra online os 10 locais mais críticos por área de atuação da PM. Pelos tablets das viaturas, os po- liciais conseguem traçar a movimentação criminal das áreas. São 16 mil tablets ajudando a reconhecer os locais mais críticos.
  6. 6. 6 As brasileiras estão se tornando mães cada vez mais tarde! Segundo da- dos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgados no ano passado, as mulheres en- tre 30 e 34 anos que se tornaram mães em 2002 somavam 14,4%. Em 2012, esse número já tinha su- bido para 19%. No mes- mo período, o número de mulheres que engravidou - entre 40 e 44 anos - pas- sou de 53 mil para mais de 62 mil (um aumento de 17,6%). Uma das razões para serem mães aos 40 anos é que elas, hoje, priorizaram a carreira profissional. Mas, antes de qualquer coisa, é preciso ter em mente que O sapato com meia é uma das polêmicas fashion que to- mou as passarelas e, logo em seguida, as ruas do Hemis- fério Norte. Aqui, mostramos como adaptar a tendência para o dia a dia com uma dose extra de estilo - sem ficar over. Yes, you can! A camisa jeans é uma opção moderna e despojada para combinar com escarpim e Mãe aos 40: tire 10 dúvidas sobre o assunto!essa decisão é muito pes- soal. Apesar disso, os nú- meros do IBGE reacendem o debate sobre os perigos da maternidade tardia. Há riscos para a mulher e para o bebê? As chances de aborto são maiores numa gravidez como essa? Com o passar do tempo, as possibilidades da mu- lher engravidar diminuem mesmo? Para o ginecologista e obstetra Domingos Mantelli Borges Filho, autor do livro “Gestação – Mitos e verda- des sob o olhar do obste- tra” (Ed. Segmento Farma), a mulher está genetica- mente programada para perder a fertilidade com o passar dos anos até que chegue a “menopausa”. Os especialistas definem esta fase como “culminância da falência ovariana comple- ta”, o que decreta o fim da idade reprodutiva. “Os óvulos envelhecem com o passar do tempo. Por isso, quanto mais ve- lha for a mulher, menores chances ela terá de engra- vidar. E se elas têm idade entre 36 e 40 anos têm aproximadamente 12% de chances de engravidar. Já as mulheres dos 41 aos 42 têm chance de 8%. Com idade entre 43 a 45 anos, as possibilidades caem para apenas 1%. Qualquer gestação depois dos 35 anos se torna mais arriscada e difícil”, explica Domingos. Conforme o corpo vai ficando mais velho, com- pleta Domingos, os riscos de ter uma gravidez tardia são maiores, principalmen- te em relação às síndro- mes como a de Down, por exemplo. “Mas se a mulher tiver condições obstétricas dentro da normalidade da gestação é possível engra- vidar após os 40”, assegura o médico. Na avaliação da gineco- logista e obstetra Bárbara Murayama, toda gravidez tardia tem riscos. “Também são maiores os riscos de desenvolver pré-eclâmp- sia, diabetes gestacional e prematuridade”, afirma. Entenda melhor os cui- dados que se deve ter no caso de uma gravidez de- pois dos 40 anos! Saiba como usar o sapato com meia em looks reais e cheios de estilo meia. Dá aquele toque bem fresco, sabe? A saia preta rodada é outro clássico do closet que funciona em todas as estações e ocasiões. Os acessórios renovam o look no ato: bolsa-saco tendência de oncinha - que a gente adora! - e colar longo. Em dias de muito frio, acrescente uma parka ou jaqueta esportiva. O máxitricô é mais uma aposta certeira no inverno. A saia colorida alegra as pro- duções da estação, que nem sempre precisam ser sóbrias e monocromáticas. Entre os tons mais fecha- dos, a saia torna-se a protago- nista do look. Não tenha medo do amarelo, ele faz bonito na dobradinha cinza e preto. Para não ficar over, arremate com acessórios neutros. Quando chega o verão é comum vermos os mais descolados modelos de óculos de sol desfilando nos rostinho pela rua. Ele dá a cara da estação ao visual e garante proteção contra os fortes raios so- lares. O que não podemos esquecer, é que no outono e inverno mesmo que não haja sol forte, os raios ultravioletas continuam agredindo da mesma forma que na outra estação. A exposição excessiva aos raios UV causam da- nos a toda estrutura ocular, incluindo à pele ao redor dos olhos. Os cuidados com essa área do rosto devem ser redobrados em qualquer estação do ano. A aplicação de protetor solar é indispensável e os óculos acrescentam uma barreira física que diminui o aparecimento de rugas e queimaduras. Essa prote- ção extra também contribui para a prevenção do cân- cer de pele nessa região. A aplicação do protetor solar diariamente é uma recomendação unânime entre dermatologistas. A utilização de óculos de sol não substitui a eficácia do cosmético aplicado para este fim. As lentes servem como um complemento à proteção oferecida pelo produto. E não se deve jamais fazer a substituição de um pelo outro. Então não esqueçam, os óculos de sol devem ser acessório obrigatório no look de qualquer es- tação. Assim, proteção e estilo garantem uma pele mais bonita para o próximo verão Óculos de sol é acessório indispensável em todas as estações
  7. 7. 7 O piso dos professores da educação básica na rede municipal de São Paulo é maior do que o valor pago aos educadores da rede estadual paulista e do que o piso nacio- nal do magistério, anunciado pelo Ministério da Educação em janeiro. Com o reajuste de 15,38% proposto pelo prefeito Fer- nando Haddad na semana passada, o piso dos profes- sores com nível superior com jornada semanal de 40 horas/ aula passará dos atuais R$ 2.600 para R$ 3.000. O piso municipal é 24,22% maior (equivalente a R$ 584) do que o piso estadual anun- ciado ontem pelo governo do estado, e 76,78% maior (equivalente a R$ 1.302) do que o piso nacional anunciado em janeiro pelo Ministério da Educação. Palco localizado no largo General Osório celebra o ritmo brasileiro mais popular na voz de grandes nomes do Piso dos professores da rede municipal é quase o dobro do piso nacional Segundo a Secretaria Es- tadual de Educação, o profes- sor que trabalha as mesmas 40 horas semanais nas es- colas públicas paulista terá 7% de reajuste em julho, e o piso salarial passara de R$ 2.257,84 para R$ 2.415,89. Já o piso nacional do magistério teve reajuste de 8,32% em janeiro e atualmente é de R$ 1.697,39 para jornada de 40 horas semanais. “Nós estamos pagando R$ 3.000 inicial e quase R$ 9.000 ao final da carreira depois de 25 anos. Hoje é uma das melhores carreiras do Brasil. Segundo a CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educa- ção), que congrega todos os sindicatos, São Paulo tem o maior piso da categoria. Com os 15% de reajuste para quem ganha o piso e 13% para os demais, incluindo os aposen- tados, nos coloca na condição de valorização do professor e do magistério. Esse reajuste colocou a categoria em São Paulo em um patamar de distinção dos pares de outras cidades e estado, dentro do país”, afirmou o prefeito nesta quarta-feira (14) após visita ao Hospital Municipal Prof. Dr. Alípio Correa Netto, em Ermelino Matarazzo, na zona leste. Dos cerca de 60 mil pro- fessores que trabalham na rede municipal, 8.991 que cumprem a JEIF (Jornada Especial Integral de Forma- ção) – aqueles que trabalham 40 horas semanais – também trabalham na rede estadual. A chegada de um bebê é cercada de transformações na vida familiar, algumas de ordem bastante prática. A casa, por exemplo, tem de passar por alterações para se tornar mais segura para o novo morador. Muitas delas são simples, mas essenciais para prevenir acidentes, que podem ter consequências graves. Entre as principais cau- sas de hospitalizações entre crianças de até quatro anos estão quedas, sufocação, queimaduras e intoxicações. A seguir, especialistas indi- cam medidas básicas para oferecer mais segurança dentro de casa, como com- plemento aos cuidados da família. A principal medida de prevenção para evitar qualquer tipo de acidente na infância é a supervisão do adulto. Berço Segundo dados é a princi- pal causa de mortes aciden- tais de crianças até um ano. Um das medidas simples mais importantes que os pais devem observar é manter o berço livre de qualquer ob- jeto solto, como brinquedos, travesseiros e tecidos, que possam sufocar o bebê. Se for necessário usar uma coberta, ela deve ser colocada na al- Manta solta no berço pode sufocar o bebê tura do peito do bebê e presa firmemente nas laterais e no pé do colchão. A cabeça deve ficar descoberta o tempo todo. Brinquedos Objetos pequenos tam- bém podem provocar sufoca- ção em crianças, por isso é importante que os brinquedos sejam adequados à sua faixa etária e que não possuam peças pequenas que pos- sam se soltar. Para ter mais segurança, vale observar se o brinquedo possui o selo do Inmetro. Janelas Em casas e apartamentos, janelas, sacadas e varandas oferecem grandes riscos para as crianças, que podem sofrer quedas com graves consequ- ências. Para esses locais, o uso de redes de proteção é essencial, as redes devem ser revisadas constantemente para garantir que permane- çam seguras. Escadas Escadas também apre- sentam riscos para a criança pequena que já anda ou en- gatinha. Para evitar que ela sofra uma queda, deve-se instalar portões de segurança no topo e no final da escada, e mantê-los sempre fechados. Banho Toda criança deve sempre ser supervisionada quando estiver próxima à água. Du- rante o banho, não é reco- mendável deixar a criança sozinha nem que seja por poucos minutos, mesmo que a banheira esteja com pouca água. Se for preciso se afastar da banheira, leve o bebê com você. Para o caso de precisar de mais água quente, mante- nha desde o início a seu lado uma garrafa térmica cheia. O samba engrandece a 10ª Virada Cultural gênero, como Demônios da Garoa e Osvaldinho da Cuíca São Paulo túmulo do sam- ba? A 10ª edição da Virada Cultural veio para mostrar que essa ideia não coincide em nada com a realidade do que será apresentado nos palcos da maior maratona cultural do país. A programação faz uma ode ao samba paulistano e traz atrações ícones “made in terra da garoa”, com a pre- sença de Zeca Paulicéia, Os- valdinho da Cuíca, Demônios da Garoa, entre muitos outros artistas de destaque. Um dos maiores nomes da história do samba paulistano, que já tocou com o mestre Adoniran Barbosa e interpre- tou samba-enredo da Gaviões da Fiel, Osvaldinho da Cuíca apresenta canções clássicas no palco da Virada. Nome ha- bitual em edições anteriores do evento, suas apresenta- ções são sempre um show à parte e encantam o público com o melhor da memória do samba paulistano. Uma das atrações mais esperadas do palco do sam- ba, o tradicional grupo De- mônios da Garoa, celebra 70 anos de trajetória artística. Seu show traz obras referên- cia do samba paulistano, com- postas porAdoniran Barbosa, como “Saudosa Maloca”, “Samba do Arnesto” e “Trem das Onze”. Este palco não receberá apenas artistas de São Paulo. O cantor Paulinho da Mocida- de, famoso puxador de samba do carnaval carioca, faz show com os maiores sucessos de sua agremiação, entre eles o clássico “Sonhar Não Custa Nada”.
  8. 8. 8 Saiba o que fazer para evitar infestação do fungo e como eliminá-lo de paredes, roupas e calçados Toda casa tem um cantinho que o sol não alcança. É neles, sobretudo se houver armários ou caixas, que o mofo apare- ce, afetando roupas, sapatos, divisórias, rejuntes de azulejos e até paredes. É feio, deixa mau cheiro e, mais grave, pode provocar doenças e agravar quadro alérgico. O mofo não é o principal causador de rinites – é o áca- ro. Mas não deixa de ser um fator causador e agravante de alergias. O fungo pode pro- vocar uma infecção chamada pneumonite, cujos sintomas lembram os da pneumonia: febre, falta de ar e tosse. Como têm causas diferentes, as duas doenças são tratadas de modo também diferente: contra a pneumonia, usam-se antibióti- cos, contra a pneumonite, uma combinação de medicamento antifúngico e corticoide. Vê-se logo que é um caso típico de “prevenir é melhor que remediar”. E você mesmo pode impedir que o mofo se alastre. É difícil ter certeza de que o fungo não começou a se manifestar (quando surgem as manchas características, é por- que já está se desenvolvendo), mas algumas medidas ajudam evitá-lo. O sol é um grande alia- do, exponha periodicamente a seus raios itens que costumam ficar guardados muito tempo no armário: casacos, paletós, vestidos e sapados de festa, cobertores e edredons. Depois que as manchas apareceram, a estratégia tem de ser mais “agressiva”. O Essa é sempre uma das partes mais delicadas na organização da festa. De acordo com espe- cialistas o casamento é um ritual criado para marcar a nova vida de um casal que pretende, a partir dali, formar uma família. Portan- to, o importante é que os convidados sejam pessoas que fizeram parte da histó- ria dos noivos. A primeira medida para fechar a lista deve ser considerar a situação fi- nanceira dos noivos. Após ter bem definida qual é a sua realidade financeira, descubra em qual tipo de casal vocês se encaixam: expansivos ou retraídos. Os expansivos, prova- velmente vão querer co- memorar com todo mundo, independente da família. Já os mais retraídos às vezes se casam e ninguém do trabalho percebe. Se vocês se encaixaram na segunda opção, não terão tantas dúvidas. Mas, se são expansivos, não é necessário convidar todo mundo do trabalho. Uma saída que a asses- sora de eventos sugere é explicar para os colegas do trabalho que a cerimônia será íntima, mas que você gostaria de combinar uma baladinha ou um barzinho com todos para não passar em branco. Mas existem pessoas próximas do tra- balho que muitas vezes Devo chamar o chefe? Saiba quem não pode ficar de fora da lista de convidados para o casamento fizeram parte da história do namoro e já fazem parte do círculo de amigos. Es- tes devem ser convidados como os amigos fora do ambiente profissional. Para não magoar os que não fizeram parte da história, mas compartilham o dia a dia, opte pela forma delicada e atenciosa de enviar um convite único em nome do departamento No ambiente de traba- lho, sempre se acaba tendo uma relação mais próxima com os chefes, por ques- tões óbvias. Por isso é de bom tom convidá-los. Convidar a família intei- ra é necessário? É importante convidar as pessoas próximas, tios diretos, primos de primeiro grau de convivência, ami- gos, madrinhas e padri- nhos. Convivendo ou não essas pessoas têm laços com os noivos. Garanta que o convite seja nominal. Por exemplo: “Ao Sr. José, Sra. Maria e Manuela (filha) da Silva em vez de “Sr. José e Família”, que daí pode vir a sogra, enfim, outras pessoas da família. Confira dicas para se livrar do mofo produto mais potente para combater o fungo é o hipoclorito de sódio (água sanitária). O re- comendado é usar uma solução de 200 ml de água sanitária em quatro litros de água. O instrumento para aplicar essa solução depende da superfície em questão – se é um armário, pode ser usada uma escova de lavanderia. Indicamos uma solução caseira diferente para cada lugar em que o mofo se instala. Em peças de couro ou paredes, é possível usar uma mistura de água e vinagre. Para roupas, que são mais delicadas, dá para usar álcool ou leite, dependendo da cor da peça. Nos armários, recomenda- mos usar vinagre puro, nos ca- sos mais críticos, ferve um litro de vinagre e coloca-o dentro do armário, em um vasilhame sem tampa. Passadas três horas, o produto é aplicado com um pano em superfícies como por- tas, paredes e gavetas do mó- vel.Após a aplicação, é preciso deixar tudo aberto por algumas horas ou até que o móvel esteja totalmente seco.Alimpeza com vinagre seja feita uma vez por mês para roupas, a consultora doméstica sugere levar em conta o tecido e cor da peça. Em tecidos mais delicados, como a seda e os sintéticos, o mais indicado é lavar as peças com leite e enxaguar com água. Para peças de algodão, basta esfregar um pouco de álcool até que a mancha se dissipe. Em peças coloridas, aplique suco de limão e deixe agir por cinco minutos. Depois disso, a peça passa pelo enxágue normalmente.

×