Acontece 391

58 visualizações

Publicada em

Jornal Acontece Agora

Publicada em: Design
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Acontece 391

  1. 1. páginas 24 e 25 O que você precisa saber sobre a troca do óleo do seu carro SÃO PAULO ® Defesa da verdade e do desenvolvimento de São Miguel e região -  2031-2364 e 2513-0928 - raleste@gmail.com ANO XX - No 391 Capela de São Miguel Aracanjo, construída no século XVI pelos índios jesuítas. É uma das mais antigas capelas de São Paulo. No coração de São Miguel Paulista, um marco histórico do Brasil. DISTRIBUIÇÃO GRATUITATIRAGEM: 40 MIL página 22 Oficina Escola de Culinária do Jardim Lapenna A Oficina Escola de Culinária do Jardim Lapenna, uma parte das ações do núcleo Ação Família, renovou a parceria com o Ins- tituto Lojas Renner. É o quinto ano de apoio ao fortalecimento do “Estação Jardim Shopping” página 4 O novo Shopping Center do Itaim Paulista quando estiver em pleno funcionamento vai abrir 7.500 novos empregos na região, sendo 2.500 diretos e 5.000 indiretos 01 a 15 de Outubro de 2015 trabalho da Oficina Es- cola, que capacita mu- lheres para a produção de alimentos utilizando as diversas técnicas da gastronomia e estimula o desenvolvimento de competências pessoais e empreendedorismo. página 3 Programa “Ruas Abertas” sugere fechamento da Mal. Tito aos domingos Minha Casa Minha Vida garante moradia a crianças “Na sexta-feira que eu ganhei minha chave, eu mudei logo. Meus filhos dis- seram:‘Mamãe, nós nunca mais vamos dormir na rua, vamos nos mudar hoje’”
  2. 2. 2 JORNAL BOM DIA ACONTECE - 01 a 15 DE OUTUBRO DE 2015 Atualidades Circulação: São Miguel, ITAQUERA, vILA Jacuí, jd. helena, v. curuça E GUARULHOS Diretor: Divaldo Rosa Adm. e Financeiro: Ademyr Rodrigues Depto. Comercial: João Vitor, Ariane Andrade e Eduardo Rocha Jornalista FL: Silmara G. Nunes Revisão: Suseli Corumba Fotos: Eduardo Rocha Diagramador: Sergio Avante Depto. Jurídico: Agilson M. Oliveira Distribuição: Mart Press Distribuidora Impressão: As matérias assinadas são de exclusiva responsabilidade dos colaboradores e não representam, necessariamente, a opinião do Jornal. Os nomes dos colaboradores e representantes comercias não mantém vínculo empregatício com a empresa. A J O R L E ST E O jornal Acontece Agora é Filiado à Associação dos Jornais da Zona Leste Av. dos Guachos, 166 - Vila Curuça Cep: 08030-360 Itaim Paulista – SP E-mail: raleste@gmail.com site: www.grupoacontece.com.br REDAÇÃO E PUBLICIDADE 2031-2364 | 2513-0928Patente: PROC. 830024034 Classe 16 RPI RM 2087 Tiragem: 40.000 exemplares cnpj: 03.115.443/0001-16 Em defesa da verdade e do desenvolvimento de São Miguel e Região Uma parceria entre: Rede Bom Dia, Diário de S. Paulo e Jornal Acontece Agora Ed. 391 - 1a Quinzena de Outubro/2015 Banca Braguinha Rua Santa Rosa de Lima, 874 Pq. Pauistano. Banca Cultural Av. Marechal Tito, 1300 São Miguel Banca da Estação Rua Conceição de Almeida, 248 - Vila Mara Banca do Mercadão Av. Marechal Tito, 567 São Miguel Banca do Tom Rua São Gonçalo do Rio das Pedras, 800 Banca Naguno Pça. Francisco Pereira, 80 Vila Curuçá Banca Nova Geração Av. Marechal Tito, 686 São Miguel Banca Oliveira Av. Oliveira Freire, 604 Padaria Nova Unida Av. Pires do Rio, 2681 São Miguel Revistaria Cavoa Rua Cavoá, 425 Vila Curuçá Sebo Papel & Caneta Rua Pedro Soares de Andrade, 221 Vila Rosaria Subprefeitura de São Miguel R. Dona Ana Flora Pinheiro de Souza, 76 - Vila Jacuí As expectativas pessimistas se confirmaram e o comércio varejista registrou o pior re- sultado dos últimos seis anos para o  Dia  das  Crianças. De acordo com os dados do Ser- viço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), as consultas para ven- das a prazo  caíram 8,95%  na semana do  Dia  dasCrianças, entre os dias 5 e 11 de outu- bro, em relação ao mesmo período do ano passado. Em 2014, o volume de vendas já havia registrado uma queda de 1,50%, mas em anos anteriores, os resultados foram positivos: crescimen- tos de 3,15% (2013), 4,83% (2012), 5,91% (2011) e 8,5% No sábado, dia 17, a partir das 9h, a Praça Brasil, como é conhecida no bairro de Itaquera, na Zona Leste da capital, será a próxima parada do projeto Verdejando. A iniciativa da Globo, em parceria com a Prefeitura de São Paulo, promoverá uma série de atividades e o plan- tio de 200 novas árvores na região. Entre as atividades recre- ativas, estão previstas aulas e apresentações de dança circu- lar, zumba, capoeira, ballet e muito samba com a Bateria da Escola de Samba Leandro de Itaquera. Para as crianças, o dia está reservado para gincanas e brincadeiras como caça ao tesouro, corrida do saco, cor- rida do ovo, corrida da bexiga e dança das cadeiras. O público também está convidado para a exposição “90 anos da História da Colô- nia Nipônica nas páginas de Itaquera”. Vendas no Dia dos Crianças caem 8,95%, o pior resultado em seis anos, dizem SPC Brasil e CNDL Juros elevados e inflação alta frearam o consumo dos brasileiros em relação a 2014. Comportamento se repetiu em todas as datas comemorativas deste ano. (2010). Com o resultado de 2015, o recuo acumulado nos últimos dois anos já chega a 10,32%. O Dia das Crianças é a última data comemorativa antes do Natal, e funciona como uma tendência para as vendas do final de ano. As consultas para vendas a prazo do Dia das Crianças re- petiram o comportamento de baixa  das  demais datas comemorativas deste ano:  a queda nas intenções de vendas parceladas também se repe- tiu no resultado do  Dia  dos do SPC Brasil, neste ano, os presentes  preferidos pelos consumidores para presente- arem noDia  das  Crianças  se- riam as bonecas e bonecos, roupas; aviões e carrinhos de brinquedo e jogos educativos. O local de compra que mais se destacou na pesquisa de intenção de compras foi o shopping center, citado por 48,9% dos compradores. Metodologia O cálculo de vendas a prazo é baseado no volume de consultas realizadas ao banco de dados do SPC Bra- sil (Serviço de Proteção ao Crédito), com abrangência nacional, entre os dias 5 e 11 de outubro deste ano. Verdejando promove plantio de 200 árvores em Itaquera Projeto da Globo, em parceria com a Prefeitura, estimula o verde na cidade e promove oficinas e atividades culturais e recreativas Para aqueles que quiserem colocar a “mão na massa”, as opções serão as oficinas de educação ambiental, que trazem temas como plantio em pneus e mobiliário urbano com pallets e horta domésti- ca. Em dois anos, o Verdejan- do ajudou a plantar mais de mil novas árvores e distribuiu cerca de 50 mil mudas. VERDEJANDO ITAQUERA Data:  Sábado, 17 de ou- tubro - Horário:  das 9 às 17h. - Local:  Praça Brasil (Avenida Nagib Farah Ma- luf, altura do nº 900) – Co- hab 2 – Itaquera. Oficinas: A partir das 9h - Oficina de plantio em pneus e mobiliário urbano com pallets 9h às 13h - Oficina de edu- cação ambiental | SVMA 9h às 17h - Aprendendo sobre a Mata Atlântica | SOS Mata Atlântica 14h – Oficina de horta doméstica| Green SP Atividades: 09h – Dança circular 09h – Pedalada | Grupo Pedala Cohab 2 09h30 – Zumba 10h – Capoeira 10h – Caça ao tesouro 11h – Corrida do saco 11h30 – Apresentação de ballet | Projeto Arte e Movi- mento 13h – Corrida do ovo 14h – Dança das cadeiras 15h – Corrida da bexiga 15h – Capoeira: apresen- tação e troca de corda 16h30 – Apresentação da Bateria da Escola de Samba Leandro de Itaquera. Todo o dia - Exposição 90 anos da História da Colônia Nipônica nas páginas de Itaquera Namorados (-7,82%), Páscoa (-4,93%), Dia das Mães (-0,59%) e Dia dos Pais (-11,21%). S egundo o presiden- te  da  Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), Honório Pinheiro, o resultado é consequência da economia brasileira em crise. “Com o acesso ao crédito mais difícil, os juros elevados e a inflação mais alta, o poder de compras do brasileiro fica cada vez mais limitado”, explica. “Os consumidores estão mais pre- ocupados em não comprome- ter o próprio orçamento com compras parceladas, por isso optaram por presentes mais baratos e geralmente pagos a vista”, diz Pinheiro. Segundo levantamento
  3. 3. 3JORNAL BOM DIA ACONTECE - 01 a 15 DE OUTUBRO DE 2015 Destaque Local A Audiência Pública para debate a respeito do progra- ma Ruas Abertas, que restrin- ge veículos aos domingos em vias da região, ocorreu no Auditório da Subprefeitura São Miguel ontem, 08, e con- tou com a presença de cerca de 100 pessoas, incluindo representantes do Conselho Participativo, GCM, Corpo de Bombeiros, Vereadores, Presidente da OAB de São Miguel Paulista, associações de bairro, além de lideranças locais. O Subprefeito de São Mi- guel deu início à audiên- cia agradecendo e enalte- cendo a presença de todos. Logo após explicou sobre a proposta do programa e como funcionaria o debate.  Todos os presentes tiveram a oportunidade de se posi- cionar a respeito da rua que Programa “Ruas Abertas” sugere fechamento da Mal. Tito aos domingos Moradores do bairro se reuniram com lideranças locais para discutir o melhor local para o programa julgasse atender ao escopo do projeto. Após a fala do Subpre- feito, foram feitos sorteios para escolha dos que iriam falar, ao todo foram 19 suges- tões, incluindo as Avenidas Marechal Tito, Pires do Rio, Kumaki Aoki, Tenente Lau- delino Ferreira do Amaral e as Ruas Santa Rosa de Lima, Manoel Barbosa dos Reis, Arlindo Colaço, entre outras. Ao final do debate, as idéias foram registradas, serão ana- lisadas pelos órgãos respon- sáveis e depois será escolhida uma via para que, em alguns domingos e feriados, seja utilizada por pedestres e ciclistas, sem o trânsito de automóveis. A intenção é que fiquem abertas para a recep- ção de atividades artísticas, esportivas, gastronômicas e culturais gratuitas. A Oficina Escola de Culi- nária do Jardim Lapenna, uma parte das ações do nú- cleo Ação Família, renovou a parceria com o Instituto Lojas Renner. É o quinto ano de apoio ao fortalecimento do trabalho da Oficina Es- cola, que capacita mulheres para a produção de alimen- tos utilizando as diversas técnicas da gastronomia e estimula o desenvolvimento de competências pessoais e empreendedorismo. Lucia Amadeo, coorde- nadora do núcleo Ação Fa- mília, conta os resultados desse trabalho. “Duzentas e quinze mulheres partici- param das formações, rea- lizadas com apoio do Insti- tuto Lojas Renner na par- ceria 2013/2015. Na versão 2015/2016, o foco é capacitar e incentivar as mulheres a ingressar no empreende- dorismo, transformando as técnicas culinárias em fonte de renda familiar.” Nessa nova etapa, 130 mulheres poderão participar de três diferentes forma- ções: Cursos Livres, Confei- taria e Panificação e Ges- tão de Pequenos Negócios. Nos Cursos Livres, as alunas aprenderão técnicas de culi- nária para a produção de kits de salgados e doces para festas infantis, pizzas doces e salgadas, tortas básicas e suas variações em verrine e marmitex. Além de conhece- Oficina Escola de Culinária do Jardim Lapenna rem as novas tendências do mundo gastronômico. O curso de capacitação em Confeitaria e Panificação visa atender mulheres que já atuam no mercado ali- mentício para oferecer uma formação profissional, em busca de um melhor aprovei- tamento dos alimentos e da melhoria na qualidade dos produtos fornecidos. Já no curso Gestão de Pequenos Negócios – Ino- vação e Desenvolvimento de Produtos,promovido em parceria com o Fundo Zona Leste Sustentável, as alunas contarão com uma assessoria especializada para ajudá-las a gerenciar um pequeno ne- gócio na área de produção de alimentos ou serviços de alimentação.  Para Leeward Wang, co- ordenador do Fundo Zona Leste Sustentável, o curso de gestão é um grande in- centivador para a criação de novos negócios. “Nessa formação, as participantes contarão com uma assessoria completa sobre empreen- dedorismo e planejamento, compra e melhor utilização dos alimentos, gestão finan- ceira e novidades no merca- do gastronômico. Tudo para que consigam aprimorar seus negócios.” As oficinas são gratuitas e todas as alunas recebem um certificado oficial no final do curso.
  4. 4. 4 JORNAL BOM DIA ACONTECE - 01 a 15 DE OUTUBRO DE 2015 Empreendimento A chegada de um shop- ping center funciona como um imã de novos negócios na área imobiliária e comercial da região. E o ‘Estação Jar- dim Shopping’, da Enplanta Engenharia, virá estimular tais mudanças para a região do Itaim Paulista e bairros adjacentes. Para o gerente de Ma- rketing Guilherme Falzoni, o shopping deverá agregar mais valor à região e impul- sionará o desenvolvimento de todos os seus moradores e comerciantes. “A região ganhará bastante desen- volvimento juntamente com a cultura, lazer e muito entretenimento. Acredito que faltava um empreen- dimento como este do sho- pping center que abrace a todos. Saiu uma pesquisa que apontava o bairro do Itaim Paulista como um dos preferidos da Grande São Paulo e faltava um shopping para trazer lazer e conforto para todos”. Outro grande benefício que o “Estação Jardim Sho- pping” trará para a região esta ligado no setor de em- pregabilidade. Segundo a diretora de planejamento da Enplanta Engenharia, Marta De Vitto, a chegada do sho- pping center gerará aproxi- madamente 2.500 empregos diretos e 5.000 mil empregos indiretos. “ Eu acredito que “Estação Jardim Shopping” abre stand de vendas em um momento de crise, um empreendimento como este traz para a região um luz fantástica. Estamos fa- lando de um grande impacto para a região. E o melhor, estas pessoas poderão vir ao shopping usando o trans- porte público que passa na porta de suas casas. Será um ganho fantástico para todos, na verdade, tudo isto será uma progressão geométri- ca”, garante Marta. Esse tipo de empreendi- mento é capaz de mudar a fotografia do lugar, princi- palmente pela construção de novas vias de acesso e a me- lhoria dos imóveis próximos.  Com investimentos iniciais da ordem de R$ 277 milhões, deverá agregar mais valor à região, impulsionando o desenvolvimento do varejo. O e m p r e e n d i m e n - to fica em um terreno de 50.000m2   na Av. Marechal Tito, 6.765, entre os bair- ros de São Miguel e Itaim Paulista, sendo o primeiro do local, que faz divisa com três municípios da Grande São Paulo:  Itaquaquecetu- ba, Ferraz de Vasconcelos e Poá.    A mobilidade será um dos diferenciais do ‘Estação Jardim Shopping’. Ele terá ligação direta com a estação Jardim Romano (linha 12 da CPTM), onde circulam, em média, 200 mil pessoas por FICHA TÉCNICA ABL (Área Bruta Locável).....................................32.000m2 Lojas...........................................................................200 Âncoras.....................................................................5 Mega Lojas ..............................................................5 Praça de Alimentação.........................................22 operações Cinema......................................................................7  salas Estacionamento.....................................................1.600 vagas dia.  Outro aspecto positivo é a geração de novos postos de trabalhos, cerca de  2 mil empregos diretos.   Arquitetura e sustentabilidade O projeto do ‘Estação Jar- dim Shopping’ é moderno e arrojado, privilegiando a luz natural, com  clarabóias na cobertura e ‘peles de vidro’ na fachada. Além de permitirem economia de energia, propor- cionarão aos visitantes um ambiente confortável, agra- dável e contemporâneo.  A área total envidraçada será de 6.100 m2, aproximadamente. Além da leveza estética que o produto proporciona, será possível ter a sensação de um espaço mais aberto, graças a este tipo de iluminação.  Stand de Vendas Para incrementar a co- mercialização e oferecer comodidade e conforto aos potenciais lojistas, acaba de ser inaugurado o Stand de Vendas, no próprio ter- reno do empreendimento. O espaço, especialmen- te projetado com as carac- terísticas visuais da marca, disponibiliza a maquete do projeto e plantões de consultores para a negocia- ção das lojas satélites, em horário comercial. Visite nosso site: www.estacaojardimshopping.com Guilherme Falzoni, Gerente de Marketing Marta De Vitto, Diretora de Planejamento da Enplanta Engenharia Diretores da Enplanta Engenharia recebem a visita do jornalista Divaldo Rosa - diretor do Grupo Acontece no stand de vendas do futuro Shopping Center
  5. 5. 5JORNAL BOM DIA ACONTECE - 01 a 15 DE OUTUBRO DE 2015 Urbanismo Simão Pedro A   p a r - tir de (13), pela segun- da vez, os bairros de Vi l a B e l a , Jardim da Conquista e Carrãozi- nho, em São Mateus recebe- rão diversos serviços públicos tais como a iluminação pú- blica e melhorias na coleta de lixo, atendendo às neces- sidades dos munícipes. A ini- ciativa faz parte do programa “`Prefeitura no Bairro”, que acontece até o sábado (17), sempre das 9h às 17h. Durante os próximos dias, as tendas de atendimento à população estão montadas na Travessa Terra Tombada, no bairro Vila Bela, que há uma semana era um ponto viciado de descarte de lixo, mas que, além de limpo, agora está asfaltado. O (Ilu- me) fará a vistoria em quase 300 logradouros e, se notada a necessidade, irá executar o serviço quanto ao reparo, manutenção ou ampliação da rede de iluminação. Den- tro do cronograma estão ruas como Beira Rio, Terra Tombada e Avenida Sapo- pemba. “A iluminação pública é importante não só para a segurança, mas também São Mateus recebe reforço de iluminação e limpeza Ação integrada atende nesta semana a Vila Bela, o Jardim da Conquista e o Carrãozinho, na zona leste. Postos móveis de atendimento foram instalados na travessa Terra Tombada para valorizar da rua e a casa do morador”, afirmou o secretário de serviços Simão Pedro durante a abertura no programa. Ainda segundo Simão, “o depar tamento vai ouvir as demandas dos moradores durante esta se- mana para saber onde tem lâmpada apagada ou precisa instalar postes”. A Autoridade Municipal de Limpeza Urbana (Amlurb) reforçará diversos serviços para melhor atender a po- pulação, entre eles a remo- ção de entulho, varrição, pintura de guias, capinação, Operação Cata-Bagulho e a limpeza de bocas de lobo e calçadas. Lembrando que o distrito de São Mateus têm duas unidades de Ecoponto (locais de entrega voluntária de pequenos volumes de en- tulho e grandes objetos), são elas a Cipoaba (Rua Padre Luis de Siqueira X Av. Ro- dolfo Pirani) e Iguatemi (Rua Francisco de Melo Palheta x Rua Morro do Frade). O bairro de Vila Bela foi o primeiro a ser iluminado na gestão municipal. Na ocasião, foram instalados 421 postes de iluminação, o equivalente a 12 km de via pública, o que beneficiou mais de 10 mil habitantes da região. Desta vez, o Ilu- me vai vistoriar e reparar os pontos de iluminação do bairro e realizar os serviços necessários. Confira os próximos “Prefeitura no Bairro” - 19/10: M’Boi Mirim - 03/11: Campo Limpo - 09/11: Pirituba - 16 /11: Sapopemba
  6. 6. 6 JORNAL BOM DIA ACONTECE - 01 a 15 DE OUTUBRO DE 2015 Empregabilidade O Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedo- rismo (CATe), da Secretaria Municipal do Desenvolvi- mento, Trabalho e Empreen- dedorismo (SDTE), está com mais de 2 mil oportunidades de emprego. Entre elas, 612 exigem o ensino fundamen- tal completo. Para quem é auxiliar de limpeza, são 68  vagas  de recolocação no mercado de trabalho, os salários che- gam até R$ 1.037,31. Estão disponíveis 58 postos como chefe de serviço de limpeza, as empresas oferecem remu- neração de R$ 1.191,04 a R$ 1.500,00. As pessoas que desejam trabalhar como atendente de loja podem se candidatar a uma das 50 vagas disponí- veis, o salário oferecido é de R$ 1.085,00, para atuar em escala 6x1. O cargo de fiscal de loja traz 44 oportunidades, os salários variam entre R$ 853,67 a R$ 1.100,00. Quem busca uma possibilidade de colocação como promotor de vendas encontra 40  va- gas, com remuneração de R$ 20,00 por dia. Porteiro tem 37 opor- Expectativa da FecomercioSP é de que os postos de trabalho temporários no Estado não ultrapassem 15 mil ante as 25 mil vagas criadas em 2014 A contratação de traba- lhadores temporários para o fim de ano no comércio varejista do Estado de São Paulo deve atingir o menor número desde 2008 - período influenciado pelas incertezas geradas pelo estouro da crise internacional. A expectativa é de que as contratações não ultrapassem 15 mil ante os 25 mil postos criados em 2014, e de que também haja menos contratos efetivados se com- parados com o volume do mesmo período do ano ante- rior. A expectativa de menor contratação e efetivação de temporários está diretamente relacionada às projeções de queda das vendas. Em relação ao faturamento real do varejo Cai o número de contratações para o final do ano paulista, a projeção para 2015 é de que registre retração de 6%.  As informações compõem um estudo realizado pela Fe- deração do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), com base nos dados do Ca- dastro Geral de Empregados e  Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego.  A criação de vagas para as festas de fim de ano normal- mente tem início em outubro e ganha força em novembro, mês que historicamente regis- tra a maior geração líquida de vagas formais (mais admis- sões e menos desligamentos) no varejo paulista.  De acordo com a assesso- ria econômica da Federação, a efetivação de contratos temporários na virada de 2014 para 2015 já foi bastante fraca, uma vez que o saldo acumulado entre outubro de 2014 e janeiro de 2015 foi negativo pela primeira vez na série histórica - iniciada em 2008 -, e contou com a elimi- nação de mais de 4 mil vagas, reflexo do desaquecimento das vendas do comércio e das tunidades em aberto para trabalhar nas regiões norte e leste da capital e o salário é de R$ 1.075,83.  Essas e outras vagas po- dem ser consultas em qual- quer unidade do CATe. Veja os endereços:  http://bit. ly/1Rht7Mq Para se candidatar a uma das vagas é necessário com- parecer a uma unidade do CATe com RG, CPF, carteira de trabalho e número do PIS. Outros canais para co- nhecer as vagas ou envio de currículos: •  convocacaorecruta- mento@prefeitura.sp.gov.br •  eficientes@prefeitura. sp.gov.br (profissionais com deficiência) • aplicativo do CATe no sistema Android (disponível na Play Store)) M a i s i n f o r m a ç õ e s em  www.prefeitura.sp.gov. br/trabalho  ou pela central de atendimento 156 Importante:  A quanti- dade de  vagas  veiculadas pela Secretaria Municipal do Desenvolvimento, Trabalho e Empreendedorismo pode sofrer alterações conforme a procura e o preenchimento das mesmas. perspectivas negativas que já se desenhavam para 2015. Levantamento da Feco- mercioSP aponta que de ja- neiro a julho já foram eli- minadas 57.259  vagas  no comércio varejista do Estado. Além disso, é a primeira vez, desde 2008, que houve elimi- nação de postos de trabalho no varejo em todos os meses do ano até julho, inclusive nos períodos com datas co- memorativas, como Páscoa, Dia das Mães e dos Namora- dos - quando o movimento e as vendas do comércio são relativamente mais altos. Entre as causas dos des- ligamentos estão a queda das receitas somada ao au- mento dos custos e à falta de perspectiva de recuperação das vendas, que levam os empresários do comércio a reduzirem despesas, o que, em muitos casos, significa diminuição do quadro de funcionários.  Sobre a FecomercioSP A Federação do Co- mércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) é a principal entidade sindical paulista dos setores de co- mércio e serviços. Congre- ga 156 sindicatos patronais e administra, no Estado, o Serviço Social do Comércio (Sesc) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comer- cial (Senac). A Entidade representa um segmento da economia que mobiliza mais de 1,8 milhão de ati- vidades empresariais de to- dos os portes. Esse universo responde por 11% do PIB paulista - aproximadamen- te 4% do PIB brasileiro - e gera cerca de cinco milhões de empregos.   612 vagas para ensino fundamental completo
  7. 7. 7JORNAL BOM DIA ACONTECE - 01 a 15 DE OUTUBRO DE 2015 Tecnologia A  Brasil Game Show  2015 acabou e já deixa saudade. A feira bateu recorde de públi- co e trouxe novidades inte- ressantes ao mercado. Além disso, a BGS teve a presença de atrações internacionais, como Yoshinori Ono, pro- dutor de  Street Fighter 5, e Phil Spencer, diretor da linha Xbox nos Estados Unidos. Relembre, agora, o que rolou na cobertura do TechTudo  e acompanhe os principais fa- tos de cada dia do evento: O momento pré-BGS Como todo ano, a BGS começa mesmo antes da aber- tura da feira. Empresas costu- mam realizar coletivas de im- prensa fora do evento, como ocorreu com a  Microsoft. A companhia do Xbox One teve sua apresentação comandada por Phil Spencer, que revelou, entre outras novidades, que o novo Rise of the Tomb Rai- der será totalmente dublado em português. Além disso, o evento contou com a partici- pação do ex-piloto Emerson Fitipaldi para apresentar no- vidades de  Forza 6  em sua parceria com o Fitipaldi Racing Academy. A apresentação se completou com a divulgação de novos pacotes temáticos do Xbox One, que chegam ao Brasil até o final de 2015. Primeiro dia: Capcom e Sony Capcom e  Sony  se desta- caram no primeiro dia de BGS 2015, 8 de outubro, dedicado à imprensa e convidados VIPs. A  Capcom  trouxe Yoshinori Ono, produtor de  Street Fi- ghter 5, para  falar sobre o game e sua nova lutadora brasileira: Laura Matsuda. Vale lembrar que a revelação de  Laura vazou  mais de uma semana antes da feira, o que prejudicou a empolgação do público com a“novidade”.  São Paulo realiza a maior feira de Games Já a Sony, além de ter mostrado  Horizon: Zero Dawn,  Call of Duty: Black Ops 3 e outros de seus jogos, exclusivos ou não, comentou sobre o PS4 no Brasil. Apesar de já ser fabricado no país, o aparelho pode ficar mais caro, se o preço do dólar continuar a subir no mercado nacional. Além disso, um PlayStation 4 temático de Ayrton Senna foi colocado em leilão durante a BGS, com lucro voltado para o instituto que leva o nome do corredor brasileiro. Foi também no dia 8 que Phil Spencer, da Microsoft, falou com exclusividade ao TechTu- do sobre o preço dos jogos do Xbox  por aqui, e lamentou por serem tão altos. Segundo e terceiro dia: testes e mais testes A equipe do TechTudo trouxe aos leitores testes e mais testes dos principais jogos que estavam na feira a partir do segundo dia, que foi o primeiro totalmente aberto ao público. Games como The Division,  Call of Duty Black Ops 3, Guitar Hero Live e Stre- et Fighter 5 foram debulhados para que todos possa saber o que esperar destes futuros lançamentos. O game brasileiro  9 de julho também foi destaque, usando óculos de realidade virtual e com direito a viagem no tempo. Sua principal temá- tica é a de levar jogadores à Revolução de 32, movimento armado que ocorreu em São Paulo, que gerou a nova cons- tituição brasileira. Neymar Jr. Quest, outro jogo brasilei- ro, foi conferido de perto pelo TechTudo. O título, como o nome denuncia, usa o craque do futebol nacional em uma aventura que lembra bastante o famoso Candy Crush Saga. Quem passou pela BGS no sábado, dia 10, também teve a surpresa de encontrar o Xbox One sendo vendido por R$ 1.200, valor mais barato do que o aparelho encontrado no mercado informal, inclusive. Outras promoções também envolviam jogos de lançamen- to, como  Metal Gear Solid V: The Phantom Pain, que podia ser comprado por cerca de R$ 140, ou  The Witcher 3: Wild Hunt, que saía por R$ 150. Quarto dia: eSports e simuladores realistas No dia 11 de outubro, quarto dia da BGS 2015, o TechTudo conversou com tor- cedores da Pain Gaming, equipe de eSports que re- centemente representou o Brasil no Mundial de  League of Legends  2015, na Europa. O número de fãs com cami- sas e casacos da equipe era enorme e, hoje, o time é comparado a grandes nomes do futebol, como Flamengo e Corinthians. Outra novidade quente envolveu os simula- dores realistas. O primeiro era uma montagem enorme deProject CARS, que rodava com cockpit completo e três telas de resolução 4K, no que a fabricante de placas de vídeo NVIDIA chamava de “Project Cars 12K”, somando as três telas. O  resultado era impressionante, tanto quanto o simulador com Eve Valkyrie, spin-off do RPG online EVE, que podia ser testado no mes- mo estande com o visor de realidade virtual Oculus Rift.
  8. 8. 8 JORNAL BOM DIA ACONTECE - 01 a 15 DE OUTUBRO DE 2015 Opinião & Política por Sérgio Moro ‘A questão mais relevante é indagar como sair desse quadro’ A corrupção faz parte da condição humana. Isso não é um álibi, mas uma consta- tação. Sempre haverá quem, independentemente das cir- cunstâncias, ceda à tentação do crime. Outro fenômeno é a cor- rupção sistêmica, na qual o pagamento de propina torna-se regra nas transações entre o público e o privado. Isso não significa que todos são corruptos ou que todas as interações entre agentes privados e públicos envolvam sempre propina. Mas, na corrupção sistêmica, o paga- mento da propina, embora não um imperativo absoluto, torna-se um compromisso en- dêmico, a regra do jogo, uma obrigação consentida entre os participantes, normalmen- te refletida no pagamento de percentuais fixos de comis- sões sobre contratos públicos. Os custos são gigantescos A economia perde eficiên- cia. Além dos custos óbvios da O  presidente da Câma- ra dos Deputados, Eduardo Cunha, respondeu ao minis- tro Teori Zavaski e afirmou que a decisão do Supremo Tribunal Federal sobre pedi- dos de impeachment contra Dilma Rousseff não altera suas obrigações na Casa, que incluem acatar ou não os textos que pedem a saída da presidente da República do Palácio do Planalto. “Não vai interferir no tra- balho. Ao meu papel, cabe deferir ou indeferir. Este pa- pel não está em questão. O que está tratando ali é de rito futuro. Tenho que pensar no rito presente. A prerrogativa da minha decisão é constitu- cional”, disse o peemedebista pouco depois de a mais alta instância da Justiça brasileira conceder liminar que impe- de andamento de processos de impeachment contra a presidente da República na Câmara. Zavaski pede mais detalhes sobre os relatórios finais dos processos antes de serem despachados pelo mandatário da Casa. O plano de Cunha é des- pachar todos os pedidos de impeachment contra a presi- Decisão do STF não interfere na análise de pedidos de impeachment, diz Cunhadente já que a oposição deve incluir no texto elaborado pelos juristas Hélio Bicudo e Miguel Reale Jr. informações do Ministério Público Federal e do Tribunal de Contas da União (TCU) a respeito das pedaladas fiscais do governo Dilma no ano passado. Os novos dados incluem a abertura de um novo proces- so para analisar operações do governo federal que teriam violado a Lei de Responsabili- dade Fiscal deste ano, a partir de demonstrativos contábeis oficiais da Caixa Econômica, do Banco do Brasil e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), já encaminhados ao TCU. Os outros pedidos de impeach- ment devem ser despachados ainda nesta terça-feira.  “Eles [a oposição] farão um aditamento [acréscimo no texto] e, em função disso, vou respeitar. Não deverei despa- char hoje, mas o aditamento pode acontecer a qualquer momento”, explicou Cunha. O presidente da Câmara ressaltou ter seguido “estri- tamente” a decisão adotada durante o governo Fernando Henrique Cardoso, quando o então líder da Casa era o atual vice-presidente da República, Michel Temer. Quando houve pedido de impeachment, apre- sentado pelo PT com relação ao então presidente, Temer in- deferiu o pedido e, por decisão em plenário, sua decisão aca- bou sendo confirmada. O  deputado Mendonça Filho (DEM-PE) adiantou que está mobilizando a assessoria jurídica das legendas para que analisem uma saída para a questão, mas ainda vão bus- car mais informações sobre os efeitos da decisão do STF. Ele reafirmou a posição dos partidos que defendem, na hipótese de indeferimento feito por Cunha, que o ple- nário da Câmara, por maioria de votos, derrube a decisão. “Evidente que a posição dos partidos é no sentido de que o próprio presidente da Câmara defira o pedido de impeachment, ainda mais que estamos adicionando ilegalidades praticadas du- rante o exercício de 2015, com extensão das ilegalidades que reforçam o impedimento da presidenta Dilma”, afirmou o parlamentar da oposição. Fonte: Portal IG Artigo: ‘Caminhos para reduzir a corrupção’propina, normalmente inse- ridos nos contratos públicos, perde-se a racionalidade na gestão pública, pois a apro- priação dos valores passa a guiar as decisões do admi- nistrador público, não mais tendo apenas por objetivo a ótima alocação dos recursos públicos. Talvez seja ela a real motivação para investi- mentos públicos que parecem fazer pouco sentido à luz da racionalidade econômica ou para a extraordinária eleva- ção do tempo e dos custos necessários para ultimação de qualquer obra pública. Mais do que isso, gera a progressiva perda de confian- ça da população no estado do direito, na aplicação geral e imparcial da lei e na própria democracia. A ideia básica da democracia em um estado de direito é a de que todos são iguais e livres perante a lei e que, como consequência, as regras legais serão aplicadas a todos, governantes e gover- nados, independentemente de renda ou estrato social. Se as regras não valem para todos, se há aqueles acima das regras ou aqueles que podem trapacear para obter vantagens no domínio eco- nômico ou político, mina-se a crença de que vivemos em um governo de leis e não de ho- mens. O desprezo dissemina- do à lei é ainda um convite à desobediência, pois, se parte não segue as regras e obtém vantagens, não há motivação para os demais segui-las. Pior de tudo, a corrupção sistêmica impacta o senti- mento de autoestima de um povo. Um povo inteiro que paga propina é um povo sem dignidade. Pode-se perquirir quando o problema começou, mas a questão mais relevante é indagar como sair desse qua- dro. Há uma tendência de responsabilização exclusiva do poder público, como se a corrupção envolvesse apenas quem recebe e não quem paga. A iniciativa privada tem um papel relevante no combate à corrupção. Cite-se o empresário italiano Libero Grassi. Em ato heroico, no começo da década de 90 na Sicília, denunciou publica- mente a extorsão mafiosa, recusando-se a pagar propi- na. Ficou isolado e pagou com a vida, mas seu exemplo fez florescer associações como o Addiopizzo, que reúne atualmente centenas de em- presários palermitanos que se recusam a ceder à extorsão. Não se pretende que em- presários daqui paguem tão alto preço para tornarem-se exemplos, mas, por vezes, poderão se surpreender como a negativa e a comunicação às autoridades de prevenção, que podem mostrar-se efica- zes. Mas o poder público tem igualmente um papel rele- vante. As regras de prevenção e repressão à corrupção já existem. É preciso vontade para torná-las efetivas. Se a Justiça criminal tratasse a corrupção com um terço da severidade com que lida com o tráfico de drogas, já haveria uma grande diferença. Em parte, a inefetividade geral da lei contra a corrupção e contra figuras poderosas é um problema de interpretação e não de falta de regras. O exemplo do Supremo Tribu- nal Federal no julgamento da Ação Penal 470 deve ser um farol a ser considerado por todos os juízes. Dizer que as regras exis- tem não significa que não é preciso melhorá-las. O que mais assusta, em um quadro de naturalização da propina, é a inércia de iniciativas para a alteração das regras legais que geram as brechas para a impunidade. O processo penal deve servir para absol- ver o inocente, mas também para condenar o culpado e, quando isso ocorrer, para efetivamente puni-lo, inde- pendentemente do quanto seja poderoso. Não é o que ocorre, em regra, nos processos judiciais brasileiros. Reclama-se, é cer- to, de um excesso de punição diante de uma população carcerária significativa, mas os números não devem iludir, pois não estão lá os crimino- sos poderosos. Para estes, o sistema de Justiça criminal é extremamente ineficiente. A investigação é difícil, é certo, para estes crimes, mas o mais grave são os labirintos arca- nos de um processo judicial que, a pretexto de neutra- lidade, gera morosidade, prescrição e impunidade. Fonte: O globo
  9. 9. 9JORNAL BOM DIA ACONTECE - 01 a 15 DE OUTUBRO DE 2015 Opinião & Política VIVER EM SEGURANÇA Maurício Pestana Há quase 30 anos, mais exatamente em 1986, eu lançava a minha primeira publicação com foco na questão racial, em parceria com o historiador Clóvis Moura. A cartilha ‘O negro no mercado de trabalho’ foi um marco para a época, pois era a primeira publica- ção pós ditadura que ousa- va questionar a discrimina- ção que a população negra vivenciava cotidianamente no mercado de trabalho em nosso país. O livreto entraria para história por ter sido publicado por um órgão governamental, o Conselho da Comunidade Negra de São Paulo. Era a primeira vez que um go- verno brasileiro admitia o problema. Das lembranças que trago daqueles tem- pos de forte crise política e econômica, com greves, demissões em massa e alta de inflação, está uma pes- quisa que apontava que, O negro no mercado de trabalho Emanuel de Aquino Lopes Em ebulição nos presen- tes dias temos os debates nas casas legislativas sobre o ciclo completo de polícia. Para que possamos enten- der de forma direta do que se trata, sem entrar no confronto entre grupos de interesse, esse ciclo propor- ciona condições para que qualquer agência policial, civil ou militar, possa iniciar e encerrar o atendimento de uma ocorrência, otimi- zar a prevenção criminal, aumentar o número de viaturas policiais nas ruas, agilizar o atendimento aos cidadãos que hoje sofrem para obter um simples Bole- tim de Ocorrência e outras facilidades. Trata-se de uma inova- ção policial com proposta de Emenda à Constituição Federal para que toda a sociedade possa ser benefi- O Ciclo Completo de Polícia ciada com um atendimento mais rápido e transparente. Sempre podemos buscar melhorias no serviço pú- blico e isto também diz respeito à Polícia, que é uma das poucas instituições do Estado que o cidadão pode acionar com um te- lefonema. O foco é voltado para o atendimento das vítimas da violência mas com quali- dade. Vamos acompanhar a evolução dos acontecimen- tos e informando aos nos- sos leitores pois o resultado será importante. *Emanuel de Aquino Lopes é Coronel da Reserva da Po- licia Militar, Mestre em Ciên- cias Policiais de Segurança e Ordem Pública, especializado em Direitos Humanos pela Fundação Getúlio Vargas, membro do Núcleo de Proje- tos Estratégicos – ISAE Ama- zônia e do Luxembourg Bra- sil Business Council. (email: majaquino@yahoo.com.br). no cenário de crise no Brasil, os primeiros a serem demitidos eram os negros e, quando a economia vol- tava a crescer, os últimos a serem incorporados. Nesses 29 anos, muitas coisas mudaram na vida dos negros brasileiros. Pesqui- sas apontam que termina- mos o século 20 ocupando apenas 2% dos bancos das universidades, mas hoje ocupamos mais de 20%. Naquela época, menos de meia dúzia de empresas tinham programas de ação afirmativa e, hoje, dezenas delas investem em políticas de inclusão e diversidade. A Prefeitura de S ão Paulo, por exemplo, por meio de seu programa de cotas, já empregou mais de mil servidores negros, mostrando que os avanços obtidos principalmente nos últimos governos de es- querda com foco no social impactaram – e muito – a vida dos negros no Brasil. Graças a programas como o Prouni(Universidade para Todos), implantado em 2005 pelo governo federal, e à reserva de cotas raciais nas universidades federais, entraram mais negros no ensino superior neste início de século do que em toda a história da educação no país. A grande pergunta que me faço é: que impacto terá a atual crise econômi- ca nesta parcela que mais cresceu em educação e eco- nomicamente nesta década e meia de século? Será que um melhor preparo educa- cional será capaz de barrar o racismo no mercado de trabalho brasileiro em tem- pos de crise?  Maurício Pestana - Secretario de Promoção da Igualdade Racial - Publicitário, cartunista, diretor da Revista “Raça” e escritor com trabalhos publicados no Brasil e no exterior atua na Secretaria da Cultura. Ações para a população negra são os focos do trabalho da pasta.
  10. 10. 1 0 JORNAL BOM DIA ACONTECE - 01 a 15 DE OUTUBRO DE 2015 Respeite os limites de velocidade. FAN 160 ESDI - 15/16 à vista R$ 8.822,00 ou entrada R$ 2.800,00 + 48x R$ 229,00 (Total a prazo R$ 13.792,00) Banco Honda c/ juros 2,05% a.m. (27,57% a.a.) PCX 150 15/15 à vista R$10.109, ou entrada de R$5.054,+36xR$238, (total a prazo R$13.622,) Banco Honda c/ juros 2,45% a.m. (33,70% a.a.). XRE 300 15/15 à vista R$ 16.025,00 ou entrada de R$ 5.000,00 + 48x R$ 384,00 (Total a prazo R$ 23.432,00). Banco Honda c/ juros 2,05% a.m. (27,57% a.a.). Valor do TC R$ 490,00. NC 750X 15/15 à vista R$ 33.764,00 ABS e R$ 31.485,00 STD. Tabela sujeita a alteração sem prévio aviso conforme política de comercialização da fábrica. Consulte todas as informações em nosso showroom. Promoções válidas somente para os modelos anunciados até o término do estoque (2 unidades de cada). Ofertas não cumulativas com outras. Imagens ilustrativas. Reservamos o direito de corrigir possíveis erros gráficos e de digitação. ALPHAVILLE / BARUERI / CAMBUCI / CARAPICUÍBA /CENTRO / FRANCISCO MORATO / FRANCO DA ROCHA / ITAQUERA / JABAQUARA / LIBERDADE / MAIRIPORÃ / MAUÁ / GUARULHOS / PIRITUBA / SANTO AMARO / SANTO ANDRÉ / VILA MARIA ITAIM PAULISTA F.: 2025-7777 AV. MARECHAL TITO, 7003 AQUI TEM CARTÃO VERMELHO PRA PREÇO ALTO! CG 160 FAN ESDI ENTRADA + MENSAIS R$ 229 CG 160 FAN ESDI ENTRADA + MENSAIS R$ 229R$ 229R$ VEN H A E A PRO V EITE! AQUI JAJAJAJAJAJAPPPPPPAAAAAAPAPPPAPAPAPPPAPPAPPPAPAPAPPPAP UUUUUUTOTOTO www.japauto.com.br NC 750X A MELHOR OFERTA!TEM CARTÃO VERMELHO PRA PREÇO UUUUUUTOTOTOTOTOTO www.japauto.com.br A XRE 300 ENTRADA + MENSAIS R$ 384 PCX 150 ENTRADA + MENSAIS R$ 238 PRA PREÇO XRE 300 ENTRADA + MENSAIS R$ 384 238 Variedades Roer as unhas é um hábito que muitas pessoas adquirem como forma de lidar com as emoções de estresse e ansie- dade, alegam os psicólogos. Esta pode ser “uma forma de gerir as emoções”. Apesar de ser comum, não é um hábito muito bem visto socialmen- te. Ainda que este hábito persiste e é difícil de eliminar “porque o cérebro aprendeu a associar aquela resposta a certos ‘gatilhos’, e generalizá- -lo mais amplamente até que se torna inconsciente e difícil de controlar.” Mas há soluções que pode tentar. Listamos dicas para ajudá-lo na hora que for pensar em roer as unhas. Lembre -se dos riscos para a saúde: as unhas estão cheias de bactérias provenientes de tudo aquilo em que tocamos, como puxa- dores das portas, dinheiro ou acessórios de banheiro. Quan- do você rói as unhas, está a pôr esses germes e bactérias diretamente no seu corpo, aumentando assim o risco de infeções e outras doenças. Faça a manicure e pinte as unhas de vermelho: vá fazer uma manicure profis- sional e a pintar as unhas de vermelho para quebrar o hábito. Com este cuidado extra poderá olhar para as suas unhas de uma perspeti- va mais positiva e fazer uma nota mental para ‘não estra- gar’ a manicure. A escolha do vermelho se dá porque é uma cor que chama mais a atenção quando está prestes a meter as unhas na boca. Roa apenas as unhas de uma mão: se não consegue mesmo quebrar o hábito co- mece por permitir-se apenas roer as unhas de uma mão, depois apenas uma unha em cada mão, permitindo às ou- tras unhas que cresçam assim vai-se tornando mais fácil recuperar o controle. Crie técnicas de distra- Escolher a melhor alter- nativa para uma vaga de gerente é um grande desafio. Por vezes, o empreendedor tem de optar entre promover alguém e arriscar não ver re- sultados por sua inexperiência em liderança, ou contratar um gerente de fora e desmotivar os profissionais internos que queriam ser promovidos. É uma situação de muita dúvida e que, nos piores casos, gera um clima organizacional mui- to negativo. Isso ocorre quan- to mais os principais líderes da companhia não assumirem que seu principal papel é a ção: Se tentar ultrapassar um hábito apenas com força de vontade é muito provável que falhe, uma vez que a força de vontade muitas ve- zes é bastante fraca. Em vez disso, desenvolva ‘manobras de distração’ para quando sente vontade de roer as unhas. Pode ser contar por ordem decrescente desde o 99, dobrar um papel em seis ou até equilibrar-se numa perna durante um minuto, por exemplo. Dando uma nova resposta ao estímulo cerebral, estará a distraí-lo fazendo com que comece a desassociar os ‘gatilhos’ da resposta de roer as unhas. Chegue à raiz da ques- tão: tente perceber o porquê do seu hábito de roer as unhas. Percebendo os ‘gatilhos’ para este comportamento será mais fácil combatê-lo. Se tiver a ver com problemas de ansiedade ou estresse, aborde essas ques- tões a fundo. Tente técnicas de rela- xamento: reduzir o estresse através de técnicas de relaxa- mento também pode ajudar a combater o hábito de roer as unhas. Estando mais calmo terá menos vontade de roer as unhas. Hipnotismo: as terapias que envolvem hipnotismo também podem ajudar. O especialista que o hipnotiza pode, por exemplo, dizer- -lhe que irá sentir um sabor desagradável sempre que me- ter os dedos/unhas na boca, levando-o a fazê-lo de forma cada vez menos frequente. formação de outros líderes. Pois, para a empresa crescer e continuar a existir no futuro, precisará de novos gerentes. Por essa razão, todo em- preendedor, por menor que seja sua empresa, deve pre- ocupar-se com o desenvolvi- mento continuado de gesto- res. Para tanto, deve construir uma estrutura de liderança em forma de escada e definir quem está em qual degrau e o que cada indivíduo deve receber de treinamento para subir ao degrau seguinte. Somente se a velocidade do crescimento da empresa ou Quando promover um funcionário?as habilidades necessárias para que o profissional seja promovido à gerência não estiverem presentes é que se deve contratar alguém de fora. Ao realizar uma promo- ção interna, além de conse- guir um gerente motivado, a empresa provavelmente investirá menos recursos do que na contratação externa. Se tiver montado bem a sua escada de liderança, cada um avançará um degrau, e todos ficarão motivados. A contra- tação externa poderá ser para alguém no degrau mais baixo, que deverá percorrer toda a escada para chegar lá. Essa é uma maneira poderosa de criar vínculos sólidos com a empresa, desenvolver novos líderes e assegurar que terá gerentes prontos para quan- do a companhia crescer. O mundo precisa que as empresas sejam administradas por líderes preparados, sejam eles vindos dos quadros inter- nos ou externos. Mas, sempre que possível, contrate profis- sionais que desejem crescer, ofereça incentivo, treinamen- to e auxílio para que sejam promovidos a gerentes quan- do a oportunidade surgir. Dicas para parar de roer as unhas
  11. 11. 11JORNAL BOM DIA ACONTECE - 01 a 15 DE OUTUBRO DE 2015 Educação e Cultura Mostra inédita e interativa sobre o universo do etnógrafo, escritor e maior estudioso da cultura popular brasileira, tem abertura no dia 20 de outubro O mais conhecido estu- dioso  da  cultura popular brasileira, também etnógra- fo, pesquisador, folclorista e escritor norte-rio-granden- se, Luís  da  Câmara Cascudo, g anh ará uma exposição inédita no  Museu  da  Lín- gua Portuguesa, institui- ção  da  Secretaria  da  Cultura do Estado de São Paulo. A mostra, intitulada  “O Tempo e eu (e Vc)”, uma re- alização  da  Casa  da  Ribeira São Paulo e Instituto Câmara Cascudo, será inaugurada no  dia  20 de outubro e tem como objetivo aproximar Cascudo, vivo e atual, do grande público. Luís  da  Câmara Cascudo (30/12/1898— 30/07/1986) deixou um importante le- gado dentre os mais de 150 livros que escreveu, já que grande parte deles são refe- rências sem similares, como “Dicionário do Folclore Bra- sileiro” e “História  da  Ali- mentação no Brasil”. Dos Museu da Língua Portuguesa apresenta exposição “O Tempo e eu (e Vc)”, sobre Câmara Cascudo primórdios  da  gastronomia brasileira às nossas danças, gestos e costumes, seu uni- verso pesquisado continua até hoje a instigar e atrair intelectuais e estudiosos pelo mundo, mas permanece pouco conhecido e vivencia- do pelas novas gerações. A concepção do projeto surgiu  da  ideia de transfor- mar os escritos e pesquisas do autor numa experiência única e inovadora; uma exposição interativa em um dos maiores centros cultu- rais da América Latina. Assim nasceu a mostra “Câmara Cascudo no Museu  da  Lín- gua Portuguesa – O Tem- po e Eu (e Vc)”.   Montada no primeiro andar do Mu- seu  da  Língua Portugue- sa  da  Estação  da  Luz, em São Paulo, a “Expo Cascudo” ocupará mais de 600 m² de área, dividida por módulos que abordarão as diversas temáticas, presentes nos es- critos e pesquisas do maior dos intelectuais nascido no Rio Grande do Norte. A intenção é recriar um ambiente de experiência onde vai ser possível nave- gar pelo mundo de Câma- ra Cascudo, se reconhecer parte dele, com todas as suas viagens sensoriais – os movimentos, toques, cores, histórias e sons  da  cultura popular brasileira, e com- preender a importância e a contemporaneidade de seus conhecimentos. A mostra conta com uso de tecnologia e muita inte- ratividade, apostando em experiências que valorizam toda a diversidade registrada por Câmara Cascudo. O produtor Gustavo Wan- derley, diretor da Casa da Ri- beira São Paulo, destaca o caráter de ineditismo desta ação cultural, pois contem- plará pontos de toque que extrapolam o universo literá- rio, como a cultura popular, a gastronomia e o idioma. “Cascudo revelou ‘brasis’ invisíveis aos brasileiros, e é imperativo mostrar isso às novas gerações. Queremos que as pessoas percebam a contemporaneidade de sua obra”, explica. Um pequeno exemplo do detalhismo da mostra está no conceito de tipologia  da  ex- posição. A escrita foi criada a par- tir  das  letras, brasões e gra- fismos encontrados nas mar- cações do gado no sertão nordestino, costume que re- monta aos primórdios  da  di- nâmica socioeconômica do homem rural do nordeste - um trabalho que remete ainda a outro grande estu- dioso potiguar, o sertanista Oswaldo Lamartine de Fa- ria (1919-2007). “Cascudo e Oswaldo eram amigos, trocavam correspondências e estudos. Ambos estudaram o sertão. Então transforma- mos essa heráldica sertaneja em uma escrita feita a mão, como uma espécie de renda”, comenta o curador. Todo o conteúdo  da  ex- posição foi inspirado no universo do maior estudo sobre cultura popular do Brasil a partir de Cascudo, que compreende não só sua vasta bibliografia pesquisa- da, mas sons, cheiros, paisa- gens, gestos, experimentos e costumes. Desta forma, o recorte curatorial foi defini- do a partir de cinco módulos: Biografia; Danças; Oralidade; Crenças e Cozinha Brasileira. SERVIÇO: Mostra “O Tempo e Eu (e Vc) – Câmara Cascudo no Museu  da  Língua Portu- guesa“ Data: 20 de outubro a 14 de fevereiro de 2016 - Mu- seu  da  Língua Portuguesa - Praça  da  Luz, s/nº - Luz - São Paulo-SP - Metrô e CPTM Luz (0m) - (11) Tel.: (11) 3322-0080
  12. 12. 1 2 JORNAL BOM DIA ACONTECE - 01 a 15 DE OUTUBRO DE 2015 Cotidiano Bebida é mistura termogênica potente que afasta gripes Beber  água com gengi- bre  diariamente é um mé- todo eficaz de emagrecer. A mistura potente tem efeito diurético e termogênico e ajuda a eliminar a gordura corporal sem muito esforço. Além disso, ela ainda é capaz de reforçar o sistema imuno- lógico e manter longe gripes e resfriados. “A água de gengibre é ótima para o corpo em vários aspectos. Entre outras coisas, Água de gengibre emagrece e elimina gordura ela é boa porque aumenta a diurese, além de ser um  ter- mogênico que aumenta tem- peratura corporal e ajuda na eliminação de gordura, sem contar a enorme eficácia na melhoria da imunidade”, comenta a nutricionista Ales- sandra Carneiro. Essas melhorias todas es- tão ligadas aos benefícios do gengibre, que pode ser consu- mido de maneira simples com essa mistura fácil de fazer. Como preparar e con- sumir: encher uma garrafa de água e adicionar o gengi- bre. A quantidade ideal é de 4 a 5 rodelas da raiz, ou duas colheres do alimento ralado. a dica de trocar o alimento de dentro da garrafinha ao menos uma vez durante o dia para potencializar os efeitos. Contraindicações: grávi- das e pessoas que sofrem com hipertireoidismo não devem consumir. A nutricionista aler- ta ainda para a necessidade de manter uma rotina saudável e ativa para conquistar os benefícios desse termogênico, independente de qual das for- mas para consumir gengibre a pessoa escolher. “O gengibre não deve ser tratado como um fator isolado para emagrecer, ele é coadjuvante, auxilia por aumentar a liberação de toxinas”. “Tanto ralado, quando em lascas ou rodelas, o efeito é o mesmo. Só não indico o gengibre em pó comerciali- zado em mercados porque contém muitos conservan- tes”, indica a especialista. A  bebida emagrecedo- ra  pode ser consumida ao longo do dia, todos os dias. Caso opte por usar pedaços do gengibre, Alessandra dá Flacidez da musculatura da faringe, ganho de peso, variações hormonais e até o aumento da necessidade de urinar nos idosos podem contribuir com distúrbios do sono Estresse, ansiedade, va- riações hormonais e até má alimentação estão entre os fatores associados à insônia. “Quando o indivíduo não dorme bem, ele também não consegue executar bem suas atividades durante o dia. Em longo prazo, ele pode desen- volver uma série de proble- mas recorrentes a má qualida- de do sono, como problemas cardiovasculares”, alerta Dra. Rosa Hasan, neurologista que integra o corpo clínico do Alta Excelência Diagnóstica, centro de diagnósticos focado no cliente Premium. Insônia afeta 45% dos paulistanos Segundo estudo epide- miológico publicado em 2010, a incidência de insônia crô- nica entre os paulistanos chega a 10%; cerca de 45% dos paulistanos têm queixa de insônia. Além da flacidez da mus- culatura da faringe, que pre- judica a respiração durante a noite, ganho de peso, me- nopausa, aumento da neces- sidade de urinar nos idosos, e o próprio envelhecimento podem interferir na qualida- de do sono. “Quanto antes o paciente tiver o diagnóstico dos mo- tivos que prejudicam o seu sono, mais precocemente pode ser iniciado o trata- mento, que muitas vezes será baseado em pequenas mudanças de hábito”, afirma Dra. Rosa. Diagnóstico: para rea- lizar a detecção precisa do distúrbio do sono, o Alta Excelência Diagnóstica, acaba de disponibilizar o exame de Polissonografia Domiciliar, procedimento indicado para pacientes que sofrem de insônia e apneia do sono. O objetivo da realização do exame em casa é tornar ain- da mais cômodo e acurado o diagnóstico dos distúrbios relacionados ao sono. O Alta passa a realizar também a Poligrafia, (moni- torização cardiorrespiratória do sono), na qual o paciente recebe orientações de um técnico especialista sobre como instalar o aparelho no laboratório e leva-lo para sua residência. Essas orientações permitem maior flexibilidade ao paciente, que pode levar o equipamento casa, imple- mentando-o somente na hora de dormir – o que também permite mais conforto na re- alização deste procedimento. Sobre o Alta Excelência Diagnóstica: uma empresa da Dasa, grupo especializado em diagnóstico e de referên- cia no segmento de saúde brasileiro e internacional. A marca une três pilares: corpo clínico experiente, tecnolo- gia avançada e excelência em serviços. A prioridade no Alta é o paciente. O Alta Excelên- cia Diagnóstica oferece um Núcleo de Assessoria Médica exclusivo com acesso direto do médico solicitante ao cor- po clínico das especialidades, garantindo contato rápido e diferenciado aos especia- listas. Foi desenvolvida com exclusividade para a marca uma odorização antialérgica que promove um ambiente sutil e agradavelmente aro- matizado. Além disso, todos os itens de rouparia, do lençol ao roupão utilizado para circular nas áreas de atendimento, são compostos por peças de algodão egípcio com 600 fios. Por meio de um trabalho conjunto realizado por mé- dicos, chefs e nutricionistas, o Alta Excelência Diagnós- tica oferece cardápios de desjejum especiais: Clássi- co, Diet, Sem Glúten, Sem Lactose, Especial (para pa- cientes que demandam um atendimento diferenciado), Infantil e Kosher.
  13. 13. 13JORNAL BOM DIA ACONTECE - 01 a 15 DE OUTUBRO DE 2015 Feminíssima É muito bom sair para se divertir, conversar e beber com os amigos. O que não pode é beber demais e dar vexame que fica feio! Além de você passar a maior vergonha sendo aquela que  não sabe beber, atrapalha todo mundo que quer curtir e ao invés disso vai ter que cuidar de você. Des- necessário! Então a fórmula perfeita para uma noite com álcool e diversão é: ficar bêba- da sem perder a classe! Ficar alegre, falante e divertida e não chorona, desastrosa, passando mal e chata. Por isso separamos umas dicas para te ajudar a  encher a cara  sem deixar de ser uma dama: Roupas confortáveis Salto alto:  use só se você não tiver como fugir disso! Afinal sabemos que não é fácil ficar bêbada em cima do salto - geralmente isso resulta numa desastrosa sequência de tombos e escorregões, seguida por ficar descalça e com os pés nojentos no final da festa. Saias:  pessoas bêbadas são mais descuidadas, então para não ficar pagando cal- cinha é sempre bom apelar para aquele shortinho discre- to por baixo da saia! Vai te deixar muito mais confortável para dançar e beber sem pre- ocupações. Bolsa: mais compactas e práticas o possível Sair para beber e levar uma bolsa grande não tem muito a ver! Primeiro que é desconfortável; segundo que A estação mais florida do ano começou. E a chega- da da primavera traz com ela novas tendências para os cabelos, com direito a penteados fresquinhos e confortáveis para encarar os dias mais quentes. Se você está em busca de um efeito natural, com  fios soltos, ondas e movimento – a cara da temporada -, ideias para variar de estilo ou sugestões de looks especiais para qual- quer hora, confira a galeria com cabelos inspiradores: Fios soltos, com ondas e movimento natural, estão entre os queridinhos da tem- porada. A trança soltinha, estilo messy, traz frescor ao look. A trança pode compor uma variação original e mo- derna do meio preso. O meio preso, no estilo ‘hippie chic’, também tem a cara da primavera. O semi preso despojado com ondas soltinhas e risca no meio é tendência. Os acessórios são aliados valiosos para incrementar o visual sem grandes esforços. Quer passar por uma mu- dança radical? Opte pelo corte pixie e deixe a nuca à mostra. A “tiara” de trança é mais uma forma de deixar o visual leve e romântico. Para quem tem fios lon- gos, vale variar o estilo ado- tando o preso lateral. Acessórios ajudam a com- por um look romântico, per- feito para a primavera. Além de charmoso, o co- que alto ajuda a espantar o calor e é uma boa opção para eventos que exigem um look mais caprichado. Corte chanel e fios com textura são opção para quem quer um look cheio de estilo sem abrir mão da praticidade. Prático e versátil, o rabo de cavalo pode ser usado em ocasiões diversas. O long bob com textura desponta como um dos hits da estação. O coque é excelente pedi- da para os dias mais quentes. fica mais fácil de você acabar esquecendo em algum lugar. Leve só o necessário numa bolsa pequena, de preferên- cia transversal - que te deixa com as mãos livres e fica difícil de perder! Terminou de se arrumar, já vai posando para a foto da noite. Ou tire logo que chegar ao lugar. Afinal, depois disso você vai começar a beber, o look vai ficando menos glamoroso e provavelmente você nem vai lembrar de tirar foto - e você vai terminar sem recordações desse dia. Esqueça do seu celular: Enquanto estiver na festa, não há necessidade de ficar checando as redes sociais, certo? Deixe seu celular bem guardado e minimize o risco de perdê-lo enquanto estiver Tendências de penteados para a primavera 2015 Mantenha a classe mesmo quando estiver bêbadabêbada! Além disso, você evita de mandar  mensagens bêbadas para as pessoas e se arrepender depois. Maquiagem: cuidado Opte por rímel, delineador e afins que sejam à prova d’água - assim você pode beber despreocupada, suar, chorar e mesmo assim não vai ficar parecendo um panda. Menos é mais - quando você sai para beber, geralmente não tem muito tempo para fi- car retocando a maquiagem. Por isso escolha uma make que não precise de muita manutenção! A água é a sua salvado- ra: se de repente sentir que está ficando bêbada demais, apele para água sim! Outra dica é beber um copo d’água entre um drink e outro, evi- tando essa sensação de estar muito mal. Óculos escuros: seu me- lhor amigo: para as festas que vão até de manhãzinha, os óculos escuros são essen- ciais para continuar arrasan- do. Afinal, a claridade do dia vai mostrar a sua cara de bebedeira ao mundo, e ele pode não estar preparado para isso! Um belo óculos esconde tudo e você ainda fica no estilo. Pular, balançar a cabeça - NÃO: Beber dá uma energia, felicidade, euforia e tudo mais, mas não vá inventar de balançar demais esse corpinho - isso só vai te deixar enjoada e acabar com seu rolê. Não faça a atirada/ca- rente/pegajosa: sim a bebi- da aflora nosso  sex appeal  e fica fácil de se sentir a pessoa desejável do mundo - porém não é essa a realidade! O maior jeito de beber e perder a classe é esse: tentar sensu- alizar se sentindo a última bolacha do pacote e ficar se atirando para cima dos caras, grudando no pescoço deles. Amiga, para que tá feio!
  14. 14. 1 4 JORNAL BOM DIA ACONTECE - 01 a 15 DE OUTUBRO DE 2015 Universo Masculino Comer Bem As calorias de sobra que foram consumidas duran- te anos não dão trégua: a gordura localizada no ab- dômen denuncia que fal- tou cuidado com a  dieta  e que os exercícios foram dei- xados de lado ou pratica- dos com menos intensidade do que seu corpo merecia. Além do incômodo estético, a barriga costuma ser um fator de risco para a saúde cardiovascular - reduzir me- didas abdominais, portanto, não significa apenas caber num manequim menor. Co- lesterol, hipertensão e outros problemas de saúde também são benefícios que você passa a usufruir. Peixes e frutos do mar: a inflamação é um dos princi- pais responsáveis pelo ganho de peso. Peixes e frutos do mar, por serem ricos em ôme- ga-3, um ácido graxo essen- cial, ajudam a desinflamar as É possível nos sentir mais felizes e menos estressados quando comemos um peda- cinho de  chocolate, certo? Isso ocorre, pois o cacau, sua matéria-prima, produz no organismo um neurotrans- missor chamado serotonina, responsável por uma sensa- ção de bem-estar. O fruto tem ação antioxidante e anti- -inflamatória. Consumir o cacau em pó e sem açúcar é o jeito mais adequado e saudável de fa- vorecer o organismo. O ali- mento é rico em vitaminas C e E, e contém muitas fibras e minerais como ferro, potás- sio e sódio. Os fitoquímicos e flavonoides antioxidantes deste mantimento combatem os radicais livres e garantem maior saúde cardiovascular, além de prevenir o envelhe- cimento precoce e regular a flora intestinal.  Pessoas em dieta também podem enxergar o cacau em pó como parceiro. O alimen- to é rico em polifenóis, uma substância ligada à queima de gordura. Outra vantagem é a presença de fósforo, mag- nésio e cálcio, que colaboram Veja alimentos para combater a gordura localizada Faça a escolha certa e acelere os resultados no seu plano para secar a barriga células de gordura, atuando no controle do problema. Além disso, esses alimentos também aceleram a transfor- mação da glicose em energia, impedindo que ela seja esto- cada sob a forma de gordura. A nutróloga Tamara orienta a inclusão desses alimentos no cardápio pelo menos três vezes por semana.   Alimentos probióticos: a nutróloga Tamara explica que existem várias hipóteses para explicar como os ali- mentos  probióticos  auxiliam o emagrecimento. Alguns lactobacilos produzem um tipo de gordura, o CLA (ácido linoléico conjugado), que é capaz de reduzir o porcentual de gordura. Além disso, esse tipo de alimento tem como função básica equilibrar a flora intestinal. Abacate: a bioquímica e os estudos científicos expli- cam: justamente pela sua alta concentração de gorduras benéficas, que promovem a saciedade por mais tempo, o abacate pode ajudar a reduzir o peso. Apesar da alta concentração de calo- rias, elas provêm da gordura monoinsaturada, que ajuda a reduzir o pico de insulina, derosas aliadas no combate à gordura localizada, nas cascas dessas frutas existem substâncias fitoquímicas com ação antioxidante, como a antocianina, que mantém o sistema circulatório eficiente, melhorando a irrigação dos tecidos e ajudando na quei- ma de gordura abdominal. A especialista recomenda o consumo de uma ou duas xícaras por dia, sem adição de açúcar.   Azeite: uma pesquisa re- alizada pelo Instituto Salud Carlos III, da Espanha, em parceria com a Universidade de Cambridge, da Inglaterra, aponta que a ingestão diária de azeite evita a formação de gorduras na região da cin- tura. O estudo foi publicado na revista Diabetes Care e afirma que as gorduras mo- noinsaturadas presentes do azeite previne o acúmulo de gordura na região.  hormônio que desencadeia o armazenamento das calorias extras sob a forma de gordura localizada.  Frutas vermelhas: as fru- tinhas vermelho-arroxeadas (framboesa, amora, morango, cereja, jabuticaba, mirtilo, melancia e uva roxa) são po- Cacau em pó garante maior saúde cardiovascular para a formação de tecidos, ossos e nervos.  Para o consumo, o cacau em pó combina muito com frutas e iogurtes. Algumas pessoas gostam até de fazer bolos e cookies utilizando o ingrediente. Porém, é neces- sário evitar misturá-lo com bi- carbonato de sódio, pois isso reduz os componentes ativos do fruto. Já o leite não deve ser aliado ao alimento, pois diminui a absorção dos flavo- noides.  O fruto em pó pode ser encontrado para compra tanto em supermercados como em lojas de produtos naturais. Para que a experiên- cia seja a mais saudável possí- vel, é bom que o consumidor prefira o cacau em pó livre de açúcar e gorduras.   Mesmo sendo bom para a saúde, é sempre adequado consultar um médico nutró- logo para saber a quantidade certa do alimento recomen- dada para um dia. O cacau em pó possui cafeína, que pode causar insônia e até pro- blemas gástricos. Além disso, a presença de oxalato pode contribuir para o surgimento de cálculo renal. 
  15. 15. 15JORNAL BOM DIA ACONTECE - 01 a 15 DE OUTUBRO DE 2015 Universo Masculino Algumas das maiores pre- ocupações do universo mas- culino são a calvície e as te- midas entradas no cabelo. Se alguém da sua família sofre ou sofreu de calvície, prova- velmente hoje você também enfrenta esse problema. Ela atinge a maioria dos homens e não escolhe idade para apa- recer. Hoje, além dos diversos tratamentos para diminuir e desacelerar a queda do cabe- lo, que também ocasionam as entradas, existem diversos cortes de cabelo que podem ajudar a disfarçá-las. Antes de qualquer coisa, é muito importante lembrar que os cortes muito curtos não funcionam muito bem para disfarçar as entradas. Pelo contrário, eles deixam ainda mais em evidência o problema. O ideal e mais adequado neste caso são os famosos cortes repicados. A ideia do corte repicado é perfeita, já que ele permitirá mover o cabelo para todos os lados, facilitando esconder as entradas laterais. O segredo é tentar puxar as laterais para frente, bagunçando bem os fios para deixar um efeito mais natural, sem evidenciar que você está tentando dis- farçar alguma coisa. Quando mais curto, as entradas ficam visíveis e en- velhecem o rosto dele, en- quanto os fios mais compridos disfarçam a calvície e rejuve- nescem a aparência. Quando falamos sobre os cabelos cacheados, o cuidado com o corte deve ser maior. Ao con- trário do cabelo liso, o corte deve manter o volume. Como os cachos costumam ser mais modelados, o volume deve estar no topo da cabeça, na A atenção com os dentes não é apenas uma questão de higiene, mas de boa apre- sentação. Pode parecer ditado an- tigo, mas nunca deixou de ser verdade: o sorriso é seu cartão de visitas. Por isso, muita gente investe pesado na correção de alguma falha, imperfeição ou no clarea- mento dos dentes. O fato é que a boca - e tudo o que a envolve - é responsável por grande parte da aparência e da imagem que você re- flete. Muitas vezes, quando alguém que gerar uma boa impressão, a primeira reação que naturalmente se tem é abrir um sorriso. Não é à toa que este sorriso pode mudar a maneira como somos vistos, como nos relacionamos com uma pessoa e, muitas vezes, com o mundo. Às vezes por preguiça, falta de tempo ou estresse, não tomamos o cuidado ne- cessário com os dentes. Do mesmo jeito, uma boca mal- cuidada pesa – e muito – con- tra você. A grande verdade é que todos estão sujeitos a se descuidar um pouco; às vezes por preguiça, falta de tempo ou estresse. Porém, em algum momento, você deve tomar esse cuidado. Independente dos fatores Cuide do sorriso: ele é seu cartão de visitas Conheça os cortes para disfarçar as entradas Despiste os primeiros sinais da calvície com esses cortes parte da frente, e não nas laterais. É claro que o corte vai ajudar muito a disfarçar essas entradas, mas deve ser feito e mantido junto a um  trata- mento anti-queda,  usando shampoos  e  loções. Além disso, não deixe de procurar um dermatologista para veri- ficar qual o tratamento mais indicado para o seu tipo de queda de cabelo. genéticos que levam cada pessoa a ter uma arcada den- tária diferente, e até mesmo os fatores financeiros – já que alguns tratamentos são caros -, alguns cuidados básicos po- dem ser adotados de acordo com seu estilo de vida e sem prejudicar o visual ou o bolso. Sabe-se, por exemplo, que a nicotina do cigarro é um dos grandes males para os den- tes. Os fumantes, portanto, devem procurar com mais regularidade um dentista, pois os dentes acabam ama- relando naturalmente com maior rapidez. Há também pessoas que sofrem com refluxo gástrico, bruxismo (ranger os dentes durante a noite), mau hálito, gengivite e tantos outros fatores que interferem na funcionalidade e aspecto dos dentes. Dependendo da gra- vidade de cada caso, alguns tratamentos mais complexos só poderão ser indicados por um profissional competente. Se seu caso for tranquilo ou tiver apenas interesse em cuidados básicos, existem alternativas mais acessíveis e menos complexas, como pastas e escovas. Agora, se você está lendo este texto e se deu conta de que já faz algum tempo que não vai ao dentista, saiba que é mui- to importante manter um acompanhamento e visitas regulares para manter o bom aspecto e, principalmente, a saúde dos dentes e boca. Marque um horário com um profissional de confiança e desenvolvam juntos um plano que se encaixe em seu bolso e necessidades.
  16. 16. 1 6 JORNAL BOM DIA ACONTECE - 01 a 15 DE OUTUBRO DE 2015 VOCÊ NUNCA VIU CINEMA ASSIM! • Conexão direta com o consumidor: no encontro da Estação Jardim Romano e a Av. Marechal Tito. • Seu negócio no novo ponto de encontro de Itaim Paulista, São Miguel e Guaianazes. QUER TER SEU PRÓPRIO NEGÓCIO? ENTÃO VENHA PARA O SHOPPING QUE VAI ATRAIR MILHARES DE CONSUMIDORES!
  17. 17. 17JORNAL BOM DIA ACONTECE - 01 a 15 DE OUTUBRO DE 2015 f3agência VISITE NOSSO STAND: 11 4130.1800 Av. Marechal Tito, 6765 Itaim Paulista -SP www.estacaojardimshopping.com Comercialização: Realização: (11) 5015.0701 SOLIDEZ E RESULTADOS Shopping f3agência
  18. 18. 1 8 JORNAL BOM DIA ACONTECE - 01 a 15 DE OUTUBRO DE 2015 Esportes DIÁRIO DE S. PAULO - QUINTA-FEIRA / 15 DE OUTUBRO DE 201514 Palmeiras 4-3-3 FernandoPrass;Lucas,VictorRamos,Vitor HugoeJoãoPaulo;AndreiGirotto(Gabriel Jesusn),ThiagoSantoseZéRoberto;Rafael Marques,Dudun(Allione)eAlecsandro (Cristaldo) T:MarceloOliveira Ponte Preta 4-3-3 MarceloLomba;Jefersonn,RenatoChaves, FábioFerreira(TiagoAlves)eGilsonn; FernandoBob(Juninho),EltoneCristiann; FelipeAzevedo(DiegoOliveira),Borgese BiroBiro T:FelipeMoreira BRASILEIRÃO>2o - TURNO—30a - RODADA Onde:AllianzParque,emSãoPaulo,às22h Juiz:RaphaelClaus(SP) Gol:FernandoBobaos27minutosdo1o - tempo Rendaepúblico:R$1.298.123,70/28.981 0-1 tem fim Gabriela Chabatura gabriela.chabatura@diariosp.com.br Foramdezdiasdepausaparao Palmeirasassimilarecorrigiros erros da goleada vexatória so- frida para a Chapecoense, por 5a1,naúltimarodadadoBrasi- leirão.Masemnadaadiantou... DiantedaPontePreta,otime de Marcelo Oliveira voltou a apresentarosmesmosproble- mas da partida anterior: um meio de campo nulo aliado à mesmice das jogadas aéreas. E atorcidajáhaviapassadoore- cado:apaciênciaacabou.Após derrotapor1a0,então... SempodercontarcomRobi- nho,machucado,MarceloOli- veiraescalouAndreiGirottoao ladodeThiagoSantosenãode- moroumuitotempoparasear- rependerdaescolha. Na primeira tentativa de re- pararoerro,otreinadordeslo- cou o volante para a lateral di- reita e passou Lucas para a marcação.Nãosurtiuefeito. A Ponte Preta abriu o placar aos27minutos,comFernando Bob, de pênalti. Raphael Claus enxergouqueVictorRamosco- locou a mão na bola dentro da áreaeassinalouainfração. Ogolfoiopretextoqueotrei- nadorprecisavaparasubstituir Girotto. Sete minutos depois, elesaiu.GabrielJesusentrou. TORCIDAÉATENDIDA/Aaltera- ção não mudou a postura do Palmeiras. O time continuou dependendodasboasarranca- das de Dudu e sofrendo para pararBiroBiroeFernandoBob. Lembra-se da impaciência da torcida? Marcelo Oliveira tentouminimizá-laouvindoos “conselhos” da turma do amendoim e promovendo as entradas de Cristaldo e Allione nos lugares de Alecsandro e Dudu. O centroavante, aliás, discutiucomalgunstorcedores e foi para o vestiário chutando copod’água,muitoirritado. Otimecontinuavasemcon- seguir criar jogadas e passou a apostar somente nas bolas aé- reas. Principalmente, porque RafaelMarques,com1,90mde altura,aindaestavaemcampo. Sofrendo com as lesões de GabrieleRobinho,oPalmeiras sofreparaencontrarumasolu- çãoepassaaserumtimeman- jado(efacilmentedecifrado). Se ainda quiser se manter na lutaporumavaganoG4,vaiter de se reabilitar a tempo de en- frentar o Avaí, no próximo sá- bado,noestádiodaRessacada. Agora, são só três dias para arrumaracasa.Vaidartempo? LeonardoBenessato/FuturaPress esportes BRASILEIRÃO / PALMEIRAS X PONTE PRETA Palmeiras perde a segunda seguida no Brasileirão, desta vez para a Ponte, e torcida se revolta com o péssimo futebol apresentado. Marcelo é xingado PORQUESAIU? “Nenhum torcedor pensou que o Dudu pudesse ser expulso. Ele estava nervoso, tinha amarelo e sofria com uma marcação muito forte da Ponte” _ Marcelo Oliveira Técnico do Palmeiras APontePretavenceu oPalmeirasnoAllianz Parquepelasegunda veznestatemporada ACABOU O AMOR? A principal torcida organizada do Palmeiras levou ontem ao Allianz Parque uma faixa com a mensagem “acabou a paciência”. Era uma alusão à derrota por 5 a 1 sofrida para a Chapecoense na rodada anterior. Após a segunda derrota seguida na Série A, o time todo foi cobrado pelos torcedores presentes no estádio
  19. 19. 19JORNAL BOM DIA ACONTECE - 01 a 15 DE OUTUBRO DE 2015 Fluminense 4-4-2 Diego Cavalieri; Higor Leite, Gum, Marlon e Breno Lopes; Jean, Cícero, Gerson (Vinícius) e Gustavo Scarpa; Marcos Júnior (Osvaldo) e Fred (Wellington Paulista) T: Eduardo Baptista São Paulo 4-3-3 Rogério Ceni; Bruno, Rodrigo Caio n, Lucão e Matheus Reis; Thiago Mendes (Daniel), Hudson n (Wesley) e Ganso n; Rogério (Centurión), Luís Fabiano e Pato n T: Doriva BRASILEIRÃO > 2o - TURNO — 30a - RODADA Onde: Maracanã, no Rio de Janeiro Juiz: Braulio da Silva Machado (SC) Gols: Fred aos 30 do 1o - tempo; Marcos Júnior aos 3 do 2o - Renda e público: R$ 288.035 / 8.357 2-0 Opinião Renan Cacioli, editor assistente de Esportes do DIÁRIO São Paulo é um time muito lento n No esquema atual, com a linha de quatro defensiva segurando os laterais, sobra pouca velocidade ao São Paulo. Hudson, Ganso e Luís Fabiano formam uma espinha dorsal lenta, que torna o jogo mui- to cadenciado. Quando se depara com defesas bem montadas, o Tricolor patina. E aí é o caso de Doriva tentar mudar a formação. Se o time jogasse com três za- gueiros, por exemplo, Bruno e Matheus Reis teriam liberdade para atuar como alas. Com Thiago Mendes, que tem a saída mais rá- pida, e Rogério e Pato abertos nas pontas, haveria mais mobilidade. E, convenhamos, um trio de zaga formado por Rodrigo Caio, Breno e Lucão não cairia mal. O atacante Luís Fabiano sofreu com a marcação do zagueiro Marlon Elencotentase esquivardecaos políticonoclube n Os jogadores do São Paulo tentam fugir de polêmicas e das confusões políticas que domina- ram o noticiário tricolor nos últi- mos dias em consequência da renúncia de Carlos Miguel Aidar à presidência do clube. A equipe acredita que os pro- blemas fora de campo não têm nada a ver com o rendimento do time, que não conseguiu um bom resultado na estreia de Doriva, ontem, no Rio de Janeiro. “O resultado não veio. Tenta- mos começar a ir para a frente, mas levamos um gol logo no co- meço do segundo tempo. Foi um jogo complicado”, disse o goleiro e capitão Rogério Ceni, que elo- giou o atacante adversário. “Acho que o Fred é um jogador experiente, faz uma boa proteção de bola, é muito útil para o golei- ro, dá a casquinha (na bola) e fi- naliza bem. É um jogador chato para zagueiro marcar individual- mente”, completou o camisa 1. BANCA APOSTILAS BANCA TELEFONICA REVISTARIA OFICINA CULTURAL BANCA SANTO EDUARDO BANCA TENTAÇÃO BANCA DA ZIL BANCA LARGO TREZE REVISTARIA ROFE BANCA IVG BANCA PRAÇA SKAL / SAIGON BANCA LEO BANCA ANHANGUERA lUANA JORNAIS E REVISTAS BANCA PANAMERICANA BANCA CIVICA BANCA LARGO DA LAPA BANCA AVENIDA BANCA DO MAIA LUANA JORNAIS E REVISTAS BANCA DI BELLIS BANCA GOMES BANCA LA VILLE BANCA DO LAGO BANCA ESTADÃO BANCA TEMAS E LETRAS BANCA DA ESCADA BANCA DOUGLAS BANCA CLASSE A BANCA INDUSTRIAL REVISTARIA CORUJÃO DIÁRIO DE SÃO PAULO VD BOA VISTA 40 AV TABELIAO PASSARELA 461 RUA AUGUSTO TOLLE 1029 PC SANTO EDUARDO 212 RUA PIRES DA MOTA 690 RUA AURI VERDE 450 LARGO 13 DE MAIO 298 AV DO CURSINO 2679 AV DO ORATORIO 4248 PC SKAL / SAIGON 32 AV CONSELHEIRO CARRAO 2460 RUA RADIALISTA 05 RUA ARMANDO SHIBATA 30 PC PANAMERICANA 130 PC CIVICA 1 RUA ENG. AUBERTIN 125 AV. CONSELHEIRO CARRÃO, 2766 AV PAULO FACCINI 2099 AV JOSE BARRETO 1635 AV PERY RONCHETTI 01 RUA ANDARAÍ, 585 RUA DO TESOURO 298 PC CICERO MIRANDA 74 VIADUTO 9 DE JULHO 181 R SALVADOR GIANETTI 564 R MAX ZENDRON 01 R RIO BRANCO 10 AV NORDESTINA 977 AV INDUSTRIAL 681 RUA BENJAMIM CONSTANT 1193 AV. MARQUES DE SÃO VICENTE , 1011 CENTRO CENTRO SANTA TEREZINHA VILA MARIA ACLIMAÇÃO VILA CARIOCA SANTO AMARO JARDIM DA SAUDE JARDIM GUAIRACA VILA FORMOSA VILA CARRAO PQ SÃO DOMINGOS JARDIM RIZZO ALTO DE PINHEIROS LAPA LAPA VILA CARRÃO MACEDO JARDIM DINORAH NOVA PETRÓPOLIS VILA FLORESTA JD BOM TEMPO VILA GALVÃO CENTRO GUAIANAZES CENTRO CENTRO SÃO MIGUEL PAULISTA JARDINS CENTRO BARRA FUNDA SAO PAULO MAIRIPORÃ SAO PAULO SAO PAULO SAO PAULO SAO PAULO SAO PAULO SAO PAULO SAO PAULO SAO PAULO SAO PAULO SAO PAULO SAO PAULO SAO PAULO SAO PAULO SAO PAULO CARRAO GUARULHOS COTIA S. B. CAMPO SANTO ANDRE TABOÃO DA SERRA GUARULHOS SAO PAULO SAO PAULO CARAPICUÍBA MAUÁ SAO PAULO SANTO ANDRE SUZANO BARRA FUNDA (11) 3107-8895 (11) 4604-5167 (11) 2950-2982 (11) 2955-5847 (11) 3208-1857 (11) 2068-3628 (11) 5522-7969 (11) 5073-7501 (11) 2707-5945 (11) 2361-8498 (11) 2538-8374 (11) 3644-7375 (11) 3721-0499 (11) 3023-0418 (11) 3862-9253 (11) 3617-3178 (11) 2893-6373 (11) 2461-3954 (11) 4616-0362 (11) 3424-7568 (11) 3438-9368 (11) 4701-8044 (11) 2455-2965 (11) 3231-3458 (11) 2960-1107 (11) 4164-2407 (11) 4541-5502 (11) 2297-1018 (11) 4427-3542 (11) 4742-2410 (11) 3279.8434 VEJACOMOÉFÁCIL ADQUIRIRSEUCARRO: POSTO DE TROCA válido até Nome Tel E-mail Coleção “Clássicos do Diário” Recorte um selo de troca abaixo Junte mais R$ 29,90 e preencha o cupom Retire sua miniatura num posto de troca ao lado. 1) 2) 3) COLEÇÃO “Clássicos do Diário” SÃO 14 MODELOS, COLECIONE TODOS! 1 selo + R$ 29,90 = 1 carro POSTO DE TROCA SÃO 14 MODELOS, COLECIONE TODOS! 1 selo + R$ 29,90 FIAT 500 RANGE ROVER FORD F150 KARMANN GHIA CORVETTENEW BEETLE NEW BEETLE MERCEDES SL KOMBI PICK-UP FORD WINDOW 32 DODGE VIPER CAMARO Z KENWORTH KOMBI CAB Esportes DIÁRIO DE S. PAULO - QUINTA-FEIRA / 15 DE OUTUBRO DE 2015 15 Opinião Fernão Ketelhuth, editor de Esportes do DIÁRIO O time da ‘facu’ n Quando estudei jornalismo, eu era o goleiro do time da minha sa- la no campeonato interno de fut- sal. Como não conseguíamos (nem queríamos) treinar, nossa tática para chegar ao gol adversá- rio era rudimentar: dois jogavam atrás e outros dois, na frente. Exceto quando enfrentávamos uma equipe pior do que a nossa, raramente saíamos tocando. Era ligação direta o tempo todo. Para ganharmos, dependíamos de uma jogada individual do pivô ou de um chute forte do Zé, que tinha uma bomba à la Branco na canhota. Eu me lembrei do time da “facu” ao ver o jogo do Palmeiras contra a Ponte. A equipe de Marcelo Oli- veira é incapaz de trocar meia dú- zia de passes seguidos. A bola passa da zaga para o ataque sem fazer escala no meio de campo. É um balão atrás do outro. A questão é que o nosso time na Cásper Líbero nem sequer ti- nha técnico. O Palmeiras tem. PONTE PRETA Com cinco vitórias e um empate nos últimos seis confrontos. A Macaca prova que é um time organizado e disciplinado taticamente – mesmo com técnico interino. Repetiu a boa atuação das últimas rodadas e aproveita muito bem a qualidade individual de alguns de seus jogadores, como os perigosos Biro Biro, Fernando Bob e Cristian. 4,5 THIAGO SANTOS Está passando sufoco no meio de campo. Não consegue uma re- gularidade na posição. 4,5 ZÉ ROBERTO Muito apagado ontem e longe do ritmo ideal. Ti- nha função de criar, mas nada fez nesse sentido. 5,0 RAFAEL MARQUES Teve chance de marcar, de bicicleta, no fim da partida, mas desperdi- çou. Ficou devendo. 6,0 DUDU Criou as chances mais perigosas da equipe no ataque. Allione entrou e impôs velocidade. 6,0 4,5 ALECSANDRO Muito vaiado pela torcida, não teve culpa por quase não pegar na bola. Cris- taldo não fez muito. 5,0 4,5 MARCELO OLIVEIRA Ainda insiste em escalar Andrei Girotto e paga caro pela teimosia. Não deveria ceder à torcida. ATUAÇÕES|PALMEIRAS 6,5 FERNANDO PRASS Fez boas defesas e salvou o time de uma derrota mais elástica. Não teve culpa pelo gol. 6,0 LUCAS Devido à boa fase, ainda tem de quebrar o galho no meio-campo. E, mesmo assim, vai bem. 5,5 VICTOR RAMOS Não teve culpa no pênalti marcado, pois a mão estava colada ao corpo. Interpretação do juiz. 6,0 VITOR HUGO Um dos poucos da defe- sa que passa segurança. Não hesitou em dar chu- tões para afastar a bola. 5,0 JOÃO PAULO Poderia ter apoiado mais, embora tenha tido atuação melhor do que o então titular, Egídio. 4,0 ANDREI GIROTTO Prejudica a marcação do time, dando espaços no meio. Gabriel Jesus en- trou nervoso e mal. 5,0 Lucasaceitacobrançase reconhecedesesperodotime cê toma um gol, a proposta de jogo é outra. Tivemos chances, mas a bola não entrou”, disse. “Hoje o time foi um pouco an- sioso em virtude do gol que to- mamos. Temos de ter tranquilida- de. Não tínhamos vivido uma si- tuação como essa, a torcida co- brou um pouco mais também, mas com razão. Faltou paciência e tranqulidade. Insistimos muito nesta bola longa”, prosseguiu. n Não foi necessário muito tem- po para o lateral-direito Lucas analisar de forma eficiente o que foi a noite no Allianz Parque. Ainda na saída do gramado, o palmeirense deu razão à torcida que criticou e vaiou o time e la- mentou a repetição de erros. “Temos de reconhecer os erros para tentar voltar a vencer. Por um certo momento da partida, sim, o pênalti irritou. Quando vo- Lateral-direito tem sido um dos jogadores mais regulares da equipe MarcosBezerra/FuturaPress PREFEITURA MUNICIPAL DE TATUI AVISO DE REABERTURA DE LICITAÇÃO Pregão nº. 040/2015 Processo Administrativo nº. 173/2015 A Pregoeira designada pela Portaria nº 590/2013, no uso de suas atribuições, por necessidade de alteração na peça edi- talícia, e a data de abertura encontra-se próxima, não existindo tempo hábil para tanto comunica aos interessados que a licitação objetivando o CONTRATAÇÃO DE INSTITUIÇÃO FINANCEIRA PARA PRESTA- ÇÃO DE SERVIÇOS, EM CARÁTER DE EX- CLUSIVIDADE, DE PROCESSAMENTO DE CRÉDITOS PROVENIENTES DE FOLHA DE PAGAMENTO AOS SERVIDORES ATIVOS, INATIVOS E PENSIONISTAS DO MUNICÍ- Sindicato de Atletas Profissionais do Estado de SP - Edital de Convocação - Assembleia Geral Ordinária - Pelo presente edital ficam convocados todos os associados deste Sindicato, para participarem da Assembleia Geral Ordinária, a ser realizada no dia 26 de Outubro de 2015 às 15 horas, em 1ª (primeira) convocação à Rua do Bosque nº 1.900, Barra Funda/SP, nesta capital,afimdedeliberaremsobreasseguintesmatériasdaordemdoDia:A)Leitura,DiscussãoeVotaçãodaAssembleiaanterior; B) Leitura, Discussão e Votação da Proposta Orçamentária para o Exercício de 2016 e respectivo parecer do Conselho Fiscal; C)InteressesGerais.Nãohavendo,nahoraacimaindicadanúmerolegaldeassociados,paraainstalaçãodostrabalhosemprimeira convocação,aAssembleiaserárealizada2(duas)horasapós,nomesmodiaelocal,em2ª(segunda)convocaçãocomqualquer número de associados presentes.São Paulo, 15 de outubro de 2015.Rinaldo Jose Martorelli - Presidente do Sindicato. SAMAR - SOCIEDADE AMIGOS DA MARINA GUARUJÁ EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA Na qualidade de administradores e por determinação do Sr. Diretor Presidente da SAMAR - Sociedade Amigos da Marina Guarujá, no exercício de suas atribuições e conforme dispositivos estatutários, convoca os senhores associados para Assembleia Geral Extraordinária, a realizar-se no dia 24/10/2015 (Sábado) às 9:30h em pri- meira convocação com um terço dos associados com direito a voto, e às 10:00h segunda e última convocação, com qualquer número de presentes, na sede da SAMAR sito a Estrada Guarujá/Bertioga, km 10,5 - Guarujá - SP, para deliberarem sobre a seguinte: 1. Composição da mesa diretiva; 2. Segurança Patrimonial; 3. Assuntos Gerais. Os associados poderão fazer-se representar por procuração particular, desde que atendido o disposto no § 6º do Art. 15º do Estatuto Social da SAMAR. O associado que não estiver com as suas contribuições em dia, não terá direito a voto nos assuntos pautados. O não comparecimento à assembleia em apreço implicará na anuência das deliberações dos presentes, as quais tornarão obrigatórias a todos. Guarujá, 05 de outubro de 2015. DANIMAR - Administração Ltda - EPP Cidade Tognato S.A. Empreendimentos Imobiliários NIRE 35300175085 - CNPJ/MF n.º 03.642.289/0001-30 Convocação para Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária Pelo presente, ficam os acionistas da sociedade Cidade Tognato S.A Empreendimentos Imobiliários (“Sociedade”) convoca- dos, nos termos do artigo 26 de seu Estatuto Social, a comparecer àAssembléia Geral Ordinaria e Extraordiária da Sociedade a se realizar aos 26 de outubro de 2015, às 14:00 horas em 1ª convocação, e às 14:30 horas, em 2ª convocação na RuaAvaré nº 42 – Vila Baeta Neves – CEP: 09751-060, no município de São Bernardo do Campo, Estado de São Paulo, de acordo com a seguinteordemdodia:(i)AprovaçãodeContasdaSociedadedoexercíciode2014.(ii)AprovaçãodoBalançodaSociedadedo exercício de 2014. (iii) Mudança endereço da sede. (iv) Demais assuntos de interesse da Sociedade. São Paulo, 13 de outubro de2015.KatieTognatoGiongo-DiretoraPresidente.RenataTognatoCosta-DiretoraVicePresidente. K-15,16e17/10 UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS HOSPITAL DA MULHER PROF. DR. JOSÉ ARISTODEMO PINOTTI CENTRO DE ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DA MULHER – CAISM SERVIÇO DE MATERIAIS – SEÇÃO DE COMPRAS EDITAL AVISO DE ABERTURA - Encontra-se aberto no Hospital da Mulher Prof. Dr. José Aristodemo Pinotti - Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher – CAISM – UNICAMP, o Pregão Presencial PP/CAISM nº 124/2015, Processo 27- P-5492/2015, do tipo menor preço unitário, destinado ao registro de preços de tamoxifeno citrato 20mg. Data da Sessão Pública: 14/12/2015 às 14:00h, na Central de Pregões da DGA, situado no Prédio Diretoria Geral da Administração/DGA, Cidade Universitária “Zeferino Vaz”, Distrito de Barão Geraldo, Campinas/SP. Os interessados poderão retirar o Edital no site http://www.imprensaoficial.com.br/PortalIO/ENegocios/BuscaENegocios_14_1.aspx ou, ainda, na íntegra, no Expediente da Seção de Compras do CAISM, localizado na Rua: Rua Alexander Fleming, 151, na Cidade Universitária “Zeferino Vaz”, Distrito de Barão Geraldo, Campinas – SP. Comerciantes, anunciem no melhor jornal de toda a região. É mais barato do que você imagina! Agende uma visita. ( 2031-2364 - 2513-0928 Email: raleste@gmail.com

×