raleste@gmail.com - Tel. 2031-2364 1a quinzena de MARÇO DE 2015Ano XI - N.o 204
SP quer vacinar 762 mil meninas
contra vír...
1a
qUINZENA DE MARÇO DE 2015Pág 2
Tiragem: 25.000 exemplares
Circulação: Ermelino Matarazzo,
Ponte Rasa, Vila Cisper, Vila...
1a
qUINZENA DE MARÇO DE 2015Pág 3
PublicidadePublicidade
1a
qUINZENA DE MARÇO DE 2015Pág 4
VIVER EM SEGURANÇA: Breve
Comentário sobre a Violência
Extrema no Brasil
Emanuel de Aqui...
1a
qUINZENA DE MARÇO DE 2015Pág 5
COMPROMETIMENTO
Novo Sindicato propõe representar trabalhadores no setor público
Constit...
1a
qUINZENA DE MARÇO DE 2015Pág 6
1
Garagem com Célula
de Segurança
2 Salão de Festas
3 Salão de Jogos
5 Salão Gourmet
6 B...
1a
qUINZENA DE MARÇO DE 2015Pág 7
Anuncie no
mais completo
e mais lido
Jornal de
Ermelino e
região. Ótimas
promoções
e for...
1a
qUINZENA DE MARÇO DE 2015Pág 8
Subprefeitura Itaquera exibe
filmes nacionais gratuitamente
Projeto também
transmitirá d...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ermelino 204

646 visualizações

Publicada em

Ermelino

Publicada em: Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
646
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
246
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ermelino 204

  1. 1. raleste@gmail.com - Tel. 2031-2364 1a quinzena de MARÇO DE 2015Ano XI - N.o 204 SP quer vacinar 762 mil meninas contra vírus do ‘câncer de úteroO governador Geraldo Alckmin participou nesta segunda-feira, 9 de março, da abertura da primeira etapa da campanha de vacinação para proteger meninas entre 9 e 11 anos de idade contra o papilo- mavírus humano (HPV). A vacina também será oferecida para a popu- lação indígena feminina com idades entre 9 e 13 anos, além de garotas e mulheres portadoras do vírus HIV, com faixa etária entre 9 e 26 anos. “A vacina é extrema- mente eficaz. Evitando o papilomavírus huma- no, evita-se o câncer de colo de útero”, explicou o governador Geraldo Alckmin. A meta estadual é imu- nizar, até o dia 31 deste mês, 762,1 mil crianças com idades entre 9 e 13 anos (incluindo público indígena), que respondem por 80% das meninas nes- ta faixa etária no Estado e 6,6 mil garotas e mulheres portadoras do vírus HIV com idade entre 9 e 26 anos (veja dados regionais abaixo). Postos de saúde em todo o Estado, com ho- rário de funcionamento das.... pag. 3 A lei que a prefeitura ignora Ainda que timidamente, muito por conta de proble- mas de gestão no âmbito das subprefeituras, a Lei Comida de Rua, de minha autoria, vai mostrando que, se implementada de manei- ra correta, tem tudo para se transformar em importante instrumento de geração de emprego e renda. Ao todo.... Comentáriosobrea violênciaextremanoBrasil Os nossos leitores de- vem estar acompanhando pela mídia diversas notí- cias preocupantes sobre o futuro da nossa nação e não podemos esquecer que a questão da segu- rança pública é intrínseca a esse problema. Desde os anos 50 e 60, com as ideias ..... Andrea Matarazzo Emanuel de Aquino Lopes OpovonãoquerDitaduraMilitar, opovoqueralimpezadanação Caros amigos e leitores, quemmeconhecesabequesou um jornalista sério e respon- sável e que não tenho filiação a qualquer partido político. O meu partido é a Verdade e a defesa da Zona Leste de São Paulo e o meu papel social é contribuirparademocratizaras informações na maior região da cidade. Antes de ser jorna- lista, militei em movimentos sociais e fui um atuante líder estudantil ainda no período da Ditadura Militar, portanto participei dos Movimentos das DIRETAS JÁ , ANISTIA Ampla, GeraleIrrestrita,Reconstrução da UNE e muitos outros. Posso assegurar a todos, principalmenteavocêquetem menos de 40 anos, que quem viveu os horrores e as perse- guições do período mais negro da nossa história recente, não desejaqueopaísmergulheem uma nova Intervenção Militar. Felizmente a imensa maioria do povo brasileiro é amante da paz, da democracia e da liberdade, valores que deixam de ser importantes em um Regime de Ditadura Militar. ApoiarumanovaDitaduraseria a última opção e só justifica se algum aventureiro tentasse implantar no Brasil um regime totalitário de esquerda, como está acontecendo na Venezue- la,masistoaindaestálongede acontecer…. Um dos setores que mais sofreu perseguição durante a DitaduraMilitar foiaimprensa falada e escrita e televisiva. Se- guramentesehouveroutroGo- vernoMilitar,todososmeiosde comunicação serão atingidos, TV, Radio e Jornais, incluindo um total controle da internet, whatsapp, facebook e outras redes sociais. Vamos ficar atentos a toda mensagemestranhasqueestão infestando as redes sociais nos últimos dias. Neste momen- to eu vejo QUATRO grupos diferentes se articulando: O primeiro grupo é formado pe- los Movimento VEMPRARUA , “Revoltados On Line” e blo- gueiros independentes. Essas iniciativaspopularesnainternet serão unificados no dia 15 DE MARÇO.Osegundomovimen- to tem origem entre setores militares mais conservadores e da reserva que defendem um golpemilitar maisdurodoque o de 1964, que recentemente publicou um manifesto assina- do por mais de 70 Generais do Exército; o terceiro movimento está sendo articulando por militares,queseauto-intitulam “de esquerda” e teria o apoio daForçaNacionaldeSegurança e de forças militares de países vizinhos. Através de gravações “vazadas” nas redes sociais, esse grupo deixa claro que o pais poderá mergulhar numa chamada “guerra fraterna” sem precedentes que vai man- char a nossa história. O último movimento,representadopelo General Paulo Chagas apóia a Mobilização do dia 15/03 e é formado por um grande gru- po de militares da ativa, que defendem a Via Constitucional para a derrubada do Governo Dilma, Apuração da roubalhei- ra, cadeia para os culpados e NovasEleiçõesparaPresidente. Quando existem vários co- mandos a falta de lideranças poderá favorecer o Governo e seus aliados como MST, CUT PTepartidosdabasedogover- no. Se o Movimento falhar o Governopoderiatirarproveito da situação e endurecer ainda mais o jogo, com bloqueio da internet, para dificultar a comunicação via whatsapp e Face, tal como fazem em Cuba e na Venezuela, além de um maior controle sobre o Congresso Nacional. Vamos ficar atentos e pres- sionar o Congresso Nacional e oSupremoTribunalFederal.Se formos em massa para as ruas, olegislativonãoterácomonão aceitar discutir um pedido de IMPEACHMENT da presidente DILMA e o STF como sempre vai “lavar as suas mãos”. No dia15precisamosdeumapau- ta única de reivindicação, pois todos queremos: IMPEACHI- MENT DA DILMA, julgamento e cadeia para os Corruptos e Corruptores, Repatriação do dinheiropúblicoroubadoeleis mais severas contra iniciativas que ferem os fundamentos da Republica e da Democracia, Leisquepreservemamoraleos bons costumes da Família Bra- sileira, melhorias dos serviços públicos de saúde, educação, mobilidade Urbana e Novas eleições democráticas sem Urnas Eletrônicas viciadas. O próximo domingo será o dia de a família brasileira dar um BASTA em tudo que está erradonoGovernoDilma.VEM PRARUA, PROTESTEM E NÃO ACEITEM PROVOCAÇÕES. A POLÍCIA MILITAR ESTARÁ GARANTINDO A NOSSA SE- GURANÇA. O povo não quer DitaduraMilitar,opovoquera Limpeza da Nação e Que Deus nos abençoe. Divaldo Rosa - Diretor Executivo e Editor Chefe do Grupo Acontece de jornais e Revista Editorial Divaldo Rosa Visita à redação do Jornal Recebemos no último dia 12 a visita do empre- sário Fábio Santana da SJS Consultoria e Serviços, uma empresa sólida que atua no ramo.... pag. 2pag. 2 pag. 4 pag. 5 Novo Sindicato Constituído juridica- mente para melhor aten- der a situação dos tra- balhadores comissiona- dos, no ano passado foi fundado o Sindfuncesp – Sindicato dos Traba- lhadores Comissionados de Função Gratificada e de Função de Confiança dos Poderes Executivos e Legislativo no Estado de São Paulo. A semente dessa grande união foi plantada em 05 de julho de 2014.....
  2. 2. 1a qUINZENA DE MARÇO DE 2015Pág 2 Tiragem: 25.000 exemplares Circulação: Ermelino Matarazzo, Ponte Rasa, Vila Cisper, Vila União, A.E Carvalho, Jardim Pedro Nunes, GUARUlHOS, PENHA e Cangaiba Diretor Geral: Divaldo Rosa Jornalista: Silmara Galvão As matérias assinadas são de exclusiva responsabilidade dos colaboradores e não representam, necessariamente, a opinião do Jornal. Os nomes dos diretores, colaboradores e representantes comerciais não mantém vínculo empregatício com a empresa. REDAÇÃO/publicidade: 2031-2364 / 2513-0928 Revisora: Suseli Corumba dos Santos Diagramador: Bruno Barreto Rosa Avenida dos Guachos, 166 - Cep: 08030-360 - São Paulo – SP - raleste@gmail.com O jornal de Ermelino & Ponte Rasa é Filiado à AJORLESTE Associação dos Jornais da Zona Leste Acontece Agora Empresa Jornalística Ltda. CNPJ: 03.115.443/0001-16 Depto. Jurídico: Agilson M. Oliveira Secretária: Ariane Andrade SUBPREFEITURA DE ERMELINO Av. São Miguel, 5550 Ermelino Matarazzo-SP BANCA RDS Av. Aguia de Haia, 4085 Jardim Cotinha-SP A lei que a prefeitura ignora Ainda que timidamente, muito por conta de proble- mas de gestão no âmbito das subprefeituras, a Lei Comida de Rua, de minha autoria, vai mostrando que, se implementada de manei- ra correta, tem tudo para se transformar em importante instrumento de geração de emprego e renda. Ao todo, 888 pontos fo- ram liberados para a venda de comida de rua – um número pequeno diante do potencial desse setor. O pro- cesso de análise dos pedidos protocolados nas 32 subpre- feituras gerou a emissão de 170 alvarás. Isso significa que quase duas centenas de pessoas formalizaram suas atividades enquadrando-se como empreendedores in- dividuais ou micro empresas. Dessa forma se beneficiam dos efeitos da legalidade, entre eles, a entrada no sis- tema previdenciário (direito a pensão e aposentadoria). Elaborei a proposta da lei 15.947/2011com o obje- tivo de dar autonomia ao vendedor de comida de rua deixando que ele pudesse indicar o ponto que melhor lhe conviesse. A viabilidade dos pedidos seria analisada por cada subprefeitura em comissões compostas por representante da Secreta- ria de Saúde; servidor da subprefeitura; servidor da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET); um repre- sentante do Conselho de Se- gurança do bairro (Conseg); representante de associação de moradores da região. A livre escolha do ponto estimularia pedidos também dos pequenos vendedores e não apenas dos trucks, lembrando que a lei aplica- -se também aos pequenos vendedores, que sustentam suas famílias com seu tra- balho digno em carrinhos e barracas. Quem mora e atua no bairro tem melhores condi- ções de saber se os pontos são viáveis, daí a importân- cia das Comissões com parti- cipação de empreendedores e associações, que seriam os melhores fiscais dessa lei. No entanto, o decreto do prefeito que regulamentou a Lei Comida de Rua, em maio de 2014, vetou essas comissões de comida de rua e estabeleceu que cabe a cada subprefeitura indicar os pontos aptos para a atu- ação de quem trabalha com comida de rua. Inverteu-se o espírito original da lei, centralizan- do a decisão no gabinete do subprefeito. O resultado disso é que existem pontos que não despertaram o in- teresse de ninguém. Quem sabe onde o produto vende é o empreendedor. A Lei de Comida de Rua veio para ficar. Os resultados práticos de sua aplicação, no entanto, dependem da po- lítica de fazê-la valer como fonte de geração de empre- go e renda e de capacidade de gestão. Mas. com todos podem ver, onde o prefeito Fernando Haddad põe a mão, tudo piora ou acaba dando errado. Andrea Matarazzo é vereador e líder do PSDB na Câmara Municipal de São Paulo Alto do Tietê tem 54 vagas de trabalho que aceitam pessoas com deficiência Mais de 13,5 mil pessoas já foram inseridas no mercado de trabalho por meio do programa de Apoio à Pessoa com Deficiência O programa Emprega São Paulo/Mais Emprego oferece nesta semana 54 oportunidades de trabalho que aceitam pessoas com deficiência na região do Alto Tietê. Entre os destaques estão vagas para auxiliar de linha de produção e auxiliar administrativo. Para ter acesso às va- gas, basta acessar o site do programa, criar login, senha e informar os dados solicitados. Outra opção é comparecer a um Posto de Atendimento ao Trabalha- dor (PAT) com RG, CPF, PIS, Carteira de Trabalho, laudo médico com o Código Inter- nacional de Doenças (CID) e Audiometria (no caso de deficiência auditiva). Quem não tiver o laudo será orientado no próprio PAT sobre como proceder para conseguir a documen- tação exigida. O candidato também pode comparecer na sede do PADEF (progra- ma de Apoio á Pessoa com Deficiência), localizado, na Rua Boa Vista, 170, 1° andar, São Paulo. Sobre o Padef Mais de 13,5 mil pessoas com deficiência já foram inseridas no mercado de trabalho desde 1995 por meio do Padef, programa do Governo do Estado que oferece avaliação de per- fil profissional, orientação quanto ao laudo médico e as exigências do mercado de trabalho, encaminhamento para cursos e/ou vagas dis- poníveis, emissão de carteira de trabalho e habilitação do seguro-desemprego e divul- gação de oportunidades de emprego. Jovens paulistas podem se inscrever para festival internacional de música Até 23 de março, residentes do Estado de São Paulo com idade entre 13 e 21 anos podem se cadastrar O Festival Internacional de Música Imagine Brazil está recebendo inscrições de jovens músicos paulistas. Até 23 de março, residentes do Estado de São Paulo, com idade entre 13 e 21 anos, podem se cadastrar na com- petição. São aceitos solistas ou grupos de até 8 pessoas, que devem preencher um formulário via site e enviar uma mídia MP3 ou vídeo para a organização. Serão selecionados até 50 grupos ou artistas, que disputarão as semifinais em cinco cidades do inte- rior de São Paulo. Serão escolhidos 10 finalistas para a competição, que ocorrerá em 4 de julho, na capital paulista. Os que chegarem à final vão concorrer a um instru- mento da marca Yamaha, uma gravação de um EP (extended play), além de participar da Final Inter- nacional do Imagine - com todas as despesas pagas pelo concurso -, em 2016, na Croácia. O vencedor internacional recebe tam- bém um plano de negó- cios, que inclui sessão de fotos, gravação de músicas e consultoria para o desen- volvimento da carreira. Pela primeira vez no Brasil, a competição Ima- gine Brazil é realizada pela Organização Social de Cultura Amigos do Guri - gestora do Projeto Guri, programa de educação musical da Secretaria da Cultura. Imagine Brazil Inscrições: até 23 de março Site: www.imagine- festival.com.br SERVIÇOS: Visita à redação do Jornal Recebemos no último dia 12 a visita do empresário Fábio Santana da SJS Consul- toria e Serviços, uma empresa sólida que atua no ramo de terceirização de serviços e conservação patrimonial a mais de 10 anos. A SJS tem sede em Guarulhos e está expandindoassuasatividades para atender a demanda de empresas e setor público da Zona Leste de São Paulo. Segundo Fábio Santana, a mercado de terceirização de mão de obra está em constante crescimento e a sua empresa se especializou em qualificar profissionais que são colocados à disposição das empresas para as mais diversas funções, tais como: limpeza, monitoramento, copa, jardinagem, limpeza pós-obra, portaria, recepção, secretaria, recepção, diaristas eserviçosgerais.“Anossaem- presa se destaca no segmento de terceirização de serviços de conservação patrimonial e o nosso alvo é expandir nossas atividades também para a Zona Leste aonde vem crescendo a demanda para serviços terceirizados, principalmente em redes de supermercados, indústrias e setor público”, disse Fábio Santana. Fabio e sua equipe elogia- ram a organização do Grupo Acontece bem como a credi- bilidade dos nossos jornais e revistas, sinalizando que po- deremos ter outras parcerias no futuro, além desta coluna que passa a ser publicada em todos os nossos jornais.
  3. 3. 1a qUINZENA DE MARÇO DE 2015Pág 3 PublicidadePublicidade
  4. 4. 1a qUINZENA DE MARÇO DE 2015Pág 4 VIVER EM SEGURANÇA: Breve Comentário sobre a Violência Extrema no Brasil Emanuel de Aquino Lopes Os nossos leitores de- vem estar acompanhando pela mídia diversas notí- cias preocupantes sobre o futuro da nossa nação e não podemos esquecer que a questão da segu- rança pública é intrínseca a esse problema. Desde os anos 50 e 60, com as ideias de Herbert Marcuse e a “Escola de Frankfurt” tem sido pregado por alguns movimentos de esquerda a teoria de que a criminalidade é um forte elemento revolucionário e que essa conduta deve ser incentivada. A política de- liberada de criar uma situ- ação revolucionária passa pela distorção da afirma- ção feita por Karl Marx sobre a função do pro- letariado. Hoje a desor- ganização da sociedade apresentando prostitui- ção, drogados, bandidos e toda uma produção de desajustados sociais subs- titui essa visão marxista. Estamos assistindo a polí- tica de criminalização da Polícia e da legalização da conduta criminosa, bem como toda e qualquer conduta antissocial. E isso já vem contaminando até as crianças da nossa socie- dade. A carreira no crime já deu muitos dividendos positivos inclusive no campo político. Há uma timidez, algo pusilânime, no comportamento em respeitar autoridades que estão nitidamente cometendo crimes. Há também uma elitização do direito à vida, pois um cidadão comum não tem direito de ter uma arma em casa para de- fender sua família, mas um sujeito rico pode ter um exército contratado a sua disposição.O direito à legítima defesa foi eliti- zado e só rico hoje pode ter. São anormalidades criadas e sobrepostas a outras anormalidades. Os “industriais da anarquia” vivem desse caos social (desemprego, inflação, alta tributação, ausên- cia de serviços públicos essenciais, etc) e temos então vetores da violên- cia nos seus mais diversos matizes. As respostas que a sociedade exige não são apresentadas por quem de direito e há uma fuga sobre os assuntos mais urgentes. As atitudes democráticas devem ser adotadas para estabilidade da nação e um indicador importante é a estatística criminal. Ela pode revelar como está se comportando o povo frente às dificulda- des inerentes ao cená- rio em que vive e como são assimilados os maus exemplos como Petrolão, Mensalão, Lava-Jato e outros casos escabrosos que estão sendo veicula- dos inclusive na imprensa internacional. Portanto, atitudes políticas erradas podem induzir atos vio- lentos e esse foco recai sobre a segurança pública pela repercussão negati- va e tensões que acabam ocorrendo junto às comu- nidades. O aparelhamen- to de algumas estrutu- ras governamentais para dilapidar o patrimônio público não passa de uma guerra assimétrica, onde não se pode apenas tratar do tema sob o enfoque jurídico, financeiro ou legal, porémter entendi- mento da base ideológica que sustenta esse antago- nismo. A violência hoje, não é apenas um fato social, e não é somente física, consistindonum instrumentovisando vá- rios interesses. A dife- rença, país a país, está em como se trata dessa problemática, já que não é uma exclusividade bra- sileira.trimônio. *Emanuel de Aqui- no Lopes é Coronel da Reserva da Policia Mili- tar, Mestre em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública, espe- cializado em Direitos Humanos pela Funda- ção Getúlio Vargas e membro do Núcleo de Projetos Estratégicos – Fundação ISAE Amazô- nia (www.fisae.org.br) e OSCIP Instituto Brasil – IBRA (www.ibra.org.br) Prefeitura testa novas alternativas para plantio de árvores Projeto piloto em Cidade Patriarca, zona leste, plantou 70 mudas no asfalto, entre as duas mãos de circulação de veículos e em ilhas A Prefeitura iniciou testes para buscar novas alternati- vas para ampliar o plantio de árvores na Capital. Um projeto piloto em Cidade Pa- triarca, zona leste, já plantou 70 mudas no asfalto, entre as duas mãos de circulação de veículos, e em ilhas. O prefeito Fernando Haddad visitou nesta quarta-feira (11) a Avenida Patrocínio Paulista e a Praça Adelina Tobias de Aguiar, onde o projeto Árvo- re no Asfalto foi implantado. “Nós estamos desenvol- vendo novas metodologias de plantio, levando em con- sideração as características da cidade: as calçadas são estrei- tas, então a árvore ocupa um espaço precioso na calçada, necessário para o cadeirante ou para a pessoa com defici- ência, e a fiação, com o que as árvores convivem mal”, afirmou Haddad. Segundo o prefeito, os testes estão sendo realizados com a su- pervisão de engenheiros da Companhia de Engenharia de Tráfego e por agrônomos. Os resultados serão avaliados junto com a população para definir a possibilidade de expansão do projeto. Novas alternativas serão testadas ao longo do pri- meiro semestre de 2015. O objetivo é ampliar a quan- tidade de verde na cidade, que conta com menos de um milhão de árvores em vias públicas. As árvores no ambiente urbano oferecem mais qualidade de vida à população, pois reduzem as ilhas de calor, atenuam a po- luição atmosférica e sonora e oferecem mais conforto para os pedestres. No Programa de Metas 2013-2016, a meta 88 prevê o plantio de 900 mil mudas em passeios públicos e canteiros centrais. De acordo com levanta- mentos realizados pela Se- cretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente, a re- gião leste é a que apresenta maior déficit de árvores por habitante. “A árvore na cidade tem adversidades: tem o solo, a qualidade do ar, a fiação. Ao longo da história o pla- nejamento urbano não con- templou o pedestre, então tem muitos lugares onde ou tem espaço para o pedestre ou para a árvore. Então o plantio no asfalto é uma alternativa para deixar a ci- dade mais verde. Na Europa e no Canadá há projetos de plantio muito semelhantes”, explicou o secretário Wan- derley Meira do Nascimento (Verde e Meio Ambiente). Nesta primeira etapa do projeto, sete espécies de ár- vores foram escolhidas, entre eles ipê, caroba, carobinha e cássia. As espécies plantadas são de médio e grande porte, com raiz pivotante, que não se espalha lateralmente. A medida visa justamente evitar a deformação do pavi- mento no futuro. No plantio, são também utilizados anéis de concreto que direcionam as raízes para camadas mais profundas do solo. Outros cuidados foram de verificar se no local de plan- tio existem redes subterrâne- as de concessionárias, como água, esgoto ou gás, ou fia- ção elétrica. Em seis meses, os ipês plantados começarão a ter flores. As árvores estarão adultas daqui a três ou qua- tro anos. Após conhecer as vias em que foi implantado o projeto, Haddad visitou o Vi- veiro Tiquatira, onde foram produzidas as mudas implan- tadas no asfalto. A equipe do viveiro está monitorando o crescimento e a manutenção das mudas plantadas. HOJEESEMPRE: ÉASSIMQUE SÃOPAULO ECONOMIZAÁGUA. SÃO PAULO, UM ESTADO UNIDO PELO USO CONSCIENTE DA ÁGUA. A situação hídrica do Estado de São Paulo vem melhorando nas últimas semanas. Um progresso que só foi possível com a redução do consumo de mais de 80% da população, a incidência de chuvas sobre os sistemas de abastecimento e as medidas tomadas pelo Governo do Estado de São Paulo. Mas as atitudes não podem parar. É preciso manter a economia da água no centro das atenções e seguir o exemplo de quem se preocupa sempre com o uso consciente. Cada detalhe faz a diferença. O Governo do Estado de São Paulo continua adotando as providências necessárias e conta com você. Afinal, cada gota conta. Saiba mais em www.saopaulo.sp.gov.br
  5. 5. 1a qUINZENA DE MARÇO DE 2015Pág 5 COMPROMETIMENTO Novo Sindicato propõe representar trabalhadores no setor público Constituído juridica- mente para melhor aten- der a situação dos traba- lhadores comissionados, no ano passado foi fun- dado o Sindfuncesp – Sin- dicato dos Trabalhadores Comissionados de Função Gratificada e de Função de Confiança dos Poderes Executivos e Legislativo no Estado de São Paulo. A semente dessa grande união foi plantada em 05 de julho de 2014. Ten- do como compromisso a solidariedade e um inte- resse comum para lutar por melhores condições para os homens e mulhe- res que exercem cargos comissionados em todos os postos. “Através de lutas, e ações passamos por bons e maus mo- mentos, e só assim esta- belecemos nossas raízes e lutamos por melhores salários, segurança no trabalho, horas razoáveis e condições de trabalho mais seguras”, frisa Marco Antonio Alves, fundador e Presidente do Sindfuncesp. Em entrevista ao Gru- po Acontece de Jornais e Revista o Presidente Marco Antonio Alves, explica qual foi o motivo principal de lutar pela fundação do sindicato, é que “existem traba- lhadores em cargos de comissão com mais de 15, 30 anos no governo, ao longo de suas vidas profissionais, muito deles ao se aposentarem aca- bam saindo sem nenhum direito, como seu fundo de garantia, aviso prévio e outros benefícios que não são inclusos, ou seja, este sindicato surgiu para isto, para fazer valer os direitos destes trabalha- dores, porque existe uma carência muito grande e falta de um trabalho verdadeiramente reco- nhecido”, alerta ele. O atual presidente sempre participou e lu- tou em prol dos direitos dos trabalhadores de São Paulo e por três manda- tos foi diretor do Sindica- to dos Trabalhadores dos Motoristas de Ônibus da Cidade de São Paulo. Além do presidente a diretoria do Sindfuncesp se completa com o vice- -presidente Sydney Luiz Caximiro Viana, Secretá- rio Geral Luiz Henrique Gutierres,Tesoureira Ca- roline Leles de Almei- da, Diretor de Assuntos Jurídico,Vicente Ferreira, Diretor de Comunicação e Marketing José Carlos Pereira da Silva, Diretor de Relações Sindicais Ri- cardo Ferreira e os Conse- lheiros fiscais, Andrea da Silva Nascimento, Maria das Graças Borges Mou- ra Quieregato e Regina Helena Osvaldo. Na ocasião, no mês de dezembro os comissiona- dos puderam comemorar a aprovação da PEC 53, que garante direitos tra- balhistas para os servido- res ocupantes de cargos em comissão. (Luta esta que con- tinua com a posse dos novos deputados eleitos no congresso precisamos levar para matéria ir a plenário para votação definitiva. Que garante ao servidor de cargo em comissão de livre no- meação e exoneração, direito a aviso prévio, se- guro desemprego, FGTS, entre outros) Publicado em avulso e no DCD de 12/12/2014 PÁG 615 COL 01, Letra B .Após apro- vado na comissão espe- cial comparecer apro- vado ,seguiu para coor- denação de comissões permanentes,aguarda ir ao plenário para votação. Graças à força e ati- vismo dos membros, o Sindicato estendeu a mão para levar os mo- vimentos para todos, fornecendo ajuda aos trabalhadores lesiona- dos, a luta para os apo- sentados, sempre em defesa dos direitos civis e humanos desta cate- goria . Educação Ambiental espera dobrar visitas em Março Equipe do Programa esperam grande número de participantes este mês Com a função de pre- servar a fauna e a flora da várzea do rio, o PET (Par- que Ecológico do Tietê) proporciona aos seus visi- tantes diversas atividades educacionais e recreativas, levando cultura, cidadania e lazer à população da região Metropolitana de São Paulo. A d m i n i s t r a d o p e l o DAEE, o PET abre diaria- mente trilhas de 6km para aventureiros. de todas as idades que estejam dispostos a conhe- cer animais silvestres em seu habitat natural e sua história, ou fazer caminha- da e relaxamento. Tudo gratuitamente. No mês de janeiro apro- ximadamente 150 pessoas visitaram ao Viveiro de Mudas, onde os grupos conhecem o Museu do Tietê, o CRAS (Centro de Recuperação de Animais Silvestres), e o viveiro onde são cultivadas espécies na- tivas para reflorestamento de áreas degradadas de mata ciliar. No percurso de cerca de 2 km, recebem uma aula de educação ambiental que visa, so- bretudo, promover uma interação mais responsável com a natureza. Com o fim do recesso escolar, espera-se receber o dobro de visitantes no mês de março. Um grupo da Vila Nova, se inscreveu e conhecerá a Trilha das Águas na sexta-feira (6), e enquanto realizarão um estudo interativo do par- que, vão percorrer cerca de 4km entre lagos e brejos banhados pelo rio. Um grupo de Campos Elísios realizará dois pas- seios na quinta-feira (12), às 9h. Já o grupo da Vila Remo percorrerá a Viveiro das Mudas na terça (31), às 13h. Para participar das trilhas basta organizar um grupo, escolher a modali- dade de passeio e agendar a visita por meio do telefo- ne do parque. SERVIÇO:Horário de funcionamento: 8h às 17h – Entrada gratuita. Esta- cionamento: 50 vagas no interior, próximo à admi- nistração do parque e 1000 vagas no estacionamento externo. Telefone: (11) 2958-1477/1450/9035 (para agendamentos e informa- ções). Endereço: Rua Guira Acangatara, 70. Ativida- des e equipamentos que precisam ser agendados: Programa de Educação Ambiental, visita monito- rada ao Museu, quiosques grandes, quadras, campos de futebol, palco ao ar livre, anfiteatro e teatro de arena. Como chegar: O acesso fica na Av. Dr. Assis Ribei- ro, altura do nº 3.000. Indo de carro, entre no km 17 da rodovia Ayrton Senna, sentido SP/Rio; de Metrô, desembarque na estação Penha, pegue o ônibus Jardim Keralux e desça na entrada do parque; pelo trem da CPTM, desembar- que na estação Engenheiro Goulart, e siga caminhando até a entrada do parque. SP quer vacinar 762 mil meninas contra vírus do ‘câncer de útero’ Vacina começou a ser aplicada hoje, dia 9, em meninas entre 9 e 11 anos, crianças indígenas com idade entre 9 e 13 anos, além de garotas e mulheres com Aids com faixa etária entre 9 e 26 anos O governador Geraldo Alckmin participou nesta segunda-feira, 9 de março, da abertura da primeira etapa da campanha de vacinação para proteger meninas entre 9 e 11 anos de idade contra o papilo- mavírus humano (HPV). A vacina também será oferecida para a popu- lação indígena feminina com idades entre 9 e 13 anos, além de garotas e mulheres portadoras do vírus HIV, com faixa etária entre 9 e 26 anos. “A vacina é extrema- mente eficaz. Evitando o papilomavírus huma- no, evita-se o câncer de colo de útero”, explicou o governador Geraldo Alckmin. A meta estadual é imu- nizar, até o dia 31 deste mês, 762,1 mil crianças com idades entre 9 e 13 anos (incluindo público indígena), que respondem por 80% das meninas nes- ta faixa etária no Estado e 6,6 mil garotas e mulheres portadoras do vírus HIV com idade entre 9 e 26 anos (veja dados regionais abaixo). Postos de saúde em todo o Estado, com ho- rário de funcionamento das 8h às 17h, estarão abastecidos com a vacina contra HPV para aplicação da primeira dose. A imunização também será feita nos Serviços de Atenção Especializada em HIV/Aids (SAE) que pos- suem sala de vacinação e nos Centros de Referência para Imunobiológicos Es- peciais (CRIEs), mediante apresentação de algum documento, a exemplo do exame confirmatório ou encaminhamento médico. Para as meninas entre 9 e 11 anos e para o público feminino indígena com idades entre 9 e 13 anos, o esquema vacinal com- preende mais duas doses aplicadas num intervalo de seis meses (segunda) e de 60 meses (terceira) com re- lação à primeira tomada. Já as garotas e mulhe- res portadoras do vírus HIV, com idade entre 9 e 26 anos, devem tomar mais duas doses num in- tervalo de 2 meses e de 6 meses com relação à pri- meira aplicação. A vacina contra a HPV disponibilizada na campa- nha é fruto de uma parce- ria para o desenvolvimen- to produtivo (PDP) entre o Instituto Butantan e o laboratório farmacêutico MSD. A instituição iniciou em 2014 a primeira etapa de um processo de trans- ferência de tecnologia que irá permitir, nos próximos anos, a autossuficiência brasileira na produção da vacina, com grande economia para os cofres públicos. Sobre o HPV O papilomavírus hu- mano (HPV) é um vírus contagioso que pode ser transmitido com uma úni- ca exposição, por meio de contato direto com a pele ou mucosa infectada. Sua principal forma de trans- missão pode ocorrer via re- lação sexual, mas também há contagio entre mãe e bebê durante a gravidez ou o parto, é a chamada transmissão vertical. Inicialmente assinto- mática, a infecção por HPV pode evoluir para lesões de pele e mucosas, em alguns casos também ocasiona o surgimento de verrugas genitais. Quando não tratada corretamente, essas lesões podem evoluir para um quadro de câncer genital, como o câncer de colo de útero, cuja doença tem como principais sinto- mas dores, corrimento ou sangramento vaginal. Metas regionais de va- cinação da população fe- minina entre 9 e 11 anos (80% do total) * Metas regionais de vacinação da população feminina entre 9 e 11 anos (80% do total): CAPITAL: 200,3 mil. GRANDE ABC: 45,4 mil. ALTO TIETÊ E GUARULHOS: 58,3 mil. FRANCO DA RO- CHA: 11,4 mil. OSASCO: 57 mil. ARAÇATUBA: 11,8 mil. ARARAQUARA: 15,6 mil. ASSIS: 8,1 mil. BARRETOS: 7 mil.BAURU: 18,7 mil. BOTUCATU: 10,7 mil. CAM- PINAS: 71,1 mil. FRANCA: 12,2 mil. MARÍLIA: 10,3 mil. PIRACICABA: 25,3 mil. P. PRUDENTE: 7,6 mil . VALE DO RIBEIRA: 5 mil. RIBEI- RÃO PRETO: 6,4 mil. BAI- XADA SANTISTA: 23,4 mil. S. J. DA BOA VISTA: 31,6 mil. VALE DO PARAÍBA E LITORAL NORTE: 43,4 mil. S. J. DO RIO PRETO: 23,1 mil.SOROCABA: 44,8 mil *Não contabiliza as crianças indígenas MarcoAntônioAlves-PresidentedoSindfuncesp
  6. 6. 1a qUINZENA DE MARÇO DE 2015Pág 6 1 Garagem com Célula de Segurança 2 Salão de Festas 3 Salão de Jogos 5 Salão Gourmet 6 Brinquedoteca 7 Lavanderia Comunitária 8 Piscina Adulto e Infantil 9 Churrasqueira 10 Redário 11 Pet Place 12 Home Office 13 Playground 14 Sala de Estudo 15 Portaria Fitness4 Av. Afonso Lopes Baião, 411 São Miguel Paulista LOCAL Rua Jaime Barcelos, 536 São Miguel Paulista SHOW ROOM 11.3672 1806 Intermediação: Realização e Incorporação: www.clmincorp.com.br Participação: VERSATILIDADE DE PLANTAS LAZER COMPLETODORMITÓRIOS 1 OU 2 VAGAS C/ DEPÓSITO Giro dos famososGiro dos famosos Encontre-nos nas Redes Sociais! https://www.facebook. com/GrupoAcontecede- Jornais http://aconteceagora. com.br/ https://www.facebook. com/JornalErmelino http://divaldorosa. blogspot.com.br/ Tamires desiste do ‘BBB15’. Relembre a participação da dentista no reality show! Tamires não agüentou a pressão e desistiu de participar do “Big Brother Brasil 15” no dia 8. Após chorar muito, ela não voltou atrás na decisão e deixou o confinamento, para irritação da produção do ‘BBB’. “Morreu para a gente”, disse um dos diretores, ao pedir que os brothers a esquecessem também. A desistência da cirurgiã-dentista refletiu no jogo. Tamires ficou desestabilizada após um quase beijo que deu em Rafael na festa Magia. “Pra mim acabou! Eu quero ir embora. Eu não estou de cabeça quente. Eu não sou essa pessoa que eu estou me tornando aqui. Eu mereço ir embora porque eu não agüento mais”, desabafou com Amanda após ouvir de Rafael que ele jamais trairia Talita dentro da casa. Com sutiã à mostra, Xuxa vai a evento acompanhada de namorado no Guarujá Apresentadora compareceu ao evento CEO’s Family, que homenageou o cartunista Maurício de Sousa A apresentadora Xuxa Meneghel participou da CEO’s Family na tarde deste sábado (07), no Guarujá, litoral de São Paulo. A recém contratada da Record chegou acompanha- da do namorado Junno Andrade e exibiu um look ousado, com blusa transparente que deixava seu sutiã à mostra. O evento, que reúne empresário e formadores de opinião acompanhados de suas famílias, homenageou os 80 anos do cartunista Maurício de Sousa. Neymar faz homenagem a mãe no Dia Internacional da Mulher “Neste dia tão especial... Olha a surpresa que ganhei... Minha família unida!”, escreveu Nadine Gonçalves no instagram De folga dos campos neste domingo (8), Neymar apro- veitou o Dia Internacional da Mulher para homenagear a mãe. O jogador do Barcelona reuniu a família em casa e entregou um buquê de flores Nadine Gonçalves. O momento foi registrado pela família e Nadine postou a foto em sua conta no instagram com a legenda: “Neste dia tão especial... Olha a surpresa que ganhei... Minha família unida!!! #amovcs #tudoporvcs #minhafamilia”. Homossexuais assumidas, Pepê e Neném decidem fazer cirurgia para diminuir os seios Pepê e Neném completarão 40 anos de idade no dia 6 de julho. Para celebrar as quatro décadas de vida, a dupla planeja mudar o visual. Como? Se submetendo a uma di- minuição das mamas. Pepê revelou que está, ao lado da irmã, à procura de um cirurgião plástico para reduzir o tamanho dos seios. “Queremos dar uma diminuída neles, deixando nossos seios menores e mais durinhos. Sabe como é, né? Estamos quase nos 40 e vamos ficando velhas... A pele já não está legal”. Boletim: Ken Humano tem alta da UTI e já se alimenta sozinho Celso Santebañes, o Ken Humano, deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Clínicas de Uberlândia, em Minas Gerais, no dia 8. Segundo o boletim médico, o modelo está consciente e respirando sem ajuda de aparelhos. “O paciente recebeu alta da UTI ontem, 8/3, às 17h. Mantém o quadro de Leucemia Linfoide Aguda Philadel- phia positivo em remissão, recuperado da aplasia medular. Encontra-se no 52º dia do tratamento, sem quimioterapia atual, consciente, comunicativo e respirando espontane- amente. O quadro clínico continua estável, em melhora progressiva”, dizia nota. Alta de Andressa Urach é adiada; modelo ficará internada para novo tratamento A alta de Andressa Urach, prevista para esta segunda- -feira (9), teve de ser adiada e a modelo permanecerá por mais tempo no Hospital Alvorada, em São Paulo. Os médicos afirmaram que antes de mandá-la para casa vão aguardar os resultados das primeiras doses do antibiótico que a loira vem recebendo através de um cateter colocado em seu corpo, no último fim de semana. A vice Miss Bumbum 2012 não pode- rá ir para casa até o medicamento começar a fazer efeito. “Desde a colocação do cateter central a apresentadora Andressa Urach encontra-se em observação para ver sua reação a nova medicação ministrada através do cateter. Sua boa resposta conduzirá sua alta ou não para atendimento médico hospitalar em casa. Ela tem sentido dores mas está medicada e continua exercícios diários de fisioterapia no hospital”, disse seu assessor de imprensa, Cacau Oliver. Ana Hickmann comemora com festa o aniversário de 1 ano do filho, Alexandre Jr. Uma festa temática com os personagens da Disney em uma casa de festas em São Paulo está recebendo os convi- dados para o aniversário de um ano de Alexandre Jr., filho de Ana Hickmann e Alexandre Corrêa. Vestidos com roupas iguais, mãe e filho chegaram ao local sorridentes e o menino foi correndo interagir com os bichinhos de pelúcia do Mickey e sua turma. Antes mesmo de chegar ao aniversário, ainda no dia 7, Ana usou o seu Instagram para se declarar ao filho. “Parece que foi ontem que o meu ursinho nasceu. Hoje o maior presente da minha vida está completando 1 aninho. Que ano de alegria e amor. O melhor ano da minha vida”, garantiu. E agradeceu ao marido pela parceria: “Obrigada Alexandre por ter me dado a chance de ser mãe deste lindo menino. Que papai do céu te abençoe e esteja sempre junto de ti, meu filho. Mamãe e papai te amam”.
  7. 7. 1a qUINZENA DE MARÇO DE 2015Pág 7 Anuncie no mais completo e mais lido Jornal de Ermelino e região. Ótimas promoções e formas de pagamento. Consulte!!! 2031-2364 2513-0928 Cuidados com a pele facilitam a depilação das sobrancelhas Antes de fazer as sobrancelhas, é preciso tomar alguns cuidados importantes com a pele para não danificá- la e ainda facilitar a remoção dos fios Sobrancelhas desenhadas fazem toda a diferença no visual. Para mantê-las sem- pre bonitas e bem feitas, além de recorrer a um dos métodos mais indicados para a tarefa - pinça, linha e cera quente ou fria - é pre- ciso tomar alguns cuidados importantes com a pele para não danificá-la e ainda faci- litar a remoção dos fios. Por isso, confira, a seguir, cinco medidas simples que devem ser tomadas antes do ritual de beleza para garantir óti- mos resultados em frente ao espelho. Retirar a maquiagem A importância de retirar a maquiagem antes de dor- mir já é bastante difundida, mas o que nem todo mundo sabe é a necessidade da re- moção para o processo de depilação das sobrancelhas feito, sobretudo, com cera. Segundo Sara Bragança, dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Medicina Estética (SBME) é preciso usar demaquilantes na área dos olhos antes do procedimento. Essa prática diminui as chances de aler- gia provocada pela mistura entre a maquiagem e o pro- duto depilatório. Lavar o rosto Tão importante quanto o hábito de tirar a maquia- gem, lavar o rosto com um sabonete específico para cada tipo de pele também faz toda a diferença. “A hi- gienização da face é muito importante para que não haja a contaminação do folículo piloso. Isso porque, com a depilação, os poros ficam abertos e suscetíveis a contaminações externas”, explica a especialista. Dar um tempo nos tratamentos Procedimentos com áci- dos e ativos clareadores devem ser evitados, pelo menos, cinco dias antes da retirada dos pelinhos in- desejáveis da sobrancelha. “Esses tratamentos deixam a pele muito sensível e o ato traumático da depila- ção pode causar manchas e irritações”, orienta Sara. Por isso, o ideal mesmo é optar por métodos menos agressivos, como a pinça ou a linha para depilar as sobrancelhas. “Assim não há contato com a pele, somente com o pelo”, explica. Testar Apesar de ser um dos métodos de depilação mais eficazes, a cera quente abre os poros do rosto para facili- tar a remoção dos pelos, dei- xando a pele mais sensível. “Além disso, ela e a versão fria podem causar alergias e precisam ser testadas antes do início da depilação”, in- dica a dermatologista. Não reutilizar a cera Saber a procedência da cera e optar por aquelas que não são reutilizadas é outra dica importante. Isso porque, mesmo fervida e filtrada, a cera reutilizada pode conter resquícios de pelo e de pele de outras pes- soas, que podem transmitir inúmeros problemas de saú- de, como hepatite, alergias, doenças sexualmente trans- missíveis, foliculite, micoses, entre outros. Já pensou em fazer um curso para gestantes? Veja por que essa é uma boa ideia Além de aprender, o casal poderá compartilhar experiências com outros futuros pais Muitos pais de primeira viagem ficam meio apavora- dos com as novidades que a chegada de um filhote traz. Como vai ser o parto? Será que vou conseguir dar banho sozinho no bebê? Como faço para amamentar? Essas são apenas algumas dúvidas que casais desesperados buscam solucionar nos cursos para gestantes. Veja o que essas aulas ensinam e avalie se vale a pena investir em um curso como esse. A principal vantagem do curso para gestantes é que o casal tem a oportunidade de que suas dúvidas sejam respondidas por especialistas. Existem aulas não só com obstetras e ginecologistas, mas também com psicólogos e pediatras. Embora as coisas estejam mudando,muitoshomensnão têm interesse em participar do curso. O engraçado é que aqueles que encaram o desa- fio não se arrependem, pois alémdasinformaçõesteóricas aprendemcoisaspráticas,que adiantam como será a reali- dade do casal quando o bebê nascer. Independentemente disso, é importante que os parceiros estejam em harmo- nianessemomento.Propor-se a, ao menos, assistir ao curso junto com a gestante, mostra interesse do papai em fazer parte dessa nova rotina. É quase unanimidade: a parte que mais empolga os casais no curso é aquela que ensina cuidados práticos com o bebê. Entre as atividades, está dar banho e trocar fral- das em uma boneca, tarefas que parecem simples, mas faz muitos participantes se atra- palharem bastante. Melhor errar com a boneca, do que com o bebê, não é mesmo? Outro ponto muito inte- ressante, especialmente para a futura mamãe, diz respeito à amamentação. No curso ela não vê apenas o lado incrível que essa experiência traz, mas também aprende a lidar com certas dificuldades que podem ocorrer, como: sentir dor ao amamentar, não ter leite suficiente e leite empe- drado. No curso é ensinado à mamãe a forma correta de amamentar,oqueevitadiver- sos problemas. Os cursos de gestante po- dem durar de uma tarde a três meses. O custo também varia muito, mas a boa notícia é que em muitas cidades eles sãooferecidosgratuitamente. Uma busca na internet lhe permitirá encontrar aquele que melhor se adapte à sua realidade. Não perca tempo!
  8. 8. 1a qUINZENA DE MARÇO DE 2015Pág 8 Subprefeitura Itaquera exibe filmes nacionais gratuitamente Projeto também transmitirá destaques da programação de TV Neste fim de semana, a Subprefeitura Itaquera traz aos munícipes pela primei- ra vez o “Projeto Pipoca”. O projeto que, em 2014 já havia exibido mais de 140 sessões gratuitas de cinema para moradores da Grande São Paulo, está de volta e conta com o apoio do pro- grama São Paulo Carinhosa, da Prefeitura de São Paulo. O calendário de 2015 será aberto na sexta-feira (13) com programação roti- neira da TV, na sala de cine- ma da Subprefeitura, às 21h. Ainda haverá no sábado (14) a exibição de dois filmes: “Crô”, às 10h e “A Grande Família: O Filme”, às 14h. O objetivo do evento é levar o encanto das salas de projeção e a magia do cine- ma para os moradores da Zona Leste, durante o mês de março. Outros títulos do cinema nacional serão exibidos, como os longas: “Xingu”, “Gonzaga”, “O Auto da Compadecida”, “Zuzu Angel”, “Minha mãe é uma peça”, “Julio sumiu”, “O Tempo e o Vento” e “Os Normais 2”. Quem quiser comparecer é muito fácil! A entrada é gratuita, mas é necessário retirar seu ingresso com uma hora de antecedência, na Rua Augusto Carlos Bauman, 851, no centro de Itaquera. Boa sessão! Banda dos Seguranças do Metrô homenageia José Rico Músicos se apresentam nesta quinta-feira, às 18h, na Estação Luz da Linha-1 Azul Músicas eternizadas na voz do cantor serta- nejo José Rico, que fazia dupla com Milionário e morreu no início do mês, compõem o repertório da apresentação que a Banda dos Seguranças do Metrô faz nesta quinta- -feira, 12, na Estação Luz, da Linha 1-Azul, a partir das 18h. A banda tem reunido centenas de usuários e recebido muitos elogios em suas apresentações. Para 2015, o repertório foi renovado e foram incluídas canções de ar- tistas consagrados nos cenários nacional e inter- nacional como Bon Jovi, Guns N’ Roses, Legião Urbana e Raul Seixas.

×